Вы находитесь на странице: 1из 9

ATOMÍSTICA

MODELOS ATÔMICOS

MODELO ATÔMICO DE DALTON: o átomo é constituído de uma pequena esfera maciça indivisível e indestrutível.

de uma pequena esfera maciça indivisível e indestrutível. MODELO ATÔMICO DE THOMSON : o átomo é

MODELO ATÔMICO DE THOMSON: o átomo é constituído de uma porção material não maciça positiva na qual estão incrustados os elétrons de carga negativa para neutralizar e estabilizar a massa positiva.

negativa para neutralizar e estabilizar a massa positiva. MODELO o átomo é constituído de uma região

MODELO

o

átomo é constituído de uma região central pequena , densa e carregada positivamente chamada de núcleo em volta da qual estão circulando os elétrons com a finalidade de neutralizar o núcleo.

ATÔMICO

DE

RUTHERFORD:

finalidade de neutralizar o núcleo. ATÔMICO DE RUTHERFORD: MODELO ATÔMICO é constituído de uma região central

MODELO

ATÔMICO

é

constituído de uma região central pequena, densa e carregada positivamente chamada de núcleo, em volta da qual estão circulando os elétrons em órbitas estacionarias, circulares e concêntricas, sem perder energia na forma de ondas eletromagnéticas.

DE

BOHR:

o

átomo

na forma de ondas eletromagnéticas. DE BOHR: o átomo Obs 1 . Os elétrons só podem

Obs 1 . Os elétrons só podem percorrer determinadas órbitas, não perdendo energia na forma de ondas eletromagnéticas nessas órbitas.

Obs 2 . Os elétrons só podem ganhar ou perder energia quando passam de uma orbita para outra.

Obs 3 . O elétron ganha energia quando passa de uma órbita interna para uma órbita externa e perde energia quando passa de uma órbita externa para uma órbita interna.

M Ganha N energia Perde energia (Luz) 3 4
M
Ganha
N
energia
Perde
energia
(Luz)
3
4

ESTRUTURA ATÔMICA

O Átomo é constituído de uma região central chamada de núcleo onde encontramos prótons (de carga positiva) e nêutrons (desprovidos de carga) e uma região periférica chamada de eletrosfera onde encontramos os elétrons (de carga negativa).

onde encontramos os elétrons (de carga negativa). ÁTOMO PRÓTON NÚCLEO NÊUTRON ELETROSFERA ELÉTRON

ÁTOMO

PRÓTON NÚCLEO NÊUTRON ELETROSFERA ELÉTRON
PRÓTON
NÚCLEO
NÊUTRON
ELETROSFERA
ELÉTRON
 

MASSA

CARGA

DESCOBRIDOR

PRÓTON

1

+1

GOLDSTEIN

NÊUTRON

1

0

CHADWICK

ELÉTRON

1 / 1836

- 1

THONSOM

ESTUDO DO NÚCLEO

NÚMERO DE PRÓTONS: Indica a quantidade de prótons existente no núcleo atômico.

NÚMERO DE NÊUTRONS: Indica a quantidade de nêutrons existente no núcleo atômico.

NÚMERO DE MASSA: Indica a quantidade total de nucleontes ( prótons e nêutrons ) existente no núcleo atômico. [ A = P + N ].

[ A = P + N ]

[ P = A - N ]

[ N = A - P ]

[ A = P + N ]. [ A = P + N ] [ P

A=30

31

30

A15

B16

C N=16

15

P=15

14

A = P + N

P = A N

N = A P

A = 15 + 15

P = 31 16

N = 30 14

A = 30

P = 15

N = 16

FENÔMENOS ATÔMICOS

ISOTOPIA: é o fenômeno onde os átomos apresentam o mesmo número de prótons e diferente número de massa. Sendo os átomos chamados de isótopos.

ISOTONIA: é o fenômeno onde os átomos apresentam o mesmo número de nêutrons e

diferente número de massa. Sendo os átomos chamados de isótonos

ISOBARIA: é o fenômeno onde os átomos apresentam o mesmo número de massa e diferente número de prótons. Sendo os átomos chamados de isóbaros.

químicas

(átomos e íons) que apresentam o mesmo número de elétrons.

