Вы находитесь на странице: 1из 20

PORTUGUÊS EM

EXERCÍCIOS
PARA CONCURSOS

Prof. Eli Castro

DETRAN/CE
- Mapeando o Edital -

www.concurseiroprime.com.br
PORTUGUÊS PARA CONCURSOS
– Prof. Eli Castro
OS: 0032/9/17-Gil

CONCURSO: MAPEANDO O DETRAN

ASSUNTO: QUESTÕES DIVERSAS

MORFOLOGIA

01- A palavras ou expressão destacada que NÃO funciona como advérbio ou locução adverbial é

A) “...por nós pode pousar nesse objeto tão distante...”


B) “Semana passada, algo de extraordinário ocorreu.”
C) “Ninguém aqui sabe de onde veio a água ...”
D) “É nessas horas que a ciência supera a ficção.”
E) “A sonda espacial agora se aproxima do Sol...”

02- Em “... e tomara que isso não nos prejudique”, a forma verbal destacada está conjugada no

A) presente do subjuntivo.
B) presente do indicativo.
C) futuro do subjuntivo.
D) futuro do indicativo.
E) imperfeito do subjuntivo.

REGÊNCIAS

03- Com o uso do verbo preferir, é correta a regência verbal em

A) Meu irmão prefere peixe a carne.


B) É preferível ler do que assistir a jogos na televisão.
C) Marília prefere mais carne assada do que a peixe.
D) Marília prefere mais carne assada à peixe.
E) Prefiro que chova, todos os dias do que enfrentar tanto calor.

04- Sobre a regência verbal:

I. Esta é a cidade ________________ meus avós nasceram.


II. Esta é a cidade ________________ nós pretendemos morar.
III. Esta é a cidade ________________ os surfistas mais gostam.
IV. Esta é a cidade ________________ os candidatos se referiam no discurso.
V. Esta é a cidade _________________ pretendem chegar os velejadores.

A alternativa que completa corretamente os períodos acima é:

A) onde / em que / de que / a que / a que.


B) na qual / na qual / que / onde / onde.
C) em que / em que / que / que / em que.
D) aonde / onde / que / que / onde.
E) em que / de que / de que / que / que.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
1
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
PORTUGUÊS PARA CONCURSOS
| MÓDULO 2 – Prof. Eli Castro
OS: 0108/9/17-Gil

CONCURSO: MAPEANDO O DETRAN

ASSUNTO: QUESTÕES DIVERSAS

IFCE

01. Parônimas são palavras parecidas na pronúncia e na escrita e com significados diferentes. A relação entre o termo e o
seu significado está correta em
A) Comprimento: extensão; Cumprimento: saudação.
B) Deferir: divergir; Diferir: conceder.
C) Emergir: mergulhar; Imergir: vir à tona.
D) Eminente: que ameaça acontecer; Iminente: elevado.

02. A correspondência entre a frase e a figura de linguagem empregada está falsa em


A) Não tinha teto onde se abrigasse. (metonímia)
B) Suas palavras são como folhas levadas pelo vento. (comparação)
C) A voz doce e aveludada dela enchia-me o coração. (sinestesia)
D) O metrô, a toda hora, cospe e engole gente. (prosopopeia)
E) Você faltou com a verdade e isso é imperdoável. (antítese)

03. O comentário sobre o emprego do sinal de crase está falso em


A) Ele chegará às nove horas desta terça-feira. (Uso devido: utiliza-se crase em locuções adverbiais femininas de tempo).
B) Na partida de ontem, o atacante botafoguense fez um gol à Garrincha. (Uso indevido: não se utiliza crase antes de
nome masculino).
C) Por falha técnica, o avião retornou à pista de pouso. (Uso devido: o termo regente exige preposição e o termo regido é
uma palavra feminina que admite o artigo A).
D) Ficava mais ansiosa, à medida que o tempo passava. (Uso devido: utiliza-se crase na locução conjuntiva feminina à
medida que).
E) Fui favorável à sua decisão. (Uso facultativo: os pronomes possessivos femininos podem ser empregados com ou sem o
artigo feminino, podendo, por isso, usar-se ou não o acento grave indicativo de crase).

04. O sinal de crase deve ser empregado em


A) Iremos todos a cavalo.
B) Estou disposta a desafiar quem quer que seja.
C) Logo após a aula, irei a casa de meus pais.
D) Sua viagem a Roma foi cancelada?
E) Não quis encará-lo frente a frente.

05. Classifique o A destacado de cada frase.


I. Ontem nós compramos a casa que desejávamos;
II. Ana vai a muitas festas;
III. Procurei a bolsa em toda parte, mas não a encontrei;
IV. A agenda que eu queria não era esta, mas sim a que você comprou.
A) artigo definido; preposição; pronome oblíquo; pronome demonstrativo.
B) artigo indefinido; pronome oblíquo; preposição; pronome oblíquo.
C) pronome oblíquo; preposição; pronome indefinido; preposição.
D) preposição; pronome oblíquo; pronome oblíquo; pronome demonstrativo.
E) artigo definido; pronome demonstrativo; preposição; pronome oblíquo.

06. A classificação da palavra destacada está incorreta em


A) Sou o freguês que compra o jornal todos os dias. (pronome)
B) Embora deseje te perdoar, não consigo. (conjunção)
C) O talento forma-se na solidão. (substantivo)
D) O amar é essencial à vida. (verbo)
E) É um homem de coragem. (preposição)

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
2
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
PORTUGUÊS PARA CONCURSOS
| – Prof. Eli Castro
OS: 0108/9/17-Gil

07. Leia o texto e aponte a devida e respectiva classificação gramatical dos termos grifados. “As pessoas só observam as
cores do dia no começo e no fim, mas para mim está muito claro que o dia se funde através de uma multidão de
matizes e gradações, a cada momento que passa. Uma só hora pode consistir em milhões de cores diferentes”. (Trecho
adaptado de “A menina que roubava livros”).
A) conjunção concessiva; numeral; substantivo; interjeição; adjetivo.
B) conjunção adversativa; adjetivo; substantivo; conjunção; pronome indefinido.
C) conjunção adversativa; conjunção aditiva; substantivo; conjunção; numeral.
D) conjunção concessiva; adjetivo; substantivo; preposição; adjetivo.
E) conjunção adversativa; advérbio; substantivo; preposição; adjetivo.

08. A vírgula foi empregada, para indicar a elipse de um termo, em


A) Experimentei, aos poucos, a dor de perder alguém.
B) Uns dizem que acreditam em Deus; outros, que não.
C) Amar é uma decisão, isto é, uma atitude e não apenas um sentimento.
D) Já sei de tudo. Chega, pois, de mentiras.
E) O dinheiro, Ana o trazia consigo.

09. A concordância verbal está correta em


A) Fazem anos que estudo regras de gramática e nunca aprendo.
B) Houveram muitos dias ruins para mim na escola.
C) Aqui, conserta-se televisores.
D) Ainda faltam comprar os cartões.
E) Um bloco de foliões animava as ruas da cidade.

10. Não seguem a mesma regra de acentuação gráfica:


A) sábio; planície; nódoa.
B) dólar; revólver; vômer.
C) táxi; júri; biquíni.
D) país, freguês, chapéu.
E) gambá; você; vovô.

