Вы находитесь на странице: 1из 41

Fundamentos em SOA

Prof. MSc. Marcos Macedo marcos.macedo@fiap.com.br

Versão 5.7 Outubro/2017

MARCOS MACEDO ARQUITETO EMPRESARIAL marcos.macedo@fiap.com.br https://br.linkedin.com/in/marcosmacedo  MBA em Gestão

MARCOS MACEDO

ARQUITETO EMPRESARIAL

MBA em Gestão de Tecnologia da Informação (FGV)

Mestre em Ciências da Computação (UFSCAR)

Pós-graduado em Análise de Sistemas com ênfase em Administração (IBM- IME/RJ)

Professor dos cursos de MBA em Framework de Arquitetura e Arquitetura Empresarial na FIAP. Atuo profissionalmente como Arquiteto Empresarial na arquitetura de produtos e soluções para os segmentos de Telecomunicações, de Saúde, de Finanças e de Logística

Mais de vinte anos de experiência em TI, atualmente focado em Arquitetura de TI,

Integração de Sistemas e SOA Micro-Services / DevOps

Possui as seguintes certificações: TOGAF 9 Certified, Open Group Certified Architect, Sun Certified Enterprise Architect for J2EE e TM Forum NGOSS Certified OSS/BSS.

Objetivos da disciplina

Objetivos da disciplina

O Desafio!!!

O Desafio!!!

Cenário mundial de TI

Cenário mundial de TI

E a Qualidade do Software?

US $ 312 bilhões foi

gastos

mundialmente para corrigir

a estimativa

de

falhas de software .

Fonte: Cambridge University - 2013

73 % das empresas

desenvolvedoras de aplicações móveis não possuem nenhum tipo de processo de testes e

qualidade software .

Fonte: Pesquisa World Qualtiy Report - 2013

70 % do esforço do desenvolvimento nas empresas de software no Brasil é gasto para corrigir falhas imprevistas de software .

Fonte DEVMEDIA - 2012

falhas imprevistas de software . Fonte DEVMEDIA - 2012 Fonte : T&M Testes – 2012 –

Fonte : T&M Testes 2012 Levantamento 300 projetos

Vamos começar!

Vamos começar!

Desafio de TI

Aplicação 1

Aplicação 2

Aplicação 3

Aplicação n

Canais Apresentação Inflexível, Ineficiente, Difícil de manter Processos de Negócio  Difícil de adaptar à
Canais
Apresentação
Inflexível, Ineficiente, Difícil de manter
Processos de Negócio
Difícil de adaptar à mudanças de regras de
negócio
Duplicação de funcionalidades
= recursos desperdiçados
Pequenas correções demandam grandes esforços
Integração representa 80% do orçamento de TI

Regras de negócio









Integração de dados
Esquemas de dados

Negócios versus TI

Linhas de

Negócio (LoB)

Maior agilidade e flexibilidade

nos negócios

Gerenciamento nos processos de negócios

Capacidade de integração com parceiros de negócio

• Capacidade de integração com parceiros de negócio Tecnologia da Informação (TI) • Dificuldades em

Tecnologia da

Informação (TI)

Dificuldades em lidar com

arquiteturas complexas e heterogêneas

Dificuldade para integração dos

sistemas e processos

Grande esforço para modificação de processos e regras de negócio

Diminuir GAP entre negócios e TI
Diminuir GAP entre negócios e TI

O que é SOA?

Definições

Definições
Definições
Definições

A melhor definição!

A melhor definição!

Benefícios esperados com SOA

Benefícios esperados com SOA Fonte: AMR Research 2015
Benefícios esperados com SOA Fonte: AMR Research 2015

Fonte: AMR Research 2015

O que NÃO é SOA!

