You are on page 1of 2

ALGORITMO DE DETERMINAO DA CRITICIDADE DO EQUIPAMENTO

A PARADA REPENTINA DO EQUIPAMENTO PROVOCA: A


SA
ALTA (A) MDIA (B) BAIXA (C)
B, C
A
Acidentes Pessoais, Exposio a Riscos de QP
Segurana e Meio-
SA Agresses ao Meio-ambiente Acidentes ao Meio-ambiente Nenhum risco
ambiente B, C
e Danos Materiais ou do Patrimnio

A, B
Produtos com defeito, reduo TO
Qualidade e Variao da Qualidade ou da
QP da Velocidade e Reduo da No afeta
Produtividade Produtividade
Produo C

C
Oportunidade de OP
OP Cessa todo o Processo Cessa parte do Processo No afeta
Produo B, C
OP A, B

Ocasionalmente ou C
Dois turnos ou horrio FQ
TO Taxa de Ocupao 24 horas por dia no faz parte do A
Administrativo
Processo Produtivo B, C
FQ
A, B
Frequncia de C
FQ Intervalo menor que 6 meses Em mdia uma vez por ano Raramente Ocorre
Quebra A MT

B, C
MT
B, C
O tempo e/ou custo MT A, B
O tempo e/ou custo do reparo O tempo e/ou custo do reparo
MT Mantenabilidade do reparo so
so elevados so suportveis
irrelevantes

PREDITIVA PREVENTIVA CORRETIVA


ALTA MDIA BAIXA

CRITICIDADE DO EQUIPAMENTO