You are on page 1of 24

dimensão

Assustadora

Assustadora RUMO AO MUNDIAL ... Com mais 11 responsabilidade ANO VIII Somos mas Em “idade” JORNAL
RUMO AO MUNDIAL ... Com mais
RUMO AO MUNDIAL
...
Com mais
Assustadora RUMO AO MUNDIAL ... Com mais 11 responsabilidade ANO VIII Somos mas Em “idade” JORNAL
Assustadora RUMO AO MUNDIAL ... Com mais 11 responsabilidade ANO VIII Somos mas Em “idade” JORNAL
11
11

responsabilidade

ANO VIII Somos
ANO
VIII
Somos
mas
mas

Em “idade” ainda gatinhamos

em serviço

SOMOS GRANDES

Assustadora RUMO AO MUNDIAL ... Com mais 11 responsabilidade ANO VIII Somos mas Em “idade” JORNAL

JORNAL DE GRANDE CIRCULAÇÃO NO ONTÁRIO

Assustadora RUMO AO MUNDIAL ... Com mais 11 responsabilidade ANO VIII Somos mas Em “idade” JORNAL
Assustadora RUMO AO MUNDIAL ... Com mais 11 responsabilidade ANO VIII Somos mas Em “idade” JORNAL
Assustadora RUMO AO MUNDIAL ... Com mais 11 responsabilidade ANO VIII Somos mas Em “idade” JORNAL
Assustadora RUMO AO MUNDIAL ... Com mais 11 responsabilidade ANO VIII Somos mas Em “idade” JORNAL
Assustadora RUMO AO MUNDIAL ... Com mais 11 responsabilidade ANO VIII Somos mas Em “idade” JORNAL
Assustadora RUMO AO MUNDIAL ... Com mais 11 responsabilidade ANO VIII Somos mas Em “idade” JORNAL
PORTUGUESE CANADIAN NEWSPAPER DISTRIBUIÇÃO GRATUITA
PORTUGUESE CANADIAN NEWSPAPER
DISTRIBUIÇÃO GRATUITA
PORTUGAL MAIS PERTO 17 Domingos Martins o nosso herói com coração grande
PORTUGAL
MAIS
PERTO
17
Domingos Martins
o nosso herói com
coração grande
Assustadora RUMO AO MUNDIAL ... Com mais 11 responsabilidade ANO VIII Somos mas Em “idade” JORNAL

Segunda-Feira, 16 de Outubro 2017 Ano VIII N.º382 http://abcpcnn.weebly.com/

24
24

LINDAS OBRAS que FALAM POR SI ...

COMO CRESCEU ...

8/9
8/9

GREVE , professores, instrutores, conselheiros e bibliotecários Cerca de 12.000

21
21
dos incêndios em Portugal 22
dos incêndios em Portugal
22
Modernizar o NAFTA 4
Modernizar
o NAFTA
4
2 . Nossa Gente 16 Outubro 2017
2 . Nossa Gente
16 Outubro 2017

Nova Crise

2 . Nossa Gente 16 Outubro 2017 Nova Crise Pedro Costa De Barros pedrojorgeri@gmail.com A justiça

Pedro Costa De Barros

pedrojorgeri@gmail.com

A justiça portuguesa acabou de formalmente acusar o antigo primeiro-ministro José Sócrates. Acusou-o e acusou também o banqueiro Ricardo Salgado que, é o antigo director do defunto Banco Espírito Santo, actualmente denominado como Novo Banco. Mais pessoas também foram acusadas. Na sua maioria pessoas ligadas a José Sócrates e de certa forma a Ricardo Salgado. Agora que a tese do ministério público é conhecida; facilmente se entende que é uma tese complicada e que o alegado esquema era ainda mais elaborado.

Se o que o ministério público afirma se confirme, só Sócrates

terá lesado dinheiro público em mais de 20 milhões de euros. Ainda mais se compreendermos que ninguém pagou impostos sobre este dinheiro. Pode-se dizer muito mas o principal a reter é que são sempre os mesmos a fazer isto. Neste caso só por azar dos acusados é que foram apanhados. Para um país de recursos limitados, e depois de se exigir

tantos sacrifícios dos portugueses, e de muitos pagarem sem

puderem, e de milhares de negócios terem falido porque

não conseguiram acompanhar as exigências das finanças

e da concorrência num país de modesto consumo; é quase revelador que agora um grupo de “grandes” seja apanhado. Costuma-se dizer que o dinheiro não fala. Bem quando um homem de 60 anos que sempre trabalhou para o governo com um ordenado elevado mas não ao ponto de o fazer rico, compra em Paris um apartamento depois de 6 anos como primeiro ministro. Então eu posso dizer que o dinheiro está a falar. Está a dizer que o homem em questão - José

Sócrates - obteve o dinheiro por outros meios para além do seu serviço e ordenado. Do ponto de vista jurídico este é um caso complicado. Será muito difícil provar isto até porque a defesa irá responder.

Vamos ver como tudo se irá desdobrar. A meu ver o pior será a reputação do país e das instituições. A grande pergunta terá ser duas na verdade. Primeiro, como foi possível fazer isto num sistema que supostamente nos governos de José Sócrates estava a apertar os que estariam a cometer invasão

fiscal. Segundo, uma parte dos ministros e secretários do

governo de Sócrates fazem parte do actual governo que, por acaso é um governo que tal como o do dito político, são do mesmo partido político. Por isso a pergunta é então e agora? Como é? Eu compreendo que sejam amigos mas não há nada a dizer? Sobre isto e sobre este tema em particular voltaremos a falar. Até para a semana

Ficha técnica Propriedade: ABC Portuguese Canadian Newspaper Ltd Director: Fernando Cruz Gomes Conselho Empresarial: Fernando Cruz
Ficha técnica
Propriedade:
ABC Portuguese Canadian Newspaper Ltd
Director:
Fernando Cruz Gomes
Conselho
Empresarial:
Fernando
Cruz
Gomes,
Presidente;
Paulo
Fernando,
Vice-Presidente; Carlo Miguel, Tesoureiro;
e Lara Ingrid, Secretária.
Redacção e Cronistas:
António Pedro Costa (Ponta Delgada), António dos Santos
Vicente, Carlo Miguel, Conceição Baptista, Cristina Alves
(Lisboa), Custódio António Barros, Edgar Quinquino
(Hamilton), Fernando Cruz Gomes, Fernando Jorge,
Filipe Ribeiro (ABC Turismo), Guida Micael, Helder Freire
(Lisboa), Humberto Costa (Luanda),Sergio Alexandre, Lara Ingrid, Luis Esgáio,
Luky Pedro ,Maria João Rafael (Lisboa), Pedro Jorge Costa Baptista, Sónia Catarina
Micael.
Secretária de Redacção:
Lara Ingrid
Editor Gráfico:
Sérgio Alexandre

As plantas diferentes

Ricardo era um senhor de meia idade. Morava ao lado do Nuno. O Nuno era professor da Primaria, mas ja fazia uns anos largos que se tinha reformado. Sempre adorou criancas mas a vida por este motivo ou outro, nunca lhe proporcionou tal sorte. As plantas eram o que ele tinha mais perto, já que certas alergias não deixavam que ele tivesse nenhum ani- mal de estimação. O Ricardo era um vendedor de máquinas de aspiradores. Há muitos anos que trabalhou numa fabrica onde começou nos primeiros tempos e, depois, foi trabalhan- do lá fora, indo de casa em casa vender várias marcas dife- rentes. Gostava bastante. Adorava poder conhecer pessoas interessantes e conversar com elas. Nem sempre tinha muita sorte. Às vezes fechavam-lhe a porta na cara. Outras vezes, via-se espreitarem, mas nunca abram a porta. Até lhe tinham entornado um copo de agua por cima da cabeça. Nada disso impediam que ele todos os dias tentasse de novo. Não era de desistir. E lá ia ele, faça sol ou chuva.

2 . Nossa Gente 16 Outubro 2017 Nova Crise Pedro Costa De Barros pedrojorgeri@gmail.com A justiça

Lara Ingrid

2 . Nossa Gente 16 Outubro 2017 Nova Crise Pedro Costa De Barros pedrojorgeri@gmail.com A justiça

O vento era tanto que conseguiu arrancar as plantas pelas

O Ricardo, tal e qual o Nuno, tambem gostava de ter varias plantas em casa e no seu jardim.

suas raizes. Tudo ficou no chão, completamente desfeito!

Enquanto as plantas do Nuno continuavam no sitio. Como se nada tivesse ocorrido.

O Nuno dava sempre pouca água às suas plantas. E como ele tinhas outros hobbies, para alem de tratar de plantas, nem sempre lhes dava muito atenção. O Ricardo, que gostava de

conversar, ficava horas a tratar das suas plantas. Contava-

lhes historias de aventuras com caça tesouros e piratas. Até

cantava para as suas meninas, imaginem!

As plantas do Nuno eram humildes e com bom aspecto, mas os do Ricardo, tinham um tom esverdeado que ate brilhavam e as folhas mais abertas. Todos os dias, os vizinhos tratavam

do seu jardim com dedicação e devoção às suas maneiras!

O que um dava de mais, o outro dava de menos. Porém, o Amor que tinham por elas, demonstravam-na como sabiam. Nem sempre podemos decifrar o tempo, pois às vezes quan-

do parece que vai chover, o sol começa a espreitar. E o que parece ser um dia repleto de sol, basta uma nuvem escura para estragar tudo! Um desses dias quando nao se pode advi- nhar como vai correr a noite, houve muita chuva e ventania

O Ricardo nao conseguiu conter o seu desagrado, e matou a

sua curiosidade ao perguntar-lhe: “Eu e tu estivemos aqui a tratar das plantas ao mesmo tempo. Eu sei que tratei da minhas melhor. Pois estive sempre mais tempo com elas e

tu nem sequer lhes davas muita água. Como é que as tuas plantas estão intactas e as minhas no chão?”, perguntou quase furioso.

A pergunta nem sequer incomodou o Nuno. Ele continuou na dele mas respondeu à pergunta do Ricardo, “Eu posso

não ter dado muita água e atenção às minhas plantas como tu deste, mas tu facilitaste tudo. Enquanto as mi-

nhas plantas, eu dei agua suficiente, e quando essa agua

desparecesse, as raizes iam ao encontro de mais. Quanto mais as raizes iam, mais longe estavam e a posição delas

ficavam mais fortes. E quanto mais forte uma planta fica,

mais hipotese tem para sobreviver a grandes tempesta- des!”

para abanar todas as flores daquele bloco de casas. Enquanto

os tratadores, dormiam sossegadamente nas suas caminhas.

As plantas estavam a ser postas à prova! No dia seguinte ao

acordarem, foram ver os estragos que o Sao Pedro lhes havia feito.

O Ricardo com o seu sobrolho para cima, ficou tristissimo

ao ver as suas plantas destruidas no chão.

Naquele dia, o Ricardo percebeu que quando damos tudo às plantas, como se fossem crianças, eles nao iriam saber dar

o valor das coisas que têm, nem quanto custa para as ter! O

valor do trabalho e o respeito que vem com ele é muito im- portante. Por vezes, é importante darmos asas para poderem

voar. Ajudar com conselhos para o caminho certo e deixá-los explorar até encontrarem o seu caminho.

2 . Nossa Gente 16 Outubro 2017 Nova Crise Pedro Costa De Barros pedrojorgeri@gmail.com A justiça
16 Outubro 2017 Material Editorial . 3 EDITORIAL O ministro norte-coreano fez o comentário ao receber
16 Outubro 2017
Material Editorial . 3
EDITORIAL
O ministro norte-coreano fez o comentário ao receber uma dele-
gação da agência de notícias russa Tass, que visitou Pyongyang,
Paródia?
informaram hoje os ‘media’ oficiais. “É a firme vontade de todo
o pessoal militar e do povo da República Popular Democrática da
Aí temos nós, em paródia múltipla, mais uma tentativa de fazer
perigar a paz “pôdre” – é o termo – em que se vive. E que está
Coreia [RPDC, nome oficial do país] fazer chover fogo sobre os
Estados Unidos, que falou em destruir totalmente a RPDC”, disse
Tudo visto – e não se disse tudo – o mundo pode estar à beira
de uma catástrofe. Daquelas que matam muitos seres humanos.
E mesmo que nos digam que se pretende acabar com a veleidade
norte-coreana de se armar com as armas nucleares que tanto medo
a preocupar, decerto, todos os povos amantes da Paz.
Para já,
inspiram
...
somos daqueles que pensamos que deveríamos entrar
Ri Yong-ho, num comunicado citado pela agência estatal KCNA.
o ministro dos Negócios Estrangeiros da Coreia do Norte, Ri
Yong-ho, advertiu que a vontade de Pyongyang é “fazer chover
numa onda de pôr fim a todos estes artefactos nucleares. E não
apenas da Coreia do Norte ou dos Estados Unidos
...
mas de todo
Ri Yong Ho, que também participou na septuagésima segunda As-
fogo” sobre os Estados Unidos em resposta à retórica bélica
sembleia-Geral da ONU, já tinha reagido, dias depois, afirmando
do Presidente norte-americano, Donald Trump. Assim mesmo.
Quase com os mesmos termos que, na sua primeira intervenção
que Trump declarara guerra à Coreia do Norte com as suas palavras.
o mundo. O material nuclear já provou, designadamente no Japão,
que não deixa pedra sobre pedra e tem a agonia geral a prolongar-
se por gerações.
perante a Assembleia-Geral das Nações Unidas, o presidente dos
Estados Unidos, Donald Trump, ao afirmar que a única solução
Já na sua própria intervenção, o chefe da diplomacia norte-coreana
E isto poderia ser o motivo para acabarmos com todas as armas
– citamos – “será destruir totalmente a Coreia do Norte”, caso o
disse aos líderes mundiais que os insultos do Presidente norte-a-
mericano a Kim Jong-un -- como foi o caso da expressão “homem
nucleares. Todas
mo a Paz.
...
e em todo o mundo. E isto se desejarmos mes-
regime de King Jong-Un continui a ameaçar os Estados Unidos e
os seus aliados.
foguete” [‘rocket man’, em inglês] -- tornam um ataque contra os
Estados Unidos uma situação inevitável.

Corrupção?

Há quem pense haver, hoje, mais casos gritantes de corrupção do que havia há umas décadas atrás. E parta daí para zurzir governantes, a quem chama nomes que fariam tremer os carroceiros de então. E quem diz corrupção, diz outros desmandos da sociedade que ajudámos todos a erguer.

Somos daqueles que pensamos que o facto de haver, hoje, meios de comunicação cada vez

mais expeditos e de qualquer notícia que surja no Tibete ser logo conhecida no Canadá ou

na França

...

tem igualmente de

ser sopesada.

Por amor à verdade. Por amor à lisura de processos. Por amor aos ditames da consciência de quem ainda a tem.

Não

há muito deixámos por

aí dito que um colega da

Informação que

a

morte

levou atirava para a Rádio onde

trabalhava com a frase “se não

quer que noticiemos deixe que aconteça ” ...

...

não

Talvez pretendesse assim –

ingénuo que ele era! – fazer

com que os homens da tal

sociedade invertessem a marcha e começassem a actuar sem corrupção e sem malabarismos de qualquer espécie.

Hoje por hoje, a Informação – escrita ou falada – vive do interesse das maiorias.

Come

à

mesa

com

elas.

Pauta o seu andamento pelos

patrocínios que tem. E ninguém

pode levar a mal que conte tudo

o que sabe e

...

como sabe.

Sobre a guerra (onde a primeira vítima será sempre a verdade) ou sobre o descontrolo

financeiro e económico que

se combate sempre com o aumento dos impostos e dos preços de bens essenciais.

Para fazer gemer ainda mais o povo que é a parte mais baixa da pirâmide ...

Depois

...

que

zurzir

os

Jornalistas. Atirar-lhes com as culpas todas. Incentivar-lhes o mau gosto de noticiar todas as

guerras quentes e frias, todas as páginas da tal corrupção.

Criticam-lhes esse mau gosto, sim, mas deixavam-nos

morrer à míngua

...

se lhes não

dissessem tudo. Ninguém comprava o Jornal. Ninguém ouvia a Rádio ou via a TV.

Até porque o leitor, o ouvinte,

o

telespectador

quer

ter,

à noitinha,

a

sua

dose

de

sensacionalismo

talvez

até

com

muito sangue à mistura

– antes mesmo de se ir deitar e pedir ao bom Deus para lhe mandar a paz para o mundo e para lhe dar governos que não sejam corruptos.

16 Outubro 2017 Material Editorial . 3 EDITORIAL O ministro norte-coreano fez o comentário ao receber

A cantar se fez um grupo música de qualidade

O Grupo de Cantares Vozes do Mar do Norte celebrou no

passado fim de semana os dez anos de existência. Trata-

António Pedro Costa Ponta Delgada

se de uma longa vida, para um grupo como aquele que é constituído totalmente por amadores, que dedicam um pouco do seu tempo à recolha, pesquisa, estudo, preparação e divulgação da música tradicional, sobretudo da açoriana, muita dela antiga e já quase desconhecida, embalando-nos no seu canto, porque este povo somos todos nós, ao mesmo tempo que divulgamos a beleza das nossas ilhas e a alegria das suas gentes. A sua criação foi um sonho que se tornou realidade, graças ao entusiasmo de grupo de entusiastas que se lançou na aventura de cantar algumas das melodias impregnadas de maresia, dando voz à simplicidade dos seus antepassados, com alguns retoques de modernidade, em que o mar é a ponte que une todos quantos gostam da música. Dos povoadores do século XV, herdamos os cantares. Do amor à terra e ao trabalho, da nostalgia e da festa, fazemos

o canto que procuramos retratar no seu reportório, todo ele feito de encanto e de ternura provinda do coração e da voz de cada um dos elementos, onde transparecem a índole do ambiente açoriano e a nossa identidade ilhéu. Porque consideramos que no futuro os nossos netos devem começar a perceber que, para além da toada nostálgica dos romeiros que percorrem neste tempo a nossa ilha, da religiosidade telúrica dos açorianos de hoje, os Açores têm um património musical que é testemunha da valentia e da coragem de viver neste torrão e que é pelos nossos poetas celebrada e cantada pelos nossos artistas. Para o povo açoriano a música foi, desde sempre, o principal entretenimento de expressão artístico-cultural. As mais antigas referências da presença de músicos, instrumentos e práticas musicais eruditas ou populares nestas ilhas encontram-se no Livro IV de Saudades da Terra de Gaspar Frutuoso. A música popular com os seus balhos e cantares,

que embora difiram de ilha para ilha e mesmo de freguesia

para freguesia, apresentam elementos comuns de métrica, melodia, harmonia e poética. A música junta-nos para ensaiar, gerando logo um motivo de convívio e congregando o grupo em divertidos serões ou

mesmo indo de casa em casa, saudando amigos e conhecidos em momentos como os reis, as estrelas, o entrudo ou o Espirito Santo, com bonitas melodias para enaltecer a

festividade. Nasceu a 5 de Outubro de 2007 e continua com o mesmo vigor, entusiasmo e determinação em levar a música tradicional para além das fronteiras da vila de Rabo de Peixe e do Concelho da Ribeira Grande. O grupo tem um CD cuja produção roubou muito tempo ao

tempo de todos os elementos durante noites infindáveis para que ele atingisse a qualidade que ficou bem patente. Foram

horas e horas despendidas de forma aturada, muitas delas de desânimo noite dentro, dados os rigorosos requisitos, o que de início nunca supúnhamos num trabalho deste género. Desde o século XV que igrejas e conventos foram, nos Açores, os principais centros produtores da música religiosa. Ambos desempenharam uma elevada missão social, não só de âmbito da instrução, como da educação artística. A Paróquia do Senhor Bom Jesus foi no presente caso o ponto de partida para a constituição do Grupo Vozes do Mar do Norte e abriu as suas portas para num dos apêndices pudéssemos trabalhar. O Grupo Vozes do Mar do Norte é um grupo diferente e diferencia-se dos demais existentes nos Açores, porque saímos à luz do dia como a maresia do mar profundo, pois a maioria do nosso reportório é composto por melodias ligadas ao mar, com música popular designada por alguns de urbana que assume como índole melódica as vivências e os sentimentos dos ilhéus. Das vozes e instrumentos, temperados pela simplicidade de quem convive com a autenticidade das origens, nasce este trabalho como expressão genuína do palpitar das gentes de Rabo de Peixe. Vamos continuar a trabalhar para levar a música onde ela necessite ser ouvida e sentida, como tantas vezes temos feito, nas visitas que fazemos aqui mesmo ao lado, ou aos lares de idosos e acamados já que não podem ir escutar-nos

nos nossos concertos pela ilha fora.

Ciumeira? -Há quem diga que eu

sou o preferido do chefe. Que ele

faz as vontadinhas todas. Que até

me paga extra, imaginem! Cá por

nós, que ninguém nos oiça, eu ainda

não vi aumento nenhum. Eu até

contínuo com as mesmas dívidas!

Vão trabalhar que é por isso que vos

pagam!

Anda muito bem arranjada

...

-Há

uma certa senhora que vai aquela

Padaria do costume toda arranjada

e perfumada. Está sempre sózinha e

nunca acompanhada que até parece

que está à espera de alguém. Será

que a Padaria do costume virou-se

num sítio para

Eu depois
Eu
depois

o

topei há

muito tempo.

Tudo

que

for

dito

regista para

 

contar

aos

e n g a t e s

.

Ela

está

sempre bem

 

vestida com o

fatinho de quem foi

à Missa. E se calhar até vai todos os

dias. Cá por mim, há passarinho novo

regulares. Vá-se lá saber porquê?

Será por não ter mais nada em que

por aí a voar!

Aqui há espia! ...

-Há um certo Senhor

fazer? Eu cá o dava algumas tarefas

se for necessário!

que aparece sempre na hora certa para

ouvir as conversas dos outros. Às

vezes, até salta de mesa em mesa para

estar mais perto dos acontecimentos.

É que ele nem sequer tenta disfarçar.

Oh Senhor António

...

–Ouvi por aí

uns zunszuns que o Senhor António

anda a dizer que eu devo-lhe uns 5

cafés ...

Eu nem sequer lembro-me de

Gaudêncio Lima

estar a dever um café muito menos

cinco. É que cinco é um número

grande. Escapar um café pode passar

agora cinco não é lá muito fácil de

passar despercebido. Se for caso de

dinheiro eu arranjo quem lhe pague

uns cafés. É tão simples, é beber o

café e depois reclamar que o café

entornou ou que estava frio. E assim

tem um café de borla. Atenção não

me responsabilizo, até porque o

culpado é o António.

gaudenciolima@hotmail.com

4 . Canada em foco 16 Outubro 2017
4 . Canada em foco 16 Outubro 2017
4 . Canada em foco
16 Outubro 2017

Trudeau esteve nos Estados Unidos para tratar do NAFTA

O primeiro-ministro, Justin Trudeau, concluiu, na quarta-feira, a sua visita a Washington, DC, tendo viajado, depois, para a

Cidade do México para sua primeira visita oficial ao México.

4 . Canada em foco 16 Outubro 2017 Trudeau esteve nos Estados Unidos para tratar do
4 . Canada em foco 16 Outubro 2017 Trudeau esteve nos Estados Unidos para tratar do

O Canadá é o maior fornecedor seguro de

energia para os Estados Unidos. E os dois países

compartilham a fronteira mais longa e segura do

mundo, sobre a qual aproximadamente 400 mil

Enquanto em Washington, o primeiro-ministro

Trudeau participou de uma conversa-chave

Para Justin Trudeau, “não há relacionamento no

mundo como o relacionamento Canadá-EUA”.

pessoas e mais de 2 biliões em bens e serviços

atravessam diariamente.

com a Pattie Sellers na 2017 Fortune, a mais

poderosa

cúpula

das

mulheres. Ele enfatizou

a importância da igualdade de gênero e

como o envolvimento das mulheres cria um

crescimento econômico que beneficia a todos.

No dia seguinte, o primeiro-ministro participou de

uma mesa-redonda liderada por WomenOne para

discutir soluções para os desafios que as mulheres e

as meninas enfrentam todos os dias em todo o mundo.

O primeiro-ministro reuniu-se com membros do

Comitê da Câmara dos EUA sobre Formas e Meios

para discutir a relação comercial e econômica vital

entre o Canadá e os Estados Unidos.

Segundo ele, Canadianos e Americanos “sabem

que estamos todos melhores quando trabalhamos

juntos para fazer crescer a classe média e criar

prosperidade em ambos os lados da fronteira. O

4 . Canada em foco 16 Outubro 2017 Trudeau esteve nos Estados Unidos para tratar do

Canadá continuará trabalhando com os EUA para

Modernizar o NAFTA

modernizar o NAFTA para que as pessoas no

Canadá, nos Estados Unidos e no México possam

beneficiar de empregos bons e bem remunerados e

Justin Trudeau também se encontrou com o

presidente dos Estados Unidos, Donald J. Trump.

O primeiro-ministro reiterou o compromisso do

Canadá de modernizar o Tratado de Livre Comércio

da América do Norte (NAFTA) em benefício dos

três parceiros - Canadá, Estados Unidos e México.

maiores oportunidades para prover as suas famílias “.

Registe-se que o Canadá e os Estados Unidos

compartilham uma das maiores relações

comerciais do mundo. O comércio bilateral entre

os dois países foi avaliado em quase $ 882 biliões

em 2016.

O Canadá é o destino de exportação número

um para a maioria dos Estados americanos, e o

comércio e o investimento transfronteiriço criam

quase nove milhões de empregos nos Estados

Unidos. TALHO PAULO RIBEIRO DESEJA-VOS UM FELIZ DIA DE ACÇÃO DE GRAÇAS 537 SILVERTHORN AVENUE York,
Unidos.
TALHO
PAULO RIBEIRO
DESEJA-VOS
UM FELIZ DIA DE
ACÇÃO DE GRAÇAS
537 SILVERTHORN AVENUE
York, Toronto, Ontario M6N 3J1
(416) 657 - 0265
FAÇA AS SUAS ENCOMENDAS
4 . Canada em foco 16 Outubro 2017 Trudeau esteve nos Estados Unidos para tratar do
4 . Canada em foco 16 Outubro 2017 Trudeau esteve nos Estados Unidos para tratar do
16 Outubro 2017 Comunidades . 5
16 Outubro 2017
Comunidades . 5

Medina faz mesquita na Mouraria

16 Outubro 2017 Comunidades . 5 Medina faz mesquita na Mouraria - MANUEL SILVEIRA DA CUNHA
16 Outubro 2017 Comunidades . 5 Medina faz mesquita na Mouraria - MANUEL SILVEIRA DA CUNHA

- MANUEL SILVEIRA DA CUNHA

Se a Câmara de Lisboa quisesse construir uma igreja que

custasse quatro milhões e meio, coisa que nos tempos que correm será mais difícil do que uma vaca voar, metáfora tão cara ao actual PS, cá estaríamos nós a protestar. Note-se que a nova igreja da Nossa Senhora dos Navegantes no Parque

das Nações não teve qualquer apoio financeiro da edilidade

É uma mesquita destinada à população muçulmana da zona, emigrantes que vivem e se reúnem naquele bairro. O que é muito estranho é que a construção da mesma mesquita vai custar ao contribuinte português cerca de três milhões de euros e implica a expropriação da residência e negócio de um cidadão português por quinhentos mil euros que poderão chegar a dois milhões, isto se um tribunal decidir a favor da justa indemnização pedida pelo Sr. António Barroso, proprietário do edifício a ser demolido, elevando assim o

custo da obra para quatro milhões e meio de euros!

Num país cuja constituição se afirma laica e que consagra,

no mesmo articulado, o direito à habitação e ao trabalho, esta expropriação revela um lado perfeitamente sinistro desta governação populista, demagógica e jacobina que hostiliza os valores de Portugal em prol de um chamado “multiculturalismo” e uma “tolerância” que não é mais nada do que estupidez. De facto, entregar 4,5 milhões de euros de bandeja a uma religião qualquer, num Estado laico, seria

um escândalo, mas o escândalo ainda é maior tratando-se do islamismo.

16 Outubro 2017 Comunidades . 5 Medina faz mesquita na Mouraria - MANUEL SILVEIRA DA CUNHA

Ao contrário da Arábia Saudita, teocracia que gosta de se

afirmar simétrica da Santa Sé mas proíbe outros cultos, mesmo

que isso seja apenas rezar em conjunto, ninguém proíbe os muçulmanos de fazer as suas orações onde quiserem, com toda a liberdade, em Portugal. Agora pretender a câmara gastar milhões dos impostos dos portugueses a construir

mesquitas em vez de recuperar património cultural edificado

e de todos, como o da Igreja de Santo António de Campolide, que antes de ser local de culto é um excelente exemplo de arquitectura e história, é um contra-senso, é mesmo mais, é um crime contra o património.

Fazer política é fazer escolhas. Escolher uma mesquita

contra a omissão e abandono da igreja de Santo António de Campolide, que foi roubada pelo estado português aos católicos de Campolide em 1910, dependendo hoje

do ministério das finanças, é escolher a religião da

discriminação das mulheres, da intolerância, do proselitismo, do obscurantismo e do medievalismo em lugar de melhorar a qualidade de vida de todos os cidadãos, é escolher entre

destruir a vida de um cidadão pacato e trabalhador e de toda a sua família gastando milhões e milhões, de um orçamento escasso, com uma religião intolerante e que, pior, não precisa de dinheiro para construir mesquitas, uma vez que

se pode financiar facilmente, em detrimento de conservar o

património de todos.

