Вы находитесь на странице: 1из 2

Como Estudar Raciocínio Lógico para Concursos

As questões de Raciocínio Lógico sempre vão ser compostas por proposições que
provam, dão suporte, dão razão a algo, ou seja, são afirmações que expressam um
pensamento de sentindo completo. Essas proposições podem ter um sentindo positivo
ou negativo.
Exemplo 1: João anda de bicicleta.
Exemplo 2: Maria não gosta de banana.
Tanto o exemplo 1 quanto o 2 caracterizam uma afirmação/proposição.

A base das estruturas lógicas é saber o que é verdade ou mentira


(verdadeiro/falso).
Os resultados das proposições SEMPRE tem que dar verdadeiro.

Há alguns princípios básicos:


Contradição: Nenhuma proposição pode ser verdadeira e falsa ao mesmo tempo.
Terceiro Excluído: Dadas duas proposições lógicas contraditórias somente uma delas é
verdadeira. Uma proposição ou é verdadeira ou é falsa, não há um terceiro valor lógico
(“mais ou menos”, meio verdade ou meio mentira).
Ex. Estudar é fácil. (o contrário seria: “Estudar é difícil”. Não existe meio termo, ou
estudar é fácil ou estudar é difícil).

Para facilitar a resolução das questões de lógica usam-se os Conectivos Lógicos, que
são símbolos que comprovam a veracidade das informações e unem as proposições uma
à outra ou as transformam numa terceira proposição.
Veja abaixo:

(~) “não”: negação


(Λ) “e”: conjunção
(V) “ou”: disjunção
(→) “se...então”: condicional
(↔) “se e somente se”: bicondicional

Agora, vejamos na prática como funcionam estes conectivos:

Temos as seguintes proposições:

O Pão é barato. O Queijo não é bom.

A letra P, representa a primeira proposição e a letra Q, a segunda. Assim, temos:


P: O Pão é barato.
Q: O Queijo não é bom.

NEGAÇÃO (símbolo ~):


Quando usamos a negação de uma proposição invertemos a afirmação que está sendo
dada. Veja os exemplos:
Ex1. : ~P (não P): O Pão não é barato. (É a negação lógica de P)
~Q (não Q): O Queijo é bom. (É a negação lógica de Q)

Se uma proposição é verdadeira, quando usamos a negação vira falsa.


Se uma proposição é falsa, quando usamos a negação vira verdadeira.
Regrinha para o conectivo de negação (~):

P ~P
V F
F V

CONJUNÇÃO (símbolo Λ):


Este conectivo é utilizado para unir duas proposições formando uma terceira. O resultado dessa
união somente será verdadeiro se as duas proposições (P e Q) forem verdadeiras, ou seja, sendo
pelo menos uma falsa, o resultado será FALSO.
Ex.2: P Λ Q. (O Pão é barato e o Queijo não é bom.) Λ = “e”
Regrinha para o conectivo de conjunção (Λ):
P Q PΛQ
V V V
V F F
F V F
F F F

DISJUNÇÃO (símbolo V):


Este conectivo também serve para unir duas proposições. O resultado será verdadeiro se pelo
menos uma das proposições for verdadeira.
Ex3.: P V Q. (Ou o Pão é barato ou o Queijo não é bom.) V = “ou”
Regrinha para o conectivo de disjunção (V):
P Q PVQ
V V V
V F V
F V V
F F F

CONDICIONAL (símbolo →)
Este conectivo dá a idéia de condição para que a outra proposição exista. “P” será condição
suficiente para “Q” e “Q” é condição necessária para “P”.
Ex4.: P → Q. (Se o Pão é barato então o Queijo não é bom.) → = “se...então”
Regrinha para o conectivo condicional (→):
P Q P→Q
V V V
V F F
F V V
F F V
BICONDICIONAL (símbolo ↔)
O resultado dessas proposições será verdadeiro se e somente se as duas forem iguais (as duas
verdadeiras ou as duas falsas). “P” será condição suficiente e necessária para “Q”
Ex5.: P ↔ Q. (O Pão é barato se e somente se o Queijo não é bom.) ↔ = “se e somente se”
Regrinha para o conectivo bicondicional (↔):
P Q P↔Q
V V V
V F F
F V F
F F V