Вы находитесь на странице: 1из 20
Custo de Fabricação É o valor dos insumos utilizados na fabricação dos produtos da empresa.

Custo de Fabricação

É o valor dos insumos utilizados na fabricação dos produtos da empresa.

Custos = MP + MOD + CIF

MP = matéria-prima

Relacionados aos principais integrantes do produto que podem ser separados em unidades físicas específicas.

MOD = mão-de-obra direta

Salários dos empregados diretamente envolvidos na confecção do produto.

CIF = custos indiretos de fabricação

Material de consumo, mão-de-obra indireta, depreciação, energia

do produto. CIF = custos indiretos de fabricação Material de consumo, mão-de-obra indireta, depreciação, energia
Custo Gerencial Custos = MP + MOD + CIF + despesas Os custos gerenciais englobam

Custo Gerencial

Custos = MP + MOD + CIF + despesas

Os custos gerenciais englobam os valores dos insumos (bens e serviços) utilizados pela empresa; Consideram explicitamente os valores das despesas, que podem ser administrativas, comerciais e financeiras; De forma simplificada, as despesas podem ser incorporadas aos CIF (custos indiretos de fabricação).

e financeiras; De forma simplificada, as despesas podem ser incorporadas aos CIF (custos indiretos de fabricação).
Classificação dos Custos Custos unitários e custos totais Custo unitário = custo total produção Custo

Classificação dos Custos

Custos unitários e custos totais

Custo unitário = custo total produção

Custo total = montante despendido no período para a fabricação de todos os produtos Custo unitário = custo de se fabricar uma unidade do produto

É o sistema de custos mais simples e consiste no rateio dos custos igualmente entre os produtos produzidos;

do produto É o sistema de custos mais simples e consiste no rateio dos custos igualmente
Classificação dos Custos pela Variabilidade Custos fixos Independem do nível de atividade da empresa no

Classificação dos Custos pela Variabilidade

Custos fixos

Independem do nível de atividade da empresa no curto prazo; Não variam com alterações nos volumes de produção, como os salários dos gerentes

Custos variáveis

Estão intimamente ligados com a produção, isto é, crescem com o nível de atividade da empresa; Englobam a matéria-prima e a mão-de-obra direta.

$

Custos variáveis Custos fixos
Custos variáveis Custos fixos
Custos variáveis Custos fixos
Custos variáveis Custos fixos
Custos variáveis Custos fixos
Custos variáveis Custos fixos
Custos variáveis Custos fixos
Custos variáveis Custos fixos
Custos variáveis Custos fixos
Custos variáveis Custos fixos
Custos variáveis Custos fixos
Custos variáveis Custos fixos
Custos variáveis Custos fixos

Custos variáveis Custos fixos

Custos variáveis Custos fixos
Custos variáveis Custos fixos
Custos variáveis Custos fixos
Custos variáveis Custos fixos
Custos variáveis Custos fixos
Custos variáveis Custos fixos
Custos variáveis Custos fixos
Custos variáveis Custos fixos
Custos variáveis Custos fixos
Custos variáveis Custos fixos
Custos variáveis Custos fixos
Custos variáveis Custos fixos
Custos variáveis Custos fixos
Custos variáveis Custos fixos
Custos variáveis Custos fixos
Custos variáveis Custos fixos

Volume de produção

da empresa; Englobam a matéria-prima e a mão-de-obra direta. $ Custos variáveis Custos fixos Volume de
Classificação pela Facilidade de Alocação Baseada na facilidade de identificação dos custos com os produtos,

Classificação pela Facilidade de Alocação

Baseada na facilidade de identificação dos custos com os produtos, processos, centro de trabalho, etc.

Custos diretos

São facilmente relacionados com as unidades de alocação de custos (produtos, processos, setores, clientes), etc; Englobam a matéria-prima e a mão-de-obra direta;

Custos indiretos

Não podem ser facilmente atribuídos às unidades produzidas, necessitando de métodos de alocação de custos para isso; Englobam mão-de-obra indireta, aluguéis. Etc.

produzidas, necessitando de métodos de alocação de custos para isso; Englobam mão-de-obra indireta, aluguéis. Etc.
Classificação pela Facilidade de Eliminação Custos fixos elimináveis Podem ser eliminados no curto prazo caso

Classificação pela Facilidade de Eliminação

Custos fixos elimináveis

Podem ser eliminados no curto prazo caso a empresa encerre temporariamente suas atividades; Englobam salários, aluguéis e energia elétrica;

Custos fixos não elimináveis

Não são passíveis de eliminação no curto prazo; Englobam a depreciação das instalações, impostos sobre a propriedade, etc;

Também pode ser feita considerando outras decisões, como a eliminação de uma linha de produtos!

a propriedade, etc; Também pode ser feita considerando outras decisões, como a eliminação de uma linha
Patrimônio Patrimônio é um conjunto de Bens, Direitos e Obrigações de uma pessoa, avaliado em

Patrimônio

Patrimônio é um conjunto de Bens, Direitos e Obrigações de uma pessoa, avaliado em moeda.

