Вы находитесь на странице: 1из 248
Caminhões e Ônibus Instruções de operação 13 a 24 ton.
Caminhões e Ônibus Instruções de operação 13 a 24 ton.
Caminhões e Ônibus Instruções de operação 13 a 24 ton.
Caminhões e Ônibus Instruções de operação 13 a 24 ton.

Caminhões e Ônibus

Caminhões e Ônibus Instruções de operação 13 a 24 ton.

Instruções de operação 13 a 24 ton.

APRESENTAÇÃO

Estamos agradecidos pela conança em nós depositada ao decidir-se por um veículo Volkswagen

Este manual tem o objetivo de familiarizá-lo com o seu veículo Volkswagen.

Aqui você encontra informações que lhe permitirão um melhor aproveitamento do veículo. Leia-o atentamente.

Dedique especial atenção às revisões preventivas, obedecendo aos prazos estabe- lecidos no Plano de Manutenção.

Fazer as revisões preventivas nas quilometragens especicadas no Plano de Ma- nutenção é condição necessária para que o seu veículo continue tendo direito à cobertura da garantia.

Além disto, cumprir as revisões preventivas durante toda a vida do veículo é a certeza de que esse estará sempre operando na melhor condição de durabilidade e mínimo risco de ocorrências que causem a parada não programada do veículo.

As informações sobre as Revisões e Garantia se encontram no livrete “Garantia e manutenção”. Apresente-o sempre por ocasião das revisões.

À sua disposição, você encontra uma extensa Rede de Concessionários, espe-

cialmente preparada para lhe oferecer a melhor Assistência Técnica. Procure-a sempre que necessário.

A OPERAÇÃO CORRETA E A MANUTENÇÃO PREVENTIVA BEM EXE-

CUTADA, ALÉM DE DAR AO VEÍCULO UMA VIDA ÚTIL MAIS LONGA, COM ECONOMIA, CONTRIBUEM PARA A MELHORIA DA QUALIDADE DO AR QUE RESPIRAMOS.

APRESENTAÇÃO

Notas Importantes

1 FILTRO DE COMBUSTÍVEL ORIGINAL

1 FILTRO DE COMBUSTÍVEL ORIGINAL

 

Utilize somente ltros de combustível originais. Os ltros originais possuem alta capacidade de retenção de partículas e água. FALHAS NO SISTEMA DE INJEÇÃO CAUSADAS POR DEFICIÊNCIA DE FILTRAGEM DE COMBUSTÍVEL OU CONTAMINAÇÃO POR ÁGUA NÃO SERÃO COBERTAS PELA GARANTIA. Mais detalhes no capítulo Instruções de Operação.

2 TROCA DE ÓLEO DO MOTOR

2 TROCA DE ÓLEO DO MOTOR
 

TROCA DE ÓLEO DO MOTOR FORA DA QUI-

LOMETRAGEM INDICADA E/OU A UTILIZAÇÃO DE ÓLEO LUBRIFICANTE DO MOTOR COM

A

 

ESPECIFICAÇÃO INFERIOR À RECOMENDADA NO MA- NUAL DE GARANTIA E MANUTENÇÃO PODEM CAUSAR AUMENTO DE VISCOSIDADE DO ÓLEO LUBRIFICANTE

E

CONSEQÜENTEMENTE PERDA DE SUAS CARACTE-

RÍSTICAS DE FLUIDEZ E LUBRIFICAÇÃO, CAUSANDO GRAVES DANOS AO MOTOR. DANOS E FALHAS DAÍ RESULTANTES NÃO SERÃO CO- BERTOS PELA GARANTIA.

• Troque o óleo do motor e o ltro de óleo nos intervalos recomendados no livrete de Garantia e Manutenção.

• Utilize somente óleo com a especicação recomendada.

 

• Utilize somente ltro de óleo original. NÃO RESPEITAR O INTERVALO DE TROCAS DE ÓLEO RECOMENDADO BEM COMO USAR FILTROS NÃO ORIGINAIS E/OU USAR ÓLEO DE ESPECIFICAÇÃO INFERIOR À RECOMENDADA LEVAM À PERDA DA GARANTIA DO MOTOR.

 

Mais detalhes no livrete de Garantia e Manutenção.

APRESENTAÇÃO

CUIDADOS COM O MOTOR ELETRÔNICO

ATENÇÃO FALHAS NO MÓDULO ELETRÔNICO DE CONTROLE (ECM) DO MOTOR, RESULTANTES DA NÃO OBSERVÂNCIA DOS CUIDADOS MENCIONADOS NO CAPÍTULO SISTEMA ELÉ- TRICO, E/OU SUBSTITUIÇÃO DO MÓDULO, RESULTANTE DE DIAGNÓSTICO INCORRETO OU DECORRENTE DE USO DE FERRAMENTA DE DIAGNÓSTICO NÃO ORIGINAL VOLKSWAGEN, NÃO SERÃO COBERTOS PELA GARANTIA.

AO EXECUTAR SOLDA ELÉTRICA NO VEÍCULO

• Antes de efetuar solda elétrica em qualquer parte do ve- ículo, desconecte os cabos da bateria e os conectores do módulo eletrônico (ECM) e ligue o cabo massa do aparelho de solda diretamente no componente a ser soldado;

• Não efetue solda elétrica próximo a sensores, atuadores, módulo eletrônico e chicotes elétricos. Remova cada um desses componentes antes de efetuar a solda. Mais detalhes no capítulo Sistema Elétrico.

AO LAVAR O VEÍCULO

Ao lavar o motor, não aplique jatos de água sob pressão sobre o módulo eletrônico, sensores, conectores e alter- nador.

COM O SISTEMA DE COMBUSTÍVEL

• O sistema de combustível dos motores eletrônicos trabalha com pressão de injeção de combustível muito alta, em torno de 1400 bar. Esta pressão é suciente para causar ferimentos graves no corpo, perda da visão se dirigido aos olhos, etc.

• Não afrouxe qualquer conexão enquanto o motor estiver funcionan- do. Aguarde no mínimo 10 minutos depois de desligar o motor antes de afrouxar qualquer conexão, para permitir que a pressão baixe.

NUNCA DESCONECTE UM TUBO DE ALTA PRESSÃO COM O MOTOR EM FUNCIONAMENTO. DESLIGUE O MOTOR E AGUARDE NO MÍNIMO 10 MINUTOS PARA TRABALHAR NO SISTEMA DE INJEÇÃO. CON- FIE ESSE TIPO DE SERVIÇO A UM CONCESSIONÁRIO VOLKSWAGEN - CAMINHÕES E ÔNIBUS.mínimo 10 minutos depois de desligar o motor antes de afrouxar qualquer conexão, para permitir que

3

NO SISTEMA DE INJEÇÃO. CON- FIE ESSE TIPO DE SERVIÇO A UM CONCESSIONÁRIO VOLKSWAGEN - CAMINHÕES
NO SISTEMA DE INJEÇÃO. CON- FIE ESSE TIPO DE SERVIÇO A UM CONCESSIONÁRIO VOLKSWAGEN - CAMINHÕES
NO SISTEMA DE INJEÇÃO. CON- FIE ESSE TIPO DE SERVIÇO A UM CONCESSIONÁRIO VOLKSWAGEN - CAMINHÕES

APRESENTAÇÃO

4 FREIO DE ESTACIONAMENTO

• Mantenha a alavanca do freio de estacionamento para baixo, na posição APLICADO.

freio de estacionamento para baixo, na posição APLICADO. • Sempre calce as rodas com calço apropriado,

• Sempre calce as rodas com calço apropriado, principalmente se o veículo estiver carregado ao estacionar em aclives ou declives.

• Redobre a atenção para as instruções quando for utilizar equipa- mento operado com ar comprimido do veículo.

Mais detalhes no capítulo Instruções de Operação.

Mais detalhes no capítulo Instruções de Operação. 5 PARA ENTRAR E SAIR DA CABINE • Tanto

5 PARA ENTRAR E SAIR DA CABINE

• Tanto do lado do motorista como do lado do passageiro, utilize sempre as alças de apoio, localizadas na coluna da porta e no assoalho.

Mais detalhes no capítulo Instruções de Operação.

Mais detalhes no capítulo Instruções de Operação. 6 BASCULAMENTO DA CABINE Antes de bascular a cabine

6 BASCULAMENTO DA CABINE

Antes de bascular a cabine

• Prenda ou retire objetos soltos no seu interior.

• Certique-se de que a área em frente ao veículo esteja livre.

• Coloque a alavanca de mudanças em neutro.

• Acione o freio de estacionamento.

Abra a grade frontal. - se a cabine for basculada com a grade frontal fechada irá da- ni car a grade.

• Feche as portas.

• Coloque a válvula da bomba hidráulica na posição de basculamen- to.

• Bombeie até o total basculamento da cabine.

Mais detalhes no capítulo Instruções de Operação.

7 PARTIDA DO MOTOR

Não acelere nem antes nem durante a partida do motor. Caso contrário, pode resultar em sobre-rotação do motor, danicando-o.

nem antes nem durante a partida do motor. Caso contrário, pode resultar em sobre-rotação do motor,

APRESENTAÇÃO

8

9

CUIDADOS COM O TURBOCOMPRESSOR

Durante a partida, não acelere nem movimente o veículo até que o indicador de pressão do óleo do motor registre pressão normal e a luz de advertência de pressão do óleo se apague. Esse procedimento garante que o óleo lubricante do motor atinja os mancais do tur- bocompressor.

Antes de desligar o motor deixe-o trabalhando em marcha-lenta por um minuto. Esse procedimento garante a lubricação dos mancais

do turbocompressor até que a rotação diminua e, ao mesmo tempo, permite que a alta temperatura seja dissipada através do óleo lubri-

cante.

ALARME SONORO E LUZES DE EMERGÊNCIA

Se o alarme soar e/ou alguma das luzes de aviso de emergên- cia (vermelhas) se acender com o veículo em movimento, dirija-se cuidadosamente para um lugar seguro fora da estrada e pare o veículo. Verique a causa da anomalia.

estrada e pare o veículo. Veri fi que a causa da anomalia. Mais detalhes no capítulo

Mais detalhes no capítulo Instruções de Operação.

10

11

12

LIGAÇÃO DE EQUIPAMENTOS ELÉTRICOS DE 12V

O sistema elétrico do veículo é de 24V. Para ligar aparelhos utilize a tomada no painel (acendedor de cigarros) ou no console. Mais detalhes no capítulo Instruções de Operação.

INSTALAÇÃO DE RÁDIO

O veículo vem equipado com preparação para ligação do rádio e alto-falantes.