ISOELETRÔNICOS:

são

espécies

 

PRÓTON

NÊUTON

MASSA

ISÓTOPOS

=

=
=
=
=

ISOTONOS

=
=

=

=
=

ISOBAROS

=
=
=
=

=

ISOELETRÔNICOS = NÚMERO DE ELÉTRONS

X = átomo

A

= massa

N

= nêutrons

Pou Z = prótons

A

X N

P ou Z

ÁTOMO: é a menor porção de um elemento

químico

que

conserva

as

propriedades

do

elemento.

 

ELEMENTO

QUÍMICO:

é

um

conjunto

de

átomos

que

apresentam

o

mesmo

número

atômico.

ÁTOMO: É um sistema neutro onde o número de prótons é igual ao número de elétrons.

ÍON: É toda espécie química dotada de carga, onde o número de prótons é diferente do número de elétrons.

CÁTION: É todo íon de carga positiva, onde o número de prótons é maior que o número de elétrons.

ÂNION: É todo íon de carga negativa, onde o número de prótons é menor que o número de elétrons.

16

- 2

A

P = 16 e = 18

[ P = e + c ]

- 2

16 A

+ 2

20 B

P = 20 e = 18

[ e = P c ]

+ 2

20 B

e

= P c

e = P c

e

= 16 ( 2 )

e = 20 ( + 2)

e

= 16 + 2

e = 20 2

e

= 18

e = 18

EXERCÍCIOS

01-

Relacione corretamente as colunas I e II

de

cima para abaixo.

I

(I )Thomson

)Thomson

II

(II )Bohr

)Bohr

III

(III )Dalton

)Dalton

IV

(IV )Rutherford

)Rutherford

a)

I , III , II , IV

b)

IV , II , I , III

c)

IV , III , I , II

d)

I , III , IV , III

e)

IV , III , II , I

02-

03-

04-

05-

Dado o

Determine prótons, nêutrons e elétrons

respectivamente deste íon.

a) 15, 16 e 18

b) 15, 16 e 15

c) 15, 16 e 31

d) 16, 15 e 18

e) 16, 18 e 31

massa 31.

íon

-

3

15

P

de

Dados dois átomos A e B isóbaros ,

onde o átomo A apresenta prótons igual

a (3X-3) e nêutrons igual a (3X-1) e o átomo B apresenta prótons igual a (2X+1) e nêutrons igual a (2X+5). Determine prótons, nêutrons e massa respectivamente do átomo A .

a) 11, 14 e 26

b) 11, 15 e26

c) 12, 14 e26

d) 12, 15 e 27

e) 11, 14 e 25

Dados três átomos A, B e C , onde A e B são isótopos, B e C são isótonos e A e C são isóbaros . Sabendo-se que a massa de B e 48, a somatória de prótons

de A, B e C é igual 69 e a somatória de

nêutrons de A, B e C é igual a 81. Determine prótons, nêutrons e massa do átomo A .

a) 22, 26 e 48

b) 25, 26 e 51

c) 25, 29 e 51

d) 22, 26 e 51

e) 22, 29 e 51

O cátion potássio (K) de carga +1 e 19

prótons é isoeletrônico do ânion enxofre

16 nêutrons .

(S)

