Вы находитесь на странице: 1из 44

FOCUS GROUP

Tratamento e Análise dos Resultados


Como podem ser tratados e analisados
os dados através das ferramentas de análise

Métodos e Técnicas de Pesquisa e Ação


Ergonomizadora - Profª Manuela Quaresma 1
- PUC-RIO/2015
Focus Group
Características

Estratégia de pesquisa muito usada pela


Sociologia a partir dos anos 80.

Objetivo da reunião do grupo de foco é coletar,


obter a opinião das pessoas envolvidas,
registrando cada ponto de vista individual sem
tecer julgamentos.
Métodos e Técnicas de Pesquisa e Ação
Ergonomizadora - Profª Manuela Quaresma 2
- PUC-RIO/2015
Focus Group
Características

• Durante a discussão informal estar atento


para dados fora do roteiro que apontem
quando for o caso para situações como:
- Oportunidades - Para um novo produto
- Problemas – Em relação a um produto já
existente.

Métodos e Técnicas de Pesquisa e Ação


Ergonomizadora - Profª Manuela Quaresma 3
- PUC-RIO/2015
Focus Group
Reuniões

• Roteiro do moderador com lista de assuntos:


• Participantes ( 6 a 12 ) perfis diversos.
• Trabalhar os registros escritos, filmados ou
gravados em áudio.
• Conjunto de assuntos , ou necessidade de
ouvir grupo grande de pessoas - programar
diversas reuniões de Focus Group

Métodos e Técnicas de Pesquisa e Ação


Ergonomizadora - Profª Manuela Quaresma 4
- PUC-RIO/2015
Registro de dados
Mais recomendado :
Uma ou mais filmagens de 2 até 4 hs de
duração, em cada sessão de focus group.
Reunião relativamente desestruturada com
liberdade e sem roteiro sobre o assunto,
mantida no foco pelo moderador.
Gama de opiniões, não consenso.
Cada ponto de vista é valorizado
Métodos e Técnicas de Pesquisa e Ação
Ergonomizadora - Profª Manuela Quaresma 5
- PUC-RIO/2015
Recomendações Gerais
Gates e MacDaniel e Gates ( 2003)

• Ao término de cada sessão :


- Escrever um resumo indicando a coisa mais
importante assimilada durante a reunião.
- Escrever as coisas não assimiladas mas que
precisam ser abordadas em futuras reuniões.
- Escrever sugestões de mudanças no guia de
discussão relativas a futuras reuniões que
resultem em uma maior contribuição.
Métodos e Técnicas de Pesquisa e Ação
Ergonomizadora - Profª Manuela Quaresma 6
- PUC-RIO/2015
Debrief
( Courage , 2005)

Dentro de 24 horas da sessão de grupo focal, recomendamos se reunir


com seu anotador para ter uma sessão de esclarecimento.
Reveja as questões colocadas e os pontos-chave da sessão.
Identificar descobertas inesperadas.
O que cada observador identificou e como ponto chave da sessão?
Tendências que puderam ser identificadas neste momento?
Enquanto tudo ainda está fresco em sua mente, anote e preencha os
pontos que precisam ser esclarecidos.
Você também deve decidir se outra sessão é necessária, com o mesmo
tipo de usuário.
Em caso afirmativo, determinar se você gostaria de alterar as
perguntas com base no que o seu aprendeu na sessão anterior.

Métodos e Técnicas de Pesquisa e Ação


Ergonomizadora - Profª Manuela Quaresma 7
- PUC-RIO/2015
Observações

• Para terem validade científica, as evidências


coletadas devem ser documentadas através
de fotos, apontamentos, relatórios entre
outros (FABRÍCIO,2005- USP).

Métodos e Técnicas de Pesquisa e Ação


Ergonomizadora - Profª Manuela Quaresma 8
- PUC-RIO/2015
Análise dos dados em Focus Group
(COSTA,2011)
• Análise de Conteúdo -É um conjunto de técnicas de
análise das comunicações visando obter, indicadores
que permitem a inferência de conhecimentos relativos
às condições de produção/recepção (variáveis
inferidas) destas mensagem ( Bardin, 1979).
• Inferência – operação pela qual se aceita uma
proposição em virtude de sua relação com outras
proposições já aceitas como verdadeiras
(Minayo,2012).
• “ O analista é como um arqueólogo”(Bardin,1979)-
trabalha com vestígios que se manifestam na superfície
da mensagem.