Os cabos para ligação estão xados na tampa do compar- timento destinado à instalação do rádio, localizada no painel. Mais detalhes no capítulo Instruções de Operação.

TROCA DAS LÂMPADAS DOS FARÓIS

Utilize somente lâmpadas 24V 70/75W. As marcas re- comendadas são GE, Osram ou Philips. Cuidado com lâmpadas de outras marcas não recomendadas, pois a potência real consumida pode ser maior que a indicada na embalagem, o que poderá danicar a lente do farol. Mais detalhes no capítulo Sistema Elétrico.

que a indicada na embalagem, o que poderá dani fi car a lente do farol. Mais

APRESENTAÇÃO

Este veículo está em conformidade com o PROCONVE e com todas as leis a ele aplicáveis em todo o território nacional na data de sua fabricação. Certique-se de que todas as suas características originais sejam mantidas.

A Volkswagen - Caminhões e Ônibus reserva-se o direito de, a qualquer tempo, revisar, modicar ou descontinuar este modelo de seus produtos sem prévio aviso e sem que ela ou o vendedor incorram em qualquer responsabilidade ou obriga- ção para com o comprador.

Para a confecção desta literatura foi tomado como base o caminhão Volkswa- gen com todos os opcionais disponíveis. Portanto, alguns dos equipamentos mostrados poderão não fazer parte do seu veículo.

Os textos, as ilustrações e as especicações técnicas constantes nesta literatura de bordo estão atualizados até a data da impressão.

APRESENTAÇÃO

Índice

Nas próximas páginas encontra-se um índice onde os assuntos estão relacio- nados pela ordem em que aparecem no manual. No nal deste manual, encontra-se um índice alfabético.

Indicação de direções

Sempre que uma direção for especi- cada (por exemplo, esquerda, direi- ta, dianteira, traseira, etc.), você deve imaginar-se sentado no veículo, olhan- do para o sentido de marcha. Se houver uma outra posição diferente, ela será claramente identicada.

Advertências

ATENÇÃO

ATENÇÃO

Todos os textos, impressos em ne- grito logo após as chamadas de ATENÇÃO, são alertas sobre a se- gurança e advertem para possíveis riscos de acidente ou ferimentos.

As NOTAS impressas em destaque (negrito), sem a chamada de ATEN- ÇÃO, referem-se a riscos que poderão dar origem a danos no veículo ou contêm informações particularmente importantes para a correta utilização do seu veículo.

Itens com asterisco

Por favor, considere que alguns itens assinalados com asterisco podem ser de série para algumas versões e opcio- nais para outras. Portanto, poderão não estar disponíveis para a versão do seu veículo. O código de venda, constante na Nota Fiscal do veículo, vai denir os opcionais disponíveis em seu veículo.

Indicações sobre defesa do meio ambiente

Os textos assinalados com esse símbolo

e impressos em itálico contêm informa-

ções ou indicações importantes sobre

a defesa do meio ambiente.

APRESENTAÇÃO

Beneficiamento do veículo

Leitura da página

Os textos estão divididos em duas colunas, com ilus- trações. Deve-se sempre ler pri- meiro a coluna da esquerda de cima a baixo e depois a coluna da direita de cima a baixo.

INSTRUÇÕES DE MANUTENÇÃO Líquido de arrefecimento Sensor do nível de água • O reservatório de
INSTRUÇÕES DE MANUTENÇÃO
Líquido de arrefecimento
Sensor do nível de água
• O
reservatório de expansão possui
dois sensores de nível de água, que
alertam quanto à insuficiência de
líquido no sistema de arrefecimen-
to.
• O
problema é indicado pela luz de
advertência no painel e pelo alarme
sonoro. Caso isso ocorra, pare o
veículo, sem desligar o motor, e com-
plete o nível de água no sistema, até
a
marca <MÁX> do reservatório.
Nível do líquido
O nível deve estar entre as marcas
«MÍN.» e «MÁX.» do reservatório.
Se o nível estiver baixo, remova a
tampa frontal do reservatório e abas-
teça-o com água limpa, até o nível
máximo.
O nível deve ser verificado diaria-
mente, com o motor frio.
Aditivo para o líquido de
arrefecimento
• Use somente Aditivo VW como adi-
Sensor de nível mínimo (1):
tivo para o sistema de arrefecimento.
A utilização de outro produto poderá
comprometer o sistema e outras par-
tes do motor.
Sensor de nível baixo (2):
luz
vermelha no painel. Informação de
A mistura deve conter 93% de água
despotenciamento do motor (preserva
pura mais 7% de Aditivo VW.
o motor)
6-10

Importante

A literatura de bordo é parte integran- te do veículo. Assim, quando vender o seu veículo, entregue ao novo proprie- tário a literatura de bordo completa, dando-lhe as mesmas condições que você teve ao adquirir o veículo novo.

Os veículos Volkswagen foram proje- tados para desempenhar diversos tipos de tarefas. Suas opções de chassi, mo-

tor e relações de transmissão cobrem

as mais variadas necessidades de trans-

porte de carga.

Para que possa ser utilizado, o seu veí-

culo Volkswagen precisa ser beneciado

de alguma forma, recebendo o equipa-

mento que melhor se ajuste à sua utili- zação.

Ao con ar o encarroçamento do seu

veículo a um beneciador, escolha

um que seja reconhecido pelos órgãos

governamentais para ter a garantia de

que seu veículo estará em estrita obser-

vância às normas de tráfego e de segu- rança em serviço (Código Nacional de Trânsito - CNT).

Dê também preferência a um bene-

ciador que utilize o “Manual de Bene- ciamento dos Caminhões Volkswa- gen”, distribuído gratuitamente a todos os encarroçadores reconhecidos pela Volkswagen Caminhões e Ônibus.

Solicite ao encarroçador, durante a ne- gociação do encarroçamento, que lhe esclareça como serão seguidas as dire- trizes da Volkswagen.

A RESPONSABILIDADE PELA

GARANTIA DOS EQUIPAMEN- TOS INSTALADOS PELO ENCAR- ROÇADOR E/OU BENEFICIA- DOR NO CHASSI DOS VEÍCULOS VOLKSWAGEN É DO RESPECTI- VO ENCARROÇADOR/BENEFI- CIADOR.

ÍNDICE

1 - INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

Acesso à cabine 1-02

1-02

Vista geral do painel 1-04

Cintos de segurança

Painel de instrumentos

1-06

Luzes de aviso e alarme sonoro Visor de informações ao

1-07

motorista 1-10

Sistemas de alarme e proteção do motor Instrumentos Tacógrafo eletrônico Instrumento de acionamento do 3.º eixo (somente 24-250) Piloto automático Controle de rotação do motor Computador de bordo Aviso de falha no veículo Diagnóstico de falhas Interruptores Cinzeiro e acendedor de cigarros Instalação do radio Tomadas eléctricas 12V Iluminação interna da cabine Aquecimento e ventilação Ar condicionado Chaves Portas e janelas

1-32

1-33

1-29

1-26

1-25

1-22

1-20

1-19

1-18

1-18

1-13

1-12

1-33

1-35

1-36

1-40

1-43

1-44

Bancos Cama Cabide / Pára-sol Porta-objetos Equipamentos obrigatórios Espelhos retrovisores Freio de estacionamento Coluna de direção ajustável

1-45

1-47

1-48

1-49

1-50

1-50

1-52

1-54

1-54

Amaciamento do motor 1-56

Grade frontal

Basculamento da cabine 1-57

Condução econômica

Condução segura 1-64 Condições do motorista 1-65

Utilização dos freios

Condução em declives acentuados 1-70 Travessias em locais alagados 1-71 Condições de neblina e cerração 1-72

1-69

Partida do motor

1-57

1-62

Cuidado com os pneus

1-72

Distribuição de carga

1-73

2

- TACÓGRAFO

Apresentação - diário

2-02

Vista geral

2-04

Operação do tacógrafo

2-05

Descrição do disco diagrama

2-10

Apresentação - semanal

2-12

Vista geral

2-13

Operação tacógrafo

2-14

Descrição do pacote de diagramas

2-21

3

- CAIXA DE MUDANÇAS

Troca de marchas (13-180 / 15-180)

3-02

Troca de marchas (17-250 / 24-250)

3-06

4

- 3.º EIXO

3.º Eixo

4-02

5

- 5 ª RODA

Semi-reboque

5-02

5

ª roda

5-06

Passadiço

5-07

ÍNDICE

6 - INSTRUÇÕES DE MANUTENÇÃO

Introdução Grade frontal Partida remota Óleo do motor Líquido de arrefecimento Fluido de embreagem Reservatório de água do limpador de pára-brisa Sistema de combustível Sangria do sistema de baixa pressão de combustível Filtro de ar Óleo da caixa de mudanças Árvore de transmissão Eixo dianteiro Diferencial Direção hidráulica Sistema de freios

7 - FAÇA VOCÊ MESMO

Conservação de veículos inativos 7-02

6-24

6-22

6-21

6-20

6-20

6-19

6-17

6-16

6-14

6-13

6-12

6-10

6-06

6-05

6-03

6-02

Aparência do veículo Bateria Desaplicação mecânica do freio de estacionamento

7-10

Reboque de caminhão Rodízio dos pneus / Descarte dos pneus

7-13

Substituição das rodas 7-14

Rodas sobressalentes 7-16

7-18

Palhetas do limpador de pára-brisa 7-20 Filtros de ar do sistema de ventilação da cabine 7-21 Tela de proteção do radiador 7-23

Pressão dos pneus

7-12

7-07

7-04

8 - SISTEMA ELÉTRICO

Fusíveis e relés

8-02

Tabela de fusíveis 13-180 / 15-180

8-04

Tabela de relés 13-180 / 15-180

8-06

Tabela de fusíveis 17-250 / 24-250

8-07

Tabela de relés 17-250 / 24-250

8-09

Troca de lâmpadas

8-10

Regulagem dos faróis

8-14

Ligações adicionais

8-15

Módulo eletrônico de controle

8-15

9 - IDENTIFICAÇÃO DO VEÍCULO E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

Gravações do número do chassi 9-02 Plaqueta de identicação do veículo 9-04 Plaqueta do ano defabricação 9-05 Número de identicação do

9-07

veículo (VIN)

Gravação do número VIN no chassi 9-08 Etiqueta do índice de emissão

de fumaça

9-08

Identicação dos agregados Especicações técnicas -

9-09

VW 13-180 9-11 Especicações técnicas - VW 15-180 9-16 Especicações técnicas - VW 17-250 9-21 Especicações técnicas - VW 17-250 - Tractor 9-26 Especicações técnicas - VW 24-250 9-31

10 - ÍNDICE ALFABÉTICO

Instruções de operação

1

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

Acesso à cabine

Cintos de segurança

DE OPERAÇÃO Acesso à cabine Cintos de segurança O acesso à cabine é facilitado por duas
DE OPERAÇÃO Acesso à cabine Cintos de segurança O acesso à cabine é facilitado por duas
DE OPERAÇÃO Acesso à cabine Cintos de segurança O acesso à cabine é facilitado por duas
DE OPERAÇÃO Acesso à cabine Cintos de segurança O acesso à cabine é facilitado por duas

O acesso à cabine é facilitado por duas alças de apoio, estando uma na coluna da porta e outra na coluna lateral.