11. Leia atentamente as informações e aponte a alternativa que contém a resposta correta. Quanto à forma das
correspondências oficiais:
(01) Aviso e ofício seguem o modelo do padrão ofício, com acréscimo do vocativo, que invoca o destinatário, seguido de
vírgula. Devem constar do cabeçalho ou do rodapé do ofício as seguintes informações do remetente: nome do órgão ou
setor; endereço postal; telefone e endereço de correio eletrônico.
(02) Quanto à forma, o memorando segue o modelo do padrão ofício, com a diferença de que o seu destinatário deve ser
mencionado pelo cargo que ocupa.
(03) Formalmente, a exposição de motivos tem a apresentação do padrão ofício. Deve vir acompanhada por um anexo que
proponha alguma medida ou apresente projeto de ato normativo, conforme modelo especificado. De acordo com sua
finalidade, apresenta duas formas básicas de estrutura: uma para aquela que tenha caráter exclusivamente informativo
e outra para a que proponha alguma medida ou submeta projeto de ato normativo.

A) todos os itens estão incorretos.


B) todos os itens estão corretos.
C) apenas os itens 01 e 03 estão corretos.
D) apenas os itens 01 e 02 estão corretos.
E) apenas os itens 02 e 03 estão corretos.

GABARITO

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10
A E B C A D E B E D
11
D

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
3
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
PORTUGUÊS PARA CONCURSOS
| – Prof. Eli Castro
OS: 0108/9/17-Gil

TEXTO
Os juízes que se deparam com o tema dos conflitos familiares e da violência doméstica assistem a situações de violência
extrema, marcadas pelo abuso das relações de afeto e parentesco, pela deslealdade nas relações íntimas de afeto e
confiança. A violência doméstica exclui e segrega os integrantes da família, pois as vítimas são muitas vezes consideradas
responsáveis pelas agressões que sofrem. É a mulher agredida quem “gosta de apanhar”, é a criança espancada quem
“provoca” os pais. Obviamente os membros da família ficam apavorados diante da possibilidade da agressão e da exclusão e
temem pela própria vida quando dependem da família para sobreviver emocional ou materialmente. Assim, todos são
atingidos pela agressão a um deles dirigida.

01- Marque a opção em que o número de letras do vocábulo coincide com o número de fonemas.

a) Confiança
b) Segrega
c) Assim
d) Quando
e) Espancada

02- Não ocorre dígrafo em:

a) Ansioso
b) Antena
c) Analista
d) Antes.

03- Assinale a alternativa que contém um cognato de “revisão”.

A) Invisível.
B) Releitura.
C) Admissão.
D) Correção.
E) Examinar.

04- Assinale a alternativa que contém uma oração subordinada concessiva.

a) Todos estavam muito confusos, não obstante resolveram a questão da prova.


b) O político não só foi acusado de lavagem de dinheiro, mas também foi preso pouco tempo depois.
c) Não obstante o brasileiro sofra com a crise político-econômica, esse povo não para de batalhar.
d) Já que ninguém compareceu ao comício, o candidato não fez as suas velhas promessas.
e) Tudo estava arruinado naquela cidade, contudo ainda havia uma esperança: o trabalho.

05- Ocorre acento grave pela mesma razão que ocorre em “O jovem desistiu de lutar, à época” no item:

a) Muitos se referiam à época em que Collor foi deposto.


b) À medida que a poluição toma conta das grandes cidades, as doenças respiratórias só se proliferem.
c) As sentenças às quais o juiz fez referência foram contestadas.
d) À tarde os manifestantes se reuniram em frente ao Palácio do Planalto.
e) O respeito à lei é fundamental para se viver em sociedade.

06- Leia o enunciado a seguir.


“O propósito é derrubar quaisquer barreiras entre o gênero do cidadão e o trabalho que ele gostaria de fazer”.
As palavras destacas foram acentuadas graficamente porque:

A) São paroxítonas terminadas em “o”.


B) São proparoxítonas terminadas em “o”.
C) São proparoxítonas.
D) São vocábulos diferenciais.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
4
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
PORTUGUÊS PARA CONCURSOS
| – Prof. Eli Castro
OS: 0108/9/17-Gil

07- As aspas utilizadas, no texto, têm a seguinte justificativa:

a) Marcam o uso de linguagem figurada quanto ao conteúdo que elas abrigam.


b) Manifestam um ironia da autora do texto.
c) Delimitam falas que não são da autora do texto.
d) Determinam ênfase e, por isso, poderiam ser suprimidas.
e) Manifestam uma dúvida da autora do texto.

08- Em “Os juízes que se deparam...” e “...agressões que sofrem”, as palavras destacadas podem ser, corretamente, assim
analisadas:

a) A primeira palavra é uma conjunção integrante e a segunda é um pronome relativo.


b) Ambas são pronomes relativos e desempenham a função sintática de sujeito e objeto direto, respectivamente.
c) A primeira trata de uma partícula expletiva e a segunda de um pronome relativo.
d) Das duas, apenas a segunda é conjunção subordinativa consecutiva.
e) São pronomes relativos e ambos desempenham a função sintática de objeto direto.

09- Sobre “A violência doméstica exclui e segrega os integrantes da família, pois as vítimas são muitas vezes consideradas
responsáveis...”, a análise correta é:

a) Todos os verbos presentes são transitivos diretos.


b) “doméstica” é, morfossintaticamente, adjetivo e adjunto adnominal.
c) “pois” é conjunção coordenativa conclusiva.
d) “e” é conjunção coordenativa adversativa e liga duas orações independentes.
e) Não é possível transpor a seguinte passagem para a voz passiva: “A violência doméstica exclui e segrega os
integrantes da família”.

10- Em “Os juízes que se deparam com o tema dos conflitos familiares...” a colocação pronominal está de acordo com a
norma culta. Marque a opção em um pronome também está corretamente colocado no texto.

a) Muitos esquecem-se de que a vida é mais complexa de que tudo.


b) Os políticos haviam contentado-se com aquelas verbas.
c) Depois dos festejos, resolver-se-ão aqueles velhos problemas.
d) Muitos dizem-me verdades difíceis.
e) O médico não vem-nos mostrando os exames.

GABARITO
01 02 03 04 05 06 07 08 09 10
B C A C D C C B B C

____________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
5
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
PORTUGUÊS PARA CONCURSOS
| – Prof. Eli Castro
OS: 0032/9/17-Gil

05- Nas frases a seguir assinale a opção em que a regência verbal está INCORRETA:

A) Quem bebe e dirige desobedece ao Código Nacional de Trânsito.


B) O médico assistiu o doente com seu desvelo habitual.
C) Esta decisão implica em grande prejuízo para a empresa.
D) Chegou a casa esgotado, mas logo se reanimou com o carinho do filho pequeno.

CRASE

06- A frase em que o sinal indicativo de crase está empregado corretamente é:

A) O crítico fez referência à algumas telas que Clarice Lispector havia pintado.
B) Gaugin ofereceu um quadro à seu amigo Van Gogh em que este estava representado.
C) Em seu texto, o crítico José Castello relaciona a criação artística à loucura.
D) O autor associou a arte à certa contaminação para, em seguida, refutar essa hipótese.
E) Vários autores se dedicaram à essa problemática que envolve a relação entre arte e loucura.

