Вы находитесь на странице: 1из 47

Universidade Federal de Ouro Preto

Universidade Federal de Ouro Preto Topologia, classificação das Redes e tipos de comunicação Referências: - Redes

Topologia, classificação das

Redes e tipos de comunicação

Referências:

- Redes de Computadores. A. S. Tanenbaum. Ed. Campus, 2003 - Seção 1.2

1

CEA510: Prof. Marlon Paolo

Tipos de comunicação 2 CEA510: Prof. Marlon Paolo

Tipos de comunicação

2

CEA510: Prof. Marlon Paolo

Comunicação Assíncrona e Síncrona

Comunicação assíncrona

Assíncrona e Síncrona Comunicação assíncrona • Um remetente e um receptor não sincronizam antes de

Um remetente e um receptor não sincronizam antes de cada transmissão, ou seja, não existe um intervalo de tempo fixo entre os bits ou dados

transmitidos.

Utilizada em redes mais antigas e de baixa velocidade (linha discada).

Comunicação síncrona

O remetente e o receptor devem estar sincronizados, ou seja, os bits serão enviados sempre em intervalos de tempo constantes.

Quando não houver dados a serem enviados, o transmissor continua enviado algum caracter na linha mantendo o “ritmo” da transmissão.

Utilizada em redes de dados atuais

3

CEA510: Prof. Marlon Paolo

Full-Duplex / Half-Duplex / Simplex

Simplex:

Forma mais básica de transmissão.

Um elemento da rede só envia ou só

recebe dados comunicação unidirecional.

Ex: rádios AM e FM

Half Duplex:

Um elemento da rede pode enviar ou

receber dados, mas não ao mesmo tempo comunicação bidirecional não

simultânea.

Ex: aparelho de fax, walkie talkie e modems

4

comunicação bidirecional não simultânea. Ex: aparelho de fax, walkie talkie e modems 4 CEA510: Prof. Marlon
comunicação bidirecional não simultânea. Ex: aparelho de fax, walkie talkie e modems 4 CEA510: Prof. Marlon

CEA510: Prof. Marlon Paolo

comunicação bidirecional não simultânea. Ex: aparelho de fax, walkie talkie e modems 4 CEA510: Prof. Marlon

Full-Duplex / Half-Duplex / Simplex

Full Duplex:

Full-Duplex / Half-Duplex / Simplex • Full Duplex: Um elemento da rede pode enviar e receber

Um elemento da rede pode enviar e receber dados ao mesmo tempo comunicação bidirecional simultânea Exemplo: telefone e redes de dados modernas

tempo comunicação bidirecional simultânea Exemplo: telefone e redes de dados modernas 5 CEA510: Prof. Marlon Paolo

5

tempo comunicação bidirecional simultânea Exemplo: telefone e redes de dados modernas 5 CEA510: Prof. Marlon Paolo

CEA510: Prof. Marlon Paolo

Orientada a Conexão

• Análogo ao sistema telefônico:

Orientada a Conexão • Análogo ao sistema telefônico: • Tira o telefone do gancho e disca

Tira o telefone do gancho e disca o número / Estabelece uma

conexão.

Fala / Usa a conexão.

Desliga / Libera a conexão.

A conexão funciona como um caminho único entre origem e destino,

onde ao se inserir bits numa extremidade os mesmos serão recebidos pelo receptor, na mesma ordem ou não.

6

Pode ser Permanente ou Temporária

recebidos pelo receptor, na mesma ordem ou não. 6 • Pode ser Permanente ou Temporária CEA510:

CEA510: Prof. Marlon Paolo

Não Orientada a Conexão

Análogo ao sistema postal:

Não Orientada a Conexão • Análogo ao sistema postal: • Cada correspondência possui o endereço de

Cada correspondência possui o endereço de destino.