Métodos e Técnicas de Pesquisa e Ação


Ergonomizadora - Profª Manuela Quaresma 9
- PUC-RIO/2015
Análise de dados :
Moderador papel essencial
• Informações sobre:
• Expressões faciais
• Gestos
• Tons de voz
• Silêncios
• Contexto em que as opiniões foram inseridas
A informação é qualitativa e contextual, o foco da
análise depende do propósito do grupo. Em alguns
casos o que importa pode ser o modelo mental e
em outros a experiência dos participante.
Métodos e Técnicas de Pesquisa e Ação
Ergonomizadora - Profª Manuela Quaresma 10
- PUC-RIO/2015
Coletas de Dados e Extração de Tendências
( Processos de análise de dados)

• A análise detalhada não é muito fácil pela natureza


desestruturada dos grupos de foco e consome
tempo.
• Citações selecionadas ilustram a redação do
moderador sobre o sentimento prevalecente no
grupo - Nielsen (1993).
• Análise de temas repetidos.
• Resultados não devem ser generalizados ou
projetados para uma população inteira.
• Confiabilidade dos dados.
Métodos e Técnicas de Pesquisa e Ação
Ergonomizadora - Profª Manuela Quaresma 11
- PUC-RIO/2015
Ao iniciar o Tratamento
e Análise de dados
Organizar e priorizar para extrair as tendências.

• Transcrições
• Citações
• Opiniões do observador
• Modelos
• Vídeos

Métodos e Técnicas de Pesquisa e Ação


Ergonomizadora - Profª Manuela Quaresma 12
- PUC-RIO/2015
Recomendações para
dados em anotações
Brinck,Gergle e Wood (2002)
• No grupo de foco pode se querer numerar cada
participante num mapa de assentos, e numerar
cada comentário de acordo com o assento.
• Marcar todas as páginas das anotações com o
nome do entrevistado, moderador, observadores,
a data da reunião e qualquer outro contexto que
ajude a lembrar da situação ( exemplo :
localização, assento, código do entrevistado).
• Escrever as falas reproduzidas com aspas simples
e os tópicos de conversação geral e opiniões sem
qualquer marca especial.
Métodos e Técnicas de Pesquisa e Ação
Ergonomizadora - Profª Manuela Quaresma 13
- PUC-RIO/2015
Recomendações para
dados em anotações
Brinck,Gergle e Wood (2002)
• Caso surjam ideias de design que sejam derivadas
da conversação, mas que não foram
explicitamente discutidas, deve-se colocá-las
entre colchetes.
• Deve-se assinalar um (*) depois de cada aspecto
importante para ter certeza de não perdê-lo na
análise.
• Datilografar as anotações tão cedo quanto
possível depois da entrevista, de maneira que
seja lembrado o maior número de dados.
Métodos e Técnicas de Pesquisa e Ação
Ergonomizadora - Profª Manuela Quaresma 14
- PUC-RIO/2015
Registros em anotações
(Courage, 2005)

• Você também pode achar útil para desenvolver um


sistema de codificação para você analisar os dados e
identificar tendências em grupos de foco
- Por exemplo, você pode querer para codificar cada
vez que um participante menciona uma lacuna do seu
produto atual como "negativo“ e cada declaração
positiva como "positivo". Isso fará com que seja mais
fácil para rapidamente.

Métodos e Técnicas de Pesquisa e Ação


Ergonomizadora - Profª Manuela Quaresma 15
- PUC-RIO/2015
Registros em anotações
(Courage, 2005)

Existem várias fontes de informação para coletar:


- Notas tomadas pelo anotador
- Anotações feitas por observadores
(que podem ter diferentes percepções sobre os
participantes).
- Comentários
- Notas tiradas durante a sessão de esclarecimento

Métodos e Técnicas de Pesquisa e Ação


Ergonomizadora - Profª Manuela Quaresma 16
- PUC-RIO/2015
Recomendações para
transcrever entrevistas gravadas
Teixeira (2003)
• Identificar a fala do moderador de forma a
diferenciá-la dos demais participantes, com o
auxílio de uma tipografia ou estilo
diferenciado.
• Usar sempre a mesma padronização ( espaços,
numeração de páginas e cabeçalho).
• Não digitar as pausas verbais “umms” e “ahs”.

Métodos e Técnicas de Pesquisa e Ação


Ergonomizadora - Profª Manuela Quaresma 17
- PUC-RIO/2015
Recomendações para
transcrever entrevistas gravadas
Teixeira (2003)
• Anotar qualquer ruído que possa ser útil a
análise.
• Utilizar equipamentos de boa qualidade para
as gravações.
• Digitar todos os comentários sem alterar as
palavras, sem corrigir erros gramaticais e, “...”
quando não compreender

Métodos e Técnicas de Pesquisa e Ação


Ergonomizadora - Profª Manuela Quaresma 18
- PUC-RIO/2015
Apresentação dos resultados- Relatórios

Edmunds (1999) - Relatório final resume


observações qualitativas dos grupos contendo:
• Semelhanças e diferenças entre os grupos.
• Associa os resultados ao objetivo geral de
pesquisa do estudo.
• Giovinazzo(2001) – Relatório eficaz de uma
sessão deve capturar toda a gama de impressões
e observações de cada tópico e interpretar, sob a
luz das possíveis hipóteses a serem testadas
depois.
Métodos e Técnicas de Pesquisa e Ação
Ergonomizadora - Profª Manuela Quaresma 19
- PUC-RIO/2015
Apresentação dos resultados-Relatórios

• Giovinazzo (2001) –Quando se relata um


comentário, não é suficiente apenas repetir o que
foi dito, mas colocá-lo dentro do contexto, para
que suas implicações fiquem mais evidentes.
• Giovinazzo (2001) – O relatório é composto
normalmente por um conjuntos de citações,
resumo de discussões, tabelas e mapas ou
esquemas que contêm informações básicas
obtidas em cada um dos grandes tópicos de
discussão.
Métodos e Técnicas de Pesquisa e Ação
Ergonomizadora - Profª Manuela Quaresma 20
- PUC-RIO/2015
Apresentação dos resultados-Relatórios

• Teixeira ( 2004 )- Em alguns casos o conteúdo


das mensagens pode ser abreviado no
relatório, porém deve-se capturar a ideia, sem
alterar as palavras utilizadas pelo colaborador.

Métodos e Técnicas de Pesquisa e Ação


Ergonomizadora - Profª Manuela Quaresma 21
- PUC-RIO/2015
Técnicas para o redator dos Relatórios
Teixeira ( 2004)

1- Juntar respostas semelhantes em grupos


específicos( ex: por região, por idade...).
2- Identificar comentários mencionados com
certa frequência.
3- Apresentar mensagens com ideias contrárias,
explicitadas verbalmente ou por algum sinal
corporal de um participante.
4- Avaliar os rankings que tenham ocorrido
durante o projeto.
Métodos e Técnicas de Pesquisa e Ação
Ergonomizadora - Profª Manuela Quaresma 22
- PUC-RIO/2015
Imparcialidade
Kuniasvsky (2003)

• A chave para ter uma análise boa e confiável é


a imparcialidade - criar a distância entre o
analista e o produto.
• Importante !
- Não deixar que as expectativas, esperanças ou
conclusões durante a condução do grupo afetem
a sua percepção sobre os pronunciamentos e
comportamentos dos participantes.
Métodos e Técnicas de Pesquisa e Ação
Ergonomizadora - Profª Manuela Quaresma 23
- PUC-RIO/2015
Tipos - Resultados
Focus Group
• Grupos focais formados para aplicação de ferramentas
de brainstorming baseadas no computador.

• Grupos Telefocus - grupos focais menores (ou seja,


cinco ou menos participantes) pode ser realizada
através da telefone. Este é mais conveniente para os
participantes e você pode recrutar pessoas de fora de
sua região geográfica. Você também pode economizar
dinheiro. Existem várias desvantagens para essa
modificação. Esforço mínimo.

Métodos e Técnicas de Pesquisa e Ação


Ergonomizadora - Profª Manuela Quaresma 24
- PUC-RIO/2015
Tipos - Resultados
Focus Group
• Day in the life - Apresentado um vídeo criado sobre o produto ou
protótipo e recolhe impressões dos participantes- ( ex: quando a utilização
do produto requer a formação específica, envolve questões de segurança
ou é financeiramente inviável). Usuário compartilha a visão de resultado
desejado.