07- Na frase: "O pacote econômico tende a satisfazer as exigências do mercado", substituindo-se satisfazer por
satisfação, tem-se a forma correta:

A) tende à satisfação as exigências do mercado.


B) tende a satisfação das exigências do mercado.
C) tende a satisfação das exigências ao mercado.
D) tende a satisfação às exigências do mercado.
E) tende à satisfação das exigências do mercado.

08- Assinale a frase gramaticalmente correta:

A) O papa caminhava à passo firme.


B) Fui à Maceió provar um sururu à região.
C) Chegou à noite, precisamente as 10 horas.
D) Esta é a casa à qual me referi ontem às pressas.
E) Ora aspirava a isto, ora aquilo, ora a nada.

CONCORDÂNCIAS

09- Assinale a alternativa em que as regras de concordância foram obedecidas.

A) Cada um dos pesquisadores, ao inscrever-se, deverão receber as orientações necessárias.


B) Mais de um aluno correu em direção à porta de emergência
C) Já deu dez horas e a entrega das provas ainda não foram feitas.
D) Devem haver, certamente, sites mais seguros do que outros.
E) Com certeza, sobra, no campus, estudantes muito disciplinados.

10- Assinale a alternativa em que a palavra “bastante(s)” está empregada corretamente, de acordo com a norma
culta da Língua.

A) Os rapazes eram bastantes fortes e carregaram a caixa.


B) Há provas bastante para condenar o réu.
C) Havia alunos bastantes para completar duas salas.
D) Temos tido bastante motivos para confiar no chefe.
E) Todos os professores estavam bastantes confiantes.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
6
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
PORTUGUÊS PARA CONCURSOS
| – Prof. Eli Castro
OS: 0032/9/17-Gil

11- Assinale a opção que apresenta ERRO de concordância verbal, segundo o registro culto e formal da língua.

A) Necessita-se de novos programas de qualidade de vida.


B) A pressão, a ansiedade e a tensão muscular, tudo prejudicava a saúde do trabalhador.
C) Pedro foi um dos alunos que se destacou no olimpíada.
D) Já fazem dias que ele se adaptou a uma nova realidade profissional.
E) Cada um dos profissionais do RH deve saber administrar o seu estresse.

12- Assinale a alternativa cuja concordância verbal obedece às normas gramaticais.

A) Não podem haver rasuras na prova de redação.


B) Os Estados Unidos perdeu a guerra.
C) Cerca de 20% da mata foi destruído.
D) Deve ter entrado, no teatro, mais de duzentas pessoas.
E) A maioria dos moradores gostam de passear na Lagoa do Taquaral.

13- Todas as alternativas estão corretas quanto à concordância nominal, exceto em:

A) Todos os executivos da empresa optaram por champanha francês.


B) Livros e revistas velhos valem pouco.
C) É proibido entrada de pessoas não identificadas naquele recinto.
D) O garimpeiro comemorou a descoberta de quinhentas gramas de ouro.
E) Durante o debate, a plenária permaneceu meio silenciosa.

PONTUAÇÃO

14- Marque a alternativa em que a ausência de vírgula não altera o sentido do enunciado.

A) O professor espera um, sim.


B) Recebo, obrigada.
C) Não, vá ao estacionamento do campus.
D) Não, quero abandonar minha funções no trabalho.
E) Hoje, podem ser adquiridas as impressoras licitadas.

15- Assinale a alternativa correta quanto ao uso da pontuação.

A) Os motoristas, devem saber, que os carros podem ser uma extensão de nossa personalidade.
B) Os congestionamentos e o número de motoristas na rua, são as principais causas da ira de trânsito.
C) A ira de trânsito pode ocasionar, acidentes e; aumentar os níveis de estresse em alguns motoristas.
D) Dirigir pode aumentar, nosso nível de estresse, porque você está junto; com os outros motoristas cujos
comportamentos, são desconhecidos.
E) Segundo alguns psicólogos, é possível, em certas circunstâncias, ceder à frustração para que a raiva seja
aliviada.

16- Assinale a alternativa cuja frase está corretamente pontuada:

A) O sol que é uma estrela, é o centro do nosso sistema planetário.


B) Ele, modestamente deixou a cidade depois do carnaval.
C) Você pretende cursar Medicina; ela, Odontologia.
D) Confessou-lhe tudo; ciúme, ódio, inveja.
E) Estas cidades do sul se constituem, na maior parte de imigrantes alemães.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
7
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
PORTUGUÊS PARA CONCURSOS
| – Prof. Eli Castro
OS: 0032/9/17-Gil

COLOCAÇÃO PRONOMINAL

17- Assinale a frase com erro de colocação pronominal:

A) Tudo se acaba com a morte, menos a saudade.


B) Com muito prazer, se soubesse, explicaria-lhe tudo.
C) João tem-se interessado por suas novas atividades.
D) Ele estava preparando-se para o vestibular de Direito.
E) A vida se apresenta com muita labuta.

18- Assinale a frase com erro de colocação pronominal:

A) Tudo me era completamente indiferente.


B) Ela não me deixou concluir a frase.
C) Este casamento não deve realizar-se.
D) Ninguém havia lembrado-me de fazer as reservas.
E) Ela jamais me levaria a sério.

ACENTUAÇÃO GRÁFICA

19- Quanto à acentuação gráfica, está de acordo com a norma padrão da língua portuguesa a frase da
alternativa:

A) Existem tambem algumas bacterias que podem fazer muito mal.


B) Faz mais de um mes que o paciente esta tomando antibiotico.
C) Já foram listada as bacterias resistentes que provocaram muitas mortes.
D) Mais de um paciente contaminado com a bacteria foi isolado no hospital.
E) Os vírus podem, em doente com baixa imunidade, causar infecções.

20- O item cujas palavras não obedecem à mesma regra de acentuação é:

A) Trágico; patético.
B) Fácil; útil.
C) Bíceps; fórceps.
D) Café; Você.
E) Herói; heroísmo.