ATENÇÃO

ATENÇÃO

As recomendações a seguir foram feitas visando sua segurança pes- soal. Para entrar ou sair da cabine, faça-o sempre de frente para a cabine.

Posição correta no acesso à cabine

Para entrar na cabine:

13-180 / 15-180 Se você estiver do lado esquerdo do veículo, inicie o movimento com o pé esquerdo, no 1.º degrau. Se você estiver do lado direito do veí- culo, inicie o movimento com o pé di- reito, no 1.º degrau. 17-250 / 24-250 Se você estiver do lado esquerdo do veículo, inicie o movimento com o pé direito, no 1º degrau. Se você estiver do lado direito do veí- culo, inicie o movimento com o pé es- querdo, no 1º degrau.

  ATENÇÃO
 

ATENÇÃO

O

cinto de segurança tem provado

ser o mais simples e seguro meio de reduzir a intensidade de danos físicos e até fatais em acidentes com veículos. Por isso, para sua

segurança, bem como a dos pas- sageiros, utilize o cinto de segu- rança adequadamente, quando

o

veículo estiver em movimento.

Para garantir o máximo de prote- ção, os cintos de segurança devem ser corretamente colocados. Caso contrário, podem causar sérios ferimentos em caso de acidente. Portanto, leia e observe todas as instruções a seguir:

• Não utilize um mesmo cinto para mais de uma pessoa.

• Para a máxima e ciência, use o cinto de segurança baixo e ajustado na região pélvica.

• Os cintos não devem ser usados dobrados ou enrolados.

• Não use os cintos sobre objetos rígidos ou quebráveis, dentro ou sob o vestuário, tais como ócu- los, canetas, chaves, etc., os quais podem causar ferimentos.

• Roupas grossas e volumosas podem interferir no correto posicionamento dos cintos e reduzir a eficiência global do sistema.

• Mantenha as fivelas livres de qualquer obstrução que possa impedir um travamento seguro.

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

ATENÇÃO

ATENÇÃO

• Substitua os cintos que foram submetidos a um excessivo esforço de estiramento num acidente.

• Os cintos não devem atritar em objetos a ados.

• Não permita que os cintos se dani quem por permanecerem prensados na porta ou por con- tato com objetos enferrujados.

• Caso os cintos apresentem danos nos tecidos, olhais de xação ou velas, devem ser substituídos.

• Não modi que ou desmonte os cintos do veículo.

• Não descore ou tinja o tecido dos cintos de segurança.

• Não descore ou tinja o tecido dos cintos de segurança. Cinto retrátil de três pontos

Cinto retrátil de três pontos

O cinto de segurança de três pontos é do

tipo retrátil, que se recolhe automatica- mente quando não utilizado.

• Puxe o cinto de segurança, por cima do ombro, num movimento lento e uniforme.

• Introduza a vela no fecho e pres- sione-a até ouvir o “clique” de tra- vamento.

e pres- sione-a até ouvir o “clique” de tra- vamento. Retorno do cinto Para soltar o

Retorno do cinto

Para soltar o cinto, aperte o botão ver- melho do fecho e reconduza a lingüeta com a mão até o seu lugar para que o enrolador automático recolha o cinto mais facilmente.

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

Vista do painel

1 2 3 4 5 2 6 7 8 9 2 10 2 1 M
1
2
3 4
5
2
6
7
8
9
2
10
2
1
M
PARE
15
50 60
70
40 80
20
10 X 100
30 km/h
90
1
2
20
0 0
3 3
100
1
2
5 25
10
110
120
0 30
0
125
ACAC
+
ACAC
4
6
1 /2
2
8
0
10
0
1/1
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
11.1 11. 2 11.3 18.1 11.4 11.5 Menu Menu
11.1 11. 2
11.3
18.1
11.4
11.5
Menu
Menu

18.2

92208-01
92208-01

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

1.

Difusores de ar laterais

2.

Difusores de ar frontais

3

Painel de instrumentos

4.

Interruptor de buzina

5.

Interruptor de partida

6.

Previsão para instalação de rádio

7.

Tacógrafo eletrônico

8.

Porta-copos

9.

Porta-objetos

10.

Porta-luvas

11.

Conjunto de interruptores (lado esquerdo)

11.1. Incremento para o piloto automático (opcional)

11.2. Habilita /desabilita aplicações de tomada de força (opcional)

11.3. Habilita /desabilita o piloto automático (opcional)

11.4. Decremento para o piloto automático (opcional)

11.5. Acionamento do 3º eixo (veículos com 3º eixo)*

12.

Alavanca de abertura da grade frontal

13.

Interruptor das luzes

14.

Alavanca de comando: luz de direção (setas),

farol alto, set do piloto automático (SET) e lavador do pára-brisa

15.

Ajuste da coluna de direção

16.

Alavanca do freio de estacionamento

17.

Alavanca do freio do semi-reboque (manetim) (somente veículos 17-250 Tractor)**

18.

Conjunto dos interruptores (lado direito)

18.1. Acionamento do freio motor

18.2. Menu do computador de bordo

19.

Interruptor das luzes de emergência

20.

Cinzeiro com acendedor de cigarros

21.

Controles de ventilação interna, aquecimento e ar condicionado

22.

Acesso à caixa de fusíveis***

* veja capítulo “Terceiro eixo”

** veja capítulo “Semi-reboque e 5ª roda”

*** veja capítulo “Sistema elétrico”

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

Painel de instrumentos

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO Painel de instrumentos 1 2 3 PARE 15 20 50 60 70 40
1 2 3 PARE 15 20 50 60 70 40 80 10 25 X 100
1
2
3
PARE
15
20
50
60
70
40
80
10
25
X 100
30
km/h
90
20
100
5
30
10
110
120
0
35
0
125
+
4
6
1
/2
4
8
H2 O
2
10
0
12
0
1/1
5
6
7
8
9
91573-01
1 Tacômetro (conta-giros)
-

2 Visor de informações ao motorista e do computador de bordo

3 Velocímetro

4 Display para: hodômetro parcial e total, códigos de falhas e carregamento de ar dos reservatórios dos freios.

5 Indicador da pressão do ar dos freios

6 Indicador do nível de combustível

7

-

-

-

-

-

-

Botão para:

- zerar quilometragem parcial

- exibição dos códigos de falhas

8 Indicador da pressão do óleo do motor

9 Indicador da temperatura do líquido de arrefecimento

-

-

Luzes de aviso e alarme sonoro

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

Luzes de aviso no painel de instrumentos

LUZES DE AVISO VERME- LHAS INDICAM ADVERTÊNCIA IMPORTANTE PARA O MOTO- RISTA OU UMA FALHA GRAVE NO VEÍCULO. O VEÍCULO NÃO DEVE SER POSTO EM MOVIMENTO COM QUALQUER UMA DESSAS LU- ZES DE AVISO ACESA.

• CASO SE ACENDA COM O VE- ÍCULO EM MOVIMENTO, PARE ASSIM QUE AS CONDIÇÕES DE TRÂNSITO OFERECEREM SEGURANÇA E PROCURE COR- RIGIR O PROBLEMA.

LUZES AMARELAS INDICAM QUE ALGUM DISPOSITIVO AU- XILIAR FOI ACIONADO OU QUE ALGUMA FALHA LEVE ESTÁ OCORRENDO. EM CASO DE FA- LHA LEVE, NÃO É NECESSÁRIO PARAR O VEÍCULO IMEDIATA- MENTE, MAS O VEÍCULO DEVE SER LEVADO A UM CONCES- SIONÁRIO VOLKSWAGEN NA PRIMEIRA OPORTUNIDADE.

LUZES VERDES/AZUL INDI- CAM QUE UMA FUNÇÃO FOI LIGADA.

Alarme sonoro

O alarme sonoro em conjunto com os instrumentos do painel, a tela do com- putador de bordo e as luzes de aviso formam um sistema de alarme múlti- plo. Eventual anormalidade em algum dos sistemas indicados a seguir pode ser identicada pelo alarme sonoro e conrmada através dos instrumentos e das luzes de aviso.

O alarme soa nas seguintes

condições:

• BAIXA PRESSÃO DO ÓLEO DO MOTOR.

• SUPERAQUECIMENTO DO MO- TOR.

• PRESSÃO BAIXA NO SISTEMA DE FREIO.

• CABINE DESTRAVADA (Veja abaixo).

• NÍVEL BAIXO DO LÍQUIDO DE ARREFECIMENTO.

• FAROL LIGADO EM CONDIÇÃO DESNECESSÁRIA (SE A CHAVE DE PARTIDA ESTIVER FORA DO CONTATO).

• ROTAÇÃO EXCESSIVA DO MO- TOR (COM O FREIO DE ESTA- CIONAMENTO ACIONADO)

• FALHAS DO SISTEMA.

A buzina soa como alarme nas

seguintes condições:

• CABINE BASCULADA E PORTA ABERTA (para cancelar tempora- riamente essa condição, basta pres- sionar a buzina).

ATENÇÃO

ATENÇÃO

Se o alarme soar e/ou alguma das luzes de emergência se acender com o caminhão em movimento, dirija-se cuidadosamente para um local seguro, fora da estrada. Ligue as luzes de emergência e use o triângulo de segurança a uma distância segura para alertar os demais motoristas.

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 1 PARE 15
1
2
3
4
5
6
7
8
9 10 11
12
1
PARE
15
20
50
60
70
40
80
10
25
X 100
30
km/h
90
20
1
00
5
30
10
110
120
0
35
0
125
+
4
6
1
/2
2
8
H2 O
0
10
0
1/1
13 14
15
16
17
18 19
20
21
91574-01
91574-01

Funções das luzes de aviso

Item

Indicação

Observação

 

1 Seleção de freio motor

Não aplicado para este modelo.

 

2 Freio motor acionado

Indica que o freio motor está ativado (a tecla no painel está na posição ligada).

