Вы находитесь на странице: 1из 16

CARTILHA PARA FORMAÇÃO

DE GRÊMIOS ESTUDANTIS

GRÊMIO

!

CARTILHA PARA FORMAÇÃO DE GRÊMIOS ESTUDANTIS GRÊMIO ! Educação! Independência! Anti-imperialismo! Luta! Cultura!

Educação!

Independência!

Anti-imperialismo!

Luta!

Cultura! Arte!
Cultura!
Arte!

CRIAR, sem pedir licença, um mundo de liberdade.” Pedro Tierra

ESTA CARTILHA É UMA CONTRIBUIÇÃO DO

MOVIMENTO RUPTURA SOCIALISTA

AO MOVIMENTO ESTUDANTIL SECUNDARISTA DE LUTA!

O mundo está cheio de guerras,

desgraças e pobreza. Asituação do Brasil não está nada bem, pois, cada vez mais pessoas ficam pobres enquanto alguns poucos ficam cada vez mais ricos. Nas escolas, o ensino e a estrutura são cada vez piores, e dizem ainda que nós é que devemos “pagar a conta”, não cobrando do governo mais verbas, nem professores e nem funcionários; e que temos que pintar as paredes, os muros, reformar as cadeiras, etc. A repressão sobre os estudantes é cada vez maior. Com a desculpa do combate ao tráfico de drogas, enchem de câmeras as escolas, transformando-as em verdadeiros “Big

Brothers”. O que fazerentão para mudartudo isso? Um bom começo é formar um grêmio estudantil em sua escola. Um Grêmio Estudantil é a representação política dos estudantes, ele serve para organizar a luta da juventude contra as Guerras e contra a ALCA, para organizar a luta por melhorias no ensino e pelo aumento de verbas para a educação. O grêmio organiza os estudantes para combater à repressão contra a juventude e por diversas outras questões que fazem parte do dia a dia dos estudantes. Um Grêmio Estudantil é parecido com um

sindicato. É uma entidade que luta por tudo que seja importante para os alunos, que os ajuda a conquistar as suas reivindicações. Nos últimos meses, assistimos a juventude do mundo inteiro sair às ruas em imensas mobilizações contra a Guerra no Iraque porque não aguenta mais o governo dos Estados Unidos querendo mandar em todo mundo. Chega de exploração!

e

transporte de qualidade e gratuitos.

A juventude quer informação, lazer e

cultura!

A juventude

quer

educação,

saúde

Por esses, e muitos outros motivos, organize

Um

Grêmio LIVRE , onde quem manda são os estudantes. Que seja um grêmio contra aGuerra e Contra aALCA; que seja contra o governo Alckmin e que exija mais verbas para a educação. Que seja um Grêmio a favor de debates, palestras e atividades culturais; que seja a favor do Passe-Livre para estudantes e desempregados; que seja a “voz ativa” da juventude, organizando mobilizações e passeatas pelas reivindicações dos estudantes.

um Grêmio Estudantil na sua escola.

GRêMiO LiVrE, jÁ! GrÊmIo LivrE, Já!

Posso sair daqui para me organizar Posso sair daqui para desorganizar .Que eu me organizando
Posso sair daqui para me organizar
Posso sair daqui para desorganizar
.Que eu me organizando posso desorganizar
Chico Science
Chega de Im perialism o no M undo! Fora tropas yanques do Iraque! O governo
Chega de
Im perialism o
no M undo!
Fora tropas yanques
do Iraque!
O governo dos Estados Unidos, o
principal imperialismo do mundo, mais os demais
governos bandidos da Inglaterra, França,
Alemanha, etc., querem fazer do mundo um
grande quintal da burguesia internacional.
Para
esta corja, vale tudo para
defender os lucros
dos grandes bancos e empresas! Matam pessoas
por
petróleo; promovem fome e doenças na África
e em todo mundo; tiram do povo pobre o direito à
educação, saúde, cultura e lazer.
Na guerra do Iraque, o Imperialismo matou
milhares de pessoas e agora quer impor um
governo militar sobre o povo daquele país. Todo
mundo percebeu que a guerra e esta ocupação
possuem o objetivo de roubar o petróleo iraquiano
para as empresas norte-americanas e inglesas. O
que
estesgovernos querem é recolonizar o mundo!
A juventude e os trabalhadores de todos os países
não aguentam mais esta situação e esfumaçam os
quatro cantos do planeta queimando a bandeira
norte-americana, que representa um governo que
só querexplorar os trabalhadores emtodo mundo.
O
capitalismo funciona assim: O lucro das
empresas está acima da vida dos pobres!
Guerras, ALCA, Dívida Externa, FMI, Banco
Mundial, ONU, OMC, OTAN, G8, etc. são faces
de uma mesma moeda. São instrumentos
imperialistas que promovem exploração e miséria.
Mas o capitalismo não perde por esperar! Nas
mobilizações contra a guerra no Iraque, em todo
mundo, a juventude declarou guerra ao
imperialismo e aocapitalismo.
Com muita mobilização e unidade contra a
burguesia podemos derrotar o capitalismo e
construir um mundo socialista, sem exploração,
sem guerras, sem violência,
O capitalismo mata! Morte ao capitalismo!
Viva oSocialismo!

UM

GRÊMIO

LIVRE

OU

UM

GRÊMIO DO GOVERNO

?

muitos motivo para ficar preocupado com a mobilização dos estudantes, afinal, a educação vai de

muitos motivo para ficar preocupado com a mobilização dos estudantes, afinal, a educação vai de mal a pior. Nós sabemos que Alckmin governa para agradar os ricos, os quais não estão nem um pouco preocupados com o ensino público, gratuito e de

Essa não é função dos estudantes e nem do Grêmio. Nossa função é exigir investimento em

educação e contratação de funcionários que, assim como os professores,

e v e m s e r m e l h o r remunerados.

d

governo de São Paulo,

Geraldo Alckmin, que sempre “ferrou” com a educação e com

estudantes, está obrigando

os

O

qualidade. É muito importante que

Além disso, ele quer que os alunos se transformem em mão-de-obra do governo para substituir os funcionários que ele deveria contratar e não

estudantes e direções de escola trabalhem juntos

para reivindicar melhorias para a escola. Porém, esse trabalho conjunto não pode

todas as escolas a formarem

Grêmios Estudantis. Ele está

não quer

fazendo isso porque

contrata.