GABARITO
01 02 03 04 05 06 07 08 09 10
A A A C C E D B C
11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
D E D E E B D E E

____________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
8
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
PORTUGUÊS PARA CONCURSOS
| – Prof. Eli Castro
OS: 0094/10/17-Gil

CONCURSO: MAPEANDO O DETRAN

ASSUNTO: QUESTÕES DIVERSAS

TEXTO 55 aquelas dobras no papel, só ele daria aquele nó no


56 barbante ordinário, só ele escreveria meu nome
1 O dia: 28 de novembro de 1995. A hora: 57 daquela maneira, acrescentando a função que
2 aproximadamente vinte, talvez quinze para a uma da 58 também fora a sua. Sobretudo, só ele destacaria o
3 tarde. O local: a recepção do Hotel Novo Mundo, aqui 59 fato de alguém ter se prestado a me trazer aquele
4 ao lado, no Flamengo. 60 embrulho. Ele detestava o correio normal, mas se
5 Acabara de almoçar com minha secretária e 61 alguém o avisava que ia a algum lugar, logo
6 alguns amigos, descêramos a escada em curva que 62 encontrava um motivo para mandar alguma coisa a
7 leva do restaurante ao hall da recepção. Pelo menos 63 alguém por intermédio do portador. [...]
8 uma ou duas vezes por semana cumpro esse itinerário 64 Recente, feito e amarrado há pouco, tudo no
9 e, pelo que me lembre, nada de especial me acontece 65 envelope o revelava: ele, o pai inteiro, com suas
10 nessa hora e nesse lugar. É, em todos os sentidos, 66 manias e cheiros.
11 uma passagem. 67 Apenas uma coisa não fazia sentido. Estávamos
12 Não cheguei a ouvir o meu nome. Foi a 68 — como já disse — em novembro de 1995. E o pai
13 secretária que me avisou: um dos porteiros, de 69 morrera, aos noventa e um anos, no dia 14 de janeiro
14 cabelos brancos, óculos de aros grossos, queria falar 70 de 1985.
15 comigo. E sabia o meu nome — eu que nunca fora (CONY, C. H. Quase Memória: quase-romance. São Paulo:
16 hóspede do hotel, apenas um frequentador mais ou Companhia das Letras. 2001. p. 9-11).
17 menos regular do restaurante que é aberto a todos.
18 Aproximei-me do balcão, duvidando que 01. O extrato do texto que justifica a afirmativa do autor
19 realmente me tivessem chamado. Ainda mais pelo “É, em todos os sentidos, uma passagem.” (L. 10-11) é
20 nome: não haveria uma hipótese passável para que
21 soubessem meu nome. A) “O dia: 28 de novembro de 1995.” (L. 1)
22 — Sim... B) “A hora: aproximadamente vinte, talvez quinze
23 O porteiro tirou os óculos, abriu uma gaveta para a uma da tarde” (L. 1-2)
24 embaixo do balcão e de lá retirou o embrulho, que C) “O local: a recepção do Hotel Novo Mundo, aqui
25 parecia um envelope médio, gordo, amarrado por ao lado, no Flamengo.” (L. 3-4)
26 barbante ordinário. D) “descêramos a escada em curva que leva do
27 — Um hóspede esteve aqui no último fim de restaurante ao hall” (L. 6-7)
28 semana, perguntou se nós o conhecíamos, pediu que E) “Pelo menos uma ou duas vezes por semana
29 lhe entregássemos este envelope... cumpro esse itinerário” (L. 7-8)
30 — Sim... sim...
31 Eu não sabia se examinava o envelope ou a 02. A palavra que substitui passável no trecho “hipótese
32 cara do porteiro. Nada fizera para que ele soubesse passável” (L. 20), mantendo o mesmo sentido, é
33 meu nome, para que pudesse dizer a alguém que me
34 conhecia. O fato de duas ou três vezes por semana eu A) medíocre
35 almoçar no restaurante do hotel não lhe daria esse B) moderado
36 direito. [...] C) razoável
37 Passou-me o envelope, que era, à primeira D) sofrível
38 vista e ao primeiro contato, aquilo que eu E) incontestável
39 desconfiava: os originais de um livro, contos, romance
40 ou poesias, talvez história ou ensaio. 03. O Texto apresenta duas partes distintas, sendo a
41 — Está certo... não terei de agradecer... a primeira a apresentação do narrador no contexto
42 menos que o nome e o endereço do interessado espaço-temporal da trama e a segunda, as
43 estejam... considerações e desconfianças em relação ao
44 Foi então que olhei bem o embrulho. A embrulho.
45 princípio apenas suspeitei. E ficaria na suspeita se não O trecho que marca a mudança é:
46 houvesse certeza. Uma das faces estava subscritada,
47 meu nome em letras grandes e a informação logo A) “Não cheguei a ouvir o meu nome” (L. 12)
48 embaixo, sublinhada pelo traço inconfundível: “Para o B) “Aproximei-me do balcão, duvidando que
49 jornalista Carlos Heitor Cony. Em mão”. realmente me tivessem chamado.” (L. 18-19)
50 Era a letra do meu pai. A letra e o modo. Tudo
51 no embrulho o revelava, inteiro, total. Só ele faria
CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
9
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
PORTUGUÊS PARA CONCURSOS
| – Prof. Eli Castro
OS: 0094/10/17-Gil

C) “— Um hóspede esteve aqui no último fim de C) Às famílias desprovidas de recursos na vizinhança,


semana, perguntou se nós o conhecíamos, pediu o pai sempre lhes dava um presente.
que lhe entregássemos este envelope” (L. 27-29) D) Daqui à uma hora, tentarei começar o ritual de
D) “Foi então que olhei bem o embrulho.” (L. 44) abrir o pacote para desvendar o segredo.
E) “Recente, feito e amarrado há pouco, tudo no E) O nome da estrada era Arca porque à região,
envelope o revelava” (L. 64-65) entre Itaipava e Teresópolis, era assim conhecida.

04. Quando o narrador diz “A princípio apenas suspeitei” 08. Em qual trecho a vírgula pode ser substituída por dois
(L. 44-45), essa suspeita é a de que o pontos mantendo-se os preceitos às regras de
pontuação da norma padrão?
A) pacote fora embrulhado pelo pai dele.
B) destinatário do embrulho fosse ele próprio. A) Aqueles escritores eram pessimistas e malditos,
C) envelope continha os originais de uma obra românticos até o fundo da alma.
escrita. B) Nenhum escritor se autoflagelava, pois a época
D) emissor deveria ter, mais tarde, seu era de bons ventos para todos.
agradecimento. C) O porteiro tirou os óculos, abriu uma gaveta.
E) remetente só poderia ser um jornalista, já que D) Carlos, recebeste o embrulho na portaria?
enviara originais. E) Deixamos a cidade à noite, depois do jantar.

05. A informação contida no trecho “só ele destacaria o 09. Quanto à tipologia textual, o texto lido é
fato de alguém ter se prestado a me trazer aquele predominantemente:
embrulho” (L. 58-60) é corroborada por que
passagem? A) Injuntivo
B) Narrativo
A) “Está certo” (L. 41) C) Preditivo
B) “Uma das faces estava subscritada” (L. 46) D) Descritivo
C) “Para o jornalista Carlos Heitor Cony” (L. 48-49)
D) “Em mão” (L. 49) 10. Marque o item que apresenta análise mórfica correta
E) “Recente, feito e amarrado há pouco” (L. 64) dos vocábulos abaixo.