 

Freio de

 

3 estacionamento

Indica que o freio de estacionamento está aplicado.

acionado

 

4 Cabine destravada

Acende se a cabine estiver destravada e permanece acesa enquanto o problema não for corrigido. O alarme dispara.

 

Nível baixo do

 

5 líquido no sistema de arrefecimento do motor

Acende se o volume de água do sistema de arrefecimento atingir o nível mínimo (veja o Capítulo Instruções de Manutenção).

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

Item

Indicação

Observação

6

Luz de direção esquerda

 
   

Indica que uma falha grave está ocorrendo. PARE o veículo tão logo as condições de tráfego sejam seguras e

7

Falha grave

verique. Não movimente o veículo nessas condições. No visor aparecerá o ícone ao qual a falha está associada e o alarme soará.

8

Indicação do pisca-pisca do reboque

 
   

Indica que uma falha leve está ocorrendo. Não é necessário parar o

9

Falha leve

veículo. Na primeira oportunidade, dirija-se a um Concessionário Volkswagen. No visor aparecerá o ícone ao qual a falha está associada.

10

Luz de direção direita

 

11

Visor de informações ao motorista

 
 

Erro do tacógrafo (MTCO)

Acende-se em caso de divergência no total de quilômetros gravados

12

entre a unidade lógica e o tacógrafo ou falha no tacógrafo (Ex.: Falta de disco).

13

Filtro de ar obstruído

Indica que o elemento do ltro de ar deve ser substituído.

14

Falta de carga na bateria

Acende-se se houver alguma irregularidade no sistema de carga da bateria.

15

Filtro de combustível obstruído

Não aplicado para este modelo.

16

Presença de água no combustível

Indica que o ltro separador de água deve ser drenado.

17

Farol alto acionado (azul)

 

18

Levantamento do 3º eixo

Indica que o 3º eixo está levantado (somente para veículos 6x2).

19

Caixa baixa da caixa de mudanças

Não aplicado para este modelo.

20

Reduzida

Indicação de “eixo traseiro de dupla redução em reduzida”.

   

Indica que o botão de acionamento (11.3) foi pressionado. O sistema

21

Piloto automático/PTO

embora habilitado está inativo, aguardando a programação de velocidade/rotação.

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

Visor de informações ao motorista

91575-01
91575-01
11 15 20 50 60 70 40 80 10 25 X 100 30 km/h 90
11
15
20
50 60
70
40 80
10
25
X 100
30 km/h
90
20
100
5
30
10
110
120
0
35
0
125
+
O visor no centro do painel (11) tem duas funções:

a) indicar os símbolos representativos de funções que estão sendo utilizadas no veículo e de anormalidades que possam estar ocorrendo (veja abaixo);

b) indicar as funções do computador de bordo.

Ao ligar a chave de partida, aparecem no visor a data e a hora. A qualquer momento, caso aconteça algum dos eventos abaixo, a luz de aviso correspondente aparece no visor se sobrepondo a qualquer informação do com- putador de bordo que esteja sendo mostrada.

Luzes de aviso no visor

Símbolo

Indicação

Observação

Baixa pressão de ar no sistema de freio Acende-se caso a pressão do ar caia

Baixa pressão de ar no sistema de freio

Acende-se caso a pressão do ar caia abaixo de 5,1 bar

C
C

Aguarde para dar partida

Dê a partida no motor após essa luz se apagar.

OBD

OBD

Não aplicado para este modelo.

ABS
ABS

Freio ABS

Não aplicado para este modelo.

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

Símbolo

Indicação

Observação

Manut.

   
Manutenção Acende-se ao atingir o período programado para manutenção.

Manutenção

Acende-se ao atingir o período programado para manutenção.

Motor

   
Falha no motor Acende-se caso o motor apresente falha.

Falha no motor

Acende-se caso o motor apresente falha.

Bloqueio entre os diferenciais Não aplicado para este modelo.

Bloqueio entre os diferenciais

Não aplicado para este modelo.

1
1

Tomada de força

Indica que a tomada de força está ativada (PTO).

Bloqueio do diferencial Não aplicado para este modelo.

Bloqueio do diferencial

Não aplicado para este modelo.

Controle de Indica que a função de basculamento do implemento está ativada – a tecla

Controle de

Indica que a função de basculamento do implemento está ativada – a tecla no painel está na posição ligada (desde que na montagem do equipamento, essa função tenha sido devidamente conectada).

basculamento

ECAS Não aplicado para este modelo.

ECAS

Não aplicado para este modelo.

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

Sistemas de alarme e proteção do motor

PARE

PARE

PARE
PARE
C
C
C
91576-01
91576-01

Sistema de autoproteção do motor

O motor eletrônico informa, por meio das

luzes de aviso no painel, possíveis falhas

em

seus componentes ou sistemas.

O

triângulo amarelo acende-se

triângulo amarelo acende-se

quando uma falha leve ocorrer no veí-

culo. No visor aparecerá o ícone ao qual

a falha está associada.

Nesse caso, não é necessário parar o

veículo. Na primeira oportunidade, di- rija-se a um Concessionário Volkswa- gen - Caminhões e Ônibus para veri-

car o problema.

A palavra PARE indica que uma falha

grave está ocorrendo. Pare o veículo imediatamente, tão logo as condições

de trânsito sejam seguras. No visor

aparecerá o ícone ao qual a falha está associada e o alarme soará. No caso de algumas das ocorrências

listadas a seguir, em que o veículo con- tinue em movimento, haverá o despo- tenciamento do motor, ou seja, o motor

irá perder potência:

• Superaquecimento do motor

• Baixo nível do líquido de arrefeci- mento

• Baixa pressão do óleo lubricante.

Nota:

Algumas falhas são vistas somente

quando o motor está ligado e/ou o veículo em movimento. Nesses casos,

a luz no painel irá se acender com o

veículo em movimento. Leve o veículo

a um Concessionário Volkswagen

- Caminhões e Ônibus para identi-

car a falha com o equipamento de diagnóstico.

Instrumentos

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

A 15 20 B 25 10 X 100 5 30 C 0 35 91577-01
A
15
20
B
25
10 X 100
5 30
C
0 35
91577-01

Tacômetro (conta-giros)

Este instrumento informa a quantas ro- tações por minuto o motor está traba- lhando. Está dividido em três faixas, com cores distintas:

Faixa verde (A) Assegura que o veículo está em uma faixa de rotação normal e sendo opera- do nas condições ótimas de desempe- nho e economia.

Faixa amarela (B) Faixa de eciência do freio motor.

Nota:

• Nas trocas de marcha, acelere até o ponteiro atingir o início da faixa amarela (B) para que, ao fazer a troca, a rotação do motor não caia abaixo da faixa verde.

Faixa vermelha (C) Indica que o motor está em rotação ex- cessiva, sujeito a danos.

50 60 70 40 80 30 km/h 90 20 100 10 110 120 0 125
50 60
70
40 80
30 km/h
90
20 100
10
110
120
0
125
Km
1
91578-01

Velocímetro

Este instrumento tem a função de in- formar a velocidade do veículo em km/h. O visor (1) do velocímetro mostra a quilometragem total na parte inferior e a quilometragem parcial na parte su- perior.

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO Zerador do hodômetro parcial Para zerar a quilometragem parcial, pressione o botão (2)

Zerador do hodômetro parcial

Para zerar a quilometragem parcial, pressione o botão (2) no centro do pai- nel, na parte inferior.

ATENÇÃO

ATENÇÃO

Ao zerar o hodômetro parcial, as funções de consumo de combustível e informações da viagem também são zeradas.

Nota:

O visor mostra também: pressão de ar do sistema de freios e códigos de falhas do veículo.

1/2 0 1/1 91580-01
1/2
0
1/1
91580-01

Indicador do nível de combustível

A quantidade de combustível na reser- va, indicada pela faixa vermelha, é de aproximadamente 20 litros.

É recomendável completar o tanque de combustível no nal do dia para evi- tar que, com a queda da temperatura durante a noite, haja condensação da umidade do ar e formação de água em excesso no tanque.

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

6 4 8 2 10 0 12 91581-01
6
4
8
2 10
0
12
91581-01

Indicador da pressão do ar do sistema de freios

Este indicador mostra constantemente

pressão existente nos circuitos de ar do sistema de freios.

a

O

sistema de freios é de circuito duplo

e

independente, com um circuito para

as rodas dianteiras e outro para as ro- das traseiras.

Nota:

Um vazamento nos circuitos de ar do sistema de freios coloca em risco a segurança de condução do veículo. Se a pressão pneumática do circuito for insu ciente, o veículo permane- cerá freado. Não coloque o veículo em movimento até que a pressão de trabalho do sistema de freios seja al- cançada, pois poderá causar danos ao sistema de freios e posteriormen- te comprometer a frenagem.

50 60 70 40 80 30 km/h 90 20 100 10 110 120 0 125
50 60
70
40 80
30 km/h
90
20 100
10 110
120
0
125
91754-01

Indicador de perda de pressão no sistema

Em caso de queda de pressão no sistema para um nível abaixo do normal, o alarme dispara e o display no velocímetro (o mesmo do hodômetro) indica qual circuito está apresentando problema através das indicações PRES 1 (para o circuito traseiro) ou PRES 2 (para o circuito dianteiro).

50 60 70 40 80 30 km/h 90 20 100 10 110 120 0 125
50 60
70
40 80
30 km/h
90
20
100
10
110
120
0
125
91755-01

Durante o carregamento do sistema, enquanto estiver enchendo o circuito primário, aparece a indicação PRES 1 no visor do velocímetro. Após o siste- ma atingir aproximadamente 6,0 bar, aparecerá PRES 1 e PRES 2, indicando que os dois circuitos estão sendo car- regados.

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

Luz de advertência de baixa pressão de ar no sistema de freios

A luz de advertência do indicador de pressão dos freios no visor de informa- ções ao motorista se acen- derá associado a um alarme

sonoro para alertá-lo de que a pressão de ar do sistema de freios está abaixo de 5,1 bar.

pressão de ar do sistema de freios está abaixo de 5,1 bar. PARE   ATENÇÃO Com

PARE

 
ATENÇÃO

ATENÇÃO

Com o veículo em movimento, caso

o

alarme soe e a luz de aviso no pai-

nel se acenda, é sinal de pressão de

ar insu ciente no sistema de freios. Reduza cuidadosamente a veloci- dade e estacione a uma distância segura, fora da estrada. Desligue o motor, ligue as luzes de emergência

e

use o triângulo de segurança a

uma distância segura, para alertar outros motoristas.

