Вы находитесь на странице: 1из 3

1

Atitudes cristãs – Amor


Pontos:
Para Jesus é importante: ele deu o exemplo e ordenou.
A reflexão sobre amor é profunda, pois está relacionado com a lei: Jesus MANDA amar, e o
amor é o CUMPRIMENTO da lei.
Amar é diferente de cumprir friamente a lei. Por outro lado, isto não pode ser negligenciado.
Amor não é meramente um sentimento, pois neste caso, Jesus não poderia ORDENAR que
amássemos.
Amor não é algo que pode ser feito sem o coração, pois neste caso não seria amor.
A solução desta equação está no fato de que amar não é fácil. Os sentimentos mudam, o amor
precisa ter um fundamento mais profundo, que parte da decisão, mas não fica ali, se estende
aos atos e aos sentimentos. O sentimento é uma consequência de uma mudança de atitude.
O amor bíblico tem significado diferente do amor mundano.
O amor de 1 Co 13: tudo sofre, tudo crê, tudo espera.
Amor para o mundo significa prazer, paixão, emoções passageiras. Na Bíblia o amor é o que
há de mais durável (permanecem a fé, a esperança e o amor, mas o maior destas é o amor).
Amar é sacrificar, é buscar o bem da pessoa amada, é preocupar-se com ela. O amor é o
contrário de egoísmo. Egoísmo é pensar só em si, e ter a si como medida das coisas. Amor é
priorizar o próximo e o seu bem-estar em primeiro lugar.

O novo mandamento de Jesus. Porque ele foi dado?


João 13:34 Novo mandamento vos dou: que vos ameis uns aos outros; assim como eu
vos amei, que também vos ameis uns aos outros.
É bastante estranho, a princípio, que Jesus desse um mandamento diferente dos que já
existiam.
Porque a lei exigia mudanças exteriores e comportamentais, mas Jesus pede uma mudança de
atitude, que na verdade só pelo seu próprio poder e exemplo pode ser posto em prática. Esta
mudança interior habilita o cumprimento da lei com mais facilidade, dispensando a
perseguição da lei escrita de maneira legalista. (nisto se resume a lei e os profetas)
O cristão não vive com base em leis e regulamentos e rituais, mas em vida espiritual interior.

Amai-vos é um mandamento
João 15:12 O meu mandamento é este: que vos ameis uns aos outros, assim como eu
vos amei.
Romanos 12:10 Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal, preferindo-
vos em honra uns aos outros.

O amor é o cumprimento da lei


Mateus 22.37 Respondeu-lhe Jesus: Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração,
de toda a tua alma e de todo o teu entendimento. 38 Este é o grande e primeiro
mandamento. 39 O segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti
mesmo. 40 Destes dois mandamentos dependem toda a Lei e os Profetas.
Romanos 13:8 A ninguém fiqueis devendo coisa alguma, exceto o amor com que vos
ameis uns aos outros; pois quem ama o próximo tem cumprido a lei.

Amor, P. Rolf J. Dietz – www.rolfdietz.com, dezembro 2006


2

O amor cristão supera o amor mundano


Romanos 12:9 O amor seja sem hipocrisia. Detestai o mal, apegando-vos ao bem.
Lucas 6.31 Como quereis que os homens vos façam, assim fazei-o vós também a eles. 32
Se amais os que vos amam, qual é a vossa recompensa? Porque até os pecadores amam
aos que os amam.

O verdadeiro amor está muito além da média


1 Coríntios 13:4 ¶ O amor é paciente, é benigno; o amor não arde em ciúmes, não se
ufana, não se ensoberbece, 5 não se conduz inconvenientemente, não procura os seus
interesses, não se exaspera, não se ressente do mal; 6 não se alegra com a injustiça,
mas regozija-se com a verdade; 7 tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.

