Вы находитесь на странице: 1из 47

Manual do Novo Emprego

Prefácio
Caro profissional, quando no ano de 2007 eu tive a iniciativa de
criar o Website www.novosplanos.com.br imaginei que
pudesse ajudar de alguma forma as pessoas que perdem seus
empregos, estão à procura da primeira colocação e até aquelas
que têm como objetivo melhorar suas vidas na busca de uma
oportunidade melhor.

Inesperadamente, verifiquei que as pessoas realmente


precisam e querem apoio. Então, quando percebi, todo o
trabalho estava fazendo sentido, além de muitas dicas e
matérias sobre Carreira & Sucesso, iniciei com base em mais de 35 anos de
experiência, uma análise gratuita de currículos. Criei com entusiasmo, dentro do site
www.novosplanos.com.br as categorias : "Vagas Vip Grátis", "Estágios Vip Grátis"
e "Vagas Vip em Portugal Grátis" e em menos de 3 meses o site já estava com mais
de 50.000 visitas, sinalizando que tudo isso realmente ajudava as pessoas.

Todavia, notamos que faltava uma aproximação maior entre os profissionais com os
diretores, gerentes, selecionadores de recursos humanos e headhunters, daí a idéia
de se criar o "Programa de Indicações".

Com o "Programa de Indicações" muitos profissionais tiveram seus nomes


colocados à disposição das mais renomadas empresas e dos headhunters de
destaque no mercado.

Hoje, Novos Planos - Site de Apoio ao Sucesso na Carreira, já conta com 16 sites e
mais de 500.000 visitantes em todos os sites.

Criamos também, no ano de 2008, o site www.cvlink.com.br onde os profissionais


além de terem seus sites pessoais por um custo muito reduzido, ainda podem ser
acessados por executivos, selecionadores e headhunters de todo o Brasil.

O objetivo principal deste E-book é o de colocar à disposição dos profissionais um


conjunto de dicas e matérias sobre a busca do novo emprego.

Tenho a absoluta certeza de que este "Manual do Novo Emprego" poderá ajudar
muito nessa busca e também no desenvolvimento de sua carreira.

Felicidades e muito sucesso !

João Carlos Cruz

Headhunter, Economista e Administrador de Empresas, com especialização em Finanças e


Planejamento Estratégico pela Universidade de São Paulo, Fundação Getúlio Vargas e
Universidade de Boston - Mass - U.S.A.

Manual do Novo Emprego - 2


Sumário

1 – Planejamento
1.01 – Como reagir ao desemprego...................................................................................... 04
1.02 – Os pilares para o novo emprego................................................................................ 05
1.03 – A arte de conseguir um emprego............................................................................... 06
1.04 – Buscando o novo emprego......................................................................................... 07
1.05 – Dicas para o primeiro emprego.................................................................................. 08

2 – Currículo Profissional
2.01 – Destaque-se com um currículo profissional............................................................... 09
2.02 – Os truques do currículo perfeito................................................................................. 10
2.03 – Currículo bem feito pode gerar entrevista.................................................................. 11
2.04 – O que não colocar no currículo.................................................................................. 12
2.05 – Mostre os resultados obtidos na carreira................................................................... 13
2.06 – A importância do Resumo de Qualificações............................................................... 14
2.07 – Saiba a importância dos idiomas................................................................................ 15
2.08 – A importância do Objetivo no currículo....................................................................... 16
2.09 – Modelo de currículo para o primeiro emprego............................................................ 17
2.10 – Modelo de currículo profissional cronológico............................................................. 18
2.11 – Modelos de cartas de apresentação.......................................................................... 20
2.12 – Faça seu currículo profissional no CVLINK................................................................ 22

3 – Marketing Pessoal
3.01 – Marketing Pessoal : o caminho do sucesso............................................................... 23
3.02 – Afinal, o que é Networking ?....................................................................................... 24
3.03 – Networking : cultive sempre essa rede !..................................................................... 25
3.04 – Faça seu Marketing Pessoal como estratégia............................................................ 26
3.05 – A importância do site pessoal..................................................................................... 27
3.06 – Marketing Pessoal : como usar seu atributos............................................................. 28
3.07 – Marketing Pessoal – Construindo sua marca – Parte I ............................................. 29
3.08 – Marketing Pessoal – Construindo sua marca – Parte II ............................................ 30
3.09 – Marketing Pessoal – Construindo sua marca – Parte III ........................................... 32
3.10 – Marketing Pessoal – Construindo sua marca – Parte IV ........................................... 34
3.11 – Marketing Pessoal – Construindo sua marca – Parte V ............................................ 35

4 – Entrevista
4.01 – Serei entrevistado, e agora ?..................................................................................... 36
4.02 – Conheça técnicas de entrevistas de seleção............................................................. 37
4.03 – Como ter sucesso na entrevista de emprego............................................................. 38
4.04 – Perguntas possíveis na entrevista.............................................................................. 39
4.05 – Negociação salarial.................................................................................................... 40
4.06 – Atitudes que agradam o entrevistador........................................................................ 41
4.07 – Entrevista de emprego : momento importante........................................................... 42
4.08 – Dicas para uma boa dinâmica de grupo..................................................................... 43

5 – A Nova Empresa
5.01 – O primeiro dia de trabalho na nova empresa............................................................. 44
5.02 – Administração do tempo : defina prioridades............................................................. 45
5.03 – Dicas de liderança...................................................................................................... 46
5.04 – O segredo do sucesso profissional............................................................................ 47

Manual do Novo Emprego - 3


1.01 - Como reagir ao desemprego

Se você é um profissional que tem por estilo de


vida praticar as recomendações preventivas ao
desemprego ou a falta de trabalho ou renda,
esteja certo que para você esta situação de
desemprego não é ameaçadora, muito pelo
contrário : você está diante de uma excelente
situação de oportunidades. Você é um profissional
privilegiado. Primeiro porque você está diante de
um mundo de novas perspectivas. Pode avaliar oportunidades, rever estratégias
pessoal e profissional, buscando mais e mais conciliar qualidade de vida com
realização profissional - procurando fazer o que você gosta, com as pessoas que
você gosta e no lugar que você gosta. Um pouco de humildade, entretanto, não lhe
fará mal. Não seja presunçoso, achando que o mundo está aos seus pés e que
nenhuma atitude prática de sua parte deva ser desencadeada.

Veja o que temos a dizer aos profissionais que não puderam adotar o seu estilo
preventivo de atuar no mercado de trabalho:

A primeira reação que você deve ter é procurar superar o trauma do desligamento,
encarando o fato como algo absolutamente normal no cotidiano das pessoas e das
empresas. Não fique buscando respostas do por que foi você o escolhido e não os
outros, exceto se isto for feito com o objetivo de identificar aspectos em que você
pode, pessoal ou profissionalmente, melhorar. Do contrário, a busca de
justificativas só lhe trará amarguras. Não se sinta um injustiçado, ainda que isto
possa ter acontecido. Bola prá frente! Você apenas e somente perdeu o emprego ou
trabalho - e não é para sempre.

Ao decidir pela busca de uma nova recolocação faça isto de forma planejada, sem
atropelos. Não se fixe em uma única alternativa ou forma de trabalho, como por
exemplo ficar apenas procurando o tradicional trabalho com vínculo empregatício.
Avalie outras alternativas, inclusive a de você se tornar o dono do próprio nariz,
ainda que em parceria, analisando calmamente as propostas que lhe aparecem e
procurando, também, fazer sua escolha - e não ser simplesmente "escolhido".

Você também não precisa se afobar e tomar decisões precipitadas - que mais
atrapalham do que beneficiam, como por exemplo: tirar o filho da escola e
matriculá-lo em outra mais barata ou gratuita no meio do período letivo. Corte,
primeiramente, os supérfluos e em seguida analise que outras alternativas você
pode dar para seus outros gastos e necessidades.

Fonte : João Carlos – Novos Planos

Manual do Novo Emprego - 4


1.02 - Os pilares para o novo emprego

Sem dúvida, podemos nos basear na velha máxima


"Procurar emprego dá trabalho..." e dá mesmo, pois
requer atitudes muito consistentes, tanto emocionais
quanto práticas. Você precisa estar preparado
psicologicamente, precisa preparar a sua casa e sua
família para essa importante tarefa de conseguir um novo
emprego.

Todos devem entender perfeitamente a importância


desse momento especial na sua vida, bem como, a
recompensa que tudo isso poderá proporcionar para toda a família.

Mas vamos lá, mãos à obra... Todos sabemos o quanto as empresas estão cada vez
mais exigentes neste início de século, e para completar ainda tem o aumento
excessivo da concorrência. Em virtude disso só existe uma saída: você precisa se
destacar na multidão, e para que isso ocorra, enfatizamos quatro pilares:

1 - Planejamento : Faça tudo com muito planejamento e não esqueça que a


busca pelo novo emprego é mesmo uma arte. Faça uma análise do mercado e uma
auto análise, é como você tivesse que vender a sua marca... o que você realmente
tem a oferecer de melhor para que o empresário possa lhe contratar ? Com base
nisso, monte a sua estratégia.

2 - Currículo Profissional : Podemos dizer que o currículo é de fato o primeiro


contato seu com a empresa, daí a importância de se ter um currículo que se
destaque. É um currículo profissional e que chama a atenção que poderá gerar uma
entrevista, aliás esse é o principal objetivo do currículo. E não esqueça que seu
"super currículo" deve estar sempre acompanhado de um bom Networking e de um
ótimo Marketing Pessoal.

3 - Marketing Pessoal : Imagine se todas as obras de Leonardo Da Vinci


estivessem sido escondidas em um porão... a humanidade jamais teria conhecido
tudo isso. Pois bem com você é a mesma coisa, não adianta ter uma carreira e um
currículo excepcionais e não mostrar isso para o mercado de trabalho. Cuide
extremamente de sua aparência, de seus contatos, faça um site pessoal, mostre
sua carreira para o mundo, mostre para todos o quanto você é especialista e
generalista no que faz.

4 - Entrevista de Sucesso : Veja bem, de nada adianta ter esbanjado categoria


nas fases anteriores se não fizer uma entrevista de altíssimo nível. A dica: não
encare uma entrevista de emprego como uma tortura, lembre-se que o
selecionador ou o empresário precisam conhecer sua experiência na área, suas
atitudes, sua personalidade, etc... ninguém contrata pessoas no escuro total porque
isso pode gerar custos e perda de tempo. Portanto, encare a entrevista como uma
oportunidade ímpar que você tem para mostrar o quanto você é bom no que faz.

Fonte : João Carlos – Novos Planos

Manual do Novo Emprego - 5


1.03 - A arte de conseguir um emprego

Bons resultados têm sido divulgados em


relação ao mercado de trabalho, como a queda
na taxa de desemprego, a formalização do
emprego e o aumento do número de categorias
que conseguiram aumento real de salário. No
entanto, encontrar uma colocação no mercado
de trabalho continua uma tarefa difícil. Faltam
vagas e os empregadores exigem demais para
admitir um funcionário, solicitando até
requisitos que não têm conexão com as
funções que a pessoa vai desempenhar. Mas o que fazem os que estão em busca
de um emprego para encontrar a tão sonhada colocação?

Networking : A grande maioria, 79 % utiliza a rede de amigos. Mas lembre-se que


networking não se faz só para procurar emprego, é uma rede que deve ser
cultivada a vida toda.

O primeiro requisito para quem deseja um emprego é deixar o desânimo de lado e


ter muita vontade de encontrá-lo, recomenda Izilda Leal Borges, gerente de seleção
do Centro de Apoio ao Trabalhador, situado em São Paulo. Na opinião dela, é
importante que o trabalhador faça uma auto-avaliação para saber qual emprego
procurar. "A pessoa precisa saber se a ocupação desejada está de acordo com os
conhecimentos - escolaridade formal, informática etc. – e as habilidades que tem,
como, por exemplo, se é comunicativa, se trabalha bem em equipe", diz. Ou seja, é
necessário manter o foco na área sobre a qual mais se sabe ou naquela que mais
propicia condições de se conseguir uma vaga.

Só depois de ter clareza do conhecimento e da capacidade pessoal é que se deve


preparar o currículo e toda a documentação. O candidato a emprego deve acessar
todas as fontes onde são oferecidas vagas de trabalho.

"Se a pessoa estiver desempregada há pouco tempo, é preciso primeiro se


acalmar", ensina Aldo Moreira, gerente de Orientação para o Trabalho, do Centro
Público de Emprego, Trabalho e Renda, situado em Santo André. "Em seguida, deve
montar um bom currículo e se preparar para dinâmica de grupo, que visa conferir a
capacidade de trabalho em equipe, atenção e criatividade".

Já para quem está desempregado há muito tempo, a solução é fazer uma análise
sobre a causa. Se a qualificação está defasada, é preciso se qualificar. Se estiver
em faixa etária para a qual o mercado oferece recusa, é importante analisar se vale
a pena diminuir as exigências ou começar a pensar em abrir um negócio.

Fonte : Portal UOL

Manual do Novo Emprego - 6


1.04 - Buscando o novo emprego

- Reuna esposa e filhos e faça uma breve explanação


sobre a nova situação, nesta hora todos devem
permanecer unidos.

- Esteja preparado, faça um planejamento financeiro


sem contar com um novo emprego para pelo menos
12 meses.

- Tente estudar um plano B para auferir alguma


receita financeira nesse período.

- Tenha um micro com banda larga em casa, lembre-se que atualmente 95% das
ofertas de emprego são anunciadas pela Internet.

- Pense muito no que você pode oferecer para as empresas, comece a fazer seu
marketing pessoal.

- O seu currículo deve, acima de todas as coisas, mostrar para os empresários que
você é uma pessoa capaz de auferir muitos lucros para eles, que você é um
realizador e que em todas as empresas que passou deixou um rastro de excelentes
resultados obtidos.

- Conscientize sua família da importância do uso racional do telefone, uma vez que
alguma empresa pode lhe chamar a qualquer momento.

- Organize seus contatos.

- Responda ao maior número de anúncios nos quais você se encaixa.

- Coloque seu currículo em sites selecionados.

- Vá bem preparado para as entrevistas.

- Mesmo não tendo retorno logo nas primeiras entrevistas, nunca desanime !

- Repense o que talvez possa estar dando errado.

- Procure se infiltrar nas redes de relacionamentos profissionais, tais como:


www.linkedin.com, www.via6.com.

- Jamais demonstre numa entrevista que você está desesperado pelo emprego,
pelo contrário, diga tudo o que você pode fazer pela empresa caso seja contratado,
faça com que o selecionador fique interessado em você.

- Nunca desista ! A paciência é o segredo no meio dessa guerra.

Fonte : João Carlos – Novos Planos

Manual do Novo Emprego - 7


1.05 - Dicas para o primeiro emprego

É difícil entrar no mercado de trabalho sem ter experiência. Para


quem não conseguiu sequer fazer um estágio, então, mais
ainda. Mesmo assim, há formas de driblar essa situação. A
persistência é uma delas.

Quem fez estágio já tem meio caminho andado. Vamos mostrar


que existem alguns atalhos para quem não fez estágio e
também quer participar dessa competição. "Há outras
preocupações que ele deve ter, como, por exemplo, um bom
currículo elaborado, uma boa rede de relacionamentos, uma boa
apresentação social", diz Magali Silvestre, especialista em
estágio e carreira.

Se você acabou de se formar seu currículo não vai ser vasto,


mas deve ser honesto. E não se esqueça de revisar antes de enviar. "Não colocar
nada, absolutamente nada no currículo que não seja algo que ele tenha feito
mesmo. Cursos de complementação aliados à formação inicial também são muito
importantes", alerta Magali.

Pesquisas apontam que mais da metade dos jovens consegue emprego através de
contatos.

E vamos às dicas de onde arrumar o inesquecível primeiro emprego, que também


valem para quem não fez faculdade, e sim um curso profissionalizante :
- Olhe nos classificados do jornal e em sites na internet;
- Procure empresas de recursos humanos;
- Quadros de empregos nas faculdades e amigos que já trabalham são boas fontes
também.

Se você não melhorar o seu currículo enquanto estudava, comece já. Faça uma
especialização, estude uma segunda língua, cuide dos conhecimentos de
informática. E lembre-se de que todo mundo já passou pela dificuldade do primeiro
emprego. O que você não pode é desanimar.

Fonte : Jornal Hoje - Rede Globo

Manual do Novo Emprego - 8


2.01 - Destaque-se com um currículo profissional

O primeiro passo para disputar uma vaga de emprego é


saber preparar um bom currículo. A falta de informação
pode atrapalhar, mas o excesso também. Se você é
daqueles que acham que fazer um currículo é sentar diante
do computador e escrever tudo o que fez, está enganado.
Para começar, pense em quem vai receber o currículo; ele
tem que ser atraente o suficiente para a pessoa ter vontade
de ler até o final.

Todo currículo deve começar sempre com os dados


pessoais: o nome, de forma bastante evidente,
nacionalidade e estado civil. Se tem filhos, a pessoa deve
colocar que tem filhos. E os dados completos de residência, telefone e E-mail. Esses
dados são essenciais. Naturalidade, filiação e documentos, não precisa colocar.

Logo abaixo dos dados pessoais, vem o Objetivo. Se você estiver procurando o
primeiro emprego, deve explicar neste espaço porque escolheu essa profissão. É
importante direcionar esse currículo para uma área específica, pelo menos. A
pessoa pode ainda não saber qual é o cargo que ela quer ocupar, mas tem que ter
em mente a área na qual ela acha que vai se dar bem. As pessoas confundem e
colocam "Meu objetivo é ajudar a empresa a crescer e desenvolver minha
carreira..." está completamente errado, o objetivo é a sua função dentro de uma
área da empresa - Objetivo : Analista de Custos e Orçamentos / Planejamento.

Depois você deve falar sobre suas habilidades; é importante, porque isso é o que
vai manter ou não o interesse de quem está lendo. Por isso é muito importante que
você faça um Resumo de Qualificações, isso em 5 ou 6 tópicos : - Forte em gestão
de negócios, - Pessoa de fácil relacionamento...

No grupo de Idiomas, coloque exatamente o nível da sua fluência, não adianta


enganar, você poderá ser "testado" na entrevista. Em seguida, coloque sua
Formação Acadêmica, quanto aos demais cursos, coloque somente os que tem a
ver com a vaga em questão.

Na Experiência Profissional nunca esqueça de mencionar as datas de entrada e


saída das empresas, comece pela empresa mais recente. Coloque suas atribuições
e suas realizações, as empresas adoram pessoas com atitude e realizadoras. Não
mencione salário, a não ser que seja pedido. Referências, não coloque, leve-as
consigo para a entrevista.

Depois de ter feito um bom currículo, certamente as suas chances de ser chamado
para uma entrevista serão muito maiores...

Fonte : João Carlos – Novos Planos

Manual do Novo Emprego - 9


2.02 - Os truques do currículo perfeito

O currículo funciona como um anúncio que


vende um produto muito especial: você! E,
como todo anúncio, o seu objetivo é informar
ao mercado as qualidades especiais que só
você possui. A eficiência dessa campanha de
marketing está diretamente relacionada a
atingir o cliente certo (a empresa que tem a
vaga perfeita) na hora que ele precisa de
você.

Daí a importância de você manter o seu currículo sempre atualizado e bem feito.
Saber fazer um texto que realce seus pontos fortes para que seu futuro
empregador tenha vontade de conhecê-lo pessoalmente. Escrever um currículo é
um verdadeiro exercício de reflexão e autoconhecimento, um momento para fazer
uma reflexão sobre os rumos de sua vida profissional. Existem algumas regras que
já estão estabelecidas e exceções que variam de acordo com preferências pessoais.
Nem os consultores que, em tese, são os profissionais que mais entendem do
assunto concordam 100% na hora de escrever um currículo.

A primeira coisa fundamental em um currículo é você se enxergar no texto. Se isso


não acontecer, é porque ainda falta fazer alguns ajustes. Caso contrário, você vai
vender uma imagem profissional que não é a sua ou, pior ainda, não vai conseguir
vender nada.

Algumas coisas são básicas:

- Use folha branca, não coloque quadros ou desenhos.


- Letra legível, use fonte Arial 11.
- Faça em duas páginas, para os mais experientes três páginas.
- Mantenha os dados atualizados.
- Coloque sempre ano de início e término dos cursos.
- Não esqueça de citar as Escolas ou Universidades.
- Experiência profissional em ordem cronológica, começando do emprego atual.
- Inclua apenas cursos relevantes ligados diretamente ao cargo pretendido.
- Seja sincero ao falar da sua fluência nos idiomas, cite o nível de conhecimento.
- Diga só a verdade, mentiras podem arruinar sua carreira.
- Cuidado com os erros de português.

Fonte : www.vocesa.com.br – Editora Abril

Manual do Novo Emprego - 10


2.03 - Currículo bem feito pode gerar entrevista...

Um currículo bem feito facilita o caminho para


conseguir entrevistas e ajuda a orientar os
recrutadores. São enormes as chances de que um
currículo mal feito seja relegado à pilha dos
candidatos desinteressantes. Mas, se você
conseguir produzir uma boa impressão, ele pode
abrir portas. Mas, seja cauteloso, pois para fazer
um bom currículo, é preciso tomar certos
cuidados :

1 - Não abuse da paciência do entrevistador : Seja conciso pois ninguém


agüenta ler mais de três páginas. Para executivos jovens, uma página é suficiente.
Executivos com mais tempo de carreira podem se estender mais e nestes casos, se
o currículo for muito breve, parece que ele realizou pouca coisa. Use frases curtas e
evite adjetivos. Deixe margens largas e não use letras muito pequenas, use Arial
11, lembre-se de que a maioria dos recrutadores tem mais de 40 anos e já não
enxerga tão bem.

2 - Vá direto ao ponto : Quando se tem várias experiências anteriores, convém


abrir o currículo com um Resumo de Qualificações no qual, em 30 segundos de
leitura, o candidato exponha seu objetivo (exemplo: Cargo Executivo na Área
Industrial ou Diretor/Gerente da Área Industrial) e relacione, em tópicos curtos, as
experiências profissionais que justificam a pretensão.

3 - A propaganda é a alma do negócio : Recorra a softwares de editoração


eletrônica e impressoras a laser para produzir um currículo bonito. Se sua
aparência for boa, inclua uma foto. Se você foi promovido várias vezes, é
importante enfatizar isso. Itens de sua carreira que não colaboram com suas
ambições devem ser pouco enfatizados ou postos de lado. Não conte o porquê de
ter deixado os empregos anteriores. Isso é assunto para a entrevista.

4 - Cuidado com o português : Erros de ortografia, gramática e digitação causam


péssima impressão. Peça ajuda a quem conhece bem as regras do português para
revisar o texto.