91582-01
91582-01

Indicador da pressão do óleo do motor

Em condições normais de funciona- mento do motor, o ponteiro deve car acima da faixa vermelha. Oscilações do ponteiro acima dessa faixa são nor- mais. Caso o ponteiro caia, entrando na faixa vermelha, a luz de advertência do painel vai se acender e o alarme dis- parará. Pare o veículo imediatamente e verique o nível de óleo. Caso ne- cessário, procure um Concessionário Volkswagen - Caminhões e Ônibus.

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO Indicador da temperatura do líquido de arrefecimento do motor Indica a temperatura do

Indicador da temperatura do líquido de arrefecimento do motor

Indica a temperatura do líquido do sistema de arrefecimento do motor. Quando o ponteiro atingir a faixa ver- melha, a luz de advertência se acende e o alarme será acionado.

ATENÇÃO

ATENÇÃO

• Com o motor quente, não remova a tampa do reservatório.

• Vapor e uido escaldantes, sob pressão, podem escapar e causar ferimentos.

• Aguarde até que a temperatura que abaixo de 50ºC.

• Cubra a tampa com um pano grosso, para se proteger do vapor ou líquido quentes.

• Gire a tampa lentamente.

Superaquecimento do motor

Causas prováveis para um superaque–

cimento:

• nível do líquido de arrefecimento abaixo do normal;

• obstrução das aletas do radiador por acúmulo de barro, folhagens, insetos, amassaduras, etc.;

• válvula termostática com funciona- mento irregular ou acoplamento vis- coso da hélice do radiador com baixa eciência;

• óleo do motor abaixo do nível nor- mal.

Se o sistema de alarme indicar uma condição de superaquecimento ou hou-

ver qualquer razão para suspeitar que

o

motor esteja superaquecendo, pare

o

veículo em local seguro, desligue

o

motor e procure a causa do supera-

quecimento. Se necessário, consulte um Concessionário Volkswagen - Ca- minhões e Ônibus.

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

Interruptor de acionamento

Tacógrafo eletrônico

do 3.° eixo* (somente 24-250)

Tacógrafo eletrônico do 3.° eixo* (somente 24-250) 1 91756-01 O tacógrafo está localizado no centro Um
Tacógrafo eletrônico do 3.° eixo* (somente 24-250) 1 91756-01 O tacógrafo está localizado no centro Um
Tacógrafo eletrônico do 3.° eixo* (somente 24-250) 1 91756-01 O tacógrafo está localizado no centro Um
Tacógrafo eletrônico do 3.° eixo* (somente 24-250) 1 91756-01 O tacógrafo está localizado no centro Um
1 91756-01
1 91756-01

O

tacógrafo está localizado no centro

Um interruptor (1) no painel aciona o

do

painel.

suspensor pneumático (o veículo deve

O

tacógrafo registra em um disco pró-

estar parado).

prio, entre outras coisas, a velocidade

Para ativar o sistema, mantenha o in-

do

veículo.

terruptor pressionado por mais de 5 segundos.

Utilize somente discos de tacógrafo recomendados para esse aparelho, a m de não dani cá-lo.

Consulte o capítulo de Instruções do Tacógrafo para mais informações.

Notas:

• O tacógrafo possui lacres em 3 pontos distintos do veículo. A adul- teração dos lacres, além de ilegal, leva a perda da garantia.

• A aferição do tacógrafo eletrônico deve ser feita somente em postos autorizados. Consulte o seu Con- cessionário Volkswagen - Cami- nhões e Ônibus.

• Veri que se o tacógrafo do seu veículo é do tipo semanal ou diário e consulte o respectivo capítulo.

• Nunca trafegue com o 3.º eixo sus- penso quando o veículo estiver car- regado.

• Nunca levante o 3.º eixo para sair de atoleiros.

• Em caso de chuva, com ou sem car- ga, trafegue com o 3.º eixo abaixa- do para garantir a dirigibilidade.

Com o veículo carregado, podem sur- gir situações onde o 3.º eixo poderá ser suspenso, como em entrada de rampas ou passagens com depressões acentu- adas, onde ocorre patinamento das ro- das. Nesses casos, o 3.º eixo pode ser levantado a m de aliviar a carga do eixo auxiliar e conseqüentemente au- mentar a capacidade de tração do eixo motriz. Ao passar o obstáculo, o 3.º eixo deve voltar à posição “abaixado”.

Piloto automático*

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

2 1 3 91585-01
2
1
3
91585-01

O piloto automático permite manter

constante as velocidades acima de

48 km/h (17-250 e 24-250) / 40 km/h (13-180 e 15-180), sem a necessidade

de manter o pedal do acelerador pres-

sionado. Para utilizar o piloto automático:

– Ligue o botão do piloto automático

(1).

automático: – Ligue o botão do piloto automático (1). A luz indicadora do painel de instrumentos

A luz indicadora do painel de instrumentos se acenderá.

A luz indicadora do painel de instrumentos se acenderá. – Acelere até a velocidade desejada -acima

– Acelere até a velocidade desejada -acima de 48 km/h (17-250 e 24- 250) / 40 km/h (13-180 e 15-180).

– Pressione o botão SET (4) na ala- vanca da coluna de direção ou botão de decremento (3) no conjunto de interruptores do painel. O veículo manterá a velocidade programada.

ATENÇÃO

ATENÇÃO

O

comando do piloto automático

será desativado se:

• o pedal do freio ou o pedal da embreagem forem pressiona- dos;

• a rotação do motor estiver abai- xo de 1000 rpm;

• a velocidade cair para menos de 35 km/h (17-250 e 24-250) / 40 km/h (13-180 e 15-180). Porém, os dados permanecerão na me- mória.

Para alterar a velocidade programa- da:

– Pressione e mantenha pressionado o botão com a seta para cima (2) para aumentar a velocidade ou seta para baixo (3) para diminuir. Caso a velocidade inicial tenha sido alterada:

– Um toque no botão (2) RESUME, o sistema do piloto automático reconduz o veículo à velocidade anteriormente programada.

ATENÇÃO

ATENÇÃO

- Use o piloto automático somente em estradas retas, quando as condições de trânsito forem favo- ráveis e permitirem que uma ve- locidade constante seja mantida.

- Nunca se distraia ou perca a aten- ção quando o piloto automático estiver ativado.

- NUM DECLIVE ACENTUADO A TENDÊNCIA É O VEÍCULO AUMENTAR A VELOCIDADE.

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

Controle de rotação do motor*

2 1 3 91585-01
2
1
3
91585-01

Esta característica do motor eletrôni- co permite regular e manter constante

a rotação para trabalhar, por exemplo, com tomada de força.

A tecla (1) seleciona o controle de ro- tação, mantendo-o em espera (uma luz de aviso acende-se no painel).

A tecla (2) aumenta a rotação.

A tecla (3) diminui a rotação.

Nota A rotação só começará a ser alterada após o primeiro toque na tecla (2) ou (3), estando a tecla (1) ligada.

Utilização do controle de rotação

A utilização do controle de rotação descrita a seguir é baseada nos parâ- metros predenidos pela fábrica para este veículo. Os parâmetros podem ser alterados de acordo com as necessida- des da aplicação do veículo, tipo de im-

plemento, etc. A alteração dos parâme- tros pode ser feita nos Concessionários Volkswagen - Caminhões e Ônibus. Essa função sai desabilitada de fábrica e pode ser habilitada nos Concessionários Volkswagen - Caminhões e Ônibus.

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

2 1 3 91585-01
2
1
3
91585-01

• Pressione a tecla (1) para selecionar o controle de rotação (o sistema estará em espera e uma luz de aviso acende-se no painel).

Seleção dos valores pré-programa- dos de rotação:

Ao pressionar e liberar a tecla (2), a ro- tação de 1500 rpm 1 será selecionada.

Ao pressionar e liberar a tecla (3), a ro- tação de 850 rpm 1 será selecionada.

Incremento e decremento da rota- ção:

Pressione a tecla (2) para incrementar

a rotação, limitada ao valor máximo de 1900 rpm 1 .

Pressione a tecla (3) para decrementar

a rotação, limitada ao valor de marcha

lenta 1 . Ao pressionar e liberar as teclas 2 e 3 simultaneamente, a rotação de 1100

rpm 1 será selecionada.

a rotação de 1100 rpm 1 será selecionada. 1 Aalteração dos parâmetros pode ser feita nos

1 Aalteração dos parâmetros pode ser feita nos Concessionários Volkswa- gen - Caminhões e Ônibus.

O controle de rotação deixa de fun-

cionar se:

• o pedal do freio for pressionado;

• o pedal da embreagem for pressiona- do;

• a tecla (1) for desligada.

Nota

O pedal do acelerador funciona nor-

malmente quando o controle de ro- tação está ativado. A acelereção irá até a rotação de corte do motor.

A acelereção irá até a rotação de corte do motor. Após de fi nir a rotação

Após de nir a rotação do motor, a to- mada de força pode ser acionada. Pres- sione a tecla (4) por 5 segundos para acionar a tomada de força.

Nota

Os parâmetros de utilização da tom-

ada de força também podem ser pro- gramados de acordo com a aplicação do implemento. Consulte o seu Con- cessionário Volkswagen - Caminhões e Ônibus.

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

Computador de bordo*

14:47

02.09.05

91587-01
91587-01

As funções do computador de bordo são mostradas no visor localizado no centro do painel de instrumentos. O vi- sor do computador de bordo funciona quando a chave é acionada. As informações da data e hora apare- cem automaticamente quando a chave é acionada.

Alteração de data e hora

O computador de bordo reproduz a

data e hora do tacógrafo eletrônico.

Alterando a data e hora do tacógrafo,

os dados são alterados automaticamen-

te no computador de bordo. As seguintes informações podem ser acessadas no visor do computador de bordo:

• Data

• Hora

• Consumo instantâneo de combus- tível

• Média de consumo de combustível

• Consumo de combustível da via- gem

• Velocidade média da viagem

• Tempo total da viagem

• Tempo rodado da viagem com ve- locidade acima de 6 km/h

• Tensão da bateria

• Quilometragem faltante para a próxima manutenção

• Horímetro

faltante para a próxima manutenção • Horímetro Para obter informações no computador de bordo: A chave

Para obter informações no computador de bordo:

A chave de partida deverá estar ligada.

– Aperte o botão “Menu” (1) no pai- nel de instrumentos.

– Para navegar pelas diversas telas, aperte novamente o botão “Menu” até localizar a informação deseja- da.

Veja as informações a seguir.