Até ao ponto de amar os inimigos


Mateus 5.43 ¶ Ouvistes que foi dito: Amarás o teu próximo e odiarás o teu inimigo. 44
Eu, porém, vos digo: amai os vossos inimigos e orai pelos que vos perseguem; 45 para
que vos torneis filhos do vosso Pai celeste, porque ele faz nascer o seu sol sobre maus e
bons e vir chuvas sobre justos e injustos. 46 Porque, se amardes os que vos amam, que
recompensa tendes? Não fazem os publicanos também o mesmo? 47 E, se saudardes
somente os vossos irmãos, que fazeis de mais? Não fazem os gentios também o mesmo?
48 Portanto, sede vós perfeitos como perfeito é o vosso Pai celeste.
Romanos 12:14 abençoai os que vos perseguem, abençoai e não amaldiçoeis.
Lucas 6:27 ¶ Digo-vos, porém, a vós outros que me ouvis: amai os vossos inimigos,
fazei o bem aos que vos odeiam; 28 bendizei aos que vos maldizem, orai pelos que vos
caluniam. 29 Ao que te bate numa face, oferece-lhe também a outra; e, ao que tirar a
tua capa, deixa-o levar também a túnica; 30 dá a todo o que te pede; e, se alguém levar
o que é teu, não entres em demanda. 33 Se fizerdes o bem aos que vos fazem o bem,
qual é a vossa recompensa? Até os pecadores fazem isso. 34 E, se emprestais àqueles
de quem esperais receber, qual é a vossa recompensa? Também os pecadores
emprestam aos pecadores, para receberem outro tanto. 35 Amai, porém, os vossos
inimigos, fazei o bem e emprestai, sem esperar nenhuma paga; será grande o vosso
galardão, e sereis filhos do Altíssimo. Pois ele é benigno até para com os ingratos e
maus. 36 Sede misericordiosos, como também é misericordioso vosso Pai. 37 ¶ Não
julgueis e não sereis julgados; não condeneis e não sereis condenados; perdoai e sereis
perdoados; 38 dai, e dar-se-vos-á; boa medida, recalcada, sacudida, transbordante,
generosamente vos darão; porque com a medida com que tiverdes medido vos medirão
também.

Amor reflete a presença de Deus


1 Jo 1.9 Aquele que diz estar na luz e odeia a seu irmão, até agora, está nas trevas. 10
Aquele que ama a seu irmão permanece na luz, e nele não há nenhum tropeço.
O crente que não ama tem alguma coisa errada, pois Deus é amor e seus filhos vivem em
amor. Neste sentido o amor é um critério que revela de quem somos filhos.
1 Jo 3.10 Nisto são manifestos os filhos de Deus e os filhos do diabo: todo aquele que
não pratica justiça não procede de Deus, nem aquele que não ama a seu irmão. 11 ¶
Porque a mensagem que ouvistes desde o princípio é esta: que nos amemos uns aos
outros;

Amor, P. Rolf J. Dietz – www.rolfdietz.com, dezembro 2006


3

1 Jo 3.14 Nós sabemos que já passamos da morte para a vida, porque amamos os
irmãos; aquele que ão ama permanece na morte. 15 Todo aquele que odeia a seu irmão
é assassino; ora, vós sabeis que todo assassino não tem a vida eterna permanente em si.
16 Nisto conhecemos o amor: que Cristo deu a sua vida por nós; e devemos dar nossa
vida pelos irmãos. 17 Ora, aquele que possuir recursos deste mundo, e vir a seu irmão
padecer necessidade, e fechar-lhe o seu coração, como pode permanecer nele o amor de
Deus? 18 Filhinhos, não amemos de palavra, nem de língua, mas de fato e de verdade.
O potencial para amar começa em Deus. Deus é a fonte de amor e o exemplo e nos dá o poder
de praticá-lo.
1 Jo 4.7 ¶ Amados, amemo-nos uns aos outros, porque o amor procede de Deus; e todo
aquele que ama é nascido de Deus e conhece a Deus. 8 Aquele que não ama não
conhece a Deus, pois Deus é amor. 9 Nisto se manifestou o amor de Deus em nós: em
haver Deus enviado o seu Filho unigênito ao mundo, para vivermos por meio dele. 10
Nisto consiste o amor: não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos
amou e enviou o seu Filho como propiciação pelos nossos pecados. 11 Amados, se
Deus de tal maneira nos amou, devemos nós também amar uns aos outros. 12 Ninguém
jamais viu a Deus; se amarmos uns aos outros, Deus permanece em nós, e o seu amor é,
em nós, aperfeiçoado.
O amor também é libertador, ele liberta do medo. Amor então é algo diferente do que
costumamos pensar, é um poder divino.
1 Jo 4.16 E nós conhecemos e cremos no amor que Deus tem por nós. Deus é amor, e
aquele que permanece no amor permanece em Deus, e Deus, nele. 17 ¶ Nisto é em nós
aperfeiçoado o amor, para que, no Dia do Juízo, mantenhamos confiança; pois, segundo
ele é, também nós somos neste mundo. 18 No amor não existe medo; antes, o perfeito
amor lança fora o medo. Ora, o medo produz tormento; logo, aquele que teme não é
aperfeiçoado no amor. 19 Nós amamos porque ele nos amou primeiro. 20 Se alguém
disser: Amo a Deus, e odiar a seu irmão, é mentiroso; pois aquele que não ama a seu
irmão, a quem vê, não pode amar a Deus, a quem não vê. 21 Ora, temos, da parte dele,
este mandamento: que aquele que ama a Deus ame também a seu irmão.

Amor, P. Rolf J. Dietz – www.rolfdietz.com, dezembro 2006

Похожие интересы