• Interativos Focus Group –apresenta um protótipo para os participantes e


recebe feedback deles. Uma vez que o protótipo é atualizado para refletir
o feedback dos usuários, o mesmos participantes são chamados de volta a
participar de um segundo grupo de foco. o novo protótipo é apresentado
e feedback adicional é coletado.

Métodos e Técnicas de Pesquisa e Ação


Ergonomizadora - Profª Manuela Quaresma 25
- PUC-RIO/2015
Grupos focais com base em tarefas
Os participantes são apresentados a uma tarefa
(ou cenário) e com um protótipo ou produto
real.
Vários participantes podem estar trabalhando
na mesma sala, ao mesmo tempo, mas a tarefa
é realizada individualmente.
Se o seu produto é um software ou uma
aplicação web, isso irá, obviamente, exigir vários
computadores.

Métodos e Técnicas de Pesquisa e Ação


Ergonomizadora - Profª Manuela Quaresma 26
- PUC-RIO/2015
Grupos Focais com base em tarefas

• Grupos focais similares têm sido realizados


para manuais do proprietário do carro, manuais de
eletrodomésticos, e contas de telefone (Dumas &,
Avermelhado 1999). Tenha em mente, porém, que
um grupo de foco não é um substituto para um
teste de usabilidade.
• Um excelente exemplo desta metodologia começou
com grupos focais fotografando participantes com
aparelhos de telefone para avaliar estilos emocionais
(Dolan, Wiklund, Logan, & Augaitis 1995).
Métodos e Técnicas de Pesquisa e Ação
Ergonomizadora - Profª Manuela Quaresma 27
- PUC-RIO/2015
Grupos focais com base em tarefas
• Os participantes classificaram e ordenaram seis aparelhos
projetados de acordo com vários atributos ergonômicos e
emocionais (depois de ter experiência com cada um).
• Finalmente, os participantes criticaram os projetos de
aparelhos de acordo com a preferência pessoal, e cada
participante construiu um modelo de argila de sua / seu
aparelho ideal.
• Ao expor os participantes a uma ampla gama de
experiências com a área potencial do produto ou domínio,
os participantes não precisaram "imaginar" o que seria um
produto e como seria. Eles puderam discutir suas
experiências reais.

Métodos e Técnicas de Pesquisa e Ação


Ergonomizadora - Profª Manuela Quaresma 28
- PUC-RIO/2015
Comunicar as descobertas
Resultados Obtidos
Recomendamos quando for apresentar para
equipe de produto
- Fazer a priorização das suas conclusões.
- Criar uma apresentação eficaz.
- Escrever relatórios valiosos para diferentes
públicos.
- Garanta a incorporação de seus resultados.

Métodos e Técnicas de Pesquisa e Ação


Ergonomizadora - Profª Manuela Quaresma 29
- PUC-RIO/2015
Apresentando os Resultados obtidos
• Dependendo da complexidade dos dados que
você coletou, você pode criar:
• Lista simplificada de informações do que foi
levantado durante o grupo focal.
• Tabela comparando respostas entre dois ou
mais tipos de usuários.
• Parágrafo de resumo para cada um dos
perguntas que feita aos usuários nas reuniões.
Métodos e Técnicas de Pesquisa e Ação
Ergonomizadora - Profª Manuela Quaresma 30
- PUC-RIO/2015
Comunicar suas descobertas
(envolver os stakeholders )

Alguns elementos de como você se comunica os


resultados independem do método, porque estas
estratégias são comuns a todas as atividades

- Priorização das suas conclusões.


- Criar uma apresentação eficaz.
- Escrevendo relatórios valiosos para diferentes
públicos.
- Garantir a incorporação de seus resultados.
Métodos e Técnicas de Pesquisa e Ação
Ergonomizadora - Profª Manuela Quaresma 31
- PUC-RIO/2015
Priorizar Resultados
• The degree to which the finding (issue/requirement) is widespread or pervasive:
• None A great deal
• 1234567
• The requirement requires more research or a major restructuring (information
• architecture, hardware, system architecture):
• None A great deal
• 1234567
• The product development team has adequate resources to include the
• requirement:
• A great deal None
• 1234567
• The key corporate stakeholders are interested in including the requirement:
• Extremely Not at all
• 1234567
• The key product management stakeholders are interested in including the
• requirement:
• Extremely Not at all
• 1234567
• The key marketing stakeholders are interested in including the requirement:

