Вы находитесь на странице: 1из 163
FundamentosFundamentos emem GerenciamentoGerenciamento dede ProjetosProjetos
FundamentosFundamentos emem
GerenciamentoGerenciamento dede ProjetosProjetos
Obj. Estrat. n Obj. Estrat. 2 Operação Obj. Estrat. 1 Planejada Operação Resultados atual atuais
Obj. Estrat. n Obj. Estrat. 2 Operação Obj. Estrat. 1 Planejada Operação Resultados atual atuais
Obj. Estrat. n
Obj. Estrat. 2
Operação
Obj. Estrat. 1
Planejada
Operação
Resultados
atual
atuais

Contexto de Projetos

P r o j e t o n Projeto n

Projeto 2atual atuais Contexto de Projetos P r o j e t o n Projeto 1 Novos

Projeto 1Contexto de Projetos P r o j e t o n Projeto 2 Novos produtos Novos

de Projetos P r o j e t o n Projeto 2 Projeto 1 Novos produtos

Novos produtos Novos Negócios Mudanças Estruturais

Aumento de produção Aumento de produtividade Aumento de vendas

Novos Negócios Mudanças Estruturais Aumento de produção Aumento de produtividade Aumento de vendas

Project Management Institute 1969 – Criação Publica o PMBOK Project Management Body Of Knowledge Conjunto
Project Management Institute 1969 – Criação Publica o PMBOK Project Management Body Of Knowledge Conjunto

Project Management Institute

1969 – Criação

Publica o PMBOK

Project Management Body Of Knowledge

Conjunto de conhecimentos em Gerência de Projetos

“BOAS PRÁTICAS” (BEST PRACTICES)

Terminologia comum em Gerência de Projetos

Certificado PMP - Project Management Professional

Chapters - www.pmi.org

) Terminologia comum em Gerência de Projetos Certificado PMP - Project Management Professional Chapters - www.pmi.org
O que é um projeto ?

O que é um projeto ?

O que é um projeto ?
F1 F2 F3 F4 A B M1 M2 M3 TEMPO
F1 F2 F3 F4 A B M1 M2 M3 TEMPO
F1
F2
F3
F4
A
B
M1
M2
M3
TEMPO
A B TEMPO
A B TEMPO
A
B
TEMPO
F1 F2 F3 F4 A B M1 M2 M3 TEMPO
F1 F2 F3 F4 A B M1 M2 M3 TEMPO
F1
F2
F3
F4
A
B
M1
M2
M3
TEMPO
PROJETO Levantamento Levantamento Proposta Proposta Operação Operação Implantação Implantação Necessidades

PROJETO

Levantamento Levantamento Proposta Proposta Operação Operação Implantação Implantação Necessidades
Levantamento Levantamento
Proposta Proposta
Operação Operação
Implantação Implantação
Necessidades Necessidades
Solução Solução
Assistida Assistida
F1
F2
F3
F4
A
B
M1
M2
M3
t
Implantação Necessidades Necessidades Solução Solução Assistida Assistida F1 F2 F3 F4 A B M1 M2 M3
O que é um Projeto? Esforço temporário empreendido para criar um exclusivo. p roduto servi

O que é um Projeto?

Esforço temporário empreendido para

criar um

exclusivo.

p

roduto servi o ou resultado

,

ç

(PMBOK ® Guide, 2008)

Esforço temporário empreendido para criar um exclusivo. p roduto servi o ou resultado , ç (
TEMPORÁRIO Início e Fim definidos (previamente)

TEMPORÁRIO

Início e Fim definidos (previamente)

TEMPORÁRIO Início e Fim definidos (previamente)
Produto, Serviço ou Resultado EXCLUSIVO

Produto, Serviço ou Resultado

EXCLUSIVO

Produto, Serviço ou Resultado EXCLUSIVO
PROBABILÍSTICO (não é determinístico) TEM RISCO (incerteza)

PROBABILÍSTICO

(não é determinístico)

TEM RISCO

(incerteza)

PROBABILÍSTICO (não é determinístico) TEM RISCO (incerteza)
Desvio A B t Obj
Desvio A B t
Desvio
A
B
t

Obj

Desvio A B t Obj
Desvio Correção (Monitoramento) (Controle) A B t
Desvio Correção (Monitoramento) (Controle) A B
Desvio
Correção
(Monitoramento)
(Controle)
A
B

t

Desvio Correção (Monitoramento) (Controle) A B t
B’ Baseline 1 (Linha de Base) A Baseline 2 (Nova Linha de Base) B t
B’ Baseline 1 (Linha de Base) A Baseline 2 (Nova Linha de Base) B t
B’
Baseline 1
(Linha de Base)
A
Baseline 2
(Nova Linha de Base)
B
t
t’
B’ Baseline 1 (Linha de Base) A Baseline 2 (Nova Linha de Base) B t t’
ELABORAÇÃO PROGRESSIVA (em etapas – fases)

ELABORAÇÃO PROGRESSIVA

(em etapas – fases)

ELABORAÇÃO PROGRESSIVA (em etapas – fases)
Recursos LIMITADOS (diferente de escassos)

Recursos LIMITADOS

(diferente de escassos)

Recursos LIMITADOS (diferente de escassos)
O que significa Gerenciar o projeto ?

O que significa Gerenciar o projeto ?

O que significa Gerenciar o projeto ?
É a aplicação de conhecimentos, habilidades, ferramentas e técnicas às atividades do projeto a fim

É a aplicação de conhecimentos, habilidades, ferramentas e técnicas às atividades do projeto a fim de atender aos seus REQUISITOS

(PMBOK ® Guide, 2008)

e técnicas às atividades do projeto a fim de atender aos seus R E Q U

É a aplicação de conhecimentos, habilidades, ferramentas e técnicas às atividades do projeto a fim de atender aos seus REQUISITOS

Identificação das necessidades Estabelecimento de objetivos claros e alcançáveis Balanceamento das demandas concorrentes:

ESCOPO, TEMPO E CUSTOS

e alcançáveis Balanceamento das demandas concorrentes: ESCOPO, TEMPO E CUSTOS Fator Crítico de SUCESSO do Projeto
e alcançáveis Balanceamento das demandas concorrentes: ESCOPO, TEMPO E CUSTOS Fator Crítico de SUCESSO do Projeto
Fator Crítico de SUCESSO do Projeto
Fator Crítico de SUCESSO do Projeto

REQUISITOS

REQUISITOS ESCOPO - TEMPO - CUSTOS PRIORIZAR Fator Crítico de SUCESSO do Projeto Foco do projeto
REQUISITOS ESCOPO - TEMPO - CUSTOS PRIORIZAR Fator Crítico de SUCESSO do Projeto Foco do projeto
REQUISITOS ESCOPO - TEMPO - CUSTOS PRIORIZAR Fator Crítico de SUCESSO do Projeto Foco do projeto

ESCOPO - TEMPO - CUSTOS

PRIORIZAR

REQUISITOS ESCOPO - TEMPO - CUSTOS PRIORIZAR Fator Crítico de SUCESSO do Projeto Foco do projeto
REQUISITOS ESCOPO - TEMPO - CUSTOS PRIORIZAR Fator Crítico de SUCESSO do Projeto Foco do projeto
REQUISITOS ESCOPO - TEMPO - CUSTOS PRIORIZAR Fator Crítico de SUCESSO do Projeto Foco do projeto
Fator Crítico de SUCESSO do Projeto
Fator Crítico de SUCESSO do Projeto

Foco do projeto (Driver do Projeto) Variável de menor flexibilidade Vetor Prioritário do Projeto Objetivo Prioritário do Projeto (Alvo Prioritário)

QUALIDADEQUALIDADE ESCOPO
QUALIDADEQUALIDADE
QUALIDADEQUALIDADE

ESCOPO

QUALIDADEQUALIDADE ESCOPO
Quando um Projeto tem SUCESSO? PRODUTOPRODUTO PRODUTOPRODUTO PROJETO dodo dodo ProjetoProjeto ProjetoProjeto

Quando um Projeto tem SUCESSO?

PRODUTOPRODUTO PRODUTOPRODUTO PROJETO dodo dodo ProjetoProjeto ProjetoProjeto Requisitos de Conformidade do
PRODUTOPRODUTO
PRODUTOPRODUTO
PROJETO
dodo
dodo
ProjetoProjeto
ProjetoProjeto
Requisitos de Conformidade
do PROCESSO DO PROJETO
Requisitos de Conformidade
do PRODUTO
Requisitos da Organização Executora do PROJETO Requisitos do Cliente do PRODUTO DO PROJETO EFICIÊNCIA EFICÁCIA
Requisitos da Organização
Executora do PROJETO
Requisitos do Cliente
do PRODUTO DO PROJETO
EFICIÊNCIA
EFICÁCIA
EFETIVIDADEEFETIVIDADE
EFETIVIDADEEFETIVIDADE
Executora do PROJETO Requisitos do Cliente do PRODUTO DO PROJETO EFICIÊNCIA EFICÁCIA EFETIVIDADEEFETIVIDADE
GerenteGerente dodo ProjetoProjeto Gerente do Projeto Perfil de Competências Liderança Comunicação Relacionamento
GerenteGerente dodo ProjetoProjeto
GerenteGerente dodo
ProjetoProjeto

Gerente do Projeto Perfil de Competências

Liderança

Comunicação

Relacionamento inter-pessoal

Negociação

Lógica e análise

do Projeto Perfil de Competências Liderança Comunicação Relacionamento inter-pessoal Negociação Lógica e análise
Processos de Gerenciamento de Projetos PROCESSOS DE MONITORAMENTO E CONTROLE PROCESSOS DE PLANEJAMENTO Entrada Fase