06. O período em que o vocábulo “logo” apresenta a A) Submarino = “r” consoante de ligação.
mesma classe gramatical do destacado em “Ele B) Compremos = “e” desinência modo-temporal.
detestava o correio normal, mas se alguém o avisava C) Infarto = “in” prefixo.
que ia a algum lugar, logo encontrava um motivo para D) Desejas = “s” desinência número-pessoa
mandar alguma coisa a alguém” (L. 61-63) é: (2ª pessoa do plural).
E) Estuda = “a” desinência número-pessoa
A) Não tive pressa em abrir o pacote, logo não (3ª pessoa do singular).
estava muito curioso em relação a seu conteúdo.
B) Eu esquecera os meus documentos no saguão do 11. Em “Há políticas que reconhecem a informalidade”,
hotel, logo voltei para buscá-los com medo de ao substituir o termo destacado por um pronome, de
que alguém os pegasse: eram importantes. acordo com a norma-padrão da língua, o trecho
C) Afastei papéis, embuti o teclado do micro no seu assume a formulação apresentada em:
estojo, limpei toda a mesa para pôr o embrulho;
logo, eu estava tratando o pacote com cuidado. A) Há políticas que a reconhecem.
D) Depois de passado o susto, já que o pai tinha B) Há políticas que reconhecem-a.
aquele seu jeito de dar o nó, concluí que, logo, o C) Há políticas que reconhecem-na.
pacote só podia vir dele. D) Há políticas que reconhecem ela.
E) Escrevi uma carta ao pai contando-lhe dos E) Há políticas que lhe reconhecem.
últimos acontecimentos, mas ele não respondeu;
logo, não se importou com as notícias. 12. Está de acordo com a norma padrão o item:

07. O acento indicativo de crase está usado de acordo com A) Discorda-se de problemas nunca antes resolvidos.
a norma padrão em: B) Nunca se assistem às ações afirmativas nesses
casos.
A) O pai não gostava de que à ceia fosse feita antes C) Em poucas cidades, se apresentam soluções
das dez horas da noite. adequadas para o comércio ambulante.
B) Perante à família, o pai era um sujeito bastante D) A situação dos moradores de habitações precárias
esquisito. são as piores.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
10
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
PORTUGUÊS PARA CONCURSOS
| – Prof. Eli Castro
OS: 0094/10/17-Gil

E) Antes, haviam notado políticas que buscavam 17. Quanto à morfologia, marque a opção que faz correta
solucionar o problema do comércio ambulante. análise:

13. Quanto ao 1º parágrafo do texto, é correto afirmar A) “Não cheguei a ouvir o meu nome” (pronome
que: demonstrativo)
B) “Pelo menos uma ou duas vezes por semana”
A) Trata-se de vários períodos compostos por (artigo indefinido)
subordinação. C) “(...) do restaurante que é aberto a todos” (
B) Só há um período formado por coordenação. preposição).
C) Não há nenhuma oração no parágrafo. D) “E sabia o meu nome” (conjunção subordinativa
D) Só há orações nominais em todo o parágrafo. aditiva).
E) Há três períodos formados por três orações E) “Foi a secretária que me avisou (...)” (preposição)
independentes.
18. Qual vocábulo a seguir não está corretamente
14. Em “Um hóspede esteve aqui no último fim de hifenizado:
semana, perguntou se nós o conhecíamos (...)”, a
palavra em destaque classifica-se como: A) Feijão-verde
B) Mal-educado
A) Conjunção condicional C) Soto-almirante
B) Conjunção causal D) Bem-vindo
C) Conjunção integrante E) Auto-ajuda
D) Parte integrante do verbo
E) Pronome apassivador 19. Qual das palavras a seguir foi formada por derivação
regressiva?
15. Em “Acabara de almoçar com minha secretária e
alguns amigos (...)”, o verbo em destaque indica: A) Anoitecer
B) Fuga
A) Uma ação totalmente concluída. C) Submarino
B) Uma ação projetada para o futuro. D) Chatice
C) Uma ação parcialmente ocorrida no passado.
D) Uma ação que ocorreu anteriormente a outra 20. A palavra grafada corretamente quanto ao novo
ação também passada. acordo ortográfico é:
E) Uma ação em curso, mas que iniciou e continua a
ocorrer no passado. A) Idéia
B) Leem
16. Sobre o fragmento “(...) descêramos a escada em curva C) Pára
que leva do restaurante ao hall da recepção”, é correto D) Vôo
afirmar que:
GABARITO
I- Seria correto gramaticalmente substituir “que” por 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10
“onde”. E C D A D B C A B B
II- “a escada” é objeto direto. 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
III- “que” é, sintaticamente, sujeito. A A C C D A C E B B
IV- “descêramos” recebe acento gráfico pela mesma
razão que “ríspido”. _______________________________________________
_________________________________________________
A) Apenas I está errado. _________________________________________________
B) Apenas II está errado. _________________________________________________
C) Somente II e III estão corretos. _________________________________________________
D) Somente III e IV estão corretos. _________________________________________________
E) Somente II e IV estão corretos. _________________________________________________
_________________________________________________
_________________________________________________
_________________________________________________
_________________________________________________
_________________________________________________
_________________________________________________
_________________________________________________

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
11
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
PORTUGUÊS PARA CONCURSOS
| – Prof. Eli Castro
OS: 0017/10/17-Gil

CONCURSO: MAPEANDO O DETRAN

ASSUNTO: SINTAXE DA ORAÇÃO E DO PERÍODO

01. Sobre o período a seguir, marque o item falso: “Os 05. Leia, com atenção, os períodos abaixo:
Estados Unidos descobriram um sentimento inédito de
vulnerabilidade e reorganizam suas prioridades para - Levo os livros amanhã, desde que você esteja na
acomodá-las”. faculdade.
- Posto que a televisão ofereça imagens concretas,
a) Os verbos, quanto à predicação, são transitivos ela não fornece uma reprodução fiel da realidade.
diretos. - Dado que todas aquelas pessoas estavam
b) “de vulnerabilidade” classifica-se como locuções concentradas, não se escutou um único ruído.
adverbial.
c) “para acomodá-las” indica ideia de finalidade. Assinale a alternativa que apresenta, respectivamente,
d) “e” tem valor semântico de adição. as circunstâncias indicadas pelas estruturas destacadas:
e) Trata-se de um período por três orações.
a) tempo, concessão, comparação
02. Leia o fragmento a seguir e, depois, marque o item b) condição, causa, concessão
verdadeiro. c) condição, consequência, comparação
“Graças à espantosa explosão de teoria e prática da d) condição, concessão, causa
informação, novos avanços científicos foram se e) concessão, causa, conformidade
traduzindo numa tecnologia que não exigia qualquer
compreensão dos usuários finais”. 06. O item que traz segmentação mórfica correta é:

a) “Graças (...) informação” é uma oração que A) ROU-PI-NHAS


estabelece, com a oração posterior, relação de B) TRANS-PLANT-E-S
causa e consequência, respectivamente. C) LAM-ENT-A-R
b) A vírgula após “informação” é facultativa. D) FAL-ASSE
c) “que” funciona, morfologicamente, como um
pronome. 07. Em qual item não há presença de ditongo.
d) “qualquer” é um pronome que não admite flexão
de número. A) HISTÓRIA
e) O uso do acento indicativo de crase é facultativo. B) TAMBÉM
C) ENXAGUEM
03. Assinale o item em que ocorre erro no emprego das D) BEIJO
homófonas “há cerca de”, “a cerca de”, “acerca”. E) PEIXE

a) Não falarei acerca desse assunto. 08. Leia os períodos a seguir:


b) Falaram de um assunto a cerca do qual eu nada
sabia. 1) O dicionário que comprei contém mais de trezentas
c) Cerca de dez mil pessoas assistiram ao comício. mil palavras.
d) Há cerca de dez anos me aposentei. 2) Não aceitamos tarefas que se apresentem
e) Cerca de dez homens trabalhavam nesta obra. incompletas.
3) Feliz é o homem que obedece aos mandamentos de
04. Na oração: “Veja se a moça está na sala dos Deus.
professores”. 4) O aluno que estuda alcança boas notas.
Qual das opções abaixo NÃO analisa corretamente 5) Aos homens que são racionais coube o domínio da
esse período. natureza.