Não existe uma conexão criada entre origem e destino, sendo assim, os dados são apenas transmitidos e, na maioria das vezes, sem confirmação.

sendo assim, os dados são apenas transmitidos e, na maioria das vezes, sem confirmação. 7 CEA510:

7

CEA510: Prof. Marlon Paolo

Serviços orientado e não orientado para conexões

Serviços orientado e não orientado para conexões Seis diferentes tipos de serviços. 8 slide 8 CEA510:
Serviços orientado e não orientado para conexões Seis diferentes tipos de serviços. 8 slide 8 CEA510:

Seis diferentes tipos de serviços.

8 slide 8

CEA510: Prof. Marlon Paolo

Arquitetura de comunicação 9 CEA510: Prof. Marlon Paolo

Arquitetura de comunicação

9

CEA510: Prof. Marlon Paolo

Modelo Cliente/Servidor

Redes de Computadores

Modelo Cliente/Servidor Redes de Computadores • Possui um ou mais servidores dedicados (hardware diferenciado) . •

Possui um ou mais servidores dedicados (hardware diferenciado).

Por dedicado entende-se que eles são otimizados para atender os pedidos da rede rapidamente.

Os recursos compartilhados estão centralizados e há um maior

controle sobre os mesmos.

Comunicação hierárquica.

Diferentes tipos de servidores:

Servidores de arquivo e impressão

Servidores de correio

Servidores de banco de dados

Servidores de aplicação

Servidor controlador de domínio

10

CEA510: Prof. Marlon Paolo

11

Modelo Cliente/Servidor

1 1 Modelo Cliente/Servidor Uma rede interligada com dois clientes e um servidor . O modelo

Uma rede interligada com dois clientes e um servidor.

Uma rede interligada com dois clientes e um servidor . O modelo cliente-servidor envolve solicitações e

O modelo cliente-servidor envolve solicitações e respostas.

CEA510: Prof. Marlon Paolo

dois clientes e um servidor . O modelo cliente-servidor envolve solicitações e respostas . CEA510: Prof.

Modelo Ponto a Ponto (P2P)

Redes de Computadores

Modelo Ponto a Ponto (P2P) Redes de Computadores • Não existe diferenciação entre clientes e servidores.

Não existe diferenciação entre clientes e servidores.

Todos podem compartilhar e utilizar recursos, operam de forma igual, atuando como cliente e servidor ao mesmo tempo.

Comunicação não hierárquica.

A segurança não é uma preocupação.

Pouca possibilidade de crescimento.

A medida que a rede cresce, a performance diminui.

12

CEA510: Prof. Marlon Paolo

Modelo Ponto a Ponto (P2P)

Modelo Ponto a Ponto (P2P) Em uma rede peer-to-peer não há clientes nem servidores localizados. (Modelo
Modelo Ponto a Ponto (P2P) Em uma rede peer-to-peer não há clientes nem servidores localizados. (Modelo

Em uma rede peer-to-peer não há clientes nem servidores localizados. (Modelo P2P)

13

CEA510: Prof. Marlon Paolo

Modelo Híbrido

Redes de Computadores

Modelo Híbrido Redes de Computadores • Utiliza os dois conceitos: Cliente-servidor e P2P Exemplo: mensageiro

Utiliza os dois conceitos: Cliente-servidor e P2P Exemplo: mensageiro instantâneo (msn)

P2P

14

Troca de mensagens e arquivos entre os usuários

CEA510: Prof. Marlon Paolo
CEA510: Prof. Marlon Paolo

Cliente-servidor

Procurar / reunir amigos registrados online

Modelo Híbrido

Sistemas centralizados:

simples de implementar e gerenciar

entretanto são um gargalo em potencial:

e gerenciar • entretanto são um gargalo em potencial: • o servidor central tem capacidade limitada

o servidor central tem capacidade limitada e pode não suportar o aumento da demanda.

Sistemas descentralizados:

são escaláveis e robustos

mas isso demanda certa complexidade de implementação

tolerância à falhas e descoberta de recursos.