Métodos e Técnicas de Pesquisa e Ação


Ergonomizadora - Profª Manuela Quaresma 32
- PUC-RIO/2015
Perguntas para ajudar com a priorização
(McQuaid 2002)

1.O grau em que o achado (emissão / exigência) é


generalizada ou difusa:
2.A exigência requer mais investigação ou de uma
reestruturação importante (informaçõesarquitetura,
hardware, a arquitetura do sistema):
3.A equipe de desenvolvimento do produto tem recursos
suficientes para incluir o exigência:
4.Os interessados corporativos chave está interessado em
incluir a exigência:
5.As principais partes interessadas de gestão de produtos
está interessado em incluir o exigência:
6. Os atores-chave de marketing está interessado em
incluir a exigência:
Métodos e Técnicas de Pesquisa e Ação
Ergonomizadora - Profª Manuela Quaresma 33
- PUC-RIO/2015
Resultados obtidos
(Courage, 2005)

• Apresentando suas descobertas:


Agora que você tenha coletado os dados e analisou-lo, você
precisa mostrar os resultados para todas as partes
interessadas. Esta apresentação, muitas vezes pode
ocorrer antes do priorização

• Com seus resultados de priorização a equipe de


desenvolvedores poderá identificar o custo associado com
a implementação de cada mudança. Como os
desenvolvedores têm substancial técnico experiência com
seus produtos, eles geralmente são capazes de fazer essa
avaliação de forma rápida.

Métodos e Técnicas de Pesquisa e Ação


Ergonomizadora - Profª Manuela Quaresma 34
- PUC-RIO/2015
Questões desenvolvidas pelo Projeto MAYA
(McQuaid 2002)

• As perguntas do questionário anterior foram projetadas para


ajudar a equipe de desenvolvimento a determinar custo).

Calcular a média dos ratings que cada interessado dá a essas perguntas


para chegar a uma score custo total para cada usabilidade achado /
recomendação. Quanto mais próximo da média pontuação é a 7, maior
o custo para essa exigência a ser implementado. Baseado em a
atribuição de "custo" para cada item na lista e que a prioridade
usabilidade você tem fornecida, você pode determinar a prioridade
final cada achado do grupo de foco.
A idéia é construir uma relação de eixo x representando a importância
da conclusão da usabilidade e a perspectiva (elevado, médio, baixo),
enquanto o eixo dos y representa a dificuldade.

Métodos e Técnicas de Pesquisa e Ação


Ergonomizadora - Profª Manuela Quaresma 35
- PUC-RIO/2015
Diagrama de afinidades
Um antropólogo japonês, Jiro Kawakita, desenvolveu um método de síntese
de grande quantidades de dados em partes gerenciáveis ​baseados em temas
que emergem da os dados em si. É conhecido como o "método KJ", seguindo
o costume japonês de colocação
Um diagrama de afinidade é provavelmente o mais método útil para a análise
de dados qualitativos, incluindo as respostas dos participantes.

Métodos e Técnicas de Pesquisa e Ação


Ergonomizadora - Profª Manuela Quaresma 36
- PUC-RIO/2015
Sistemas de análise de dados
Courage ( 2005)
• Várias ferramentas estão disponíveis para compra para ajudá-lo a
analisar os dados qualitativos (por exemplo,entrevistas, grupos
focais, notas de estudo de campo). Elas procuram por padrões ou
tendências em seu dados. Alguns sistemas permitem que você criar
categorias e, em seguida, procurar dados que correspondam à
essas categorias. Alguns podem ainda pesquisar arquivos
multimídia (eg, gráficos, vídeo, áudio).

Geralmente essas ferramentas são utilizadas quando você tem dados


complexos (ou seja, entrevistas não estruturadas) e lotes do mesmo.
Se você tem um pequeno número de pontos de dados e / ou os
resultados são de um entrevista muito bem estruturada, essas
ferramentas são desnecessárias.

Métodos e Técnicas de Pesquisa e Ação


Ergonomizadora - Profª Manuela Quaresma 37
- PUC-RIO/2015
Sistemas de análise de dados
(Courage, 2005)

• Antes de comprar verifique a complexidade e


características - muitos produtos tem limitações
e restrições quanto ao número de transcrições,
ou por documentos e não são práticos e de fácil
• Além disso, um programa pode analisar o
conteúdo do texto, mas não. Isto significa que ele
pode analisar um grupo palavras idênticas. Ele
não é inteligente o suficiente para categorizar
semelhante ou afinidade de conceitos. Esse
trabalho será seu.