Processos de Gerenciamento de Projetos

PROCESSOS DE MONITORAMENTO E CONTROLE PROCESSOS DE PLANEJAMENTO Entrada Fase Início Projeto Processos de
PROCESSOS DE
MONITORAMENTO E CONTROLE
PROCESSOS DE
PLANEJAMENTO
Entrada Fase
Início Projeto
Processos de
Iniciação
Processos de
Encerramento
PROCESSOS DE
EXECUÇÃO
(PMBOK ® Guide, 2008)
Saída Fase Fim Projeto
Saída Fase
Fim Projeto
de Iniciação Processos de Encerramento PROCESSOS DE EXECUÇÃO (PMBOK ® Guide, 2008) Saída Fase Fim Projeto
Áreas de Conhecimento RISCOSRISCOSRISCOSRISCOS CUSTOCUSTOCUSTOCUSTO ESCOPOESCOPOESCOPOESCOPO INTEGRAÇÃO

Áreas de Conhecimento

RISCOSRISCOSRISCOSRISCOS CUSTOCUSTOCUSTOCUSTO ESCOPOESCOPOESCOPOESCOPO INTEGRAÇÃO

RISCOSRISCOSRISCOSRISCOS

CUSTOCUSTOCUSTOCUSTO

RISCOSRISCOSRISCOSRISCOS CUSTOCUSTOCUSTOCUSTO ESCOPOESCOPOESCOPOESCOPO INTEGRAÇÃO
RISCOSRISCOSRISCOSRISCOS CUSTOCUSTOCUSTOCUSTO ESCOPOESCOPOESCOPOESCOPO INTEGRAÇÃO
RISCOSRISCOSRISCOSRISCOS CUSTOCUSTOCUSTOCUSTO ESCOPOESCOPOESCOPOESCOPO INTEGRAÇÃO
RISCOSRISCOSRISCOSRISCOS CUSTOCUSTOCUSTOCUSTO ESCOPOESCOPOESCOPOESCOPO INTEGRAÇÃO

ESCOPOESCOPOESCOPOESCOPO

INTEGRAÇÃO

CUSTOCUSTOCUSTOCUSTO ESCOPOESCOPOESCOPOESCOPO INTEGRAÇÃO AQUISIÇÕESAQUISIÇÕESAQUISIÇÕESAQUISIÇÕES
CUSTOCUSTOCUSTOCUSTO ESCOPOESCOPOESCOPOESCOPO INTEGRAÇÃO AQUISIÇÕESAQUISIÇÕESAQUISIÇÕESAQUISIÇÕES
CUSTOCUSTOCUSTOCUSTO ESCOPOESCOPOESCOPOESCOPO INTEGRAÇÃO AQUISIÇÕESAQUISIÇÕESAQUISIÇÕESAQUISIÇÕES

AQUISIÇÕESAQUISIÇÕESAQUISIÇÕESAQUISIÇÕES

INTEGRAÇÃO AQUISIÇÕESAQUISIÇÕESAQUISIÇÕESAQUISIÇÕES QUALIDADEQUALIDADEQUALIDADEQUALIDADE
INTEGRAÇÃO AQUISIÇÕESAQUISIÇÕESAQUISIÇÕESAQUISIÇÕES QUALIDADEQUALIDADEQUALIDADEQUALIDADE
INTEGRAÇÃO AQUISIÇÕESAQUISIÇÕESAQUISIÇÕESAQUISIÇÕES QUALIDADEQUALIDADEQUALIDADEQUALIDADE
QUALIDADEQUALIDADEQUALIDADEQUALIDADE
QUALIDADEQUALIDADEQUALIDADEQUALIDADE
QUALIDADEQUALIDADEQUALIDADEQUALIDADE
QUALIDADEQUALIDADEQUALIDADEQUALIDADE
QUALIDADEQUALIDADEQUALIDADEQUALIDADE
QUALIDADEQUALIDADEQUALIDADEQUALIDADE
QUALIDADEQUALIDADEQUALIDADEQUALIDADE

QUALIDADEQUALIDADEQUALIDADEQUALIDADE

QUALIDADEQUALIDADEQUALIDADEQUALIDADE
QUALIDADEQUALIDADEQUALIDADEQUALIDADE
QUALIDADEQUALIDADEQUALIDADEQUALIDADE
QUALIDADEQUALIDADEQUALIDADEQUALIDADE
QUALIDADEQUALIDADEQUALIDADEQUALIDADE
QUALIDADEQUALIDADEQUALIDADEQUALIDADE

RECURSOSRECURSOS

RECURSOSRECURSOS

HUMANOSHUMANOS

HUMANOSHUMANOS

TEMPOTEMPOTEMPOTEMPO

COMUNICAÇÕESCOMUNICAÇÕESCOMUNICAÇÕESCOMUNICAÇÕES

GruposGrupos dede ProcessosProcessos dede GerenciamentoGerenciamento dede ProjetosProjetos ((PMBOK®PMBOK® Guide,Guide,
GruposGrupos dede ProcessosProcessos dede GerenciamentoGerenciamento dede ProjetosProjetos ((PMBOK®PMBOK® Guide,Guide, 2008)2008)
ÁreasÁreas dede
MonitoramentoMonitoramento
ConhecimentoConhecimento
IniciaçãoIniciação
PlanejamentoPlanejamento
ExecuçãoExecução
EncerramentoEncerramento
ee ControleControle
IntegraçãoIntegração
>
Desenvolver
>
Desenvolver o Plano
>
Orientar e Ger.
>
Monit/Controlar
Termo Abertura
de Gerenciamento do
Execução do
Trabalho do Projeto
> Encerrar o
Projeto ou Fase
Projeto
Projeto
>
C. Int. Mudanças
EscopoEscopo
> Coletar Requisitos
> Definir Escopo
>Verificar o Escopo
>Controlar o Escopo
> Criar EAP
TempoTempo
> Def. Atividades
>
Controlar o
> Seq. Atividades
Cronograma
> Estimar Recursos
> Est. Durações Ativ.
> Des. Cronograma
CustosCustos
> Estimar Custos
> Controlar Custos
> ç
Det Or amento
.
QualidadeQualidade
> Planejar a Qualidade
>
Real. Garantia
> Realizar Controle
Qualidade
da Qualidade
RecursosRecursos
> Des. Plano de
> Mobilizar Equipe
HumanosHumanos
Recursos Humanos
> Des. Equipe
> Ger. Equipe
ComunicaçõesComunicações
>
Identificar
>
Planejar
> Distribuir
>
Reportar
Stakeholders
Comunicações
Informações
Desempenho
> G. Stakeholders
RiscosRiscos
> Plan. Ger.dos Riscos
>
Monitorar e
> Indentificar Riscos
Controlar os Riscos
> Análise Qualitativa
> Análise Quantitativa
> Plan. Resposta
AquisiçõesAquisições
> Plan. Aquisições
> Conduzir
>
Administrar
>Encerrar
Aquisições
Aquisições
Aquisições

Ciclo de Vida do Projeto

C P C P C P C P M E M E M E M
C
P
C
P
C
P
C
P
M
E
M
E
M
E
M
E
F
E
A
CASA
Fundação
Estrutura
Acabam.
Limpeza
F1
F2
F3
F4
Projeto
C P M E
C
P
M
E
Problema/Oportunidade Necessidade do Projeto Termo de Abertura Stakeholders e Requisitos Declaração de Escopo EAP

Problema/Oportunidade Necessidade do Projeto

Termo de Abertura Stakeholders e Requisitos
Termo de Abertura
Stakeholders e
Requisitos
Declaração de Escopo EAP Atividades Sequenciamento Recursos Durações/Esforço Cronograma Custos Orçamento
Declaração de
Escopo
EAP
Atividades
Sequenciamento
Recursos
Durações/Esforço
Cronograma
Custos
Orçamento
Aquisições Critérios e Procedimentos da Qualidade Estrutura de Recursos Humanos Definição dos Instrumentos de
Aquisições Critérios e Procedimentos da Qualidade Estrutura de Recursos Humanos Definição dos Instrumentos de
Aquisições
Aquisições
Critérios e Procedimentos da Qualidade Estrutura de Recursos Humanos Definição dos Instrumentos de Comunicação
Critérios e
Procedimentos da
Qualidade
Estrutura de
Recursos Humanos
Definição dos
Instrumentos de
Comunicação
Plano do
Projeto
Identificação,
Análise e Resposta
aos Riscos
Solicitações de Mudança Plano do Projeto Ciclos de Monitoramento e Controle Execução Lições Aprendidas
Solicitações de Mudança
Solicitações de
Mudança
Solicitações de Mudança Plano do Projeto Ciclos de Monitoramento e Controle Execução Lições Aprendidas
Solicitações de Mudança Plano do Projeto Ciclos de Monitoramento e Controle Execução Lições Aprendidas
Plano do Projeto
Plano do
Projeto
Solicitações de Mudança Plano do Projeto Ciclos de Monitoramento e Controle Execução Lições Aprendidas
Ciclos de Monitoramento e Controle
Ciclos de Monitoramento
e Controle

Execução

Lições

Aprendidas

Solicitações de Mudança Plano do Projeto Ciclos de Monitoramento e Controle Execução Lições Aprendidas
PROCESSO DE INICIAÇÃO

PROCESSO DE INICIAÇÃO

PROCESSO DE INICIAÇÃO
Iniciação Constitui FORMALMENTE o projeto AUTORIZA o trabalho no projeto DEFINE AS LINHAS GERAIS do
Iniciação
Iniciação

Constitui FORMALMENTE o projeto AUTORIZA o trabalho no projeto DEFINE AS LINHAS GERAIS do projeto

TermoTermo dede AberturaAbertura dodo ProjetoProjeto (Project(Project Charter)Charter)

OKOK parapara oo PlanejamentoPlanejamento
OKOK parapara oo PlanejamentoPlanejamento

TERMO DE ABERTURA DO PROJETO

Projeto

Cliente

Gerente do Projeto

Sponsor

Descrição do Projeto

Justificativa do Projeto – Problema / Oportunidade

Produto do Projeto

Cronograma Sumário de Marcos

Objetivos do Projeto

Metas do Projeto

Estimativa de CUSTO

Estimativa de PRAZO

Assinatura do Sponsor do Projeto (autorização)

Data da abertura

TERMO DE ABERTURA DO PROJETO

Projeto

Cliente

Indivíduo ou grupo colegiado (Comitê, Diretoria) Indivíduo ou grupo colegiado (Comitê, Diretoria) que fornece
Indivíduo ou grupo colegiado (Comitê, Diretoria)
Indivíduo ou grupo colegiado (Comitê, Diretoria)
que fornece REQUISITOS e dá o ACEITE no
que fornece REQUISITOS e dá o ACEITE no
resultado (PRODUTO) do projeto
resultado (PRODUTO) do projeto