Os projetos “Parceiros do Futuro” e “Amigos da Escola” apesar de terem nomes “bonitos”, tentam enganar os

estudantes e fazer com que eles se responsabilizem pelos consertos necessários nas escolas, organizando multirões de limpeza, multirões para pintar as salas, os muros, etc e etc.

i g n i f i c a r f a l t a d e

autonomia dos alunos e dos grêmios estudantis. Por isso, afirmamos que

queremos

s

Grêmios Livre!

, independentes das direções de escolas e de qualquer

o v e r n o , p a r a q u e

g

possamos conquistar educação pública, gratuita e

de qualidade.

GrÊmIo LIvRe, Já!

que

os estudantes se mobilizem

contra ele, que é o principal responsável pela destruição das

escolas e do ensino no Estado.

que o governo quer é que os

Grêmios sejam atrelados às

O

direções de escola e ao governo, ficando mais fácil

para controlá-los e para reprimí-los.

governo de São Paulo tem

O

de escola e ao governo, ficando mais fácil para controlá-los e para reprimí-los. governo de São

“Enquanto houv er burguesia, não v ai hav er poesia”

C azu za

Durante a Guerra no Iraque ficou ainda mais evidente como o Imperialismo norte- americano quer recolonizar e explorar todos os países pobres do mundo. Mas esta exploração não é novidade! Há anos, os países subdesenvolvidos, como o Brasil, são roubados através da Dívida Externa e dos acordos com o Fundo Monetário Internacional (FMI). Todo o dinheiro que sobra nos bolsos dos grandes banqueiros e empresários internacionais é o dinheiro que está faltando para Educação, geração de emprego e melhoria de vida. Como se não bastasse a Dívida Externa e o FMI, o imperialismo ataca a América Latina com a ALCA (Área de Livre Comércio das Américas). Se a ALCA for implementada, nós seremos uma perfeita colônia, porque não teremos nenhuma soberania política e nem econômica. Além disso, todas as nossas riquezas como, por exemplo, a Água e a Amazônia, poderão ser livremente explorados pelos Estados Unidos. No ano passado, mais de 10 milhões de pessoas votaram contra a implementação da ALCA no Brasil, através de um plebiscito organizado por diversas organizações dos trabalhadores e da juventude. Neste ano existe um Abaixo-assinado que exige do governo Lula que convoque um Plebiscito Oficial no Brasil para que o povo pobre, e não os banqueiros e empresários, opine e decida sobre a ALCA. Os grêmios estudantis devem ser Grêmios Livres Contra aALCA! Os grêmios devem se incorporar na campanha esclarecendo a todos os estudantes a ameaça que representa mais este plano imperialista e colher milhares de assinaturas com o abaixo-assinado.

TODOS CONTRA A ALCA! FORA IMPERIALISMO DA AMÉRICA LATINA!

NÃO À ALCA E AO FMI!

NÃO PAGAR A DÍVIDA EXTERNA!

Os trabalhadores e a juventude elegeram Lula na expectaviva de mudanças para melhor. Até agora essas mudanças não vieram. O problema é que elas nunca virão se Lula e o PT não romperem com as dezenas de burgueses que estão nos gabinetes do governo. Henrique Meirelles (presidente do Banco Central), Roberto Rodrigues (Ministro da Agricultura) e Luiz Fernando Furlan (ministro do Desenvolvimento) representam os banqueiros, latifundiários e empresários e não os trabalhadores e a juventude. Para que se tenha mudança é necessário que se governe para os trabalhadores e não continue fazendo o que FHC fazia. Enquanto este governo estiver cheio de burgueses nunca teremos educação decente para a juventude e nenhum tipo de melhoria, porque todo o dinheiro do país vai continuar indo para o bolso de meia dúzia de exploradores.

QUE LULA E O PT ROMPAM COM A BURGUESIA! FORA MINISTROS CAPITALISTAS DO GOVERNO!

o bolso de meia dúzia de exploradores. QUE LULA E O PT ROMPAM COM A BURGUESIA!

Q ueremos estudar

Dizem que a educação é um direito nosso, mas que direito é esse que só tem quem paga?! A maioria dos estudantes tem que pagar passagem de ônibus para irem à escola, e não adianta comprar passe escolar pela metade do preço, porque a passagem está cara e o desemprego é grande. Isso faz com que muitos estudantes tenham dificuldade de continuar estudando e, muitos, abandonam a escola. O Passe Escolar só pode ser comprado em um número limitado, impossibilitando assim que

a juventude possa usá-lo para ir trabalhar ou

procurar emprego, ou de ir a lugares culturais

e de lazer.

A obrigação que o estudante tem de pagar a passagem, ou meia-passagem, é um impedimento econômico para a formação da juventude, pois, além da sala de aula,

precisamos fazer pesquisas, trabalhos escolares, assistirmos peças teatrais, filmes,

enfim, precisamos de

cultura, que, na maioria das vezes, não está por perto. Raramente temos opção de lazer em nosso bairro, e somos obrigados a “ficarmos presos” em casa assistindo TV.

eventos musicais

Basta!

presos” em casa assistindo TV. eventos musicais Basta! Passe Livre já! Queremos ter totais condições de

Passe Livre já!

Queremos ter totais condições de estudo e de acesso à cultura eao lazer. Queremos o Passe Livre para toda a juventude epara os estudantes. Mas as prefeituras e as máfias das empresas do transporte coletivos não estão nem um pouco dispostos a ceder este direito. Ele terá que ser conquistado na luta! Em muitas cidades do país os estudantes conquistaram o Passe Livre, em diversas outras houve grandes mobilizações. A luta pelo Passe Livre para os estudantes e desempregados precisa continuar. Temos que exigir da prefeitura de São Paulo (Marta Suplicy), de Guarulhos (Elói Pietá), de Osasco e de todas as prefeituras da Grande São Paulo e Interior que estatizem o transporte público e que atendam a reivindicação da juventude pelo Passe Livre. Hoje, estas prefeituras estão atreladas ao donos de empresas de ônibus, por isso, é que as passagens são tão caras (um absurdo!) e o transporte de tão má qualidade. Portanto, o grêmios devem organizar a luta pelo Passe Livre e pela estatização do transporte coletivo. Isso significa organizar debates, assembléias, abaixo-assinado, passeatas e todos os tipos de mobilização. Temos que reunir todos os grêmios estudantis do estado e fazer uma grande campanha pelo Passe Livre. Chega de blá, blá, blá!

P A S S E QUANDO?

JÁ!

L I V R E

Escolas Particulares:

Educação não é Mercadoria!

Alguns estudantes possuem condições de estudar em escolas particulares, que oferecem, na maioria das vezes, melhores condições de ensino, salas de aulas melhor conservadas, laboratórios, professores com salários dignos, etc.

dos banqueiros, ao invés de i n v e s t i r o s r e c u r s o s necessários no ensino, satisfazendo à vontade da juventude. A grande quantidade de imposto que pagamos dá o direito a TODOS estudarem em escolas públicas e gratuitas. O governo deve combater os tubarões da educação que “enchem a pança” às custas da cobrança de mensalidades, destinando

às custas da cobrança de mensalidades, destinando Portanto, o Grêmio Estudantil é necessário para combater

Portanto, o Grêmio Estudantil é necessário para combater a mercantilização

No entanto, e

sses estudantes

representam uma minoria da juventude. A maior parte, estuda em escolas públicas, que por sua vez, encontram- se sucateadas, com falta de professores, péssimas salas de aula e uma baixa qualidade de ensino. O fato das escolas públicas estarem com g randes dificuldades e de muitos jovens terem que recorrer ao ensino pago, é conseqüência da política do governo que satisfaz a vontade dos grandes empresários da educação e

o

dinheiro público para as

escolas públicas para que se

melhore a qualidade de

da educação e a repressão à liberdade de organização,

ensino e a oferta de vagas para que ninguém precise recorrer

além de encaminhar diversas outras discussões. O

Grêmio deve exigir do

às

escolas particulares.

Muitos desses “bancos

escolares”, proíbem a formação de g rêmios

estudantis, ameaçando os alunos que tentam organizá-lo.

governo uma política para a juventude que quer ensino público, gratuito e de qualidade para todos e em todos os níveis (Básico, Médio eEnsino Superior)!

CULTURA PARA CUSPIR NA ESTRUTURA!

Dada a criação dos Grêmios como forma real de representação e atuação dos alunos dentro

Dada a criação dos Grêmios como forma real de representação e atuação dos alunos dentro e fora da escola: é hora de agir! Bandas musicais, grupos teatrais, poesias, grupos de Punk, de Rap e de cultura Hip Hop, além de diversas outras manifestações culturais e artísticas são promovidas pela juventude e muitas vezes ela não tem como divulgá-las. O Grêmio Livre deve repudiar a Industria Cultural capitalista, que somente permite o acesso à cultura àqueles quetem dinheiro. Atuar políticamente e culturalmente são funções do Grêmio, incentivando e promovendo eventos, festivais, mostras, festas, apresentações, campeonatos, palestras, etc.

Não à Repressão!

A juventude é reprimida cotidianamente. Nas ruas, a polícia “bate geral” e agride os jovens. No centro e na periferia todo jovem é suspeito. Na periferia a agressão é sempre “menos refinada”. Na procura de emprego, os jovens são reprimidos em seus costumes, tendo que cortar o cabelo, vestir como o mercado exige e esconder suas opiniões. Tudo para ter que agradar os prováveis patrões. Na escola, os estudantes estão cercados de policiais e de câmeras que, longe de garantirem segurança, servem muito mais para reprimir e eliminar a liberdade individual. Na escola nos impedem de usar as roupas que gostamos, de entrar e sair na hora que precisamos e, na maioria das vezes, nos impedem de fazer reuniões, assembléias de estudantes e de ter qualquer tipo de organização. O saldo de tudo isso, é que a juventude é quem mais sofre com o desemprego, com a violência e com a discriminação. A mulher jovem, o jovem negro e os jovens homossexuais, são ainda mais discriminados e oprimidos. Tudo em nome de uma lógica e uma moral burguesa. Malcon X afirmava que “Não existe capitalismo sem racismo”. Podemos afirmar então que, não existe capitalismo sem racismo, sem machismo e sem homofobia. Afirmamos que: - Não existe capitalismo sem opressão! Temos que repudiar qualquer tipo de exploração e forma de repressão. Os grêmios estudantis devem condenar qualquer tipo de medida que inibe a liberdade dos estudantes e da juventude em geral. A repressão e a opressão são ferramentas que o capitalismo se utiliza para garantir a exploração sob a juventude e os trabalhadores.

garantir a exploração sob a juventude e os trabalhadores. Não à todo tipo de opressão! Não

Não à todo tipo de opressão! Não a repressão!

oãsserpeR

ESTATUTO DO GRÊMIO ESTUDANTIL!

CAPÍTULO I

Da Denominação, Sede, Fins e Duração

Art. 1º - O Grêmio Estudantil

, fundado no dia 12 de abril de 1999, com sede no referido

estabelecimento de ensinoe de duraçãoilimitada. Parágrafo Único – As atividades do Grêmio Estudantil reger-se-ão pelo presente estatuto, aprovado em Assembléia Geral convocadapara esse divido fim.

Art. 2º -OGrêmio Estudantil

1º -Congregar o corpo discenteda Escola 2º -Defender os interesses individuais e coletivosdos alunos. 3º - Incentivar a cultura literária, artística e desportiva dos seus

membros.

4º - Promover a cooperação entre funcionários, professores e

alunos, buscando a defesa da educação pública, gratuita e de

qualidade.

5º - Realizar intercâmbio e colaboração de caráter cultural,

educacional, político, desportivo e social com outras entidades

estudantil (grêmios, UMES, União Estadual e a UBES) e do

movimentopopular organizado.

6º - Pugnar pela adequação do ensino às reais necessidades da

juventude e do povo, bem como pelo ensino público, gratuito e de

qualidade.

7º - Pugnar pela democracia, pela independência e respeito

às liberdades fundamentais do homem, sem distinção de raça, cor,

sexo, nacionalidade,convicção política oureligiosa.

8º - Lutar pela democracia permanente dentro e fora da escola,

através do direito de participação nos fóruns deliberativos

adequados e da livre manifestação.

CAPÍTULO II

Do Patrimônio, sua Constituição e Utilização

será

constituídopor:

1º -Contribuição deseus membros;

2º -Contribuição deterceiros;

3º - Subvenções, juros, correções ou dividendos resultantes das

contribuições;

4º - Rendimentos de bens móveis ou imóveis que possua ou venha

possuir;

5º -Rendimentos auferidos em promoções daentidade.

será responsável

e

responderá poreles perante suas instâncias deliberativas.

- Ao assumir a diretoria do Grêmio Estudantil

, o diretor de organização e o diretor de finanças deverão

assinar um recibo para o Conselho de Representantes de Turma e

oConselho Fiscal, discriminando todos os bens daEntidade.

- Ao final de cada mandato, o Conselho Fiscal

conferirá os bens e providenciará outro recibo, a ser assinado pela novadiretoria.

Parágrafo 3º - Em caso de ser constatada alguma irregularidade na gestão dos bens, o Conselho Fiscal fará um relatório e entregará àAssembléia Geral,para asprovidências cabíveis.

Parágrafo 4º - O Grêmio Estudantil

responsabilizará por obrigações contraídas por estudantes ou grupos, sem ter havido prévia autorização da Diretoria do Grêmio Estudantil CAPÍTULO III Da Organização do Grêmio Estudantil

Parágrafo 2º

Parágrafo 1º

Art. 4º -ADiretoria do Grêmio Estudantil

pelos bens patrimoniais do Grêmio Estudantil

, é o grêmio geral da Escola

tem por objetivos:

Art. 3º

- O patrimônio do Grêmio Estudantil

não se

Art. 5º - Sãoinstâncias deliberativas do Grêmio Estudantil 1º -AAssembléia Geral;

2º - OConselho deRepresentantes deTurma;

3º -ADiretoriado GrêmioEstudantil 4º - OConselho Fiscal. Seção 1 – Da Assembléia Geral Art. 6º -AAssembléia Geral é o órgão máximo de deliberação

da entidade, nos termos deste estatuto, e compõe-se de todos os

e, excepcionalmente, por

, que abster-se-ão do

sócios do Grêmio Estudantil convidados do Grêmio Estudantil direitodo voto.

Art. 7º -AAssembléia Geral reunir-se-áordinariamente:

1º - Para apresentação e acerto de contas da antiga Diretoria do

Grêmio Estudantil

2º - No dia 28 de março de cada ano, nas comemorações do “Dia

Nacional deLuta dos Estudantes”;

3º - No dia 11 de agosto de cada ano, nas comemorações do “Dia

do Estudante”;

4º - No término de cada mandato, para deliberar sobre a prestação

de contasda diretoria e o parecer doConselho Fiscal.

Parágrafo Único – A convocação para as Assembléias Gerais

será feita pela Diretoria Grêmio Estudantil

edital,divulgado comantecedência de 48horas.

Art. 8º

, através de

:

;

, e posseda nova;

- A Assembléia Geral reunir-se-à extraordinariamente,

quando convocada por 60% do Conselho de Representantes de

,

ou por 2% dos alunos. Em qualquer caso, a convocação será feita

com o mínimo de 24 horas de antecedência, discriminando e

fundamentado todos os assuntos a serem tratados, em caso não

previsto neste estatuto.

Art. 9º -AAssembléia Geral deliberará por maioria simples e votos,

sendo obrigatório em primeira chamada o quórum mínimo de 5%

dos alunos para sua instalação, ou em segunda chamada, trinta

minutos depois, com qualquerquórum.

Art. 10º -Compete aAssembléia Geral:

1º -Aprovar e reformular o estatutodo Grêmio Estudantil

2º - Discutir e votar as teses, recomendações, moções, adendos e

Turma, ou por 50%+1 da Diretoria do Grêmio Estudantil

;

propostas apresentadas por qualquerum de seusmembros;

adendos e Turma, ou por 50%+1 da Diretoria do Grêmio Estudantil ; propostas apresentadas por qualquerum

3º - Denunciar, suspender ou destituir diretores do Grêmio

4º - Diretorde Imprensa;

Estudantil

,

de acordo com os resultados de inquéritos

5º - Diretorde Esportes;

Art. 17º -Cabe a Diretoria doGrêmio Estudantil

:

procedidos, desde que comunicados e garantido o direito de defesa do acusado, sendo qualquer decisão tomada, neste sentido, por uma maioria de 60% dos votos. 4º - Receber e considerar os relatórios da Diretoria do Grêmio Estudantil

6º - Diretorde EventosCulturais; 7º - Diretorde Relações Públicas; 8º - Diretorde Movimentos Sociais; 9º - DiretordeAssuntos Educacionais;

e

prestação de contas, apresentada juntamente com o Conselho

10º -Diretor deAssuntos da Mulher.

Fiscal; 5º - Marcar, caso necessário, Assembléia Geral extraordinária, com dia, horae pauta fixados; 6º - Aprovar a constituição da Comissão Eleitoral, sempre composta por alunos de todos os turnos em funcionamento na Escola, com número e funcionamento definidos na Assembléia

Parágrafo Único – Cada diretor deve possuir um suplente, inscrito junto coma chapa. OBS.: Este formato de diretoria é apenas uma sugestão, você pode montar seu grêmio com mais pessoas, com coordenações, com outrasfunções dediretoria, etc.

Geral.

1º - Fixar em conjunto com demais instâncias consultivas e

Seção 2 – DoConselho deRepresentantes deTurma

Art. 11º - O Conselho de Representantes de Turma é a instância

intermediária e deliberativa do Grêmio Estudantil

constituído somente pelos representantes de turmas, eleitos

anualmente pelos alunosde cada turma.

Art. 12º - O Conselho de Representantes de Turma reunir-se-à,

ordinariamente, uma vez por mês e, extraordinariamente quando

convocada pelo Grêmio Estudantil

representantes de turma.

– O Conselho de Representantes de Turma

funcionará com o quorum mínimo de 50%+1 de seus membros,

deliberando por maioriasimples de votos.

Art. 13º - O Conselho de Representantes de Turma será eleito

anualmente, no início do período letivo, em data fixada pelo

Grêmio Estudantil

Art. 14º - Competeao Conselho de Representantes deTurma:

1º - Discutir e votar as propostas da Assembléia Geral e da

Diretoria doGrêmio Estudantil

ou 50%+1 dos

, será

Parágrafo Único

juntamente coma direção da Escola.

;

2º - Zelar pelo cumprimento do Estatuto do Grêmio Estudantil

e deliberar sobre casos omissos;

3º - Assessorar a Diretoria do Grêmio Estudantil

execução deseu programa administrativo;

4º - Apreciar as atividades da Diretoria do Grêmio Estudantil

, podendo convocar, para esclarecimentos, qualquer um de

na

seus membros;

5º - Deliberar, nos limites legais, sobre assuntos de interesse do

corpo discente e decada turma representada;

deliberativas, as diretrizes gerais da política estudantil a ser desenvolvida;

2º - Dar àAssembléia Geral conhecimento sobre:

a) As atividades desenvolvidas pela Diretoria do

Grêmio Estudantil

b) Relatório financeiro da Diretoria do Grêmio

Estudantil

3º Cumprir e fazer cumprir as deliberações dos estudantes em

todas as suasinstâncias;

4º - Reunir-se, ordinariamente, pelo menos uma vez por quinzena

e, extraordinariamente, a critério de solicitação de 1/3 de seus

membros;

5º - Representar os estudantes perante a Direção da escola,

entidades estudantis, sindicais e domovimento popular;

6º - Discutir e aprovar propostas por maioria simples de votos de

seus membros egarantir adivulgação das propostas das minorias.

7º - Zelar pelo cumprimento de todas as propostas discutidas em

suas instâncias e principalmente desua diretoria

;

Art. 18º - Competeao Diretorde Formação Política:

1º - Implementara diretoria de Formação Política;

2º - Promover o assessoramento a diretoria colegiada e aos

estudantes de base através de elaboração e apresentação

sistemática de análise de conjuntura estudantil municipal,

estadual, nacional einternacional;

3º - Planejar, executar e avaliar as atividades estruturadas no

movimento estudantil e na educação, através de cursos,

seminários, congressos, encontros,etc.;

- Deliberar nos casos omissos deste estatuto;

4º - Propor e executar atividades de formação nos diversos

- Elegeros membros doConselho Fiscal.

segmentos estudantis apartir das necessidades detectadas;

Seção 3 – DaDiretoria do Grêmio Estudantil

Art. 15º -ADiretoria do Grêmio Estudantil

de 10 membros. A diretoria será colegiada, e terá mandato de 1

(um) ano a contar da data de posse, podendo ser prorrogado por

decisão daAssembléia Geral.

Parágrafo 1º

Grêmio Estudantil

- Os cargos serão distribuídos entre as chapas

proporcionalmente ao número de votos que cada chapa obteve na eleição. Parágrafo 3º - Na vacância de algum cargo o respectivo suplente assume imediatamente.

Parágrafo 2º

- É vetado o acumulo de cargos na Diretoria do

será constituída

Parágrafo 4º - As reuniões de diretoria serão aberta a todos os alunos, reservando apenas aos diretoreso direitoa voto.

Art. 16º - Oscargos do GrêmioEstudantil

são:

- Diretorde Formação Política;

- Diretorde Organização;

- Diretorde Finanças;

5º - Secretariar as reuniões da diretoria colegiada, das reuniões do

Conselho de Representantes de turma, das assembléias gerais e

das plenárias.

Art. 19º -Compete ao Diretorde Organização:

1º - Implementara diretoria de Organização;

gerais e das plenárias. Art. 19º -Compete ao Diretorde Organização: 1º - Implementara diretoria de Organização;
2º - Coordenar a elaboração de jornais, documentos e outras publicações do grêmio; 3º -

2º - Coordenar a elaboração de jornais, documentos e outras

publicações do grêmio;

3º - Apresentar mensalmente a Diretoria do Grêmio Estudantil

um relatório sobre o funcionamento geral dogrêmio;

4º - Opor sua assinatura juntamente com o diretor de finanças em

cheques e outros títulos, devendo ser ambos designados pela

diretoria do grêmio;

5º - Prestar assessoramento ao conjunto dos diretores e atividades

do grêmio.

Art. 20º -Compete ao Diretorde Finanças:

1º - Implementara diretoria de Finanças;

2º - Organizar a tesouraria e contabilidade do Grêmio Estudantil

;

3º - Propor e coordenar a elaboração e a execução do plano

orçamentário anual, bem como, suas alterações a serem

aprovadas pela diretoria colegiada e submetido à Assembléia

Geral ordinária;

4º - Elaborar relatório da situação financeira grêmio e apresenta-lo

mensalmente à diretoria colegiada, prestando contas;

5º - Ter sob sua responsabilidade a guarda dos documentos,

contratos, convênios, atinentes à sua pasta, a adoção das

providências necessárias para impedir a corrosão inflacionaria e a

deterioração financeira do grêmio, a arrecadação e o recebimento

de numerário e de contribuição de qualquer natureza, inclusive

doações e legados;

6º - Apor sua assinatura juntamente com Diretor de

Organização, em cheques e outros títulos, devendo ser ambos

designados pela diretoria colegiada.

