You are on page 1of 3

AnaCatarina 33262 Diana 42306 João 39635 Marlene 41801 Sara 41775

Apresentação do percurso de construção do protótipo de baixa


fidelidade

1.Introdução

Numa primeira abordagem ao significado da palavra diremos que


protótipo é uma palavra de origem grega protótypos, cujos significados
comuns, no uso que os falantes da língua portuguesa, dela fazem, são: o
“primeiro tipo”; “padrão”; “modelo” (Costa e Melo, 1998:1341). Contudo, no
campo de estudos da informática, a palavra protótipo adquire uma
significação específica e especializada e alude a “um sistema/modelo (pode ser
um site web ou um software) sem as funcionalidades inteligentes, apenas com
as funcionalidades gráficas, e algumas funcionalidades básicas para o
funcionamento do próprio protótipo. Utilizado geralmente para aprovação de
quem vai solicitar o sistema”. (Wikipedia, 2010)
Assim, de acordo com a reflexão e discussão realizada, fizemos uma
escolha que pensamos estar em conformidade com os significados
anteriormente expostos e que nos parece adequada às finalidades do trabalho
em curso. Protótipo é um modelo padrão que envolve um sistema matricial
com as funcionalidades elementares, nomeadamente, gráficas. E, decidimos,
em conjunto, construir a nossa demo em HTML, na plataforma DreamWeaver,
logo que obtivemos a aprovação da equipa de docentes da Unidade Curricular
de Projecto.
O protótipo de baixa fidelidade, que nos foi pedido nesta fase do
processo projectual assemelha-se com o produto final. Este protótipo é
considerado de grande utilidade para a exploração e testes na fase inicial de
desenvolvimento do sistema. Deverá, por isso, ser simples, de baixo custo,
controlar a complexidade da produção tornando-a, aparentemente, fácil e
facilitar a exploração de ideias e testá-las, bem como buscar eficiência na
recolha dos requisitos e antever as possíveis opções para o design.
No entanto, os aspectos negativos foram tidos em conta, a saber, a
limitação na experiência de testes de usabilidade.

1
AnaCatarina 33262 Diana 42306 João 39635 Marlene 41801 Sara 41775

2.Percurso da construção do protótipo de baixa fidelidade

Aproveitando o facto de alguns dos membros da nossa equipa de


trabalho estarem a frequentar a UC de Laboratório Multimédia 4, onde a
linguagem de marcação de hipertexto é leccionada, pensámos que esta poderia
ser uma boa decisão, procurando responder aos desafios da UC de Projecto e
aprofundar os nossos conhecimentos em HTML.
Sublinhamos, ainda, que optámos por fazer o nosso protótipo de
baixa fidelidade, num template, ou seja, num modelo disponibilizado pelo
DreamWeaver. A solução foi adoptada por se aproximar da realidade do site
que pretendemos construir, permitindo testar algumas funções numa
realidade de programação, numa realidade mais prática e funcional.
Colocámos vários cenários para fazer o nosso protótipo: em papel, em
Flash, por recurso a programas de Mockups, mas acabámos por tomar esta
opção de fazê-la em HTML.
Depois da demo concluída (em HTML), realizámos um vídeo
elucidativo, com todos os elementos do grupo a fazerem uma narração
explicativa do site. Este trabalho foi feito com recurso a uma câmara de filmar,
editado posteriormente no programa Adobe Premiere. Esta narração pretende
elucidar os docentes relativamente ao modelo de interacção do nosso portal.
Assim sendo, com esta explicação, esperamos que seja evidente o modo como
se navega pelo nosso site.

3.Comentário final

Apesar de nesta altura ser pedido um protótipo de baixa fidelidade,


decidimos avançar um pouco em áreas de programação (HTML) para termos
uma previsão das alterações que vão ter de ser feitas. Mesmo sabendo que
provavelmente no futuro isto não nos servirá de nada, preferimos dar um
passo em frente e começar a experimentar funcionalidades.
Sendo assim, consideramos que este foi um trabalho que da nossa
parte teve todo o empenho e irá de encontro ao pedido por parte dos docentes
da equipa de Projecto.

2
AnaCatarina 33262 Diana 42306 João 39635 Marlene 41801 Sara 41775

4.Bibliografia

ƒ http://pt.wikipedia.org/wiki/Prototipagem#Prototipagem_de_baixa_fidel
idade;
ƒ http://pt.wikipedia.org/wiki/Prot%C3%B3tipo;
ƒ Costa, J. Almeida e Melo, A., Sampaio, Dicionário da Língua
Portuguesa, Porto; Porto editora, 1998.

Aveiro, 26 de Março de 2010

Ana Catarina Caravela


Diana Marques
João Ramos
Marlene Aidos
Sara Sousa