Não se trata de uma questão de liberdade religiosa: os senhores muçulmanos têm toda a liberdade religiosa do mundo, podem rezar onde quiserem desde que não incomodem os outros e paguem a sua mesquita, como qualquer outra religião que queira construir um local de culto novo. Repare-se que conservar um templo antigo com interesse público, cultural e artístico, que é património de todos, não é o mesmo que construir um templo novo.

lisboeta, e serve bem mais gente do que a putativa mesquita da Mouraria. Mas, para um jacobino, tudo o que sirva para diminuir a Igreja Católica é bom.

16 Outubro 2017 Comunidades . 5 Medina faz mesquita na Mouraria - MANUEL SILVEIRA DA CUNHA

“Em breve outro ciclo se iniciará”: Santana despede-se da Santa Casa

Mensagem de despedida foi enviada aos funcionários da Santa Casa. “Sou candidato à liderança

do PSD”, afirmou na SIC.

“Avizinham-se mudanças na Administração da SCML” e “em breve um outro ciclo se iniciará”. É com estas palavras que Pedro Santana Lopes se despede dos funcionários da Santa Casa, que dirige há seis anos.

Na mensagem enviada há minutos, e a que o DN teve acesso,

em que afirma que “em breve um outro ciclo se iniciará”, o

provedor aproveita ainda para descansar os colaboradores, sublinhando que as mudanças não colocarão em causa “a re- gular gestão e estabilidade do funcionamento” da instituição.

E acrescenta que, até a mudança acontecer, continua “a con- tar com o empenho e dedicação” de todos.

Ficam assim desfeitas as últimas dúvidas sobre o avanço do antigo primeiro-ministro e antigo presidente da câmara de Lisboa para a liderança do PSD, que ontem já era dada como certa nos bastidores do partido.

Também já esta noite, em declarações à SIC confirmou de

viva voz a candidatura. “Sou candidato à liderança do PSD”. A apresentação da candidatura será feita nos próximos dias, assegurou.

“Hoje é um dia de boas noticias, Portugal ganhou e eu sou

candidato à liderança do PPD/PSD”, afirmou.

Santana deverá então enfrentar Rui Rio na corrida à lideran- ça do PSD, com a candidatura do ex-presidente da câmara do Porto a ser formalizada amanhã, em Aveiro, conforme anunciou ontem.

Já hoje, numa declaração enviada à SIC e lida no Primeiro

Jornal, o provedor da Santa Casa afirmara que já tinha

tomado uma decisão mas queria cumprir todos os passos antes de anunciá-la. “Quando tiver cumprido os meus deveres institucionais, com o governo e com o meu partido,

farei a confirmação do sentido da minha decisão. Não pedi

licença a ninguém para tomar a decisão que está tomada. Não estou condicionado por mais nada, nem por ninguém.” Ainda ontem, noticiava-se que Pedro Santana Lopes já falara com António Costa e Vieira da Silva, que o reconduziram na Santa Casa no ano passado, assim como com Marcelo Rebelo de Sousa, com quem almoçou ontem em Belém.

ntem à noite, reunido em Conselho Nacional, o PSD

confirmou as datas dos próximos passos para a sucessão a

Pedro Passos Coelho, a que também Rui Rio será candidato. As eleições diretas para escolher o presidente acontecem a 13 de janeiro e segue-se o Congresso, a 16, 17 e 18 de fevereiro.

Passos já disse que, assim que esteja definido o seu sucessor,

vai deixar o lugar que ocupa no Parlamento.

6 . Mensagem 16 Outubro 2017
6 . Mensagem
16 Outubro 2017

6 . Mensagem 16 Outubro 2017
Mundo
Mundo
16 Outubro 2017 . 7
16 Outubro 2017
. 7

Harvey Weinstein, de colosso de Hollywood a violador

Mundo 16 Outubro 2017 . 7 Harvey Weinstein, de colosso de Hollywood a violador Harvey Weinstein

Harvey Weinstein era dos mais poderosos produtores de

Hollywood e tem o nome ligado a filmes como “Pulp

Fiction” ou “A Paixão de Shakespeare”, mas as acusações de assédio há muito que eram conhecidas.

Harvey Weinstein é um dos maiores produtores de Hollywood. É? Era. Os rumores de que se aproveitava da sua posição para exigir favores sexuais a aspirantes a atrizes levaram a que no passado dia 6 de outubro o New York Times divulgasse os esquemas de assédio sexual a que submetia as suas vítimas. As alegações não só levaram ao despedimento da empresa de que é co-fundador, The Weinstein Company, como ao internamento numa clínica para tratar do “vício de sexo”.

Mas quem é este homem que era ao mesmo tempo admirado e temido em Hollywood? Para conhecer Harvey é preciso conhecer também o irmão, Bob Weinstein. O duo ajudou a

definir a indústria cinematográfica como hoje a conhecemos

. Em 1979 criaram a Miramax (que nasce dos nomes dos pais, Miriam e Max), que se iria tornar uma das mais emblemáticas produtoras independentes do mundo.

Bastaram dez anos para que, em 1989, com o lançamento de “Sexo, Mentiras e Vídeo”, se tornassem os maiores

produtores independentes americanos. A aposta em filmes

do género, isto é, com menores orçamentos e não ligados

aos “grandes estúdios” de Hollywood, tornou-se numa das imagens de marca da produtora.

Em 1993 a Miramax foi adquirida pela Walt Disney Company, mas os comandos continuaram nas mãos dos irmãos Weinstein. Até 2005 arrecadaram mais de duas centenas de

Óscares. Filmes como “Pulp Fiction”, que lançou Quentin Tarantino (e que impulsionou o género independente nas bilheteiras), e a “A Paixão de Shakespeare”, que ganhou o Óscar de Melhor Filme em 1999 e teve 13 nomeações (muitos atribuíram os prémios à campanha de publicidade para os membros da academia feita pela produtora), mostraram a

“poder” de edição final, que esteve presente desde os anos de

1980 e era requisito para os irmãos Weinstein distribuírem

filmes, valeu a Harvey na indústria cinematográfica a

alcunha de “mãos de tesoura”. Um cognome que aterrorizava

realizadores.

Acusações das pressões dentro da indústria e um livro de 2004, de Peter Biskind, que expunha como a Miramax controlava as cerimónias de prémios e como a produtora enriquecia às custas do cinema independente, levaram a que os irmãos Weinstein abandonassem a produtora. No entanto,

os métodos de influência passaram em 2005 para uma nova

empresa que salientou o poder dos Weinstein em Hollywood:

The Weinstein Company.

Viria a produzir aclamados sucessos como “O Discurso

do Rei”, “O Mordomo” e “Guia para um final feliz”, que

arrecadaram inúmeros prémios e um grande volume de receitas nas bilheteiras. Atrizes como Penélope Cruz

ganharam óscares graças a filmes produzidos por Weinstein

agradecendo-lhe pessoalmente ao receberem o galardão (com Vicky Cristina Barcelona, em 2009). Harvey estava no topo e ninguém questionava o seu poder.

O segredo que todos sabiam em Hollywood

A influência e sagacidade de Harvey, porém, não se revelava só nos filmes, como agora se começa a saber. O controlo

e assédio era feito também a atrizes. Mas não foi com grande surpresa, como aparentaram muitos atores, que estas acusações surgiram.

Mundo 16 Outubro 2017 . 7 Harvey Weinstein, de colosso de Hollywood a violador Harvey Weinstein
Mundo 16 Outubro 2017 . 7 Harvey Weinstein, de colosso de Hollywood a violador Harvey Weinstein

Era um segredo mal guardado de Hollywood. O site cómico College Humor, nas décadas em que Harvey Weinstein se tornou sinónimo da indústria de entretenimento, já muitos chamavam a atenção para o “problema” do produtor. A série

30 Rock, que esteve no ar de 2006 a 2013, “brincava” mesmo com o assunto sério que levou à “queda” de Weinstein.

Jenna, uma atriz do programa fictício TGS em torno da qual

a história série gira, dizia: “Eu não tenho medo de ninguém no show business. Eu recusei sexo com o Harvey Weinstein em 3 ocasiões… de 5″.

Também na academia já se “gracejava” com os abusos do

produtor. Em 2013, quando Seth Macfarlane anunciou com Emma Stone as atrizes nomeadas para a categoria de melhor atriz secundária, “brincou”: “Parabéns às nomeadas, já não

têm de fingir que estão atraídas pelo Harvey Weinstein”.

Os inúmeros atores (principalmente atrizes) que se têm pronunciado quanto às alegações, apoiando as mulheres que assumiram os abusos, usaram quase sempre a mesma frase :

“Foi com surpresa que…”. Pode ter sido uma surpresa para o mundo, mas para a indústria cinematográfica nem tanto. O sagaz produtor que dominou Hollywood é apenas símbolo da perversidade e taboo do “casting de sofá” que ainda existe,

e em que executivos trocam papéis em filmes por favores

sexuais.

Desvio de fundos leva à prisão cinco

funcionários seniores do fisco angolano

* O esquema terá desviado cerca de 500 milhões de kwanzas dos cofres do Estado

influência que a empresa dos Weinstein tinha na indústria.

Esse peso da Miramax (e, após 2005, da Weinstein Company) em Hollywood era demonstrado pela maior gala de entrega

de prémios do mundo. Os filmes que distribuía e produzia

eram tido como garantidos nos Óscares. Desde ter sido dos

estúdios da produtora que saíram os boatos de que as crianças

que participaram em “Quem quer ser Milionário”, filme da

concorrência, tinham sido exploradas, até a campanhas de

marketing de milhões de dólares para promover os filmes

que distribuíam, Weinstein era conhecido pelo peso que tinha na academia. Agora, as acusações de assédio levaram a instituição do cinema a reunir de emergência.

Outra das características da Miramax, e que seria uma das

grandes fontes de receitas da empresa, foi a aposta em filmes

internacionais adaptados para o mercado americano. A edição

destes filmes era feita pelos próprios irmãos Weinstein. Este

Cinco funcionários seniores da Administração Geral Tribu- tária (AGT), incluindo o administrador Nikolas Neto, foram detidos em Luanda, preventivamente, sob a acusação de te- rem desviado milhões de kwanzas dos cofres do Estado.

A Voz da América diz saber que quatro encontram-se encar- cerados na Comarca Central de Luanda, enquanto o antigo administrador está nas celas da Procuradoria-Geral da Re- públcia.

Um jurista diz que a prática de desvio de fundos por parte

dos funcionários da AGT já vem de longe e que podem in- correr em penas de prisão.

Os funcionários detidos terão desviado 500 milhões de kwanzas, num esquema que envolve empresas privadas que deviam ao Estado avultadas somas em dinheiro.

Os funcionários da AGT, incluindo o antigo administrador Nikolas Neto, apropriavam-se dos valores dos impostos, se- gundo as investigações em curso.

O jurista Bruce Filip, disse admirar por que só agora os fun- cionários da AGT começam a ser responsabilizados, uma vez que a prática de desvio de fundos já vem de longe.

“Fiquei indignado quando ouvi que só agora os responsáveis da AGT estão a começar a ser responsabilizados, uma vez que esses desvios não são novos”, sustentou Filip.

O jurista disse também que ainda não se pode precisar as molduras penais que cada um pode vir a receber pelo facto de o processo se encontrar em fase de instrução preparatória.

A Voz da América diz saber que vários outros indivíduos po- dem ser presos nos próximos dias e que um dos procurados conseguiu fugir para o exterior.

8 . Comunidades 16 Outubro 2017
8 . Comunidades
16 Outubro 2017

Paulinho do Minho

8 . Comunidades 16 Outubro 2017 Paulinho do Minho Quem lhe viu, Quem lhe vê

Quem lhe viu, Quem lhe vê

...

No Sábado o Oasis

Convention Centre em Mississauga foi o palco

escolhido para apresentar o primeiro trabalho

discográfico do “nosso” Paulinho do Minho.

Nosso porque embora o “Paulinho Do Minho”

seja mesmo

...

inegavelmente de origem minhota,

nasceu entre nos, em Toronto. (a 24 de Marco de

2002)

Apresentado por Jorge Neves e Ziko Pereira a

festa de lançamento contou com a participação

dos artistas convidados Sandra Silva, João Carlos

Silva e Katelyn que preencheram o espaço musical

da melhor forma - e digamos “aqueceram” o palco

8 . Comunidades 16 Outubro 2017 Paulinho do Minho Quem lhe viu, Quem lhe vê
8 . Comunidades 16 Outubro 2017 Paulinho do Minho Quem lhe viu, Quem lhe vê
8 . Comunidades 16 Outubro 2017 Paulinho do Minho Quem lhe viu, Quem lhe vê
para a estrela da noite. Parece que ninguém diria o nas festas das musicas de género
para a estrela da noite. Parece que ninguém diria o
nas festas das musicas de género minhotas
...
quer

contrario. Foi mesmo uma grande noite musical!!

Com a sala cheia de gente, e já enquanto decorria o

espetáculo, veio-nos a lembrança que a pouco mais

de quatro anos as vezes que vimos um duo de palmo

e meio que “arrancavam”ovações de pé dos muitos

espectadores por onde passavam

...

Sem exageros

...

onde quer que estivessem, as pessoas levantavam-

se para aplaudir uns miúdos, que se chamavam ma

altura os Malandros da Gaita

...

Paulinho do Minho

era um desses tais “malandrecos”.

O próprio Augusto Canário que a bem pouco

tempo esteve cá confirmou em palco ter ficado

surpreendido por ver tal talento nos jovens

tocadores da concertina

...

em varias festas

grandes ou pequenas, em casas particulares como

por exemplo na Jacks Bakery onde estiveram atuar

mais que uma vez, as pessoas aplaudiam e sempre

pediam mais

...

e o jovem Paulinho com pouco

mais de 10 ou 11 anos de idade na altura de bago

em bago

...

ganhava anos de experiência. Quem

lhe viu, Quem lhe vê ...

João Carlos Silva artista, compositor e também

professor do Paulinho do Minho foi quem nos

disse já ter conhecido “este puto praticamente

quando tinha os seus 12 anos

...

Entre a conversa

animada disse, “estava ele a tocar concertina com

um colega na altura numa festa minhota e eu como

costumo fazer quando não estou a atuar estou

sempre ao pé do bar (risos)

...

e então estavam cá

fora os dois rapazes numa folia qualquer, mas o que

me chamou mais atenção para ele foi ver que ele

não é um daqueles músicos que mantém a tabela

certinha mas quer decorar sempre mais alguma

coisa, mas ao mesmo tempo também fica sempre

em tempo com a musica e batia as notas certas ...

com aquela idade? Foi isso que me alertou a ele.

Apresentei-me aos pais e dai comecou tudo isto.”

Disse ainda João Carlos sobre o seu pupilo, “Ele

esta realizar mais uma etapa, mais um progresso na

vida artística dele. Para mim pessoalmente como

seu professor vocal, como musico e compositor

uma coisa que é certa, estou relativamente novo

dizer a pouco tempo é que comecei a conhecer

mais em profundidade as musicas mais populares

de estilo minhoto e ele Paulinho, tem-me ensinado

a mim e eu a ele, a bem dizer, temos crescido

juntos nesta etapa e julgo que estamos de saúde.