Gerente do Projeto

Sponsor

Descrição do Projeto

Justificativa do Projeto – Problema / Oportunidade

Produto do Projeto

Cronograma Sumário de Marcos

Objetivos do Projeto

Metas do Projeto

Estimativa de CUSTO

Estimativa de PRAZO

Assinatura do Sponsor do Projeto (autorização)

Data da abertura

TERMO DE ABERTURA DO PROJETO

Projeto Cliente Gerente do Projeto Sponsor Descrição do Projeto O O PATROCINADOR do Projeto PATROCINADOR
Projeto
Cliente
Gerente do Projeto
Sponsor
Descrição do Projeto
O
O
PATROCINADOR do Projeto
PATROCINADOR do Projeto
Autoriza constituição do projeto (Assina Project Charter)
Autoriza constituição do projeto (Assina Project Charter)
Justificativa do Projeto – Problema / Oportunidade
Provê recursos financeiros ao projeto
Provê recursos financeiros ao projeto
Dá suporte e cobertura política ao projeto
Dá suporte e cobertura política ao projeto
Produto do Projeto
Dá autoridade ao Gerente do Projeto
Dá autoridade ao Gerente do Projeto
Cronograma Sumário de Marcos
Aprova mudanças no Project Charter
Aprova mudanças no Project Charter
Aceita o produto (quando é, ao mesmo tempo o cliente)
Aceita o produto (quando é, ao mesmo tempo o cliente)

Objetivos do Projeto

Metas do Projeto

Estimativa de CUSTO

Estimativa de PRAZO

Assinatura do Sponsor do Projeto (autorização)

Data da abertura

TERMO DE ABERTURA DO PROJETO

Projeto Cliente Gerente do Projeto Sponsor Descrição do Projeto Gerente do Projeto Gerente do Projeto
Projeto
Cliente
Gerente do Projeto
Sponsor
Descrição do Projeto
Gerente do Projeto
Gerente do Projeto
É o responsável pelo
É o responsável pelo
Justificativa do Projeto – Problema / Oportunidade
gerenciamento do projeto
gerenciamento do projeto

Produto do Projeto

Cronograma Sumário de Marcos

Objetivos do Projeto

Metas do Projeto

Estimativa de CUSTO

Estimativa de PRAZO

Assinatura do Sponsor do Projeto (autorização)

Data da abertura

TERMO DE ABERTURA DO PROJETO

Projeto

Cliente

Gerente do Projeto

Sponsor

Descrição do Projeto

Apresentação sumária (sucinta) do projeto Apresentação sumária (sucinta) do projeto Pode conter anexos com
Apresentação sumária (sucinta) do projeto
Apresentação sumária (sucinta) do projeto
Pode conter anexos com detalhamentos
Pode conter anexos com detalhamentos

Justificativa do Projeto – Problema / Oportunidade

Produto do Projeto

Cronograma Sumário de Marcos

Objetivos do Projeto

Metas do Projeto

Estimativa de CUSTO

Estimativa de PRAZO

Assinatura do Sponsor do Projeto (autorização)

Data da abertura

TERMO DE ABERTURA DO PROJETO

Projeto

Cliente

Gerente do Projeto

Sponsor

Descrição do Projeto

Justificativa do Projeto – Problema / Oportunidade

OO PORPOR Q Q UÊUÊ dd o proje o o proje o tt A necessidade
OO PORPOR
Q
Q
UÊUÊ dd
o proje o
o proje o
tt
A necessidade do projeto para a empresa (BUSINESS NEED)
A necessidade do projeto para a empresa (BUSINESS NEED)
Definição de um PROBLEMA ou Apresentação de uma OPORTUNIDADE
Definição de um PROBLEMA ou Apresentação de uma OPORTUNIDADE
Argumentação de VENDA do projeto (Ganhos/Vantagens p/ Organização)
Argumentação de VENDA do projeto (Ganhos/Vantagens p/ Organização)
Metas do Projeto
Pode fazer referência a ANEXOS (Business Case, Estudos de Viabilidade
Pode fazer referência a ANEXOS (Business Case, Estudos de Viabilidade
Técnica e Econômica - EVTE, pesquisas, etc.)
Técnica e Econômica - EVTE, pesquisas, etc.)

Produto do Projeto

Cronograma Sumário de Marcos

Objetivos do Projeto

Estimativa de CUSTO

Estimativa de PRAZO

Assinatura do Sponsor do Projeto (autorização)

Data da abertura

TERMO DE ABERTURA DO PROJETO

Projeto

Cliente

Gerente do Projeto

Sponsor

RESULTADO principal RESULTADO principal do projeto (principal ENTREGA) do projeto (principal ENTREGA) Objeto,
RESULTADO principal
RESULTADO principal
do projeto (principal ENTREGA)
do projeto (principal ENTREGA)
Objeto, Serviço, Estado Modificado, Configuração
Objeto, Serviço, Estado Modificado, Configuração
Quantificável (passível de verificação – avaliação)
Quantificável (passível de verificação – avaliação)

Descrição do Projeto

Justificativa do Projeto – Problema / Oportunidade

Produto do Projeto

Cronograma Sumário de Marcos

Objetivos do Projeto

Metas do Projeto

Estimativa de CUSTO

Estimativa de PRAZO

Assinatura do Sponsor do Projeto (autorização)

Data da abertura

TERMO DE ABERTURA DO PROJETO

Projeto

Cliente

Gerente do Projeto

Sponsor

Descrição do Projeto

Justificativa do Projeto – Problema / Oportunidade

Produto do Projeto

Cronograma Sumário de Marcos

Sequência no tempo (Timeline) das fases do projeto Sequência no tempo (Timeline) das fases do
Sequência no tempo (Timeline) das fases do projeto
Sequência no tempo (Timeline) das fases do projeto
Ciclo de Vida do
Ciclo de Vida do
Metas do Projeto
Projeto
Projeto
Datas estimadas de início do projeto, início e término de
Datas estimadas de início do projeto, início e término de
cada fase e término do projeto
cada fase e término do projeto

Objetivos do Projeto

Estimativa de CUSTO

Estimativa de PRAZO

Assinatura do Sponsor do Projeto (autorização)

Data da abertura

TERMO DE ABERTURA DO PROJETO

Projeto

Cliente

Gerente do Projeto

Sponsor

Descrição do Projeto

Justificativa do Projeto – Problema / Oportunidade

Elementos que permitem a avaliação Elementos que permitem a avaliação (verificação) do desempenho do projeto
Elementos que permitem a avaliação
Elementos que permitem a avaliação
(verificação) do desempenho do projeto
(verificação) do desempenho do projeto
Quantificáveis (SMART)
Quantificáveis (SMART)
O QUÊ
O QUÊ

Produto do Projeto

Cronograma Sumário de Marcos

Objetivos do Projeto

Metas do Projeto

Estimativa de CUSTO

Estimativa de PRAZO

Assinatura do Sponsor do Projeto (autorização)

Data da abertura

TERMO DE ABERTURA DO PROJETO

Projeto Cliente Gerente do Projeto Sponsor A quantificação do objetivo A quantificação do objetivo Descrição
Projeto
Cliente
Gerente do Projeto
Sponsor
A quantificação do objetivo
A quantificação do objetivo
Descrição do Projeto
A medida do desempenho do projeto
A medida do desempenho do projeto
Justificativa do Projeto – Problema / Oportunidade
Pode haver mais de uma meta para
Pode haver mais de uma meta para
um único objetivo
um único objetivo
Produto do Projeto
Não deve haver objetivos sem pelo
Não deve haver objetivos sem pelo
menos uma meta
menos uma meta
Cronograma Sumário de Marcos
O QUANTO
O QUANTO
Objetivos do Projeto
Metas do Projeto
Estimativa de CUSTO
Estimativa de PRAZO
Assinatura do Sponsor do Projeto (autorização)
Data da abertura
TERMO DE ABERTURA DO PROJETO Projeto Cliente Gerente do Projeto Sponsor Descrição do Projeto Justificativa
TERMO DE ABERTURA DO PROJETO
Projeto
Cliente
Gerente do Projeto
Sponsor
Descrição do Projeto
Justificativa do Projeto – Problema / Oportunidade
Produto do Projeto
Cronograma Sumário de Marcos
Objetivos do Projeto
Metas do Projeto
ESTIMATIVASESTIMATIVAS
Estimativa de CUSTO
Estimativa de PRAZO
Assinatura do Sponsor do Projeto (autorização)
Data da abertura
TERMO DE ABERTURA DO PROJETO Projeto Cliente Gerente do Projeto Sponsor Descrição do Projeto Justificativa
TERMO DE ABERTURA DO PROJETO
Projeto
Cliente
Gerente do Projeto
Sponsor
Descrição do Projeto
Justificativa do Projeto – Problema / Oportunidade
Produto do Projeto
Cronograma Sumário de Marcos
Objetivos do Projeto
Metas do Projeto
PROJETOPROJETO AUTORIZADOAUTORIZADO
Estimativa de CUSTO
Estimativa de PRAZO
Assinatura do Sponsor do Projeto (autorização)
Data da abertura
Iniciação Identificação dos Stakeholders Interessados, Impactados, Atingidos Indivíduos ou organizações diretamente

Iniciação

Identificação dos Stakeholders

Interessados, Impactados, Atingidos

Indivíduos ou organizações diretamente envolvidos no projeto,

Aqueles cujos interesses podem ser afetados, de forma positiva ou negativa, no decorrer do projeto, ou mesmo, após sua conclusão

Influenciam ou são influenciados pelo projeto.