a) “Veja” está no modo subjuntivo. Qual das orações subordinadas adjetivas é explicativa e,
b) Conjunção integrante iniciando segunda oração. portanto, deve ficar entre vírgulas?
c) Verbo da 1ª oração: transitivo direto.
d) Verbo da 2ª oração: de ligação. a) A oração adjetiva do 1º período.
e) Frase em discurso direto. b) A oração adjetiva do 2º período.
c) A oração adjetiva do 3º período.
d) A oração adjetiva do 4º período.
e) A oração adjetiva do 5º período.
CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
12
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
PORTUGUÊS PARA CONCURSOS
| – Prof. Eli Castro
OS: 0017/10/17-Gil

09. Em “A imprensa americana, na semana passada, julgou 13. Em “Minha outra mulher teve uma educação rigorosa,
o Brasil um país sem lei”, o item que faz análise mas mesmo assim mamãe nunca entendeu por que eu
sintática correta é: escolhera justamente aquela, entre tantas meninas de
uma família distinta”.
A) “o Brasil” é o agente da passiva.
B) O verbo “julgou” é transitivo direto e indireto O verbo grifado na frase acima pode ser substituído,
C) A expressão entre vírgulas é uma expressão sem que se altere o sentido e a correção originais, e o
exemplificativa. modo verbal, por:
D) “A imprensa americana” é o sujeito.
A) escolheria.
10. Quanto ao novo acordo ortográfico, julgue os itens a B) havia escolhido.
seguir. C) houvera escolhido.
D) escolhesse.
I- As palavras pré-socráticos e pós-estruturalismo são E) teria escolhido.
grafadas com hífen.
II- Os vocábulos, têm (verbo) pôde (verbo) e pôr Cartão de Natal
(verbo) não perderam seus acentos gráficos com o
novo acordo. Pois que reinaugurando essa criança
III- Os vocábulos malhumorado, mallimpo e pensam os homens
malentendido grafam-se sem hífen. reinaugurar a sua vida
e começar novo caderno,
A) Apenas I é correto. fresco como o pão do dia;
B) Apenas II é correto. pois que nestes dias a aventura
C) Apenas III é correto. parece em ponto de voo, e parece
D) Apenas I e II estão corretos. que vão enfim poder
E) Todos estão corretos. explodir suas sementes:
que desta vez não perca esse caderno
11. Em “Eles eram pessoas antigas da história que algum sua atração núbil para o dente;
dia defenderam a nossa pátria”, a palavra que tem que o entusiasmo conserve vivas
classificação morfossintática idêntica à que apresenta suas molas,
na alternativa: e possa enfim o ferro
comer a ferrugem
A) Minha mãe notou que não era uma faca, mas sim o sim comer o não.
uma espada. João Cabral de Melo Neto
B) Não vi nenhuma coisa mais bonita na cidade do
que aquele jardim. 14. “Pois que reinaugurando essa criança”
C) Agora eu penso que ela poderia ter me avisado
antes de tudo. O segmento grifado acima pode ser substituído, no
D) Porque eu achava que, uma vez no vento, esses contexto, por:
homens seriam como trastes...
E) O mundo era uma instância complicada para A) Mesmo que estejam.
aquela pessoa que viera do interior. B) Apesar de estarem.
C) Ainda que estejam.
12. Assinale a alternativa cuja oração está na voz passiva. D) Como estão.
E) Mas estão.
A) "No segundo dia, resolveu-se uma grande
pendência na empresa". 15. Leia o texto seguir:
B) "Com as mudanças, aumentam a necessidade de
investir em educação". “Para fins práticos, a situação do operador de caixa do
C) "a educação torna-se o elemento-chave para a supermercado representava a norma humana de fins
empregabilidade". do século XX; não precisamos entender nem modificar
D) "Acredita-se na vitória da sociedade brasileira". os milagres da tecnologia científica de vanguarda,
E) "Atualmente, o diploma é apenas a prova mesmo que saibamos, ou julguemos saber, o que está
eliminatória". acontecendo. Outra pessoa o fará ou já fez por nós”.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
13
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
PORTUGUÊS PARA CONCURSOS
| – Prof. Eli Castro
OS: 0017/10/17-Gil

Em relação aos vocábulos destacados, marque a convencionais. Não tem um ás de copas nos fundos de suas
alternativa em que se note um verbo com igual vestes de palhaço.
característica quanto ao modo.
O que faz quase do princípio ao fim das funções do circo é
A) Meu filho, saiba tudo o que vai cair na prova! olhar para a multidão com uns olhos, uma expressão, uns
B) Não julguemos os outros sem saber suas reais modos tão tristes que ninguém lhe esquece a tristeza do
histórias! clown diferente de todos os outros clowns. Trata-se na
C) Se eu estudasse naquela escola, teria mais chance verdade de uma audaciosa recriação da figura de palhaço de
de conhecer pessoas interessantes. circo. E o curioso é que, impressionando os adultos,
D) Eu não sabia que os jornais mentiam tanto. impressiona também os meninos que talvez continuem os
E) A hipocrisia alimenta os que tramam em segrego. melhores juízes de circos de cavalinhos.

Um circo e um antipalhaço Audaciosa e triunfante essa recriação. Pois não há quem