PATRIMÔNIO

e Obrigações de uma pessoa, avaliado em moeda. PATRIMÔNIO BENS DIREITOS OBRIGAÇÕES BENS: São coisas capazes
e Obrigações de uma pessoa, avaliado em moeda. PATRIMÔNIO BENS DIREITOS OBRIGAÇÕES BENS: São coisas capazes
e Obrigações de uma pessoa, avaliado em moeda. PATRIMÔNIO BENS DIREITOS OBRIGAÇÕES BENS: São coisas capazes

BENS

DIREITOS

OBRIGAÇÕES

BENS: São coisas capazes de satisfazer as necessidades humanas e suscetíveis à avaliação econômica; Os bens podem ser classificados quanto à finalidade e quanto à natureza.

e suscetíveis à avaliação econômica; Os bens podem ser classificados quanto à finalidade e quanto à
Classificação dos BENS Quanto à finalidade: Bens de Uso Bens de Troca Bens de Consumo

Classificação dos BENS

Quanto à finalidade:

Bens de Uso

Bens de Troca

Bens de Consumo

Balcão Prateleira Vitrine Emissora Fiscal Espelho

Calçados para venda Dinheiro

Papel para embalagem Material para limpeza Pó de café

Quanto à natureza:

Bens Materiais: possuem corpo, matéria. Dividem-se em bens móveis e bens imóveis; Bens Imateriais: não possuem corpo, matéria. Dividem-se em benfeitorias em bens de Terceiros e Gastos de Organização.

Bens Imateriais: não possuem corpo, matéria. Dividem-se em benfeitorias em bens de Terceiros e Gastos de
Direitos Constituem Direitos para a empresa todos os valores que ela tem a receber de

Direitos

Constituem Direitos para a empresa todos os valores que ela tem a receber de terceiros (clientes, inquilinos, etc.); São registrados com o nome do elemento representativo do respectivo Direito, seguido da expressão A RECEBER:

Elementos

Expressão

Duplicatas

a Receber

Promissórias

a Receber

Aluguéis

a Receber

A RECEBER: Elementos Expressão Duplicatas a Receber Promissórias a Receber Aluguéis a Receber
Obrigações Constituem Obrigações para a empresa todos os valores que ela tem a pagar para

Obrigações

Constituem Obrigações para a empresa todos os valores que ela tem a pagar para terceiros (fornecedores, proprietários de imóveis, empregados, Governo, bancos, etc.); São registradas com o nome do elemento representativo da respectiva Obrigação seguido da expressão A PAGAR:

Elementos

Expressão

Duplicatas

a Pagar

Promissórias

a Pagar

Aluguéis

a Pagar

Salários

a Pagar

Impostos

a Pagar

a Pagar Promissórias a Pagar Aluguéis a Pagar Salários a Pagar Impostos a Pagar
Representação Gráfica do Patrimônio Construindo o gráfico em forma de T: Patrimônio Patrimônio    

Representação Gráfica do Patrimônio

Construindo o gráfico em forma de T:

Patrimônio

Patrimônio

 
   

Bens

 

Direitos

Patrimônio

Patrimônio

 
 

Obrigações

Bens

Obrigações

Direitos

   
   
 
Inserindo novos elementos Nossos conhecidos elementos do Patrimônio Patrimônio ELEMENTOS POSITIVOS ELEMENTOS

Inserindo novos elementos

Nossos conhecidos elementos do Patrimônio

Patrimônio

ELEMENTOS POSITIVOS

ELEMENTOS NEGATIVOS

Bens Caixa (dinheiro) Estoque de Mercadorias Móveis e Utensílios Direitos Duplicatas a Receber Promissórias a Receber

Obrigações Duplicatas a Pagar Aluguéis a Pagar Impostos a Pagar Salários a Pagar

Novos termos

Patrimônio

ATIVO

PASSIVO

Bens Caixa (dinheiro) Estoque de Mercadorias Móveis e Utensílios Direitos Duplicatas a Receber Promissórias a Receber

Obrigações Duplicatas a Pagar Aluguéis a Pagar Impostos a Pagar Salários a Pagar

a Receber Promissórias a Receber Obrigações Duplicatas a Pagar Aluguéis a Pagar Impostos a Pagar Salários
Situações Líquidas Patrimoniais SITUAÇÃO LÍQUIDA PATRIMONIAL é a diferença entre o Ativo (Bens e Direitos)

Situações Líquidas Patrimoniais

SITUAÇÃO LÍQUIDA PATRIMONIAL é a diferença entre o Ativo (Bens e Direitos) e o Passivo (Obrigações).

