Вы находитесь на странице: 1из 17

Gestão de Pessoas II – 2º/2009

Conceitos Básicos
Dimensões
Espiral do Conhecimento
Criação do Conhecimento
Vantagem Competitiva
Gestão do Conhecimento e Gestão de Pessoas
Capital Humano
Barreiras à Criação do Conhecimento
Gestão do Conhecimento
 Conceitos básicos
Conhecimento Explícito:

Aquele que pode ser expresso em palavras e


números e facilmente comunicado e
compartilhado sob a forma de dados brutos,
fórmulas científicas, manuais, etc.
Gestão do Conhecimento
 Conceitos básicos
Conhecimento Tácito:

Altamente pessoal e difícil de formalizar. São as


conclusões individuais, as convicções e são
inerentes a cada pessoa natural.
Gestão do Conhecimento
 Conceitos básicos: Dimensões do conhecimento Tácito:

Dimensão Técnica – “know-how”


Habilidades técnicas.

Dimensão Cognitiva – “ know-what”


Modelos mentais e crenças e conceitos.
Gestão do Conhecimento
 Conceitos básicos: Modos de Conversão e Espiral do
Conhecimento.
Gestão do Conhecimento
 Socialização: “É o processo de compartilhamento de
experiências e, a partir daí, criação de conhecimento
tácito, como modelos mentais ou habilidades técnicas
compartilhadas”. Ex: Treinamento prático.

 A externalização: “É um processo de articulação do


conhecimento tácito em conceitos explícitos”. Ex:
Criação de conceitos, comum no brainstorming.
Gestão do Conhecimento
 Combinação: “É um processo de sistematização de
conceitos em um sistema de conhecimento”. Ex:
transcrição a termo de resultados de reuniões técnicas.

 Internalização: “É o processo de incorporação do


conhecimento explícito no conhecimento tácito”. Ex:
quando as pessoas incorporam os modelos mentais, ou
sejam, quando agem como se o conceito fizesse parte de
si.
Gestão do Conhecimento

A criação do conhecimento organizacional ocorre


durante a conversão do conhecimento tácito em
conhecimento explícito...
Gestão do Conhecimento
 Para quê? Criação do
Conhecimento

Inovação Contínua

Vantagem
Competitiva
Gestão de Pessoas
 Como a Gestão de pessoas se relaciona com a Gestão do
Conhecimento?

O conceito de Capital Intelectual busca identificar e


potencializar a força do conhecimento individual e
coletivo acumulado pelas Organizações.
Gestão de Pessoas
 Porque a Gestão de pessoas se relaciona com a Gestão
do Conhecimento?

Capital
Intelectual

Capital Capital Capital do


Humano Estrutural Cliente
Gestão de Pessoas
 As empresas devem administrar sua força de trabalho
em função da contribuição individual e da dificuldade
de substituição.

Baixo valor agregado; Alto valor agregado;


Dificuldade de substituir

difícil de substituir difícil de substituir

Baixo valor agregado; Alto valor agregado;


fácil de substituir fácil de substituir

Valor agregado
Gestão de Pessoas
 Os profissionais fáceis de substituir e que proporcionam pouco valor
agregado devem ser substituídos por máquinas;

 As atividades exercidas por profissionais fáceis de substituir e que


proporcionam alto valor agregado devem ser terceirizadas, ou então
deve-se agregar a essas atividades algum diferencial que as distinga das
executadas pelos concorrentes;

 Os profissionais difíceis de substituir e que agregam pouco valor devem


ter seu trabalho modificado para agregar mais valor;

 Deve-se investir fortemente nos que são difíceis de substituir e agregam


muito valor, motivá-los e retê-los na empresa, isto é, capitalizar o
conhecimento que eles possuem.
Gestão de Pessoas e Gestão do
Conhecimento
 Barreiras individuais à criação do conhecimento:

 Baixa capacidade de acomodação (conceito construtivista) de


conhecimentos.

 Ameaça à auto-imagem.
Gestão de Pessoas e Gestão do
Conhecimento
 Barreiras organizacionais à criação do conhecimento:

 Necessidade de linguagem legítima;

 Histórias organizacionais;

 Procedimentos;

 Paradigmas da empresa.
Bibliografia
 LACOMBE, Francisco José Masset. Recursos Humanos: princípios e
tendências. São Paulo: Saraiva, 2005.

 NONAKA, Ikujiro ; TAKEUCHI, Hirotaka . Criação de Conhecimento na


empresa. Rio de Janeiro: Campus, 1997

 VON KROGH, Georg; ICHIJO, Kazuo; NONAKA, Ikujiro. Facilitando a


criação de conhecimento: Reinventando a empresa com o poder de
inovação contínua. Rio de Janeiro: Campus, 2001.

 http://www.cerebromente.org.br/n08/mente/construtivismo/construtivis-
mo.htm

Оценить