Muitos sistemas distribuídos combinam características das duas

arquiteturas.

15

CEA510: Prof. Marlon Paolo

Modelo Híbrido

Modelo Híbrido • Estruturas híbridas são implantadas principalmente em Sistemas Distribuídos Colaborativos. 1 6

Estruturas híbridas são implantadas principalmente em Sistemas Distribuídos Colaborativos.

16

principalmente em Sistemas Distribuídos Colaborativos. 1 6 Modelo Híbrido (usado no Skype) CEA510: Prof. Marlon Paolo

Modelo Híbrido (usado no Skype)

CEA510: Prof. Marlon Paolo

Classificação em escadas 1 7 das rede CEA510: Prof. Marlon Paolo

Classificação em escadas

17

das rede

CEA510: Prof. Marlon Paolo

Classificação: escala

Classificação: escala • Redes pessoais (PAN) • Redes locais (LAN) • Redes metropolitanas (MAN) • Redes

Redes pessoais (PAN)

Redes locais (LAN)

Redes metropolitanas (MAN)

Redes geograficamente separadas (WAN)

18

CEA510: Prof. Marlon Paolo

Escala

Escala Classificação em escala das redes interligadas . 1 9 CEA510: Prof. Marlon Paolo
Escala Classificação em escala das redes interligadas . 1 9 CEA510: Prof. Marlon Paolo

Classificação em escala das redes interligadas.

19

CEA510: Prof. Marlon Paolo

Redes Pessoais

Redes Pessoais PAN - Personal Area Network • Rede formada por nós (dispositivos conectados à rede)

PAN - Personal Area Network

Rede formada por nós (dispositivos conectados à rede) muito próximos

uns dos outros.

Ex: computador portátil conectando-se à uma impressora wireless.

portátil conectando-se à uma impressora wireless. • São exemplos de PAN as redes do tipo Bluetooth

São exemplos de PAN as redes do tipo Bluetooth e UWB.

20

CEA510: Prof. Marlon Paolo

Redes Locais

Redes Locais LAN - Local Area Network • LANs são utilizadas para conectar estações, servidores, periféricos

LAN - Local Area Network

LANs são utilizadas para conectar estações, servidores, periféricos e

outros dispositivos em casa,s escritórios, escolas e edifícios próximos.

Uma LAN está confinada a uma área geográfica limitada. (até 1 km)

confinada a uma área geográfica limitada. (até 1 km) 2 1 LANs sem fio e cabeadas.

21

LANs sem fio e cabeadas. (a) 802.11

(b) Ethernet comutada.

CEA510: Prof. Marlon Paolo

Redes Locais

Redes Locais LAN - Local Area Network • Possuem velocidade de transmissão entre 10 e 1

LAN - Local Area Network

Possuem velocidade de transmissão entre 10 e 1 Gbps

redes mais recentes podem chegar a 10 Gbps!

Pequeno tempo de atraso

Poucos erros de transmissão

Gerenciamento simplificado

22

CEA510: Prof. Marlon Paolo

Redes Locais - topologias

Redes Locais - topologias 23 Fonte:http://learn-networking.com/network-design/a-guide-to-network- topology/comment-page-1
Redes Locais - topologias 23 Fonte:http://learn-networking.com/network-design/a-guide-to-network- topology/comment-page-1

23 Fonte:http://learn-networking.com/network-design/a-guide-to-network-

topology/comment-page-1

CEA510: Prof. Marlon Paolo

Redes Metropolitanas

Redes Metropolitanas • As MANs abrangem uma área geograficamente específica, como uma cidade ou uma região

As MANs abrangem uma área geograficamente específica, como uma cidade ou uma região metropolitana

específica, como uma cidade ou uma região metropolitana Ex. De rede metropolitana padrão DOCSIS (Internet a

Ex. De rede metropolitana padrão DOCSIS (Internet a cabo)

24

CEA510: Prof. Marlon Paolo

Redes Metropolitanas

Redes Metropolitanas • São redes rápidas e permitem que empresas com filiais em bairros diferentes se

São redes rápidas e permitem que empresas com filiais em bairros diferentes se conectem entre si.

