Вы находитесь на странице: 1из 18

Resultante de um

sistema de forças
CAP 4 – 4.1 MOMENTO DE UMA FORÇA – FORMULAÇÃO ESCALAR; 4.2
PRODUTO VETORIAL; 4.3 MOMENTO DE UMA FORÇA - VETORIAL
PROFª AMANDA JAREK
AMANDA@UFPR.BR - TURMA C
Momento de uma Força
 Quando uma força é aplicada sobre um corpo, produz a tendência de rotação do corpo em
torno de um ponto que não está na linha de ação da força.
 Também conhecida como torque, mas normalmente denominada momento de uma força
ou simplesmente momento.
Se 90° será mais
difícil girar o parafuso,
uma vez que o braço
será menor que d.
Momento de uma Força
Intensidade: 𝑀0 = 𝐹𝑑
d = braço do momento ou a distância perpendicular do eixo no ponto O até a linha de ação
da força.
Direção:
Momento de uma Força
Momento Resultante:
+ 𝑀𝑅 0 = 𝐹𝑑
Exemplos
Calcular o momento da força de 600 N em torno do ponto O na base do poste.

Resposta:
M = 2610 N.m
(sentido horário)
Exemplos
4.23 (Adaptado) Determine o momento produzido pela força 𝐹 em relação ao ponto A. Adote
𝜃 = 60°.

Resposta:
𝑀𝐴 = 1.439,23 𝑁. 𝑚
(sentido anti-horário)
Exemplos
4.2 Determine o momento resultante das quatro forças que atuam na barra mostrada na figura
em relação ao ponto O.

Resposta:
M = 334N.m
(sentido horário)
Produto Vetorial
O produto vetorial de dois vetores A e B produz o vetor C:

𝐶 =𝐴×𝐵

A intensidade de C é definida por:


𝐶 = 𝐴𝐵𝑠𝑒𝑛𝜃
0° ≤ 𝜃 ≤ 180°
Direção:

𝐶 = 𝐴 × 𝐵 = (𝐴𝐵 𝑠𝑒𝑛𝜃) uC
Produto Vetorial
Propriedades de operação:
 A propriedade comutativa não é válida:
𝐴×𝐵 ≠𝐵×𝐴 𝐴 × 𝐵 = −𝐵 × 𝐴
Produto Vetorial
Propriedades de operação:
 Se o produto vetorial for multiplicado por um escalar a, ele obedece a propriedade associativa:

𝑎 𝐴 × 𝐵 = 𝑎𝐴 × 𝐵=𝐴 × 𝑎𝐵 = 𝐴 × 𝐵 𝑎

 O produto vetorial também obedece à propriedade distributiva da adição:

𝐴× 𝐵+𝐷 = 𝐴×𝐵 + 𝐴×𝐷


Formulação do Vetor Cartesiano
Produto vetorial entre vetores unitários:

𝑖×𝑖=0 𝑖×𝑗 =𝑘 𝑖 × 𝑘 = −𝑗
𝑗 × 𝑖 = −𝑘 𝑗×𝑗 =0 𝑗×𝑘 =𝑖
𝑘×𝑖 =𝑗 𝑘 × 𝑗 = −𝑖 𝑘×𝑘 =0
Momento de uma força – Formulação
Vetorial
Formulação vetorial:
𝑀𝑂 = 𝑟 × 𝐹
𝑀𝑂 é perpendicular ao plano formado por 𝑟 𝑒 𝐹;
 A linha de ação de 𝑀𝑂 representa o eixo sobre o qual o corpo tende a
rotacionar, se fixo em O e sujeito à 𝐹;
 O sentido de 𝑀𝑂 caracteriza o sentido de rotação que 𝐹 impõe ao corpo.
Momento de uma força – Formulação
Vetorial
Formulação escalar:
𝑀𝑂 = 𝑟𝐹𝑠𝑒𝑛𝜃
𝑑
𝑠𝑒𝑛𝜃 =
𝑟
𝑑 = 𝑟𝑠𝑒𝑛𝜃
𝑀𝑂 = 𝐹𝑑

 d é a distância perpendicular do eixo à linha de ação de 𝐹;


 d é chamado de braço de alavanca;
 notar que MO não depende do ponto de aplicação de 𝐹ao longo de
sua linha de ação.
Momento de uma força – Formulação
Vetorial
Direção:
Em problemas definidos no plano (bidimensionais):

MA = +F d MA = -F d
(anti-horário) (horário)
Convenção: + anti-horário (regra da mão direita)
Princípio da Transmissibilidade
“Ao deslocar uma força ao longo de sua linha de ação, os efeitos que a mesma produz
no corpo se mantêm.”
𝑀𝑂 = 𝑟1 × 𝐹 = 𝑟2 × 𝐹 = 𝑟3 × 𝐹

 O vetor 𝐹 é um vetor deslizante, que não altera o momento criado em relação ao


ponto O.
Formulação do vetor cartesiano

rx , ry , rz: são as componentes x, y e z do vetor posição definido do ponto O até qualquer


ponto sobre a linha de ação da força.
Fx, Fy , Fz : representam as componentes x, y e z do vetor força.
Formulação do vetor cartesiano

rx , ry , rz: são as componentes x, y e z do vetor posição definido do ponto O até qualquer


ponto sobre a linha de ação da força.
Fx, Fy , Fz : representam as componentes x, y e z do vetor força.
Momento resultante de um sistema de
forças
Se um corpo é submetido à ação de um sistema de forças, o momento resultante pode ser
determinado por: