Вы находитесь на странице: 1из 32

Movimento Retilı́neo

Aula 3 - Movimento Retilı́neo

Danilo Sande

Danilo Sande Aula 3 - Movimento Retilı́neo


Introdução
Posição e Deslocamento
Movimento Retilı́neo Velocidade média
Velocidade instantânea
Aceleração

Movimento Retilı́neo

Movimento Retilı́neo ou Unidimensional


Estudo do movimento em uma direção: Vertical, Horizontal ou Inclinado.

Danilo Sande Aula 3 - Movimento Retilı́neo


Introdução
Posição e Deslocamento
Movimento Retilı́neo Velocidade média
Velocidade instantânea
Aceleração

Movimento Retilı́neo

Classificação do MR e validade da Mecânica


O movimento retilı́neo é o movimento mais simples possı́vel. Se encontra
dentro do estudo de Cinemática, que por sua vez faz parte da
Mecânica Clássica.
Há limites nos quais essa teoria não se aplica...

Danilo Sande Aula 3 - Movimento Retilı́neo


Introdução
Posição e Deslocamento
Movimento Retilı́neo Velocidade média
Velocidade instantânea
Aceleração

Posição e Deslocamento

Posição
Para localizar um objeto precisamos determinar sua posição em
relação à um ponto de referência.

Danilo Sande Aula 3 - Movimento Retilı́neo


Introdução
Posição e Deslocamento
Movimento Retilı́neo Velocidade média
Velocidade instantânea
Aceleração

Posição e Deslocamento

Deslocamento
A variação de uma posição x1 para outra x2 chama-se
deslocamento ∆x:

∆x = x2 − x1
Onde ∆ representa a variação de uma grandeza.
Deslocamento só leva em conta posição final e posição inicial. Não
importa a trajetória.
É uma grandeza vetorial.

Danilo Sande Aula 3 - Movimento Retilı́neo


Introdução
Posição e Deslocamento
Movimento Retilı́neo Velocidade média
Velocidade instantânea
Aceleração

Posição e Deslocamento

Exercı́cio 1: Deslocamento e Distância percorrida


Um cachorro está inicialmente junto a você. Depois, ele corre 20
m em linha reta para buscar um graveto e traz o graveto de volta
15 m pelo mesmo caminho, antes de se deitar e mascar o graveto.
a) Qual a distância percorrida pelo cachorro?
b) Qual o deslocamento final do cachorro?

Danilo Sande Aula 3 - Movimento Retilı́neo


Introdução
Posição e Deslocamento
Movimento Retilı́neo Velocidade média
Velocidade instantânea
Aceleração

Velocidade média

Velocidade média
A velocidade média v̄ é a razão entre o deslocamento ∆x
decorrido em um intervalo de tempo ∆t:

∆x x2 − x1
v̄ = =
∆t t2 − t1

Danilo Sande Aula 3 - Movimento Retilı́neo


Introdução
Posição e Deslocamento
Movimento Retilı́neo Velocidade média
Velocidade instantânea
Aceleração

Velocidade média

O movimento de um corpo pode ser descrito através de um gráfico x(t):

Nesse caso o móvel está em repouso na posição x = −2m

Danilo Sande Aula 3 - Movimento Retilı́neo


Introdução
Posição e Deslocamento
Movimento Retilı́neo Velocidade média
Velocidade instantânea
Aceleração

Velocidade média

A figura abaixo mostra o movimento de um tatu ao longo do tempo.

Danilo Sande Aula 3 - Movimento Retilı́neo


Introdução
Posição e Deslocamento
Movimento Retilı́neo Velocidade média
Velocidade instantânea
Aceleração

Velocidade média

Do gráfico podemos obter a velocidade média Vm = 2 m/s no intervalo


de t = 1 s a t = 4 s.

Danilo Sande Aula 3 - Movimento Retilı́neo


Introdução
Posição e Deslocamento
Movimento Retilı́neo Velocidade média
Velocidade instantânea
Aceleração

Velocidade média

Exercı́cio 2 - Velocidade média


Um motorista dirige um veı́culo numa rodovia retilı́nea a 70 km/h.
Após rodar 8,4 km, o veı́culo para por falta de combustı́vel. O
motorista caminha 2 km adiante, até o posto mais próximo, em 30
min.
a) Qual a velocidade média do motorista?
b) Esboce o gráfico x(t) indicando como obter a velocidade média
graficamente.