saia do supercirco, juntando às suas impressões das
Em 1954, numa cidadezinha universitária dos Estados maravilhas de acrobacia, de trabalhos de domadores de
Unidos, vi “o maior circo do mundo”, que continua a ser o feras, de equilibristas, de bailarinas, de cantores, de
sucessor do velho Barnum & Bailey, velho conhecido dos cômicos, a impressão inesperada da tristeza desse
meus primeiros dias de estudante nos Estados Unidos. Vi antipalhaço que quase se limita a olhar para a multidão com
então, com olhos de adolescente ainda um tanto menino, os olhos mais magoados deste mundo.
maravilhas que só para os meninos têm plenitude de
encanto. Em 1954, revendo “o maior circo do mundo”, FREYRE, Gilberto. In: Pessoas, Coisas & Animais. São
Paulo: Círculo do Livro. Edição Especial para MPM Propaganda,
confesso que, diante de certas façanhas de acrobatas e
1979. p. 221-222. (Publicado originalmente em O
domadores, senti-me outra vez menino. Cruzeiro, Rio de Janeiro, seção Pessoas, coisas e animais,
em 8 jul. 1956). Adaptado.
O monstro – porque é um circo-monstro, que viaja em três
vastos trens – chegou de manhã a Charlottesville e partiu à
noite. Ao som das últimas palmas dos espectadores juntou- 16. A palavra monstro (início do 2º parágrafo) aplicada a
se o ruído metálico do desmonte da tenda capaz de abrigar circo deve-se ao fato de este
milhares de pessoas, acomodadas em cadeiras em forma de
x, quase iguais às dos teatros e que, como por mágica, A) possibilitar um deslocamento rápido.
foram se fechando e formando grupos exatos, tantas B) provocar som alto devido ao desmonte das
cadeiras em cada grupo logo transportadas para outros tendas.
vagões de um dos trens. E com as cadeiras, foram sendo C) ser capaz de preencher três vagões.
transportadas para outros vagões jaulas com tigres; e D) proporcionar o transporte das cadeiras
também girafas e elefantes que ainda há pouco pareciam misturadas aos animais.
enraizados ao solo como se estivessem num jardim E) ter possibilidade de se mudar até mesmo de
zoológico. A verdade é que quem demorasse uns minutos abrigar um zoológico.
mais a sair veria esta mágica também de circo: a do próprio
circo gigante desaparecer sob seus olhos, sob a forma de 17. Os trechos de “Em 1954 [...] menino” ( 1º parágrafo
pacotes prontos a seguirem de trem para a próxima cidade. inteiro) e “O gênio de organização [...] monumentais.”
(3º parágrafo inteiro) caracterizam-se, quanto ao tipo
O gênio de organização dos anglo-americanos é qualquer de texto predominante, por serem, respectivamente
coisa de assombrar um latino. Arma e desarma um circo
gigante como se armasse ou desarmasse um brinquedo de A) descrição e narração
criança. E o que o faz com os circos, faz com os edifícios, as B) narração e argumentação
pontes, as usinas, as fábricas: uma vez planejadas, erguem- C) narração e descrição
se em pouco tempo do solo e tomam como por mágica D) argumentação e descrição
relevos monumentais. E) argumentação e narração

Talvez a maior originalidade do circo esteja no seu palhaço 18. Pela leitura do segundo parágrafo, pode-se perceber
principal. Circo norte-americano? Pensa-se logo num que o material com que é basicamente feita a
palhaço para fazer rir meninos de dez anos e meninões de estrutura da tenda é
quarenta com suas piruetas e suas infantilidades.
A) metal
O desse circo – hoje o mais célebre dos palhaços de circo – é B) madeira
uma espécie de antipalhaço. Não ri nem sequer sorri. Não C) plástico
faz uma pirueta. Não dá um salto. Não escorrega uma única D) lona
vez. Não cai esparramado no chão como os clowns E) tijolo

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
14
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
PORTUGUÊS PARA CONCURSOS
| – Prof. Eli Castro
OS: 0017/10/17-Gil

19. Analise as afirmações abaixo sobre o desmonte do _______________________________________________


circo após o espetáculo. _________________________________________________
_________________________________________________
I– O circo era mágico, pois desaparecia literalmente _________________________________________________
num piscar de olhos. _________________________________________________
II – O desmonte do circo era tão organizado que _________________________________________________
parecia um truque de mágica. _________________________________________________
III – Apenas alguns minutos eram necessários para _________________________________________________
desmontar todo o circo. _________________________________________________
_________________________________________________
É correto APENAS o que se afirma em _________________________________________________
_________________________________________________
A) I _________________________________________________
B) II _________________________________________________
C) III _________________________________________________
D) I e III _________________________________________________
E) II e III _________________________________________________
_________________________________________________
20. A partir do conhecimento do que é um palhaço, infere- _________________________________________________
se que um antipalhaço age da seguinte maneira: _________________________________________________
_________________________________________________
A) ri e faz rir. _________________________________________________
B) expressa sua depressão. _________________________________________________
C) não tem talento para ser palhaço. _________________________________________________
D) expressa tristeza. _________________________________________________
E) nega-se a ser um palhaço. _________________________________________________
_________________________________________________
GABARITO _________________________________________________
01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 _________________________________________________
B C B D B C E E _________________________________________________
11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 _________________________________________________
E A B D C C B A B D _________________________________________________
_________________________________________________
_______________________________________________ _________________________________________________
_________________________________________________ _________________________________________________
_________________________________________________ _________________________________________________
_________________________________________________ _________________________________________________
_________________________________________________ _________________________________________________
_________________________________________________ _________________________________________________
_________________________________________________ _________________________________________________
_________________________________________________ _________________________________________________
_________________________________________________ _________________________________________________
_________________________________________________ _________________________________________________
_________________________________________________ _________________________________________________
_________________________________________________ _________________________________________________
_________________________________________________ _________________________________________________
_________________________________________________ _________________________________________________
_________________________________________________ _________________________________________________
_________________________________________________ _________________________________________________
_________________________________________________ _________________________________________________
_________________________________________________ _________________________________________________
_________________________________________________ _________________________________________________
_________________________________________________ _________________________________________________
_________________________________________________ _________________________________________________
_________________________________________________ _________________________________________________
_________________________________________________ _________________________________________________
_________________________________________________ _________________________________________________
_________________________________________________ _________________________________________________

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
15
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
PORTUGUÊS PARA CONCURSOS
| – Prof. Eli Castro
OS: 0183/9/17-Gil

CONCURSO: MAPEANDO O DETRAN

ASSUNTO: QUESTÕES DIVERSAS

A velhice na sociedade industrial

A sociedade rejeita o velho, não oferece nenhuma sobrevivência à sua obra, às coisas que ele realizou e que fizeram o
sentido de sua vida. Perdendo a força de trabalho, ele já não é produtor nem reprodutor. Se a posse e a propriedade
constituem, segundo Sartre, uma defesa contra o outro, o velho de uma classe favorecida defende-se pela acumulação de
bens. Suas propriedades o defendem da desvalorização de sua pessoa.
Nos cuidados com a criança, o adulto “investe” para o futuro, mas em relação ao velho age com duplicidade e má fé. A moral
oficial prega o respeito ao velho, mas quer convencê-lo a ceder seu lugar aos jovens, afastá-lo delicada, mas firmemente dos
postos de direção. Que ele nos poupe de seus conselhos e se resigne a um papel passivo. Veja-se no interior das famílias a
cumplicidade dos adultos em manejar os velhos, em imobilizá-los com cuidados “para o seu próprio bem”. Em privá-los da
liberdade de escolha, em torná-los cada vez mais dependentes, “administrando” sua aposentadoria, obrigando-os a sair do
seu canto, a mudar de casa (experiência terrível para o velho) e, por fim, submetendo-os à internação hospitalar. Se o idoso
não cede à persuasão, à mentira, não se hesitará em usar a força.
Quantos anciãos não pensam estar provisoriamente no asilo em que foram abandonados pelos seus? Quando se vive o
primado da mercadoria sobre o homem, a idade engendra desvalorização. A racionalização do trabalho, que exige cadências
cada vez mais rápidas, elimina da indústria os velhos operários. Nas épocas de desemprego, os velhos são especialmente
discriminados e obrigados a rebaixar sua exigência de salário e aceitar empreitas pesadas e nocivas à saúde. Como no interior
de certas famílias, aproveita-se deles o braço servil, mas não o conselho.