Hoje passa-se aqui o começo de uma carreira

que penso poder vir a ser brilhante. Temos aqui

uma potencia fora de serio em musica e em pouco

tempo um cantor também. Com a vontade que ele

tem acho que não tem limites. Eu só espero que ele

mantenha o mesmo caráter que tem tido até agora

e continuar a ser humilde como ele é porque no

mundo da musica e na vida, humildade vale tudo.

Entre os muitos sorrisos e comprimentos de quem

passava por ele, Paulinho do Minho disse ao seu

Jornal ABC que “tudo isto comecou com uma

concertina, aprendi a gostar dela. A concertina que

era do meu Pai e que lhe foi oferecida pela minha

Avó alguns anos atrás foi como que um dos meus

“brinquedos” preferidos, ajudou-me a ganhar

amor pela musica

...

Um dia comecei a brincar na

concertina e comecei aos poucos a gostar cada vez

mais.

Os meus Pais viram que tinha jeito e gosto e

quando tinha para ai os meus 9 anos arranjaram-

me um professor e fui aprendendo e praticando

praticamente todos os dias

...

algumas vezes varias

vezes por dia. Alguns anos mais tarde conheci

o João Carlos que me foi ajudando ensinando a

cantar. Para mim isto é um sonho meu, e uma

paixão que sempre tive – gosto muito de tocar

a concertina, e gosto também de cantar por isso

queria que esse sonho pudesse algum dia tornar-se

uma realidade, e aqui estamos” disse Paulinho do

Minho.

Parabéns para os seus Pais e família. Costuma

-se dizer em Inglês, “it takes a village to build

a house” que quer dizer, “é preciso uma aldeia

inteira para construir uma só casa

...

A festa de

lançamento do seu primeiro trabalho discográfico

correu da melhor forma, e também não se esperava

outra coisa.

16 Outubro 2017 Comunidades . 9
16 Outubro 2017
Comunidades . 9

- Como cresceu!!

Durante a noite esteve ainda o conjunto
Durante
a
noite
esteve
ainda
o
conjunto

“concertinas Amigos do Minho” em palco e

completaram assim o lote de artistas que por lá

16 Outubro 2017 Comunidades . 9 - Como cresceu!! Durante a noite esteve ainda o conjunto

estiveram

...

O maior artista naquela noite, só

podia ser mesmo também o mais novo a pisar o

palco – Paulinho do Minho, claro. Quem lhe viu,

Quem lhe vê ...

 
16 Outubro 2017 Comunidades . 9 - Como cresceu!! Durante a noite esteve ainda o conjunto
Porto CONHEÇA MELHOR PORTUGAL! ... Lisboa Depois de chegar tem UM CARRO Muitos dos que andam
Porto
CONHEÇA MELHOR PORTUGAL!
...
Lisboa
Depois de chegar
tem UM CARRO
Muitos dos que andam por aí ...
já quasenão conhecem
a Terra onde nasceram!
A Terra onde nasceram
os seus Pais e Avós
por
Esperamos
si para lhe
LOWEST
facilitar a vida!
COSTS
Faro
à sua espera!
A sua viagem
Bento’s Tours Inc (416) 588-2000
começa em
Welcome
to Portugal
* ALL RATES INCLUDE: UNLIMITED MILEAGE, PUBLIC LIABILITY, CDW, TP, V.A.T., ROAD
TAX, AIRPORT TAX, AFTER HRS FEE, TOLL ROAD DEVICE & ADDITIONAL DRIVER *
We are
THE Experts
for traveling
to Portugal!!!
Sim,sim
...
nos Açores também! Aliás, agora até é mais barato alugar carros nos Açores!
2nd DRIVER FREE & DRIVERS 18 YEARS AND OLDER ARE WELCOME TO CONTINENTAL PORTUGAL * TICO LIC # 4221461
10 . Comunidades 16 Outubro 2017
10 . Comunidades
16 Outubro 2017

Expansão do trânsito na cidade em bom andamento

*SmarTrack em fase de auscultação

Não restam dúvidas. O tema era importante (é importante, melhor dizendo). O Mayor John Tory, a Vice-Mayor

Ana Bailao e a conselheira Frances Nunizata, anfitrião da

mesa redonda sobre SmartTrack Developments & Transit Expansion, estiveram reunidos para aquela que será uma das primeiras reuniões da expansão do trânsito da cidade e as

etapas significativas que estão a ser feitas com o chamado

SmartTrack.

O SmartTrack é um plano de John Tory, que foi aprovado pela Câmara Municipal, para usar as linhas Go existentes para criar um serviço semelhante a um metrô que conecte Scarborough, Etobicoke e pontos intermediários com o centro da cidade.

10 . Comunidades 16 Outubro 2017 Expansão do trânsito na cidade em bom andamento *SmarTrack em

No Wallace Emmerson Community Center, no 1260

Dufferin St., era a primeira reunião. Para já, a certeza de que

a Câmara Municipal, a Metrolinx e os TTC estão a trabalhar em parceria no planejamento / design de 6 novos SmartTrack e 2 novas estações GO em Toronto.

Tratava-se da primeira volta de consulta pública e de partes interessadas para as novas estações. De resto, era importante fornecer uma visão geral dos esquemas de conceito de estação e estudos ambientais que fazem parte do Processo de Avaliação do Projeto de Trânsito. Interessante saber, designadamente, quais as oportunidades que as novas estações fornecem e como as estações podem ser integradas na comunidade local.

Na reunião de quinta-feira, Câmara, Metrolinx e TTC parecem ter demonstrado estarem a trabalhar em parceria.

O que há a esperar

O

que

é

o

SmartTrack?

Pois

o

SmartTrack

inclui

trânsito

 

rápido

ao

longo

dos

corredores

ferroviários

de

3

GO

(Kitchener,

Lakeshore

East,

Stouffville)

e

ao

longo

da

Eglinton

Avenue

West

(Eglinton West

LRT);

e

14

estações ferroviárias e 8-12 paradas LRT,

quando

as

estações

ferroviárias

existentes

/

planejadas

e

o Eglinton West

LRT são levados em consideração.

Academia do Bacalhau

A Academia do Bacalhau, de Toronto, está a preparar para o dia 24 de Novembro, o seu Jantar de Aniversário e Solida- riedade. Haverá uma noite de Fados com Hernâni Raposo e seus convidados.

O jantar em causa vai decorrer no Europa Catering, 1407 da Dundas Street West.

Os interessados podem confirmar a sua presença através dos

telefones: Rui Gomes, cel. 416 254 7060; Marina Candeias,

  • 416 414 9186 (cel) ou 905 281 2000; Ivo ou Mia Azevedo,

  • 416 279 0100; ou Valdemar, 416 465 6814.

10 . Comunidades 16 Outubro 2017 Expansão do trânsito na cidade em bom andamento *SmarTrack em

Como benefícios do SmartTrack, tenha-se em linha de conta um melhor uso da infra-estrutura ferroviária existente ao longo desses corredores ferroviários GO em Toronto; um trânsito mais rápido para residentes e empresas de Toronto; um serviço bidirecional durante todo o dia, com combóios a cada 6-10 minutos durante os períodos de pico e a cada 15 minutos durante os períodos fora de pico; elétricos mais rápidos e silenciosos; e, naturalmente, a integração de tarifas

O

SmartTrack

aumenta

as

opções

de

trânsito

para

Toronto,

fazendo

melhor

uso

dos

corredores

ferroviários

GO

existentes,

enquanto

investimentos

adicionais

a

longo

prazo

para

aumentar

a

capacidade

de

trânsito

em

toda

a

cidade

estão

a

ser

planeados.

A

seu

tempo, naturalmente, teremos de nos referir ao

tema que nos parece importante para a cidade. Importa

saber

o

que

as

novas estações significarão para o

futuro

da

sua

comunidade e

da

rede

de trânsito. Que

problemas ou

desafios

podem

ser

encontrados

com

a

introdução da nova estação nas diversas comunidades.

De resto, podem já ser compartilhados pensamentos sobre o tema. No que toca à Cidade de Toronto, E-mail:

SmartTrack@toronto.ca, tel: 416-338-2848, fax: 416- 392-1591; e site: www.smarttrack.to. Metrolinx - email:

newstations@metrolinx.com, tel: 416-202-5589 e site: www.metrolinx.com/newstations 25.

10 . Comunidades 16 Outubro 2017 Expansão do trânsito na cidade em bom andamento *SmarTrack em
10 . Comunidades 16 Outubro 2017 Expansão do trânsito na cidade em bom andamento *SmarTrack em
16 Outubro 2017 Desporto . 11
16 Outubro 2017
Desporto . 11

«Mundial? Como campeões europeus temos mais responsabilidade» - Moutinho

16 Outubro 2017 Desporto . 11 «Mundial? Como campeões europeus temos mais responsabilidade» - Moutinho João

João Moutinho salientou a «grande exibição» realizada por Portugal diante da Suíça (vitória por 2-0), demonstrando-se muito feliz pelo apuramento direto para o Mundial-2018.

«O

sentimento

é

de

objetivo cumprido e de muita

felicidade por tudo o que fizemos nesta campanha.

Conseguimos o apuramento com uma grande exibição, controlámos todos os aspetos do jogo e concretizamos

16 Outubro 2017 Desporto . 11 «Mundial? Como campeões europeus temos mais responsabilidade» - Moutinho João
16 Outubro 2017 Desporto . 11 «Mundial? Como campeões europeus temos mais responsabilidade» - Moutinho João

À

semelhança

dos

restantes

elementos

da

Seleção

Nacional,

Moutinho

prefere,

para

já,

não

traçar

metas

relativamente

ao

Mundial

da

Rússia:

«Não há objetivos traçados. Somos mais uma equipa que quer estar na máxima força e temos ainda mais de meio ano até ao Mundial. Depois aí é que traçaremos os objetivos, que passam sempre por primeiro passar a fase grupos e depois ir o mais longe possível. Como campeões europeus temos mais responsabilidade e vão olhar para nós outra maneira».

«Vamos tentar ganhar o Mundial» – Bernardo Silva

O médio Bernardo Silva realçou, após a vitória frente à Suíça (2-0), que a Seleção Nacional entra sempre em campo para vencer e que vão tentar agora conquistar o Mundial.

duas oportunidades com todo o mérito», afirmou o médio

«Foi

um

jogo

fantástico.

Quero

agradecer

a

todos

os

internacional português, na zona mista do Estádio da Luz.

adeptos que

estiveram aqui.

Com

o

apoio

de

todos os

O jogador do Mónaco destacou o entendimento que

portugueses conseguimos o apuramento para o mundial.

Fernando Santos dá sempre muita confiança aos

tem

com

o

seu

antigo companheiro Bernardo Silva,

jogadores e está ao nosso lado», realçou Bernardo Silva.

que deu

origem à jogada do segundo golo português:

O médio tentou ajudar Ronaldo a bater o recorde de golos.

Bernardo Silva acredita no potencial da Seleção Nacional.

«Conheço o Bernardo muito bem, jogámos juntos vários anos. Sabia que ele iria fazer aquele movimento e felizmente o André acabou por concretizar. Foi uma excelente jogada».

«Infelizmente não conseguiu dar a bola a Ronaldo, porque ele estava sob marcação, pelo que tentei tirar um defesa e marcar.»

«Tal como fizemos no Europeu nós tentamos sempre vencer,

pelo que vamos tentar ganhar o Mundial.»

16 Outubro 2017 Desporto . 11 «Mundial? Como campeões europeus temos mais responsabilidade» - Moutinho João
“your sweet escape” WISH YOU A HAPPY THANKSGIVING 2530 Sixth Line, Unit 12, Oakville, Ontario Tel:
“your sweet escape”
WISH YOU A HAPPY
THANKSGIVING
2530 Sixth Line, Unit 12, Oakville, Ontario
Tel: 289.725.0338
We'd love to hear from you! Please send
your orders and inquiries to
orders@aveirobakery.com
12 . Desporto 16 Outubro 2017
12 . Desporto
16 Outubro 2017

“Com esta equipa vou até ao fim do mundo”

- Fernando Santos

Após

a

vitória

diante

da

Suíça (2-0), que garantiu o

apuramento direto de Portugal, o selecionador Fernando Santos preferiu não traçar metas relativamente ao Mundial-2018, destacando, no entanto, a capacidade dos seus jogadores.

«Com esta equipa vou

até

ao

fim do

mundo. Mundial?

Entramos sempre em todos os campos com ambição e vontade de vencer e é isso que iremos fazer. O meu objetivo agora é novembro, nos jogos particulares. Isto

é

um trabalho contínuo de

avaliação para escolher

os

23 jogadores finais. Vamos tentar formar um conjunto o

mais homogéneo possível para que possamos disputar a

prova», afirmou o selecionador nacional, na conferência

de imprensa após a partida diante dos helvéticos.

Fernando Santos elogiou ainda o público português, destacando os momentos de «comunhão» existentes entre jogadores e
Fernando
Santos
elogiou
ainda
o
público
português,
destacando
os
momentos
de
«comunhão»
existentes
entre
jogadores
e
adeptos:

«O hino no fim do jogo foi lindíssimo. Esta comunhão

com os portugueses foi brutal. Vamos procurar manter esta relação e contar com o apoio de todos os portugueses».

Bruno de Carvalho fala em “cartão vermelho

ao Dr. Meirim”

12 . Desporto 16 Outubro 2017 “Com esta equipa vou até ao fim do mundo” -

Presidente do Sporting mostrou-se orgulhoso pela qualifica- ção de Portugal para o Mundial’2018 e também por algumas críticas a José Manuel Meirim.

Bruno de Carvalho utilizou o Facebook para congratular a Seleção pelo apuramento para o Mundial’2018 e não só. O

presidente do Sporting não resistiu a uma alfinetada a José

Manuel Meirim, presidente do Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, apoiando-se numa sonda- gem realizada pelo Jornal de Notícias (JN).

“Hoje fiquei duplamente orgulhoso por ser português! 1. Pela

nossa equipa de futebol sénior masculina se ter apurado para o Mundial da Rússia. Parabéns a todos, desde as pessoas da

FPF, ao staff, equipa técnica e jogadores. 2. Pela inteligência

do povo português, que cada vez está mais alerta sobre o que

o rodeia e, conforme sondagem de hoje publicada no JN, deu um valente cartão vermelho ao Dr. Meirim. Espero agora

pelo castigo pelo povo lhe ter dado um cartão dessa cor!”,

escreveu o presidente do Sporting no Facebook.

Espanhóis anunciam jogo particular com Portugal em novembro

12 . Desporto 16 Outubro 2017 “Com esta equipa vou até ao fim do mundo” -

O jornal espanhol Marca está a anunciar um

encontro particular entre Espanha e Portugal,

durante o mês de novembro.

O encontro de preparação será realizado no Estádio

Wanda Metropolitano, o novo recinto do Atlético

Madrid.