de

carga

-2

e

Determine prótons, elétrons e massa do ânion enxofre. se que a somatória de prótons de
Determine prótons, elétrons e massa do
ânion enxofre.
se que a somatória de prótons de A, B e C
é
igual a 136 e a somatória de nêutrons
a) 16, 18 e 32
b) 16, 16 e 32
de A, B e C é igual a 152. Determine
prótons, nêutrons e massas de A, B e C.
c) 18, 16 e 34
d) 18, 18 e 36
e) 19, 18 e 32
06-
Os principais íons que participam do
equilíbrio hidroeletrolítico das células são
( 11 Na +1 , 19 K +1 , 17 Cl -1 , 20 Ca +2 ). Com
base nessas informações determine o(s)
íon(s) que não altera(m) a sua
configuração em número de camadas ao
voltar para o estado neutro .
a)
19 K +1
b)
11 Na +1 e 17 Cl -1
c)
20 Ca +2
d)
19 K +1 e 20 Ca +2
e)
17 Cl -1
11- Se o cátion Cálcio de carga +2, massa 40
07-
Determine
os
números
Quânticos do
e
20 nêutrons é isoeletrônico do ânion
elétron diferencial do elemento usado no
combate a cárie , utilizado pela cosanpa e
consultórios odontológicos.
( 9 F , 17 Cl , 11 Na , 20 Ca , 16 O)
fósforo de carga – 3 e 16 nêutrons.
Determine prótons, elétrons e massa do
ânion fósforo.
a) n =2
L =1
m = 0
b) n =2
L =1
m = 0
c) n =3
L =0
m = 0
d) n =3
L =1
m = 0
e) n =4
L =0
m = -1
s = +1/2
s = -1/2
s = -1/2
s = +1/2
s = +1/2
08- Dados números quânticos do elétron
diferencial do elemento que participa da
constituição da hemoglobina (n = 3, L = 2,
m = -2, s = -1/2 ). Determine o número
atômico e a massa deste elemento que
apresenta 30 nêutrons.
a) 25 e 55
ESTUDO DA ELESTROFERA
b) 26 e 56
c) 24 e 54
 CAMADA OU NÍVEL: É a região do átomo
d) 26 e 54
onde o elétron se move sem perder energia
e) 25 e 56
,
indicando a distância que o elétron se
encontra do núcleo, determinando assim a
09-
Dados dos átomos A e B isóbaros, onde o
átomo A apresenta prótons (5x - 3) e
energia potencial do elétron.
nêutrons ( 5x – 1) e o átomo B apresenta
prótons ( 4x + 4) e nêutrons ( 5x + 1) .
Determine prótons, nêutrons e massa dos
átomos A e B.
1. NÚMERO
QUÂNTICO
PRINCIPAL
(n)
Indica
a
camada
em
que
o
elétron
se
encontra.
CAMADA
K M
L
N
O
P
Q
n
1 3
2
4
5
6
7
SUB-NÍVEL UO SUB-CAMADA: Indica a
forma do orbital em que o elétron
se
encontra, fornecendo assim o tipo de
movimento do elétron, determinando então
a
energia cinética do elétron.
Sub-nível s
sub-nível p
10-
Dados três átomos A, B e C de massas
pares e consecutivas , onde A e B são
isótopos e A e C são isótonos. Sabendo-
Y
X
Z

Orbital s

Orbital s Orbital p 2. NÚMERO QUÂNTICO SECUNDÁRIO OU AZIMUTAL ( l ) Indica a sub-camada
Orbital p
Orbital p

2. NÚMERO QUÂNTICO SECUNDÁRIO OU

AZIMUTAL (l) Indica a sub-camada em que

o

elétron se encontra.

 

l 0 à ( n 1)

   

Sub-camada

s

p

d

f

 
 

L

0

1

2

3

K

L

M

l = 0 à n – 1 l = 0 à n – 1 l
l
= 0 à n – 1
l = 0 à n – 1
l = 0 à n – 1
l
= 0
l = 0 à 2 – 1
l = 0 à 1
l = 0 , 1
l = 0 à 3 – 1
l = 0 à 2
l = 0 , 1 , 2
s
s
p
s
p
d
l =0
l =0
l =1
l =0
l =1
l =2
n=1
n=2
n=3

ORBITAL: É a região do átomo onde se tem

a

maior probabilidade de encontrar o elétron

.

3.

NÚMERO QUANTICO MAGNÉTICO (m)

Indica o orbital em que

o

elétron

se

encontra, e a orientação espacial do orbital.

 

m = ( - l à

+ l )

   

s

     
 

↑↓

p

↑↓

↑↓

↑↓

 

d

↑↓

↑↓

↑↓

↑↓

↑↓

 

f

↑↓

↑↓

↑↓

↑↓

↑↓

↑↓

 

↑↓

 

-3

-2

-1

0

+1

+2

+3

s

l = 0

m = - l à + l

m = 0

 

p

l = 1

m = - l à + l

m = -1 à +1

 
 

m

= -1, 0, +1

 

d

l = 2

m = - l à + l

m = - 2 à +2

 
 

m

= - 2, - 1, 0, +1, +2

 

f

l = 3

m = - l à + l

m = - 3 à +3

 
 

m

=- 3, - 2, - 1, 0, +1, +2, +3

4.

NÚMERO QUÂNTICO SPIN (s) Indica o sentido de rotação do elétron.