(Adaptado de Ecléa Bosi, Memória e sociedade)

01. A seguinte afirmação resume, conceitualmente, o argumento central do texto:

A) Que ele nos poupe de seus conselhos e se resigne a um papel passivo.


B) Suas propriedades o defendem da desvalorização de sua pessoa.
C) Quando se vive o primado da mercadoria sobre o homem, a idade engendra desvalorização.
D) Veja-se no interior das famílias a cumplicidade dos adultos em manejar os velhos, em imobilizá-los com cuidados
“para o seu próprio bem”.

02. Atente para as seguintes afirmações:

I. No primeiro parágrafo, ao empregar a expressão à sua obra, a autora está se referindo às propriedades
acumuladas pelo velho da classe mais favorecida.
II. No segundo parágrafo, o contexto permite entender que o termo “investe”, entre aspas, está empregado na
acepção que lhe conferem os economistas.
III. No terceiro parágrafo, a expressão racionalização do trabalho identifica o rigor com que se planeja e se
operacionaliza a produção industrial.

Em relação ao texto, está correto o que se afirma em:

A) I, II e III.
B) I e II, apenas.
C) I e III, apenas.
D) II e III, apenas.
CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
18
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
PORTUGUÊS PARA CONCURSOS
| – Prof. Eli Castro
OS: 0183/9/17-Gil

03. Depreende-se da leitura do texto que, na sociedade industrial, a sabedoria acumulada pelos velhos

A) vale apenas quando eles ainda mostram aptidão para trabalhar.


B) é menosprezada porque não se costuma considerá-la produtiva.
C) vale apenas quando eles assumem um papel passivo na família.
D) é bem acolhida somente quando eles pertencem à classe abastada.

04. A tipologia a que pertence, predominantemente, o texto lido é:

A) Narrativa
B) Dissertativa argumentativa
C) Dissertativa expositiva
D) Injuntiva

05. O item que traz vocábulo formado por derivação regressiva é:

A) A ROUPINHA
B) A FOTO
C) O DESALMADO
D) A SAÍDA

06. Em “Se a posse e a propriedade constituem, segundo Sartre, uma defesa contra o outro, o velho de uma classe
favorecida defende-se pela acumulação de bens”, as palavras destacadas introduzem, respectivamente, valores:

a) Condicional e conformativo
b) Temporal e causal
c) Causal e conformativo
d) Final e proporcional

07. Sobre a seguinte passagem “Suas propriedades o defendem da desvalorização de sua pessoa”, é correto afirmar que:

A) O verbo encontra-se conjugado no pretérito imperfeito do indicativo.


B) “Suas” e “sua” constituem exemplo de pronomes adjetivos.
C) “o” é, morfologicamente, pronome pessoal indefinido.
D) “desvalorização” é um vocábulo formado por derivação parassintética.

08. O uso das aspas em “para o seu próprio bem” e “administrando” tem a função de:

A) Dar ênfase à ideia argumentada.


B) Mostrar a citação literal das falas dos adultos.
C) Explicitar a verdade dos fatos.
D) Desconfiar do conteúdo que elas abrigam.

09. Em “A racionalização do trabalho, que exige cadências cada vez mais rápidas, elimina da indústria (...)”, marque o item
que apresenta “que” igualmente ao destacado no texto.

A) O que mais admiro em você é a sinceridade.


B) O homem percebe que pode ser enganado só depois da meia idade.
C) Esse menino estuda que estuda, vai passar!
D) Nós temos que resolver logo esse problema.

10. No fragmento: “A moral oficial prega o respeito ao velho, mas quer convencê-lo a ceder seu lugar aos jovens”, a palavra
destacada não pode ser substituída corretamente por:

A) embora
B) não obstante
C) todavia
D) em contrapartida

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
17
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
PORTUGUÊS PARA CONCURSOS
| – Prof. Eli Castro
OS: 0183/9/17-Gil

11. Pela mesma razão que “(...) imobilizá-los (...)” é acentuado graficamente, qual vocábulo a seguir também o é?
Esta figura de linguagem recebe o nome de:

A) próstata
B) intuí-lo
C) fê-lo
D) cajá

12. Observe as alternativas e assinale a que não contiver erro em relação à crase:

A) Rabiscava todos os seus textos à lápis para depois escrevê-los ao computador.


B) Sem dúvida que, com novos óculos, ele veria a distância do perigo, aquela hora do dia.
C) Referia-se com ternura aos meninos e às meninas e, com respeito, a várias pessoas menos íntimas.
D) Naquela velocidade, os carros só poderiam bater, pois não obedeceram as regras do trânsito.

13. Assinale a frase que pode ser completada por Há - a - à, nessa ordem:

A) ....... tempos não ....... via, mas sempre estive ....... espera de um encontro.
B) Aqui, ....... beira do rio, ....... muitos anos, existiu ....... casa-grande do engenho.
C) Em resposta ....... essa solicitação, só posso dizer que não ....... vaga ........ disposição.
D) ....... esperança de obtermos, ....... custa de muito empenho, ....... vaga de segurança.

14. Assinale a opção que apresenta ERRO de concordância verbal.

A) Os assuntos principais da reunião foi Fernando Pessoa.


B) Cem mil reais era pouco para ele.
C) Já são uma e meia da manhã.
D) Hoje são 20 de abril.

15. Em ‘“Na dúvida, procure um dermatologista ou alergista para ter certeza da substância que provoca a alergia.”’, o
verbo destacado encontra-se conjugado no

A) imperativo afirmativo.
B) presente do indicativo.
C) futuro do presente do indicativo.
D) presente do subjuntivo.

16. Em “Infelizmente todo movimento de massas provoca e abriga sem querer grupos violentos e anárquicos: que isso não
nos prejudique nem invalide nossas reivindicações”, a forma verbal destacada está conjugada no:

A) presente do subjuntivo.
B) presente do indicativo.
C) futuro do subjuntivo.
D) futuro do indicativo.
E) imperfeito do subjuntivo.

17. Em “É importante que os brasileiros percebam o impacto real do golpe”, a estrutura destacada é:

A) Uma oração subordinada objetiva direta.


B) Uma oração subordinada objetiva indireta.
C) Uma oração subordinada subjetiva.
D) Uma oração subordinada completiva nominal.

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
18
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220
PORTUGUÊS PARA CONCURSOS
| – Prof. Eli Castro
OS: 0183/9/17-Gil

18. Em “Nas épocas de desemprego, os velhos são especialmente discriminados (...)”, a vírgula foi utilizada para:

A) Separar termo essencial da oração.


B) Marcar adjunto adverbial antecipado.
C) Isolar aposto.
D) Isolar oração antecipada.

19. Em “Quantos anciãos não pensam estar provisoriamente no asilo em que foram abandonados pelos seus?”, a expressão
destacadas pode ser substituída por:

A) no qual
B) cujo
C) do qual
D) pelo qual

20. O único vocábulo que não é grafado com hífen encontra-se em:

A) Mal-educado.
B) Pré-candidato.
C) Auto-observação.
D) Semi-reta.
E) Vice-prefeito.

GABARITO
01 02 03 04 05 06 07 08 09 10
C D B B D C B D A A
11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
D C A C A C B A D

____________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________________

CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222
20
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220

Похожие интересы