Вы находитесь на странице: 1из 162

Universidade do Sul de Santa Catarina

Projeto Integrador Web (I e II)

Disciplina na modalidade a distância

Palhoça

UnisulVirtual

2007

Créditos

Unisul - Universidade do Sul de Santa Catarina UnisulVirtual - Educação Superior a Distância

Campus UnisulVirtual

Avenida dos Lagos, 41 Cidade Universitária Pedra Branca Palhoça – SC - 88137-100 Fone/fax: (48) 3279-1242 e

3279-1271

E-mail: cursovirtual@unisul.br Site: www.virtual.unisul.br

Reitor Unisul Gerson Luiz Joner da Silveira

Vice-Reitor e Pró-Reitor Acadêmico Sebastião Salésio Heerdt

Chefe de Gabinete da Reitoria Fabian Martins de Castro

Pró-Reitor Administrativo Marcus Vinícius Anátoles da Silva Ferreira

Campus Sul Diretor: Valter Alves Schmitz Neto Diretora adjunta: Alexandra Orsoni

Campus Norte Diretor: Ailton Nazareno Soares Diretora adjunta: Cibele Schuelter

Campus UnisulVirtual Diretor: João Vianney Diretora adjunta: Jucimara Roesler

Equipe UnisulVirtual

Administração Renato André Luz Valmir Venício Inácio

Avaliação Institucional Dênia Falcão de Bittencourt

Biblioteca Soraya Arruda Waltrick

Capacitação e Apoio Pedagógico à Tutoria Angelita Marçal Flores (Coordenadora) Caroline Batista Enzo de Oliveira Moreira Patrícia Meneghel Vanessa Francine Corrêa

Coordenação dos Cursos Adriano Sérgio da Cunha Aloísio José Rodrigues Ana Luisa Mülbert Ana Paula Reusing Pacheco Charles Cesconetto Diva Marília Flemming Fabiano Ceretta Itamar Pedro Bevilaqua Janete Elza Felisbino Jucimara Roesler Lauro José Ballock Lívia da Cruz (Auxiliar) Luiz Guilherme Buchmann Figueiredo Luiz Otávio Botelho Lento Marcelo Cavalcanti Maria da Graça Poyer Maria de Fátima Martins (Auxiliar) Mauro Faccioni Filho Michelle D. Durieux Lopes Destri Moacir Fogaça Moacir Heerdt Nélio Herzmann Onei Tadeu Dutra Patrícia Alberton Raulino Jacó Brüning Rodrigo Nunes Lunardelli Simone Andréa de Castilho (Auxiliar)

Criação e Reconhecimento de Cursos Diane Dal Mago Vanderlei Brasil

Desenho Educacional Daniela Erani Monteiro Will (Coordenadora) Carmen Maria Cipriani Pandini Carolina Hoeller da Silva Boeing Dênia Falcão de Bittencourt Flávia Lumi Matuzawa Karla Leonora Dahse Nunes Leandro Kingeski Pacheco Ligia Maria Soufen Tumolo Márcia Loch Viviane Bastos Viviani Poyer

Núcleo de Acessibilidade Vanessa de Andrade Manoel

Núcleo de Avaliação da Aprendizagem Márcia Loch (Coordenadora) Cristina Klipp de Oliveira Silvana Denise Guimarães

Design Gráfico Cristiano Neri Gonçalves Ribeiro (Coordenador) Adriana Ferreira dos Santos Alex Sandro Xavier Evandro Guedes Machado Fernando Roberto Dias Zimmermann Higor Ghisi Luciano Pedro Paulo Alves Teixeira Rafael Pessi Vilson Martins Filho

Disciplinas a Distância Tade-Ane de Amorim Cátia Melissa Rodrigues (Auxiliar)

Gerência Acadêmica

Patrícia Alberton

Gerência de Ensino Ana Paula Reusing Pacheco

Logística de Encontros Presenciais Márcia Luz de Oliveira (Coordenadora) Aracelli Araldi Graciele Marinês Lindenmayr José Carlos Teixeira Letícia Cristina Barbosa Kênia Alexandra Costa Hermann Priscila Santos Alves

Núcleo de Formatura e Eventos Jackson Schuelter Wiggers

Logística de Materiais Jeferson Cassiano Almeida da Costa (Coordenador) Eduardo Kraus

Monitoria e Suporte Rafael da Cunha Lara (coordenador) Adriana Silveira Andréia Drewes Caroline Mendonça Cristiano Dalazen Dyego Rachadel Edison Rodrigo Valim Francielle Arruda Gabriela Malinverni Barbieri Jonatas Collaço de Souza Josiane Conceição Leal Maria Eugênia Ferreira Celeghin Rachel Lopes C. Pinto Vinícius Maykot Serafim

Produção Industrial e Suporte Arthur Emmanuel F. Silveira (coordenador) Francisco Asp

Relacionamento com o Mercado Walter Félix Cardoso Júnior

Secretaria de Ensino a Distância Karine Augusta Zanoni Albuquerque (Secretária de ensino) Ana Paula Pereira Andréa Luci Mandira Carla Cristina Sbardella Deise Marcelo Antunes Djeime Sammer Bortolotti Franciele da Silva Bruchado Grasiela Martins James Marcel Silva Ribeiro Jenniffer Camargo Lamuniê Souza Lauana de Lima Bezerra Liana Pamplona Marcelo José Soares Marcos Alcides Medeiros Junior Maria Isabel Aragon Olavo Lajús Priscilla Geovana Pagani Rosângela Mara Siegel Silvana Henrique Silva Vanilda Liordina Heerdt Vilmar Isaurino Vidal

Secretária Executiva Viviane Schalata Martins

Tecnologia Osmar de Oliveira Braz Júnior (Coordenador) Jefferson Amorin Oliveira Ricardo Alexandre Bianchini Rodrigo de Barcelos Martins

Apresentação

Prezado(a) aluno(a),

Este livro traz orientações importantes para a elaboração do Projeto Integrador Web (I e II). Ele foi especialmente elaborado para o Curso Superior de Tecnologia em Web Design e Programação oferecido pela UnisulVirtual.

Leia-o com interesse e atenção, pois as informações fornecem subsídios para todas as etapas de desenvolvimento de seu projeto e ajudarão você a atingir com sucesso os objetivos de aprendizagem.

Bom estudo e sucesso!

Equipe UnisulVirtual.

Cynthia Beatriz Scheffer Dutra

Projeto Integrador Web (I e II)

Livro didático

3ª Edição revista e atualizada

Design instrucional Flavia Lumi Matuzawa Leandro Kingeski Pacheco

Palhoça

UnisulVirtual

2007

Copyright © UnisulVirtual 2007 Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida por qualquer meio sem a prévia autorização desta instituição.

Edição – Livro Didático

Professor Conteudista Cynthia Beatriz Scheffer Dutra

Design Instrucional Flavia Lumi Matuzawa Leandro Kingeski Pacheco

Projeto Gráfico e Capa Equipe UnisulVirtual

Diagramação

Rafael Pessi

Revisão Ortográfica

B2B

001.43

D97

Dutra, Cynthia Beatriz Scheffer Projeto integrador WEB (I e II) : livro didático / Cynthia Beatriz Scheffer Dutra ; design instrucional Flavia Lumi Matuzawa, Leandro Kingeski Pacheco. - 3 ed. rev. e atual. - Palhoça : UnisulVirtual, 2007. 162 p. : il. ; 28 cm.

Inclui bibliografia.

1. Projeto de pesquisa. 2. Web design – Projeto de pesquisa. I. Matuzawa, Flavia Lumi. II. Pacheco, Leandro Kingeski. III. Título.

Ficha catalográfica elaborada pela Biblioteca Universitária da Unisul

Sumário

Apresentação

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

3

 

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

. 9

Palavras da professora Plano de estudo

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

UNIDADE

1

Introdução ao Projeto Integrador Web

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.11

.15

 

SEÇÃO

1

Quais são os elementos do PI Web?

16

. SEÇÃO 2 – Como será o processo de avaliação do PI Web?

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

26

SEÇÃO 3 – Quais são as atividades propostas para o desenvolvimento do PI Web?

 

30

UNIDADE 2

Desenvolvimento do Projeto Integrador Web I

 

.35

SEÇÃO

1

Etapa 1: identificação do escopo do projeto

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

37

SEÇÃO

2

Etapa 2: escopo do projeto

56

SEÇÃO

3

Etapa 3: análise do projeto

66

SEÇÃO

4

Etapa 4: planejamento do projeto .

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

86

UNIDADE 3

– Desenvolvimento do Projeto Integrador Web II

 

113

 

SEÇÃO

1

Etapa 5: execução e avaliação do projeto

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

116

SEÇÃO

2

Etapa 6: encerramento de projeto

137

SEÇÃO 3 – Etapa 7: documentação do Projeto Integrador Web

 

140

Para concluir

o estudo

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

149

Referências Sobre a professora conteudista

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

151

153

Anexo A - Como elaborar as referências?

