Вы находитесь на странице: 1из 5

VERBO

É a palavra que semanticamente expressa noções de ação, estado, processo e fenômeno da natureza.

Os verbos são dispostos através das conjugações, levando em conta a vogal temática de cada; dessa forma, temos:

1- primeira conjugação: quando em sua forma infinitiva o verbo possui a terminação em -ar.

Ex.: viaj-a-r, sonh-a-r, jog-a-r, pint-a-r.

2- segunda conjugação: quando em sua forma infinitiva o verbo possui a terminação em -er.

Ex.: corr-e-r, l-e-r, escrev-e-r, com-e-r.

3- terceira conjugação: quando em sua forma infinitiva o verbo possui a terminação em -ir.

Ex.: assist-i-r, dirig-i-r, lat-i-r, ca-i-r.

Obs.: nunca é demais lembrar que o verbo pôr e seus derivados (repor, depor, compor, impor) advêm da forma poer cuja vogal temática -e ao longo do tempo fora sincopada.

Estrutura do verbo

A estrutura mórfica do verbo é composta pelos

seguintes elementos:

1- radical: elemento básico que contém o significado do verbo. Para obter o radical de um verbo, retira-se

a vogal temática que marca a conjugação do verbo e

a desinência -r que marca o infinitivo.

Ex.: cant-ar, corr-er, ment-ir.

Obs.: quando a acentuação tônica recai no radical do verbo, denomina-se como verbo rizotônico; caso recaia fora do radical, classifica-se como verbo arrizotônico.

2- vogal temática: são as vogais -a,- e,- i as quais demarcam a conjugação que o verbo pertence.

Ex.: cantar, cantamos, canta.

3- tema: é a junção do radial mais a vogal temática.

Ex.: canta-r, corre-r, dormi-r

4- sufixo verbal ou desinências: elementos mórficos periféricos. As desinências são cumulativas, visto que há as que cumulam o modo e tempo verbal (modo-temporais) e número e pessoa verbal (número-pessoais).

 

DESINÊNCIAS MODO-TEMPORAIS

 

Indicativo

Tempo

Conjug.

Desinências

Exemplos

Pretérito

-va, -ve

cantavas,

Imperfeito

cantáveis

2ª e 3ª

-ia, -ie

corria, corríeis,

ria, ríeis,

Pretérito

1ª, 2ª e

-ra, -re

estudara, correra,

m.q.perf.

(átonos)

assistíreis

Futuro do

1ª, 2ª e

-ra, -re

estuda, correrá,

presente

(tônicos)

assistireis

Futuro do

1ª, 2ª e

-ria, -rie

estudaria,

presente

correria,

assistiríeis

Presente

1ª, 2ª e

ø (morfema

estudo, corro,

zero)

assisto

 

Subjuntivo

Tempo

Conjug.

Desinências

Exemplo

Presente

-e

conversemos

2ª e 3ª

-a

corramos,

assistamos

Pretérito

1ª, 2ª e

-sse

conversasse,

imperfeito

corresse,

assistíssemos

Futuro

1ª, 2ª e

-r

conversar,

corrermos,

assistirdes

 

Imperativo

Tempo

Conjug.

Desinências

Exemplo

Negativo

-e

não conversem

2ª e 3ª

-a

não corram, não assistam

 

Infinitivo

Tempo

Conjug.

Desinências

Exemplo

Pessoal

1ª, 2ª e

-r

estudarmos,

corrermos,

assistirmos

Obs¹.: o futuro do subjuntivo e o infinitivo pessoal são semelhantes, logo se distinguem através do contexto.

1

Tatyana Taísa Souza Santos - 009.872.033-39 | gerado em:04/02/2016 às 00:37h

AVP CURSOS LTDA - Todos os direitos reservados. Proibida cópia e reprodução total ou parcial.

Obs².: algumas desinências que marcam tempo e modo estão cumuladas nas desinências número- pessoais, como ocorre no pretérito perfeito do indicativo.