Quando a Internet atraiu uma audiência de massa, as operadoras de redes de TV a cabo, começaram a perceber que, com algumas mudanças no sistema, elas poderiam oferecer serviços da Internet.

Os desenvolvimentos mais recentes para acesso à Internet de alta velocidade sem fio resultaram em uma WMAN, a Wi-Max.

25

CEA510: Prof. Marlon Paolo

Redes a Longa Distâncias

Redes a Longa Distâncias • As WANs abrangem uma área geograficamente específica, como uma cidade ou

As WANs abrangem uma área geograficamente específica, como uma cidade ou uma região metropolitana

específica, como uma cidade ou uma região metropolitana WAN que interconecta três filiais na Austrália. 2

WAN que interconecta três filiais na Austrália.

26

CEA510: Prof. Marlon Paolo

Redes a Longa Distâncias

Redes a Longa Distâncias WAN usando uma rede privada virtual (VPN). 2 7 CEA510: Prof. Marlon
Redes a Longa Distâncias WAN usando uma rede privada virtual (VPN). 2 7 CEA510: Prof. Marlon

WAN usando uma rede privada virtual (VPN).

27

CEA510: Prof. Marlon Paolo

Redes a Longa Distâncias

Redes a Longa Distâncias • Diferentemente da LAN, a WAN não está limitada a uma área

Diferentemente da LAN, a WAN não está limitada a uma área geográfica.

As WANs consistem normalmente na conexão de duas ou mais

LANs, em uma área geográfica ampla, podendo cobrir um país ou até um continente.

Exemplos de protocolos de WANs:

PPP

Rede X.25

Frame Relay

Rede ATM

ADSL

28

CEA510: Prof. Marlon Paolo

Topologias de rede 2 9 CEA510: Prof. Marlon Paolo

Topologias de rede

29

CEA510: Prof. Marlon Paolo

Topologia de Conexão Física

Topologia de Conexão Física • A topologia de uma rede é um diagrama que descreve como

A topologia de uma rede é um diagrama que descreve como seus

elementos estão conectados (disposição geométrica).

Esses elementos são chamados de nós, e podem ser computadores,

impressoras e outros equipamentos.

Seja qual for a topologia utilizada, é preciso que sempre exista um caminho através de um meio de transmissão, ligando cada

equipamento a todos os demais equipamentos da rede.

30

CEA510: Prof. Marlon Paolo

Topologia de Redes

Topologia de Redes • A Topologia de rede influenciará em diversos pontos considerados críticos, como flexibilidade,

A Topologia de rede influenciará em diversos pontos considerados críticos, como flexibilidade, velocidade e segurança.

Da mesma forma que não existe "o melhor" computador, não existe "a

melhor" topologia.

Tudo depende da necessidade e aplicação.

Tipos:

Barramento

Anel

Estrela

Redes híbridas

31

CEA510: Prof. Marlon Paolo

Barramento

Barramento • Todos os computadores são conectados ao mesmo meio de transmissão em SÉRIE. • Como

Todos os computadores são conectados ao mesmo meio de

transmissão em SÉRIE.

Como todas as estações compartilham um mesmo cabo, somente uma transação pode ser efetuada por vez.

Apresenta uma dificuldade de expansão:

se um novo equipamento for adicionado à rede, pode ser preciso fazer um remanejamento de cabos.

32

novo equipamento for adicionado à rede, pode ser preciso fazer um remanejamento de cabos. 3 2

CEA510: Prof. Marlon Paolo

Barramento

Barramento • Cada nó conectado à barra pode “ouvir” todas as informações transmitidas. • Se um

• Cada nó conectado à barra pode “ouvir” todas as informações

transmitidas.