Identificação dos Stakeholders I n i c i a ç ã o Equipe do projeto

Identificação dos Stakeholders

Iniciação

Equipe do projeto Cliente Sponsor Parceiros Gerentes funcionais Diretores funcionais Fornecedores Funcionários da organização Família dos participantes da equipe ONG’s Mídia Grupos populacionais

Gerenciamento dos Stakeholders

Gerenciamento dos Stakeholders

Gerenciamento dos Stakeholders
Gerenciamento dos Stakeholders
Gerenciamento dos Stakeholders

Gerenciamento dos Stakeholders

Gerenciamento dos Stakeholders
PROCESSO DE PLANEJAMENTO

PROCESSO DE PLANEJAMENTO

PROCESSO DE PLANEJAMENTO
Planejamento Elabora o PLANO DE GERENCIAMENTO DO PROJETO Obtém APROVAÇÃO para a execução do projeto
Planejamento
Planejamento

Elabora o PLANO DE GERENCIAMENTO DO PROJETO

Obtém APROVAÇÃO para a execução do projeto

PLANO DE GERENCIAMENTO DO PROJETO

PLANO DE GERENCIAMENTO DO PROJETO

Aprovação FORMAL

Aprovação FORMAL

Reunião de PARTIDA DA EXECUÇÃO (Kickoff)

Reunião de PARTIDA DA EXECUÇÃO (Kickoff)

OK para o Processo de OK para o Processo de EXECUÇÃO EXECUÇÃO
OK para o Processo de
OK para o Processo de
EXECUÇÃO
EXECUÇÃO
Problema/Oportunidade Necessidade do Projeto Termo de Abertura Stakeholders e Requisitos Declaração de Escopo EAP

Problema/Oportunidade Necessidade do Projeto

Termo de Abertura Stakeholders e Requisitos
Termo de Abertura
Stakeholders e
Requisitos
Declaração de Escopo EAP Atividades Sequenciamento Recursos Durações/Esforço Cronograma Custos Orçamento
Declaração de
Escopo
EAP
Atividades
Sequenciamento
Recursos
Durações/Esforço
Cronograma
Custos
Orçamento
Aquisições Critérios e Procedimentos da Qualidade Estrutura de Recursos Humanos Definição dos Instrumentos de
Aquisições Critérios e Procedimentos da Qualidade Estrutura de Recursos Humanos Definição dos Instrumentos de
Aquisições
Aquisições
Critérios e Procedimentos da Qualidade Estrutura de Recursos Humanos Definição dos Instrumentos de Comunicação
Critérios e
Procedimentos da
Qualidade
Estrutura de
Recursos Humanos
Definição dos
Instrumentos de
Comunicação
Plano do
Projeto
Identificação,
Análise e Resposta
aos Riscos
Documentos do Projeto Planejamento ESCOPO Documentação dos Requisitos Declaração do ESCOPO Estrutura

Documentos do Projeto

Planejamento

ESCOPO

Documentação dos Requisitos Declaração do ESCOPO Estrutura Analítica do Projeto – EAP (WBS)

TEMPO (Cronograma)

Gráfico de Gantt Diagrama de REDE

CUSTO

Orçamento do projeto

Sistema da Qualidade (Parâmetros e Procedimentos)

Organograma do Projeto e Matriz de Responsabilidades

Matriz de Comunicações

Registro de Riscos (Resposta aos Riscos)

Sistema de Gerenciamento de Configurações

Controle Integrado de Mudanças Sistema de Documentação

Controle Integrado de Mudanças Sistema de Documentação
Problema/Oportunidade Necessidade do Projeto Termo de Abertura Stakeholders e Requisitos Declaração de Escopo EAP

Problema/Oportunidade Necessidade do Projeto

Termo de Abertura Stakeholders e Requisitos
Termo de Abertura
Stakeholders e
Requisitos
Declaração de Escopo EAP Atividades Sequenciamento Recursos Durações/Esforço Cronograma Custos Orçamento
Declaração de
Escopo
EAP
Atividades
Sequenciamento
Recursos
Durações/Esforço
Cronograma
Custos
Orçamento
Escopo

Escopo

DEFINIÇÃO DO ESCOPO REALIZAÇÃO DO ESCOPO NECESSIDADES (Requisitos) REQUISITOS PRODUTO (ENTREGA)
DEFINIÇÃO DO ESCOPO REALIZAÇÃO DO ESCOPO NECESSIDADES (Requisitos)
DEFINIÇÃO
DO ESCOPO
REALIZAÇÃO
DO ESCOPO
NECESSIDADES
(Requisitos)

REQUISITOS

PRODUTO

(ENTREGA)

(ENTREGA)

(ENTREGA)
(ENTREGA)
(ENTREGA)
(ENTREGA)
Escopo TODO e APENAS o trabalho necessário para completar o projeto com sucesso Escopo do

Escopo

TODO e APENAS o trabalho necessário para completar o projeto com sucesso

Escopo do PRODUTO do Projeto

Escopo do PROJETO

e APENAS o trabalho necessário para completar o projeto com sucesso Escopo do PRODUTO do Projeto
Escopo Escopo do PRODUTO do Projeto Características Atributos Funções ESPECIFICAÇÕES

Escopo

Escopo do PRODUTO do Projeto

Características

Atributos

Funções

ESPECIFICAÇÕES

Escopo Escopo do PRODUTO do Projeto Características Atributos Funções ESPECIFICAÇÕES
Projeto da III Feira de Tecnologia da Informação Evento, anual, que acontece na cidade do

Projeto da III Feira de Tecnologia da Informação

Evento, anual, que acontece na cidade do Rio de Janeiro, é o principal do país na área de Tecnologia da Informação. São cinco dias de feira (de segunda a sexta-feira) sempre na primeira semana de outubro.

O público alvo são os profissionais de TI, empresários, gerentes funcionais de grandes empresas, usuários de microcomputadores e de tecnologia em geral. A edição anterior teve um contingente de público de 1.000 participantes aos ciclos de palestras e 80 mil visitantes aos stands de exposição.

O evento vem crescendo a uma taxa de 20% ao ano. No ano anterior houve 120 stands de expositores. A coordenação técnica do evento deseja que nesta edição haja um palestrante internacional.

Escopo do PRODUTO 1- Tema do Evento: Tecnologia da Informação 2- Local 2.1- Cidade do

Escopo do PRODUTO

1- Tema do Evento: Tecnologia da Informação 2- Local

2.1- Cidade do Rio de Janeiro 2.2- Centro de Convenções 2.3- Espaço para montagem de 120 stands 3- Público alvo 3.1- Profissionais de TI 3.2- Empresários de TI 3.3- Ger. Funcionais de TI 3.4- Usuários de TI e Tecnologia em geral 4- Data: primeira semana de outubro 5- Duração: 5 dias úteis (seg a sex) 6- Programação 6.1- Exposição 6.2- Palestras

7- Horário:

7.1- Da exposição: 10:00 – 22:00 7.2- Das palestras: 18:30 – 21:30

8-Palestrantes:

01- Internacional ( )

Escopo

Escopo do Produto Descreve como ser á o PRODUTO gerado pelo projeto

Escopo do PROJETO Escopo TODO e APENAS o trabalho necessário para gerar o produto do

Escopo do PROJETO

Escopo

TODO e APENAS o trabalho

necessário para gerar o produto do projeto (entrega final)

Entregas intermediárias (passos para gerar a entrega final)

Escopo do Projeto Descreve o que precisar ser feito para gerar o produto do projeto

Escopo do Projeto Descreve o que precisar ser feito para gerar o produto do projeto (os passos para se chegar ao resultado final)

Escopo

Escopo do PROJETO

1- Elaboração de Plano de Marketing 1.1- Preparação de briefing 1.2- Contratação da agência

2- Local

2.1- Pesquisa 2.2- Seleção 2.3- Contratação 3- Aquisição de mailling de TI 4- Contratação de staff para 5 dias 4.1- Recepção 4.2- Segurança 4.3- Apoio logístico 4.4- Manutenção 5- Elaboração de estratégia de Venda 5.1- Stands 5.2- Patrocínios

6- Palestras

6.1- Definição dos temas 6.2- Seleção e contratação de palestrantes

(

)

Escopo Escopo do PRODUTO Escopo do PROJETO 1- Tema do Evento: Tecnologia da Informação 2-

Escopo

Escopo do PRODUTO

Escopo do PROJETO

1- Tema do Evento: Tecnologia da Informação 2- Local

1- Elaboração de Plano de Marketing 1.1- Preparação de briefing 1.2- Contratação da agência

2- Local

2.1- Cidade do Rio de Janeiro 2.2- Centro de Convenções 2.3- Espaço para montagem de 120 stands 3- Público alvo 3.1- Profissionais de TI 3.2- Empresários de TI 3.3- Ger. Funcionais de TI 3.4- Usuários de TI e Tecnologia em geral 4- Data: primeira semana de outubro 5- Duração: 5 dias úteis (seg a sex) 6- Programação 6.1- Exposição 6.2- Palestras

7- Horário:

2.1- Pesquisa 2.2- Seleção 2.3- Contratação 3- Aquisição de mailling de TI 4- Contratação de staff para 5 dias 4.1- Recepção 4.2- Segurança 4.3- Apoio logístico 4.4- Manutenção 5- Elaboração de estratégia de Venda 5.1- Stands 5.2- Patrocínios

7.1- Da exposição: 10:00 – 22:00 7.2- Das palestras: 18:30 – 21:30

6- Palestras

6.1- Definição dos temas 6.2- Seleção e contratação de palestrantes

8-Palestrantes:

01- Internacional ( )

(

)

Escopo EXCLUSÕES (específicas – não-escopo) Características (especificações) típicas, ou possíveis, do produto

Escopo

EXCLUSÕES (específicas – não-escopo)

Características (especificações) típicas, ou possíveis, do produto que não serão realizadas

Entregas intermediárias (parciais) que não serão realizadas

Premissas Fatos assumidos como verdadeiros Condições sobre as quais o projeto será conduzido Se modificadas

Premissas

Fatos assumidos como verdadeiros

Condições sobre as quais o projeto será conduzido

Se modificadas implicam na reavaliação do projeto

Restrições

Imposições prévias (externas) que limitam as opções do projeto

Limites

Obrigações (normas, leis, regulamentos)

NívelNível 11 EAP – Estrutura Analítica do Projeto WBS – Work Breakdown Structure DesenvolvimentoDesenvolvimento

NívelNível 11

EAP – Estrutura Analítica do Projeto

WBS – Work Breakdown Structure

DesenvolvimentoDesenvolvimento dede SoftwareSoftware

NívelNível 22

NívelNível 33

AnáliseAnálise

LevantamentoLevantamento dede RequisitosRequisitos

ConceitoConceito dodo SistemaSistema

ArquiteturaArquitetura dodo SistemaSistema

ModelagemModelagem

ProgramaçãoProgramação

CodificaçãoCodificação

DesenvolvimentoDesenvolvimento dede ObjetosObjetos

DocumentaçãoDocumentação

ImplementaçãoImplementação

DocumentaçãoDocumentação ImplementaçãoImplementação TestesTestes HomologaçãoHomologação OperaçãoOperação
DocumentaçãoDocumentação ImplementaçãoImplementação TestesTestes HomologaçãoHomologação OperaçãoOperação
DocumentaçãoDocumentação ImplementaçãoImplementação TestesTestes HomologaçãoHomologação OperaçãoOperação

TestesTestes

HomologaçãoHomologação

OperaçãoOperação AssistidaAssistida

EAP – Estrutura Analítica do Projeto WBS – Work Breakdown Structure Construção de Refinaria Estrutura

EAP – Estrutura Analítica do Projeto

WBS – Work Breakdown Structure

Construção de Refinaria Estrutura Instalações Operação EVTE Projetos Fundações Elétricas Limpeza
Construção de Refinaria
Estrutura
Instalações
Operação
EVTE
Projetos
Fundações
Elétricas
Limpeza
Análise Técnica
P Arquitetônico
.
Infra-estrutura
Hidráulicas
Montagem final
Análise Financeira
Proj. Estrutural
Áreas Civis
Turn-key
Proj. Instalações
Salas de Controle
Administração
EAP – Estrutura Analítica do Projeto WBS – Work Breakdown Structure 1- Construção de Refinaria

EAP – Estrutura Analítica do Projeto

WBS – Work Breakdown Structure

1- Construção de Refinaria

2.1- EVTE 2.1.1- Anáise Técnica 2.1.2- Análise Financeira 2.2- Projetos 2.2.1- Projeto Arquitetônico 2.2.2- Projeto Estrutural 2.2.3- Projeto Instalações strutura 2.3.1- Fundações 2.3.2- Infra-estrutura 2.3.3- Áreas Civis 2.3.3.1- Salas de Controle 2.3.3.2- Administração

2 3

E

-

.

2.4- Instalações 2.4.1- Elétricas 2.4.2- Hidráulicas 2.5- Operação 2.5.1- Limpeza 2.5.2- Montagem Final 2.5.3- Turn-Key

EAP – Estrutura Analítica do Projeto WBS – Work Breakdown Structure PROJETOPROJETO 11 -- EntregaEntrega

EAP – Estrutura Analítica do Projeto

WBS – Work Breakdown Structure

PROJETOPROJETO 11 -- EntregaEntrega 22 -- EntregaEntrega 33 -- EntregaEntrega 1.11.1 EntregaEntrega 1.21.2
PROJETOPROJETO
11 -- EntregaEntrega
22 -- EntregaEntrega
33 -- EntregaEntrega
1.11.1 EntregaEntrega
1.21.2 EntregaEntrega
2.12.1 EntregaEntrega
2.2Entrega2.2Entrega
3.13.1 EntregaEntrega
3.23.2 EntregaEntrega
1.1.11.1.1 PTPT
1.1.21.1.2 PTPT
1.2.11.2.1 PTPT
1.2.21.2.2 PTPT
2.1.12.1.1 PTPT
2.1.22.1.2 PTPT
2.2.12.2.1 PTPT
2.2.22.2.2 PTPT
3.1.13.1.1 PTPT
3.1.23.1.2 PTPT
3.2.13.2.1 PTPT
3.2.23.2.2 PTPT
ÚltimoÚltimo NívelNível :: PacotesPacotes dede TrabalhoTrabalho

(menor(menor entregaentrega dodo projeto)projeto)

Lista de Atividades

Lista de Atividades

Lista de Atividades
EAP – Estrutura Analítica do Projeto WBS – Work Breakdown Structure CONSTRUÇÃOCONSTRUÇÃO DEDE CASACASA

EAP – Estrutura Analítica do Projeto

WBS – Work Breakdown Structure

CONSTRUÇÃOCONSTRUÇÃO DEDE CASACASA

Breakdown Structure CONSTRUÇÃOCONSTRUÇÃO DEDE CASACASA ProjetoProjeto ObraObra Infra-Infra-estruturaestrutura

ProjetoProjeto

CONSTRUÇÃOCONSTRUÇÃO DEDE CASACASA ProjetoProjeto ObraObra Infra-Infra-estruturaestrutura
ObraObra Infra-Infra-estruturaestrutura
ObraObra
Infra-Infra-estruturaestrutura
ProjetoProjeto ObraObra Infra-Infra-estruturaestrutura InstalaçõesInstalações ParedesParedes
InstalaçõesInstalações
InstalaçõesInstalações
ParedesParedes EsquadriasEsquadrias
ParedesParedes
EsquadriasEsquadrias
AcabamentoAcabamento
AcabamentoAcabamento
LimpezaLimpeza
LimpezaLimpeza
HabiteHabite--sese
HabiteHabite--sese
DesmobilizaçãoDesmobilização
DesmobilizaçãoDesmobilização

Proj.Proj. ArquiteturaArquitetura

P.P. ComplementaresComplementares

LicençasLicenças RequerimentosRequerimentos EstudoEstudo PreliminarPreliminar ProjetoProjeto PreliminarPreliminar
LicençasLicenças
RequerimentosRequerimentos
EstudoEstudo PreliminarPreliminar
ProjetoProjeto PreliminarPreliminar
EAP – Estrutura Analítica do Projeto WBS – Work Breakdown Structure CONSTRUÇÃOCONSTRUÇÃO DEDE CASACASA

EAP – Estrutura Analítica do Projeto

WBS – Work Breakdown Structure

CONSTRUÇÃOCONSTRUÇÃO DEDE CASACASA ProjetoProjeto ObraObra Proj.Proj. ArquiteturaArquitetura
CONSTRUÇÃOCONSTRUÇÃO DEDE CASACASA
ProjetoProjeto
ObraObra
Proj.Proj. ArquiteturaArquitetura
Infra-Infra-estruturaestrutura
P.P. ComplementaresComplementares
InstalaçõesInstalações
ElétricasElétricas
LicençasLicenças
ParedesParedes
ArAr Cond.Cond.
RequerimentosRequerimentos
EsquadriasEsquadrias
HidráulicasHidráulicas
EstudoEstudo PreliminarPreliminar
AcabamentoAcabamento
ÁguaÁgua
ProjetoProjeto PreliminarPreliminar
LimpezaLimpeza
EsgotoEsgoto
HabiteHabite--sese
DesmobilizaçãoDesmobilização
EAP – Estrutura Analítica do Projeto WBS – Work Breakdown Structure CONSTRUÇÃOCONSTRUÇÃO DEDE CASACASA

EAP – Estrutura Analítica do Projeto

WBS – Work Breakdown Structure

CONSTRUÇÃOCONSTRUÇÃO DEDE CASACASA PréPré--ProjetoProjeto ProjetoProjeto ObraObra RequerimentosRequerimentos
CONSTRUÇÃOCONSTRUÇÃO DEDE CASACASA
PréPré--ProjetoProjeto
ProjetoProjeto
ObraObra
RequerimentosRequerimentos
Proj.Proj. ArquiteturaArquitetura
Infra-Infra-estruturaestrutura
EstudoEstudo PreliminarPreliminar
P.P. ComplementaresComplementares
InstalaçõesInstalações
ProjetoProjeto PreliminarPreliminar
LicençasLicenças
ParedesParedes
PreliminarPreliminar LicençasLicenças ParedesParedes EsquadriasEsquadrias AcabamentoAcabamento EntregaEntrega
EsquadriasEsquadrias
EsquadriasEsquadrias
AcabamentoAcabamento
AcabamentoAcabamento

EntregaEntrega

LimpezaLimpeza HabiteHabite--sese DesmobilizaçãoDesmobilização
LimpezaLimpeza
HabiteHabite--sese
DesmobilizaçãoDesmobilização
EAP – Estrutura Analítica do Projeto WBS – Work Breakdown Structure 1 TREINAMENTOTREINAMENTO PréPré--EventoEvento

EAP – Estrutura Analítica do Projeto

WBS – Work Breakdown Structure

1 TREINAMENTOTREINAMENTO PréPré--EventoEvento EventoEvento PósPós--EventoEvento TreinamentoTreinamento
1
TREINAMENTOTREINAMENTO
PréPré--EventoEvento
EventoEvento
PósPós--EventoEvento
TreinamentoTreinamento
CertificadoCertificado
LocalLocal ContrataçãoContratação
RelatórioRelatório
1º1º DiaDia (SEG)(SEG)
HotelHotel ReservaReserva
2º2º DiaDia (TER)(TER)
ComunicaçãoComunicação
3º3º DiaDia (QUA)(QUA)
EquipamentosEquipamentos
4º4º DiaDia (QUI)(QUI)
ComputadorComputador
5º5º DiaDia (SEX)(SEX)
CanhãoCanhão
LocalLocal ArrumaçãoArrumação
TelaTela dede ProjeçãoProjeção
TransporteTransporte AéreoAéreo
PowerPointPowerPoint
HotelHotel EstadaEstada
Transp.Transp. AéreoAéreo Res.Res.
EAP – Estrutura Analítica do Projeto WBS – Work Breakdown Structure 2 TREINAMENTOTREINAMENTO