 

DESINÊNCIAS NÚMERO-PESSOAIS

 

INDICATIVO

 

Pessoa

Presen

Pretérito

Futuro do

te

perfeito

pretérito

Singul

-o

-i

-i

ar

-s

-ste

-s

 

-

-u

-

Plural

-mos

-mos

-mos

-is

-stes

-is

-m

-m

-ão

 

SUBJUNTIVO

 

OUTROS

 

MODOS

Pessoa

Futuro

Infinitivo

Outros

pessoal

tempos

Singul

-

-

-

ar

-es

-es

-s

 

-

-

-

Plural

-mos

-mos

-mos

-des

-des

-is

-em

-em

-m

Obs.: assim como as desinências modo-temporais, as desinências número-pessoais são cumulativas visto que marcam o número, a pessoa e, em alguns casos, o modo e o tempo.

Categorias verbais ou flexão verbal

1- gênero: em geral, no português, não se necessita flexionar o verbo em gênero; ocorrendo, portanto, somente na voz passiva.

Ex.: O documento foi redigido. A carta foi redigida.

Observe que ocorreu a flexão no verbo principal o qual se encontra na forma nominal particípio cuja função equivale a de um adjetivo, desse modo, a marca de gênero no verbo sucede-se com vistas a concordar com o sujeito.

2- número: quantifica a pessoa do discurso; assim, para as três pessoas recorrentes no discurso, o número indica se estão no singular ou plural.

Ex.: Eu amo. Nós amamos.

2

Note que as duas orações apresentam primeira pessoa, no entanto, a primeira está no singular e a segunda, no plural. O número está definido tanto nos pronomes como nas desinências. Já se viu acima as desinências que marcam singular ou plural, bem como, no tópico sobre os pronomes pessoais, os pronomes que se apresentam também no singular ou plural.

3- pessoa: são as três pessoas do discurso: a que fala

(1ª pessoa), a que com quem se fala (2ª pessoa) e a de quem se fala (3ª pessoa). As três pessoas podem ser quantificadas em singular ou plural.

Ex.: Tu ouviste? Vós ouvistes?

Note que tanto o pronome como as desinências apontam, além do número, também a pessoa.

Obs.: outra melhor descrição das pessoas do

discurso seria: falante (1ª pessoa), ouvinte (2ª pessoa), e a não pessoa, ou seja, a que não participa do discurso (3ª pessoa). Daí quando o discurso é realizado através da terceira pessoa, denomina-se impessoal.

4- aspecto: indica todo o processo da ação verbal, resumidamente e grosso modo, começo, meio e fim. Desse modo, o aspecto pode ser subdivido em:

a) pontual: indica que o processo foi instantâneo.

P.ex.: Falei! Olhei!

b) cursivo ou durativo: indica que o processo está

em seu desenvolvimento. P.ex.: Estava viajando.

c) conclusivo: indica o processo a partir de seu fim.

P.ex.: Concluiu.

d) incoativo ou inceptivo: indica o início do

processo. P.ex.: Anoitecer.

e) interativo ou frequentativo: indica uma série de

processos repetitivos. P.ex.: Pulava.

5- tempo: indica a relação de tempo entre o discurso

e

fato comunicado através dele. Dessa forma, temos

o

presente, passado e futuro.

a)

presente: indica fatos que ocorrem ou

prolongam-se durante o processamento do discurso.

Tatyana Taísa Souza Santos - 009.872.033-39 | gerado em:04/02/2016 às 00:37h

AVP CURSOS LTDA - Todos os direitos reservados. Proibida cópia e reprodução total ou parcial.

Ex.: Eu te batizo em nome do(

)!

b) passado: indica fatos que ocorreram antes do processamento do discurso. O pretérito é subdivido em imperfeito, perfeito e mais-que-perfeito.

Ex.: Viajava (imperfeito). Viajei (perfeito). Viajara (mais-que-perfeito).

c) futuro: indica fatos que ainda vão ocorrer em

relação ao processamento do discurso. Subdivide-se

em futuro do pretérito e futuro do presente.

Ex.: Viajaria (futuro do pretérito). Viajarei (futuro do presente).

Obs.: sintaticamente, observamos seis tempos verbais (presente, pretérito perfeito, imperfeito e mais-que-perfeito e futuro do presente e do pretérito), contudo, semanticamente, há uma variação maior. P.ex.: O Piauí clama (clamou) por mudanças nas eleições (Presente histórico ou narrativo).

6- modo: indica o posicionamento do falante em relação ao fato expresso no discurso. Ou seja, o falante pode expressar certeza, dúvida, condicionalidade do fato ou até mesmo ordenar a execução de um fato. Portanto, os modos são:

a) indicativo: indica a autenticidade do fato expresso

no discurso.

Ex.: Viajo, viajava, viajei, viajarei, viajara.

b) subjuntivo: indica a incerteza do fato.

Ex.: Talvez viaje, se viajasse.

c) condicional: indica uma condição para a execução

do fato.

Ex.: Viajaria.

d) imperativo: indica a determinação para a

realização de um ato.

Ex.: Viajai.

Obs.: o condicional não é citado em muitos compêndios gramaticais. Estes classificam o futuro do pretérito como modo indicativo. Citou-se aqui

para não faltar com a informação, contudo, concordamos com a tradição.

7- voz: indica a relação dos participantes do fato expresso no discurso. Assim, o participante do fato pode ser agente, paciente ou agente e paciente. Então, conforme a participação do sujeito na oração, as vozes verbais podem ser:

a) ativa: o sujeito é o agente da ação verbal.

Ex.: Paulo redigiu a epístola.

b) passiva: o sujeito é paciente da ação verbal.

Ex.: A epístola foi redigida por Paulo.

A voz passiva ainda pode apresentar-se de duas

formas: analítica e sintética. A primeira é construída através de uma locução verbal (verbos ser, estar, ficar + particípio), enquanto a segunda ocorre por meio de um verbo principal seguido de pronome apassivador.

Ex.: Casas são alugadas (voz passiva analítica).

Alugam-se casas (voz passiva sintética ou pronominal).

c) reflexiva: o sujeito agente também é paciente da

ação verbal.

Ex.: Julieta se matou.

Obs.: geralmente, os verbos que se apresentam na voz passiva sintética e na voz reflexiva denominam- se pronominais, visto que são acompanhados por pronomes oblíquos.

Formas nominais

O infinitivo, o particípio e o gerúndio são formas

verbais, também, denominadas nominais dado que funcionam como nomes.

O infinitivo funciona como substantivo. P.ex.: viver é

ter saúde.

O particípio equivale a um adjetivo. P.ex.: A água

está fervida.

3

Tatyana Taísa Souza Santos - 009.872.033-39 | gerado em:04/02/2016 às 00:37h

AVP CURSOS LTDA - Todos os direitos reservados. Proibida cópia e reprodução total ou parcial.

O gerúndio pode valer como advérbio ou adjetivo. P.ex.: anoitecendo, chegaremos. A água está fervendo.

As formas nominais procedem do tema (radical + vogal temática) acrescido das seguintes desinências nominais:

a) -r: para formação do infinitivo.

Ex.: amar, correr, rir.

b) -do , -to ou -so: para formação do particípio.

Ex.: amado, corrido, rido; aceito, feito, extinto; expulso, aceso, impresso.

c) -ndo: para formação do gerúndio.

Ex.: amando, correndo, rindo.

Classificação dos verbos

Conforme suas flexões, os verbos são classificados em:

1- regulares: não apresentam alterações quando conjugados nem em seu radical nem em suas desinências, seguindo um padrão.

Ex.: trabalh-a-r trabalh-o; com-e-r com-e-mos; ca-i-r ca-í-stes.

2- irregulares: apresentam alterações ou em seu radical ou nas desinências, não seguindo um padrão.

Ex.: poder posso.

3- defectivos: não apresentam quando conjugados todas as suas formas. A maioria pertence à terceira conjugação.

Ex.: abolir, colorir, demolir, precaver-se, reaver-se.

4- anômalos: apresentam alterações extremas em seu radical.

Ex.: ser, ir.

5- abundantes: apresentam mais de uma forma com valor e função iguais. Alguns casos de particípios são exemplos por excelência de verbo abundante.

4

Tatyana Taísa Souza Santos - 009.872.033-39 | gerado em:04/02/2016 às 00:37h

AVP CURSOS LTDA - Todos os direitos reservados. Proibida cópia e reprodução total ou parcial.

Ex.: hemos e havemos; aceitado e aceito ou aceite; pegado e pego; exprimido e expresso.

