You are on page 1of 6

Centro Universitário do Distrito Federal - UDF

Processos de Fabricação II

ESTUDO EXPERIMENTAL: PROTÓTIPO DE UM


MOTOR POR INDUÇÃO MAGNÉTICA.

Aimée Yukiko Rodrigues Hayshi¹, Caio Fernandes Souza Paiva¹, Leonardo Rocha da
Silva¹, Pedro de Carvalho¹.

¹ Bacharelando(a) em Engenharia Mecânica pelo Centro Universitário do Distrito Federal.

RESUMO
Portanto, este estudo busca discutir e analisar novas formas energéticas, tendo como base o
desenvolvimento de um protótipo de um motor por indução magnética. O protótipo proposto é
desenvolvido com base em experiências anteriores e pesquisa bibliográfica. Para a confecção
do protótipo é utilizado, como principais materiais, um cooler e dez imãs de neodímio. Desta
forma este trabalho tem como objetivo: verificar, experimentalmente, a possibilidade de um
motor por indução magnética.

Palavras-chave: Imã, Indução Magnética, Protótipo, Motor Magnético.

ABSTRACT
Therefore, this study seeks to discuss and analyze new energy forms, based on the development
of a prototype of a motor by magnetic induction. The proposed prototype is developed based
on previous experiences and bibliographic research. For the making of the prototype is used, as
main materials, a cooler and ten neodymium magnets. In this way the objective of this work is
to verify, experimentally, the possibility of a motor by magnetic induction.

Keywords: Magnet, Magnetic Induction, Prototype, Magnetic Motor.

INTRODUÇÃO estudo e busca de processos de geração de


energia através de fontes renováveis, devido
Não é de hoje que se busca novas
principalmente a grande preocupação
possibilidades energéticas. Contudo uma
global referente a questão dos poluentes
grande preocupação dos últimos anos é o
HAYSHI, Aimée et al.

causados pelas fontes convencionais de Um ímã tem propriedades magnéticas em


energia. toda sua região, porém os fenômenos
Grande parte do sistema energético magnéticos são mais fáceis de serem vistos
Brasileiro usa como combustível o petróleo, nas extremidades. Desta maneira, essas
o carvão e o gás natural, fontes de energia regiões são chamadas de polares.
que produzem grande quantidade de CO2, As forças de atração/repulsão magnética de
contribuindo para o desordenamento dos um ímã manifestam-se com maior
vários sistemas ecológicos. intensidade nos seus extremos. Por isso,
O presente estudo tem como denomina-se que as extremidades são
principal objetivo realizar estudos de chamadas de polos magnéticos.
natureza bibliográfica e experimental sobre Campos magnéticos cercam materiais em
o desenvolvimento de um protótipo que vise correntes elétricas e são detectados pela
a geração de energia pelo princípio de força que exercem sobre materiais
indução magnética. magnéticos ou cargas elétricas em
movimento.
Portanto, justificasse essa pesquisa
Segundo (GONÇALVES,2006)
pela necessidade de verificar novas
campo magnético é uma região do espaço
possibilidades de geração de energia, assim
envolvente de um imã, onde se manifesta o
como certificar se há uma eficiência
magnetismo, através de ações magnéticas.
satisfatória no processo estudado.
Estas ações verificam-se a distância e
algumas substancias são influenciadas pelo

REFERÊNCIAL TEÓRICO campo magnético. O campo magnético em


qualquer lugar possui tanto uma direção
Segundo (NARDELLI,2012), um
quanto uma magnitude (ou força), por tanto
imã é um objeto que cria um campo
é um campo vetorial.
magnético à sua volta. Por ser encontrada na
própria natureza, a magnetita ficou
conhecida como um ímã natural, porém é METÓDOS E MATERIAIS
possível que outros corpos que usualmente
A pesquisa que ora se inicia,
não são ímãs se tornem ímãs. Os ímãs
pretende mostrar que o Motor Magnético
obtidos desta maneira são considerados
não pode gerar a energia. A princípio, a
artificiais. Este processo se dá pela
ideia não contrapõe o Princípio da
imantação do material, ou seja, um corpo
Conservação da Energia, pois o motor
que é neutro pode se tornar um ímã.
estaria “queimando” os imãs para
ESTUDO EXPERIMENTAL: PROTÓTIPO DE UM MOTOR POR INDUÇÃO MAGNÉTICA.

funcionar, descarregando a energia


magnética neles estocada.

Imagem 2 – Vídeo encontrado no Youtube a respeito


da geração de energia por um Motor Magnético.

Só que como explicado anteriormente, a


energia magnética é conservativa. Isso
significa dizer que permanecerá constante
sob um dado conjunto de circunstâncias.
Um exemplo é colocar imãs a uma
determinada distância, sendo que a força
deles continuará a mesma. Assim, ao pegar-
se um imã para tentar um deslocamento, ele
Imagem 1 - Cooler girando porque o neodímio
rodaria, mas em seguida pararia. A
encontrou a força repulsiva de outro imã.
explicação para esse acontecimento é de
Sendo assim, durante o
que ao deslocá-lo, a soma total da energia
funcionamento do motor, o campo
produzida durante o processo é uma
magnético dos imãs enfraqueceria e,
constante que não depende da velocidade ou
finalmente, o motor pararia. A explicação se
do caminho que adotar para deslocar os
baseia no modo como a força dos imãs
imãs que estão no decorrer do caminho.
funciona, de maneira conservativa.