5 - Não se esconda : Certifique-se de colocar nome, endereço, telefone e E-mail


logo no início da primeira página. Currículos são lidos rapidamente e essas
informações são fundamentais para você ser encontrado. Faça relacionamentos,
coloque seu currículo no Programa de Indicações do site Novos Planos, além de
gratuito, pode ser visto por muita gente da área de RH...

6 - Não coloque números de documentos : Números de RG ou de título de


eleitor são informações irrelevantes. Também não se deve informar raça, religião e
filiação partidária pois estes são assuntos que nada tem a ver com sua
competência. Salários anteriores, pretensão salarial e referências só devem ser
apresentadas na entrevista.

Fonte : João Carlos – Novos Planos

Manual do Novo Emprego - 11


2.04 - O que não colocar no currículo...

Pessoal em diversos currículos eu tenho


notado que as pessoas colocam informações
que não precisam ser adicionadas. Mas por
que ? Porque esse tipo de informação não
agrega absolutamente nada para o
selecionador, ou seja, não são essas
informações que vão decidir pela entrevista
ou por uma contratação do candidato :

Filiação : Nome do pai e da mãe, não precisa.

Informações da Família : Não coloque nome do cônjuge e nem dos filhos,


coloque só Casado 2 Filhos ou Solteira.

Data e Local de Nascimento : Não coloque data, diga apenas Brasileiro ou


Brasileira.

Números de Documentos : Nem sonhar ! Cuidado com os malandros de plantão !

Cursos em Excesso ou Cursos Fora do Perfil Profissional : Passa a ser


futilidade.

Linguagem Confusa ou Rebuscada : Além de confundir o selecionador, perde


pontos.

Descrições Muito Detalhadas : Cuidado com o excesso de preciosismo !

Assinatura : Não há necessidade de sua assinatura no currículo.

Pretensão Salarial : Somente coloque no currículo se for exigido, caso contrário a


negociação salarial deverá ser discutida na entrevista.

Referências : Não coloque, leve-as consigo para a entrevista...

Mentiras : Nem sonhar ! Cuidado que um dia a casa cai...

Fonte : João Carlos – Novos Planos

Manual do Novo Emprego - 12


2.05 - Mostre os resultados obtidos na carreira

Nos tempos atuais, onde as empresas estão


cada vez mais exigentes para realizar uma
contratação, se faz necessária uma
valorização também maior no seu currículo.
Isso principalmente para quem almeja cargos
de gestão que requerem uma visão
estratégica.

Coloque dentro das empresas em que atuou,


além das atribuições que o cargo exigia, todos
os resultados que você obteve, ou seja, procure ilustrar sobretudo com números as
metas atingidas e os objetivos alcançados :

- Em virtude da reestruturação na filial de Salvador, consegui um aumento nas


vendas na ordem de 20%, representando um acréscimo de US$ 10 milhões no
faturamento total da empresa.

- Redução de 15% nos custos industriais, representando um volume de US$ 5


milhões em virtude da implantação de um amplo programa de redução de custos.

- Sucesso na recuperação de US$ 3 milhões em créditos tributários da Receita


Federal.

Enfim, note como esse tipo de colocação chama a atenção do empresário, você está
valorizando todo o seu esforço profissional e mostra que tem excelência no que faz.
Pense nisso !

Fonte : João Carlos – Novos Planos

Manual do Novo Emprego - 13


2.06 - A importância do Resumo de Qualificações

O principal objetivo do currículo deve ser o de


destacar seu valor para um potencial empregador,
levar você a ser chamado para uma entrevista. Para
tanto, seu currículo deve se destacar pela boa
apresentação visual, ser sucinto e de fácil
compreensão e não conter erros de ortografia.

O que chama a atenção dos selecionadores, e na


verdade até facilita a vida deles, é a colocação de
um Resumo de Qualificações logo no início, após o
Objetivo. Isto faz com que ele já tenha de início uma
noção resumida de suas principais qualidades
profissionais e pessoais, portanto, levando-o a
prosseguir na leitura do seu currículo.

Com apenas seis ítens você consegue dar uma boa noção para o selecionador :

RESUMO DE QUALIFICAÇÕES

- Tenho mais de 20 anos de experiência como Gerente Administrativo-Financeiro.

- Profunda experiência na reestruturação de empresas.

- Habilidade em montar, gerenciar e motivar equipes de trabalho.

- Domínio total de informática, com ênfase para ERP Datasul Magnus e EMS.

- Pessoa dinâmica e de fácil relacionamento. Forte em controles de gestão.

- Espírito de equipe e liderança. Administrador focado em objetivos.

Viu como é simples? Em apenas 6 linhas você traça um perfil completo para o
selecionador...

Fonte : João Carlos – Novos Planos

Manual do Novo Emprego - 14


2.07 - Saiba a importância dos idiomas

Parece que não nos damos conta do grau de


importância quando mencionamos o idioma no
currículo : inglês fluente, espanhol fluente. Ocorre
que não mencionar o nível de conhecimento desses
outros idiomas pode se tornar um erro grave, ou
até mesmo em sérios transtornos.

Os cursos feitos no exterior são extremamente


importantes. Os trainees que fizeram intercâmbio e trabalharam entregando pizza,
limpando piscinas, ou qualquer atividade do tipo ganham ainda mais crédito. Por
isso não tenha vergonha de dizer como foi sua vida lá fora.

Lembre-se: não vale a pena enganar. Você pode ser surpreendido com um teste
cara a cara e se dar mal. Aliás, se descobrirem qualquer falcatrua no seu currículo
você será dispensado na hora.

O critério é o seguinte: ou você sabe falar fluentemente outro idioma, ou não


sabe. É melhor você falar que seu espanhol é apenas básico, ao invés de dizer que
sabe se virar muito bem. Ou você tem um inglês avançado, ou seja, conversa, lê e
escreve normalmente, ou tem inglês de turista. Portanto, cuidado ao colocar no
currículo que seu inglês é fluente. Nunca deixe de explicar esse grau de fluência,
sim porque muitas empresas exigem apenas que o candidato tenha um inglês
intermediário, principalmente para leitura de e-mails, relatórios, etc...

Importante mesmo é ser objetivo, sincero consigo mesmo e não enganar. Reflita
atualmente você sabe que não vai longe sem inglês e espanhol e no futuro até sem
mandarim (da China), então procure investir em um bom curso, mas não esqueça
que precisa gostar de aprender o idioma, porque obrigatoriamente estará envolvido
com a cultura do país de origem.

Fonte : João Carlos – Novos Planos

Manual do Novo Emprego - 15


2.08 - A importância do Objetivo no currículo

Tenho notado que as pessoas parecem confusas


com relação à colocação do Objetivo no
currículo. Costumam misturar os assuntos :
meu objetivo é crescer na vida, ajudar a
empresa... ou também colocam : área
administrativa, comercial ou produção... Incrível
não ? Parece que querem deixar o selecionador
maluco ou doido de raiva.

Pessoal, a colocação do objetivo deve ser bem


clara e concisa, ou seja, você tem que
comunicar ao empresário qual o objetivo da sua atividade como profissional, o que
você está propondo para que ele te contrate. Nesse objetivo estão todos os seus
esforços de sua vida acadêmica e profissional.

Portanto, seja bem claro e único, tipo Objetivo: Analista de Custos Pleno.

Caso você tenha habilidades em outra área correlata, deixe dois ou mais currículos
prontos, neste caso acima, Objetivo: Analista de Controladoria Pleno.

Nunca coloque áreas misturadas como o objetivo principal, ou frases de seus


objetivos na vida, isso além de dificultar o entendimento do selecionador, faz com
que ele te descarte logo de início pelo fato de ter que ler mais de 700 currículos
para uma só vaga...

Fonte : João Carlos – Novos Planos

Manual do Novo Emprego - 16


2.09 - Modelo de currículo para o primeiro emprego

JOSÉ ANTONIO VIEIRA DE SOUZA

Brasileiro solteiro 18 anos


Rua José Francisco Pereira, 553
Jardim Marisa - Lapa
CEP: 05138-130 São Paulo
Fones: 3677-7128 / 9628-1960
E-mail: javsouza@uol.com.br

OBJETIVO : Designer de Mídias Interativas

FORMAÇÃO EDUCACIONAL

 Atual : Superior em Web Design pela UMC Campus Villa Lobos – 3º ano.
 Ensino Médio : Colégio Pré-Médico – Sistema Anglo.
 Ensino Fundamental : Colégio Objetivo.
 Curso de Inglês : C. N. A. - nível atual High Advanced.
 Cursos de Word, Excel e PowerPoint : Escola Santa Cruz e Colégio Objetivo.
 Cursos de Front Page e Web Design – Colégio Pré-Médico.
 Curso de Web Design – S.O.S. Computadores – Concluído em março de
2006.

CONHECIMENTOS E HABILIDADES

 Atualmente cumprindo estágio de Web Design no Colégio Pré-Médico.


 Usuário de Windows e Suítes : Office, Macromedia e Adobe.
 Criação e desenvolvimento do jornal escolar da Escola Santa Cruz, através
da utilização do software Microsoft Publisher.
 Domínio de Internet : FTP, comunicação, pesquisas, domínios, hospedagens,
etc...
 Criação e manutenção de vários sites na Web e inclusão em sistemas de
busca.
 Classificação no “ Projeto EPTV - Rede Globo ” de redação escolar.
 Boa criatividade, noções de diagramação e design gráfico.
 Pessoa dinâmica e de fácil relacionamento, focado em objetivos.
 Disponível para viagens e mudança de cidade.

Fonte : João Carlos – Novos Planos

Manual do Novo Emprego - 17


2.10 - Modelo de currículo profissional cronológico

SÉRGIO DUARTE DE OLIVEIRA

Rua Silvia de Faria, 500 apto. 71


Cep : 01120-400 São Paulo - SP
brasileiro, casado, 2 filhos
Tels.: (11) 3289-3357 / (11) 9546-7860
E-mail : sergiodo@yahoo.com.br

OBJETIVO: Diretor de Desenvolvimento de Novos Negócios

RESUMO DE QUALIFICAÇÕES

- Responsável pela implantação da empresa Holliday Inn no Brasil, com 12 hotéis


em 6 anos.
- 15 anos de experiência em processamento de dados, recursos humanos, finanças,
contabilidade e funções administrativas na Solvay.
- Pessoa de fácil relacionamento, dinâmico. Administrador por objetivos.
- Forte em gestão de negócios.
- Disponível para viagens e mudança de cidade. Focado em negócios.
- Sucesso na captação de US$ 40.000.000,00 de recursos de 22 investidores
privados, bancos e governo brasileiro.
- Experiente na construção, organização e início das operações de 12 hotéis de
médio porte (80 a 200 apartamentos cada).

IDIOMAS

- Fluência total em Inglês e Espanhol - nível avançado.

FORMAÇÃO ACADÊMICA

1977 – Fundação Getúlio Vargas - FGV


CEAG – Pós-Graduação em Administração de Empresas
1975 - Universidade de Milão - Itália
Especialização em Processamento de Dados CPD
1970 - Universidade de Columbia - U.S.A.
Especialização em Gestão de Negócios
1968 - Fundação Armando Álvares Penteado
Especialização em Finanças
1966 – Universidade de São Paulo - USP
Bacharel em Engenharia Civil

EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

Ago/1990 - Atual : HOLLIDAY INN HOTÉIS S/A


Diretor Gerente
Dei início às operações desta cadeia hoteleira no Brasil, que contam, este ano, com
1200 funcionários, 12 hotéis (80 a 200 apartamentos) e fatura aproximadamente
US$ 12 milhões por ano.