F . R . E

- -
-
-
Indica o sentido de rotação do elétron. F . R . E - - F .
F . A . M
F
. A
. M
S = + ½ S = - ½
S = + ½
S = - ½
do elétron. F . R . E - - F . A . M S =

DISTRIBUIÇÃO ELETRÔNICA

É feita na ordem crescente de energia;

O elétron irá ocupar primeiro nível e Sub- Nível de menor conteúdo energético

disponível;

A energia do elétron é dada pela soma (n+ l );

O elétron terá maior conteúdo energético quanto maior for a soma (n+ l );

Quando a soma (n+ l ) de dois elétrons for igual, terá maior energia aquele que apresentar maior valor de (n)

Um

átomo

encontra-se

no

estado

fundamental,

quando

seus

elétrons

apresentam

menor

conteúdo

energético

possível.

 

DIAGRAMA DE LINUS PAULING

1

2 3 4 1 1s 2 5 6 2 2s 2 2p 6 7 3
2
3
4
1 1s 2
5
6
2 2s 2
2p 6
7
3 3s 2
3p 6
3d 10
4 4s 2
4p 6
4d 10
4f 14
5 5s 2
5p 6
5d 10
5f 14
6 6s 2
6p 6
6d 10
7 7s 2
7p 6

8

K=2

L=8

M=18

N=32

O=32

P=18

Q=8

Configuração na ordem energética

1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 6 4s 2 3d 10 4p 6 5s 2

1

2

3

4

5

4d 10 5p 6 6s 2 4f 14 5d 10 6p 6 7s 2 5f 14 6d 10 7p 6

6

7

8

Configuração na ordem geométrica

1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 6 3d 10 4s 2 4p 6 4d 10 4f 14

 

L

M

N

O

P

 

Q

CONFIGURAÇÃO EM ÍONS

 

13 A+3

1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 1 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 1

K

 

L

M

(1s 2 2s 2 2p 6 ) +3

 
 

4

8 O 2

1s 2 2s 2 2p 1s 2 2s 2 2p

(4 +2)

 

K

 

L

orbital

 

pode

receber

o

seu

segundo

elétron,

se

os

demais

orbitais

estiverem

semi-preenchidos.

 

4

   

= 1 m = - 1

   
 
↑↓ ↑ ↑
↑↓

s = -1/2

-1

0

+1

 
 

=

   

4

             

m

=

-2

-1

 

0

+1

 

+2

s

=

 

=

                   

m =

-3

-2

 

-1

0

+1

+2

 

+3

s =

Configuração com Gás Nobre

 

1º [

 

2 He]

2s

2p

3s

2º [ 10 Ne]

3s

3p

4s

3º [ 18 Ar]

4s

3d

 

4p

5s

4º [ 36 Kr]

5s

4d

5p

6s

5º [ 54 Xe]

6s

4f

5d

6p

7s

 

6º [ 86 Rn]

7s

5f

6d

7p

 

8s

K

5s 2 5p 6 5d 10 5f 14 6s 2 6p 6 6d 10 7s 2 7p 6

1. Faz-se a configuração para o átomo neutro

2. Para cátion: retira-se os elétrons perdidos da ultima camada

3. Para ânion: adiciona-se os elétrons ganhos na última camada

4. Representa-se na configuração eletrônica final a carga do íon

(1s 2 2s 2 2p 6 ) -2 Configuração em Sub-Nível e Orbitais

1. O primeiro elétron que entra no Sub-Nível orienta a entrada dos demais elétrons, até que se faça necessário a entrada dos elétrons no sentido contrário;

2. Regra de Hund: Em um Sub-Nível, um

3. Princípio da Exclusão de Pauli: Em um orbital cabem no máximo dois elétrons de spins contrários.

p

d

f 12

Ex 1 : 26 Fe

[ 18 Ar]

4s 2

3d 6

Ex 1.1 : 25 Mn

Ex 2 : 19 K

[ 18 Ar]

4s 1

Ex 2.2 : 20 Ca

Ex 3 : 36 Kr

[ 18 Ar]

4s 2

3d 10

4p 6

Ex 3.3 : 54 Xe

Ex 4 : 34 Se

[ 18 Ar]

4s 2

3d 10

4p 4

Ex 4.4 : 51 Sb

Ex 5 : 61 Pm

[ 54 Xe]