EAP – Estrutura Analítica do Projeto

WBS – Work Breakdown Structure

2 TREINAMENTOTREINAMENTO Infra-Infra-EstruturaEstrutura OperaçãoOperação LogísticaLogística
2
TREINAMENTOTREINAMENTO
Infra-Infra-EstruturaEstrutura
OperaçãoOperação
LogísticaLogística
DocumentaçãoDocumentação
TransporteTransporte
CertificadoCertificado
EquipamentosEquipamentos
1º1º DiaDia (SEG)(SEG)
ComputadorComputador
HospedagemHospedagem
RelatórioRelatório
2º2º DiaDia (TER)(TER)
DatashowDatashow
3º3º DiaDia (QUA)(QUA)
LocalLocal
RelatórioRelatório
TelaTela ProjeçãoProjeção
4º4º DiaDia (QUI)(QUI)
ComunicaçãoComunicação
5º5º DiaDia (SEX)(SEX)
PowerPointPowerPoint
CoffeCoffe--BreakBreak
Dicionário da EAP - WBS

Dicionário da EAP - WBS

Dicionário da EAP - WBS
EAP – Estrutura Analítica do Projeto WBS – Work Breakdown Structure

EAP – Estrutura Analítica do Projeto

WBS – Work Breakdown Structure

EAP – Estrutura Analítica do Projeto WBS – Work Breakdown Structure
Problema/Oportunidade Necessidade do Projeto Termo de Abertura Stakeholders e Requisitos Declaração de Escopo EAP

Problema/Oportunidade Necessidade do Projeto

Termo de Abertura Stakeholders e Requisitos
Termo de Abertura
Stakeholders e
Requisitos
Declaração de Escopo EAP Atividades Sequenciamento Recursos Durações/Esforço Cronograma Custos Orçamento
Declaração de
Escopo
EAP
Atividades
Sequenciamento
Recursos
Durações/Esforço
Cronograma
Custos
Orçamento
Definir as ATIVIDADES SEQUENCIAR as atividades Cronograma Estimar RECURSOS das atividades Estimar DURAÇÕES das

Definir as ATIVIDADES

SEQUENCIAR as atividades

Cronograma

Estimar RECURSOS das atividades

Estimar DURAÇÕES das atividades

as ATIVIDADES SEQUENCIAR as atividades Cronograma Estimar RECURSOS das atividades Estimar DURAÇÕES das atividades
Definir as Atividades Decomposi ç ão dos pacotes de trabalho Lista de Atividades

Definir as Atividades

Definir as Atividades Decomposi ç ão dos pacotes de trabalho Lista de Atividades

Decomposição dos pacotes de trabalho Lista de Atividades

Definir as Atividades Decomposi ç ão dos pacotes de trabalho Lista de Atividades
Sequenciar as Atividades B depende de A para ser realizada PREDECESSORA SUCESSORA Atividade A Atividade

Sequenciar as Atividades

B depende de A para ser realizada

PREDECESSORA

SUCESSORA

Atividade A Atividade B
Atividade A
Atividade B

Dependências Obrigatórias (mandatórias – Hard Logic)

Dependências Arbitradas (Facultativas)

Relações de Dependência Sequenciar as Atividades TÉRMINO INÍCIO PREDECESSORA SUCESSORA INÍCIO INÍCIO

Relações de Dependência

Sequenciar as Atividades

TÉRMINO INÍCIO

PREDECESSORA SUCESSORA
PREDECESSORA
SUCESSORA

INÍCIO INÍCIO

PREDECESSORA SUCESSORA
PREDECESSORA
SUCESSORA

TÉRMINO TÉRMINO

PREDECESSORA SUCESSORA
PREDECESSORA
SUCESSORA

INÍCIO TÉRMINO

PREDECESSORA

SUCESSORA
SUCESSORA
Sequenciar as Atividades Precessores e Sucessores (Dependência)

Sequenciar as Atividades

Sequenciar as Atividades Precessores e Sucessores (Dependência)

Precessores e Sucessores (Dependência)

Sequenciar as Atividades Precessores e Sucessores (Dependência)
Sequenciar as Atividades DIAGRAMA DE REDE Contratar Convocar Local Particip. Definir Relatório Início Evento

Sequenciar as Atividades

DIAGRAMA DE REDE

Contratar Convocar Local Particip. Definir Relatório Início Evento Data Final Produzir Palestras
Contratar
Convocar
Local
Particip.
Definir
Relatório
Início
Evento
Data
Final
Produzir
Palestras
FIM
FIM
DE REDE Contratar Convocar Local Particip. Definir Relatório Início Evento Data Final Produzir Palestras FIM
Sequenciar as Atividades DIAGRAMA DE REDE

Sequenciar as Atividades

DIAGRAMA DE REDE

Sequenciar as Atividades DIAGRAMA DE REDE
Sequenciar as Atividades DIAGRAMA DE REDE
Planejamento Estimar Recursos Recursos necessários para a realização da ATIVIDADE Recursos HUMANOS Competência

Planejamento

Estimar Recursos

Recursos necessários para a realização da ATIVIDADE

Recursos HUMANOS Competência Produtividade Executor Especialista Padrão

MATERIAIS

EQUIPAMENTOS (Produtividade Real x Nominal)

Estimar Recursos Atribuição dos Recursos às Atividades

Estimar Recursos

Estimar Recursos Atribuição dos Recursos às Atividades
Estimar Recursos Atribuição dos Recursos às Atividades
Estimar Recursos Atribuição dos Recursos às Atividades

Atribuição dos Recursos às Atividades

Período total de tempo necessário à realização da atividade Duração = Estimar Durações Esforço gerado

Período total de tempo necessário à realização da atividade

total de tempo necessário à realização da atividade Duração = Estimar Durações Esforço gerado em f

Duração =

Estimar Durações

Esforço gerado em função da produtividade

ç ã o d a p r o d u t i v i d a

Trabalho

Recursos

a p r o d u t i v i d a d e Trabalho Recursos

Número de profissionais ou equipamentos que irão realizar a atividade

Estimar Durações ESFORÇO (80) / Recursos (1) / Horas Trab. (8) = DURAÇÃO 10 d

Estimar Durações

ESFORÇO (80) / Recursos (1) / Horas Trab. (8) = DURAÇÃO 10 d

6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25

ESFORÇO (80) / Recursos (2) / Horas Trab. (8) = DURAÇÃO 5 d

Analogia / Dados históricos Estimar Durações Paramétrica (modelos matemáticos) Correlação entre variáveis: Metros

Analogia / Dados históricos

Estimar Durações

Paramétrica (modelos matemáticos)

Correlação entre variáveis: Metros por hora , montagens por dia, etc

Estimativa Probabilística (Three-Points Estimates)

Estimativa do Executor Estimar Durações Trabalho necessário = 24 h   S T Q Q

Estimativa do Executor

Estimar Durações

Trabalho necessário = 24 h

 

S

T

Q

Q

S

S

T

Q

Q

S

Carga

                   

Estimada “grosso modo”

                   
                   
                   
3h 3h 3h 3h 3h 3h 3h 3h 3h 3h

3h

3h

3h

3h

3h

3h

3h

3h

3h

3h

Segurança

3h 3h 3h 3h 3h 3h 3h 3h Segurança Duração = 10 dias úteis Input para

Duração = 10 dias úteis

Input para o sistema do projeto: 10 dias x 8 h = 80 h

Estimar Durações Estimativa do Gestor do Projeto Trabalho necessário = 24 h Carga Determinada S

Estimar Durações

Estimativa do Gestor do Projeto

Trabalho necessário = 24 h

Carga

Determinada

do Projeto Trabalho necessário = 24 h Carga Determinada S T Q Q S S T

S

T

Q

Q

S

S

T

Q

4h

4h

4h

         

4h

4h

4h

         
  4h 4h 4h           Duração = 3 dias úteis Input para
  4h 4h 4h           Duração = 3 dias úteis Input para

Duração = 3 dias úteis

Input para o sistema do projeto: 3 dias x 8 h = 24 h

Estimar Durações Estimativa Conjunta Trabalho necessário = 24 h Carga Estimada realisticamente S T Q

Estimar Durações

Estimativa

Conjunta

Trabalho necessário = 24 h

Carga

Estimada

realisticamente

Trabalho necessário = 24 h Carga Estimada realisticamente S T Q Q S S T Q

S

T

Q

Q

S

S

T

Q

 

4h

 

4h

4h

     

4h

4h

   

4h

     
  4h 4h     4h       Duração = 5 dias úteis Períodos ocupados
  4h 4h     4h       Duração = 5 dias úteis Períodos ocupados

Duração = 5 dias úteis

Períodos ocupados com outras tarefas

= 5 dias úteis Períodos ocupados com outras tarefas Input para o sistema do projeto: 5

Input para o sistema do projeto: 5 dias de duração e 24 h

Caminho Crítico CAMINHOS Início-A-B-D-Fim Início-A-B-E-Fim Início-A-C-E-Fim 11 4 Ativ. B Ativ. D 7 9

Caminho Crítico

CAMINHOS

Início-A-B-D-Fim

Início-A-B-E-Fim

Início-A-C-E-Fim

11

4

Ativ. B Ativ. D 7 9 Ativ. C Ativ. E
Ativ. B
Ativ. D
7
9
Ativ. C
Ativ. E

23

FIM
FIM

3

Ativ. A

Início
Início
Início-A-B-E-Fim Início-A-C-E-Fim 11 4 Ativ. B Ativ. D 7 9 Ativ. C Ativ. E 23 FIM
Caminho Crítico CAMINHOS Início-A-B-D-Fim Início-A-B-E-Fim Início-A-C-E-Fim 11 4 Ativ. B Ativ. D 7 9

Caminho Crítico

CAMINHOS

Início-A-B-D-Fim

Início-A-B-E-Fim

Início-A-C-E-Fim

11

4

Ativ. B Ativ. D 7 9 Ativ. C Ativ. E
Ativ. B
Ativ. D
7
9
Ativ. C
Ativ. E

23

FIM
FIM

3

Ativ. A

Início-A-B-E-Fim Início-A-C-E-Fim 11 4 Ativ. B Ativ. D 7 9 Ativ. C Ativ. E 23 FIM
Início-A-B-E-Fim Início-A-C-E-Fim 11 4 Ativ. B Ativ. D 7 9 Ativ. C Ativ. E 23 FIM
Início
Início
Início-A-B-E-Fim Início-A-C-E-Fim 11 4 Ativ. B Ativ. D 7 9 Ativ. C Ativ. E 23 FIM
Início-A-B-E-Fim Início-A-C-E-Fim 11 4 Ativ. B Ativ. D 7 9 Ativ. C Ativ. E 23 FIM
Caminho Crítico Caminho Crítico 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16

