Вы находитесь на странице: 1из 4

CAP ´ ITULO 8

Capacitores de Placas Planas Paralelas

Prof. Cl´audio Gra¸ca, Dep. F´ısica UFSM

8.1 Objetivos

Medir a capacitˆancia de um capacitor de placas planas com diferentes espessuras de diel´etrico. Determinar experimentalmente a constante diel´etrica de alguns materiais.

8.2 Materiais e M´etodos

Capacitores de Placas Paralelas com varia¸c˜ao da distˆancia entre placas;

capac´ımetro digital;

capacitor de placas paralelas girat´orio;

folhas de papel sulfite e policarbonato.

8.2.1

Introdu¸c˜ao

Um capacitor ´e sempre constru´ıdo com uma estrutura met´alica que forma as placas com formato plano, cil´ındrico ou espiralado, entre as quais ´e colocado um material isolante tamb´em chamado de diel´etrico. Os capacitores recebem um nome especifico de acordo com o diel´etrico com que s˜ao constru´ıdos: a) eletrol´ıticos; b) poli´ester; c) tˆantalo; d) papel; e)policarbonato; f) polipropileno. Para a completa caracteriza¸c˜ao de um capacitor, o fabricante deve estampar no mesmo as seguintes caracter´ısticas:

Capacitˆancia, que vˆem a ser rela¸c˜ao entre a carga e o potencial do capacitor: C = Q

V

A capacitˆancia ´e uma fun¸c˜ao das propriedades materiais do capacitor, ´area das placas (A), distˆancia (d), entre as mesmas e permissividade el´etrica do material (ε = o ), onde ε o ´e a permissividade el´etrica do v´acuo e k a constante diel´etrica, cujos valores est˜ao apresentados na tabela abaixo.

33

C.O. GRAC¸A

Experimentos de F´ısica: Eletricidade e Magnetismo

Experimentos de F´ısica: Eletricidade e Magnetismo Figura 8.1: Capacitor de placas planas com diel´etrico

Figura 8.1:

Capacitor de placas planas com diel´etrico

Figura 8.1: Capacitor de placas planas com diel´etrico Figura 8.2: Constante diel´etrica e tens˜ao de ruptura

Figura 8.2:

Constante diel´etrica e tens˜ao de ruptura de v´arios materiais isolantes.

Tens˜ao m´axima de trabalho ou tens˜ao m´axima de seguran¸ca que ´e a tens˜ao m´axima que pode ser aplicada entre as placas do capacitor com seguran¸ca, indicada em cada capacitor co- mercial. Esta tens˜ao m´axima ´e definida pelo m´aximo campo el´etrico suportado pelo diel´etrico, tamb´em denominada tens˜ao de ruptura do diel´etrico, com valores conforme a Fig. 8.2.

de ruptura do diel´etrico, com valores conforme a Fig. 8.2. Figura 8.3: Capacitor Eletrolitico, tens˜ao m´axima,

Figura 8.3: Capacitor Eletrolitico, tens˜ao m´axima, capacitˆancia, temperatura m´axima e polaridade.

Classe de tolerˆancia nos valores de capacitˆancia e tens˜ao m´axima.

Os valores tanto da capacitˆancia como da tens˜ao m´axima de trabalho s˜ao normalizados, portanto quando uma dada capacitˆancia ou tens˜ao ´e necess´aria, e n˜ao est´a dispon´ıvel, devem-se construir associa¸c˜oes em s´erie e ou em paralelo.

8.2.2

Capac´ımetro

O m´etodo de medida da capacitˆancia ideal ou seja, sem resistˆencia de fuga, ´e semelhante

O capac´ımetro ´e constitu´ıdo por uma instrumento de corrente cont´ınua

A alimenta¸c˜ao de corrente alternada pode ser substitu´ıda por um oscilador

`a medida de resistˆencia.

como o da Fig.

8.4.

C.O. GRAC¸A

Experimentos de F´ısica: Eletricidade e Magnetismo

de freq¨uˆencia vari´avel. Se a freq¨uˆencia ”f”e a tens˜ao forem constantes a corrente I que atravessa o capacitor ser´a proporcional `a sua capacitˆancia:

C x =

I

2πfV = kI

na qual k ´e a constante do instrumento; R a resistˆencia que limita a corrente e R V ´e um potenciˆometro para definir a escala de medida.

´e um potenciˆometro para definir a escala de medida. Figura 8.4: Esquema de funcionamento de um

Figura 8.4: Esquema de funcionamento de um capac´ımetro

8.3

Experimentos

8.3.1 Medida da Capacitˆancia em Fun¸c˜ao da Distˆancia entre placas

Utilizando o capacitor Cidepe, ou Pwywe variando a distˆancia d entre placas fa¸ca dez dife- rentes medidas, sem diel´etrico (aproximadamente utilizando o ar)

medidas, sem diel´etrico (aproximadamente utilizando o ar) Figura 8.5: Capacitor de Placas Paralelas CIDEPE 8.3.2

Figura 8.5: Capacitor de Placas Paralelas CIDEPE

8.3.2 Medida da Capacitˆancia como Fun¸c˜ao Angular

Utilizando um capacitor de placas paralelas como o da Fig. 8.6 levantar a curva da capa- citˆancia em fun¸c˜ao do ˆangulo de giro das placas.

C.O. GRAC¸A

Experimentos de F´ısica: Eletricidade e Magnetismo

Experimentos de F´ısica: Eletricidade e Magnetismo Figura 8.6: Capacitores Vari´aveis com fun¸c˜ao angular:

Figura 8.6:

Capacitores Vari´aveis com fun¸c˜ao angular: (a) Capacitor para sintonia; (b)Trimmer

8.3.3 Constru¸c˜ao de um capacitor com Diel´etrico

Nesta pr´atica se construir´a um capacitor de placas planas (retangular ou em forma de disco) e outro de placas retangulares utilizando, ambos de alum´ınio, entre as quais ser˜ao colocadas de 1-7 folhas de isolante el´etrico de espessura conhecida. A medida da capacitˆancia ser´a feita diretamente com um capac´ımetro com escala em nF .

Relat´orio

1. Apresente de forma gr´afica a capacitˆancia em fun¸c˜ao da distˆancia entre placas e determinando, a partir do ajuste de dados experimentais, o valor da constante diel´etrica.

2. Apresente e discuta os resultados das medidas de capacitˆancia dos capacitores de placas planas, em fun¸c˜ao da espessura do isolante. forma gr´afica.

3. Obter, a partir da an´alise dos gr´aficos, a permissividade el´etrica dos isolantes utilizados e a constante diel´etrica.

4. Avaliar as tens˜oes m´aximas de trabalho que poder˜ao ser aplicadas a esses capacitores, utilizando dados da ruptura diel´etrica do papel.

5. Apresentar de forma gr´afica a lei de varia¸c˜ao angular do capacitor girat´orio.

6. Analisar as fontes de incertezas nos resultados, a partir da incerteza das medidas.

7. Construir em casa dois capacitores, utilizando folhas de alum´ınio, tipo folhas de uso dom´estico, separadas por folhas de papel

8. Discuta depois de uma revis˜ao bibliogr´afica a utilidade pr´atica dos capacitores.

Bibliografia Fundamentos de F´ısica, v. 3, Halliday & Resnick; F´ısica, v. 3, Paul Tipler