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

155

Palavras da professora

Caro aluno,

Palavras da professora Caro aluno, Quando recebi o convite para escrever este livro, fui tomada de

Quando recebi o convite para escrever este livro, fui tomada de muita surpresa e alegria, mas de dúvidas também: Será que tenho conhecimento suficiente para fazê-lo? Será que conseguirei cumprir o prazo de entrega? Será que realizarei esta tarefa a contento?

Pensando nestas questões, pude vislumbrar que estas são muitas das barreiras e dificuldades que sentimos (e temos que enfrentar) quando nos deparamos com algo novo, como o desenvolvimento de um projeto. E acredito que estes sentimentos também fazem parte de seus receios ao iniciar este projeto integrador.

Realmente, esta é uma caminhada intensa, de superação. Mas, com toda certeza, durante todo o curso, você adquiriu muito conhecimento teórico sobre projeto, design e programação. Agora é o momento de consolidar todo este saber e construir um projeto inovador, de seu próprio cunho. Pode ser que, em algum momento durante esta caminhada, você sinta cansaço ou insatisfação. Lembre-se de usar estas sensações a seu favor, como motivação para chegar a um final vitorioso. Você não chegou até aqui por acaso! Acredite em sua capacidade de superar obstáculos e de se organizar para desenvolver um bom Projeto Integrador Web.

Espero sinceramente ter colocado neste projeto (seu livro didático) conceitos, procedimentos e exemplos que ajudem você a estruturar o seu PI Web.

Também desejo que este livro seja o norteador de uma atividade que feche sua vida acadêmica e abra as portas para sua vida profissional.

Bom trabalho a todos nós!

Professora Cynthia Beatriz Scheffer Dutra

Plano de estudo

Plano de estudo O plano de estudo visa orientá-lo/a no desenvolvimento do Projeto Integrador. Nele, você

O plano de estudo visa orientá-lo/a no desenvolvimento do

Projeto Integrador. Nele, você encontrará elementos que

esclarecerão o contexto do mesmo e sugerirão formas de organizar o seu tempo de estudos.

O processo de ensino e aprendizagem na UnisulVirtual leva

em conta instrumentos que se articulam e se complementam. Assim, a construção de competências se dá sobre a articulação

de metodologias e por meio das diversas formas de ação/

mediação.

São elementos desse processo:

o

livro didático;

o

Espaço UnisulVirtual de Aprendizagem - EVA;

as atividades de avaliação a distância (não serão feitas avaliações presenciais).

Ementas do Projeto Integrador Web (I e II)

Disciplina: Projeto Integrador Web I

Criação de projeto de sistema Web pelos alunos, de forma a integrar os diversos conhecimentos adquiridos no curso até o presente módulo, visando demonstrar suas habilidades e as competências específicas adquiridas.

Disciplina: Projeto Integrador Web II

Criação de projeto avançado de sistema Web, com ferramentas

de desenvolvimento aprendidas em disciplinas anteriores do

curso. Seqüência das atividades elaboradas na disciplina Projeto Integrador Web I.

Universidade do Sul de Santa Catarina

Carga horária

As disciplinas Projeto Integrador Web I e Projeto Integrador Web II apresentam carga horária de 90 horas-aula, perfazendo uma carga total de 180 horas-aula para o PI Web.

Objetivo(s)

O desenvolvimento do projeto integrador tem por objetivos:

complementar o processo de ensino-aprendizagem, incentivando seu aprimoramento pessoal, interpessoal e profissional;

propiciar a você oportunidades de desenvolver suas habilidades de construção e implementação de projetos;

aplicar os conhecimentos teóricos na prática da gestão de projetos e equipes;

favorecer a integração entre a universidade e o meio onde você está inserido.

Conteúdo programático/objetivos

Os objetivos de cada unidade definem o conjunto de

conhecimentos que você deverá deter para o desenvolvimento

de habilidades e competências necessárias a sua formação. Neste

sentido, veja a seguir as unidades 1 a 3 que compõem o Livro didático deste Projeto Integrador, bem como os seus respectivos objetivos.

Unidades de estudo: 3

Unidade 1: Introdução ao Projeto Integrador Web

Introdução ao PI Web. Quais são os procedimentos básicos? Como será o processo de avaliação do PI Web? Quais as atividades são propostas? O objetivo desta unidade é tirar todas as suas dúvidas sobre o desenvolvimento de seu Projeto Integrador. Serão analisados os conceitos e a importância

Projeto Integrador Web

(I e II)

do PI Web, quais os procedimentos básicos para subsidiar a construção do seu projeto, bem como as atividades propostas nas duas disciplinas. Também é apresentado o processo de avaliação do PI Web.

Unidade 2: Desenvolvimento do Projeto Integrador Web I

Identificação do projeto. Escopo do projeto. Análise do projeto. Planejamento do projeto. Nesta unidade será apresentada a fundamentação teórica referente ao PI Web I, descrevendo as etapas de projeto que serão realizadas na disciplina do quarto módulo.

Unidade 3: Desenvolvimento do Projeto Integrador Web II

Execução e avaliação do projeto. Encerramento do projeto. Entrega do PI Web completo. Nesta unidade o objetivo é apresentar a fundamentação teórica referente ao PI Web II, descrevendo as etapas de projeto que serão realizadas na disciplina do quinto módulo, bem como a estrutura da documentação final do projeto.

Agenda de atividades/ Cronograma

Verifique com atenção o EVA, organize-se para acessar periodicamente o espaço da Disciplina. O sucesso nos seus estudos depende da priorização do tempo para a leitura; da realização de análises e sínteses do conteúdo; e da interação com os seus colegas e tutor.

Não perca os prazos das atividades. Registre no espaço a seguir as datas, com base no cronograma da disciplina disponibilizado no EVA.

Use o quadro para agendar e programar as atividades relativas ao desenvolvimento da Disciplina.

Universidade do Sul de Santa Catarina

Atividades Demais atividades (registro pessoal)
Atividades
Demais atividades (registro pessoal)

UNIDADE 1

Introdução ao Projeto Integrador Web

Objetivos de aprendizagem

Compreender as metas desejáveis para o desenvolvimento do Projeto Integrador Web (PI Web).

Conhecer os procedimentos básicos para o desenvolvimento do PI Web.

Entender o papel do aluno no processo e dos demais envolvidos (professor tutor e coordenador de curso).

Analisar como será o processo de avaliação das disciplinas vinculadas ao Projeto Integrador (I e II).

Verificar as atividades propostas para cada disciplina.

Seções de estudo

1

Seção 1

Quais são os elementos do PI Web?

Seção 2

Como será o processo de avaliação do PI Web?

Seção 3

Quais são as atividades propostas para o desenvolvimento do PI Web?

Universidade do Sul de Santa Catarina

Universidade do Sul de Santa Catarina Para início de conversa Caro aluno, o Projeto Integrador em

Para início de conversa

Caro aluno, o Projeto Integrador em Tecnologia para Web Design e Programação (PI Web) é uma atividade que será realizada por você, durante as disciplinas Projeto Integrador Web I e Projeto Integrador Web II.

Projeto Integrador Web I e Projeto Integrador Web II. Como orientação e suporte para realizar esse

Como orientação e suporte para realizar esse projeto você terá este livro como principal material de referência, além do EVA (Espaço UnisulVirtual de Aprendizagem) para receber os modelos e enviar as atividades, bem como para buscar ajuda e interagir com o professor-tutor. Não está previsto, portanto, nenhum encontro presencial.

Nesta unidade, você poderá sanar todas suas dúvidas básicas a respeito do projeto integrador. Serão abordados os conceitos e a importância do PI Web, quais os procedimentos básicos para subsidiar a construção do seu projeto, bem como as atividades propostas nas duas disciplinas. Aqui você poderá esclarecer questões referentes ao processo de avaliação do PI Web, bem como quais são as competências que você deve desenvolver e as atitudes esperadas de você durante o desenvolvimento do seu projeto.

Seção 1 – Quais são os elementos do PI Web?

Nesta seção você conhecerá os elementos do PI Web. Entre estes elementos destacamos o conceito de PI Web, os temas que podem ser escolhidos, quem irá acompanhá-lo no desenvolvimento do projeto, a importância e quais os objetivos do projeto, quais as competências você desenvolerá durante o projeto e quais os procedimentos básicos relativos a cada agente do PI Web.

Você conhece o conceito do PI Web?

Conforme a grade curricular do Curso Superior de Tecnologia em Web Design e Programação (TWD), o período destinado para a realização do PI Web envolverá dois semestres, especificamente o quarto e o quinto módulos.