SOA não é tecnologia

SOA não é produto

SOA não é um projeto de TI

SOA não é um software

SOA não é um “framework”

SOA não é uma metodologia

SOA não é uma solução de negócio

SOA não é um middleware

SOA não é um padrão (norma)

SOA não um serviço

SOA não é uma ferramenta de produtividade

Abordagem Integrada (BPMN + SOA)

Abordagem Integrada (BPMN + SOA)

Visão Holística

Visão Holística

Modelo de Camadas BPM e SOA

Modelo de Camadas – BPM e SOA

Visão Integrada: BPM e SOA

Visão Integrada: BPM e SOA

Exemplo: Usando SOA em Telecomunicações

Exemplo: Usando SOA em Telecomunicações

Exemplo: Usando SOA em Finanças

Exemplo: Usando SOA em Finanças

O que é Serviço?

O que é Serviço?

Arquitetura SOA

• MBA Gestão de Tecnologia da Informação
• MBA Gestão de Tecnologia da Informação

Tipos de Serviços

Tipos de Serviços

Tecnologia de Implementação

Síncronas

WebServices / SOAP (JAX-RPC, JAX-WS, JAX-RS)

REST

HTTP / API Query

RMI (Remote Method Invocation)

RFC (Remote Function Call)

CORBA

WCF (Windows Communications Framework)

Native API (Application Programming Interface)

ODBC / JDBC

ASP.NET SignalR

WebSocket

Socket TCP / UDP

Tecnologia de Implementação

Assíncronas

(cont.)

WebServices (recursos de callback)

Message Provider (JMS Java Message Service, .Net Message Queue

Service)

File Transfer Service (Transferência de arquivo)

MQTT

Visão Técnica de um projeto SOA

Visão Técnica de um projeto SOA

E a Orquestração disso tudo, como fica !?

E a Orquestração disso tudo, como fica !?

ESB Enterprise Service Bus

ESB – Enterprise Service Bus

ESB Enterprise Service Bus

ESB – Enterprise Service Bus

Componentes do ESB

Componentes do ESB

E a monitoração disso tudo?

E a monitoração disso tudo?

BAM Business Activity Monitoring

BAM – Business Activity Monitoring
BAM – Business Activity Monitoring

SOA - Demonstração

Operational dashboard

Operational dashboard
Operational dashboard
Operational dashboard
Operational dashboard
SHOPPING PORTAL
SHOPPING PORTAL

ESB

ESB
- Demonstração Operational dashboard SHOPPING PORTAL ESB BAM Order Booking (BPMN) receive Insert Order
BAM Order Booking (BPMN) receive Insert Order getCustInfo Decision Manual Service Review ? SelectMfr RapidMfr
BAM
Order Booking (BPMN)
receive
Insert
Order
getCustInfo
Decision
Manual
Service
Review
?
SelectMfr
RapidMfr
invoke
invoke
5-15 min
receive
receive
Fulfill
Order
Notify Cust
end
Rules repository Rule Author
Rules
repository
Rule Author
Rules Engine
Rules
Engine

ESB

FedEx USPS
FedEx
USPS
Order DB EJB 3.0 Customer service Approval (Rich Workflow) Product Suppliers Notification Service Web Services
Order DB
EJB 3.0
Customer service
Approval
(Rich Workflow)
Product
Suppliers
Notification
Service
Web Services Interface: XML, SOAP, WSDL, WSIF

Bibliografias

Bibliografias

Bibliografias

Bibliografias

Dicas de leitura!

Dicas de leitura!

Ferramentas

MBA Gestão de Tecnologia da Informação

Atividades: Estudo de Caso
Atividades: Estudo de Caso

Case: FIAP Roupas

Case: FIAP Roupas

Projeto FIAP Roupas

1.

Monte grupos de até 5 integrantes

2.

Leia com atenção o Estudo de Caso: FIAP Roupas

3.

Quais as vantagens o grupo vislumbra com o uso de SOA no estudo

de caso? Tem certeza? Justifique.

4.

Quais as dificuldades que “talvez” enfrentaria durante o processo de

implantação de SOA?

5.

Quais os Fatores Chave de Sucesso? Cite apenas 5

Obrigado

Obrigado

Copyright © 2017 Prof. MSc. Marcos Macedo

Todos direitos reservados. Reprodução ou divulgação total ou parcial deste documento é expressamente proíbido sem o consentimento formal, por escrito, do Professor (autor).