Bens Caixa ……………………

$

30

Móveis ……………………$

50

Estoque de Mercadorias … $

20

Soma dos Bens …………

$

100

Direitos Duplicatas a Receber ……. $

40

Promissórias a Receber …. $

10

Soma dos Direitos ………. $

50

Soma total do Ativo ……

$

150

Obrigações Duplicatas a Pagar ………. $

35

Salários a Pagar …………. $

15

Impostos a Pagar …………$

30

Soma total do Passivo ……$

80

SITUAÇÃO LÍQUIDA

=

ATIVO - PASSIVO

Ativo ……………………

$

150

Passivo ……………………$

(80)

Diferença …………………$

70

$ 150 Passivo ……………………$ (80) Diferença …………………$ 70
Situações líquidas patrimoniais possíveis Ativo maior que Passivo: Situação Líquida Positiva; Situação

Situações líquidas patrimoniais possíveis

Ativo maior que Passivo:

Situação Líquida Positiva; Situação Líquida Ativa; Situação Líquida Superavitária.

Ativo menor que Passivo:

Situação Líquida Negativa; Situação Líquida Passiva; Situação Líquida Deficitária; Passivo a Descoberto.

Ativo igual ao Passivo:

Situação Líquida Nula; Situação Líquida Inexistente.

Passivo a Descoberto. Ativo igual ao Passivo: Situação Líquida Nula; Situação Líquida Inexistente.
Exemplo Represente graficamente e apure a Situação Líquida: Caixa …………………… $ 200 Móveis e

Exemplo

Represente graficamente e apure a Situação Líquida:

Caixa ……………………

$

200

Móveis e Utensílios ………$

300

Duplicatas a Pagar ………. $

170

Veículos …………………. $

30

Salários a Pagar …………. $

20

Duplicatas a Receber ……. $

70

Casos Particulares:

Ativo é igual à Situação Líquida: empresa em constituição; Passivo é igual à Situação Líquida: empresa em liquidação.

à Situação Líquida: empresa em constituição; Passivo é igual à Situação Líquida: empresa em liquidação.
Patrimônio Líquido Quarto elemento da demonstração contábil Balanço Patrimonial; Formado de 3 elementos: Capital:

Patrimônio Líquido

Quarto elemento da demonstração contábil Balanço Patrimonial; Formado de 3 elementos:

Capital: Constituídos pelos Ativos da empresa; Lucros ou Prejuízos Acumulados: resultado do exercício; Lucros: pode receber vários destinos: Governo (contribuição social e Imposto de Renda), proprietário (distribuição dos Lucros), utilizado para constituição de reservas ou simplesmente acumulado; Prejuízos: pode ser amortizado (pago pelo proprietário) ou acumulado, para amortização nos exercícios seguintes. Reservas: parte do lucro que é retida para investimentos futuros, normalmente utilizada para ampliação da empresa e abertura de filiais.

lucro que é retida para investimentos futuros, normalmente utilizada para ampliação da empresa e abertura de
Origens e Aplicações dos Recursos Observe o Balanço Patrimonial: Balanço Patrimonial da Empresa X  

Origens e Aplicações dos Recursos

Observe o Balanço Patrimonial:

Balanço Patrimonial da Empresa X

 

ATIVO

PASSIVO

Caixa ……………………. $ Estoque de Mercadorias … $

500

Fornecedores ……………. $ Capital ……………………$

350

200

800

Duplicatas a Receber ……. $ 50

 

Móveis e Utensílios ………$

100

Veículos …………………. $ TOTAL …………………. $

300

1.150

TOTAL …………………. $

1.150

Qual é o Capital Total da Empresa? Qual é o Capital Próprio? Qual é o Capital de Terceiros?

$ 1.150 Qual é o Capital Total da Empresa? Qual é o Capital Próprio? Qual é
Passivo: a origem dos recursos Balanço Patrimonial ATIVO PASSIVO Obrigações Patrimônio Líquido Obrigações: parte do

Passivo: a origem dos recursos

Balanço Patrimonial

ATIVO

PASSIVO

Obrigações Patrimônio Líquido

Obrigações: parte do Patrimônio que a empresa deve a Terceiros (Capital de Terceiros); Patrimônio Líquido: parte do Patrimônio que pertence ao proprietário da empresa (Capital Próprio).

de Terceiros); Patrimônio Líquido: parte do Patrimônio que pertence ao proprietário da empresa (Capital Próprio).
Ativo: aplicação dos recursos Balanço Patrimonial ATIVO PASSIVO Bens   Direitos O ativo mostra onde

Ativo: aplicação dos recursos

Balanço Patrimonial

ATIVO

PASSIVO

Bens

 

Direitos

O ativo mostra onde a empresa aplicou seus recursos; Lembrando, então:

Bens e Direitos = aplicação do Capital da empresa; Capitais Próprios = Patrimônio Líquido; Capitais de Terceiros = Obrigações.

aplicação do Capital da empresa; Capitais Próprios = Patrimônio Líquido; Capitais de Terceiros = Obrigações.