Projeto Integrador Web

(I e II)

O

Projeto Integrador Web I visa a criação de um

projeto de sistema Web pelos alunos, de forma a integrar os diversos conhecimentos adquiridos no curso até o presente módulo, objetivando demonstrar suas habilidades e suas competências específicas adquiridas.

O

Projeto Integrador Web II representa uma fase

avançada de execução, análise de desempenho, ajustes e encerramento do projeto como um todo. A finalidade principal do projeto PI Web é o desenvolvimento de uma atividade que consolide conhecimentos do curso, permitindo formar tecnólogos com capacidade de empreender e inovar.

Como você já estudou no manual do aluno, entre os objetivos

específicos deste curso propomos que você desenvolva a formação

de

conhecimentos sobre:

 

negócios: segmento financeiro, comércio eletrônico e o setor de telecomunicações, estratégias de negócios em Web;

marketing: relacionamento com clientes, interpretação e análise dos requisitos do usuário, apresentação de resultados;

gerenciamento Web : noções sobre gestão de negócios e empreendedorismo, gerenciamento de equipes de projeto e desenvolvimento web, ética profissional;

tecnologia: lógica de programação, estrutura de bancos de dados, programação orientada a objetos, linguagens de programação para Web;

infra-estrutura: plataformas e linguagens diversas, redes de computadores e internet;

comunicação e criação: comunicação visual, design gráfico e ergonomia.

O

Projeto Integrador tem um foco bastante prático. Esperamos

que você consiga transformar suas idéias em ações, contribuindo, direta ou indiretamente, para proporcionar melhores resultados para os sistemas, as organizações e/ou para o meio.

Unidade 1

17

Universidade do Sul de Santa Catarina

Enfim, o PI Web deve ser percebido como a possibilidade de realizar projetos e ações concretas junto a alguma empresa ou organização que faça uso destas tecnologias. Esta é uma excelente oportunidade para você desenvolver sua capacidade proativa e empreendedora, identificando problemas, descobrindo soluções e oportunidades. Visando fortalecer suas competências e habilidades, tal como as descritas como objetivos específicos do nosso curso, o Projeto Integrador envolve, agora, conteúdos desenvolvidos nas disciplinas que formam a base sustentável do curso, ou seja, as disciplinas da área de tecnologia, de gerenciamento Web, de comunicação e criação.

de gerenciamento Web, de comunicação e criação. Atenção! O PI Web apresenta uma concepção semelhante a

Atenção!

O PI Web apresenta uma concepção semelhante a de um projeto de pesquisa.

A realização do Projeto Integrador precisa ser

progressiva, cumulativa e propiciar a complementação

do ensino e da aprendizagem, em conformidade com

o currículo ofertado no Curso Superior de Tecnologia em Web Design e Programação na modalidade a distância.

Neste sentido, o PI Web foi concebido com a estrutura de um projeto de pesquisa, isto é, com análise, estudo e desenvolvimento de sistemas computacionais em ambientes web, permitindo a

criação de soluções, melhoria de serviços e resolução de problemas. Por ter um caráter prático, o PI Web é considerado uma atividade de pesquisa aplicada

e o aluno é considerado, neste momento, um pesquisador.

Você sabe quais temas podem ser escolhidos para o desenvolvimento do PI Web?

Considerando as funções previstas no manual do curso, você pode atuar em seu projeto desenvolvendo uma ou mais competências, tais como:

desenvolvimento e administração de páginas Web;

Projeto Integrador Web

(I e II)

programação de serviços Web (Web services);

administração de provedores de internet – Web Master;

analista de negócios/comércio eletrônico;

consultoria e muitas outras atividades.

O tema de desenvolvimento do projeto PI Web pode ser

escolhido a partir de uma idéia de um aluno, ou de um grupo

de alunos. Além disto, o projeto pode atender as necessidades

pessoais, de uma empresa, da universidade ou de uma

comunidade em geral.

Quem irá acompanhar o desenvolvimento do PI Web?

Para o desenvolvimento do PI Web você receberá acompanhamento do professor-tutor e da coordenação do curso.

Qual a importância do PI Web?

Esta atividade envolve os conteúdos desenvolvidos nas disciplinas mais importantes e que formam a base sustentável do curso, ou seja, as disciplinas da área de tecnologia, gerenciamento Web, comunicação e criação. É com o intuito de desenvolver e capacitar você nestas diferentes áreas que o Projeto Integrador atua, pois lhe permite unificar, integrar o conhecimento em um projeto único. Aqui temos uma excelente tática motivacional para você desenvolver-se, participando ativamente na descoberta e na formação do seu conhecimento.

Os resultados do PI Web precisam ter aplicabilidade, utilidade e valor

Tais resultados terão aplicabilidade no momento em que você transformar os resultados proporcionados pelo Projeto Integrador em projetos inovadores e/ou ações concretas junto às empresas, organizações, universidades e ao meio. As organizações e a sociedade necessitam de profissionais com capacidade para empreender e inovar.

Unidade 1

19

Universidade do Sul de Santa Catarina

O desenvolvimento do PI Web representa uma excelente alternativa para você, estudante de um curso superior a distância, desenvolver a sua capacidade proativa e empreendedora voltada para a identificação de problemas, bem como para a descoberta de novas oportunidades para a organização e para o meio.

Os resultados adquirem utilidade quando você conseguir implementar uma proposta inovadora ou um conjunto de ações como produto do que desenvolveu junto a sua equipe, organização e /ou meio.

Os resultados terão valor quando você conseguir agregar valor aos produtos, serviços ou processos da organização (AMBONI, 2005).

serviços ou processos da organização (AMBONI, 2005). Atenção! Os projetos integradores constituem uma

Atenção!

Os projetos integradores constituem uma estratégia de fundamental importância na construção do conhecimento, sendo fator-chave para a formação de profissionais mais críticos e observadores.

Quais os objetivos do PI Web?

O objetivo geral do curso de Tecnologia em Web Design e

Programação é desenvolver habilidades que propiciem a você a capacidade de criar, programar e implantar sistemas computacionais em ambientes web, com embasamento teórico e sólida formação prática, permitindo-lhe inserção segura no mercado de trabalho e crescimento profissional com titulação superior.

O

Projeto Integrador lhe permite consolidar este objetivo geral.

O

Projeto Integrador exerce um papel fundamental ao retomar

as

competências desenvolvidas em cada módulo do curso. Este

projeto também objetiva promover a interdisciplinaridade e a transdisciplinaridade, a articulação entre a teoria e a prática, a

Projeto Integrador Web

(I e II)

motivação, a contextualização, além de permitir a avaliação do aluno sob circunstâncias equivalentes às de um ambiente real.

Que competências você irá desenvolver?

O PI Web favorece o desenvolvimento das seguintes habilidades / capacidades técnicas:

identificar oportunidades de projeto;

planejar a maneira de atender aos requisitos de um projeto;

conhecer todo o ciclo de vida de um projeto;

identificar quando um projeto pode ou não ser desenvolvido;

verificar como construir toda a estrutura de análise de projetos;

verificar os papéis de cada membro da equipe no projeto e suas interações;

montar e executar um cronograma de atividades;

utilizar gráficos, listas e planilhas para calcular as datas do projeto;

saber valer-se de análises de risco e de viabilidade do projeto;

saber como identificar e trabalhar com as folgas e atividades/ caminho crítico;

verificar como gerenciar os recursos no decorrer do projeto;

verificar formas de controlar a execução do projeto;

aprender a lidar com os conflitos;

conferir o que medir para verificar o desempenho de um projeto;

descrever a documentação necessária para o encerramento do projeto.

Unidade 1

21

Universidade do Sul de Santa Catarina

Além destas competências, podemos citar as de caráter de desenvolvimento pessoal:

melhoria da comunicação interpessoal;

 

prática do processo de tomada de decisões, por meio da ordenação de atividades e programas, frente às mais diferentes alternativas;

negociação por meio da adoção de atitudes flexíveis em relação à equipe de trabalho, a terceiros e a situações diversas;

atuação integrativa em prol de objetivos comuns.

 

Quais são os procedimentos básicos de cada agente no PI Web?

 

Os agentes envolvidos no processo de desenvolvimento do PI Web são:

 
 

o

coordenador de curso;

o

professor-tutor;

o

aluno.

 

A

seguir são listadas as principais atribuições de cada agente.

