Вы находитесь на странице: 1из 5

INTERVENÇÃO EM SESSÃO ÚNICA E TFT

Thought Field Therapy

Procedimento

1) Estabelecimento de aliança terapêutica. Definição de papéis: “Se você me disser o


que está acontecendo eu posso ajudar”

Descrição do estado emocional

• Quando a pessoa está tomada por seu problema ela é incapaz de pensar sobre
ele. A pessoa se sente invadida por sentimentos e pensamentos que não
consegue evitar. Ela é a expressão do que está vivenciando. (Safra)

Procedimento

2) Ouvir o problema, sem julgamento ou crítica. A escuta deve ser empática, interessada.
3) Refletir para a pessoa o que você está observando. Emprestar para a pessoa a
sua capacidade de observar e objetivar o problema.Inferir os sentimentos
presentes.

Efeito: A pessoa sente-se compreendida e vista e não mais sozinha. Descola-se do


problema, distancia-se a ponto de poder falar sobre ele. Discorre sobre o que a faz sofrer.

a) Distinguir: Demanda x queixa.


b) Reconhecer os limites de atuação.

1
Procedimento

4) Auxiliar a pessoa à explorar a situação que ela tenta abordar. As interrupções


na fala, as auto-acusações, as rupturas nas seqüências indicam que é preciso
intervir com perguntas esclarecedoras, comentários tranquilizadores,
demonstrando que está acompanhando e pensando junto.

5) Localizar historicamente o problema em uma série psíquica.


Isso auxilia a resgatar a organização do pensamento, a noção de temporalidade
e a integração psíquica.

6) Elaboração de uma síntese do que foi dito. Esse procedimento favorece a integração
psíquica em um outro patamar. Deve devolver para a pessoa,de forma organizada o que ela
revelou sobre si mesma em relação ao seu problema, aspectos de seu discurso que ela pode
não ter percebido, soluções que ter apontado sem se dar conta.

7) Questionar as fantasias decorrentes do problema.

Efeito: Traz à tona as crenças irracionais e os temores ocultos. A pessoa, ao


reconhecê-los pode por si mesma modificá-los.

8) Resgate da esperança. Quando a pessoa está tomada pelo


sofrimento, não há futuro, o tempo pára. Quando ela é capaz de pensar e
projetar em termos de futuro, de projeto, é sinal de que houve um
domínio psíquico. A pessoa torna-se capaz de sofrer. Nesse momento a
intervenção pode ser encerrada.

2
TFT - THOUGHT FIELD THERAPY

• Pensar na situação entrando em contato com o que ela provoca (não


tentar evitar, distrair-se, controlar-se, etc)

• O que a lembrança te provoca (dor, sensação de aperto, medo, tristeza,


etc). Onde sente?

1. Pensar no problema ou situação traumática e medir o mal estar provocado em uma escala de 1 a 10

2. Medir o SUD (Subjective Unit of Distress) de 1 a10.

3. Golpear alternadamente no início das sombrancelhas.

4. Bater alternadamente debaixo dos olhos.

5. Bater debaixo das axilas.

6. Bater com os dedos no peito, aproximadamente 1 dedo abaixo do osso do colar (collarbone)

7. Golpeando rapidamente no dorso da mão entre o dedo mínimo e o anular (“gamut spot”)

8. Olhos bem abertos, olhos fechados com força, olhos abertos

9. Olhando para um lado e para baixo; Olhando para o outro lado e para baixo (sem mexer a cabeça).

10. Fazendo um círculo com os olhos; Fazendo um círculo em outro sentido.

11. Cantarolando uma música (só na base do lá-lá-lá)

3
12. Contando até 5 em voz alta

13. Cantarolando outra melodia (lá-lá-lá).

14. Se repete 2.

Bater alternadamente:
• Início das sombrancelhas
• Debaixo dos olhos
• Abaixo das axilas
• No peito (“collarbone”)

Efeitos esperados:

• Alterações na imagem da lembrança (mais borrada, desfocada e mais distante. Algumas vezes, fica difícil
lembrá-la)
• A imagem passa de câmera subjetiva para câmera objetiva (como se estivese assistindo e não fosse com a
própria pessoa).
• Diminuição ou desaparecimento de emoções e sentimentos dolorosos.
• Alterações na imagem da lembrança (mais borrada, desfocada e mais distante. Algumas vezes, fica difícil
lembrá-la)
• A imagem passa de câmera subjetiva para câmera objetiva (como se estivese assistindo e não fosse com a
própria pessoa). Diminuição ou desaparecimento de emoções e sentimentos dolorosos.

4
Se o mal-estar não desapareceu, repetir passos 2, 3, 4, 6.
Se não diminuir nada, bater no dorso da mão (PRSpot) e repetir.

Quando usar TFT?

• Quando a pessoa não quer falar sobre o problema.


• Quando tem mais necessidade de aliviar do que de compreender.
• Quando as emoções são muito intensas.