Conta a Marca que a primeira ideia da Federação

espanhola seria realizar um particular com o

Brasil, mas pelo facto de as negociações não terem

chegado a bom porto, aliada à qualificação direta

da Seleção Portuguesa para o Mundial-2018,

acabaram por permitir esta partida na capital

espanhola.

12 . Desporto 16 Outubro 2017 “Com esta equipa vou até ao fim do mundo” -
12 . Desporto 16 Outubro 2017 “Com esta equipa vou até ao fim do mundo” -
16 Outubro 2017 Desporto . 13
16 Outubro 2017
Desporto . 13

Sporting desce e SC Braga sobe no ‘ranking’ de clubes

16 Outubro 2017 Desporto . 13 Sporting desce e SC Braga sobe no ‘ranking’ de clubes

Apesar da vitória sobre o Olympiakos (3-2), na abertura da

fase de grupos da Liga dos Campeões, o Sporting perdeu

uma posição no ‘ranking’ de clubes da UEFA.

Ranking de clubes:

...

  • 1. Real Madrid 154.371 pontos

14 FC Porto 81.316

  • 2. Atlético de Madrid 135.371

44.

Sporting 37.316

  • 3. Barcelona 131.371

55.

SC Braga 31.816

  • 4. Bayern 124.799

109.

Estoril 15.316

  • 5. V. Guimarães 14.316

Juventus 119.616

117.

  • 6. Sevilha 115.371

130.

Rio Ave 12.316

  • 7. Paris Saint-Germain 105.683

131.

Belenenses 12.316

  • 8. Manchester City 96.949

137.

P. Ferreira 11.316

  • 9. Dortmund 95.799

141.

Marítimo 9.816

10. Benfica 88.316

142.

Arouca 9.816

143.

Nacional 9.816

Bryan Ruiz e as propostas para sair:

Espanhóis anunciam jogo particular com Portugal em novembro

O

jornal espanhol Marca está a anunciar um encontro

particular entre

Espanha e Portugal,

durante o

mês

de

novembro.

O encontro de preparação será realizado no Estádio Wanda

Metropolitano, o novo recinto do Atlético Madrid.

Conta a Marca que a primeira ideia da Federação espanhola

seria realizar um particular com o Brasil, mas pelo facto

de as negociações não terem chegado a bom porto,

aliada à qualificação direta da Seleção Portuguesa para o

Mundial-2018, acabaram por permitir esta partida na capital espanhola.

Os leões foram prejudicados pelo desempenho da Lazio que ascendeu ao 42.º lugar, relegando Celta de Vigo e Sporting para as 43.ª e 44.ª posições, respetivamente.

“Disse que não. Queria ficar no Sporting”

Já o SC Braga, que bateu o Hoffenheim na Liga Europa,

ultrapassou o AZ Alkmaar e ocupa agora o 55.º posto.

Avançado festejou a qualificação da Costa Rica para o Mun- dial e regressa agora a Lisboa para resolver o futuro

Com a qualificação para a Rússia assegurada, Bryan Ruiz

Apesar

das

derrotas

nos

respetivos

jogos

com

CSKA

Moscovo

e

Besiktas,

Benfica

(10.º)

e

FC

Porto

(14.º)

seguraram

os

lugares

na

hierarquia.

No `ranking` dos países, liderado pela Espanha, também não se registaram alterações no top-10 com Portugal a seguir no 7.º lugar.

começa agora a pensar no Mundial e para isso precisa de jogar mais.

Antes do regresso a Lisboa, o avançado confirmou que

recusou propostas para sair e manifestou o desejo de resolver o futuro. “Vamos ver como está a situação. O treinador disse que não contava comigo. Chegaram propostas com as quais, pelas mais variadas razões, não estava de acordo e tenho o direto a dizer que não.

16 Outubro 2017 Desporto . 13 Sporting desce e SC Braga sobe no ‘ranking’ de clubes

Queria ficar no Sporting, queria dar o meu melhor ali. Agora

esperamos que possamos chegar à melhor solução para todos.”

16 Outubro 2017 Desporto . 13 Sporting desce e SC Braga sobe no ‘ranking’ de clubes
Churrasqueira BAR AND GRILL 206 Weston ROAD (416) 763-2515 869 Dundas St W (416) 603-2515 DESEJA
Churrasqueira
BAR AND GRILL
206 Weston ROAD (416) 763-2515
869 Dundas St W (416) 603-2515
DESEJA A TODOS OS SEUS
CLINTES E AMIGOS UMA
BOA ACÇÃO DE GRAÇAS
RECEBEMOS ENCOMENDAS E
RESERVAS, CONCTACTE-NOS
14 . Desporto 16 Outubro 2017
14 . Desporto
16 Outubro 2017

A felicitação de António Costa:

«Continuam a elevar o nome de Portugal

14 . Desporto 16 Outubro 2017 A felicitação de António Costa: «Continuam a elevar o nome

O primeiro-ministro António Costa não deixou de

felicitar a Seleção Nacional pelo apuramento para

o Mundial-2018. «Parabéns Seleção! Conquistaram

com todo o mérito a presença no próximo Mundial de Futebol. Continuam a elevar o nome de Portugal», foi a mensagem escrita pelo chefe do Governo na rede social Twitter.

TEL - (416) 591 1245
TEL - (416) 591 1245

“Escorpião” de Hernâni aos olhos do inventor

14 . Desporto 16 Outubro 2017 A felicitação de António Costa: «Continuam a elevar o nome

Fotografia: Jorge Amaral/Global Imagens

Gesto técnico que o extremo executou para assinar o 6-0 ao Lusitano foi imortalizado por René Higuita, mas Hugo Sán- chez garante que o idealizou. E já explicou a forma correta de o fazer.

14 . Desporto 16 Outubro 2017 A felicitação de António Costa: «Continuam a elevar o nome

Os adeptos do FC Porto ficaram eufóricos, os companheiros fizeram-lhe uma vénia e o mundo do futebol acabou rendi- do ao golo que Hernâni assinou frente ao Lusitano de Évora. Mas poderá a finalização do extremo ser descrita como um “pontapé escorpião”? As opiniões dividem-se. Muitos acham que sim, mas o autoproclamado inventor não. E não estamos a falar de René Higuita.

O guarda-redes colombiano imortalizou-o, mas o mexicano Hugo Sánchez garante que foi ele quem o fez pela primeira vez. E em 2012 explicou como se faz. “O René [Higuita] deu o melhor exemplo de como se deve fazer. Com os dois pés e não com um”, vincou o antigo avançado, que se gaba de o ter executado num particular do Real Madrid, depois de a irmã, que era ginasta, o ter ajudado a aperfeiçoá-lo.

14 . Desporto 16 Outubro 2017 A felicitação de António Costa: «Continuam a elevar o nome
14 . Desporto 16 Outubro 2017 A felicitação de António Costa: «Continuam a elevar o nome
16 Outubro 2017 Comunidade . 15
16 Outubro 2017
Comunidade . 15

Newport Fish Importers Ltd que está maior para melhor servir os seus clientes

16 Outubro 2017 Comunidade . 15 Newport Fish Importers Ltd que está maior para melhor servir
16 Outubro 2017 Comunidade . 15 Newport Fish Importers Ltd que está maior para melhor servir

No passado sábado, o Jornal ABC teve o prazer

de assitir à expansão da Newport Fish Importers

Ltd que está maior para melhor servir os seus

clientes. Com a gerência dos Senhor Jose e Dulce

Cerqueira, juntamente com a dinâmica dos seus

filhos Andrew e Frank Cerqueira, as portas abriram

com maior espaço e qualidade de produtos frescos

e mercearias.

16 Outubro 2017 Comunidade . 15 Newport Fish Importers Ltd que está maior para melhor servir

Houve um cocktail para clientes, familiares e

amigos deliciarem-se na 370 Alliance Avenue

na York. Sorrisos e boa disposição não faltou.

Conseguiu-se ver que a União faz a força e a

família estava unida em prol de satisfazer os seus

clientes. O Jornal ABC felicita a família Cerqueira

com a sua expansão sempre com os seus clientes

no coração! Bem Haja!

16 Outubro 2017 Comunidade . 15 Newport Fish Importers Ltd que está maior para melhor servir

Vinho espírito

...

ou espírito do vinho

16 Outubro 2017 Comunidade . 15 Newport Fish Importers Ltd que está maior para melhor servir

João Pedro Montes é administrador da Wine With Spirit. Produtor de vinhos

portugueses, conhece o mercado. E entende que o Canadá precisa de conhecer uma nova maneira de comercializar o vinho.

De tratar o vinho

como vinho-espírito, se

... assim nos podemos expressar.

Para já o vinho – assim concebido e assim apresentado – já está no Ontario há cerca de um ano, designadamente na LCBO.

Há dias, no restaurante “Ilhas de Bruma”,

houve ocasião de reunir quadros da LCBO, clientes e até eventuais críticos. Abrindo

um pouco o Livro

...

para

se

entender

melhor o que está a ser feito e o que se pode esperar do projecto.

No fundo, há a ideia – e, pelos vistos, provada – de que o consumo do vinho é impulsionado por emoções e momentos mais do que os habituais tecnicismos, digamos assim. Wine With Spirit foi

projetada desde sua origem como marca global, e já está presente em vários países em 4 continentes. E já alcançou prémios e reconhecimento em várias partes do mundo. Talvez seja interessante saber como tudo

começou ...

quando João Pedro Montes nem

sonhava com aquilo. Mas o avô – já o avô

– “brincava” com os vinhos e respectivas castas.

16 Outubro 2017 Comunidade . 15 Newport Fish Importers Ltd que está maior para melhor servir
16 Outubro 2017 Comunidade . 15 Newport Fish Importers Ltd que está maior para melhor servir

No fundo é como que um vinho-espírito, ou

melhor, importa dar espírito ao vinho. Não é apenas para acompanhar refeições, mas neste caso, é como que alimentar relações

com o vinho! Leo Baduria apresentou

João Pedro Nunes e entende que vale a

pena apostar na imovação. Até porque a empresa em causa foi considerada a empresa vinícola mais inovadora do mundo

na edição de 2014 do Wine Business Innovation Summit, na Alemanha.

Dar espírito

ao

vinho. E

dar

até mais

expansão ao nome de Portugal. Para já,

como

que

uma

distribuição digital

inteligente.

Insistimos. É,

de

facto, dar

espírito ao

vinho.

16 Outubro 2017 Comunidade . 15 Newport Fish Importers Ltd que está maior para melhor servir
16 . Portugal 16 Outubro 2017
16 . Portugal
16 Outubro 2017

“Está tudo criado para vir aí uma nova crise”

No comentário semanal na TSF,

Carlos Carvalhas considera que o

consumo está a ser feito à custa do

crédito e antecipa uma nova crise.

A propósito da entrevista da TSF a

Jean-Claude Trichet (antigo presi-

dente do Banco Central Europeu),

Carlos Carvalhas lembra que a inje-

ção de liquidez que hoje os bancos

têm, levou a que a banca entrasse

outra vez em atividade especulativa.

O antigo secretário-geral do PCP

considera que “está tudo criado para

que uma nova crise venha a surgir”

16 . Portugal 16 Outubro 2017 “Está tudo criado para vir aí uma nova crise” No

já que não há inflação nem aumen-

to de salários e, por isso, o consumo

está a ser feito pelo crédito.

Carlos Carvalhas prevê que a situa-

ção venha a ser “mais devastadora

porque os bancos centrais estão a

ficar sem munições”.

16 . Portugal 16 Outubro 2017 “Está tudo criado para vir aí uma nova crise” No
ASTRO MEATS Butcher Shop Provides fresh meats and groceries WISH YOU A HAPPY THANKSGIVING 1470 St
ASTRO MEATS
Butcher Shop
Provides fresh meats and groceries
WISH YOU A HAPPY
THANKSGIVING
1470 St Clair Ave W, Toronto, ON M6E 1C6
(416) 656 - 2797
WE ACCEPT ORDERS
“ A L W A Y S F R E S H ” D E S
“ A L W A Y S F R E S H ”
D E S E J A - V O S
U M
F E L I Z D I A D E A C Ç Ã O D E G R A Ç A S
605 Rogers Road Toront o
(416) 653 - 2424
2277 Keele St. West Toront o (416) 245 - 8100
10385 West on Road Unit 4 Vaughan, On (905) 303 - 0309
EMAIL: info @searabakery.co m
WEB SITE: SEARABAKERY.COM
F A Ç A A S S U A S E N C O M E N D A S
16 Outubro 2017 Comunidades . 17
16 Outubro 2017
Comunidades . 17

Domingos Martins de 83 anos, foi um guerreiro

16 Outubro 2017 Comunidades . 17 Domingos Martins de 83 anos, foi um guerreiro Domingos Martins

Domingos Martins de 83 anos, foi um guerreiro

que milagrosamente sobreviveu cinco dias

sem beber e comer no passado verão em Julho

quando desapareceu de casa e deixou todos os

seus familiares, amigos, voluntários e policiais

desesperados à sua procura. Domingos Martins

que sofre de Alzheimers foi um lutador que não

baixou os braços e continuou com a sua fé à espera

que o encontrassem.

16 Outubro 2017 Comunidades . 17 Domingos Martins de 83 anos, foi um guerreiro Domingos Martins
16 Outubro 2017 Comunidades . 17 Domingos Martins de 83 anos, foi um guerreiro Domingos Martins

O objectivo da Fundação Domingos Martins é

angriação de fundos para criar Dispositivos de

rastreamentos, como pulseiras de uso, para que

os familiares pudessem sempre localizar os seus

familiares que sofrem de Alzheimers, Dementia,

Autismo ou outras doenças aonde podem ter

sintomas de esquecimento, nas alturas que dão os

seus passeios habituais. Existem muitas famílias

que não têm meios de pagar um dipositivo de

rastreamento para os seus familiares, e com a

Fundação Domingos Martins, será possível. No

sábado várias comunidades juntaram-se em prol

Os familiares que ao receberem a notícia que tanto

rezavam para ter,decidiram juntar todos no dia

14 de Outubro, no parque de estacionamento do

Restaurante da Família, Martins Churrasqueira

e Grill House para lançar a Fundação Domingos

Martins aonde divulgaram uma Instituição de

Caridade para reduzirem as hipóteses dos outros

viverem o mesmo pesadelo que eles viveram no

mês de Julho passado. Jack Da Silva, genro do

Domingos, falou aos orgãos de comunicação,

»Nós não queremos que outras famílias passem

por isto!»

da Fundação e conhecer o nosso herói com coração

grande, Domingos Martins. Bem Haja a todos!

16 Outubro 2017 Comunidades . 17 Domingos Martins de 83 anos, foi um guerreiro Domingos Martins

Mudanças na Lei de Cidadania agora em vigor

Mudanças na Lei de Cidadania através da adoção

do projeto de lei C-6 entraram em vigor. Estas mudanças no ato de cidadania foram aplaudidas pelos deputados de Brampton. Essas mudanças

permitirão maior flexibilidade para os candidatos

elegíveis para atender aos requisitos para Cidadania canadiana.