 

a. Atribuições do coordenador de curso

O

coordenador, em relação ao projeto integrador, assume o papel

de articulador dos projetos (FAGUNDES, 1999). Ele tem a missão de:

 

designar os professores-tutores que acompanharão os alunos na realização do PI Web;

   

definir em conjunto com a direção do campus da UnisulVirtual o número máximo de alunos (orientandos) por professor-tutor;

Projeto Integrador Web

(I e II)

promover cursos de capacitação para os professores selecionados atuarem como professores-tutores do PI Web;

acompanhar e avaliar o desempenho dos professores-tutores do PI Web;

destacar as possíveis áreas de interesse e/ou necessidades dos alunos explorando-as sob a forma de desafios e problemas estimulantes;

auxiliar os professores-tutores quanto ao andamento das diferentes frentes investigativas no contexto do cotidiano dos alunos, contatando em diferentes campos do conhecimento;

coordenar o planejamento de novas ações, proporcionando feedback, buscando a integração entre áreas do curso e conteúdos selecionados para projeto.

b. Atribuições do professor-tutor

O professor-tutor é efetivamente o orientador de projetos e deve auxiliar os alunos, buscando:

acompanhar o aluno no desenvolvimento das atividades, de acordo com as etapas estabelecidas neste livro didático e no Espaço UnisulVirtual de Aprendizagem;

examinar e emitir parecer sobre as atividades dos alunos;

comparecer às reuniões convocadas pela coordenação do curso;

avaliar o PI Web na versão de apresentação final, dando parecer de conclusão ou não;

efetuar os devidos registros acadêmicos;

gerenciar a organização do espaço UnisulVirtual de aprendizagem, programando o uso dos recursos tecnológicos:

selecionando softwares, materiais de biblioteca, materiais disponíveis na Web;

organizando planilhas de acordo com a solicitação de alunos e professores, para acompanhamento dos

projetos; projetos;

projetos; projetos;

Unidade 1

23

Universidade do Sul de Santa Catarina

 

agendando e divulgando amplamente fóruns e propondo temas para comunicação e discussões virtuais planejados pelos diferentes grupos.

orientar projetos de investigação estimulando e auxiliando na viabilização de busca e organização de informações, face às indagações dos alunos;

acompanhar as atividades dos alunos, orientando sua busca com perguntas que estimulem seu pensamento e reflexão;

verificar cronogramas e atividades propostas, a fim de avaliar sua implementação em tempo hábil;

documentar com registros qualitativos e quantitativos as constatações dos alunos, promovendo feedback individual e coletivo.

c. Atribuições do aluno

Como o aluno aprende? Como se pode garantir a aprendizagem e o sucesso do projeto? A busca de soluções para as questões que sempre surgem no desenvolvimento do projeto configura um trabalho com atitude e conduta de verdadeiros pesquisadores.

Em primeiro lugar, trata-se de certezas provisórias porque o processo de construção do projeto é um processo continuado. Uma vez que se determina algo, que se consegue estabelecer alguma certeza a respeito do projeto; novos elementos desconhecidos aparecem e precisam ser assimilados (FAGUNDES, 1999).

— Buscar informação em si não basta! Os alunos precisam estabelecer relações entre as informações aprendidas no curso e gerar conhecimento a partir delas. Sempre podemos aprimorar e refinar nosso projeto. Nesta disciplina, não há interesse em registrar se o aluno retém ou não uma informação, aplicando uma “prova” objetiva.

Projeto Integrador Web

(I e II)

Projeto Integrador Web (I e II) O que interessa no Projeto Integrador são as operações que

O que interessa no Projeto Integrador são as operações que o aluno pode realizar com as informações aprendidas: quais são suas idéias, seus argumentos, suas demonstrações e aplicações.

Neste sentido, para construir conhecimento, é preciso reestruturar os significados de tudo o que se aprendeu anteriormente, produzindo boas diferenciações e integrando ao sistema os novos significados, novas utilizações. Esta integração é resultado da atividade de pesquisa e projeto, que, juntamente com o conhecimento adquirido de cada um, interage entre si e com os objetos a assimilar ou com os problemas a resolver.

A proposta do PI Web é conduzir você a aprender conteúdos, por

meio de procedimentos que desenvolvam a própria capacidade de continuar aprendendo, num processo construtivo e simultâneo de questionar-se, encontrar certezas e reconstruí-las em novas certezas. Isto quer dizer: formular problemas, encontrar soluções que suportem a formulação de novos e mais complexos problemas. Ao mesmo tempo, este processo compreende o desenvolvimento continuado de novas competências em níveis mais avançados (FAGUNDES, 1999). Assim, o conhecimento novo é produto de atividade intencional, aliada à interatividade cognitiva, interação entre os parceiros de equipes e tutor, além do investimento de interesses e valores.

O aluno é o pesquisador, o responsável pelo desenvolvimento do

seu saber, do seu projeto. Ele deve:

escolher o tema para o projeto que pretende desenvolver;

escolher uma equipe de trabalho (até 3 membros) ou optar por realizar um trabalho individual;

desenvolver as atividades de acordo com as etapas estabelecidas nas unidades 2 e 3 deste Projeto Integrador, também disponibilizadas no Espaço UnisulVirtual de Aprendizagem;

entregar as atividades previstas conforme o cronograma apresentado na ferramenta Mural no EVA;

elaborar e entregar o Projeto Integrador segundo a seção “Qual é a estrutura de apresentação final do PI Web? ”, unidade 3.

Unidade 1

25

Universidade do Sul de Santa Catarina

Seção 2 – Como será o processo de avaliação do PI Web?

Você estuda agora como é o processo de avaliação do PI Web, qual estrutura deve ser seguida para desenvolver o PI Web, além de dicas gerais para este desenvolvimento.

Neste sentido, uma primeira pergunta se faz necessária: como será feita a avaliação do rendimento do aluno, se cada um faz um projeto diferente?

A avaliação do PI Web considera não o resultado, um desempenho isolado, mas como o aluno está pensando, que recursos ele consegue usar, que relações desempenho isolado, mas como o aluno está pensando, que recursos ele consegue usar, que relações consegue estabelecer, que operações realiza ou inventa.

O uso do Espaço UnisulVirtual de Aprendizagem (EVA)

na avaliação do indivíduo ou do grupo por meio de projetos partilhados permite a visualização e a análise do processo e não

só do resultado, ou seja, trocas realizadas por meio de mensagens

via tutor, de imagens e textos postados em Exposição, de debates feitos na ferramenta Fórum, entre outros registros possíveis, ficam registradas e acessíveis durante o desenvolvimento dos projetos ao longo de todo o semestre.

É possível, tanto para o tutor como para o próprio aluno, ver cada

etapa da sua produção, passo a passo, registrando assim o processo

de construção do projeto.

Como o material a ser avaliado deverá ser organizado?registrando assim o processo de construção do projeto. Ao organizarmos o material a ser avaliado, optamos

Ao organizarmos o material a ser avaliado, optamos por utilizar formulários disponibilizados para o preenchimento no EVA. Nestes formulários ficarão registrados todos os trabalhos, contribuições, descobertas, reflexões realizadas pelo aluno, pela equipe e pelo grupo de equipes. O registro do formulário auxilia na própria auto-avaliação, com a vantagem de ajudar o aluno a desenvolver sua autocrítica, a ampliação da consciência do seu trabalho, de suas dificuldades e das possibilidades de seu desenvolvimento. Outra vantagem em adotarmos estes formulários-padrão reside no fato de que o tutor terá bases claras e objetivas para avaliar o desenvolvimento do aluno, podendo atuar proativamente na busca de melhorias e correções, já na fase de concepção do projeto.

Projeto Integrador Web

(I e II)

Após sua aprovação, a versão final do PI Web deverá ser, preferencialmente, publicada na internet para avaliação. versão final do PI Web deverá ser, preferencialmente, publicada na internet para avaliação.

Os seguintes critérios serão observados para avaliação do PI Web:

consonância do projeto concluído com o que foi proposto;

clareza e objetividade das atividades descritas para o projeto;

lógica da apresentação dos conteúdos em relação ao alcance dos objetivos propostos;

criatividade, idéias inovadoras, capacidade de argumentação teórica e prática, pertinência e/ou relação com os conteúdos programáticos do curso;

utilidade e aplicabilidade dos resultados alcançados para a organização do objeto de investigação e/ou para o meio;

utilização dos recursos do EVA para integração com a equipe e entre equipes;

participação em debates propostos, em Fórum e Exposição;

pontualidade no cumprimento dos prazos de envio das atividades, preestabelecidos no cronograma da disciplina, disponível no EVA. Atenção redobrada aos prazos!

A sua avaliação nessas disciplinas, Projeto Integrador Web, será verificada por intermédio do desempenho progressivo frente aos objetivos propostos no plano de ensino e contabilizada por meio das Avaliações a Distância (AD) que estão disponibilizadas no Espaço UnisulVirtual de Aprendizagem (EVA). Os professores- tutores deverão atribuir notas de zero a dez para cada uma das atividades propostas. Será considerado aprovado o aluno que obtiver a média mínima estabelecida no Manual do Curso.