Art. 21º -Compete ao Diretorde Imprensa:

1º - Implementara diretoria de Imprensa;

2º - Implementar um órgão oficial de informação do Grêmio

que deverá ter periodicidade definida pela

diretoria colegiada ( este jornal deverá conter as atividades dos

estudantes da escola, além dos acontecimentos estudantis em geral, sendo um forte instrumento de unidade com os movimentos sociais); 3º - Recolher e divulgar informações entre estudantes, entidades estudantis, sindicais, movimentos populares e o conjunto da sociedade; 4º - Desenvolver as campanhas publicitarias defendidas pela diretoria colegiada; 5º - Ter sob seu comando e responsabilidade os setores de imprensa, comunicação, publicidade e produção de material da área; 6º - Manter a publicação e a distribuição do jornal, e demais

Estudantil

publicações do grêmio; 7º - Todas as matérias publicadas no jornal da entidade deverão previamentepassar por aprovaçãoda diretoria colegiada. Art. 22º - Compete aoDiretor deEsportes:

1º -Implementar a diretoria de Esportes;

2º - Organizar e realizar atividades esportivas, campeonatos e torneios que promovam a integração dos estudantes e quepossam ounãotrazer proventos aocaixa da entidade;

3º - Colaborar, apoiar e incentivar as equipes esportivas da escola

quea representarão em competições diversas.

Art. 23º - Compete aoDiretor deEventos Culturais:

1º -Implementar a diretoria de EventosCulturais;

2º - Organizar atividades de lazer, eventos culturais, artísticos e literáriosquepromovam a integraçãodos estudantes;

3º - Organizar e realizar eventos culturais dentro e fora da escola

quepossam ou nãotrazer proventos ao caixa daentidade.

Art. 24º - Compete aoDiretor deRelações Públicas:

-Implementar a diretoria de Relações Públicas;

-Manter intercâmbio entre a comunidadeescolar;

3º - Viabilizar intercâmbio entre entidades estudantis e demais

entidades organizadas dasociedade;

4º - Viabilizar o processo de divulgação do jornal da entidade junto

a comunidade escolar e estudantil em geral, bem como junto ao

corpo docente;

5º - Representar o grêmio em atividades comemorativas de outras

entidades.

Art. 25º - Compete aoDiretor deMovimentos Sociais:

1º -Implementar a diretoria de Movimentos Sociais;

2º - Manter uma relação intima com as entidade organizadas do

movimento;

3º - Informar permanentemente a diretoria do grêmio as atividades

deoutras entidades domovimento social;

4º - Levar a outras entidades do movimento social as deliberações

daDiretoria doGrêmio Estudantil

Art. 26º - Compete aoDiretor deAssuntos Educacionais:

1º -Implementar a diretoria deAssuntos Educacionais;

2º - Elaborar estudos, pesquisas e documentações na área de

educação enfocando osinteresses estudantis;

3º - Produzir mensalmente um periódico específico sobre

educação;

4º - Discutir perante a Diretoria do Grêmio Estudantil

participação no Conselho Escolar, onde este deve estar

a sua

defendendo a educação pública e gratuita e demais deliberações

dadiretoria do grêmio.

Art. 27º -Compete ao DiretordeAssuntos daMulher:

1º -Implementar a diretoria deAssuntos daMulher;

2º - Propor e executar a realização de palestras sobre assuntos

específicos das mulheres;

- Defender na Diretoria do Grêmio Estudantil

e fora dela

assuntos específicos das estudantes mulheres;

4º - Lutar dentro da Diretoria do Grêmio Estudantil delacontrao machismo e suasvariantes.

e fora

Seção 4 - Do Conselho Fiscal

Art. 28º - O Conselho Fiscal Compõe-se de três membros efetivos

e três membros suplentes, escolhidos na reunião ordinária do

Conselho deRepresentantes deTurma. Art. 29º -Ao Conselho Fiscal compete:

a) Examinar os livros contábeis e papéis de escrituração da entidade, a situaçãode caixa evalores em depósito; b) Lavrar no livro de “atas e pareceres” do Conselho Fiscal os resultadosdos exames procedidos;

c) Apresentar na última Assembléia Geral Ordinária, que antecede

a eleição do Grêmio, asatividades econômicas da diretoria;

d) Colher dos responsáveis pela movimentação financeira do

Grêmio eleitos, recibos discriminando os bens do Grêmio, o qual

terá valorde inventário;

e) Convocar Assembléia Geral Extraordinária sempre que

ocorrerem motivos graves eurgentes, naárea desua competência.

d) Praticar atos que venham ridicularizar a Entidade, seus sócios ou seussímbolos; e) Atentar contra a guarda e o emprego de bens de do Grêmio Estudantil Art. 41º - Apuradas, as infrações serão discutidas na Assembléia Geral e aplicadas as penas de suspensão ou expulsão do quadro

do Grêmio Estudantil

Parágrafo Único - O infrator, caso seja membro da Diretoria do

, conforme agravidade dafalta;

CAPÍTULO IV

Grêmio Estudantil

,

perderá seu mandato, devendo

Das Eleições

responder pelas perdas e danos perante as instâncias

proposta de qualquer membro da Diretoria do Grêmio Estudantil

Art. 30º -As eleições serão realizadas dez dias antes do término do mandado da diretoria em mandato e encaminhadas pela Comissão Eleitoral. Art. 31º -Adata da eleição deve ser amplamente divulgada com no mínimo 30 dias de antecedência. A inscrição de Chapas deve ser

deliberativas doGrêmio Estudantil CAPÍTULO VII Disposições Gerais e Transitórias Art. 42º - O presente estatuto poderá ser modificado mediante

feita até nomáximo 15 (quinze) dias antes daeleição.

,

Conselho de Representantes ou pelos membros da

Art. 32º - Deve ser garantido a lisura e democracia do pleito pela

Comissão Eleitoral. As urnas devem estar em local acessível aos

estudantes e em todos os turnos existentes, e o voto deve ser

secreto.

Art. 33º - As chapas devem ter o direito igual de divulgação de seu

programa e de seus componentes, garantido pela Comissão

Eleitoral. Terão direito também igualmente de utilização do jornal e

do mural dogrêmio caso esses existam.

Art. 34º - A apuração dos votos ocorrerá imediatamente o fim do

Assembléia Geral;

Parágrafo Único -As alterações serão discutidas pela Diretoria do

, Conselho de Representantes de Turma

e aprovadas emAssembléia Geral através de75% dos votos.

Art. 43º

serão consideradas pela diretoria ou pelo Conselho de

Representantes de Turma, quando formuladas por escrito e

devidamente fundamentadas e assinadas.