16 Outubro 2017 Comunidades . 17 Domingos Martins de 83 anos, foi um guerreiro Domingos Martins

Especificamente, o projeto de lei C-6 reduz o tempo em que os residentes permanentes devem estar fisicamente presentes

no Canadá antes de se candidatarem à cidadania, corrigem a faixa etária dos candidatos para atender os requisitos de cidadania e linguagem e os requisitos de presença física para a cidadania. Também reduziu o tempo necessário para que os requerentes apresentassem impostos de renda antes de solicitar a cidadania de quatro em seis anos para três de cinco anos, para alinhar com os requisitos de presença física.

Mais novas alterações à Lei de Cidadania deverão entrar em

vigor no final deste ano e no início de 2018. Passar essas

melhorias à Lei de Cidadania cumpre um compromisso de campanha assumido pelo Partido Liberal em 2015.

“Como deputados da cidade de Brampton, vimos de primeira mão que um dos pilares mais fortes para a integração bem sucedida na vida canadiana é alcançar a cidadania. Hoje, deixamos claro: o Canadá é um país acolhedor que valoriza igualmente todos os seus cidadãos “, disse, a propósito, Raj Grewal, deputado para Brampton East.

“Cumprir essa promessa de eleição chave remove barreiras à cidadania e se livra do injusto sistema de dois níveis criado pelo governo Harper”, é como vê as mudanbças Ruby Sahota, deputado de Brampton North. Para Sonia Sidhu, deputada de Brampton South, “as mudanças que entraram em vigor hoje tornarão mais fácil e rápido para muitos dos nossos mais novos constituintes alcançar a cidadania canadiana, pois continuam a desenvolver vidas bem-sucedidas no Canadá, contribuindo para o sucesso econômico, social e cultural do país”.

Idênticas

posições

tomaram

os

deputados

Kamal

Khera,

deputado

para

Brampton

West,

e

Ramesh

Sangha,

membro

do

parlamento

por

Brampton

Center

Mais mudanças esperadas para ocorrer em 2017 e 2018 incluem o fortalecimento do processo de revogação da cidadania para que o Tribunal Federal seja o tomador de decisão na maioria dos casos e dê autoridade clara ao

abrigo da Lei de Cidadania para que os oficiais de cidadania

analizem documentos fraudulentos ou suspeitos.

18 . Ler e contar 16 Outubro 2017
18 . Ler e contar
16 Outubro 2017

Tudo Isto É Fado ...

“Almas vencidas, Noites perdidas Sombras bizarras

Na Mouraria, Canta um rufia

Choram guitarras

...

Dizem que

o

Fado

é

o

dos Conceição Baptista portugue- orgulho
dos
Conceição
Baptista
portugue-
orgulho

ses e que representa a alma do nosso Povo.

E porque o Fado fala do mar, de gente simples, de saudade,

de paixão, de amor, de ciúmes e do destino sentimos mesmo que é tudo isso.

...

e ao ouvi-lo

...

Está comprovado que o Fado só se tornou popular após 1840, em Lisboa, quando apenas era o Fado do marinheiro e era conhecido por ser sempre entoado por esses homens do mar, na proa do navio.

Mais tarde, muito mais tarde

depois de Maria Severa,

... aquela, que, reza a lenda, trouxe o fado ás ruas e ao povo,

veio Amália, a nossa Amália, que conferiu ao Fado o es- tatuto internacional, com a essência de poemas clássicos.

E foi então

...

que um dia fui a Lisboa e encantada, é a pala-

vra certa de como fiquei, quando ainda muito jovem assisti

a uma noite de fado. Ali, mesmo na Alfama, foi uma expe-

riência única e marcante, que ficou para sempre comigo.

Depois, dali a uns anos

era costume cantar-se o Fado na

... Saudosa Velhinha Associação Democrática. Tivemos por lá do melhor em Fadistas e Guitarristas. E quero desde

aqui saudar os amigos António Amaro e Tony Melo. Bem

hajam!

E essa recordação voltou a estar bem dentro do meu peito, bem há poucos dias, naquela Noite de Fado, noite inesque- cível, que aconteceu no prestigioso Centro Cultural Portu-

guês de Mississauga!

Tudo Isto É Fado ... “Almas vencidas, Noites perdidas Sombras bizarras Na Mouraria, Canta um rufia

E foi ali, naquele grande salão, que estava repleto, que o

público deu as boas-vindas ao Fado!

Numa homenagem respeitosa e sentida a Amália Rodri- gues. Na apreciação a um grande apresentador e poeta, José Carlos Malato. Á fadista, da voz de ouro, Luísa Ro- cha, que aos 5 anos de idade já era a estrela da sua escola. Ouvimos ainda o Fado cantado por João Caçador, o jovem fadista que o sabe interpretar mesmo a rigor.

Foram acompanhados pelos grandes músicos, Guilherme Banza, Rogério Ferreira e Frederico Gato, que transforma-

ram o ambiente numa autêntica Casa de Fados!

Até que, para começar, a ementa escolhida foi tipicamente

tradicional, sendo assim uma mais valia para quem foi ou- vir o Fado, com a reverência que é devida á nossa Canção

Nacional!

Por fim felicito todos aqueles que tornaram possível esta magnífica Noite de Fado.

E o grande vencedor foi, sem dúvida, o Centro Cultural

Português de Mississauga!

De Moçambique dizem-nos

Políticos ignoram o impacto de casamentos prematuros, dizem activistas

Petição “A Voz das Raparigas” será entregue ao Gover-

no para que preste maior atenção aos principais proble- mas que afectam as meninas.

Uma Conferência Nacional da Rapariga em Moçambi- que terminou, na quinta-feira, em Quelimane, capital da província central da Zambézia, com críticas e acu- sações de que os decisores políticos ignoram o impacto dos casamentos prematuros e gravidezes precoces na sociedade.

A conferência reuniu mais de 300 participantes, maiori- tariamente activistas e raparigas de todas as províncias moçambicanas e terminou com a compilação de uma petição “A Voz das Raparigas”, que vai ser entregue ao Governo, para que preste maior atenção aos principais problemas que afectam as meninas, entre os quais se destacam os casamentos prematuros.

No encontro foram debatidas formas de construir al-

ternativas mais eficazes para garantir um ambiente em

que as raparigas gozem de uma vida digna, plena e li-

vre de práticas prejudiciais ao seu crescimento e desen- volvimento.

18 . Ler e contar 16 Outubro 2017 Tudo Isto É Fado ... “Almas vencidas, Noites

Para além da desistência escolar, os casamentos pre- maturos estão também associados a gravidezes na ado- lescência, que em muitos casos resultam em mortes, num cenário que tende a agravar-se, segundo o gineco- logista Matos Chimuassa.

Na conferência de Quelimane, que decorreu sob o lema “Investir em Nós é Garantir o Desenvolvimento”, fo- ram igualmente delineados mecanismos de reformas da legislação moçambicana, incluindo a Lei da Família e o Código Penal, processo que contará com o apoio dos governos do Canadá e da Suécia.

Nasceu a “República da Catalunha” em três páginas

Os 72 deputados independentistas no parlamento catalão assinaram na terça-feira um docu-

mento no qual se “constitui a República da Catalunha” como “Estado independente e sobera-

no”, após desânimo nas bases com o discurso do presidente da Generalitat.

18 . Ler e contar 16 Outubro 2017 Tudo Isto É Fado ... “Almas vencidas, Noites

Numa declaração no parlamento regional, em Barcelona, o presidente do Governo catalão disse que assume o “mandato do povo” para que a Catalunha seja um “Estado independen- te”, sem declarar explicitamente a independência da região, mas propondo a suspensão dos seus efeitos para procurar o diálogo com Madrid.

O discurso foi recebido com desânimo pelo partido que é o principal aliado do governo regional, ao suportar a maioria parlamentar: a CUP (Candidatura de Unidade Popular, ex- trema-esquerda).

A CUP disse que a declaração de Puigdemont constituiu uma

oportunidade perdida e que não se pode suspender os efeitos

do referendo pela independência de 01 de outubro, que deu a vitória ao “sim” mas que tinha sido considerado ilegal pela justiça espanhola. Alguns militantes da CUP acusaram mes-

mo Puigdemont de “traição inadmissível”.

Um documento sem valor legal

Outros aliados do governo regional, como a Esquerra Repu- blicana Catalana (ERC), também consideraram que a decla- ração de Puigdemont não constituía uma autêntica declara- ção de independência, pelo que promoveram um documento por escrito que o deixasse mais claro.

Intitulado “Declaração dos Representantes da Catalunha”, o documento de pouco mais de três páginas indica que a “Catalunha restaura hoje a sua plena soberania, perdida e largamente sonhada, depois de décadas a tentar honestamen- te e lealmente a convivência institucional com os povos da península ibérica”.

“Constituímos a república catalã como Estado independen- te e soberano, de direito, democrático e social”, salienta a declaração, que não refere grupos parlamentares nem tem o timbre ou cabeçalho do parlamento regional.

Os signatários também incluíram na declaração um apelo “aos Estados e às organizações internacionais para que re- conheçam a República catalã como Estado independente e soberano”.

O jornal El Mundo, de Madrid, refere que o documento -

cuja leitura à margem do plenário e já após o fim da sessão

foi aplaudida pelos deputados independentistas - carece de valor legal.

16 Outubro 2017 Ler e contar . 19
16 Outubro 2017
Ler e contar . 19

Sócrates não merece cair sozinho

Eu não esqueço. Aqui estarei para lembrar que Sócrates não ascendeu sozinho, não governou sozinho e, acima de tudo, não merece cair sozinho.

Não se enganem: aquilo que ficámos a conhecer não foi a

acusação de José Sócrates, mas a acusação de um regime

inteiro. Um regime composto por um povo alheado e

dependente, um poder corrupto, uma justiça amedrontada e um jornalismo manso. Sem esta triste conjugação de pobres qualidades, José Sócrates poderia sempre ter sido eleito em 2005, mas jamais seria reeleito em 2009. É evidente que existe gente indecorosa em qualquer parte do mundo, mas nos países bem frequentados as instituições não falecem todas ao mesmo tempo. Infelizmente, durante a era Sócrates,

tudo faliu, até finalmente falir o país. Tirando duas ou três

dúzias de teimosos que insistiram obsessivamente que o rei ia nu, demasiadas pessoas em lugares de responsabilidade ou não viram o que se estava a passar, por serem pouco espertas, ou não quiseram ver, por serem pouco honestas.

16 Outubro 2017 Ler e contar . 19 Sócrates não merece cair sozinho Eu não esqueço.
16 Outubro 2017 Ler e contar . 19 Sócrates não merece cair sozinho Eu não esqueço.

Neste momento marcante da História de Portugal, em que um ex-primeiro-ministro é acusado de 31 crimes de corrupção,

fraude fiscal, branqueamento de capitais e falsificação de

documento, convém recordar que José Sócrates não caiu da

tripeça por causa dos portugueses, que finalmente perceberam

quem ele era. Caiu por causa da crise internacional, da falência do país e da vinda da troika. Sócrates obteve 36,6% dos votos em 2009 (mais de dois milhões de pessoas), já depois da revelação da licenciatura fraudulenta e das manobras para impedir a publicação de notícias; já depois da exibição do DVD do caso Freeport onde Charles Smith declarava que ele era corrupto; já depois de correr com Manuela Moura Guedes do programa de informação mais visto da TVI por não apreciar o estilo e as reportagens. E mesmo após a crise internacional, a falência do país e a vinda da troika, José Sócrates ainda conseguiu obter 28,6% de votos para o PS – 1,57 milhões de portugueses. Em 2015, depois de quatro anos de brutal austeridade, António Costa obteve somente

mais 180 mil votos do que José Sócrates em 2011.

Estados Unidos abandonam a Unesco

* Departamento de Estado exige reformas e critica postura anti-israel

16 Outubro 2017 Ler e contar . 19 Sócrates não merece cair sozinho Eu não esqueço.

O Departamento de Estado americano anunciou, na quinta-feira, a sua decisão de se retirar da Organiza-

ção das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura, Unesco.

cia da ONU em que os palestinos foram aceites como

membros de pleno direito.

Unesco lamenta

Os Estados Unidos, no entanto, permanecem como membro até o final do ano e, depois, como observador.

“Não foi uma decisão fácil e reflecte as preocupações dos Estados Unidos com pagamentos em atraso na Unesco, a necessidade de reformas fundamentais na

organização e a continuidade da tendência anti-Israel

na Unesco”, lê-se no comunicado.

A diretora-geral da Unesco, Irina Bokova, disse lamen- tar profundamente a decisão dos Estados Unidos de se retirar da entidade, após ter recebido a notificação ofi- cial do secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson.

Bokova acrescentou que a decisão marca uma perda

para o multilateralismo e para a “família das Nações

Unidas”.

Desde 2011, os Estados Unidos reduziram substancial- mente as suas contribuições em dinheiro à Unesco em

protesto contra a decisão de permitir a entrada da Au-

toridade Palestina na organização.

No ano passado, Israel anunciou a suspensão da sua cooperação com a Unesco, um dia depois de uma vo- tação criticada pelos israelitas sobre um local sagrado de Jerusalém.

O financiamento americano equivalia a pouco mais de 20 por cento do orçamento da Unesco, a primeira agên-

Do ponto de vista israelita, a decisão seria uma nega- ção do vínculo milenar entre os judeus e a cidade.

No quintal da angústia serôdia

Fernando Cruz Gomes

No quintal da angústia serôdia Fernando Cruz Gomes No quintal que ainda frequento, pese embora o

No quintal que ainda frequento, pese embora o rei Verão

já se ter despedido

deparo, todos os dias, e a várias

... horas, com uns quantos companheiros de jornada matinal.

E são mais ou menos frequentes os colóquios que vou entabulando com os visitantes. Frequentes mesmo. O

esquilo, a que já puz o nome de Pedro

... Chega a parecer que é o mais amigo dos seres que por ali

vem sempre.

me visitam. O esquilo que até parece gostar dos outros visitantes, com excepção talvez, do racoon, que parece

ser um inimigo de

estimação. Os outros – pombas,

... muitas, e pardais, quase aos centos – até o meu amigo

Pedro estima e aprecia.

E eu, que queria gostar de todos por igual, dou comigo a fazer tagatés místicos a essa forma de pensar. É que das

pombas

nada há a dizer. Do racoon - e é só um que

... vem – eu até perdoo os cheiros que, de vez em quando, ele lança aos ares. Finjo que não sinto. E às pombas, ele aprecia e tolera. Amigos, amigos, são todos aqueles pardais humildes que bordejam o quintal e parecem não ter medo de nada. E se o têm, fogem, rápido, para que nada lhes aconteça.