Atenção! Não ocorrerá avaliação final no Projeto Integrador Web (I e II). A avaliação dessas disciplinas Não ocorrerá avaliação final no Projeto Integrador Web (I e II). A avaliação dessas disciplinas sempre será o resultado da construção progressiva do projeto desenvolvido pelo aluno.

Unidade 1

27

Universidade do Sul de Santa Catarina

Qual é a estrutura para desenvolver o PI Web?

Para o desenvolvimento do projeto integrador, tomaremos por base o livro Gestão de Projetos e de Equipes, do prof. Mauro Faccioni Filho, livro-texto da disciplina de mesmo nome no curso de Web Design e Programação.

Conforme você aprendeu na disciplina Gestão de Projetos e de Equipes, o termo projeto é bastante recente em nossa cultura. São associados a esse termo diferentes conceitos:

intenção (propósito, objetivo, problema a resolver);

esquema (design);

metodologia (planos, procedimentos, estratégias, desenvolvimento).

Assim, podem ser concebidas a atividade intelectual de elaboração do projeto e as atividades múltiplas de sua realização (BOUTINET, 1990).

Quando falamos em desenvolvimento de projeto, estamos necessariamente nos referindo à formulação de questões pelo autor do projeto, pelo sujeito que vai construir o conhecimento. Ou seja, nós partimos do princípio de que você é um ser pensante, que usa seu conhecimento prévio. Acreditamos que você vai explorar, pesquisar, interagir com o desconhecido, ou com novas situações, para se apropriar do conhecimento específico a qual dedicou seu projeto.

do conhecimento específi co a qual dedicou seu projeto. Atenção! Num Projeto Integrador, de quem são

Atenção!

Num Projeto Integrador, de quem são as dúvidas que vão gerar o projeto? Quem está interessado em buscar respostas? Este alguém, caro estudante, deve ser você!

Projeto Integrador Web

(I e II)

Nesta situação enriquecida por desafios, no PI Web o aluno busca compor um conhecimento particular que parte do seu próprio conhecimento. As questões agora não são mais formuladas pelo professor-tutor. Por isso, a escolha das variáveis que serão testadas na busca de solução de qualquer problema, precisa ser sustentada por um levantamento de questões feitas pelo próprio estudante. Ao formular questões que tenham significação para você, inicia- se o desenvolvimento de competências para formular e equacionar problemas. E, quem consegue formular com clareza um problema a ser resolvido, começa a aprender a definir as direções de sua atividade (FAGUNDES, 1999).

defi nir as direções de sua atividade (FAGUNDES, 1999). Mas nosso curso pode permitir ao aluno

Mas nosso curso pode permitir ao aluno escolher o tema, a questão que vai gerar o desenvolvimento do Projeto Integrador?

É fundamental que a questão a ser pesquisada parta da curiosidade, das dúvidas, das indagações do aluno, ou dos alunos, e não imposta pelo curso. A motivação para o projeto deve vir de você! O professor-tutor pode auxiliá-lo na busca pelo tema de projeto, através da indicação de textos, ou com discussões propostas em fóruns no início da disciplina, visando integrar objetivos comuns, bem como integrar os alunos, a fim de encontrar pares ou equipes que tenham interesse em desenvolver idéias em parceria.

Para o desenvolvimento do PI Web, será necessário o cumprimento de algumas etapas propostas como atividades, as quais serão descritas em detalhes a seguir. A sugestão para o bom andamento do seu projeto é que você primeiro leia as atividades que necessita fazer, estude seu detalhamento teórico e, em seguida realize as atividades propostas.

Unidade 1

29

Universidade do Sul de Santa Catarina

Dicas gerais para o desenvolvimento do PI Web

durante a execução de todo o PI Web fique atento e procure organizar todas as informações das referências utilizadas em um único arquivo. Descreva as referências segundo as normas da ABNT, apresentadas em anexo neste livro;

para realizar as atividades propostas faça uso do EVA, acesse via ferramenta Unidade, o formulário referente a atividade em andamento, preencha o arquivo modelo relativo a cada etapa a ser seguida, após a execução da atividade, envie o formulário relativo à atividade realizada através da ferramenta Desempenho;

veja no Cronograma (junto ao Mural) as datas-chave para entrega das atividades. Sua pontualidade será importante para o seu aproveitamento, bem como será considerada na avaliação;

este livro didático é seu material de referência para o desenvolvimento do PI Web. Na dúvida, reporte-se a ele;

qualquer problema ou dificuldade, faça contato pela ferramenta Tutor com seu Professor-Tutor/Orientador.

Seção 3 - Quais são as atividades propostas para o desenvolvimento do PI Web?

Nesta seção, são apresentadas as atividades que você precisa desenvolver durante a realização do Projeto Integrador Web (I e II). Nas duas próximas unidades, você vai encontrar, para cada atividade, uma descrição detalhada e aprofundada sobre os pontos que precisarão ser desenvolvidos.

Observe que aqui há uma construção gradativa, dividida em etapas e atividades. Cada uma das atividades será, ao final do PI Web, uma parte do documento final, que corresponderá à junção ordenada de todas as atividades.

Projeto Integrador Web

(I e II)

Atividades propostas para o Projeto Integrador Web I

     

Prazo de

Etapa

 

Descrição

Desdobramento da atividade

Entrega

 

1

Definição e Apresentação do Tema

Título do projeto

 

1.Identificação do Projeto

 

Descrição do Projeto

Fazer uma breve apresentação do assunto e definir

2

qual o problema de projeto você se propõe a desenvolver até o final do trabalho.

 

Categoria de Projeto

• Tipo de projeto;

3

• Palavras-chave.

AD1

 

Formação de Equipes

• Descrição sintética da equipe

(parte 1)

4

(máximo 3 participantes);

• Definição de um gestor.

 

• Funções por competência técnica.

   

Contexto de Projeto

Análise de oportunidades, quanto ao:

5

a) ambiente da proposta de projeto;

b) disciplinas relevantes.

   

Coleta de Dados

• Análise de requisitos do “cliente”: individual,

 

empresa, externo, etc.;

6

• Análise de mercado para observar a relevância e originalidade do tema.

2. Escopo do Projeto

7

Objetivos

• Objetivo Geral.

• Objetivos Específicos.

 

Justificativa

Qual a importância do trabalho?

AD1

8

a) pessoal;

(parte 2)

b) organizacional;

 

c) social.

 

Resultados Esperados

• Produto de software;

 

• Multimídia;

9

• Sistema Web;

• Estudo de caso;

• Melhorias de sistemas existentes.

   

Planejamento de

• Estudo, detalhamento e planejamento das

 

10

Atividades

tarefas e necessidades do projeto;

3. Análise de Projeto

• Listagem das atividades do projeto.

 

Recursos Mobilizados

• Material;

11

• Equipamentos;

• Pessoal.

AD2

12

Previsão Orçamentária

Previsão de gastos com o projeto com base nos recursos mobilizados.

13

Estudo de Viabilidade

Apresentar um estudo de viabilidade do projeto.

 

14

Estudo de Riscos

Apresentar uma análise de riscos do projeto.

4. Planejamento

   

Divisão de Trabalho

• Divisão de tarefas com estimativa de

 

de Projeto

15

recursos;

• Divisão de responsabilidades.

 

Plano de Trabalho

• Cronograma das atividades (Gantt);

AD3

16

• Estimativa de custos;

 

• Indicadores de desempenho.

QUADRO 1 – ATIVIDADES PROPOSTAS PARA O PI Web I

Unidade 1

31

Universidade do Sul de Santa Catarina

Universidade do Sul de Santa Catarina Como registrar mudanças no projeto? • Em caso de alteração

Como registrar mudanças no projeto?

Em caso de alteração no projeto, de qualquer

natureza, envie ao tutor uma solicitação formal através de um formulário próprio (ver na Seção 5 da unidade 3 o detalhamento sobre o formulário de modificação de projeto). O tutor fará a análise e apresentará um parecer com o deferimento ou não do pedido.

A cada entrega de atividade a distância, você (ou sua

equipe) estará complementando a documentação do projeto, uma vez que deve reenviar sempre ao tutor os formulários anteriormente preenchidos com suas devidas

modificações ou atualizações.

Após encerrar a série de atividades aqui propostas,

organize todos os documentos e materiais obtidos - lembre-se que você irá utilizá-los para realizar as atividades do PI Web II.

Atividades propostas para o Projeto Integrador Web II

Etapa

Atividade

Descrição

Desdobramento da atividade

Prazo de Entrega

 

1

Relatórios de

Cronograma atualizado;

 

5. Execução e Avaliação do Projeto

Acompanhamento

Verificação de índices de desempenho.

 

Revisão do Projeto

Modificações;

2

Ajustes.

 

Protótipo

Apresentação;

AD 1

3

Demonstrativo;

Simulação

 
 

Projeto-Piloto

Apresentação;

4

Implantação;

Testes;

   

Validação.