Perífrase verbal ou locução verbal

Expressão formada por mais de um verbo. A locução verbal é formada por meio da combinação de um verbo auxiliar + verbo principal (no infinitivo, particípio ou gerúndio).

Ex.: O livro foi escrito em prosa.

Também, pode ocorrer uma locução com mais de dois verbos, haverá, portanto, mais de um auxiliar.

Ex.: A prova havia sido feita fora da sala de aula.

Entre os verbos auxiliar e principal, pode ocorrer as preposições de, em, por, a, para.

Ex.: Hei de fazer, Estava por cair.

Modelo de conjugação dos verbos regulares

1ª conjugação: Cantar

 

INDICATIVO

Presente

Pretérito

Pretérito

imperfeito

perfeito

canto

cantava

cantei

cantas

cantavas

cantaste

canta

cantava

cantou

cantamos

cantávamos

cantamos

cantais

cantáveis

cantaste

cantam

cantavam

cantaram

Pretérito mais-

Futuro do

Futuro do

que-perfeito

presente

pretérito

cantara

cantarei

cantaria

cantaras

cantarás

cantarias

cantara

cantará

cantaria

cantáramos

cantaremos

cantaríamos

cantáreis

cantareis

cantaríeis

cantaram

cantarão

cantariam

 

SUBJUNTIVO

Presente

Pretérito

Futuro

imperfeito

cante

cantasse

cantar

cantes

cantasses

cantares

cante

cantasse

cantar

cantemos

cantássemos

cantarmos

canteis

cantásseis

cantardes

cantem

cantassem

cantarem

IMPERATIVO

FORMAS NOMINAIS

Afirmativo

Infinitivo

Gerúndio

-

cantar

cantando

canta

cantares

 

cante

cantar

cantemos

cantarmos

Particípio

cantai

cantardes

cantado

cantem

cantarem

 

2ª conjugação: vender

 
 

INDICATIVO

Presente

Pretérito

Pretérito

imperfeito

perfeito

vendo

vendia

vendi

vendes

vendias

vendeste

vende

vendia

vendeu

vendemos

vendíamos

vendemos

vendeis

vendíeis

vendestes

vendem

vendiam

venderam

Pretérito mais-

Futuro do

Futuro do

que-perfeito

presente

pretérito

vendera

venderei

venderia

venderas

venderás

venderias

vendera

venderá

venderia

vendêramos

venderemos

venderíamos

vendêreis

vendereis

venderíeis

venderam

venderão

venderiam

 

SUBJUNTIVO

Presente

Pretérito

Futuro

imperfeito

venda

vendesse

vender

vendas

vendesses

venderes

venda

vendesse

vender

vendamos

vendêssemos

vendermos

vendais

vendêsseis

venderdes

vendam

vendessem

venderem

IMPERATIVO

FORMAS NOMINAIS

Afirmativo

Infinitivo

Gerúndio

-

vender

vendendo

vende

venderes

 

venda

vender

vendamos

vendermos

Particípio

vendei

venderdes

vendido

vendam

venderem

 

5

Tatyana Taísa Souza Santos - 009.872.033-39 | gerado em:04/02/2016 às 00:37h

AVP CURSOS LTDA - Todos os direitos reservados. Proibida cópia e reprodução total ou parcial.

3ª conjugação: partir

 

INDICATIVO

Presente

Pretérito

Pretérito

imperfeito

perfeito

parto

partia

parti

partes

partias

partiste

parte

partia

partiu

partimos

partíamos

partimos

partis

partíeis

partistes

partem

partiam

partiram

Pretérito mais-

Futuro do

Futuro do

que-perfeito

presente

pretérito

partira

partirei

partiria

partiras

partirás

partirias

partira

partirá

partiria

partíramos

partiremos

partiríamos

partíreis

partireis

partiríeis

partiram

partirão

partiriam

 

SUBJUNTIVO

Presente

Pretérito

Futuro

imperfeito

parta

partisse

partir

partas

partisses

partires

parta

partisse

partir

partamos

partíssemos

partirmos

partais

partísseis

partirdes

partam

partissem

partirem

IMPERATIVO

FORMAS NOMINAIS

Afirmativo

Infinitivo

Gerúndio

-

vender

partindo

parte

venderes

 

parta

vender

partamos

vendermos

Particípio

parti

venderdes

partido

partam

venderem