Dentre as minhas atribuições e resultados, posso destacar:

- Supervisão de gerentes de planejamento, engenharia, e construção,


administração e finanças, operações hoteleiras e marketing;

Manual do Novo Emprego - 18


- Procura de sócios para cada nova sociedade hoteleira;
- Captação de US$ 40 milhões de recursos de 22 investidores privados, bancos e
governo brasileiro;
- Negociação de contratos de associações, prestação de serviços, “franchise”,
operação, construção e equipamento de cada hotel;

Abr/1970 - Jul/1990 - CIA DE ALUMÍNIO S/A


Gerente do CPD
Indústria de alumínio, subsidiária da Solvay. Contava com 1500 funcionários, na
época, e um faturamento equivalente a US$ 150 milhões.

Fui responsável por 35 funcionários e pelo Centro de Processamento de Dados,


estudos e implantação de novos sistemas, rotina dos sistemas operacionais
mecanizados e pela racionalização do uso do computador.

Alguns resultados incluem:

- Aumento da lucratividade da empresa com a compra de um computador usado,


importado através do difícil projeto CAPRE;
- Implantação do preço de custo mensal para 35 produtos, ganhando 1 mês e meio
sobre os fechamentos trimestrais e multiplicando a freqüência por três;
- Implementação de um sistema de análise de variações integrado ao “budget” nas
construções, vendas, manutenção, resultados e preços de custo.

Fonte : João Carlos – Novos Planos

Manual do Novo Emprego - 19


2.11 - Modelos de cartas de apresentação

Você está à procura de emprego e de repente


descobre que, justamente aquele anúncio pelo qual
se interessou pede que seja enviada uma carta de
apresentação junto com o currículo. E agora, o que
fazer?

Redigir uma carta de apresentação é mais fácil do


que você imagina. A carta de apresentação serve,
principalmente, para currículos enviados pelo correio,
quando há necessidade de informar a pretensão
salarial. Cabe também para apresentar o profissional - no caso de uma indicação,
por exemplo. Seguem alguns modelos de cartas de apresentação :

Modelo 1
Prezado(a) Senhor(a),
De acordo com a indicação do Sr. João da Silva, envio meu currículo para
apreciação.
Há cinco anos atuo na área de divulgação e markerting da empresa
Ramos&Associados, desenvolvendo trabalhos de consultoria na área educacional e
também na organização de eventos em diversos segmentos empresariais.
Neste momento, busco uma efetivação no mercado, visando o desenvolvimento de
um trabalho objetivo e gerador de resultados, de forma a possibilitar crescimento
qualitativo e quantitativo para os envolvidos.
Agradeço a atenção e coloco-me ao inteiro dispor para contato pessoal.

Modelo 2
Prezados Senhores,
Em busca de nova proposta de trabalho na área Administrativo-Financeira,
apresento-lhes meu currículo anexo.
Entre minhas características básicas encontram-se: adaptabilidade, bom humor,
dinamismo, responsabilidades, perfeccionismo, auto-exigência, dedicação ao
trabalho e bom relacionamento em geral.
Informo ainda que estou disponível para viagens, de acordo com a necessidade da
organização.
No aguardo de contato de sua parte, coloco-me à disposição para prestar-lhes mais
esclarecimentos.
Atenciosamente,

Modelo 3
Prezados Senhores,
Estou à procura de novos desafios profissionais na área de Recursos Humanos e
acredito que sua empresa possa ter interesse por minhas qualificações.
Sou graduada em Comunicação Social e História, com pós-graduação em
Administração. Atuo na área de Recursos Humanos há nove anos, com destaque
para o desenvolvimento e coordenação de atividades de treinamento, tendo
inclusive obtido a certificação ISO-9001.
Envio anexo o meu currículo para fazer parte de seu banco de dados e coloco-me à
disposição para uma entrevista pessoal, quando poderei fornecer mais informações
sobre minha experiência profissional. Cordialmente,

Modelo 4
Dr. Augusto Valente
Diretor
Interforma Assessoria Empresarial Ltda.
Av. Luis Alcântara, 768 - sala 56 São Paulo – SP

Manual do Novo Emprego - 20


Prezado Dr. Augusto,
Sou executivo de Assuntos Corporativos e Comunicação Empresarial com carreira
em escritórios de advocacia e no Banco Banespa, onde adquiri sólida experiência
em relações com a imprensa, clientes, órgãos de defesa do consumidor, gestão de
produtos, suporte a desenvolvimento de agências e postos de serviços, análise de
concorrência, formação e liderança de equipes, interface entre banco e empresas
seguradoras e de cartões de crédito e áreas administrativas. Graduado em Ciências
Jurídicas e Sociais, tenho pós- graduação em Jornalismo.
Visando posições em empresas suas clientes, encaminho meu currículo e estarei à
sua disposição para um contato pessoal e informações adicionais sobre minha
carreira
Atenciosamente,

Fonte : João Carlos – Novos Planos

Manual do Novo Emprego - 21


2.12 - Faça seu currículo profissional no CVLINK

Neste início de século em virtude das empresas


estarem cada vez mais exigentes e a concorrência
cada vez mais acirrada, é indiscutível que para seu
currículo ser selecionado entre centenas terá que
ser um currículo que tenha muito destaque e
chame bastante a atenção.

Porém, você deve se perguntar mas eu estudei


tantos anos para ser um Engenheiro ou um
Advogado e não para saber fazer currículos...

Para tanto, você pode contar agora com uma


ferramenta nova e arrojada para que você faça
um currículo profissional diferenciado : no site www.cvlink.com.br

No CVLINK conforme você vai preenchendo seu cadastro de informações, vai


podendo acessar ao lado quadros com exemplos e dicas para que você faça um
currículo super profissional.

E no final, o sistema lhe fornece o currículo já totalmente pronto, podendo ser


visualizado e ou impresso em Word ou Pdf...

Além de ter seu currículo profissional, tem também seu site pessoal e ainda como
diferencial as empresas cadastradas no site podem acessar seu site pessoal com
seu currículo profissional através de buscas.

Não perca tempo, tenha seu currículo profissional e seu site pessoal agora mesmo
no www.cvlink.com.br

Mostre seu trabalho para as empresas !

Fonte : João Carlos – Novos Planos

Manual do Novo Emprego - 22


3.01 - Marketing Pessoal : o caminho do sucesso

Neste mundo cada vez mais agitado e


globalizado, temos que notar que o mercado de
trabalho está a cada dia muito mais competitivo.
A questão é que com a pressa do dia-a-dia
acabamos nem notando esse detalhe, apenas
sentimos na pele quando ficamos meses a fio
procurando por um emprego.

O Marketing Pessoal é uma ferramenta que


podemos utilizar como diferencial, ou seja, é uma forma de levarmos uma
vantagem competitiva no nosso meio profissional e na nossa vida. E tudo isso pode
ser realizado por meio de atitudes tão simples como nossos pensamentos, nossa
postura com as outras pessoas, o modo de agir, de falar, de se vestir, etc...

Para de dar bem em seu marketing pessoal, preste atenção a alguns ítens :

- Seja pontual, chegue sempre um pouquinho adiantado nos compromissos.

- Procure estar sempre motivado, faça com que nada o atrapalhe.

- Saiba focar os problemas, controle a ansiedade, as preocupações e frustações.

- Tome as atitudes necessárias para realizar as tarefas, use o bom senso.

- Tenha capacidade, enfrente e seja capaz de superar os problemas com sabedoria.

- Pratique a ética, seja honesto, tenha sempre um site pessoal atualizado.

- Seja sempre gentil e atencioso com todas as pessoas.

- Vista-se de acordo com cada ocasião, seja discreto.

- Sempre tome cuidado com o que pretende falar, seja positivo.

- Cuidado com o celular em reuniões, não chame a atenção negativamente.

Fonte : João Carlos – Novos Planos

Manual do Novo Emprego - 23


3.02 - Afinal, o que é Networking ?

As pessoas dependem de outras pessoas para


fazerem negócios, arrumarem novas
oportunidades, novas paixões, enfim, para
serem felizes, afinal vivemos em sociedade.
Networking ou rede de relacionamentos existe
para isso, ou seja, para as pessoas se
relacionarem através de contatos.

Fazer contatos é mera questão de ser amigável,


de ter capacidade de se entrosar e de estar
disposto a dar algo de valor primeiro. Quando combinar esses três atributos, você
terá descoberto o segredo que há por trás dos poderosos contatos que levam a
valiosos relacionamentos.

As pessoas ainda confundem Networking com "pedir ou tentar arrumar emprego". E


depois que arrumam emprego, somem do mapa... Esse é um erro fatal ! É preciso
que se entenda que Networking é mesmo uma via de mão dupla : um dia você
aciona, num outro é acionado.

É preciso que você esteja SEMPRE DISPONÍVEL para a sua rede de contatos,
nunca deixe de responder a um E-mail, isso seria o mesmo que deixar o telefone
fora do gancho !

Embora a maioria das pessoas ache que ser rico é uma questão de ter dinheiro, a
riqueza tem a ver com tudo, menos com o dinheiro. Relacionamentos valiosos
levam a muito mais do que dinheiro, levam ao sucesso, à realização e à
abundância!

Fonte : João Carlos – Novos Planos

Manual do Novo Emprego - 24


3.03 - Networking : cultive sempre essa rede !

Alguém que você conhece, conhece alguém que


você quer e precisa conhecer. Parece confuso? Mas
é assim na vida real. O que as Redes de
Relacionamentos ou Networking possibilitam é
fantástico sob o ponto de vista da agilidade em
chegar até as pessoas que interessam e fazem
sentido para sua carreira profissional ou para a sua
vida. Se você é um privilegiado e tem uma vasta e
potente rede de importantes relações, imagine o
tempo que você teria de investir se não existisse a
Internet.

Você não deve utilizar esse recursos apenas quando está procurando emprego,
procure cultivar sempre esses relacionamentos, tenha em mente que sempre
pode aparecer uma oportunidade melhor na vida profissional e pessoal.

As ferramentas disponíveis podem facilitar sua vida com pouquíssimo investimento


de tempo e esforço. Mais que deixá-lo sintonizado e atualizado sobre quem está
onde e fazendo o quê, elas também permitem mantê-lo no radar de conhecidos e
"ex-desconhecidos" que podem fazer diferença em seu futuro profissional.

Fonte : João Carlos – Novos Planos

Manual do Novo Emprego - 25


3.04 - Faça seu Marketing Pessoal como estratégia

As estatísticas comprovam que quase 40% das


vagas de empregos existentes não chegam a ser
nem mesmo publicadas. Ocorre que em face da
falta de mão-de-obra qualificada em muitas
funções, as empresas acabam buscando o
preenchimento das mesmas através de
indicações.

Corporações muito grandes, como a IBM por


exemplo, chegam a fazer até procedimentos
internos na própria empresa em busca de
indicações e até premiando com viagens ou
presentes para os funcionários que apresentarem
amigos ou conhecidos qualificados para as vagas ofertadas.

Foi levando esses fatores em consideração que resolvemos criar o site


www.cvlink.com.br para que as empresas busquem efetivamente, e com mais
rapidez, os profissionais qualificados.

Por outro lado, os profissionais que se destacam, são aqueles que sabem fazer o
seu marketing pessoal, ou seja, permanecem disponíveis e em contato permanente
com os executivos, selecionadores, headhunters, etc... No site
www.cvlink.com.br as pessoas tem a chance de mostrarem suas qualificações
através de um site pessoal de alta qualidade e a um custo surpreendente : apenas
R$ 30,00 por ano e mais nada. Veja acima um exemplo de uma página do seu site
pessoal.