O pardal

é “cool”. E ele, Dom Pedro, o Esquilo,

... até aprecia aqueles seres de pequeno porte e gorgear permanente. Entra por ali. Quase dedilha as cordas dos seus pipilares gostosos. Dá meia volta ao bilhar grande da

minha angústia – ao quintal, não é?! – e entende quando

é altura de avançar para a porta de saída, a mesma, afinal,

ainda que mais baixa, daqueles pássaros alados que andam lá por cima. E eles, os pardais do meu dia-a-dia, não parecem ter medo do barulho ensurdecedor dos aviões. Às pombas, eu aprecio a beleza das formas. O esvoaçar elegante. Os roncos – bonitos, apesar de tudo – que deixam

sair da garganta. E mesmo que o Pedro as hostilize, aqui e além, eu entendo a sua força de andar em frente. A elas e até, por estranho que pareça, ao andar do tal racoon de

triste esvoaçar e andar

...

eu

tolero e aprecio.

Os pardais! Lembram-me, afinal, os homens meus

irmãos que vivem cá por baixo, como que em casta pequena, sem força, sem autoridade. Que se acotovelam e se juntam, entre si, para a defesa que se impõe deste e daquele inimigo de cada ocasião. São os homens meus irmãos, são. Os que, pequenos ainda, vão para a escola do povoado com fome. E vivem à mercê de um ou outro que lhe dê trabalho e emprego permitidores de uma vida mais ou menos desafogada. E quando em reuniões muitas

com os outros

ficam sempre para trás, deixando passar

dando a

... as pombas, e os esquilos, e até o tal racoon

...

todos primazias que eles, eventualmente, nem merecem

ter. Foi assim. É assim ! ...

A um pardal que ficou para trás, com uma patita mais ou menos doente – manco, não é?! – ainda eu tentei explorar o cansaço. Ainda tentei entabular a conversa do sabichão que para ele o homem deve ser. Ele, porém, não quis ouvir. Deu duas voltas no ar e sumiu-se no emaranhado

do jardim que nem flores têm. A dar-me a dimensão – e

exacta, pelos vistos – de que o tal pardal, como os mais humildes entre os homens, quer viver assim. Não quer hostilizar ninguém. Nem barafustar. Nem atirar aos ares o grito rouco da sua consciência de ser.

Sem querer, dei comigo a pensar que talvez o Pedro esquilo me ajude a pôr na cabeça dos mais humildes

pardais

a força da razão. Para viverem melhor. Para

...

serem mais

...

gente!

20 . Automobilismo 16 Outubro 2017
20 . Automobilismo 16 Outubro 2017
20 . Automobilismo
16 Outubro 2017

Indy 2018: Portland volta, Watkins Glen sai e México tem chance

20 . Automobilismo 16 Outubro 2017 Indy 2018: Portland volta, Watkins Glen sai e México tem

O calendário da Fórmula Indy para a temporada de 2018 foi anunciado, com 17 corridas mantidas, mais Portland Interna- tional Raceway substituindo Watkins Glen.

Portland, que hospedou corridas da Indy sob sanção da

CART/Champ Car de 1984 a 2007, irá sediar seu GP no fim

de semana do Dia do Trabalho americano, o mesmo lugar anteriormente detido por Watkins Glen.

Além dessa mudança, 16 dos 17 eventos da lista de 2017 re- tornarão em 2018, a maioria na mesma data “para capitalizar ainda mais sobre a repetição”.

St. Petersburg voltará a receber o início da temporada no dia

  • 11 de março, enquanto Sonoma manterá o seu GP final em

  • 16 de setembro. Ainda há a chance de um GP na Cidade do

México, no início de agosto.

Calendário de 2018:

  • 11 de março – São Petersburgo (rua)

7 de abril – Phoenix Raceway (oval)

15 de abril – Long Beach (rua)

22 de abril – Barber Motorsports Park (misto)

12 de maio – GP de Indianápolis (misto)

  • 27 de maio – Indianapolis 500 (oval)

    • 2 de junho – Belle Isle Park (rua)

    • 3 de junho – Belle Isle Park (rua)

9 de junho – Texas Motor Speedway (oval)

  • 24 de junho – Road America (misto)

8 de julho – Iowa Speedway (oval)

15 de julho – Toronto (rua)

29 de julho – Mid-Ohio (misto)

19 de agosto – Pocono Raceway (oval)

25 de agosto – Gateway Motorsports Park (oval)

2 de setembro – Portland International Raceway (misto)

16 de setembro – Sonoma Raceway (misto)

F1 – Mudança de acerto na Mercedes ajudou melhora de Bottas

Paulo Alves – Carlos Moreira
Paulo Alves
– Carlos Moreira

Valtteri Bottas atribuiu seu melhor desempenho no último fim de semana no Japão a mudanças de acerto que coloca- ram sua Mercedes mais uma vez na sua melhor janela de operação.

A Mercedes tem lutado com um chassi W08 de forma incon- sistente nesta temporada, com a equipe alemã muitas vezes encontrando-se em desvantagem no início desta temporada

contra a rival a Ferrari em circunstâncias específicas.

A Mercedes parece preferir um ambiente mais frio e, portan- to, visa reduzir as temperaturas dos pneus para atingir seu potencial. Enquanto Lewis Hamilton parece ter se adaptado melhor ao desempenho volátil de seu carro, seu companheiro

de equipe lutou recentemente para extrair o melhor de suas

flechas de prata.

Mas as atualizações aerodinâmicas e os ajustes de configu- ração no Japão parecem ter colocado o finlandês no caminho

certo em termos de desempenho. “Com o novo pacote de atualização, abordamos o Japão com uma configuração mui- to diferente”, disse Bottas.

“Eu acho que conseguimos fazer o carro funcionar muito

mais na janela muito estreita que tem. Eu acho que nós não

configuramos isso certo na corrida da Malásia, nem mesmo

para o pacote antigo, mas especialmente para o novo paco- te”, explicou ele.

20 . Automobilismo 16 Outubro 2017 Indy 2018: Portland volta, Watkins Glen sai e México tem

“Nós simplesmente deixamos o carro mais adequado na ja-

nela. Nós definitivamente aprendemos algo, principalmente

coisas relacionadas ao equilíbrio aero, como tirar o máximo

proveito do pacote”, prosseguiu o finlandês.

“Temperaturas definitivamente mais frescas, tipo de circuito

também faz diferença, tipo de asfalto. Sabemos que ainda te- mos muitas fraquezas, mas, em geral, a temporada tem sido forte”, concluiu Bottas.

NASCAR – Keselowski vence corrida cheia de acidentes em Talladega

20 . Automobilismo 16 Outubro 2017 Indy 2018: Portland volta, Watkins Glen sai e México tem

Brad Keselowski se junta a Martin Truex Jr. e está classifica- do para a terceira fase dos playoffs da Monster Energy NAS- CAR Cup Series. Ele venceu a “Alabama 500”, 31ª etapa

da temporada 2017, disputada neste domingo no Talladega Superspeedway.

Newman cruzou 0s210 em segundo. Trevor Bayne chegou em terceiro, seguido por Joey Logano, que liderou o maior

número de voltas: 59. Aric Almirola e Hamlin ficaram na

sequência, seguidos por Dale Earnhardt Jr., que fez a pole e se despediu da pista.

A corrida foi extremamente acidentada. Foram 11 bandeiras amarelas e três vermelhas em quase 4h30 de atividade. 16 dos 40 pilotos ocuparam a liderança, com 30 trocas. E ape- nas 13 deles completaram as 188 voltas sem danos.

Keselowski venceu o primeiro segmento da prova. Ele reas- sumiu a liderança após o último acidente, a cinco voltas do

final. O piloto da Penske foi utrapassado por Ryan Newman

e Denny Hamlin após a relargada, mas conseguiu se recu- perar e reassumiu a ponta na última curva, vencendo pela terceira vez no ano.

Na primeira das três bandeiras vermelhas, na 172ª volta, seis dos 12 pilotos dos playoffs estiveram envolvidos: Kyle Bus- ch, Ricky Stenhouse Jr., Kevin Harvick, Martin Truex Jr., Matt Kenseth e Jimmie Johnson. A batida iniciou entre Da- vid Ragan e Kurt Busch.

Em seguida, Ryan Blaney, vencedor do segundo segmento,

e mais três carros colidiram. E a cinco voltas do final, Chase

Elliott e Daniel Suarez bateram quando brigavam pela pri- meira posição.

16 Outubro 2017 Ainda a tempo . 21 12, 000 professores, instrutores, conselheiros e bibliotecários em
16 Outubro 2017 Ainda a tempo . 21
16 Outubro 2017
Ainda a tempo . 21

12, 000 professores, instrutores, conselheiros e bibliotecários em greve ...

Desde da meia noite de Segunda-Feira que cerca

de 12,000 professores, instrutores, conselheiros

e bibliotecários dos Institutos Superiores dos

Colégios em Ontário estão de greve afectando

mais de 500 mil alunos.

16 Outubro 2017 Ainda a tempo . 21 12, 000 professores, instrutores, conselheiros e bibliotecários em

O Sindicato dos Funcionários Públicos do Ontário

que envolve 24 Faculdades disse que ambos os

lados não conseguiram chegar a um acordo e o

prazo terminava à 12h01 desta Segunda-Feira.

Embora não haja informação de quando tudo

possa voltar a ser normal, existe muito otimismo

16 Outubro 2017 Ainda a tempo . 21 12, 000 professores, instrutores, conselheiros e bibliotecários em

que as coisas possam regressar à sua normalidade

quanto antes.

O Sindicato apresentou uma proposta que exigia

o número de professores em tempo integral para

docentes contratados.

Também tinham pedido melhorias na segurança

do emprego e para os professores terem uma voz

mais forte nas tomadas das decisões académicas.

combinar com o número de membros dos corpos

B E I R A S D R IV IN G S C H O O
B E I R A S
D R IV IN G S C H O O L L T D .
“THE HELPFULL PROFESSIONALS”
Desejamos a Todos Clientes e Amigos
BOA ACÇÃO DE GRAÇAS
Providenciamos:
cursos de condução aprovados pelo ministério dos
transportes do Ontário (M.T.O.) com horários flexíveis
CCeerrttiiffiiccaaddooss rreeccoonnhheecciiddooss ppeellaa iinndduussttrriiaa sseegguurraaddoorraa
aulas em português (para obter o G1 “permit)
para melhor serviço à comunidade, contacte-nos:
4 7 1 Ro g e r s Ro a d , T o r o n t o
( 4 1 6 ) 6 5 7 - 8 2 9 5
b e ir a s d r iv in g s c h o o l@ h o t m a il. c o m
16 Outubro 2017 Ainda a tempo . 21 12, 000 professores, instrutores, conselheiros e bibliotecários em
R
R
22 . De tudo um pouco 16 Outubro 2017
22 . De tudo um pouco
16 Outubro 2017

Comentário Semanal de Economia e Mercados

Semana de 9 a 13 de julho

Parceria ABC / MontePio

Mercados Financeiros – Sentimento de mercado com evolução tendencialmente positiva no 3.º trimestre do ano, essencialmente suportado pelas indicações positivas ao nível do crescimento económico das principais economias, com revisão, em alta, das previsões para o crescimento da Zona Euro e do Japão, com impacto na revisão, em alta, das previsão para as maiores economias mundiais, pela aceleração acima do esperado do PIB da China no 2.º trimestre e pelos resultados positivos da 2.ª fase dos stress tests aos maiores bancos a operar nos EUA. O sentimento foi também suportado pela subida dos preços do petróleo. Já a penalizar o sentimento do mercado esteve o desenrolar aquém do esperado da época de resultados das empresas dos EUA referente ao 2.º trimestre, a incerteza relativamente ao Brexit, ao terrorismo (com vários ataques durante o trimestre) e aos vários focos de instabilidade política (Catalunha, Brasil e incerteza das políticas de Trump nos EUA), a crescente tensão entre os EUA e a Coreia do Norte e permanência de outras tensões militares (Médio Oriente, Rússia/Ucrânia).

O 3.º trimestre foi marcado por uma evolução do sentimento de mercado tendencialmente positiva, essencialmente suportado pelas indicações maioritariamente favoráveis dos dados conhecidos

para os EUA, com o PIB e o emprego a acelerarem no 2.º trimestre

(embora com as perspetivas para o 3.º trimestre a serem agora mais

fracas), para o Reino Unido (resiliência do mercado de trabalho,

com a taxa de desemprego a descer para mínimos desde junho de

1975), para a Zona Euro (revisão em alta do crescimento homólogo

do PIB no 2.º trimestre, que nos levou a rever em alta o crescimento anual do PIB, de +2.0% para +2.2%) e para o Japão, e dos dados acima do esperado relativos à China, onde o PIB do 2.º trimestre acabou por superar as expectativas, além das boas perspetivas quer da Fed, quer do FMI, para as economias referidas para o horizonte

2017/2019, que levaram, no caso dos EUA, a autoridade monetária

a manter a sua intenção de realizar mais uma subida de taxas em 2017, acompanhadas por uma subida dos preços do petróleo, com impacto positivo nas empresas do setor e nas economias exportadoras de petróleo.

