Вы находитесь на странице: 1из 2

Antonio Prata

1 Carreira

É filho dos também escritores Mário Prata e Marta Góes.

Escreve aos domingos no caderno Cotidiano da Folha de S. Paulo e é roteirista e autor contratado pela Rede Globo, onde colaborou nas novelas Bang Bang, de seu pai Mário Prata e Carlos Lombardi e também Avenida Brasil e A Regra do Jogo, ambas de João Emanuel Carneiro.

Escreveu crônicas para a revista Capricho entre 2001 e 2008 [1] e também para o jornal O Estado de S. Paulo, entre 2003 e 2009

Foi um dos 16 participantes do projeto Amores Expressos, passando um mês em Xangai para escrever um romance, até hoje não publicado [2] .

Em 2012, foi incluído na edição brasileira da revista Granta como um dos vinte melhores escritores nacionais com menos de 40 anos.

Em novembro de 2013, publicou o livro de contos e crônicas semi-memorialísticas Nu, de botas, pela editora Companhia das Letras.

1.1 Televisão

2 Obras publicadas

Cabras, Caderno de Viagem - com Paulo Werneck, Chico Mattoso e Zé Vicente da Veiga

Douglas e outras histórias — Azougue Editorial

Pernas da tia Corália — Objetiva

Escola Viva - DBA

Adulterado - Moderna

Estive pensando — Marco Zero Editora

O inferno atrás da pia — Objetiva

Meio Intelectual, meio de esquerda - Editora 34

Felizes Quase Sempre - Editora 34, com Laerte Cou- tinho

Nu, de botas - Companhia das Letras (2013)

1

3 Referências

[1] Antonio Prata - Letras e Leituras

4 Ligações externas

Antonio Prata - Fragmentos (Projeto Releituras)

2

5 FONTES, CONTRIBUIDORES E LICENÇAS DE TEXTO E IMAGEM

5 Fontes, contribuidores e licenças de texto e imagem

5.1 Texto

Antonio Prata Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Antonio_Prata?oldid=44348963 Contribuidores: Victor Lopes, Salebot, Marcosfa- ria70, Hipersyl, Guiwp e Anónimo: 9

5.2 Imagens

Ficheiro:Crystal_Clear_app_demo.png Fonte: https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/f/fe/Crystal_Clear_app_demo.png Licença: LGPL Contribuidores: All Crystal Clear icons were posted by the author as LGPL on kde-look; Artista original: Everaldo Coelho and YellowIcon;

Ficheiro:Flag_of_Brazil.svg Fonte: https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/0/05/Flag_of_Brazil.svg Licença: Public domain Contribuidores: SVG implementation of law n. 5700/1971. Similar file available at Portal of the Brazilian Government (accessed in November 4, 2011) Artista original: Governo do Brasil

5.3 Licença