Вы находитесь на странице: 1из 5

Resistência dos materiais – Tensão Normal Prof.

José Antonio Wengerkiewicz (Tite)

Figura 3.

Resistência dos Materiais: Determinar a distribuição das cargas internas.


Figura 3.a – Seção da área subdividida em áreas pequenas, tal como ∆A.

Hipóteses em relação às propriedades do material


1- Contínuo → distribuição uniforme de matéria, sem vazios.
2- Coeso → Suas partes bem unidas, sem trincas, falhas e etc.

Definição: A tensão descreve a intensidade da força interna sobre um plano específico (área) que passa por
determinado ponto.

Tensão Normal: É a intensidade da força que atua no sentido perpendicular a ∆A por unidade de área (σ).
dF
σ=
dA
Tipos:
1- Tensão de tração
2- Tensão de compressão

Tensão de Cisalhamento: É a intensidade da força, ou força por unidade de área, que atua tangente a ∆A ( τ ).
dF
Componentes: τ =
dA
Significado dos índices:
1- z em σz – Indica a direção que se afasta da reta normal, que específica à orientação da área ∆A.
2- τ zx e τ zy - z indica a orientação da área. x e y indicam às retas de direção das tensões de cisalhamento.

Unidades: No Sistema Internacional de Normas ou SI:


Pa = N/ m2
Mpa = N/mm² = MN/m² ou psi = pounds/square inch = libras/polegada quadrada.

Estado Geral de Tensão

Suposições:
1- Corpo seccionado por planos paralelos ao plano x-z e ao plano y-z →Corta-se um elemento cúbico do
volume do material.

2- Esse elemento cúbico representa o estado de tensão que atua em torno do ponto escolhido do corpo.

Distribuição média de Tensão que atua na Seção Transversal de uma Barra prismática com carga axial

Barra prismática: Membro estrutural reto, tendo a mesma seção transversal ao longo de seu comprimento.
Carga axial: carga direcionada ao longo do eixo do membro.
Seção Transversal: É a seção tomada perpendicularmente ao eixo longitudinal da barra.
Hipóteses:

1- A barra permanece reta antes e depois da carga ser aplicada. A seção transversal deve permanecer plana
durante a deformação.

Obs. 1: As linhas horizontais e verticais da grade inscrita na barra deformam-se uniformemente quando a
barra está submetida a carga.

Obs. 2: Desconsiderar as regiões da barra próximas a sua extremidade, pois as cargas externas podem
provocar distorções localizadas.

2- P deve ser aplicada ao longo do eixo do centróide da seção transversal.

Material deve ser homogêneo e isotrópico.

Material homogêneo: Mesmas propriedades físicas e mecânicas em todo o seu volume.


Material Isotrópico: Possui essas mesmas propriedades em todas as direções

Distribuição da Tensão Normal Média

+ ↑F Rz = ΣF z ∫dF = ∫σdA ⇒P =σA ⇒σ = P/A

σ - Tensão normal média em qualquer ponto da área da seção transversal


P – Resultante da força normal interna, aplicada no centróide da área da seção transversal. P é determinada
pelo método das seções e pelas equações de equilíbrio.
A- Área da seção transversal da barra

Importante!!!! A carga P deve passar pelo centróide.

(M ) x = ΣMz ∫ ∫
0= ydF = yσdA = σ ∫ydA
(M ) y = ΣM y ∫ ∫
0 = − xdF = − xσdA ∫
σ = − xdA

Equilíbrio:
ΣFz = 0; σ (Δ
(ΔA)) −σ ' (ΔA)) = 0 ⇒σ =σ
=σ '

Exemplo:

Figura 8 - Membros estruturais submetidos a carregamentos axiais. (A barra do reboque está em tração e o
suporte de trem de pouso está em compressão)

Figura 9 - Barra prismática em tração: (a) Diagrama de corpo livre de um segmento da barra. (b) Segmento da
barra antes do carregamento, (c) Segmento da barra após o carregamento. (d) Tensões normais na barra.
Tensão Normal Média Máxima:
1. A barra pode ser submetida a várias cargas externas ao longo de seu eixo.
2. Pode ocorrer uma mudança na área de sua seção transversal
Procedimento de Análise
A equação
σ = P/A
fornece a tensão normal média na área da seção transversal de um elemento quando a seção está submetida
à resultante interna da força normal P. Em elementos com carga axial, a aplicação da equação exige os
passos a seguir:

1- Carga Interna – Seccionar o elemento perpendicular ao seu eixo longitudinal no ponto em que a tensão
normal será determinada e usar o diagrama de corpo livre necessário e a equação de equilíbrio de força para
obter a força axial interna P na seção.

2- Tensão Normal Média – Determinar A e calcular σ = P/A

Exercícios
1- A barra da Figura 10 tem largura constante de 35 mm e espessura de 10 mm. Determinar a tensão normal
média máxima da barra quando submetida ao carregamento mostrado.

Resposta: σbc = 85,7 MPa