Вы находитесь на странице: 1из 6
Especial Am 1€10 caminho POR PEDRO AGUIAR, DE PRISTINA ‘casa tem cerca de 40 metros, quadrados, paredes verme- thas e trés salas. Em um cé: modo exiguo, estudantes de 12 a 15 anos fazem exercicios escolares. © caderno de uma menina tem Ronaldinho Gaiicho na capa. Pode- ra ser em qualquer érea rural do Brasil ‘mas o lugar fica em Gracanica, no inte- rior do Kosovo, o pedago de terra que se proclamou independente hi um ano, enfrentou uma guerra ha dez.e hoje vive uum limbo politico, social e humanitério, Na pequena casa fica o centro educa: cional para ciganos — ou 0 povo roma -, 0 tinico recurso que as 120 criangas da comunidade tém para estudar. Reve- zando-se em quatro turnos, fazem aulas de reforgo, artes e recreacio. Um tinico ceducador atende todas. Com 10 mil ha- bitantes, Gracanica é um enclave sérvio no Kosovo ~ o que significa que, li, 0s ciganos si0 a minoria da minoria, “*Ninguém faz nada por nés aqui’, quet xa-se Hamit Serifovic, lider da comuni- dade cigana local. “Todos empurram os problemas de um para o outro. As organi: Zagies internacionais nao podem, as ko: sovares no querem e as autoridades sér vias me acusam de sercolaborador dos al bbaneses. Nao me interessa qual éo gover no, desde que nos aul a viver” kosovo Um ano apés a independéncia, apoiada pelos EUA. e nao reconhecida por varios paises, a planicie nos Balcas tenta encontrar-se como nacao e refrear o 6dio que envenena albaneses e sérvios Na terga-feira 17, a proclamacio da in-