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

Consumo

Consumo

Diesel

Diesel

1
1

Informação

Viagem

Informação

Viagem

1
1

2,32,3 km/lkm/l

37 37 km/h km/h 1:40 1:40 h h 1:09 1:09 h h

3737 km/hkm/h

1:401:40 hh

1:091:09 hh

2,52,5 km/l km/l 2,5 km/lkm/l

4040 l l 40 ll

2
2
2
2
3
3
3
3
91589-01
91589-01
91590-01
91590-01

Visor do consumo de combustível*

No visor podem ser visualizadas as informações do consumo de combus- tível:

1) Consumo instantâneo

2) Média de consumo – do úl- timo percurso, depois de zerar o hodômetro.2) Média de consumo

3) Consumo de combustível – gasto durante o último percurso, depois de zerar o hodômetro.3) Consumo de combustível

Visor de informação da viagem*

Pressione o botão do menu até que a função Informação da Viagem seja vi- sualizada. Nesse visor, podem ser con- sultados os dados:

1 – Velocidade média da últi- ma viagem realizada, depois de zerar o hodômetro.

1 – Velocidade média da últi- ma viagem realizada, depois de zerar o hodômetro.

2 – Tempo total do motor em

2

Tempo total do motor em

funcionamento com a chave de ignição do motor ligada.

– Tempo rodado com veloci- dade acima de 6 km/h. 3

Tempo rodado com veloci- dade acima de 6 km/h.

3

Indica o tempo que o veículo esteve em movimento.

Reinício dos dados

Os dados de “consumo de combus- tível” e “informação de viagem” po- dem ser zerados a qualquer momento, mantendo o botão MENU apertado por mais de 2 segundos ou zerando o hodô- metro do velocímetro.

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

Informação

Veículo

Informação

Veículo

1
1
2
2

28.228.2 V V 28.2 VV

1730017300 km km 17300 kmkm

3200h3

3
3
91591-01
91591-01

Visor de informação do veículo*

Com o motor em funcionamento, pres- sione o botão do menu até que a função de informação do veículo seja visuali- zada. Nesse visor podem ser consultados:

1 – Tensão do sistema elétrico

Mostra constantemente a ten- são que está sendo fornecida pelo al- ternador. Normalmente deve mostrar entre 27 e 29 V. Se a tensão mostrar valores fora do indicado, leve o cami- nhão a um Concessionário Volkswagen - Caminhões e Ônibus para vericar o sistema elétrico.

Caminhões e Ônibus para veri fi car o sistema elétrico. 2 – Quilometragem faltante para a
Caminhões e Ônibus para veri fi car o sistema elétrico. 2 – Quilometragem faltante para a

2 – Quilometragem faltante

para a próxima manutenção Mostra quantos quilômetros faltam para executar a próxima revisão. Ao chegar a zero, uma luz de aviso acende-se no painel. Veja mais deta- lhes adiante.

de aviso acende-se no painel. Veja mais deta- lhes adiante. 3 – Horímetro Indica o número

3 – Horímetro

Indica o número de horas de funcionamento do motor desde a monta- gem do veículo na fábrica, com o veículo em movimento ou parado. As horas são cumulativas e não podem ser zeradas.

parado. As horas são cumulativas e não podem ser zeradas. Aviso de manutenção Quando o símbolo

Aviso de manutenção

Quando o símbolo acima aparecer

no Visor de Informações ao Motoris- ta, signicará que o veículo atingiu a quilometragem prevista para executar

a manutenção preventiva e deve ser

levado a um Concessionário Volkswa- gen - Caminhões e Ônibus.

Após a execução da revisão, o siste- ma é zerado pelo Concessionário, ini- ciando uma nova contagem regressiva para a próxima revisão.

Escolha do intervalo de manutenção

De acordo com o tipo de operação que

o caminhão será empregado, ele pode

ser classicado em: serviço rodoviário, serviço misto ou serviço severo.

Cada uma das aplicações tem interva-

lo de manutenção com quilometragem

diferente. Veja o livrete “Garantia e Manutenção”.

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

Aviso de falha no veículo

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO Aviso de falha no veículo O Concessionário programa as revi- sões no computador
INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO Aviso de falha no veículo O Concessionário programa as revi- sões no computador
INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO Aviso de falha no veículo O Concessionário programa as revi- sões no computador

O Concessionário programa as revi-

sões no computador de bordo, deacor-

do com a operação que o veículo será

utilizado. Essa denição é a mesma que vai constar no livrete de “Garantia e Manutenção”.

Qualquer alteração na programação

só poderá ser feita em Concessionário

Volkswagen - Caminhões e Ônibus.

PARE 1 2 Motor 3 91593-01
PARE
1
2
Motor
3
91593-01

A qualquer momento, se ocorrer qual- quer anormalidade ou falha no veículo, no visor do computador de bordo, irá aparecer o símbolo relacionado à anor- malidade.

Essa informação se sobrepõe à infor- mação que no momento estiver sendo mostrada no visor.

Exemplo de noticação:

1) Falha grave

2) Falha leve

3) Falha no motor

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

Diagnóstico de falhas

50 60 70 40 80 30 km/h 90 20 100 10 110 0 120 125
50 60
70
40
80
30 km/h
90
20 100
10 110
0 120
125
33-
1880: 5
91594-01

As falhas relacionadas com a unidade lógica (LU) e com o módulo eletrôni-

co do motor (ECM) podem ser visua-

lizadas no painel de instrumentos, por

meio de códigos de falhas representa- dos por conjunto de números.

O mesmo visor que mostra a quilo-

metragem total e parcial do veículo é utilizado para visualizar os códigos de falhas.

Relação dos códigos de falhas

A relação completa dos códigos de falhas se encontra no livrete “Códi- gos de Falhas”.

de falhas se encontra no livrete “Códi- gos de Falhas”. Para visualizar os códigos de falhas:
de falhas se encontra no livrete “Códi- gos de Falhas”. Para visualizar os códigos de falhas:

Para visualizar os códigos de falhas:

– Ligue as lanternas (1).

– Mantenha o botão de diagnósti- cos (2) pressionado e, ao mesmo tempo, gire a chave de partida para a posição “ligado”.

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

50 60 70 40 80 30 km/h 90 20 100 10 110 120 0 125
50 60
70
40
80
30 km/h
90
20 100
10 110
120
0
125
91596-01

– Aparece “ESPERE” no visor.

Solte.

NOTA:

Se a chave for desligada, ou o motor for ligado, ou o botão de diagnóstico for mantido apertado por mais de 15 segundos, a função de diagnóstico de falhas será nalizada, retornando para o modo normal.

falhas será fi nalizada, retornando para o modo normal. As falhas são apresentadas por códi- gos,

As falhas são apresentadas por códi- gos, organizados da seguinte forma:

1) Localização da fonte de falha 2) Código da falha

As fontes de falha são indicadas em dois grupos:

– Falha de origem no módulo eletrôni- co da cabine (LU) = 33

– Falha de origem no módulo eletrôni- co do motor (ECM) = 00

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

-02-

FALHAS

91598-01
91598-01

A função diagnóstico de falhas apre- senta inicialmente a palavra “ESPE- RE” e a seguir a quantidade de falhas do veículo.

33-

1880:02

91599-01
91599-01

Pressione o botão de diagnóstico para continuar a pesquisa de falhas. No exemplo, o 1880:02 indica “bai- xo nível de água no sistema de arrefe- cimento” (Veja o livrete “Códigos de falhas”). NOTA:

Enquanto houver falhas relaciona- das à unidade lógica, o mostrador continuará a apresentar o código “33”. Caso também haja falhas re- lacionadas com o módulo eletrôni- co do motor, o mostrador passará a apresentar o código “00”.

00-

167: 18

91600-01
91600-01

Pressione o botão de diagnóstico para continuar a pesquisa de falhas. No exemplo, o código 167:18 indica “alta voltagem no alternador”. Veja o livrete “Códigos de Falhas”.

-----

pRONTO

91601-01
91601-01

Pressione o botão de diagnóstico para continuar a pesquisa de falhas.

Quando não existir mais nenhuma fa- lha para ser diagnosticada, aparecerá a palavra “Pronto” no display.

NOTA:

A qualquer momento, a pesquisa pode ser nalizada desligando-se a chave de ignição.

Interruptores

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

Interruptores INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO Interruptor das luzes de emergência ATENÇÃO Sempre estacione o veículo

Interruptor das luzes de emergência

ATENÇÃO

ATENÇÃO

Sempre estacione o veículo a uma distância segura, fora da estrada, quando parar para reparos. Não estacione ou opere o veículo em área onde o sistema de escapamen- to, aquecido, entre em contato com grama seca, mato, combustível der- ramado ou qualquer outro material que possa causar incêndio.

Em caso de impossibilidade de se prosseguir trafegando com o veículo, pare-o em lugar seguro e ligue as lu- zes de emergência. Utilize também o triângulo de segurança a uma distância que garanta a sinalização aos outros motoristas.

que garanta a sinalização aos outros motoristas. 1- Interruptor das luzes Desligado Lanternas ligadas Faróis

1- Interruptor das luzes

Desligado Lanternas ligadas Faróis baixos ligados Os faróis só se acendem com a chave de partida na posição LIGADO.

Nota:

Se ao estacionar o veículo os faróis forem deixados ligados, o alarme disparará ao se abrir a porta (com a chave de partida fora do contato).

se abrir a porta (com a chave de partida fora do contato) . 2- Reostato da
se abrir a porta (com a chave de partida fora do contato) . 2- Reostato da

2- Reostato da iluminação do painel de instrumentos

Controla a intensidade da iluminação do painel de instrumentos. Girando o botão para a direita, aumenta a intensi- dade e, para a esquerda, diminui. Se o botão estiver para dentro, pressio- ne-o uma vez para que saia e facilite o manuseio.

Nota:

O botão do reostato gira sem esforço. Não o force além do seu limite pois poderá dani cá-lo.

Nota: O botão do reostato gira sem esforço. Não o force além do seu limite pois

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO Interruptor de freio motor O freio motor (1) aumenta o poder de frenagem

Interruptor de freio motor

O freio motor (1) aumenta o poder de

frenagem do veículo, reduzindo o des- gaste das guarnições (lonas) do freio.

Para atuar o freio motor, acione o in- terruptor no painel. Nessa condição, sempre que os pedais do acelerador e

da embreagem estiverem livres, o freio

motor atuará automaticamente.

Quando o interruptor (1) for acionado, uma luz indicado- ra no painel de instrumentos permanecerá acesa.

indicado- ra no painel de instrumentos permanecerá acesa. 1 2 3 91605-01 SET Alavanca de comando
1 2 3 91605-01 SET
1
2
3
91605-01
SET

Alavanca de comando do indicador de direção, luz alta, acionamento do limpador de pára-brisa e set do piloto automático

Seta à direita – alavanca para cima (1). Seta à esquerda – alavanca para bai- xo (2). As luzes de direção só funcionam com o interruptor de partida na posição “li- gado”.