Caminho Crítico

Caminho Crítico

Caminho Crítico Caminho Crítico 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17
6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
Caminho Crítico Caminho Crítico 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17
Caminho Crítico Caminho Crítico 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17
Caminho Crítico Caminho Crítico 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17
Caminho Crítico Caminho Crítico 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17
Caminho Crítico Caminho Crítico 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17

Folga

Caminho Crítico Caminho Crítico 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16

Caminho Crítico

Caminho Crítico

Caminho Crítico Caminho Crítico 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17
6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
Crítico 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
Crítico 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
Crítico 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
Crítico 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
Crítico 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20

Início mais CEDO

Término mais CEDO

Caminho Crítico Caminho Crítico 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16

Caminho Crítico

Caminho Crítico

Caminho Crítico Caminho Crítico 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17
6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
Crítico 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
Crítico 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
Crítico 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
Crítico 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
Crítico 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
Crítico 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20

Início mais TARDE

Término mais TARDE

Diagrama de Rede

Diagrama de Rede

Diagrama de Rede
Diagrama de Rede
Caminho Crítico

Caminho Crítico

Caminho Crítico
Caminho Crítico
Caminho Crítico

Caminho Crítico

Caminho Crítico
Caminho Crítico
Caminho Crítico É o caminho de maior duração do projeto O Caminho Crítico determina a

Caminho Crítico

É o caminho de maior duração do projeto

O Caminho Crítico determina a duração total do projeto

Atividades pertencentes a caminhos que não são o crítico possuem “folgas

Qualquer atraso em uma de suas atividades implicará no atraso equivalente ao projeto

CPM (Critical Path Method): Criado em 1957 pela Du Pont e Remington PERT (Program Evaluation and Review Technique): Criado em 1958 pela Marinha Americana

Caminho Crítico ATIV. Duração INÍCIO TÉRMINO Mais Cedo Mais Cedo INÍCIO TÉRMINO Mais

Caminho Crítico

ATIV.

Duração

INÍCIO

TÉRMINO

Mais Cedo

Mais Cedo

INÍCIO

TÉRMINO

Mais Tarde

Mais Tarde

CAMINHOS

Dur

Início-A-B-D-E-Fim

18
18

Início-A-C-E-Fim

13

B 3 D 6 3 6 6 12 3 6 6 12 C 6 3
B
3
D
6
3
6
6
12
3
6
6
12
C
6
3
9
6
12
13 B 3 D 6 3 6 6 12 3 6 6 12 C 6 3

A

3

E

6

INÍCIO 0 0
INÍCIO
0 0
FIM 18 18
FIM
18 18

0

3

12

18

0

3

13 B 3 D 6 3 6 6 12 3 6 6 12 C 6 3

12

18

Planejamento Gráfico de Gantt Atividades 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

Planejamento

Gráfico de Gantt

Atividades 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14
Atividades
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
Atividade A
Atividade B
Atividade C
Atividade D
Atividade E
Planejamento Gráfico de Gantt Atividades 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

Planejamento

Gráfico de Gantt

Atividades 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14
Atividades
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
Atividade A
Atividade B
Atividade C
Atividade D
Atividade E
Cronograma

Cronograma

Cronograma
Cronograma
Cronograma

Cronograma

Cronograma
Redução do Cronograma Schedule Compression Planejamento Paralelismo (Fast Tracking) B D E F G I

Redução do Cronograma Schedule Compression

Planejamento
Planejamento

Paralelismo (Fast Tracking)

B D E F G I Fim A C H F B D E G
B
D
E
F
G
I
Fim
A
C
H
F
B
D
E
G
I
Fim
A
C
H
Redução do Cronograma Schedule Compression P l a n e j a m e n

Redução do Cronograma Schedule Compression

Planejamento

Paralelismo (Fast Tracking)

Fast Tracking parcial

T
T
T - FT FT
T - FT
FT
Redução do Cronograma Schedule Compression P l a n e j a m e n

Redução do Cronograma Schedule Compression

Planejamento

Compressão (Crashing)

ADIÇÃO DE RECURSOS às atividades Troca de recursos entre atividades do Caminho Crítico x Caminhos NÃO-CRÍTICOS Capacitação de Recursos Humanos (Caminho Crítico)

Trade-off Fator Crítico de Sucesso do Projeto

Problema/Oportunidade Necessidade do Projeto Termo de Abertura Stakeholders e Requisitos Declaração de Escopo EAP

Problema/Oportunidade Necessidade do Projeto

Termo de Abertura Stakeholders e Requisitos
Termo de Abertura
Stakeholders e
Requisitos
Declaração de Escopo EAP Atividades Sequenciamento Recursos Durações/Esforço Cronograma Custos Orçamento
Declaração de
Escopo
EAP
Atividades
Sequenciamento
Recursos
Durações/Esforço
Cronograma
Custos
Orçamento
Orçamentação

Orçamentação

Orçamentação
Curva “S” do Projeto 6.000 5.000 4.000 3.000 2.000 1.000 0 1 2 3 4

Curva “S” do Projeto

6.000

5.000

4.000

3.000

2.000

1.000

0

1 2 3 4 5 6 7
1
2
3
4
5
6
7

Fase 1

Fase 1    
   

Fase 2

 
Fase 2    
 

Fase 3

   
Fase 3    

PV

1.000

3.000

1.000

1.000

4.000

5.000

Curva “S” do Projeto Planejamento Custo 1 2 3 4 5 6 7 8 9

Curva “S” do Projeto

Planejamento
Planejamento
Custo 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14
Custo
1
2 3
4
5 6
7 8
9 10
11
12 13
14
15 16
17 18
19 20
21
22 23
24
25 26
27 36
550
500
450
400
350
300
250
200
150
100
50
0
PROJETO 1 Custo 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12
PROJETO 1
Custo
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
36
Atividade 1
40
Atividade 2
100
Atividade 3
70
Atividade 4
10
Atividade 5
30
Atividade 6
70
Atividade 7
30
Atividade 8
60
Atividade 9
40
Atividade 10
60
Problema/Oportunidade Necessidade do Projeto Termo de Abertura Stakeholders e Requisitos Declaração de Escopo EAP

Problema/Oportunidade Necessidade do Projeto

Termo de Abertura Stakeholders e Requisitos
Termo de Abertura
Stakeholders e
Requisitos
Declaração de Escopo EAP Atividades Sequenciamento Recursos Durações/Esforço Cronograma Custos Orçamento
Declaração de
Escopo
EAP
Atividades
Sequenciamento
Recursos
Durações/Esforço
Cronograma
Custos
Orçamento
Critérios e Procedimentos da Qualidade
Critérios e Procedimentos da Qualidade
Critérios e
Procedimentos da
Qualidade
Qualidade do Projeto Planejamento Nível de Atendimento aos requerimentos Gold Plating Não Requsitado Não Esperado

Qualidade do Projeto

Planejamento Nível de Atendimento aos requerimentos Gold Plating Não Requsitado Não Esperado Não Contratado
Planejamento
Nível de
Atendimento aos
requerimentos
Gold Plating
Não Requsitado
Não Esperado
Não Contratado
Requisitos do Projeto
(CLIENTE)
Valor Esperado
(contratado)

Tolerância = PADRÃO DA QUALIDADE (Critérios de Aceitação)

Custo

da Qualidade

(contratado) Tolerância = PADRÃO DA QUALIDADE (Critérios de Aceitação) Custo da Qualidade Orçamento do Projeto

Orçamento

do

Projeto

Aquisições Critérios e Procedimentos da Qualidade Estrutura de Recursos Humanos Definição dos Instrumentos de
Aquisições Critérios e Procedimentos da Qualidade Estrutura de Recursos Humanos Definição dos Instrumentos de
Aquisições
Aquisições
Critérios e Procedimentos da Qualidade Estrutura de Recursos Humanos Definição dos Instrumentos de Comunicação
Critérios e
Procedimentos da
Qualidade
Estrutura de
Recursos Humanos
Definição dos
Instrumentos de
Comunicação
Plano do
Projeto
Identificação,
Análise e Resposta
aos Riscos
Papéis e Responsabilidades Planejamento Competências necess á rias Tratamento dos GAPs identificados Organograma

Papéis e Responsabilidades

Planejamento
Planejamento

Competências necessárias Tratamento dos GAPs identificados Organograma do Projeto

SponsorSponsor dodo ProjetoProjeto GerenteGerente dodo ProjetoProjeto
SponsorSponsor dodo ProjetoProjeto GerenteGerente dodo ProjetoProjeto
SponsorSponsor dodo ProjetoProjeto GerenteGerente dodo ProjetoProjeto

SponsorSponsor dodo ProjetoProjeto

GerenteGerente dodo ProjetoProjeto

SponsorSponsor dodo ProjetoProjeto GerenteGerente dodo ProjetoProjeto
ApoioApoio AdmAdm
ApoioApoio AdmAdm
Resp.Resp. FaseFase AA Resp.Resp. FaseFase BB Resp.Resp. ContratosContratos ConsultorConsultor MembroMembro 11
Resp.Resp. FaseFase AA
Resp.Resp. FaseFase BB
Resp.Resp. ContratosContratos
ConsultorConsultor
MembroMembro 11
MembroMembro 22
MembroMembro 11
MembroMembro 22
Planejamento Papéis e Responsabilidades     Gerente do       Atividades Sponsor
Planejamento
Planejamento

Papéis e Responsabilidades

   

Gerente do

     

Atividades

Sponsor

Projeto

Membro 1

Membro 2

Membro (n)

Atividade A

A

R

I

I

C

Atividade B

I

A

R

C

I

Atividade C

I

A

I

R

I

Atividade D

A

R

C

I

I

Atividade E

I

A

C

R

I

R – Responsável pela Execução A – Responsável pala Aprovação C - Consultado I –
R
– Responsável pela Execução
A
– Responsável pala Aprovação
C
- Consultado
I – Informado
Aquisições Critérios e Procedimentos da Qualidade Estrutura de Recursos Humanos Definição dos Instrumentos de
Aquisições Critérios e Procedimentos da Qualidade Estrutura de Recursos Humanos Definição dos Instrumentos de
Aquisições
Aquisições
Critérios e Procedimentos da Qualidade Estrutura de Recursos Humanos Definição dos Instrumentos de Comunicação
Critérios e
Procedimentos da
Qualidade
Estrutura de
Recursos Humanos
Definição dos
Instrumentos de
Comunicação
Plano do
Projeto
Identificação,
Análise e Resposta
aos Riscos
Planejamento Comunicação O que deve ser comunicado Quem deve ser comunicado Quando deve ser comunicado

Planejamento

Comunicação

O que deve ser comunicado

Quem deve ser comunicado

Quando deve ser comunicado

Como deve ser comunicado

Comunicação O que deve ser comunicado Quem deve ser comunicado Quando deve ser comunicado Como deve
Comunicação Documento   Stakeholder Quando?   Como? Termo de Abertura Sponsor, Cliente,

Comunicação

Documento

 

Stakeholder

Quando?

 

Como?

Termo de Abertura

Sponsor, Cliente, Equipe, Gerentes Funcionais,

Na abertura do projeto

Cópia em papel entregue em mãos

Plano do Projeto

Sponsor e Equipe

Na conlusão do planejamento

Cópia em papel entregue em mãos

Contrato

Sponsor e Cliente

Na assinatura do contrato

Cópia em papel entregue em mãos

WBS

Sponsor, Cliente, Equipe

Na geração do documento

Cópia em papel entregue em mãos

Cronograma de Utilização de recursos

Gerentes Funcionais

No término do planejamento

Memorando interno

Riscos Identificados

Sponsor, cliente e equipe

Na abertura do projeto e na conclusão do plano

Cópia em papel entregue em mãos

Equipe

Na identificação de novos riscos

E-mail

Problemas

Equipe

Na identificação de problemas

E-mail

identificados

(

)

(

)

 

(

)

Aquisições Critérios e Procedimentos da Qualidade Estrutura de Recursos Humanos Definição dos Instrumentos de
Aquisições Critérios e Procedimentos da Qualidade Estrutura de Recursos Humanos Definição dos Instrumentos de
Aquisições
Aquisições
Critérios e Procedimentos da Qualidade Estrutura de Recursos Humanos Definição dos Instrumentos de Comunicação
Critérios e
Procedimentos da
Qualidade
Estrutura de
Recursos Humanos
Definição dos
Instrumentos de
Comunicação
Plano do
Projeto
Identificação,
Análise e Resposta
aos Riscos
Gerenciamento dos Riscos Um evento ou condição de incerteza que, se ocorrer, terá um efeito

Gerenciamento dos Riscos

Um evento ou condição de incerteza que, se ocorrer, terá um efeito positivo ou negativo em pelo menos um objetivo do projeto, tal como tempo, custo, escopo ou qualidade.

Gerenciamento dos Riscos UmUm eventoevento ouou condiçãocondição dede incertezaincerteza que,que, sese

Gerenciamento dos Riscos

Gerenciamento dos Riscos UmUm eventoevento ouou condiçãocondição dede incertezaincerteza que,que, sese
Gerenciamento dos Riscos UmUm eventoevento ouou condiçãocondição dede incertezaincerteza que,que, sese

UmUm eventoevento ouou condiçãocondição dede incertezaincerteza que,que, sese ocorrer,ocorrer, teráterá umum efeitoefeito positivopositivo ouou negativonegativo emem pelopelo menosmenos umum objetivoobjetivo dodo pprojeto,rojeto, taltal comocomo tempo,tempo, custo,custo, escopoescopo ouou qualidade.qualidade.

custo,custo, escopoescopo ouou qualidade.qualidade. ProbabilidadeProbabilidade ConsequênciaConsequência ouou

ProbabilidadeProbabilidade

escopoescopo ouou qualidade.qualidade. ProbabilidadeProbabilidade ConsequênciaConsequência ouou impactoimpacto
escopoescopo ouou qualidade.qualidade. ProbabilidadeProbabilidade ConsequênciaConsequência ouou impactoimpacto

ConsequênciaConsequência ouou impactoimpacto

Causa 1 Causa 2 Causa 3 Causa n RISCO Gerenciamento dos Riscos Conseqüências Atraso na

Causa 1

Causa 2

Causa 3

Causa n

Causa 1 Causa 2 Causa 3 Causa n RISCO Gerenciamento dos Riscos Conseqüências Atraso na data
Causa 1 Causa 2 Causa 3 Causa n RISCO Gerenciamento dos Riscos Conseqüências Atraso na data
Causa 1 Causa 2 Causa 3 Causa n RISCO Gerenciamento dos Riscos Conseqüências Atraso na data

RISCO

Gerenciamento dos Riscos

Causa 1 Causa 2 Causa 3 Causa n RISCO Gerenciamento dos Riscos Conseqüências Atraso na data

Conseqüências

Atraso na data do projeto, aumento de custo

Gerenciamento dos Riscos UmUm eventoevento ouou condiçãocondição dede incertezaincerteza que,que, sese

Gerenciamento dos Riscos

UmUm eventoevento ouou condiçãocondição dede incertezaincerteza que,que, sese ocorrer,ocorrer, teráterá umum efeitoefeito positivopositivo ouou negativonegativo emem pelopelo menosmenos umum objetivoobjetivo dodo pprojeto,rojeto, taltal comocomo tempo,tempo, custo,custo, escopoescopo ouou qualidade.qualidade.

taltal comocomo tempo,tempo, custo,custo, escopoescopo ouou qualidade.qualidade. OportunidadeOportunidade AmeaçaAmeaça
taltal comocomo tempo,tempo, custo,custo, escopoescopo ouou qualidade.qualidade. OportunidadeOportunidade AmeaçaAmeaça
taltal comocomo tempo,tempo, custo,custo, escopoescopo ouou qualidade.qualidade. OportunidadeOportunidade AmeaçaAmeaça

OportunidadeOportunidade

taltal comocomo tempo,tempo, custo,custo, escopoescopo ouou qualidade.qualidade. OportunidadeOportunidade AmeaçaAmeaça
taltal comocomo tempo,tempo, custo,custo, escopoescopo ouou qualidade.qualidade. OportunidadeOportunidade AmeaçaAmeaça
taltal comocomo tempo,tempo, custo,custo, escopoescopo ouou qualidade.qualidade. OportunidadeOportunidade AmeaçaAmeaça

AmeaçaAmeaça

Plano de Gerenciamento dos Riscos

Plano de Gerenciamento dos Riscos

Gerenciamento dos Riscos Planejamento IDENTIFICAR os riscos Descrever o risco de maneira estruturada, utilizando uma

Gerenciamento dos Riscos

Planejamento

IDENTIFICAR os riscos

Descrever o risco de maneira estruturada, utilizando uma descrição em 3 partes:

Devido a <uma ou mais causas>, poderá ocorrer <risco> , o que levaria a <um ou mais efeitos>.

Devido a falha nas especificações, poderão ocorrer correções nos desenhos, que levariam a atraso no projeto.

Gerenciamento dos Riscos Planejamento IDENTIFICAR os riscos Realizar a Análise QUALITATIVA de Riscos

Gerenciamento dos Riscos

Planejamento

IDENTIFICAR os riscos

Realizar a Análise QUALITATIVA de Riscos

Planejamento Gerenciamento dos Riscos Probabilidade Alta Média Baixa C B   A D C R

Planejamento

Gerenciamento dos Riscos

Probabilidade

Alta

Média

Baixa

C

B

 

A

D

C

R
R

B

E

D

 

C

Baixo

Médio

Alto

Impacto

Gerenciamento dos Riscos Planejamento IDENTIFICAR os riscos Realizar a Análise QUALITATIVA de Riscos Realizar

Gerenciamento dos Riscos

Planejamento

IDENTIFICAR os riscos

Realizar a Análise QUALITATIVA de Riscos

Realizar a Análise QUANTITATIVA de Riscos

Planejar as RESPOSTAS A RISCOS

MONITORAR E CONTROLAR os RISCOS

Gerenciamento dos Riscos   NEGATIVOSNEGATIVOS POSITIVOSPOSITIVOS   ABORDAGEMABORDAGEM

Gerenciamento dos Riscos

 

NEGATIVOSNEGATIVOS

POSITIVOSPOSITIVOS

 

ABORDAGEMABORDAGEM

(AMEAÇAS)(AMEAÇAS)

(OPORTUNIDADES)(OPORTUNIDADES)

RESPOSTARESPOSTA

AGRESSIVA

ELIMINARELIMINAR

EXPLORAREXPLORAR

 

(AVOID)(AVOID)

(EXPLOIT)(EXPLOIT)

 

MITIGARMITIGAR

MELHORARMELHORAR

MUDAR O TAMANHO

(MITIGATE)(MITIGATE)

(ENHANCE)(ENHANCE)

PRÓ-ATIVA

DIVIDIR COM OUTRO

TRANSFERIRTRANSFERIR

COMPARTILHARCOMPARTILHAR

(TRANSFER)(TRANSFER)

(SHARE)(SHARE)

NÃO AGIR

ACEITAR (ACCEPT) (ATIVA OU PASSIVAMENTE)

 

SÓ AGIR SE

PLANO DE CONTINGÊNCIA

REATIVA

Registro de Riscos – Risk Register I Descrição P I P X I Estratégia Ação

Registro de Riscos – Risk Register

I

Descrição

P

I

P X I

Estratégia

Ação

Responsável

1

Devido a divergências na aprovação do design poderá ocorrer retrabalho o que levará a maior duração da fase e atraso no projeto

3

3

9

Mitigação

Criar buffers de tempo para aumentar a flexibilidade do cronograma

Gerente do

Projeto

2

Devido a <causa> poderá ocorrer <RISCO> o que levará a <um ou mais efeitos (impactos)>

           

3

             

4

             

5

             
Aquisições Critérios e Procedimentos da Qualidade Estrutura de Recursos Humanos Definição dos Instrumentos de