6.Encerramento do Projeto

 

Projeto Final

Entrega / apresentação final;

 

5

Medição dos resultados.

 

Considerações Finais

Lições aprendidas;

6

Novas idéias e oportunidades.

 

Referências

Reunir todas as referências utilizadas durante

7

o PI Web.

 

Anexos e Apêndices

Reunir dados, cálculos, programas,

AD 2

8

algoritmos, etc.;

Material de apoio para a execução do projeto.

PI Web

Completo

9

Documentação

Reunir todas as partes do PROJETO INTEGRADOR Web.

QUADRO 2 – ATIVIDADES PROPOSTAS PARA O PI Web II

Projeto Integrador Web

(I e II)

Projeto Integrador Web (I e II) Síntese Nesta unidade, você estudou os conceitos e os objetivos

Síntese

Nesta unidade, você estudou os conceitos e os objetivos fundamentais envolvidos no Projeto Integrador Web. Foram descritos os procedimentos básicos e os papéis de cada agente no desenvolvimento do seu Projeto Integrador. Também foi apresentado todo o processo de avaliação das duas disciplinas e as atividades propostas para cada uma delas. Estes conteúdos são fundamentais para a sua continuidade nesta disciplina. Você precisa estar conscientizado a respeito das regras, dos prazos e da sistemática envolvida no desenvolvimento do Projeto Integrador para atingir as metas desta disciplina.

Sempre que tiver dúvidas, reveja esta unidade.

Nas próximas unidades, você verá o desenvolvimento do Projeto Integrador, segundo as etapas e atividades propostas. Cada etapa do projeto será detalhada a fim de ser implementada por você, até obter seu PI Web completo.

Vamos a elas!

Unidade 1

33

UNIDADE 2

Desenvolvimento do Projeto Integrador Web I

Objetivos de aprendizagem

Selecionar um tema adequado para o Projeto Integrador, vinculado aos propósitos do curso.

Selecionar (ou não) uma equipe de trabalho entre os colegas da turma.

Descrever uma proposta de Projeto Integrador de acordo com as diretrizes apresentadas.

Expor e justificar seu Projeto Integrador, argumentando em favor de sua aceitação.

Desenvolver a análise do Projeto, quanto à mobilização de recursos, custos e viabilidade.

Planejar as atividades para a execução do projeto, considerando os prazos estipulados para as disciplinas PI Web (I e II).

Preparar e entregar toda e qualquer documentação pertinente ao desenvolvimento do PI Web I, segundo formulários específicos.

Seções de estudo

Seção 1

Etapa 1: identificação do escopo do projeto

Seção 2

Etapa 2: escopo do projeto

Seção 3

Etapa 3: análise do projeto

Seção 4

Etapa 4: planejamento do projeto

Seção 5

Modificações no projeto

2

Universidade do Sul de Santa Catarina

Universidade do Sul de Santa Catarina Para início de conversa Caro aluno, você estudará nesta unidade

Para início de conversa

Caro aluno, você estudará nesta unidade o desenvolvimento do Projeto Integrador Web 1. Para tanto, nós seguiremos os ensinamentos sobre gestão de projetos e de equipes contidos no livro Gestão de Projetos e de Equipes (FACCIONI, 2006). Segundo o autor, uma definição do que é projeto (adaptada do Project Management Institute) pode ser:

Um projeto é um conjunto de tarefas, arranjado numa seqüência ou relação definida, que produz um efeito ou saída pré-defi nida. Um projeto sempre tem um começo, meio e um final. ou saída pré-definida. Um projeto sempre tem um começo, meio e um final.

E a gestão pode ser compreendida como:

meio e um final. E a gestão pode ser compreendida como: A gestão de projetos compreende

A gestão de projetos compreende as funções de

planejamento, organização de recursos, distribuição

e comunicação das tarefas às pessoas da equipe, com

monitoramento constante das atividades e motivação do grupo para a conquista do objetivo pré-definido.

Tomando estes preceitos por base, vamos buscar sintetizar o que necessitamos pensar e conhecer para realizar um bom projeto. Em PI Web I, você deverá desenvolver com detalhes cada uma das quatro etapas envolvidas nesta primeira fase do projeto. As

Obs: As etapas de execução, avaliação e encerramento de projeto serão implementadas em PI Web II.

etapas são:

Etapa 1 – identificação do escopo do projeto Etapa 2 – escopo do projeto Etapa 3 – análise do projeto Etapa 4 – planejamento do projeto

do escopo do projeto Etapa 2 – escopo do projeto Etapa 3 – análise do projeto
do escopo do projeto Etapa 2 – escopo do projeto Etapa 3 – análise do projeto
do escopo do projeto Etapa 2 – escopo do projeto Etapa 3 – análise do projeto

Esta unidade é dedicada a rever os conceitos envolvidos nestas 4 etapas de um projeto, apresentando seus conceitos, características e resoluções, afim de que você desenvolva seu Projeto Integrador Web I. Inicialmente, iremos refletir sobre a escolha do tema do projeto, identificando oportunidades para seu projeto – etapa importantíssima para seu sucesso!

Projeto Integrador Web

(I e II)

Uma vez selecionado o tema, você precisará identificar o tipo de projeto, definir se irá trabalhar em equipe ou não, descrever

os objetivos e a justificativa de sua proposta de projeto, bem

como os resultados esperados. Após esta etapa de identificação

e proposta de projeto, você passará para a etapa de análise, onde

serão observadas questões como recursos mobilizados, custos envolvidos, riscos e viabilidade de projeto.

Na seqüência, você entrará na etapa de planejamento, que pode ser considerada o primeiro passo para a execução do projeto, pois nela serão definidos os prazos de todas as fases do projeto até a sua conclusão. No decorrer de toda a unidade, utilizaremos um projeto exemplo para auxiliá-lo na construção de seu próprio PI Web I.

Seção 1 - Etapa 1: identificação do escopo do projeto

A seguir, descrevemos as

atividades envolvidas no processo de identificação do escopo do projeto. Na tentativa de definir

Para esta seção, fi que atento à AD1 (parte 1), disponível no EVA.

Para esta seção, fique atento à AD1 (parte 1), disponível no EVA.

o

escopo do problema,

o

passo inicial é a identificação exata da necessidade a ser

atendida. A atividade de reconhecer uma necessidade, identificá-

la e compreender o seu teor exige criatividade e isto não é um fato

corriqueiro. Enquanto a necessidade é algo genérico, abrangente,

o problema que se impõe para o estudante é detalhamento dessa

necessidade. Dê especial atenção a essa etapa, pois é ela que dará suporte ao seu projeto.

1. Definição e apresentação do tema

A primeira atividade para a realização da concepção e nascimento

do projeto é selecionar qual projeto vamos executar. Melhor dizendo, qual a idéia a executar. Antes de iniciarmos um projeto, precisamos de uma motivação, uma inspiração. Uma fonte inspiradora para novos projetos nos é apresentada todos os dias:

Unidade 2

37

Universidade do Sul de Santa Catarina

são necessidades que surgem na nossa empresa, em negócios que vamos realizar, ou em situações cotidianas que surgem constantemente nos desafiando na busca de soluções. E por que não transformar estes problemas em oportunidades? A idéia de seu projeto precisa vir de um desafio que você aceitará, com base em seus conhecimentos.

FIGURA 1 - UM MODELO DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA (Fonte: livro didático Gestão de Projetos e
FIGURA 1 - UM MODELO DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA
(Fonte: livro didático Gestão de Projetos e de Equipes (FACCIONI, 2006, p. 47).

Gestão de Projetos e de Equipes (FACCIONI, 2006, p. 47). A busca por oportunidades de novos

A busca por oportunidades de novos projetos depende, em primeiro lugar, de uma postura investigativa por parte de cada um de nós. Espera-se que seu projeto siga uma linha de reflexão sobre as oportunidades e tendências.

Veja alguns exemplos de boas idéias que resultaram em projetos de sucesso.