A evolução, tendencialmente positiva, do sentimento de mercado traduziu-se em subidas trimestrais nos principais índices de ações (o IBEX da Espanha, com uma descida de 0.6%, foi a única

exceção). Por seu lado, os spreads a 10 anos da dívida dos países periféricos da Zona Euro tiveram comportamentos distintos, mas tendencialmente favoráveis, quer no longo prazo (10 anos), quer no curto prazo (dois anos). Com efeito, nos dois anos, observaram- se descidas dos spreads da Irlanda, de Portugal e, de uma forma mais marginal, de Itália, tendo subido os de Espanha e da Grécia,

um perfil que se manteve no longo prazo (10 anos), embora, em regra, com movimentos um pouco superiores, com os spreads a subirem igualmente em Espanha e na Grécia e a descerem na

Irlanda, em Itália e, principalmente, em Portugal, onde caiu 64 p.b., com os spreads do mercado de crédito corporate a revelarem comportamentos tendencialmente favoráveis, observando- se descidas na maioria dos índices de CDS (Credit Default Swaps), traduzindo algum alívio relativamente à saúde do setor bancário europeu [embora, no final do trimestre, tenha havido algum recrudescimento dos receios, nomeadamente devido ao enquadramento dos bancos espanhóis num eventual cenário de independência da Catalunha], que tinha vindo a condicionar uma maior subida das ações europeias, em particular dos bancos com maior volume de crédito mal parado (Portugal e, sobretudo, Itália). A suportar o sentimento de mercado estiveram, designadamente:

i) os dados acima do esperado da China, onde o PIB do 2.º trimestre acabou por superar as expectativas; ii) os resultados positivos da 2.ª fase dos stress tests aos bancos americanos; iii) as indicações dadas pelo FMI, no âmbito do relatório económico global, referindo que a recuperação económica está no bom caminho (a economia mundial irá acelerar este ano e no próximo), apesar de se manterem as incertezas sobre as economias avançadas; iv) a ligeira revisão, em alta, das perspetivas da Fed para a economia dos EUA no horizonte

2017/19 e em baixa para a taxa de desemprego, levando a autoridade monetária a manter a sua intenção de realizar mais uma subida de

taxas em 2017, algo que não era o cenário dos mercados (mas era o nosso); v) os dados maioritariamente favoráveis conhecidos para os EUA, com o PIB e o emprego a acelerarem no 2.º trimestre (embora

com as perspetivas para o 3.º trimestre a serem agora mais fracas),

para o Reino Unido (resiliência do mercado de trabalho, com a taxa

de desemprego a descer para mínimos desde junho de 1975), para a Zona Euro (revisão em alta do crescimento homólogo do PIB no 2.º trimestre, que nos levou a rever em alta o crescimento anual do PIB, de +2.0% para +2.2%) e para o Japão (PIB do 2.º trimestre foi revisto em baixa, mas superou as expectativas iniciais, pelo que a nossa previsão anual é agora superior); vii) a subida dos preços do petróleo, com impacto nas empresas do setor e nas economias exportadoras de petróleo. Já a penalizar o sentimento do mercado no 3.º trimestre estiveram, essencialmente: i) o abrandamento da atividade em julho e agosto na China; ii) o corte da S&P ao rating da China num nível, de AA- para A+ e a perspetiva de estável para negativa, o que abre a porta a mais descidas do rating; iii) os efeitos dos furacões do Atlântico; iv) os receios de que as subidas nos preços das ações em alguns mercados estejam a ser excessivas; v) a incerteza em relação ao Brexit (não obstante as negociações Reino Unido/UE prosseguirem com normalidade); vi) a instabilidade política no Brasil (Michel Temer foi novamente constituído arguido); vii) os receios de que Trump não consiga implementar a sua política económica dados os

sinais de fragmentação do Partido Republicano; viii) o desenrolar da época de resultados das empresas americanas relativa ao 2.º trimestre, com a dimensão das surpresas a ser inferior à observada no 1.º trimestre (72.0% superaram as expectativas vs 73.3% no 1ºT2017), embora acima da mediana dos trimestres após a crise de

2008/09 (69.0%); ix) o recrudescimento do terrorismo, com ataques em Barcelona, na Finlândia e no Reino Unido; x) a permanência de um elevado risco geopolítico resultante da tensão entre os EUA e a Rússia e entre os EUA e a Coreia do Norte, tendo sido aprovado

mais um pacote de sanções no âmbito da ONU a este país. Os resultados das eleições de 24/09/2017 na Alemanha ditaram,

como esperado, o 4.º mandato para a CDU/CSU de Angela Merkel,

mas não se perspetiva um acordo de Governo a curto prazo (o

SPD reagiu aos resultados com uma declaração no sentido de não renovação da coligação) e o facto de na próxima legislatura, a câmara baixa do Parlamento (presidida por Wolfgang Schäuble, ex- Ministro das Finanças), contar, pela primeira vez desde a II Guerra Mundial, com uma bancada de extrema-direita, constitui um fator de incerteza para a Zona Euro, que se debate, adicionalmente, com o Brexit e com a questão independentista da Catalunha. Em termos de política monetária, o BCE manteve a sua política altamente expansionista e admitiu, na conferência de imprensa após a reunião de 07/09/2017, que houve uma discussão, embora preliminar, sobre os vários cenários para a política monetária, referindo que o Conselho de Governadores do BCE deverá estar pronto para tomar uma decisão na reunião de outubro, adiantando que encarregou os diversos comités para continuarem a trabalhar

nas opções de política monetária para 2018. Nos EUA, na reunião de

20/09/2017, a Fed optou por manter as taxas de juro de referência, em linha com o esperado, depois de as ter mantido também na

reunião de 26 de julho e de as ter subido em 0.25 p.p. nas reuniões de 14 de junho, 15 de março e 14 de dezembro de 2016 (ou seja, de três em três meses, com as reuniões de subidas a alternarem com as de manutenção de taxas), apontando para que o programa de normalização do seu balanço, que passará por reduzir gradualmente os stocks de dívida acumulados, iniciará em outubro. Na reunião de 14/09/2017 o Banco de Inglaterra (BOE) decidiu manter a sua política monetária, depois de já a ter mantido inalterada nas oito reuniões anteriores (entre 15/09/2016 e 03/08/2017). Assim, o MPC manteve a taxa de juro de referência, a bank rate, sendo os atuais 0.25% o mais baixo registo desde a fundação da autoridade (1694), enquanto o Banco do Japão (BoJ), apesar de não ter anunciado novos estímulos, na reunião de 21/09/2017, reiterou que irá manter

o programa de flexibilização monetária quantitativa e qualitativa (Quantitative e Qualitative Easing - QQE) com o controle da yield curve (curva de rendimentos), com o objetivo de atingir a meta de estabilidade de preços de 2%. Assim, o BoJ referiu também que irá continuar a expandir a base monetária até que a taxa de crescimento homóloga do IPC (excluindo bens alimentares não transformados) exceda 2% e permaneça acima dessa meta de forma estável e a sua disponibilidade para, em caso de necessidade, ajustar a política monetária através de medidas expansionistas adicionais.

Caetano Ferreira

Caetano.ferreira@Montepio.pt

José Miguel Moreira

JoseMoreira@Montepio.pt

22 . De tudo um pouco 16 Outubro 2017 Comentário Semanal de Economia e Mercados Semana

Parece montagem, mas não é. Esta imagem captada em Leiria é verdadeira

22 . De tudo um pouco 16 Outubro 2017 Comentário Semanal de Economia e Mercados Semana

A imagem mostra o quão assustadora é a dimensão

dos incêndios.

dimensão giganteca que o incêndio em Vieira de

Leiria assumiu.

O distrito de Leiria está, pelas 02h45 desta

segunda-feira, a braços com 12 incêndios que estão

a consumir grandes zonas florestais, incluindo o

histórico Pinhal de Leiria.

Uma enorme e espessa nuvem de fumo transformou

o dia em noite, dificultou a respiração de todos os

que vivem naquela zona e nas zonas circundantes

e lançou o pânico entre as populações.

No combate às chamas estão 800 operacionais que

estão a ser apoiados por 239 veículos.

A imagem que pode ver acima, e que foi publicada

no Facebook de Hélio Madeiras, mostra a

A fotografia foi captada na tarde de domingo a

partir do quartel dos Bombeiros Voluntários de

Vieira de Leiria e, embora pareça uma montagem

feita no Photoshop, é bem real.

16 Outubro 2017 Coisas e loisas . 23
16 Outubro 2017
Coisas e loisas . 23

Os aminoácidos

Antonio Barros

16 Outubro 2017 Coisas e loisas . 23 Os aminoácidos Antonio Barros Estes são fundamentais para

Estes são fundamentais para o organismo.

Necessitamos deles para que o organismo

funcione. Existem mais de 500 conhecidos e nem

todos têm a mesma importância. No entanto queria

chamar a atenção para pelo menos dois. Um deles

é a L-Glutamina e a outra é o 5-HTP.

O primeiro é importante na absorção de proteínas

e na resistência muscular. Sendo por isso ideal

para atletas e para pessoas que querem perder

ou controlar o peso se tiverem problemas com a

absorção de proteínas. Neste caso podemos usar

também enzimas digestivas.

O segundo o 5-HTP tem sido objecto de estudo

e de investigação. Os estudos apontam que a sua

controlada ingestão em alguns casos pode ser útil

e ajudar em casos de insônia e de nervosismo. O

5-HTP pode ser usado com ervas para melhores

resultados, pode-se juntar o GABBA e a vitamina

B6, e a melatomina. As doses devem ser controladas

e baixas para melhores resultados.

ATÉ PARA A SEMANA

Informamos que estamos aceitar anúncios e parceiros de publicidade para 2017 Se estiver ineterssado em colocar
Informamos que estamos aceitar anúncios
e parceiros de publicidade para 2017
Se estiver ineterssado em colocar um anúncio seja uma vez,
duas vezes, por um mês, ou mesmo por muito mais tempo em 2017
entre em contato com o nosso estúdio.
Por email advertising@abcpcn.com
ou pelo telefone (416) 995-9904

OPORTUNIDADES DE EMPREGO

*Cozinheiro com experiência. 416 603 6522.

* Empresa de materiais de construção procura

empregado para servir ao balcão e apoio ao

cliente, fluente em Português e Inglês.

416 930 8852.

Clubes

e Associações

AMOR DA PÁTRIA – Sábado, 21 de Outubro, Baile das Vindimas. Actuação do conjunto The Ritz.

ASSOCIAÇÃO MIGRANTE DE BARCELOS – Sábado, 21 de Outubro: 19.º aniversário, no salão da Local 183. Início às 18.00. Actuações do RF da A.M. Barcelos, 6KG Grupo de Dança K-Pop e Karma Band. Informações: 647-949-1390 ou 647-781-2061.

CASA DO ALENTEJO – De 20 a 28 de Outubro, 34ª Semana Cultural Alentejana. A abertura está marcada para sexta-feira, 20, com a entoação dos hinos pelo Grupo Coral da Casa do Alentejo, às 18h30. Inauguração do Museu da Casa do Alentejo. Abertura das exposições de pintura sobre o Cante Alentejano do Prof. Joaquim Rosa, de Castro Verde e sobre o Fado da luso-canadiana Soraia Mejdoubi. Palestra com o escritor David Machado. Jantar às 20h00, seguido do lançamento da 6.ª edição da revista da Semana Cutural Alentejana e actuação do RF Infantil. Todos os dias haverá serviço de almoço tradicional alentejano às 12h00.

CONSULADO GERAL DE PORTUGAL - Em princípio no mês

de Outubro, irá realizar-se o programa “Portugal no Coração), que tem como objectivo levar a Portugal cidadãos portugueses com mais de 65 anos, residentes fora da Europa e que, por

razões de carência ou económica, não visitam o país há mais de 20 anos. Terá a duração de 10 dias em regime de pensão completa e com seguro de saúde para o período da sua duração. Os candidatos devem comparecer no Consulado-geral com as

fichas de candidatura e de saúde e termo de responsabilidades

ou enviá-las. Estas podem ser encontradas no “Portal das Comunidades”: https://www.portaldascomunidades.mne.pt/pt/ apoios/area-cultural-e-movimento-associativo/156-progra ma- portugal-no-coracao.

GRACIOSA COMMUNITY CENTRE - Sábado, 28 de Outubro:

Halloween. Música com Tony Câmara. Informações: 416-656- 6833 ou 416-533-8367.

CENTRO LUSO-CANADIANO DE MISSISSAUGA

– Sábado, 21 de Outubro, Trigessimo aniversario do Rancho Folclórico do PCCM. Animação do Conjunto Santa Fé. Pode fazer a sua reserva, pelo telefone

905-286-1311.

OFERTAS DE EMPREGO - Companhia de “landscaping” em Mississauga procura condutores com carta de condução AZ
OFERTAS DE EMPREGO
-
Companhia de
“landscaping” em
Mississauga procura
condutores com carta
de condução AZ ou DZ
e operadores de “roll-
offs”e “forklift” com
experiência. 416 891 1925.
- Chefe de cozinha e
pasteleiro experiente
em comida Italiana para
Mississauga. 905 206 0200.
-
Companhia de
289 DUNDAS STREET E, MISSISSAUGA, ON L5A 1X1
(905) 896 - 7245
“landscaping”, em
Hamilton, procura
empregados para a
jardinagem, “interlock” e
pedra. 905 318 4464.
- Cabeleireira para salão em
Toronto.
647 828 2550.
A Padaria e Pastelaria Portuguesa
DESEJA A TODOS OS SEUS CLIENTES E AMIGOS
UM FELIZ DIA DE ACÇÃO DE GRAÇAS
Merceneiros
e instaladores de
armários
de cozinhas.
Contactar Rui,
durante o dia,
905 602 9436
e, depois das
18:00,
416 677 9687.
FAÇA AS SUAS ENCOMENDAS

SUAS OBRAS FALAM POR SI

SUAS OBRAS FALAM POR SI Na passada sexta-feira, o Consulado-Geral de Portugal em Toronto teve efeito

Na passada sexta-feira, o Consulado-Geral de Portugal em Toronto teve efeito a abertura da exposição da nossa talentosa artista, Idalina Da Silva. «Brincar com Pontos», demonstrou a sua criatividade e talento com a organização das cores. Há aproximadamente dois anos que Idalina Da Silva trabalhou árduamente preparando os seus trabalhos para serem expostos para o apreço de todos presentes.

SUAS OBRAS FALAM POR SI Na passada sexta-feira, o Consulado-Geral de Portugal em Toronto teve efeito

A Galeria Almada Negreiros encheu-se de familiares, ami- gos e entusiastas pelos bordados e não só. Nascida em Lis- boa, desde pequenina que àquela veia artística já se destaca- va. Conhecendo várias culturas diferentes à volta do mundo, Idalina Da Silva deixava um pouco do seu estilo e levava um pouco do estilo das pessoas que conhecia consigo.

SUAS OBRAS FALAM POR SI Na passada sexta-feira, o Consulado-Geral de Portugal em Toronto teve efeito
SUAS OBRAS FALAM POR SI Na passada sexta-feira, o Consulado-Geral de Portugal em Toronto teve efeito

O seu estilo foi sempre misturar várias ideias e técnicas até encontrar aquele que a enchia a alma de satisfação. E como arte não se explica, apenas se sente por vir dentro de nós.

SUAS OBRAS FALAM POR SI Na passada sexta-feira, o Consulado-Geral de Portugal em Toronto teve efeito

Além do Cônsul-Geral de Portugal, Luís Barros, também tivemos Armando Viegas que servíu de fotógrafo tirando óp-

timas fotografias. Porém, as suas obras falam por si Haja!

...

Bem

O NOVO NOME DE COMPETÊNCIA E HONESTIDADE É PAULO Paulo Antunes SALES REPRESENTATIVE BUSINESS 905-308-8333 MOBILE
O NOVO NOME DE COMPETÊNCIA
E HONESTIDADE É PAULO
Paulo
Antunes
SALES REPRESENTATIVE
BUSINESS 905-308-8333
MOBILE 289-440-1319
FAX 905-387-3551
www.pauloantunes.ca
Paulo@pauloantunes.ca
Service also offered in:
$824,900 -10 Blasdell Crt
259,900 - 19 Hope Av
Casa de sonho, Numa rua sem sàída e sem vizinhos por
trás. Situada numa das zonas preferidas de Hamilton.
Dá para se enamorar.
Spanish • Portuguese • French
A este preço não é necessário dizer muito.
Estacionamento para um carro, tudo num
andar. Ideal para se aposentar
HAMILTON
$299,900 - 18 Lancaster Av.
$299,900 - 203 Grenfell av.
Na cidade de St. Catherines bun-
gallow com dois apartamentos.
Por que não viver no andar de
cima e alugar em baixo.
Dois bons rendeiros. Pagando
quase $2000.00 por mês. Por-
que não começar como dono
de propriedades?