Pense na sua carreira, faça seu Marketing Pessoal !

Fonte : João Carlos – Novos Planos

Manual do Novo Emprego - 26


3.05 - A importância do site pessoal

Para ser encontrado e visto em tempos modernos,


é simplesmente impossível dar as costas para a
Internet. Por isso, é imprescindível manter uma
ferramenta poderosa de marketing pessoal para a
divulgação de sua carreira profissional, trata-se do
Site Pessoal

No seu Site Pessoal você pode incrementar o


conteúdo, inserindo um resumo de suas
qualificações pessoais e profissionais, sua
formação acadêmica, além do relato por todas as
empresas que passou, as atribuições e seus
principais resultados obtidos.

Pode colocar também seus artigos publicados, suas pesquisas, os livros preferidos,
suas áreas de interesse, bem como suas atividades extra-curriculares e todas as
suas formas de contato.

Isso facilita e agiliza em termos significativos o trabalho dos empresários,


selecionadores e headhunters na busca de profissionais qualificados, principalmente
levando-se em consideração que mais de 40% das vagas de empregos existentes
nas empresas não chegam sequer a serem publicadas, cada vez mais as empresas
buscam por indicações.

Através do seu Site Pessoal, você cria a sua marca, sua imagem e reputação e
consegue transmitir isso a uma quantidade enorme e ilimitada de pessoas, que de
alguma forma,exercem posição de influência nas empresas.

Conheça www.cvlink.com.br

Fonte : João Carlos – Novos Planos

Manual do Novo Emprego - 27


3.06 - Marketing Pessoal : como usar seus atributos

Todos os dias, Ron Dennis, Robert Scheidt


e Marcelo Duarte acordam com as
seguintes idéias na cabeça : como colocar
o carro na pista, o veleiro na água e o
livro na estante dos leitores. Com a
experiência dos fazedores, eles
descobriram que não são, apenas, o "cap"
da McLaren, o iatista hexacampeão
mundial e o autor do "Guia dos Curiosos"
e proprietário da editora Panda Books,
mas sim, "pessoas que fazem marketing
daquilo que são".

Portanto, se você se declara, por exemplo - "engenheiro" - sua tarefa é buscar


alguém que lhe dê uma posição como tal. Só há um detalhe: existem milhares de
engenheiros disputando o mesmo lugar ao sol que você. Logo, ser um bom
Engenheiro é apenas parte do problema – isso vale para todas as profissões.

Para ser bem sucedido nesta competição, considere a possibilidade de desenvolver


seu Marketing Pessoal. Em poucas palavras, marketing é toda ação que gera uma
possibilidade de venda. Marketing Pessoal, portanto, é toda ação que gera a uma
pessoa possibilidade de sucesso. Por isso, empresas de sucesso são formadas por
pessoas de sucesso.

Existem espaços no mundo que precisam ser preenchidos pelos indivíduos. Se hoje
não estamos satisfeitos com as pessoas que os preenchem, o desenvolvimento
pessoal e o Marketing Pessoal levarão para esses espaços profissionais preparados
para posições importantes em empresas, governos e organizações.

Conhecer e utilizar o Marketing Pessoal é uma forma de conquistar reconhecimento


e ver o mundo como um local de possibilidades extraordinárias. Muito maior do que
as pessoas percebem. Aproveitá-las é mais do que atingir o sucesso, é abrir novas
possibilidades para que outras pessoas também o atinjam – lembre-se de Ayrton
Senna e seu Instituto. Você está preparado?

Autor : Silvio A. Celestino

Manual do Novo Emprego - 28


3.07 - Marketing Pessoal - Construindo sua marca - Parte I

Há tempos que os conceitos de marketing vêm sendo


aplicados na gestão de imagem e planejamento de
carreira das pessoas. Aliás, acredito que esta é uma
das tendências irreversíveis dentro da nova dinâmica
vigente na sociedade moderna. É comum ouvirmos a
expressão: "Somos todos vendedores". E para
triunfar no jogo do universo corporativo é necessário
antes de tudo vender a nós mesmos.

A proposta deste ensaio é levar você a compreender


que uma marca não nasce, mas sim é construída. E
que uma marca pessoal é conseqüência de um
processo de diferenciação.

O que é Marketing Pessoal?

Marketing pode ser definido como um conjunto de estratégias e ações visando


promover o lançamento, desenvolvimento e sustentação de um produto ou serviço
no mercado consumidor. Transitando este conceito para o Marketing Pessoal,
podemos ressaltar que seu objetivo é aumentar a aceitação e fortalecer a imagem
de uma pessoa pelo público em geral ou por determinado segmento deste público.

O Marketing Pessoal significa projetar uma imagem de marca em relação a você


mesmo, tomando a si próprio como se fora um produto ou serviço.

Quer fazer um teste rápido sobre o estágio atual de sua imagem de marca?
Pergunte-se: "O que as pessoas pensam de mim quando se fala em meu nome?".
Será que você é reconhecido, notado em meio à multidão? Que tipo de sentimento
é aflorado nas pessoas ao ouvirem falar de seu nome ou ao encontrarem você em
um ambiente qualquer?

O especialista em marcas Jaime Troiano pontua: "Uma marca é a criação de um


conjunto organizado de percepções (plano cognitivo) e sentimentos (plano
emocional) que faz com que um determinado produto ou serviço seja mais do que
apenas diferente de seus competidores. Seja único e indispensável".

Queremos auxiliá-lo a criar a marca "Você S/A". Transformar o self atual (como
você é) no self ideal (como você deseja ser). Assim, o tutorial das próximas
semanas não tem a pretensão de ser uma cartilha régia, mas um guia em sua
trajetória na elaboração de sua marca pessoal.

Autor : Tom Coelho. Conheça www.tomcoelho.com.br

Manual do Novo Emprego - 29


3.08 - Marketing Pessoal - Construindo sua marca - Parte II

Primeiro Passo: a Embalagem

O publicitário Chuck Lieppe dizia:


"Aparentar ter competência é tão
importante quanto a própria competência".
De fato, o aspecto externo é o primeiro que
observamos. Comprando frutas,
selecionamos aquelas que nos parecem
mais belas e viçosas. Num evento social,
disparamos olhares àqueles com trajes e
cortes de cabelo atraentes. Ao planejar
uma viagem, escolhemos como destino uma localidade cuja paisagem nos faça
brilhar os olhos, seja ela bucólica, dotada de rios ou dunas ou florestas; seja ela
"urbanóide", repleta de luzes, cores e sons tecnologicamente pulsantes.

A embalagem é o princípio de tudo. E você nunca terá uma segunda oportunidade


de causar uma primeira boa impressão. Para tanto, você deverá contemplar os
seguintes aspectos :

Aparência : Banho tomado, cabelo cortado, unhas aparadas, dentes escovados.


Parece óbvio demais, mas há quem negligencie isso. Estes eventos, por mais
elementares que sejam, representam o ponto de partida da construção de sua
imagem.

Trajes : Para cada ambiente, uma vestimenta apropriada. Da mesma forma como
você não irá à praia calçando sapatos sociais, um bom terno ou tailler é a melhor
recomendação para o dia-a-dia no trabalho. Combinar cores e tecidos é menos
complicado do que possa parecer. Além disso, você deve priorizar o conforto e a
praticidade. Roupas adequadas podem compensar uma baixa estatura, disfarçar um
excesso de peso. E muito cuidado com o casual day, aquelas sextas-feiras insanas
nas quais muita gente se revela de forma comprometedora.

Acessórios : Anéis, correntes, brincos, pulseiras, enfim, acessórios diversos, são


permitidos desde que utilizados de forma regrada. É importante também
acompanhar o bom senso da moda. Abotoaduras para os rapazes, apenas em
ocasiões especiais, o mesmo se aplicando para as mulheres em relação a jóias. E
muita atenção com cosméticos. Há quem use perfume de maneira a ter sua
presença reconhecida num ambiente pelo rastro de aromas (ou odores...) que
deixa no ar.

Etiqueta : Edificar uma marca demanda estudo. Por isso, atente para a
necessidade de adquirir um bom livro com regras de etiqueta social. Afinal, haverá
ocasião na qual você será apresentado a tantos talheres e copos que suas mãos e
boca ficarão em dúvida sobre por onde começar. Há profissionais de grande
competência no mercado capazes de lhe ensinar as normas da boa etiqueta que, a
propósito, não se aplicam exclusivamente às refeições, é claro. Enquanto
conferencista, por exemplo, é importante que você saiba como compor a mesa de
um cerimonial e como homenagear aos presentes, com base na hierarquia.

Postura : Cabeça inclinada, ombros arqueados, tronco curvado... Onde você pensa
que vai assim? Qual percepção pretende conferir àqueles que o encontram? Seria
você alguém derrotado e infeliz? Uma postura elegante ao assentar-se e ao
caminhar demonstra altivez, autoconfiança e independência, além de contribuir
com sua própria saúde.

Manual do Novo Emprego - 30


Vocabulário : A menos que suas pretensões restrinjam-se à exposição na mídia
como modelo fotográfico, o que convenhamos é acessível a poucos, você
invariavelmente terá que abrir a boca para sedimentar sua imagem. Neste
momento, pronunciar "menas", "poblema" e seus derivados, será suficiente para
destruir toda a credibilidade que foi sendo erguida nos passos anteriores. Nunca é
tarde para se aprender nosso idioma. Basta estudar um pouco e ler muito – jornais,
revistas, livros, gibis e bulas de remédio. Desta forma, você ampliará seu
vocabulário, ganhando maior versatilidade para falar em público. É importante
também salientar que igual preocupação deve-se ter com a escrita. Redigir um
bilhete grafando "essessão" ou "quizer", entre outras pérolas, deveria ser salvo-
conduto para uma demissão por justa causa na empresa ou a precipitação de um
divórcio no lar.

Saúde : Embora esteja sendo considerada ao final, é o aspecto mais fundamental a


ser observado. E isso tanto em termos de marketing pessoal quanto de qualidade
de vida. Demonstrar estar saudável, mais do que apenas parecer bem, constitui-se
na chave-de-ouro que sela o primeiro passo do processo de construção de uma
marca pessoal. E uma vida saudável implica em sono reparador, alimentação
balanceada e prática regular de esportes, entre outros aspectos.

Autor : Tom Coelho. Conheça www.tomcoelho.com.br

Manual do Novo Emprego - 31


3.09 - Marketing Pessoal - Construindo sua marca - Parte III

Segundo Passo: o Conteúdo

Muito bem. Você seguiu à risca o tutorial de


fabricação de uma embalagem bonita,
vistosa e atraente. E embora o design seja
determinante, se o que estiver por dentro
não respaldar a expectativa criada, você
seguramente deixará de se estabelecer.
Pior, poderá ser tido como impostor, a ponto
de perder por completo a reputação pela
qual tanto lutou. E você sabe que
credibilidade é algo que leva anos para se edificar e que se perde em instantes...

É claro que o caráter é mais importante que a reputação, pois o primeiro simboliza
o que você realmente é, enquanto o segundo remete àquilo que os outros pensam
a seu respeito. Esta é uma verdade incontestável, muito bem expressa pela frase
de Montaigne que prefacia este artigo.

Mas estamos trabalhando para arquitetar uma imagem capaz de ser admirada pelos
demais. E melhor será que isso ocorra espontaneamente, como conseqüência da
pessoa que você demonstra ser com naturalidade. Trabalhar o conteúdo significa
cuidar dos seguintes pontos :

Formação : Se você já tem um curso superior, faça uma especialização ou uma


pós-graduação. Por outro lado, se você ainda não cursou uma faculdade, matricule-
se com urgência em uma. Pouco importa o nome da instituição, sua tradição e toda
a retórica que a cerca. Esteja certo de que é você quem tornará seu curso uma
experiência indescritível ou um exemplo de mediocridade. Assista às aulas,
empenhe-se na realização dos trabalhos em grupo e individuais, questione seus
professores. E se os estudos foram interrompidos ainda no ensino fundamental,
evite lamentar-se. Trabalhe para recuperar o tempo perdido. Faça um supletivo,
estude nos momentos mais singulares, tais como dentro de um ônibus ou metrô, e
quando estiver numa fila de banco. Lembre-se de que sua formação será dada
menos pelo pedaço de papel emoldurado que você pendurar na parede, e mais
pelos livros que você ler, as pessoas que conhecer e os debates dos quais
participar.

Currículo : Aprenda a redigir um currículo personalizado. Nada de números de


documentos diversos e relação de palestras infrutíferas das quais você participou só
para conquistar um certificado. Seu currículo deve ser objetivo, capaz de ilustrar
em no máximo duas páginas o profissional que você é. Disponibilize um telefone e
e-mail para contato. Evidencie com letras destacadas seu objetivo profissional.
Você precisa declarar ao mundo o que sabe e quer fazer. Apresente sua formação
mais recente, ou seja, nada de relacionar onde fez o curso primário e cursos
extracurriculares dispensáveis. Fale de sua trajetória profissional, as empresas por
onde passou, mencionando o porte de cada uma delas. Comente suas realizações
procurando, sempre que possível, quantificá-las. Finalize informando sobre suas
aptidões com idiomas e os hobbies que aprecia – um pouco de intimidade e
humanismo também merece ser apresentado. E, por derradeiro, mantenha seu
currículo sempre atualizado. Não é porque você encontra-se estável numa
organização que a história de sua vida profissional deva ser estagnada. Ela está
sendo escrita e é preciso que se registre isso para uma possível recolocação no
futuro. Desconfie de sua memória.

Manual do Novo Emprego - 32


Atitude : Aqui estamos falando de competências como: iniciativa,
comprometimento, ousadia, persistência, criatividade, planejamento, persuasão,
liderança, autoconfiança. Todos as temos, mais ou menos desenvolvidas. O segredo
está em se fazer um trabalho de auto-reflexão. Reforçar as atitudes que estão
sendo praticadas e identificar aquelas que precisam de um upgrade.

Autenticidade e Transparência : A melhor maneira de você conquistar a


simpatia, confiança e admiração das pessoas é sendo exatamente quem você é. De
nada adianta projetar uma estampa fantasiosa, máscara que cai diante da primeira
adversidade. Pratique a naturalidade e abuse da transparência, porém sempre
atento aos bastidores escusos nos corredores das organizações.

Resiliência : Falamos da capacidade de superar adversidades. A postura resiliente


deve ser incorporada ao seu estilo de vida e ao seu semblante. Dar aos problemas
a dimensão que efetivamente devem ter. Ser flexível nos acordos, tolerante nas
decisões, paciente com as respostas.

Ética : Mais do que fazer a coisa certa, significa agir com congruência. Praticar o
que se fala, dizer aquilo em que se acredita.

Positividade : Símbolo de um estado de espírito elevado, cultivar um pensamento


positivo é uma prática que se reflete no sorriso franco, no abraço acolhedor e no
bom humor contagiante. É um jeito de viver que atrai quem nos cerca, gerando
uma energia sem precedentes.

Autor : Tom Coelho. Conheça www.tomcoelho.com.br

Manual do Novo Emprego - 33


3.10 - Marketing Pessoal - Construindo sua marca - Parte IV

Terceiro Passo : a Visibilidade

Não adianta fazer a melhor coisa do mundo se


ninguém tomar conhecimento. É preciso
comunicar e repercutir. Para construir uma
marca, você precisa ser visto.

Logomarca : Assim como os produtos são


nomeados e apresentam uma marca que os
identifica, desenvolva um símbolo ou sinal
gráfico capaz de remeter mnemonicamente a
você. Pode-se partir de uma grande expertise
sua ou até de seu apelido.

Cartão de Visita : Pouco importa se você está trabalhando ou disponível no


mercado. Você precisa ter um cartão de visitas. E, além de tê-lo, portá-lo, porque
muitos esquecem seus cartões na gaveta do escritório, no porta-luvas do carro ou
no bolso de outro blazer. Você pode ter um cartão corporativo e outro pessoal, por
exemplo, esquivando-se do risco de perder a própria identidade, sendo chamado
por "Fulano da empresa tal". Mas a regra mais importante neste quesito é sobre
como utilizar o cartão de visitas. Ofereça-o a seu interlocutor olhando-o nos olhos e
peça o cartão dele. Leia o conteúdo do cartão, chame-o pelo nome para conferir
maior proximidade ao diálogo e auxiliar você na memorização. Nunca dobre a ponta
do cartão recebido. Concluído o diálogo, faça anotações discretas no cartão
recebido que o ajudem a lembrar-se da pessoa posteriormente. E envie-lhe um e-
mail no dia seguinte externando seu prazer em tê-la conhecido.

Website : Para ser visto – e achado – em tempos modernos, impossível dar as


costas para a Internet. Por isso, é imprescindível manter um site pessoal. Pode ser
um blog também, mas o site transmite um conceito de maior perenidade, pois os
blogs têm como característica original o fato de serem formatados para funcionar
como um diário eletrônico. Faça seu site pessoal em www.cvlink.com.br O
investimento é absurdamente baixo : R$ 30,00 por ano e mais nada !

E-mail : Procure ter uma única conta de e-mail. Com sinceridade, parece-me
incompreensível como algumas pessoas criam e-mails em todos os provedores
gratuitos como se aquilo fosse sinônimo de status. O gerenciamento de muitas
contas torna-se difícil e inócuo. E, o pior, você dificulta a memorização de seu
endereço pelos outros. Assim, bastam duas contas, no máximo: uma de caráter
pessoal e outra corporativa. E aproveite para programar seu correio eletrônico para
inserir uma assinatura nas mensagens que enviar. Nada mais desagradável do que
receber um e-mail dentre as dezenas de mensagens que circulam diariamente, a
maioria delas meros spams, sem conseguir identificar o destinatário.

Artigos : Se você tem facilidade em escrever promova este talento. Desenvolva


artigos versando sobre temas de seu conhecimento e relacionados à sua profissão.
E publique-os. Primeiro, na internet – são inúmeros os portais que receberão com
prazer sua contribuição. Mais adiante, você poderá buscar a mídia impressa –
jornais e revistas – como veículos de divulgação de suas idéias. Procure escrever
artigos curtos, que facilitem a leitura, e tenha muito cuidado com o idioma. Coesão
e coerência textuais, ortografia e acentuação corretas, é o mínimo que os editores
irão lhe solicitar – e seus leitores também.

Autor : Tom Coelho. Conheça www.tomcoelho.com.br

Manual do Novo Emprego - 34


3.11 - Marketing Pessoal - Construindo sua marca - Parte V

Quarto Passo : a Ênfase

Uma marca, para ser lembrada, precisa ser


repetida. Por isso, você deve reunir um nome
curto, associado a uma logomarca e facilitar
sua percepção para as pessoas.

A rigor, inexiste nome difícil, mas nome


pouco pronunciado. De qualquer forma, se
você está no estágio inicial de construção de
sua marca, considere até mesmo a
possibilidade de atuar com um pseudônimo.
E priorize nomes formados por apenas duas
palavras. Assim, "José Maria da Silva" deverá optar por ser chamado de "José
Maria" ou "José da Silva". Isso facilita a memorização e a identidade visual. E tome
cuidado com homônimos!

Quinto Passo : a Divulgação

Hora de colocar o bloco na rua! Você deve virar notícia – evidentemente não das
páginas policiais. Neste momento, a publicação de artigos e participação em
eventos, conforme relatados no estágio da visibilidade, são instrumentos certeiros.

Este também é o momento de você reforçar sua comunicação. Pessoas marcantes


são, por natureza, bons contadores de estórias. Não estamos falando de estórias da
carochinha, mas de vivências, experiências, aprendizados.

Face ao exposto, considere com seriedade investir em um curso de expressão


verbal e corporal. Estudos indicam que falar em público oferece mais medo às
pessoas do que a própria morte...
Por fim, coloque a palavra networking em seu vocabulário e em sua agenda.
Aumente sua rede de relacionamentos para além dos limites de seu bairro e de
seus domínios na empresa. Há pessoas interessantes esperando por conhecer você
seja numa fila de cinema ou na mesa de bar.

Sexto Passo: a Diferenciação

Seguindo todos os passos anteriores você ainda correrá um risco: o de ser notado
como somente mais um player, mais uma marca dentre tantas disponíveis no
mercado. Por isso, você precisa se diferenciar. Praticar o que a teoria econômica
chama de concorrência monopolística. Desenvolver um estilo próprio, fazer as
coisas de forma diferente e, assim, tornar-se único, exclusivo, admirado e presente
no coração e na mente das pessoas.

À luz deste conceito, observe como estamos o tempo todo exercendo a


concorrência monopolística em nossas vidas. A começar pela vitória do
espermatozóide tenaz que, dotado de agilidade, velocidade e preparo, no ato da
fecundação, supera todos os demais concorrentes. Ao conquistar o par romântico,
também nos fizemos notar em meio aos demais pretendentes. A oportunidade de
emprego foi igualmente sancionada com êxito dentre outros postulantes ao cargo.

Autor : Tom Coelho. Conheça www.tomcoelho.com.br

Manual do Novo Emprego - 35


4.01 - Serei entrevistado e agora ?

É através de nosso corpo que podemos


expressar diversos sentimentos sem sequer
pronunciar uma só palavra, a linguagem corporal
nos diz tudo, não mente jamais. Temos vários
exemplos tais quais: olhar nos olhos, nos remete
segurança, baixar a cabeça, significa que o
indivíduo poderá ser controlado por estímulos
externos e assim sucessivamente.

Em uma entrevista, é importante que o


candidato tenha sua mente focada, e dê o melhor de si.

Tenha o pensamento claro, prepare-se para responder a questões que podem


incluir aspectos profissionais, acadêmicos, pessoais, familiares e até sociais.

Chegue com antecedência, você terá tempo para se concentrar em suas tarefas, no
que vai fazer, aproveite o tempo para observar o ambiente e as pessoas de seu
novo trabalho, essa atitude pode demonstrar interesse sobre o funcionamento e a
organização da empresa, seu nível de satisfação aparente, dentre outras coisas.

Ao iniciar uma entrevista, cumprimente o entrevistador apenas com um aperto de


mão firme, demonstrando assim energia, porém sem exageros.

Ao falar, mantenha o tom de voz adequado, sem falar alto (pode demonstrar "eu
sou um sabe tudo") ou baixo demais (demonstra timidez), para não dificultar a
comunicação. Outro fator de extrema importância é nunca interromper quem está
falando, além de escutar atentamente o que o outro tem a dizer.

Evite ficar chacoalhando as pernas, demonstra ansiedade e pressa (você pode


passar a impressão de quer se livrar logo daquilo), nada de ficar olhando no relógio
ou olhar aleatoriamente.

Evite esfregar as mãos constantemente, demonstra "medo" "insegurança" e o que


você precisa nesse momento é transparecer segurança e confiabilidade diante
daquilo que almeja, que tem objetivos reais e que certamente estará disposto a
superar todos os obstáculos decorrentes de sua trajetória profissional.