Farol alto Puxe a alavanca em direção ao volante

(3).

Com o farol alto ligado, a luz de aviso se acenderá no painel.

Nota O interruptor de partida deve estar na posição “ligado” e o interruptor das luzes deve estar na posição “fa- róis ligados”.

Mudança de facho do farol Pressionando a alavanca em direção ao volante, muda-se o facho de baixo para alto e vice-versa.

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO 4 91606-01 Limpador e lavador do pára-brisa A chave de partida deverá estar
4 91606-01 Limpador e lavador do pára-brisa
4
91606-01
Limpador e lavador do pára-brisa

A chave de partida deverá estar na po- sição “ligada”.

Gire a alavanca (4) para acionar o lim- pador:

0 – Desligado

– Temporizador

O intervalo normal entre as

varridas do limpador do pára- brisa é de aproximadamente 7 segundos.

Para alterar o intervalo: ligue o

limpador, desligue-o e ligue-o no- vamente. O novo intervalo será igual ao tempo em que o limpa-

dor cou desligado. Esse intervalo

pode variar entre 4 e 30 segundos aproximadamente.

I – Velocidade baixa

II – Velocidade alta

5 91607-01 SET
5
91607-01
SET
Para esguichar água no pára-brisa, em- purre o corpo da alavanca em direção ao volante
Para esguichar água no pára-brisa, em-
purre o corpo da alavanca em direção
ao volante (5).
6
91608-01
SET

Piloto automático

Pressionando o botão (6), habilita-se o piloto automático.

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

Cinzeiro e acendedor de cigarros

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO Cinzeiro e acendedor de cigarros Cinzeiro Para usá-lo, puxe a tampa para abri-lo.

Cinzeiro

Para usá-lo, puxe a tampa para abri-lo. Após o uso, empurre-o para cima, até travá-lo.

abri-lo. Após o uso, empurre-o para cima, até travá-lo. Para limpeza, remova a bandeja do alojamento.

Para limpeza, remova a bandeja do alojamento.

travá-lo. Para limpeza, remova a bandeja do alojamento. Acendedor de cigarros - 12 volts Para usá-lo,

Acendedor de cigarros - 12 volts

Para usá-lo, pressione o botão total- mente. Após alguns segundos, o acen- dedor retornará pronto para ser usado. Após o uso, coloque-o de volta no alo- jamento, sem pressioná-lo.

ATENÇÃO

ATENÇÃO

Após o uso do acendedor de ci- garros, sua resistência permanece aquecida por alguns instantes mes- mo que não esteja com aparência incandescente. Sendo assim, não coloque-a em contato com a pele ou com componentes que possam ser dani cados pela temperatura, como revestimentos internos, painel e estofamentos.

Instalação do rádio

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

Tomadas elétricas 12V*

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO Tomadas elétricas 12V* Os cabos de ligação estão fi xados na tampa do

Os cabos de ligação estão xados na tampa do compartimento destinado à instalação do rádio, localizada no pai- nel.

destinado à instalação do rádio, localizada no pai- nel. 1 - antena 2 - tomada de

1 - antena

2 - tomada de força

3 - conexão para alto-falantes

Nota:

Para alguns modelos de rádio, pode ser necessário utilizar um adaptador entre a conexão do rádio e dos cabos existentes no veículo, consulte um Concessionário Volkswagen - Cami- nhões e Ônibus.

um Concessionário Volkswagen - Cami- nhões e Ônibus. Tomada para ligação (1) de equipa- mentos elétricos

Tomada para ligação (1) de equipa- mentos elétricos de 12 volts.

Nota:

Verique se a tomada do conector do aparelho é compatível. Caso contrá- rio, poderá danicar a tomada.

Para um melhor uso das tomadas elé- tricas, sem prejuízo da partida do mo- tor, a bateria do veículo deve estar em boas condições.

A partida do motor exige que a bateria

tenha uma boa reserva de energia. Por

isso, ao ligar equipamentos elétricos nas tomadas, deve-se observar a po- tência que os equipamentos consomem

e o tempo que permanecem ligados,

principalmente quando o veículo esti- ver parado (alternador não está carre- gando a bateria).

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO Tempo máximo de permanência dos equipamentos ligados, sem afetar a partida do motor

Tempo máximo de permanência dos equipamentos ligados, sem afetar a partida do motor

Considerando: bateria em boas condi- ções de uso, motor do veículo desligado e consumo dos diversos equipamentos ligados ao mesmo tempo. O consumo mostrado é para bateria 100Ah; para baterias de 135Ah, o tempo torna-se 30% maior.

consumo

tempo

20W

48h

60W

16h

90W

10h40m

120W

8h

160W

6h

180W

5h20m

Lembre-se de que cada farol baixo ligado consome 55W aproximada- mente.

• Observe na parte detrás do apare- lho a ser ligado a potência que o mesmo consome, que é medida em Watts (W).

• Lembre-se de que deve ser conside- rada sempre a soma de todos os apa- relhos que estejam ligados nas toma- das ao mesmo tempo, inclusive no acendedor de cigarros.

• Considere também que se os faróis, as lanternas, o limpador do pára-bri- sa ou qualquer outro equipamento elétrico do veículo estiverem liga- dos, deve-se somar o seu consumo aos dos acessórios ligados nas toma- das. Seguem alguns exemplos de potência de aparelhos, apenas como referência, pois a potência varia de acordo com o fabricante, tamanho, etc.

Televisão

Toca-tas / cd / rádio + alto-falantes 60W Ventilador 50W

Carregador de celular

85W

3W

Iluminação interna da cabine

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

Iluminação interna da cabine INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO A cabine possui duas lâmpadas no teto (1) e

A cabine possui duas lâmpadas no teto (1) e uma lâmpada ambiente na parede lateral direita, somente para veículos com cama leito (2).

direita, somente para veículos com cama leito (2) . O corpo da lâmpada funciona como interruptor,

O corpo da lâmpada funciona como interruptor, com 3 posições:

1

2

- ligada com a porta aberta (a chave de partida deve estar fora do contato)da lâmpada funciona como interruptor, com 3 posições: 1 2 - ligada 3 Pressione a extremidade

- ligada

3

Pressione a extremidade da lâmpada para a posição desejada de iluminação.

da lâmpada para a posição desejada de iluminação. - desligada Temporizador das luzes internas Se qualquer

- desligada

Temporizador das luzes internas

Se qualquer das lâmpadas estiver na posição “ligada com a porta aberta” (2), a mesma permanecerá acesa por 15 segundos após o fechamento das portas.

acesa por 15 segundos após o fechamento das portas. Botão do console central* Com o botão

Botão do console central*

Com o botão do console central, pode- se acender as luzes internas da cabine. Para utilizá-lo, as portas devem estar fechadas e pelo menos um dos inter- ruptores das três lâmpadas deve estar na posição “ligada com a porta aberta”

(2).

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

Aquecimento* e ventilação

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO Aquecimento* e ventilação Controles Regulador de temperatura (A) Sentido horário -

Controles

Regulador de temperatura (A) Sentido horário - aumenta a temperatu- ra do ar (ponto vermelho). Sentido anti-horário - diminui a tempe- ratura (ponto azul). Para dosar o aquecimento, gire o sele- tor para a posição desejada.

Interruptor de velocidade do ven- tilador (B)

A saída do ar é regulável em 3 veloci- dades:

0 - desligado

1 - 1ª velocidade (baixa)

2 - 2ª velocidade (média)

3 - 3ª velocidade (alta)

Interruptor da recirculação do ar (E) Pressione o botão (E) para obter a re- circulação do ar interno na cabine.

A luz de aviso no botão permanece acesa enquanto a recirculação do ar estiver ligada. Nessa condição, é vedada a entrada de ar externo na cabine. Esse recurso deve ser utilizado ao se atravessar trechos com muita poeira, mau cheiro, excesso de fumaça, etc. Após atravessar o trecho, aperte novamente o botão para desligar a recirculação.

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO Direção do fluxo de ar 1 - para o pára-brisa 2 - para

Direção do fluxo de ar

1 - para o pára-brisa

2 - para o vidro da porta

3 - para o peito

4 - para os pés

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO Distribuição do ar Seletor rotativo (C) Gire o seletor para a posição desejada,

Distribuição do ar

Seletor rotativo (C) Gire o seletor para a posição desejada, conforme o quadro abaixo:

desembaçar o pára-brisa

desembaçar o pára-brisa

ar na direção dos pés, peito e levemente para o pára-brisa

ar na direção dos pés, peito e levemente para o pára-brisa

ar na direção do peito e dos pés

ar na direção do peito e dos pés

ar na direção do peito

ar na direção do peito

direção do peito e dos pés ar na direção do peito Difusores de ar A saída

Difusores de ar

A saída de ar pode ser controlada nos

difusores 3 ( gura página anterior) da seguinte forma:

ventilação aberta botão serrilhado (F) na posição

ventilação fechada botão serrilhado (F) na posição

ventilação fechada botão serrilhado (F) na posição O botão (G) controla a saída do ar para

O

botão (G) controla a saída do ar para

as

laterais e verticalmente.

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

81866-01
81866-01
81866-01
81866-01
81866-01
81866-01
81866-01

81866-01

Ventilação pelo teto

A cabine vem equipada com teto ventilante que permite a troca de ar pela escoti- lha de ventilação.

Para ajustá-lo, pressione para cima o lado a ser ventilado, o teto ventilante pode ser ajustado nas posições conforme ilustrado acima.

para cima o lado a ser ventilado, o teto ventilante pode ser ajustado nas posições conforme

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

Ar condicionado*

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO Ar condicionado* O sistema do ar condicionado funciona com o motor ligado, com

O sistema do ar condicionado funciona

com o motor ligado, com temperaturas externas superiores a +5°C aproxima- damente, com o regulador (A) fora da posição de girado totalmente para a direita (ponto vermelho) e com o inter- ruptor (B) nas posições (1), (2) ou (3).

Ligar/desligar o ar condicionado

O sistema é ligado apertando-se a tecla

(D). A luz da tecla se acenderá e perma- necerá acesa durante todo o tempo em que o sistema permanecer ligado.

Para desligar o sistema, basta apertar novamente a tecla (D), apagando-se a luz do botão.

Com o sistema ligado, abaixa-se a temperatura e a umidade do ar no in- terior da cabine. Aumenta-se assim o conforto aos ocupantes do veículo e evita-se o embaçamento do pára-brisa e dos vidros.