6s 2

4f 5

Ex 5.5 : 57 La

Ex 6 : 92 U

[ 86 Rn]

7s 2

5f 4

Ex 6.6 : 96 Cm

Configuração no Sub-Nível P

P x P y P z ↑↓ ↑↓ ↑↓ -1 0 +1 Y X Z
P x
P y
P z
↑↓
↑↓
↑↓
-1
0
+1
Y
X
Z
Px 1 P y Pz ↑ Px 1 Py 1 Pz ↑ ↑ Px 1
Px 1
P y
Pz
Px 1
Py 1
Pz
Px 1
Py 1
Pz 1
Px 2
Py 1
Pz 1
↑↓
Px 2
Py 2
Pz 1
↑↓
↑↓
Px 2
Py 2
Pz 2
↑↓
↑↓
↑↓

TABELA PERÍODICA

A tabela periódica atual é constituída de

18 famílias na vertical e 7 períodos na horizontal, organizados em ordem crescente de número atômico, com um total de 114 elementos. Lei de Moseley ou lei da periodicidade: os elementos apresentam propriedades que variam periodicamente com o aumento do numero atômico

CLASSIFICAÇÃO DOS PERIODOS:

   

N.º DE

PERÍODO

CLASSIFICAÇÃO

ELEMENTOS

1º PERÍODO

MIUTO CURTO

2

2º PERÍODO

CURTO

8

3º PERÍODO

CURTO

8

4º PERÍODO

LONGO

18

5º PERÍODO

LONGO

18

6º PERÍODO

MUITO LONGO

32

7º PERÍODO

INCOMPLETO

28

CLASSIFICAÇÃO DOS ELEMENTOS:

QUANTO AS PROPRIEDADES:

1. METAIS:

Localizam-se a esquerda na tabela periódica, constituindo um grupo de ( 89 + 3 = 92 ) elementos;

Apresentam em geral de 1à 3 elétrons na camada de valência;

Apresentam elevada Eletropositividade, isto é, tendência de perder elétrons;

Apresentam elevado ponto de fusão e elevado ponto de ebulição;

São bons condutores de calor e eletricidade;

Apresentam cor que varia de acizentada a prateado; com exceção de ouro (Au) cobre (Cu) que apresentam cor amarelada;

Encontram-se todos no estado sólido , com exceção do mercúrio (Hg) que encontra-se no estado líquido;

Apresentam Maleabilidade e Ductibilidade

OBS 1 : Maleabilidade é a propriedade que permite os metais serem transformados em lâminas.

OBS 2 : Ductibilidade é a propriedade que permite os metais serem transformados em fios.

2. AMETAIS OU NÃO METAIS:

Localizam-se a direita na tabela periódica, constituindo um grupo de ( 11+ 5 = 16 ) elementos;

Apresentam em geral de 5 à 7 elétrons na camada de valência;

Apresentam elevada Eletronegatividade, isto é, tendência de ganhar elétrons;

Apresentam baixo ponto de fusão e baixo ponto de ebulição, com exceção do carbono que apresenta elevado ponto de fusão e elevado ponto de ebulição;

OBS: O carbono apresenta ponto de fusão aproximadamente igual a 3700ºC e ponto de ebulição aproximadamente 4800ºC;

São maus condutores de calor e eletricidade, por isso são chamados de isolantes;

OBS: O carbono na forma de grafite é capaz de conduzir corrente elétrica.

Apresentam cores variadas;

Não apresentam Maleabilidade e

Ductibilidade; Encontram-se nos três estados físicos ( GASOSO: N, O, F, Cl LÍQUIDO: Br SÓLIDO: C, P ,S, Se, I, At )

3.

SEMI-METAIS:

Localizam-se entre os metais e não metais, constituindo um grupo de 7 elementos no estado sólido;

Apresentam propriedades intermediárias entre as propriedades dos metais e as propriedades dos não metais;

As propriedades físicas são semelhantes as propriedades dos metais em quanto que as propriedades químicas são semelhantes as propriedades dos não metais;

Pela nova classificação foram redistribuídos entre os metais (Ge, Sb, Po ) e não metais ( B, Si, As, Te )

4.

GASES NOBRES:

Localizam-se a direita da tabela periódica, constituem um grupo de 6 elementos no estado gasoso;

Apresentam 8 elétrons na última camada;

Apresentam estabilidade eletrônica;

Não realizam ligações químicas em condições normais , a não ser quando estimulados em laboratórios;

Não aparecem constituindo compostos químicos, por não realizarem ligações;

5. HIDROGÊNIO:  Localiza-se a esquerda da tabela periódica sobre a família 1A no primeiro
5.
HIDROGÊNIO:
Localiza-se a esquerda da tabela periódica
sobre a família 1A no primeiro período,
constituindo um grupo de um elemento no
estado gasoso;
É constituído de três isótopos
( PRÓTIO , DEUTÉRIO , TRÍTIO )
1 H 1
1 H 2
1 H 3
I
IV
II
II

II

II

CLASSIFICAÇÃO DOS ELEMENTOS:

QUANTO A CONFIGURAÇÃO ELETRÔNICA:

1. ELEMENTOS REPRESENTATIVOS:

Apresentam a última camada incompleta;

Apresentam configuração eletrônica terminando em Sub-Nível s ou p;

Pertencem as famílias (1 ou 1A, 2 ou 2A,

13

ou 3A, 14 ou 4A , 15 ou 5A , 16 ou 6A ,

17

ou 7A )

Apresentam fórmula geral

ns 2 np x ( 1 à

5 )

OBS 1 : Pela classificação anterior a família é dada pela soma dos elétrons da última camada.

OBS 2 : Pela classificação atual a família é dada pela soma dos elétrons da última camada quando termina em Sub-Nível s e quando termina em Sub-Nível p é dada pela soma dos elétrons da última camada + dez (10 )

O

camadas.

OBS 3 :

período

é

dado

pelo

número

de

grup

FAMÍLIAS

F.G.

S.E.

ELEMENTOS

1 /1A

METAIS

ns 1

 

1 Li, Na, K, Rb, Cs, Fr

ALCALINOS

2 /2A

MET. ALCALIN.

ns 2

 

2 Be, Mg, Ca, Sr, Ba, Ra

TERROSOS

13/3A

BORO

ns 2 np 1

3/13

B, Al, Ga, In, Tl

14/4A

CARBONO

ns 2 np 2

4/14

C, Si, Ge, Sn,Pb

15/5A

NITROGÊNIO

ns 2 np 3

5/15

N, P, As, Sb, Bi

16/6A

CALCOGÊNIO

ns 2 np 4

6/16

O, S, Se, Te, Po

17/7A

HALOGÊNIOS

ns 2 np 5

7/17

F, Cl, Br, I, At

Li

Na França Kom

Li, Na, K, Rb, Cs, Fr

Césio e Rubídio

Sr. Ca Ra Be Ba

Be, Mg, Ca, Sr, Ba, Ra

Magnésio

As Bíblias Para Nossa

N, P, As, Sb, Bi

Sabedoria

O

S Se Te Pobres

O, S, Se, Te, Po

F I At Branco Claro

F, Cl, Br, I, At

2. ELEMENTOS DE TRANSIÇÃO EXTERNA:

Apresentam a penúltima camada incompleta;

Apresentam configuração eletrônica terminando em Sub-Nível d;

Pertencem as famílias ( 3 /3B, 4 / 4B, 5 / 5B, 6 / 6B , 7 / 7B , 8 / 8B , 1 / 1B, 2 / 2B

Apresentam fórmula geral

ns 2 (n 1 )d Y ( 1 à 10 )

)

OBS 1 :A família é dada pela soma dos elétrons do sub-nível s da última camada com os elétrons do sub-nível d da penúltima camada. OBS 2 : O período é dado pelo número de camadas.

FAMÍLIA

FÓRMULA

SOMA DE

1º ELEM.

GERAL

ELÉTRONS

DA

FAMÍLIA

GRUPO 3/ 3B

ns 2 (n 1 )d 1

3

Sc

GRUPO 4 /4B

ns 2 (n 1 )d 2

4

Ti

GRUPO 5 /5B

ns 2 (n 1 )d 3

5

V

GRUPO 6 /6B

ns 2 (n

ns 1 (n 1 )d 5

1 )d

4

6

Cr

GRUPO 7 /7B

ns 2 (n 1 )d 5

7

Mn

GRUPO 8 /8B

ns 2 (n 1 )d 6

8

Fe

GRUPO 9 /8B

ns 2 (n 1 )d 7

9

Co

GRUPO10/8B

ns 2 (n 1 )d 8

10

Ni

GRUPO11/1B

ns 2 (n

ns 1 (n 1 )d 10

1 )d

9

11

Cu

GRUPO12/2B

ns 2 (n 1 )d 10

12

Zn

3. ELEMENTOS DE TRANSIÇÃO INTERNA:

Apresentam a antepenúltima camada incompleta;

Apresentam configuração eletrônica terminando em Sub-Nível f;

Pertencem as séries dos lantanídios e actinídios da família B

Apresentam fórmula geral

ns 2 (n 2 )f w ( 1 à 14 )

OBS 1 : Os elementos pertencentes a série dos lantanídios apresentam configuração eletrônica terminando em Sub-Nível 4f.

OBS 2 : Os elementos pertencentes a série dos actinídios apresentam configuração eletrônica terminando em Sub-Nível 5f. OBS 3 : O período é dado pelo número de camada.

OBS 4 : O número de elétrons do Sub-Nível f determina a posição do elemento na série.

Série dos lantanídios

   

10

11

12

13

14

4f

Série dos actinídios

   

10

11

12

13

14

5f

 

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

f

1

f

f

f

f

f

f

f

f

f

f

f

f

f

4. GASES NOBRES:

Apresentam a última camada com oito elétrons ;

Apresentam configuração eletrônica terminando em sub-nível p 6 ;

São elementos pertencentes a família 18;

Apresentam fórmula geral

ns 2 p 6
ns 2 p 6

OBS: A família é dada pela soma dos elétrons da última camada com dez.

OBS: O período é dado pelo número de camadas.

I II II III
I
II
II
III

IV

I V

I

GASES NOBRES

II

REPRESENTATIVOS

III

TRANSIÇÃO EXTERNA

IV

TRANSIÇÃO INTERNA

EXERCÍCIO

01- Qual o grupo de elementos que pertencem a família dos metais alcalinos.

a) K, Na, Li b) Ca, Ba, Mg

c) O, S, Se d) F, Cl, Br

e) K, Ca, Cl

02- De acordo com a figura abaixo, os metais, semi-metais, não metais, gases nobres são representados respectivamente por:

a) III, II, IV, I b) I, II, IV, III IV I c) I,II, III,
a) III, II, IV, I
b) I, II, IV, III
IV
I
c) I,II, III, IV
II
d) I, I, III, IV
III
e) I, III, II, IV
03- Dê a
família
e
o período do átomo X de

atômico

elemento.

a) família lA, 4º período, K

número

20

e

qual o possível

b) d) família 6A, 4º período, Cl

c) família 2A, 4º período, Ca

d) família 6A, 4º período, Cl

e) família 7A, 4º período, Mg

04- O elemento que apresenta número atômico 16 é classificado como:

a) transição externa

b) transição interna

c) gás nobre

d) representativo

e) Hidrogênio

05- Relacione corretamente as colunas:

I.

Família 1A

(

)Ne

a) I, II, IV, III, V

II.

Família 2A

(

)O

b) IV, III, II, I, V

III

Família 6A

(

)Ca

c) V, II, I, III, IV

IV

Família 7A

(

)Na

d) V, IV, III, II, I

V

gás nobre

(

)C l

e) V, III, II, I, IV

06- O ar é uma mistura de vários gases. Dentre

eles, são gases nobres:

a) nitrogênio, oxigênio, argônio

b) argônio, hidrogênio, nitrogênio

c) hélio, hidrogênio, oxigênio

d) hélio, argônio, neônio

e) nitrogênio, oxigênio, hidrogênio

07- Resolva a questão com base na análise das afirmativas a seguir:

I- Em um mesmo período, os elementos apresentam o mesmo número de níveis II- Os elementos do grupo 2A apresentam, na última camada, a configuração geral

ns 2 .

III- Quando o Sub-Nível mais energético é tipo s ou p, o elemento é de transição. IV- Em um mesmo grupo, os elementos apresentam o mesmo número de camadas. Conclui-se que, com relação à estrutura da classificação periódica dos elementos, estão corretas as afirmativas:

a)

I e II

d) II e IV

b) I e III

e) III e IV

c) II e III

08- Relacione os elementos da coluna I com

suas respectivas famílias da coluna II.