Danilo Sande Aula 3 - Movimento Retilı́neo


Introdução
Posição e Deslocamento
Movimento Retilı́neo Velocidade média
Velocidade instantânea
Aceleração

Velocidade média
Exercı́cio 2 - Velocidade média

Danilo Sande Aula 3 - Movimento Retilı́neo


Introdução
Posição e Deslocamento
Movimento Retilı́neo Velocidade média
Velocidade instantânea
Aceleração

Velocidade média

Velocidade média × Velocidade escalar média


Enquanto a velocidade média leva em conta apenas os pontos inicial e
final, a velocidade escalar média leva em conta toda a distância
percorrida em um intervalo de tempo.
distancia total
Vmed =
∆t
Ex: O cachorro do exemplo 1 correu 20 m afastando-se de você em 10 s,
para alcançar o graveto e voltou caminhando 15 m em 15 s
A velocidade escalar média do cachorro é 1,4 m/s e a velocidade média é
0,14 m/s.

Danilo Sande Aula 3 - Movimento Retilı́neo


Introdução
Posição e Deslocamento
Movimento Retilı́neo Velocidade média
Velocidade instantânea
Aceleração

Velocidade instantânea (ou apenas Velocidade)

Velocidade Instantânea
A velocidade média fornece pouca informações sobre o percurso. O
móvel pode ter parado, acelerado ou voltado e não saberemos.
Para obter mais informações sobre um dado percurso, descrevemos
a velocidade instantânea do móvel, ou seja, a velocidade em cada
instante.
∆x dx
v = lim =
∆t→0 ∆t dt
A velocidade instantânea mede a taxa de variação da posição em
relação ao tempo, em um dado instante.

Danilo Sande Aula 3 - Movimento Retilı́neo


Introdução
Posição e Deslocamento
Movimento Retilı́neo Velocidade média
Velocidade instantânea
Aceleração

Velocidade instantânea

Velocidade Instantânea
A velocidade instantânea também é vetorial, logo possui módulo,
direção e sentido!
A velocidade medida em um velocı́metro de carro é velocidade
instantânea escalar, não importa o sentido.

Danilo Sande Aula 3 - Movimento Retilı́neo


Introdução
Posição e Deslocamento
Movimento Retilı́neo Velocidade média
Velocidade instantânea
Aceleração

Velocidade instantânea
Exercı́cio 3 - Velocidade Instantânea
A figura abaixo mostra o gráfico x(t) do movimento de um elevador, que
ao partir de repouso, desloca-se para cima (sentido positivo) e para.
Trace o gráfico de v(t) em função do tempo.

Danilo Sande Aula 3 - Movimento Retilı́neo


Introdução
Posição e Deslocamento
Movimento Retilı́neo Velocidade média
Velocidade instantânea
Aceleração

Velocidade instantânea

Danilo Sande Aula 3 - Movimento Retilı́neo


Introdução
Posição e Deslocamento
Movimento Retilı́neo Velocidade média
Velocidade instantânea
Aceleração

Velocidade instantânea
Velocidade a partir da declividade da reta tangente
Para obter a velocidade em um dado ponto do gráfico x(t), podemos
traçar a tangente no dado ponto e calcular a sua declividade:

Danilo Sande Aula 3 - Movimento Retilı́neo


Introdução
Posição e Deslocamento
Movimento Retilı́neo Velocidade média
Velocidade instantânea
Aceleração

Velocidade instantânea

Exercı́cio 4 - Velocidade Instantânea


A posição de uma partı́cula que se move ao longo do eixo x é dada
por:

x = 7, 8 + 9, 2t − 2, 1t 3
Qual é a velocidade da partı́cula em t = 3, 5 s? A velocidade é
cosntante ou está continuamente variando? (considerar as
unidades no SI)

Danilo Sande Aula 3 - Movimento Retilı́neo


Introdução
Posição e Deslocamento
Movimento Retilı́neo Velocidade média
Velocidade instantânea
Aceleração

Aceleração

Aceleração média e instantânea


Quando a velocidade de uma partı́cula varia, dizemos que ela está
acelerada.
A aceleração média e instantânea são dadas respectivamente por:

V2 − V1 ∆V
ā = =
t2 − t1 ∆t

dV d 2x
a= = 2
dt dt
Essas grandezas também são vetoriais.
A aceleração mede a taxa de variação da velocidade em relação ao
tempo.

Danilo Sande Aula 3 - Movimento Retilı́neo


Introdução
Posição e Deslocamento
Movimento Retilı́neo Velocidade média
Velocidade instantânea
Aceleração

Aceleração

Ex 5 - Aceleração
Do exercı́cio 3 do elevador, também podemos ter o gráfico da
aceleração...