Se um cabo for desconectado, toda a rede fica inoperante.

Ex. Redes Cabo Coaxial Antiga 10base5

33

toda a rede fica inoperante. • Ex. Redes Cabo Coaxial Antiga – 10base5 3 3 CEA510:

CEA510: Prof. Marlon Paolo

Colisão no Barramento

Colisão no Barramento • A colisão é um evento que ocorre freqüentemente nas redes, no qual

A colisão é um evento que ocorre freqüentemente nas redes, no qual dois computadores tentam enviar informações no mesmo instante.

• Elas são normais no funcionamento da topologia “barramento”, mas se forem muito freqüentes, o desempenho da rede será prejudicado.

Se dois computadores iniciarem a transmissão ao mesmo tempo utilizando o mesmo barramento, haverá a “colisão”.

34

a transmissão ao mesmo tempo utilizando o mesmo barramento, haverá a “colisão”. 3 4 CEA510: Prof.

CEA510: Prof. Marlon Paolo

Anel

Anel • Na topologia em anel a saída de cada estação está ligada na entrada da

Na topologia em anel a saída de cada estação está ligada na entrada da estação seguinte.

As ligações são ponto-a-ponto e operam num único sentido de transmissão (comunicação simplex).

Uma mensagem deverá circular pelo anel até que chegue ao módulo de destino, sendo passada de estação em estação, obedecendo ao

35

sentido definido pelo anel.

São redes conhecida como Token Ring (IEEE 802.5).

CEA510: Prof. Marlon Paolo
CEA510: Prof. Marlon Paolo

Anel duplo

Anel duplo • Uma topologia em anel duplo consiste em dois anéis concêntricos, cada um conectado

Uma topologia em anel duplo consiste em dois anéis concêntricos,

cada um conectado apenas ao anel adjacente.

Os dois anéis não são conectados, sendo que apenas um é usado de cada vez.

O objetivo de fornecer confiabilidade e flexibilidade à rede, cada dispositivo de rede é parte de duas topologias em anel independentes.

36

à rede, cada dispositivo de rede é parte de duas topologias em anel independentes. 3 6

CEA510: Prof. Marlon Paolo

37

Topologia em Anel - comparativo

3 7 Topologia em Anel - comparativo   Vantagens Desvantagens Se o cabo de conexão a
 

Vantagens

Desvantagens

Se o cabo de conexão a um

Alto custo em cabeamento e

dispositivo qualquer falha,

conexões, assim como os

não afeta a integridade da rede toda ou do anel.

concentradores.

Igualdade de acesso a todos

Se o concentrador falhar, todo

os

dispositivos

o anel a ele conectado se rompe.

O

desempenho da rede está

garantido não importando a quantidade de dispositivos conectados.

 

CEA510: Prof. Marlon Paolo

Estrela

Estrela • Nesta topologia existe um dispositivo central (concentrador) por onde passa todo o tráfego da

Nesta topologia existe um dispositivo central (concentrador) por onde passa todo o tráfego da rede.

Características:

maior confiabilidade (parada de uma única estação)

facilidade de manutenção (identificação setorizada de problemas)

ampliação mais simples sem necessidade de parada da rede

maior quantidade de cabos e a

falha do equipamento central provoca a paralisação total da rede

38

de cabos e a • falha do equipamento central provoca a paralisação total da rede 3

CEA510: Prof. Marlon Paolo

Estrela

Estrela • A topologia em estrela é bastante empregada nas redes atuais, sendo que os concentradores

A topologia em estrela é bastante empregada nas redes atuais, sendo que os concentradores podem ser:

39

Hubs

Switches

Access Points

Roteadores

os concentradores podem ser: 3 9 • Hubs • Switches • Access Points • Roteadores CEA510:

CEA510: Prof. Marlon Paolo

Estrela estendida

Estrela estendida • Igual à topologia em estrela, exceto pelo fato de que cada nó vinculado

Igual à topologia em estrela, exceto pelo fato de que cada nó vinculado ao nó central é, também, o centro de outra estrela.

Vantagem: permite que os cabos sejam mais curtos e limita o número de hosts que precisem se interconectar ao nó central.

Muito hierárquica e as informações tendem a permanecer locais.

Sistema telefônico está estruturado assim atualmente.

40

tendem a permanecer locais. • Sistema telefônico está estruturado assim atualmente. 4 0 CEA510: Prof. Marlon

CEA510: Prof. Marlon Paolo

Topologia em árvore

Topologia em árvore • Similar à estrela estendida, a principal diferença é que ela não usa

Similar à estrela estendida, a principal diferença é que ela não usa um nó central.

Em vez disso, ela usa um tronco que se ramifica até outros nós.

Há dois tipos de topologias em árvore:

a árvore binária (cada nó se divide em dois links)

árvore de backbone (tronco de backbone com links pendurados).

O fluxo das informações é hierárquico.

41

(tronco de backbone com links pendurados). • O fluxo das informações é hierárquico. 4 1 CEA510:

CEA510: Prof. Marlon Paolo

Topologia em malha

Topologia em malha • Cada nó é vinculado diretamente a todos os outros nós. • Vantagem:

Cada nó é vinculado diretamente a todos os outros nós.

Vantagem:

como cada nó está conectado a todos os demais nós (criando uma conexão redundante).

Se algum link não funcionar, as informações podem ser transmitidas através de quaisquer outros links para alcançar o seu destino.

A desvantagem: para alguns nós, a quantidade de conexões feitas aos links serão esmagadoras.

42

para alguns nós, a quantidade de conexões feitas aos links serão esmagadoras. 4 2 CEA510: Prof.

CEA510: Prof. Marlon Paolo

Híbrida - Estrela-Barramento

Híbrida - Estrela-Barramento • É uma combinação das topologias barramento e estrela. • Nessa topologia várias

É uma combinação das topologias barramento e estrela.

Nessa topologia várias redes estrelas são conectadas entre si através de um barramento.

Se um host falhar a rede não será impactada.

Se um hub falhar, os hosts ligados a eleserão incapazes de se

comunicar e de se comunicar com o restante da rede.

43

ligados a eleserão incapazes de se comunicar e de se comunicar com o restante da rede.

CEA510: Prof. Marlon Paolo

Híbrida - Estrela-Anel

Híbrida - Estrela-Anel • Também possui um hub central que contem o anel ou o barramento.

Também possui um hub central que contem o anel ou o barramento.

Bastante empregada no cascateamento de switches.

que contem o anel ou o barramento. • Bastante empregada no cascateamento de switches. 4 4

44

CEA510: Prof. Marlon Paolo

Comparação entre as Topologias

Comparação entre as Topologias 4 5 CEA510: Prof. Marlon Paolo
Comparação entre as Topologias 4 5 CEA510: Prof. Marlon Paolo

45

CEA510: Prof. Marlon Paolo

Outros conceitos 4 6 CEA510: Prof. Marlon Paolo

Outros conceitos

46

CEA510: Prof. Marlon Paolo

Redes de Difusão

Redes de Difusão • Permite diferentes tipos de operação relacionadas ao campo endereço. • Unicast –

Permite diferentes tipos de operação relacionadas ao

campo endereço.

Unicast a mensagem é endereçada a apenas um host.

Ex: acesso a uma página web, envio de e-mail, ftp

Broadcast a mensagem é endereçada à todas as máquinas da rede.

Ex: descoberta de hosts e servidores na rede 255.255.255.0

Multicast a mensagem é endereçada à um grupo específico de máquinas da rede

Ex: Serviço de video sobre demanda, jogos multiusuários

47

CEA510: Prof. Marlon Paolo