COLUNA I

1- Na

2- Ca

3- O

4- Cl

5- Ne

a) 2, 3, 4, 1, 5

b) 2, 3, 5, 1, 4

c) 2, 3, 4, 5, 1

d) 1, 3, 4, 2, 5

e) 1, 3, 5, 2, 4

COLUNA II ( ) alcalino terroso(2A) ( ) calcogênio (6A) ( ) Gás nobre ( ) alcalino (1A) ( ) Halogênio (7A)

09- Qual grupo de elementos apresenta elevada eletropositividade, maleabilidade e de 1 a 3 elétrons na última camada.

a) Hidrogênio

b) Metais

c) Semi-metais

d) Ametais

e) Gases nobres

10- Qual a alternativa que apresenta um metal alcalino (1A), metal alcalino Terroso(2A), calcogênio (6A), halogênio (7A) e gás nobre respectivamente.

a) K, Zn, C, N, He

b) Ag, Ca, O, S, Ar.

c) Ca Na, Cl, O, Xe

d) Na, Ca, O, Cl, Ne

e) K, Ba, N, O, Rn.

11- Se a distribuição eletrônica do átomo R é:

1s 2 2s 2

2p 6 3s 2 3p 6 4s 2

3d 10 4p 3 ; então, R:

a) pertence ao subgrupo IIIA.

b) apresenta o último orbital p completo

c) pertence à família do nitrogênio

d) é do grupo B

e) está no 3º período da tabela periódica

12- Dos

elementos

X

e

fundamental, são:

Y,

no

estado

X: 1s 2 2s 2

2p 6

3s 2 3p 6 4s 2

3d 10 4p 6

5s 2

Y: 1s 2 4d 2

2s 2

2p 6

3s 2

3p 6 4s 2

3d 10

4p 6

5s 2

Identifique a afirmação incorreta:

a) ambos pertencem ao 5º período da tabela periódica

b) X é metal de transição interna

c) Y é metal de transição

d) possuem, respectivamente, números atômicos 38 e 40

e) X pertence à família 2A e Y à família 4B da tabela periódica

13- Um

apresenta

propriedades químicas semelhantes à do oxigênio. A pode ter configuração eletrônica: ( Dado: número atômico do

oxigênio = 8).

elemento

químico

A

a) 1s 2 2s 2 2p 6

b) 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2

c) 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 1

d) 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 3

e) 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 4

14- Na classificação periódica, os elementos de configuração:

1s 2 2s 2

2p 6 3s 2 3p 2

1s 2 2s 2

2p 6 3s 2 3p 6

3d 10

4s 2

Estão, respectivamente, nos grupos:

a) IVA e IVB

d) IIA e IIB

b) e) IIB e IIA

c) IVB e IIA

IVA e IIB

15- A que família e período pertence o átomo que apresenta os seguintes números quânticos para o elétron diferencial.

n = 4

L= 1

m= +1 s = +1/2

a) família 5A e 4º período

b) família 3A e 4º período

c) família 4A e 3º período

d) família 5A e 5º período

e) família 5A e 3º período

16- Qual a classificação de um elemento que apresenta a seguinte representação n = 7 L = 0 m = 0 s = -1/2 para o elétron diferencial L e quais as propriedades por ele representadas.

a) representativo, eletropositivo, volume atômico e eletronegatividade

b) transição externa, volume atômico e densidade

c) representativo, eletronegativo, afinidade eletrônica, potencial de ionização

d) representativo, eletropositivo, raio atômico e caráter metálico

1

2

3

4

5

6

7

e) transição externa , densidade , ponto de fusão e ponto de ebulição. 1 18
e) transição externa , densidade , ponto de
fusão e ponto de ebulição.
1
18
1A
2
13
14
15
16
17
8A
K
2A
3A
4A
5A
6A
7 A
He
L
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
Ne
8B
M
3B
4B
5B
6B
7B
1B
2B
Ar
N
Kr
O
Xe
*
P
Rn
**
Q
s 1
s 2
d 1
d 2
d 3
d 4
d 5
d 6
d 7
d 8
d 9
d 1
p 1
p 2
p 3
p 4
p 5
p 6
0
4f 5f
4f
5f