Danilo Sande Aula 3 - Movimento Retilı́neo


Introdução
Posição e Deslocamento
Movimento Retilı́neo Velocidade média
Velocidade instantânea
Aceleração

Aceleração

Danilo Sande Aula 3 - Movimento Retilı́neo


Introdução
Posição e Deslocamento
Movimento Retilı́neo Velocidade média
Velocidade instantânea
Aceleração

Aceleração

Exercı́cio 6 - Aceleração
A posição de uma partı́cula é dada por x = 4 − 27t + t 3 ,
considerando o SI, calcule v (t) e a(t). Em algum instante v = 0?
Descreva o movimento da partı́cula para t ≥ 0.

Danilo Sande Aula 3 - Movimento Retilı́neo


Introdução
Posição e Deslocamento
Movimento Retilı́neo Velocidade média
Velocidade instantânea
Aceleração

Aceleração

Danilo Sande Aula 3 - Movimento Retilı́neo


Introdução
Posição e Deslocamento
Movimento Retilı́neo Velocidade média
Velocidade instantânea
Aceleração

Aceleração

Aceleração constante
Os gráficos que definem o movimento de uma partı́cula sob efeito
de uma aceleração constante são:

Danilo Sande Aula 3 - Movimento Retilı́neo


Introdução
Posição e Deslocamento
Movimento Retilı́neo Velocidade média
Velocidade instantânea
Aceleração

Aceleração

Aceleração constante
Equação 1 para aceleração constante:

dv
a=
dt
Z t Z v
adt = dV
0 vo

at = V − Vo
V = Vo + at

Danilo Sande Aula 3 - Movimento Retilı́neo


Introdução
Posição e Deslocamento
Movimento Retilı́neo Velocidade média
Velocidade instantânea
Aceleração

Aceleração

Aceleração constante
Equação 2 para aceleração constante:
dx
V =
dt
Z t Z x
Vdt = dx
0 xo

Utilizando a equação 1:Z


t Z x
(V0 + at)dt = dx
0 xo
a
V0 t + t 2 = x − xo
2
a
x = xo + V0 t + t 2
2

Danilo Sande Aula 3 - Movimento Retilı́neo


Introdução
Posição e Deslocamento
Movimento Retilı́neo Velocidade média
Velocidade instantânea
Aceleração

Aceleração

Aceleração constante
Reescrevendo 1:
V − Vo
t=
a
Substituindo essa equação, na equação 2:

V − Vo a V − Vo 2
x = xo + V0 ( )+ ( )
a 2 a
V − Vo V − Vo
x − xo = ( )[Vo + ]
a 2

V 2 = Vo2 + 2a∆x

Danilo Sande Aula 3 - Movimento Retilı́neo


Introdução
Posição e Deslocamento
Movimento Retilı́neo Velocidade média
Velocidade instantânea
Aceleração

Aceleração

Queda de corpos
Para queda de corpos, basta substituir a aceleração por −g
(definindo o eixo y orientado para cima) e trocar x por y nas
equações obtidas:

V = Vo − gt
g 2
y = yo + V0 t − t
2
V 2 = Vo2 − 2g ∆y

Danilo Sande Aula 3 - Movimento Retilı́neo


Introdução
Posição e Deslocamento
Movimento Retilı́neo Velocidade média
Velocidade instantânea
Aceleração

Aceleração

Exercı́cio 7 - Gráficos
Um carro, partindo do repouso, move-se com aceleração de 1 m/s 2
durante 15 s. Desliga-se o motor, e o carro passa a ter movimento
retardado, devido ao atrito, durante 10 s com aceleração de 50 cm/s 2 .
Em seguida, os freios são aplicados e o carro para após 5s. Calcular a
distância total percorrida pelo carro. Represente graficamente x × t,
v × t e a × t.

Danilo Sande Aula 3 - Movimento Retilı́neo


Introdução
Posição e Deslocamento
Movimento Retilı́neo Velocidade média
Velocidade instantânea
Aceleração

Aceleração

Exercı́cio 8 - Queda de corpos


Um jogador atira uma bola para cima, em linha reta, com Vo = 12
m/s, desprezando a resistência do ar, calcule:
a) O tempo que a bola leva para alcançar a altura máxima.
b) Qual a altura máxima?
c) Em quanto tempo a bola atinge 5 m acima do ponto de
lançamento?

Danilo Sande Aula 3 - Movimento Retilı́neo


Introdução
Posição e Deslocamento
Movimento Retilı́neo Velocidade média
Velocidade instantânea
Aceleração

Referência

Fundamentos de Fı́sica 1 - Mecânica, Halliday, 4a ed.

Danilo Sande Aula 3 - Movimento Retilı́neo