Importante:

• Não fume dentro do veículo en- quanto o ar condicionado estiver em funcionamento e com a tecla (E) apertada (recirculação ligada), pois isso provocará uma permanente emissão de odor desagradável e que só será sanada com a substituição do evaporador.

• Coloque o ar condicionado em fun- cionamento pelo menos uma vez por mês, durante um mínimo de 5 minutos com a tecla (D) apertada. Esse procedimento é imprescindí- vel para que não haja ressecamento dos anéis de vedação do sistema, o que poderá causar vazamento do gás refrigerante.

• O ar condicionado está progra- mado para se desligar quando a temperatura do líquido de arrefe- cimento for alta.

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO Refrigeração normal • Regulador (A) na posição conforme desejado. • Interruptor (B)

Refrigeração normal

• Regulador (A) na posição conforme desejado.

• Interruptor (B) na posição de venti- lação desejada.

• Seletor (C) na posição desejada. Na posição do seletor, deverá haver pelo menos um difusor aberto no painel de instrumentos, para não congelar o sistema de refrigeração.

• Mantenha os vidros fechados.

• Aperte a tecla (D).

• Mantenha os vidros fechados. • Aperte a tecla (D) . Refrigeração máxima • Regulador (A)
• Mantenha os vidros fechados. • Aperte a tecla (D) . Refrigeração máxima • Regulador (A)

Refrigeração máxima

• Regulador (A) girado totalmente no sentido anti-horário (ponto azul).

• Interruptor (B) na posição 3.

• Seletor (C) na posição desejada. Na posição do seletor, deverá haver pelo menos um difusor aberto no painel de instrumentos, para não congelar o sistema de refrigeração.

• Aperte a tecla (E).

• Mantenha os vidros fechados.

• Aperte a tecla (D).

o sistema de refrigeração. • Aperte a tecla (E). • Mantenha os vidros fechados. • Aperte

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO Instruções gerais • Quando a temperatura externa e a umidade do ar forem

Instruções gerais

• Quando a temperatura externa e

a umidade do ar forem elevadas,

poderá pingar água da condensação do evaporador, formando uma poça embaixo do veículo. Essa é uma condição normal e não é sinal de vazamento.

• Para evitar o embaçamento quando

o veículo circular devagar, coloque o

ventilador na velocidade mais baixa com o interruptor (B) na posição 1 e

o seletor (C) na posição

(B) na posição 1 e o seletor (C) na posição . • Se o ar condicionado

.

• Se o ar condicionado permanecer durante um período mais longo sem funcionar, poderão ser percebidos odores desagradáveis. Para eliminar ou evitar esses odores, o sistema de- verá ser ligado pelo menos uma vez por mês na velocidade mais alta do ventilador, mesmo nas épocas mais frias. Abaixe nessa ocasião os vidros por alguns instantes.

frias. Abaixe nessa ocasião os vidros por alguns instantes. Desembaçamento do pára- brisa e dos vidros

Desembaçamento do pára- brisa e dos vidros

Regulador (A)

Girado totalmente para a direita (ponto vermelho)

Interruptor (B)

posição (3)

Seletor (C)

posição

Seletor (C) posição

Tecla (D)

desligada

Tecla (E)

desligada

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

Chaves

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO Chaves Para manter o pára-brisa e vidros desembaçados Regulador (A) posição da

Para manter o pára-brisa e vidros desembaçados

Regulador (A)

posição da refrige- ração desejada

Interruptor (B)

posição (2)

Seletor (C)

posição

Seletor (C) posição

Tecla (D)

ligada

Tecla (E)

desligada

Tecla (D) ligada Tecla (E) desligada Acompanham o veículo dois jogos de chaves, dos quais um

Acompanham o veículo dois jogos de chaves, dos quais um deve ser guardado como reserva.

A chave (1) é utilizada para ligar o siste-

ma elétrico, dar partida no motor, abrir

e fechar as portas e o porta-luvas. A

chave (2) é utilizada para abrir e fechar a tampa do reservatório de combustível. A chave (3) é utilizada para destravamen-

to da bomba hidráulica de basculamento

da cabine (opcional).

Nota:

É aconselhável anotar o número gra-

vado na chave de partida (1) para, em caso de extravio, solicitar uma

duplicata à Volkswagen - Caminhões

e Ônibus.

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

Portas e janelas

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO Portas e janelas Portas do motorista e do acompanhante As portas podem ser

Portas do motorista e do acompanhante

As portas podem ser abertas e fechadas por fora com a chave.

Para travar as portas por dentro da ca- bine, pressione a maçaneta (A).

A porta do motorista só pode ser fecha-

da por fora com a chave. Isso evita a

possibilidade de trancar o veículo com

a chave no contato.

Porta com trava elétrica*

As portas são automaticamente travadas quando o veículo atingir a velocidade de 15 km/h.

travadas quando o veículo atingir a velocidade de 15 km/h. Mecanismo manual de acionamento do vidro

Mecanismo manual de acionamento do vidro da porta

Gire a manivela para abrir ou fechar a janela.

da porta Gire a manivela para abrir ou fechar a janela. Mecanismo de acionamento elétrico do

Mecanismo de acionamento elétrico do vidro da porta*

No modelo equipado com acionamen- to elétrico, os vidros das duas portas são levantados ou abaixados com os botões localizados na porta do lado do motorista. O botão na porta do lado do passageiro permite o acionamento ape- nas dessa porta.

Bancos

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

Bancos INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO ATENÇÃO Regule a posição do banco antes de colocar o veículo em
ATENÇÃO

ATENÇÃO

Regule a posição do banco antes de colocar o veículo em movimento.

Banco do motorista com múltipla regulagem

1 - Manopla de ajuste da posição do encosto Puxe a alavanca para cima e force o encosto para trás.

2 - Ajuste da posição longitudinal do banco Puxe a alavanca lateralmente, movimen- te o banco para a frente ou para trás, até a posição desejada, e solte a alavanca. Tente movimentar o banco para certi- car-se de que esteja travado.

o banco para certi fi - car-se de que esteja travado. 3-4 -Alavancas de regulagem da

3-4 -Alavancas de regulagem da altu- ra do assento Para erguer a parte dianteira do assento, puxe a alavanca (4) e alivie o peso do corpo sobre o banco. Para abaixar a parte dianteira do assen- to, puxe a alavanca (4) para cima e des- loque o peso do corpo para a frente. Os mesmos movimentos podem ser obtidos na parte detrás do assento, com a alavanca (3).

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO Banco com suspensão a ar* A rigidez do banco é controlada pela quantidade

Banco com suspensão a ar*

A rigidez do banco é controlada pela

quantidade de ar no bolsão do assento. Para aumentar a rigidez, aumente o ar

e, para diminuir, reduza o ar do bol-

são.

1 - Botão de regulagem do ar

• Para inar o bolsão, pressione o botão na extremidade superior.

• Para esvaziar o bolsão, pressione o botão na parte inferior.

2 e 3 - Alavancas de regulagem da inclinação do assento

• Para erguer a parte dianteira do assento, puxe a alavanca (2) para cima e alivie o peso do corpo sobre o assento.

• Para abaixar a parte dianteira do assento, puxe a alavanca (2) para cima e desloque o peso do corpo para a frente.

• Os mesmos movimentos podem ser obtidos na parte detrás do assento, com a alavanca (3).

obtidos na parte detrás do assento, com a alavanca (3) . 4 - Ajuste da posição

4 - Ajuste da posição longitudinal do banco Puxe a alavanca para cima e movimente

o banco para a frente ou para trás, até a posição desejada.

5 - Manopla de ajuste da posição do encosto

Para regular a inclinação do encosto, puxe a alavanca para cima e pressione

o encosto para trás.

Apoio para cabeça

cima e pressione o encosto para trás. Apoio para cabeça A altura do apoio para cabeça

A altura do apoio para cabeça pode ser ajustada manualmente, conforme indi- cado na gura.

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

Cama

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO Cama Banco central* Os modelos de caminhões com cabine estendida vêm equipado com

Banco central*

Os modelos de caminhões com cabine estendida vêm equipado com um ban- co, localizado no centro.

Alavanca de inclinação do encosto do banco central

• Para abaixar o encosto do banco central (veja foto abaixo), empurre a alavanca (1) para cima, até o batente nal, e abaixe o encosto do banco. • Os mesmos movimentos podem ser feitos para levantar o encosto do banco central.

podem ser feitos para levantar o encosto do banco central. Os modelos de caminhões com cabine
podem ser feitos para levantar o encosto do banco central. Os modelos de caminhões com cabine

Os modelos de caminhões com cabine leito vêm equipado com uma cama localizada na parte traseira da cabine, atrás dos bancos.

localizada na parte traseira da cabine, atrás dos bancos. Puxe o leito para cima para ter

Puxe o leito para cima para ter acesso ao compartimento sob o leito, utilize a barra de sustentação (1) para manter o leito aberto.

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

Cabide / Pára-sol

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO Cabide / Pára-sol Cama rebatível (Cabine estendida)* Para armar a cama rebatível: •

Cama rebatível (Cabine estendida)*

Para armar a cama rebatível:

• Coloque a coluna da direção total- mente para a frente e para baixo.

• Posicione os bancos do motorista e do acompanhante totalmente para a frente e para baixo.

• Coloque os encostos dos bancos to- talmente para a frente.

• Solte as duas cintas (1) de sustenta- ção da cama rebatível.

as duas cintas (1) de sustenta- ção da cama rebatível. • Rebata a cama para baixo

• Rebata a cama para baixo até que se apóie na alça de apoio (2) da cabine.

• Para desarmar a cama, inverta as operações e prenda-a com a cinta de sustentação.

as operações e prenda-a com a cinta de sustentação. Para maior conforto, existem dois cabi- des

Para maior conforto, existem dois cabi- des para pendurar o vestuário, localiza- dos próximo ao teto, atrás do banco do motorista e do passageiro.

ao teto, atrás do banco do motorista e do passageiro. Pára-sol Além dos dois pára-sóis dianteiros,

Pára-sol

Além dos dois pára-sóis dianteiros, localizados sob o console de teto, há também um pára-sol lateral no lado do motorista em cima da porta.

Porta-objetos

INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

Porta-objetos INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO Console de teto (cabine leito) Auxilia na guarda de documentos e utensílios

Console de teto (cabine leito)

Auxilia na guarda de documentos e utensílios pessoais. Box lateral com 2 compartimentos e central com tampa.

Cargas máximas em cada console:

Console central (1)

20