Вы находитесь на странице: 1из 4

AA INSERÇÃOINSERÇÃO NANA REDEREDE URBANAURBANA EUROPEIAEUROPEIA

NumaNuma lógicalógica dede integraçãointegração nana UniãoUnião EuropeiaEuropeia ee dede globaliglobalizaçãozação dada sociedadesociedade,, aa dinâmicadinâmica económicaeconómica dasdas regiõesregiões dependedepende muitomuito dada capacidadecapacidade queque asas cidadescidades têmtêm parapara sese afirmaremafirmarem internacionalmenteinternacionalmente,, projectandoprojectando aa regiãoregião ee oo país.país. NoNo contextocontexto internacionalinternacional (ou(ou seja,seja, inserçãoinserção nana rederede europeia),europeia), asas cidadescidades portuguesasportuguesas ocupamocupam aindaainda umauma posiçãoposição relativamenterelativamente modestamodesta,, dadadada aa suasua dimensãodimensão demográficademográfica ee funcional.funcional. AA posiçãoposição hierárquicahierárquica dasdas cidadescidades medemede--sese,, normalmente,normalmente, pelapela suasua dimensãodimensão demográficademográfica,, emem particularparticular pelapela suasua capacidadecapacidade parapara atrairatrair populaçãpopulaçãoo (Doc.(Doc. 1).1).

atrairatrair populaçãpopulaçãoo (Doc.(Doc. 1).1). Doc.Doc. 11 –– PopulaçãoPopulação residenteresidente

Doc.Doc. 11 –– PopulaçãoPopulação residenteresidente nasnas metrópolesmetrópoles europeiaseuropeias

AA posiçãoposição hierárquicahierárquica dasdas cidadescidades avaliaavalia--sese tambémtambém pelapela importânciaimportância dasdas funçõesfunções queque contribuemcontribuem parapara oo seuseu dinamismo,dinamismo, comocomo aa funçãofunção universitáriauniversitária,, aa qualificaçãoqualificação dada mãomão--dede--obraobra ouou aa relevânciarelevância dasdas actividadesactividades dede investigaçãoinvestigação ee desenvolvimentodesenvolvimento DeDe entreentre osos indicadoresindicadores dede internacionalizaçãointernacionalização dasdas metrópolesmetrópoles,, aa organizaçãoorganização dede feirasfeiras ee exposiçõesexposições internacionaisinternacionais reflectereflecte oo graugrau dede visibilidadevisibilidade dasdas cidadescidades,, aa suasua capacidadecapacidade organizativaorganizativa ee oo seuseu apetrechamentoapetrechamento aoao nívelnível dosdos equipamentosequipamentos ee dasdas infrainfra--estruturasestruturas (Doc.(Doc. 2).2).

Doc.Doc. 22

aoao nívelnível dosdos equipamentosequipamentos ee dasdas infrainfra--estruturasestruturas (Doc.(Doc. 2).2). Doc.Doc. 22

AoAo olharmosolharmos parapara aa EuropaEuropa urbana,urbana, facilmentefacilmente verifiverificamoscamos aa posiçãoposição periféricaperiférica queque oo nossonosso paíspaís ocupaocupa (Docs(Docs 33 ee 4),4), sendosendo porpor isso,isso, fundamentalfundamental aa existênciaexistência dede medidasmedidas queque visemvisem aumentaraumentar aa visibilidadevisibilidade internacionalinternacional dasdas cidadescidades portuguesasportuguesas

dasdas cidadescidades portuguesasportuguesas Doc.Doc. 33 –– AsAs regiõesregiões maismais ricasricas

Doc.Doc. 33 –– AsAs regiõesregiões maismais ricasricas dada EuropaEuropa

AsAs regiõesregiões maismais ricasricas dada EuropaEuropa Doc.Doc. 44 –– PrincipaisPrincipais eixoseixos dede

Doc.Doc. 44 –– PrincipaisPrincipais eixoseixos dede desenvolvimentodesenvolvimento dodo espaçoespaço comunitáriocomunitário

POSIPOSIÇÇÃOÃO INTERNACIONALINTERNACIONAL DASDAS DUASDUAS MAIORESMAIORES CIDADESCIDADES PORTPORTUGUESASUGUESAS

AA aberturaabertura económicaeconómica aoao exteriorexterior,, expressaexpressa pelopelo valorvalor dasdas exportaçõesexportações ee dasdas importaimportaçõesções (Doc.(Doc. 5)5) ee dodo movimentomovimento nosnos portosportos ee aeroportos,aeroportos, constituiconstitui tambémtambém umauma dasdas formasformas dede internacionalizaçãointernacionalização dodo paíspaís ee dede avaliaçãoavaliação dada projecçãoprojecção externaexterna dasdas cidadescidades LisboaLisboa ee PortoPorto constituemconstituem asas cidadescidades portuguesasportuguesas comcom maiormaior expressãoexpressão internacionalinternacional ee assassumemumem umauma posiçãoposição relativamenterelativamente relevanterelevante nono sistemasistema ibéricoibérico

relevanterelevante nono sistemasistema ibéricoibérico Doc.Doc. 55 –– ExportaçõesExportações ee

Doc.Doc. 55 –– ExportaçõesExportações ee importaçõesimportações dosdos operadoresoperadores comcom sedesede nasnas RegiõesRegiões MetropolitanasMetropolitanas Ibéricas,Ibéricas, 20002000

OO poderpoder dede atracçãoatracção dasdas cidadescidades avaliaavalia--se,se, emem boaboa medida,medida, pelapela capacidadecapacidade dede atrairatrair sedessedes dede empresasempresas multinacionaismultinacionais (Docs(Docs 66 ee 7).7). NumNum rankingranking realizadorealizado anualmenteanualmente aa partirpartir dasdas estratégiasestratégias dede localizaçãolocalização dasdas maioresmaiores empresas,empresas, LisboaLisboa é,é, ainda,ainda, aa únicaúnica cidadecidade portuguesaportuguesa representada.representada. EmboraEmbora surgindosurgindo aa meiomeio dada tabelatabela nasnas melhoresmelhores cidadescidades euroeuropeiaspeias parapara negócios,negócios, aa suasua posiçãoposição éé fracafraca nono queque respeitarespeita aa algunsalguns factoresfactores essenciaisessenciais (Doc.(Doc. 8).8).

factoresfactores essenciaisessenciais (Doc.(Doc. 8).8). Doc.Doc. 66 –– SedesSedes sociaissociais dasdas 300300

Doc.Doc. 66 –– SedesSedes sociaissociais dasdas 300300 maioresmaiores empresasempresas europeiaseuropeias

300300 maioresmaiores empresasempresas europeiaseuropeias Doc.Doc. 77 –– FiliaisFiliais estrangeirasestrangeiras

Doc.Doc. 77 –– FiliaisFiliais estrangeirasestrangeiras

Doc.Doc. 77 –– FiliaisFiliais estrangeirasestrangeiras Doc.Doc. 88 –– PosiçãoPosição dede LisboaLisboa nono

Doc.Doc. 88 –– PosiçãoPosição dede LisboaLisboa nono rankingranking dasdas melhoresmelhores cidadescidades parapara localizaçãolocalização dede empresas,empresas, emem 20072007

TornaTorna--sese necessárionecessário apostarapostar nana organizaçãoorganização ee nono reforçoreforço dada projecçãoprojecção ececonómicaonómica ee culturalcultural dasdas duasduas maioresmaiores aglomeraçõesaglomerações urbanasurbanas,, masmas aa internacionalizaçãointernacionalização dasdas cidadescidades passapassa tambémtambém porpor umum esforçoesforço dede promoçãopromoção ee dede marketingmarketing urbanourbano

OPORTUNIDADESOPORTUNIDADES PARAPARA ASAS CIDADESCIDADES MÉDIASMÉDIAS

AsAs duasduas maioresmaiores cidadescidades portuguesasportuguesas,, dede dimensãodimensão poucopouco significativasignificativa nono contextocontexto europeueuropeu ee mundialmundial,, sãosão osos grandesgrandes pólospólos dede dinamizaçãodinamização dada culturacultura ee dada economeconomiaia nacionaisnacionais TalTal nãonão contraria,contraria, porém,porém, aa necessidadenecessidade dede desenvolverdesenvolver asas rrestantesestantes cidadescidades,, dede modomodo aa tornátorná--laslas atractivasatractivas parapara aa populaçãopopulação ee parapara asas empresas,empresas, ee ccompetitivasompetitivas emem relaçãorelação aoao exterior.exterior.

AA melhoriamelhoria dasdas redesredes dede transportetransporte,, nomeadamentenomeadamente aa construçãoconstrução dasdas ligaçõesligações ferroviáriferroviáriasas dede altaalta

velocidadevelocidade jájá projectadas,projectadas, contribuirácontribuirá parapara facilitarfacilitar aa articulaçãoarticulação entreentre osos ddiferentesiferentes centroscentros dodo

sistemasistema urbanourbano nacionalnacional (acessibilidades(acessibilidades interurbanas)interurbanas) ee aa interligaçãointerligação aosaos grandesgrandes eixoseixos urbanosurbanos

europeuseuropeus

OO estabelecimentoestabelecimento dede aliançasalianças interurbanasinterurbanas regionaisregionais (recorrendo(recorrendo nomeadamentenomeadamente àà figurafigura dasdas

ComunidadesComunidades UrbanasUrbanas -- ComUrb)ComUrb) ee aa participaçãoparticipação emem redesredes internacionaisinternacionais dede cooperaçãocooperação

interurbanainterurbana (por(por exemplo,exemplo, asas redesredes MecineMecine ee Eurocities)Eurocities) contribuemcontribuem parapara afirmarafirmar osos centroscentros urbaurbanos,nos,

mormentemormente osos dede médiamédia dimensão.dimensão.

Fonte:Fonte: AdaptadoAdaptado dede ARINDA,ARINDA, RodriguesRodrigues [[etet alal],], GeografiaGeografia AA 11.º11.º AnoAno,, 1.ª1.ª Edição,Edição, TextoTexto Editores,Editores, 2008.2008.

http://geoclick.blogspot.com/http://geoclick.blogspot.com/

prof.geo.fernando@sapo.ptprof.geo.fernando@sapo.pt