Art. 44º

- A participação nas reuniões da Diretoria do Grêmio

Grêmio Estudantil

- As representações dos sócios do Grêmio Estudantil

prazo para votação.

Estudantil

,

Conselho de Representantes de Turma e

Parágrafo Único

– A Mesa Apuradora será composta pela

Assembléia Geral de pessoas que não sejam alunos matriculados

comissão eleitoral e umrepresentante decada chapa inscrita.

Art. 35º - Em caso de fraude comprovada, a Mesa Apuradora dará

como anulado o referido pleito, marcando-se novas eleições no

prazo de dez dias letivos, concorrendo ao novo pleito todas as

chapas anteriormente inscritas.

, bem como membros da Direção da Escola e do

corpo docente em geral, só será permitida mediante convite

formulado por escrito e devidamente fundamentados e assinados

por 1/3 da diretoria colegiada. Em nenhum dos casos tais pessoas

terão direitoa voto.

na Escola

Art. 36º -Aposse da Diretoria eleita ocorrerá no dia imediato ao fim

Art. 45º

- Respondem judicialmente pelo Grêmio Estudantil

do mandato dadiretoria anterior.

,

o Diretor de Organização; e o Diretor de Finanças em

CAPÍTULO V

Dos Direitos de Deveres dos Associados

Art. 37º - São sócios do Grêmio Estudantil

matriculados e freqüentes daEscola

Parágrafo Único –As sanções disciplinares aplicadas pela Escola

todos os alunos

aoaluno, nãoseestenderão as suasatividades como sócio

ou diretordo Grêmio Estudantil

Art. 38º - Sãodireitos dosAssociados:

assuntos atinentes a sua pasta, juntamente com o Diretor de

Organização.

somente

Art. 46º

ocorrerá quando for extinta a escola, revertendo-se os seus bens

as entidades congêneres.

Art. 47º

- Nenhum sócio poderá se intitular representante do

grêmio semautorização, por escrito, dadiretoria colegiada.

Art. 48º - Revogadas as disposições em contrário, este estatuto

- A dissolução do Grêmio Estudantil

a)

Participar de todas as atividades do Grêmio Estudantil

entrará em vigor na data de sua aprovação pela Assembléia Geral

 

;

do corpo discente.

b) Votar eser votado, observadas asdisposições deste estatuto;

c) Encaminhar observações, parciais ou completas do

presente estatuto.

Art. 39º - Sãodeveres dosAssociados:

a) Conhecer e cumprir asnormas deste estatuto;

b) Informar a Diretoria do Grêmio Estudantil

violação da dignidade ou dos direitos dos estudantes cometida na

área daescola ou foradela;

sobre qualquer

c) Manter uma luta incessante pelo funcionamento do Grêmio

Estudantil

CAPÍTULO VI Do Regime Disciplinar

Art. 40º - Constituiinfração disciplinar:

para fins diferentes de seus

objetivo, visando o privilégio pessoal ou degrupos;

b) Deixarde cumpriras disposições deste Estatuto;

c) Prestar informações referentes ao grêmio sem base material,

que coloquem em riscoa integridade de seusmembros;

a) Usar o Grêmio Estudantil

referentes ao grêmio sem base material, que coloquem em riscoa integridade de seusmembros; a) Usar o

ATA DA ASSEMBLÉIA GERAL PARA FUNDAÇÃO DO GRÊMIO E APROVAÇÃO DO ESTATUTO DO GRÊMIO ESTUDANTIL

Ata daAssembléia Geral dos Estudantes da Escola

 

Aos

29 dias do mês abril de 2003, os

estudantes da Escola

reunidos em Assembléia Geral, em três turnos, convocada com a

seguinte pauta: Fundação do Grêmio Estudantil, aprovação do Estatuto do Grêmio Estudantil e eleição da comissão eleitoral. No primeiro ponto foi explicado ao plenário a importância do grêmio estudantil e consultado se todos estavam de acordo em funda-lo naquele momento, o que teve-se acordo geral do plenário. A comissão pró-grêmio leu toda a proposta de estatuto anotando

todos os destaques feitos pelo estudantes presentes, após esclarecidos as dúvidas e feitas as correções

propostas, a proposta de estatuto foi submetida a aprovação da Assembléia que com 250 votos a

favor e 21 votos contra foi considerado aprovado. Logo após deu-se início a eleição da comissão

eleitoral, foi consultado o plenário quais estudantes gostariam de fazer parte desta comissão, os

estudantes Jonh Lennon do 1º B, Leon Trotsky do 3ºC e Cazuza do 2º F se apresentaram como

voluntários, por 271 votos a favor e nenhum contra os três nomes vão compor a comissão eleitoral.

Discutido e votados todos os assuntos em pauta deu-se por encerrada a Assembléia Geral. Esta ata

segue assinada por mim Raul Seixas que secretariou aAssembléia e Rosa Luxemburgo que presidiu

aAssembléia.

 

Raul Seixas

 

Rosa Luxemburgo

 
 

ATA DE ELEIÇÃO E POSSE DA

 

DIRETORIA DO GRÊMIO

Ata de eleição e posse da Diretoria do Grêmio estudantil

 

Aos

04 dias do mês de maio de 1999,

realizou-se na Escola

a eleição para escolha da diretoria do Grêmio Estudantil

 

A eleição,

dirigida pela comissão eleitoral, deu início aos seus trabalhos às 9h, durante todo o período de votação não foi

registrado nenhum problema, as 21h deu-se por encerrado o período de votação. Logo após encerrado o

período de votação começou a contagem dos votos. A contagem obteve o seguinte resultado: Chapa 1: 200

votos (20%), Chapa 2: 300 votos (30%) e a Chapa 3: 500 votos (50%). Terminada a divisão dos cargos entre as

chapas a Diretoria do Grêmio Estudantil da Escola

,

a diretoria que tomou posse possui a seguinte

composição: diretor de Formação Política: Renato Russo; diretor de Organização: Jimmy Hendrix; diretor de

finanças: Freddy Mercury; diretor de Imprensa: Edson Luis; diretor de esportes: Mané Garrincha e diretor de

eventos: Joey Ramone. Esta diretoria possui um mandato de um ano a contar de sua posse. Esta ata segue assinada pela comissão eleitoral e pela diretoria que toma posse.