Projeto Procisa – Universidad de Sevilla/ES Uma empresa de desenvolvimento te cnológico da Espanha, onde
Projeto Procisa – Universidad de Sevilla/ES Uma empresa de desenvolvimento te cnológico da Espanha, onde
Projeto Procisa – Universidad de Sevilla/ES Uma empresa de desenvolvimento te cnológico da Espanha, onde
Projeto Procisa – Universidad de Sevilla/ES Uma empresa de desenvolvimento te cnológico da Espanha, onde
Projeto Procisa – Universidad de Sevilla/ES Uma empresa de desenvolvimento te cnológico da Espanha, onde

Projeto Procisa – Universidad de Sevilla/ES

Uma empresa de desenvolvimento tecnológico da Espanha, onde fiz meu doutorado, teve muito sucesso em seus negócios ao detectar a necessidade de otimizar o controle de processos industriais, utilizando estratégias não- convencionais de controle. Na verdade, a idéia não é nova, mas é difícil de ser implementada em virtude das indústrias serem muito conservadoras. Praticamente todas as indústrias trabalham usando controladores PIDs (controladores tipo Proporcionais, Integrais e Derivativos) – uma técnica dos anos 50, mas que funciona muito bem na prática.

tipo Proporcionais, Integrais e Derivativos) – uma técnica dos anos 50, mas que funciona muito bem

Projeto Integrador Web

(I e II)

Com uma filosofia “em time que está ganhando não se mexe”,

as indústrias tendem a se acomodar e não vêem com bons olhos outras estratégias de controle, que normalmente surgem na academia e acabam ficando por aí mesmo. Mas a empresa supracitada, que mantém um vínculo com a universidade, teve a grande sacada de usar o controle avançado sem alterar

o processo, sem mexer na estrutura já definida de planta. A

idéia foi partir para a otimização em um nível de supervisão do sistema, otimizando ajustes de valores de referência destes

controladores. Como fator de convencimento para as indústrias,

a empresa vislumbrava os clientes com a possibilidade de maior

rentabilidade, pois os ajustes do controle poderiam ser feitos com base em critérios econômicos. Outra estratégia que foi usada para vender a idéia era que a empresa se responsabilizava por

manter o sistema mínimo (sem sua supervisão) funcionando e que sob qualquer solicitação a fábrica podia voltar a configuração inicial somente com PIDs. Com isto, a empresa conseguir ganhar

a confiança dos clientes e conquistando contratos importantes, fazendo com que algumas indústrias tivessem um aumento no faturamento anual de 5% a 15%.

Outro caso de projeto de sucesso: Veja o que o professor Mauro Faccioni Filho conta a respeito da sua empresa Fazion:

“A idéia de uma nova empresa, dedicada a criar softwares para celulares e dispositivos móveis, surgiu por volta de 2002, quando percebemos que a capacidade de processamento desses aparelhos começou a aumentar, e também ao verificarmos que os celulares seriam muito mais populares e práticos do que a própria internet baseada em desktops.

Outra motivação importante se deu por percebermos que novos

processos de trabalho seriam possíveis nas empresas, quando tomassem partido da mobilidade de seus funcionários. E os celulares permitiriam agregar sistemas de automação a esses

funcionários em “movimento”.

O conceito de “web”, que surgiu

dentro da internet, é otimizado quando trabalhamos com redes móveis, e com isso iniciamos nossos projetos de software para celulares.

A

partir disso definimos nosso foco: a FAZION desenvolve

inteligência em redes móveis.

 
 

Unidade 2

39

Universidade do Sul de Santa Catarina

O que isso quer dizer? Construímos sistemas de software para uso em redes de dispositivos
O que isso quer dizer? Construímos sistemas de software para uso em
redes de dispositivos móveis, como celulares e outros equipamentos de
comunicação sem fio, buscando otimizar e automatizar processos em
empresas e organizações. Com celulares buscamos apoiar na automação
dos processos das empresas e organizações, com agilidade e segurança,
simplicidade de uso, constante inovação tecnológica, levando os custos
de comunicação próximos a zero e aumentando a lucratividade e o
retorno do negócio. Isso se chama: “inteligência em redes móveis”.
Em nossa página www.fazion.com.br podem ser encontrados artigos
diversos e aplicativos de demonstração, que estão disponíveis para
download e uso gratuito.”
Vá até lá e comprove você mesmo a qualidade deste sistema: é
fantástico!

Você deve ter consciência de que a escolha do tema é uma questão que depende de critérios de seleção (AMBONI, 2005). É importante, antes de mais nada, refletir sobre os seguintes aspectos:

O que pesquisar/projetar?

Por que pesquisar/projetar?

Quais os benefícios que trazem os resultados deste projeto?

No momento da escolha do tema você deve observar se o mesmo é importante, viável e original. Acompanhe a seguir o quadro, conforme recomendam (AMBONI, 2005).

QUADRO 3 – CRITÉRIOS PARA ESCOLHA DO TEMA, ADAPTADO DE AMBONI (2005)

Classificação

do tema

Importância

Descrição

Descrição

Um tema é importante quando está de alguma forma, ligado a uma questão crucial que polariza ou afeta um segmento da sociedade. Não queremos dizer que você tenha que escolher um tema que represente modismo da época, mas sim, que você deve verificar a contribuição que os resultados do trabalho pode proporcionar para você como profissional, como pessoa e para a sociedade. Neste caso, é importante escolher um tema que você tenha alguma familiaridade. Ele deve apresentar relevância prática, ou seja, deve proporcionar o estabelecimento de ações para a solução dos problemas identificados na organização e/ou na apresentação de um novo projeto para a organização agilizar os seus processos. Aqui deve ficar evidente a contribuição prática dos resultados para os segmentos envolvidos com o assunto direta ou indiretamente.

Projeto Integrador Web

(I e II)

Viabilidade

Um tema é viável se você possuir tempo, recursos financeiros, humanos, bibliográficos e metodológicos. Caso contrário, você pode decidir pela escolha de um tema que é relevante e importante, mas não tem tempo e recursos financeiros e materiais suficientes para favorecer o seu desenvolvimento. Neste caso, você deve refletir muito na hora de fazer a escolha do tema. Além disso, a viabilidade está relacionada à qualificação do autor da pesquisa. Você deve escolher um tema que esteja em conformidade com as suas qualificações.

Originalidade

A questão da originalidade da pesquisa é bastante controversa. Pode-se considerar como tema original os trabalhos de pesquisa que procuram apresentar invenções revolucionárias como a descoberta do átomo, a teoria da relatividade ou uma vacina contra o câncer. Todavia, pode-se considerar também original os trabalhos de pesquisa desenvolvidos por você desde que demonstre uma nova proposta de solução à situação abordada.

Observe que um tema pode atender a um dos critérios anteriormente citados, mas não atender aos demais. Um tema pode ser importante e original, mas pode ser inviável de ser desenvolvido, em virtude de sua grande amplitude ou falta de recursos para sua execução. É possível dispor de excelente pessoal, idéias brilhantes, domínio tecnológico e um mercado potencial, mas as dificuldades financeiras podem pôr a perder um projeto de provável sucesso.

Veja o exemplo de um projeto onde a falta de viabilidade não permitiu que o mesmo decolasse (literalmente):

O

objetivo deste projeto era o desenvolvimento de uma

aeronave não tripulada onde, por meio de um controlador de missão, permitir-se-ia sobrevoar um determinado local obtendo

imagens e enviando-as para uma estação de terra. Desta estação de terra, um operador (não piloto, pois o equipamento seria autônomo) selecionava os pontos a serem sobrevoados,

e

iniciava a partida na aeronave. Utilizando os seus sensores

extremamente sofisticados, o equipamento levantava vôo e saia

em direção a seu alvo. Os parâmetros de vôo eram informados pelo operador e a aeronave se deslocava de acordo com estes parâmetros estabelecidos. Sua eletrônica de bordo em conjunto com seus sensores propiciavam ao equipamento a estabilidade necessária, compensando agentes externos como ventos,

 
 

Unidade 2

41

Universidade do Sul de Santa Catarina

garantindo que as imagens enviadas à estação de terra fossem bastante nítidas. Para melhorar seu desempenho, o corpo da aeronave foi construído em fibra de carbono, ou seja, além de leve, era bastante resistente.

O

que aconteceu:

O

projeto era extremamente sofisticado. A equipe de desenvolvimento

era bastante pequena, porém altamente capacitada. Toda a tecnologia empregada no desenvolvimento do projeto era nacional, mas os sensores de vôo eram importados dos EUA. Além de terem que ser

importados, os sensores eram caros e dependiam de aceitação de órgãos de segurança americanos para serem adquiridos. Por conta disso,

o

desenvolvimento da aeronave era lento e muito dispendioso. Seria

necessário um maior investimento financeiro para que o projeto fosse finalizado. Infelizmente não foi encontrado investidor para a fase final do

desenvolvimento e o projeto foi arquivado.

Acreditamos que para você e, de modo geral, todos os que necessitam trabalhar em um novo projeto, esta seja a etapa mais difícil, pois uma vez feita a decisão sobre o tema, pode-se encarar a desistência do mesmo como um fracasso de projeto (mesmo que não venha a ser executado!).

Dizemos isto, porque cremos veementemente que temos que dedicar algum tempo precioso nesta decisão e procurar fazê-la com base em intenções e informações sólidas, evitando risco do projeto desandar porque foi gerado no “oba-oba”, no calor das emoções.

porque foi gerado no “oba-oba”, no calor das emoções. Atenção! Você não deve passar para a

Atenção!