Mas, alguns vídeos têm mostrado


que seria possível a sua existência e seu
funcionamento. A partir desse princípio, ele
poderia substituir diversas formas de
energia, como o petróleo.
HAYSHI, Aimée et al.

colados no cooler girarem, mas em


determinado momento param. Isso acontece
pelo princípio da conservação da energia.

Como em muitas das fontes, a dimensão


dos imãs, sua força, entre outros fatores não
são levados em conta, nota-se que o
objetivo é mostrar o funcionamento de
acordo com a concepção de seus inventores.
Fazendo com que muitos acreditem que
motores que utilizam somente imãs
Imagem 3 – Cooler parado por causa da força funcionam.
conservativa.

O que acontece é que se o Portanto, diante dos testes feitos pelo


deslocamento do início e do fim for igual, a grupo, não foi possível gerar movimento
energia gerada pelo deslocamento será igual suficiente para ligar a lâmpada. Isso
a zero, a partir daí é possível explicar mostra que por haverem forças
porque durante parte do percurso os imãs conservativas relacionadas, é impossível
param. gerar movimento necessário para poder
ligar a lâmpada. Durante o processo, os
Tratando-se de motor, um motor só
imãs param e interrompem o processo,
pode gerar energia quando existe uma força
zerando toda a energia. Pois os pontos de
e movimento ao mesmo tempo. O fato de
partida e chegada são iguais.
haver uma força duradoura que puxa o imã
não é suficiente. Mesmo que os imãs se 1. Cooler para computador 80X80 –
atraiam, ao largá-los, eles se unem e como a Mini ventilador 12 V.
força magnética é conservativa, a energia 2. Imã de neodímio, classificação N35,
que eles ganham provocada pela força de revestido de cromo-níquel, medida de 10X5
atração, seria igual à necessária para afastá- mm, força de até 3 Kg.
los. Assim, a energia produzida seria igual 3. Lâmpada de LED 6W.
a zero. 4. Fios 2,5 mm – Neutro e Fase.

Depois que foi feita a montagem do


mecanismo, observou-se que ele não é
capaz de fornecer movimento contínuo para
a geração de energia. O imã faz os imãs
ESTUDO EXPERIMENTAL: PROTÓTIPO DE UM MOTOR POR INDUÇÃO MAGNÉTICA.

Imagem 6 – Imã de neodímio N35

Imagem 4 – Cooler 6W e imãs de neodímio.

RESULTADOS E DISCURSÃO

Conforme afirma (SILVEIRA 2014)


mesmo que houvesse possibilidades do
funcionamento de um motor magnético, a
energia armazenada em um imã é
pouquíssima, no qual o movimento gerado
seria perto do mínimo. Isso pôde ser pelo
grupo durante a fase experimental do
protótipo.
Além do mais (FERREIRA 2013) afirma
que a força magnética é uma força
conservativa, ou seja, toda energia gasta é
reposta ao sistema, onde num motor
Imagem 5 – Lâmpada de LED magnético não seria possível, pois não
existiria uma força externa além dos imãs.
Após essa análise, e o experimento o grupo
pode entender a impossibilidade do motor
magnético.

CONCLUSÃO
Através da confecção do protótipo e da fase
HAYSHI, Aimée et al.

experimental, os alunos puderam concluir SILVEIRA, F. Campo magnético é não


que não é viável a geração de energia conservativo. Centro de Referência par o
através de um motor baseado nos princípios Ensino da Física. 2014. Disponível em :<
de indução magnética e campos https://www.if.ufrgs.br/cref/?area=question
magnéticos. E caso fosse possível obter s&id=548>. Acesso em: 17 nov. 2017
energia a partir do funcionamento deste
ALÉCIO, R. A. Estudo analítico/
motor, seria de forma unanime uma
experimental de um protótipo de rotor
revolução na indústria.
magnético. Dissertação (Dissertação em
Concluísse então, que existem diversas
engenharia mecânica) - UFPE. Recife.
outras formas de se gerar energia limpa, e
Março 2011.
fora das dependências dos derivados do
petróleo, de forma muito mais eficiente da YOUTUBE. Free Energy Magnet Motor

que foi proposta no presente artigo. fan used as Free Energy Generator "Free
Energy" light bulb. Disponível em
:<https://www.youtube.com/watch?v=jiAh
REFERÊNCIAS iu6UqXQ>. Acesso em: 19 nov. 2017

[http://repositorio.ufpe.br/bitstream/handle/
123456789/5114/arquivo2113_1.pdf?seque
nce=1&isAllowed=y - DISSERTAÇÃO.]

FERREIRA, P. Por que não funcionam os


motores magnéticos e os moto-contínuos.
Vera Veritas. 2013. Disponível em
:<http://www.veraveritas.eu/2012/11/por-
que-nao-funcionam-os-moteres.html>.
Acesso em: 18 nov.2017

SILVEIRA, F. Como se demonstra a


impossibilidade do motor magnético de
Perendev. Centro de Referência par o
Ensino da Física. 2014. Disponível em :<
http://www.if.ufrgs.br/cref/?area=questions
&id=674>. Acesso em: 17 nov. 2017