 

Raul Seixas

RRaauull SSeeiixxaass

Raul Seixas

DiretordeFormaçãoPolítica

DiretordeFormaçãoPolítica

DiretordeFormaçãoPolítica

DiretordeFormaçãoPolítica

 

Jimmy Hendrix

DiretordeCultura

 

RosaLuxemburgo

RosaLuxemburgo

DiretoradeFinanças

 

LeonTrotsky

LeonTrotsky

DiretordeOrganização

DiretordeOrganização

Mané Garrincha

DiretordeEsportes

Cazuza

DiretordeEventos

Zumbi dos Palmares

ComissãoEleitoral

ComissãoEleitoral

RosaSunderman

ComissãoEleitoral

RenatoRusso

ComissãoEleitoral

 
ATA DA REUNIÃO DA DIRETORIA DO GRÊMIO PARA ABERTURA DE CONTA BANCÁRIA Ata da reunião
ATA DA REUNIÃO DA DIRETORIA DO GRÊMIO
PARA ABERTURA DE CONTA BANCÁRIA
Ata da reunião da diretoria do Grêmio Estudantil
aconteceu a reunião da diretoria do Grêmio Estudantil
responsáveis pela movimentação financeira do Grêmio Estudantil
Aos 10 dias do mês de maio de 1999,
,
para discutir como pauta definir os
Após
discutir a necessidade da
entidade ter uma conta bancária para depositar todo os rendimentos do Grêmio Estudantil
,
e que
não é possível hoje abrir esta conta em nome da entidade, pois está não possui CGC, decidiu-se que os
diretores
RG
e
,
RG
,
vão ser os responsáveis pela movimentação financeira da conta
,
agência
do Banco
,
que foi aberta em nome destes para serviço do Grêmio Estudantil
Estes
diretores estão obrigados a mensalmente a apresentar um relatório da movimentação financeira da conta.
Discutido todos os assuntos em pauta, deu-se por encerrada a reunião, esta ata segue assinada por todos os
diretores presente.
RRaauullSSeeiixxaass
RaulSeixas
RaulSeixas
JimmyHendrix
RosaLuxemburgo
RosaLuxemburgo
DiretordeFormaçãoPolítica
DiretordeFormaçãoPolítica
DiretordeFormaçãoPolítica
DiretordeFormaçãoPolítica
DiretordeCultura
DiretoradeFinanças
LeonTrotsky
LeonTrotsky
ManéGarrincha
Cazuza
DiretordeOrganização
DiretordeOrganização
DiretordeEsportes
DiretordeEventos
FAÇA-SE CUMPRIR A LEI DO GRÊMIO LIVRE
Atos do Poder Legislativo
atividades dos Grêmios serão estabelecidas nos seus
Lei nº 7398, de 04 de novembro de 1985.
estatutos, aprovados em Assembléia Geral do corpo
Dispõe sobre a organização de entidades
discente de cada estabelecimento de ensino
representativas dos estudantes de 1º e 2º graus e sá
convocada para este fim.
outras providências.
Parágrafo 3º - A aprovação dos estatutos, e a escolha
Art. 1º - Aos estudantes dos estabelecimentos de
dos dirigentes e dos representantes do Grêmio
ensino de 1º e 2º graus
fica assegurada a
estudantil serão realizadas pelo voto direto e secreto
organização de Grêmios estudantis
como
de cada estudante, observando-se, no que couber, as
entidades autônomas representativas dos interesses
dos estudantes secundaristas, com finalidades
educacionais, culturais, cívicas, desportivas e sociais.
Parágrafo 1º - (Vetado).
Paragráfo 2º - A organização, o funcionamento e as
normas da legislação eleitoral.
Art. 2º - Esta lei entra em vigor na data de sua
publicação.
Art. 3º - Revogam-se as disposições em contrário.
José Sarney
Poesia
Bertold
Brecht_
O ANALFABETOPOLÍTICO
O pior analfabeto é o analfabeto político. Ele não ouve, não fala nem participa dos
acontecimentos políticos.Ele não sabe que o custo de vida, o preço do feijão, do peixe, da
farinha, do aluguel, do sapato e do remédio, depende das decisões políticas.O Analfabeto
político é tão burro que se orgulha e estufa o peito dizendo que odeia política.Não sabe o
imbecil que sua ignorância política nasce a prostituta, o menor abandonado, o assaltante e o
pior de todos os bandidos, que é o político vigarista, pilantra, o corrupto e o lacaio das
empresas nacionais e multinacionais.

O que é o

M o v i m e n t o

R u p t u r a

?

S o c i a l i s t a

O

Movimento Ruptura Socialista (o MRS) é um movimento que reúne centenas

de

pessoas em todo o país com o objetivo de incentivar as lutas da juventude,

dentro ou fora daescola ou universidade.

O MRS é formado por militantes da juventude do PSTU e por ativistas

independentes do movimento estudantil edeoutros movimentos sociais. Nos últimos meses, a juventude esteve à frente de todas as grandes lutas, principalmente na luta contra a Guerra do Iraque, pois é o setor que mais sofre com as mazelas imperialistas ecapitalistas. Por isso a organização da juventude é fundamental e a mobilização é mais importante do quenunca!

O MRS é uma ferramenta para auxiliar nestas tarefas: a organização e a

mobilização. Queremos proliferar Grêmios Estudantis nas escolas, Centros Acadêmicos e Diretórios Centrais de Estudantes nas universidades, realizar Fóruns Pelo Passe Livre, organizar a campanha e mobilizações contra a Guerra e contra a ALCA e

muito mais. Para isso existe o MRS. Para levantar bem alto a bandeira do Socialismo. Para afirmar que a juventude não vai ficar calada diante de tanta miséria e tanta destruição promovidas pela burguesia nacional einternacional.

O Capitalismo Mata. Morte aoCapitalismo!

Rebeldia econtestação. Venha construir conosco o Movimento RupturaSocialista!

OVIMENTO

UPTURA

OCIALISTA

Entre em Contato:

rupturasocialista@yahoo.com.br Tel: (11) 5904-2322 ou 5575-6093

!