Você não deve passar para a etapa seguinte sem antes ter a segurança do que pretende fazer. Você deve verificar se o tema que pretende abordar em seu projeto é viável, relevante e original. (AMBONI, 2005).

Para facilitar o entendimento, veja o exemplo da escolha

Preste atenção ao exemplo que será utilizado várias vezes no desenvolvimento deste livro.

de um projeto, acompanhado da justificativa pelos critérios anteriormente apresentados.

Projeto Integrador Web

(I e II)

Uma empresa de base tecnológica de Florianópolis, a Hydros , resolveu investir no desenvolvimento de um Hydros, resolveu investir no desenvolvimento de um

sistema de automação de tratamento de efluentes (esgoto) controlado via Web, no primeiro semestre de 2007. A partir do tema proposto como exemplo, é possível se realizar alguns comentários:

Nome fictício.

O

tema é relevante. Para saber se um determinado tema é

relevante, é importante analisar o contexto e o mercado onde a

empresa está inserida, bem como o interesse do setor na área da proposta de projeto. Considerando que, nem todos os bairros de Florianópolis contam com rede de tratamento de esgotos,

que esta é uma realidade do nosso país, pode-se verificar a importância do tema.

e

O

tema é viável. Se você faz parte da empresa e nela encontra

apoio para a realização de seu trabalho, podemos dizer que

o

mesmo é viável, quando possui os recursos financeiros,

humanos, tecnológicos e metodológicos para desenvolver o

trabalho proposto.

O

tema é original. A presente proposta é original, pois não

existem empresas concorrentes no setor que estejam voltadas a este tipo de projeto. Além disto, a proposta da empresa Hydros, de elaborar e implantar o sistema envolvendo interfaces Web,

ainda não é uma realidade na maior parte das empresas de engenharia.

2. Título do projeto

Com a definição do tema, pode-se determinar o título do projeto. A denominação do projeto deve ser clara e ter como base o tema selecionado para o mesmo.

Para o exemplo anteriormente citado, podemos sugerir um título como: “Sistema Hydros - Automação e supervisão a distância de uma estação sugerir um título como: “Sistema Hydros - Automação e supervisão a distância de uma estação de tratamento de efluentes domésticos.” Sugestivo, não?

São exemplos de outros temas e problemas que podem ser desenvolvidos no Projeto Integrador Web:

Unidade 2

43

Universidade do Sul de Santa Catarina

QUADRO 4 – EXEMPLOS DE TEMAS E PROBLEMAS PARA O PROJETO INTEGRADOR WEB.

Tema

 

Possíveis problemas

Desenvolvimento de um site corporativo para uma organização.

Como oferecer todos os produtos no site da empresa?

Como estruturar adequadamente a organização do site?

 

Como melhorar os recursos fornecidos?

Melhorias em um site corporativo para uma organização.

Como tornar o site mais atrativo?

Como estruturar adequadamente a página?

Implantação de um sistema automatizado supervisionado por computador ou Web.

Quais os benefícios e dificuldades encontrados na implantação do sistema automatizado em uma organização?

Qual a possibilidade de ampliar o serviço via Web?

Modelagem de processos e sua automação com suporte de informática.

Como organizar e implementar a melhoria de processos na área da engenharia com o uso de tecnologias da Informação e Web design?

Papel do web design na geração de vantagens competitivas para uma empresa.

Quais as deficiências de uma determinada organização?

Como potencializar suas vantagens “inicializadas”?

Segurança de dados em um sistema.

Qual a estratégia adequada para a organização garantir segurança de informações?

Quais os recursos e processos necessários para a implementação de um site ou sistemas de dados seguros?

 

Qual a metodologia a ser adotada no gerenciamento de projetos via Web?

Gerenciamento de projetos através de interfaces Web.

Como criar um software de colaboração, que oferece um ambiente Web automatizado para realizar acompanhamento de projetos por todos os envolvidos?

Como implementar rotinas de gerência para uma empresa?

Avaliação dos efeitos da implantação de tecnologia (comércio eletrônico, sistemas de informações gerenciais, sistemas de automação de processos, sistemas de apoio à decisão, etc.) em uma organização.

Como alguma tecnologia específica pode proporcionar vantagens estratégicas para a organização?

Como fazer melhor uso da tecnologia na organização?

Projeto Integrador Web

(I e II)

Os exemplos citados são apenas ilustrações do que pode ser feito. Você pode escolher o tema que lhe convier, desde que o mesmo esteja associado aos propósitos e ao enfoque do curso.

3. Categoria de projeto

Dependendo da sua idéia, seu projeto integrador pode ser classificado em uma destas categorias (SÁENZ, 2002):

Pesquisa básica. Pesquisa original, teórica ou experimental, com o propósito de adquirir conhecimento sobre determinado fenômeno, porém sem uma finalidade prática em vista (é o que se chama da pesquisa pura).

Pesquisa aplicada. Também é original, mas deverá resultar em uma aplicação por meio da obtenção de novos produtos, processos ou métodos. Esse tipo de pesquisa se dá por meio de projetos multidisciplinares. Um exemplo desse tipo acontece atualmente com o desenvolvimento de um padrão de TV Digital no Brasil.

Desenvolvimento tecnológico. Parte de conhecimentos existentes e visa desenvolver produtos, processos ou métodos. O desenvolvimento de um novo software é tipicamente um “desenvolvimento tecnológico”.

Melhoria de processo/produto. Trabalho que visa aprimorar algo existente e já desenvolvido, geralmente devido a modificações da tecnologia e do mercado. Um exemplo deste caso é a constante melhoria de softwares por meio de novas versões, adaptadas às novas necessidades do mercado ou devido a modificações do hardware.

Assistência técnica e tecnológica. Atividade que se destina a manter produtos e processos em acordo com as normas e os padrões de qualidade de uso.

É mais provável que seu projeto se enquadre em uma das três últimas categorias. Independente da categoria, você precisará declarar o tipo de projeto que pretende realizar, isto é, se é pesquisa aplicada, se é desenvolvimento de software, etc. Procure enquadrar

Unidade 2

45

Universidade do Sul de Santa Catarina

seu projeto em uma delas quando for apresentar seu documento de identificação a fim de auxiliar na escolha de seu tutor.

cação a fi m de auxiliar na escolha de seu tutor. No caso do projeto Hydros,

No caso do projeto Hydros, a categoria de projeto é desenvolvimento tecnológico.

4. Palavras-chave

Definiu-se que cada proposta de projeto deve conter 5 palavras- chave. Observa-se que palavra-chave é uma palavra ou grupo de palavras que caracterizem bem o projeto, seus métodos e sua aplicação. A escolha das palavras-chave normalmente está vinculada à escolha do tema de projeto e a descrição do problema.

Para o projeto Hydros, definiu-se como palavras- chave: Supervisão a distância, Automação industrial, Tratamento de efl uentes, Sistemas niu-se como palavras- chave: Supervisão a distância, Automação industrial, Tratamento de efluentes, Sistemas supervisórios, Controle via Web.

5. Formação de equipes

Nesta primeira fase do Projeto Integrador, o aluno deverá também optar por realizar um projeto individual ou em equipe. É importante salientar que a escolha de realizar o projeto em equipe deve ser feita a partir da definição de funções, então é possível determinar as características necessárias de um indivíduo para que preencha tal função. Se a idéia é apenas simplificar o trabalho, não se deve optar por desenvolver o projeto em equipe, pois nem sempre isto ocorre. Existe todo o tipo de indivíduo e coordenar uma equipe não é tarefa fácil.

de indivíduo e coordenar uma equipe não é tarefa fácil. Lembre-se! Constituir uma equipe é relativamente

Lembre-se!

Constituir uma equipe é relativamente simples, constituir um time, não tanto! (FACCIONI, 2006).

Projeto Integrador Web

(I e II)

Na formação de sua equipe, tenha dois conceitos importantes em mente: cooperação e objetivo comum. Os membros da equipe devem trabalhar em regime de cooperação em busca de um objetivo comum. Formar uma equipe que trabalhe com objetivo comum e de forma cooperativa é um verdadeiro desafio!

Você poderá utilizar a estratégia de matriz de perfis e competências, para selecionar os membros de sua equipe. Esta técnica alia as qualidades desejáveis e funções necessárias para a realização do projeto. Ou seja, uma vez definido o tema de projeto, você pode avaliar que competências são necessárias para a sua realização e que qualidades considera fundamentais para seu pessoal. Assim o cruzamento das duas informações pode auxiliar na escolha de um ou outro membro da equipe.

Observe o exemplo retirado do livro didático de Gestão de Projetos e Equipes (FACCIONI, 2006, p. 211):

Gestão de Projetos e Equipes (FACCIONI, 2006, p. 211): Perfil e necessidades Conhecer Conhecer Conhecer

Perfil e necessidades

Conhecer

Conhecer

Conhecer

Dominar

Exp. de

Exp. de