Вы находитесь на странице: 1из 1

Bang, Bang! Voc morreu!

Bang Bang You're dead (Original)


Ano produo: 2002
Dirigido por: Guy Ferland
Durao: 87 minutos
Pas de Origem: Estados Unidos da Amrica

Sinopse: Filme homnimo da pea Bang, Bang Youre


Dead, de William Mastrosimone, que pretende
denunciar e combater a violncia fsica e psicolgica nas
escolas. O filme retrata um professor de teatro e vdeo
tentando encenar a pea em um ambiente semelhante ao
que seu foco. Neste filme vemos problemas como falta
de dilogo, incompreenso, hostilidade, hipocrisia e
tantos outros problemas tpicos desta fase da vida.

Bang, bang! Voc morreu!, de William


Mastrosimone (PEA)
A pea de teatro gira em torno da mente de Josh,
um garoto inteligente, que por diversos motivos e
distrbios psicolgicos, decide matar alguns de
seus colegas de sala.
A histria se inicia pelo final da histria, com
Josh na cadeia, onde ouve as vozes vindo da
escurido representadas por seus colegas
assassinados, que buscam descobrir os motivos
que o levaram a cometer o crime. A partir da que a histria ganha fora e o espectador
passa a acompanhar a mente de Josh, seus pensamentos, e vai descobrindo ao longo do
espetculo os reais motivos que o fizeram utilizar a arma dada por seus pais para matar
seus colegas. Dentre os motivos mais claros esto o Bullying, a superproteo de seus
pais e o abandono de sua namorada.

Todos aqui so carne morta!

A frase acima escrita no quadro negro da sala de aula, mas ningum sabe quem foi. O
principal suspeito: Josh! Quando descobrem que ele foi o autor da ameaa, Josh expulso
da escola e mais uma vez motivo de piada para seus colegas de sala, alimentando a raiva
e fria em sua mente. Na pea, so 13 atores trabalhando durante uma hora em um cenrio
simples, apenas com cadeiras, lanternas e alguns pequenos detalhes de figurino que se
alteram ao decorrer da histria. Porm, somente o cenrio simples - as falas e versos
dos atores so complicados, dinmicos e muito bem encaixados um a seguir do outro de
forma rpida.

Avanar: 8 ano 2
Professora Luana Aguiar
30/10/2017