Вы находитесь на странице: 1из 3

Quando Seu Marido É Viciado em

Pornografia
28 de dezembro de 2016

Por um capricho, convidei uma nova amiga para almoçar lá em casa.


Enquanto olhávamos nossas crianças brincando no quintal,
conversávamos sobre sobre coisas típicas de mãe: disciplina, birras
de criança, os ritmos de sono e muito mais. Lembrei-me de que ela
tinha pedido anteriormente oração sobre sua depressão pós-parto.
Enquanto a ajudava a arrumar suas coisas para ir embora, perguntei
como ela estava.

“Tem sido difícil”, disse ela. “Alguma vez você já lutou com isso?”
Sabendo que ela estava à procura de apoio, recordei minha difícil
adaptação a nosso primeiro bebê e as tristezas persistentes que se
seguiram. Depois de um minuto, ela confessou: “Na verdade, é o
nosso casamento.”

Fiz uma pergunta de sondagem e minha amiga se desmanchou em


lágrimas. “É a pornografia”. Com essa revelação, sua dor e emoções
transbordaram. Meu coração se comoveu por ela. Infelizmente, esta é
uma conversa que já tive em mais de uma ocasião.

Como esposa de pastor, estou bem ciente dos efeitos devastadores


da pornografia num casamento. Embora eu seja grata que esta não é
a minha experiência própria, muitas mulheres já compartilharam
comigo os efeitos devastadores da pornografia. Embora cada situação
seja diferente, há muitas semelhanças entre as histórias.

Embora eu saiba que tanto homens quanto mulheres podem se


debater com a pornografia, quero oferecer algumas palavras de
encorajamento para minhas irmãs cujos corações estão pesados por
causa das ações de seus maridos. Sei que não há respostas fáceis,
mas quero encorajá-las a não se desesperar. O Deus do universo se
desvela por você e pela dor em seu coraçāo.

Quando se sentir tentada a abandonar toda a esperança, aqui estão


algumas coisas para se lembrar, bem como algumas medidas práticas
para seguir em frente.
1. Você não está sozinha.

A maioria das esposas mantém esse fardo em segredo, pressupondo


que é apenas o seu marido que luta com isso. Ninguém mais está na
mesma situaçāo. No entanto, pensamentos como esse só agravam a
vergonha e o sofrimento.

Infelizmente, o problema é extremamente comum. É provável que


outras mulheres que você conheça estejam na mesma situaçāo,
ansiando por uma amiga para conversarem. Irmã, embora você possa
se sentir sozinha, você não está sozinha.

2. Nāo se trata de você.

Quando a pornografia é descoberta dentro do casamento, é fácil se


sentir sobrecarregada com vergonha e dúvidas sobre si mesma. Por
que ele iria procurar uma perfeição cosmética, se não houvesse algo
de errado comigo?

Ouvi-me, irmãs. Não se trata de perder peso, ou ser mais bonita, ou


manter o corpo que você tinha antes de se tornar mãe. Esta é uma
batalha espiritual, com os dardos inflamados de perfeição digital sendo
arremessados diante dos olhos de seu marido.

3. Ajude-o a procurar ajuda.

Incentive seu marido a confessar seu pecado a seus pastores ou


presbíteros. Peça-lhe para buscar a prestação de contas através de
encontros com outro homem piedoso, a compra de software de
acompanhamento e tomar outras precauções necessárias em tempos
de tentação. Harverst USA é um ministério maravilhoso que procura
ajudar aqueles que lutam com o pecado sexual.

Se o seu marido se recusa a confessar a outros ou procurar ajuda


significativa, vá aos líderes de sua igreja para obter assistência.

4. Compartilhe com uma amiga de confiança.

Você, também, precisa de ajuda e apoio. Seu coração partido


necessita de cura. Procure uma mulher piedosa que possa
compartilhar sua carga e orar por você. No entanto, tenha cuidado
sobre com quem compartilhar. Uma mulher mais velha, fora do seu
círculo imediato de amigos, pode ser uma escolha mais sábia neste
caso. Finalmente, procure aconselhamento bíblico que vocês possam
fazer juntos como casal.

5. Lembre-se da providência de Deus.

Deus não está surpreso com a provação ardente que você está
enfrentando (1Pe 1.6-7). Ele tem um plano para sua edificaçāo e para
Sua glória. Por mais difícil que seja, a batalha de seu marido contra a
pornografia é uma ferramenta que Deus está usando para atrair vocês
dois a ele mesmo, para depender dele completamente no hora de sua
necessidade. Sua fé está sendo testada pelo fogo; que isto redunde
em louvor e glória a Jesus. Clame a Deus como o único que pode
trazer a verdadeira cura para a recorrência pecaminosa de seu
marido, para seu coração partido, e para o seu casamento.

Depois de algumas reuniões com esta minha amiga, ela incentivou


seu marido a buscar a prestação de contas, o que ele prontamente
fez. Eu também a apresentei a outra amiga, cujo marido esteve na
mesma batalha por muitos anos, para que elas pudessem se
encorajar mutuamente. Pela bondade de Deus, o casamento da minha
amiga tem melhorado consistentemente, na medida em que eles têm
humildemente reconhecido a luta perante outros que os têm
acompanhado.

Não fomos feitos para enfrentar nossas provações a sós, mas com a
força do Deus Todo-Poderoso e a dádiva de outros crentes em Cristo.
Seu marido e seu casamento nunca estão demasiado longe, a ponto
de estarem fora do alcance de Deus. Tenha esperança naquele cujo
poder pode mudar corações e curar vidas despedaçadas, para o
louvor da sua gloriosa graça.

“...na qual exultais, ainda que agora por um pouco de tempo, sendo
necessário, estejais contristados por várias provações, para que a
prova da vossa fé, mais preciosa do que o ouro que perece, embora
provado pelo fogo, redunde para louvor, glória e honra na revelação
de Jesus Cristo” (1 Pedro 1.6-7)