Autora : Camila G. Meleke

Manual do Novo Emprego - 36


4.02 - Conheça técnicas de entrevistas de seleção

Poucas pessoas conseguem um emprego sem realizar pelo


menos uma entrevista de seleção ou, na maioria das vezes,
uma série delas. De todos os instrumentos utilizados, a
entrevista de seleção é considerada o mais importante, e a
melhor pessoa que você entrevista não é necessariamente a
melhor para o emprego.

É importante conhecer os tipos de entrevistas de seleção :


estruturada e não-estruturada.

A entrevista estruturada é exatamente um processo


conduzido de acordo com uma ordem predeterminada. É cuidadosamente planejada
para extrair o máximo de informações do candidato, com um mínimo de perguntas
do entrevistador. Em geral, a estrutura segue a ordem:

» Cumprimento/bate-papo.
» Introdução.
» Experiência de trabalho.
» Formação escolar.
» Atividades e interesses.
» Descrição de pontos fortes e fracos.
» Descrição do cargo, perguntas do candidato.
» Encerramento.

O entrevistador, ao conduzir a entrevista estruturada, fará o seguinte:

» Perguntas gerais, concentrando-se no passado.


» Encorajará o candidato a falar 70% ou 80% do tempo.
» Dará poucas informações sobre o cargo, até certificar-se das qualificações do
candidato.
» Manterá contato visual.
» Ficará à vontade com silêncios e esperará o candidato falar.
» Não fará perguntas pessoais ou comprometedoras.

A entrevista não-estruturada é uma entrevista não-dirigida. É informal e dá


maior abertura ao candidato. O entrevistador fará um esboço dos tópicos que serão
abordados, demonstrará interesse e empatia pelo candidato e iniciará a entrevista
com perguntas gerais, não comprometedoras, tais como: "Conte-me sobre seu
último trabalho". O entrevistador continuará sondando com perguntas do tipo:
"Como as mudanças gerenciais afetaram o seu departamento?" Finalmente, fará
perguntas mais específicas para obter informações definidas: "Quer dizer que você
e o seu novo chefe tinham estilos muito diferentes e decidiram que uma mudança
seria melhor?"
As organizações precisam de pessoas que, além de conhecimento técnico, tenham
como competências essenciais a curiosidade pelo aprendizado, a flexibilidade, a
capacidade de adaptação às mudanças, a facilidade no trato interpessoal e o
sentido de urgência que o mundo atual nos impõe.

Fonte : Washington Sorio

Manual do Novo Emprego - 37


4.03 - Como ter sucesso na entrevista de emprego

Responder ao que foi perguntado e estar


informado sobre a empresa e o cargo valem
pontos na hora da decisão. São detalhes tão
pequenos, mas que podem significar a
diferença entre ser contratado ou estar fora
da jogada.

Headhunters e profissionais de recrutamento


revelam os principais erros de executivos em
entrevistas de emprego e dicas para evitar
gafes e conquistar a vaga. O erro mais comum é falar demais. Em seguida, vêm
falta de conhecimento sobre a companhia ou sobre a posição, ego super inflado e
autoconfiança exagerada.

E o que seria "falar demais"? Ser prolixo, não responder ao que foi perguntado,
desviar do tema e abordar pontos sem relevância. O entrevistado deve dar
exemplos reais de situações de seu dia-a-dia, saber quantificar desempenho
(ganhos, economias), saber falar de seus pontos fracos e mostrar que está
aprendendo a desenvolvê-los.

A postura do candidato conta pontos : Levantar-se e ter um aperto de mão firme,


falar em tom alto e claro, manter olhos nos olhos. O ideal é determinar exatamente
qual foi sua participação nos projetos ou conquistas. Usar a Internet e os contatos
profissionais para levantar informações sobre a empresa e o cargo é lição de casa
essencial.

Se a empresa pergunta : o que você sabe sobre nós? e o candidato só sabe que
eles fazem sabonetes, já dançou... O candidato também deve fazer perguntas e
aproveitar para avaliar o entrevistador. Afinal, trata-se de uma decisão muito
importante. Ele deve questionar quais as implicações daquela posição, por que
aquele posto está aberto, se não houve um programa de sucessão ou a
possibilidade de rotação interna.

Verdade e Referências : A pesquisa da Korn/Ferry revelou que para 87% dos


consultores, os executivos deveriam divulgar terem trabalhado em algum lugar por
um curto período em vez de omitir a informação. Salvo uma situação mais grave, é
perfeitamente natural a pessoa não ter dado certo em uma empresa. Saber lidar
com essa situação é algo tão crítico quanto passar por ela. E não adianta mentir :
mentira tem perna curta e danos enormes. As empresas de recrutamento de
executivos têm muito relacionamento no mercado e mentir "queima" a pessoa para
o resto da vida.

Fonte : Korn / Ferry International

Manual do Novo Emprego - 38


4.04 - Perguntas possíveis na entrevista

Veja a seguir uma seleção das principais questões


levantadas durante uma entrevista de emprego.
Mas atenção, não se trata de decorar, trata-se
apenas de uma ideia para que você não vá para a
entrevista totalmente despreparado.

- Conte-me de você. As empresas, a carreira e o


que fez nesse período...

- Quais são seus pontos fortes?


- Quais são seus pontos fracos?
- Quem foi seu gerente ou diretor? Pode descrevê-lo?
- Com que tipo de personalidade você consegue trabalhar melhor? Por que?
- Por que você quer este emprego?
- Como é que você gostaria de estar em sua carreira profissional daqui a cinco
anos?
- Conte-me da conquista de que você mais se orgulha.
- De que forma estabeleceria sua credibilidade rapidamente com a equipe de
trabalho?
- Como sentiria-se trabalhando para alguém que conhecesse menos do que você?
- Como descreveria a empresa ideal para se trabalhar?
- O que atraiu-lhe a esta empresa?
- O que você procura em termos de desenvolvimento de sua carreira profissional?
- O que você procura em termos de cultura de trabalho : um ambiente já
estruturado ou um ambiente em que você tenha espaço para ser mais
empreendedor?
- De que gosta de fazer?
- Dê alguns exemplos de idéias que teve ou realizou.
- Quais são seus sonhos de vida?
- Qual é o seu objetivo profissional?
- Como você descreveria seu estilo de trabalhar?
- Conte-me de algum caso em que você teve que resolver um conflito no trabalho.
- Qual foi o último livro que leu?
- Quais revistas você gosta?
- Qual seria a situação de trabalho ideal para você?
- Por que devemos contratar-lhe?
- De que característica menos gostou de seu último emprego?
- Qual opinião você tem do seu último chefe?
- Que avaliação você me daria como entrevistador?
- Você quer fazer alguma pergunta?
- Quando foi que sentiu-se mais satisfeito com seu trabalho?
- O que pode fazer neste emprego que os outros candidatos não poderiam fazer?
- Quais são as três coisas positivas que seu último chefe contaria de você?
- Qual é a coisa negativa que seu último chefe contaria de você?
- Qual é o salário e os benefícios que você procura?
- Quais foram suas responsabilidades em seu último emprego?
- Que conhecimento tem desta empresa?
- Que referências tem de nossa empresa?
- Quanto tempo levará para você poder começar a fazer uma contribuição
significativa ao trabalho?
- Se for preciso, estaria disposto a instalar-se em outra cidade ?

Fonte : João Carlos – Novos Planos

Manual do Novo Emprego - 39


4.05 - Negociação salarial

Seguem 10 dicas de como fazer uma boa negociação


salarial :

1. Esteja preparado, faça uma pesquisa de mercado e,


levando em conta suas necessidades, estabeleça um
nível razoável para salário e benefícios adicionais.

2. Seja firme. A maioria dos negociadores procura


escapar com reações hostis.

3. Seja prudente. Mantenha sua proposta em mente. O


objetivo é atingir um acordo que satisfaça a ambas as partes.

4. Controle a ansiedade. Deixe a negociação para o fim da entrevista.

5. Primeiro, a empresa. Quando o empregador faz a proposta antes, você tem a


oportunidade de revisar sua própria proposta. Compare o valor posto na mesa com
a faixa salarial do mercado para chegar a uma conclusão satisfatória.

6. "Quanto você tem em mente?". Para responder a pergunta, dê uma resposta


mais ampla, sem citar valores específicos. Deixe claro que você está familiarizado
com a média do mercado.

7. Comece com o tom certo. Deixe a pessoa saber que você vai ouvir e procurar
entender o ponto de vista da empresa.

8. Tenha uma carta na manga. Crie possíveis soluções para um impasse e coloque-
as na mesa.

9. Deixe claro seus interesses. A negociação deve satisfazer uma lista de


necessidades, não apenas a salarial.

10. Foque em um critério. Fica muito mais fácil ganhar menos no início e um tanto
a mais depois de alguns meses.

Fonte : João Carlos – Novos Planos

Manual do Novo Emprego - 40


4.06 - Atitudes que agradam o entrevistador

Energético – Candidatos que comuniquem uma


grande energia e disposição para trabalhar, se
destacam. Devagar não vende.

Motivado – O desejo de todo empresário é ter


funcionários motivados e, em sua entrevista, você
deve transmitir entusiasmo para trabalhar e
superar dificuldades.

Persistente - A persistência, às vezes, vale mais


do que a inteligência.

Responsável – O candidato que mostra sua preocupação em arcar com suas


responsabilidades e nunca "deixa a peteca cair" é muito desejado.

Honesto – Esse é um problema muito grande nas empresas. Estamos sempre


suspeitando de uma pessoa que fala de sua própria honestidade. É muito melhor
apresentar referências convincentes que comuniquem sua integridade.

Dedicado – O candidato que se dedica ao trabalho, que faz dele sua vida e que
veste a camisa da empresa, é peça fundamental na organização. Você deve tentar
comunicar essa qualidade.

Analítico – Hoje em dia, os candidatos precisam ser calculistas e analisar


profundamente as alternativas. Nas entrevistas comunique essa qualidade.

Orientado para Objetivos – Queremos funcionários que definam e procurem


atingir objetivos.

Fonte : João Carlos – Novos Planos

Manual do Novo Emprego - 41


4.07 - Entrevista de emprego : momento importante

A entrevista de emprego é o momento mais


importante do processo seletivo. Se você chegou
até aqui, já pode se sentir um vitorioso, pois
passou pela primeira etapa, que é a triagem inicial
de currículos, e a segunda, chamada por muitas
empresas e consultorias de entrevista de pré-
seleção, normalmente feita por telefone.

Todos os selecionadores e especialistas em RH


concordam em um ponto: para obter sucesso na
entrevista, é fundamental conhecer, antes de mais nada a você mesmo.
Agora não adianta mais ficar sofrendo por antecipação ou imaginando como será a
entrevista. Esqueça o seu histórico profissional por um tempo e fique atento:

- Chegue 10 a 15 minutos antes do horário combinado.

- Não fale mal do seu emprego anterior, mesmo na sala de espera.

- Trate educadamente todas as pessoas que você falar na empresa, evite


gracinhas, tipo "meu anjo", etc...

- Evite fumar, mascar chicletes, roer unhas e olhar demais no relógio.

- Desligue o celular assim que chegar na empresa.

- Não dê vexame: saiba o nome e cargo exato do entrevistador.

- Reserve tempo suficiente para a entrevista. Não agende mais do que dois
processos por dia.

- Finalmente chegou a sua vez e você foi chamado. Tenha autoconfiança,


demonstre energia e entusiasmo. Saiba vender seu peixe!

- Durante a entrevista, reflita bem antes de responder. Não se precipite, mas


também não enrole.

Fonte : Camila Micheletti

Manual do Novo Emprego - 42


4.08 - Dicas para uma boa dinâmica de grupo

Confira o que os selecionadores esperam de você e


obtenha os melhores resultados. Durante o processo
de seleção, a dinâmica de grupo é uma das fases que
mais preocupam os candidatos. Tentar manter a calma
e ser você mesmo ainda é o melhor a se fazer nesta
situação. No entanto, algumas dicas podem ajudá-lo a
se sentir mais seguro e obter melhores resultados.

A partir de agora, comece a prestar atenção na


maneira como se comporta em família, entre os
amigos, nas horas de trabalho e lazer. Analise, principalmente, as reações das
pessoas ao seu comportamento. Você é bem aceito, respeitado, acatado, seguido?
Como você faz isso? Explicando, negociando, dando ordens, dando feedback ou de
que forma? Lembre-se que na dinâmica você será analisado justamente pelo
comportamento que apresentar, por isso é importante você se conhecer e saber
como pode reagir em cada situação.

Confira as dicas abaixo e veja como se destacar durante a dinâmica:

1 - Preste muita atenção também aos outros participantes, em suas atitudes e


comportamentos.

2 - Fique atento às explicações e orientações para o trabalho a ser realizado.

3 - Não se esqueça de que você está em grupo e os comportamentos que serão


observados valorizarão as suas relações com o grupo.

4 - Não seja afoito, saindo na frente e atropelando tudo e todos.

5 - Não se incomode de ser observado por uma ou mais pessoas.

6 - Não fique perdido no desenrolar da dinâmica, seja ela uma peça de teatro, um
painel de debates ou qualquer outra simulação. Seja um participante adequado o
tempo todo.

7 - Falar muito ou falar pouco? Muitas vezes o que se espera de um candidato é


que encontre alguma solução racional no meio de uma situação totalmente
desconexa.

8 - Solte-se e entre no jogo. Ajude o grupo a conseguir o melhor resultado em


relação ao que foi pedido pelo coordenador.

9 - Deixe as avaliações para depois.

10 - Depois de tudo, se você quiser dar sua opinião, procure a empresa que
realizou a seleção e exponha o seu ponto de vista com segurança.

Fonte : Prof. Aguinaldo Néri

Manual do Novo Emprego - 43


5.01 - O primeiro dia de trabalho na nova empresa

O primeiro dia de trabalho a gente nunca esquece.


Você está em um novo ambiente, cercado de pessoas
desconhecidas e seus modos, reações, roupas e
maneira de falar estão sendo observados. Mesmo que
tenha sido convidado a ser integrante da equipe e seja
alguém de renome no mercado, inevitavelmente
presenciará essa situação.

Para sobreviver a esse dia, vale a pena ter muito bom


humor, simpatia e, principalmente, humildade. Para
vencer essa "batalha", existem alguns conselhos
fáceis para que o novo ambiente de trabalho seja um
lugar amigável e que você não acabe sendo mal-visto
pelos novos colegas. Elaine Fernandes, consultora da
Crossing RH, dá as dicas:

- Ao ingressar em uma empresa, no primeiro dia de trabalho procure ser o mais


discreto possível. Jamais comece falando sobre seus problemas pessoais aos
colegas. Também evite fazer comentários negativos sobre seu ex-chefe, seus ex-
colegas de trabalho, políticas da empresa anterior e, principalmente, revelar
informações confidenciais - a melhor atitude nesse momento é apenas observar e
aguardar ser perguntado.

- Não tente forçar uma personalidade, atitude ou aparência que não lhe são
normais no dia-a-dia, como sorrir em excesso, vestir-se de maneira extravagante,
apertar demais as mãos dos novos colegas, tentar ser engraçado, etc.

- Quando começar a realizar suas tarefas, não demonstre ser o melhor no


assunto, mesmo que você seja. Aceite com humildade as instruções que lhe forem
passadas, mesmo que já domine a função com excelência.

- Se você está mudando apenas de área e não de emprego, não tente mudar
radicalmente suas características pessoais ou atitudes profissionais. Isso poderá
causar um impacto diferente do desejado e até negativo a você e ou ao seu atual
dirigente.

- É fundamental decorar os nomes dos novos colegas, logo nos primeiros dias de
trabalho. Caso você esqueça o nome de alguma pessoa com quem tenha de falar,
procure se informar com outra pessoa, e não com a própria. Além de criar uma
situação constrangedora, você pode sugerir que essa pessoa não lhe pareceu
importante.

- Se você estiver substituindo alguém que deixou a empresa ou o cargo, evite ligar
para essa pessoa no novo emprego ou onde quer que ela esteja - esclareça suas
dúvidas com quem ficou na organização ou com seu superior.

- Sempre peça um feedback sobre seu desempenho. Não se esqueça de revisar os


objetivos a serem atingidos (e o quão próximo está deles) para que se certifique de
que compreendeu a missão da empresa e que está em plena sintonia com ela.

Autora : Carolina Marcondes

Manual do Novo Emprego - 44


5.02 - Administração do tempo : defina prioridades

A administração do tempo é mais do que


controlar as horas, é o gerenciamento de nós
mesmos em relação ao modo como dispomos do
tempo. É a arte de organizar, programar e orçar o
próprio tempo com o propósito de se tornar mais
eficaz e produtivo. Esta arte é especialmente
essencial para quem é dono de seu próprio
negócio, tanto para o grande como para o
pequeno empreendedor e, sobretudo, para o
patrão de si mesmo.

Todos nós temos muitas coisas para fazer e nunca


temos tempo suficiente. Muitas coisas são deixadas inacabadas. Com o passar do
tempo, as tarefas inacabadas se tornam críticas e nos vemos envolvidos em crises,
tendo que parar tudo e agir como bombeiros, apagando incêndios. aímos numa
roda viva: as crises tomam tempo, coisas importantes deixam de ser feitas,
gerando atrasos e novas crises.

Como sair desta roda viva e assumir o controle de como usamos nosso tempo?
Talvez você pense em adquirir um sofisticado software para agendar e gerenciar
suas atividades. Tudo bem se você gosta destes tipos de aplicativos mas, na
verdade, isto não é o essencial. Basta uma simples folha de papel, pois o essencial
é sua atitude de considerar seu tempo um recurso valioso que deve ser usado com
inteligência e criatividade. Tenha sempre em mente que tempo perdido é tempo
irrecuperável, você não pode fazer o relógio voltar atrás. Você pode repor o leite
derramado; quanto ao tempo perdido, só lhe resta chorar.

O segredo do sucesso : as coisas mais importantes em primeiro lugar.

Priorizar significa fazer escolhas sobre o que é e o que não é importante. Para
priorizar efetivamente, você precisa ser capaz de reconhecer o que é importante,
bem como ver a diferença entre urgente e importante. As tarefas importantes, ou
altamente prioritárias, são aquelas que nos ajudam a atingir nossos objetivos de
longo prazo ou que podem ter outras conseqüências significativas no longo prazo.
São tarefas com impactos relevantes sobre nossos objetivos, sonhos, planos e
estratégias.

À primeira vista, muitas tarefas do dia-a-dia parecem igualmente importantes e


urgentes. Contudo, uma olhada mais cuidadosa revela que muitas tarefas urgentes
não são realmente importantes num enfoque de longo prazo. Ao mesmo tempo,
coisas que são muito importantes, como melhoria de métodos, criação de novos
produtos, melhoria de nossas competências, mais tempo com a família, ampliação
da rede de relacionamentos, freqüentemente não são urgentes. Como bem disse o
General Eisenhower, comandante das forças aliadas na Segunda Guerra Mundial:
"O importante é raramente urgente e o urgente é raramente importante".

Fonte : Jairo Siqueira

Manual do Novo Emprego - 45


5.03 - Dicas de liderança

Ao longo de mais de trinta anos de minha carreira,


pude perceber que algumas pessoas já nascem
líderes e outras dominam essa habilidade ao longo da
vida. Você também pode exercitar e adquirir essas
habilidades essenciais de liderança através de
treinamento, analisando situações simples e práticas
ao longo de cada dia.

Relato a seguir algumas dicas para que você comece a dominar essas habilidades:

 Valorize a qualidade, nunca diga "assim está bom...", melhore;


 Sempre envolva sua equipe na sua busca da qualidade;
 Aprenda sempre novas lições importantes;
 Faça sempre cursos de reciclagem, aprimore suas habilidades;
 Ao dar treinamento, tire disso novos aprendizados também;
 Seja um exemplo para sua equipe; Seja sempre flexível;
 Use os projetos para aprender mais sobre outras áreas;
 Fique amigo de pessoas de outras áreas, entenda o trabalho delas;
 Faça uma avaliação com calma sobre como se comportar em cada situação;
 Alcance metas com sua equipe, sozinho você é ninguém;
 Um líder sempre olha bem mais à frente, tenha uma visão geral;
 Se for resistir à alguma mudança, reflita primeiro;
 Tente melhorar seus pontos fortes;
 Ponha suas ambições no papel e faça um check-list;
 Acompanhe com entusiasmo cada cumprimento de objetivo na sua vida;
 Ouça sempre a sua equipe com atenção, seja conveniente;
 Nunca selecione alguém só para quebrar um galho;
 Invista no potencial da equipe, lute por eles;
 Faça com que as pessoas se orgulhem de você;
 Diante de alguma resistência, sempre procure entender a razão;
 Esteja sempre aberto às boas e más notícias;
 Delegue. Ao delegar você fortalece e estimula a confiança;
 Nunca procure fazer tudo sozinho;
 Não estipule metas impossíveis de serem atingidas;
 Administre seu tempo, delegue mais tarefas;
 Deixe sua porta sempre aberta; Seja sempre o mais franco possível.

Fonte : João Carlos – Novos Planos

Manual do Novo Emprego - 46


5.04 - O segredo do sucesso profissional

Somada ao conhecimento acadêmico e curricular,


a visão é uma característica que forma um
profissional apto e diferenciado. "Só aplica na
prática o que aprendeu na teoria, de maneira
eficaz, aquele que tem visão, fazendo acontecer
conforme os objetivos definidos pela empresa. É
preciso adaptar todos os cases estudados em sala
de aula ao seu caso específico".

Realmente, não existe nenhuma fórmula mágica


que possa ser usada por todos para chegarem ao
sucesso profissional. Muitos estudiosos, porém, já realizaram constatações sobre o
tema. Herb Greenberg e Patrick Sweeney, autores do livro "O sucesso tem
fórmula?", por exemplo, listaram os atributos daqueles que alcançaram o "topo".

Dentre eles, estão otimismo, paixão pelo que faz, integridade, resiliência, empatia,
competitividade, segurança, paciência e integridade. Veja os demais abaixo :

Perseverança : não desistir no primeiro "não" ou se disserem que não possui


capacidade;

Foco no objetivo : a carreira deve ser um projeto importantíssimo na vida;

Autoconhecimento : saber pontos fortes e fracos, para poder se controlar em


determinadas situações;

Enfrentar riscos : vencedores têm disposição para assumi-los;

Agir sob pressão : apresentam bom desempenho em qualquer ambiente;

Fonte : Portal InfoMoney

Atenção : Esta obra tem caráter meramente educativo e fica expressamente proibida a sua
comercialização, podendo ser reproduzida desde que sejam mencionados seus autores e ou
suas fontes.

Manual do Novo Emprego - 47