Métodos e Técnicas de Pesquisa e Ação


Ergonomizadora - Profª Manuela Quaresma 38
- PUC-RIO/2015
Sistemas de análise de dados
Abaixo está uma lista de algumas das ferramentas mais
populares no mercado hoje. ( Courage, 2005)

• NVivoTM e N6TM por QSR são as últimas encarnações de NUD * ISTTM


(nonnumerical Unstructured Data-indexação, procura e teorização).Líder
em ferramenta de análise de conteúdo. . Você pode aprender mais sobre
NVivo e N6 em
www.qsr.com.au/products/productoverview/product_overview.htm.

• QualrusTM por Idea Works tem vários recursos interessantes, incluindo


multimídia completosuporte (texto, gráficos, vídeo e áudio). Para obter
mais informações, www.qualrus.com/Qualrus.shtml.

• O Ethnograph pelo Qualis Research Associates analisa dados de baseado


em texto
documentos. Para obter mais informações, consulte
www.qualisresearch.com.

Métodos e Técnicas de Pesquisa e Ação


Ergonomizadora - Profª Manuela Quaresma 39
- PUC-RIO/2015
Sistemas de análise de dados
(Courage, 2005)
• Atlas.ti® suporta a análise qualitativa de grandes quantidades de textual,
gráfica,de áudio, de vídeo e de dados. Para obter mais informações,
consulte www.atlasti.de/features.shtml

• HyperQual3 para Macintosh é uma ferramenta para armazenar, gerenciar,


organizar e análise de dados de texto qualitativas. Para obter mais
informações, consulte home.satx.rr.com.hyperqual.

• TextSmartTM é o módulo do SPSS para a codificação e análise de pesquisa


open-ended perguntas, mas poderia ser usado para analisar dados de
entrevistas. Para maiores informações,veja
www.spss.com/spssbi/textsmart/index.htm
• .

Métodos e Técnicas de Pesquisa e Ação


Ergonomizadora - Profª Manuela Quaresma 40
- PUC-RIO/2015
Análise Qualitativa
(produtos – oportunidades e ameaças - forças e fraquezas)
UFMG – Revista de saúde - 2010

Métodos e Técnicas de Pesquisa e Ação


Ergonomizadora - Profª Manuela Quaresma 41
- PUC-RIO/2015
Análise quantitativa
Kyniavsky (2003)

• Além do número da amostra ser insuficiente


quando se analisam os dados do grupo de foco
há um viés em potencial que deve ser levado em
conta e explicitado: o processo de recrutamento,
a redação das questões, o pensamento do grupo
e as experiências pessoais do moderador e do
analista que podem afetar as respostas.
• Resultados numéricos podem ser comparados
entre si , mas deve considerar que não são
representativos da sua população de usuários.
Métodos e Técnicas de Pesquisa e Ação
Ergonomizadora - Profª Manuela Quaresma 42
- PUC-RIO/2015
Analisando Dados Quantitativos
(Courage, 2005)

. Você pode coletar quantitativa, bem como qualitativa dados durante um


grupo de foco. Se você preparou uma planilha com antecedência, você pode
rapidamente a introdução dos dados de suas perguntas quantitativas
.
. Estatísticas complicados são não apropriado com uma amostra tão pequena.

. Com um pequeno número de usuários, tudo que você pode demonstrar é a


resposta média, e talvez a frequência de resposta. e as respostas mínimas e
máximas.
. Você deve ser muito cauteloso sobre fazer muito fora do quantitativo
dados a partir de um grupo de foco. Se oito em cada dez participantes
disseram que vão comprar um produto, não é a mesmo que ter 80% dos 100
participantes dizeram a mesma coisa.

Métodos e Técnicas de Pesquisa e Ação


Ergonomizadora - Profª Manuela Quaresma 43
- PUC-RIO/2015
Bibliografia
• COSTA, M.A.; COSTA, M.F.B .Projeto de Pesquisa:entenda
e faça: Vozes,2001
• Courage, C., & Baxter, K. Understanding your users: a
practical guide to user research methods, tools and
techniques. Morgan Kaufmann, San Francisco,2005.
• CYBIS, W.;ADRIANA,B.;FAUST,R. Ergonomia e Usabilidade;
conhecimentos, métodos e aplicações. 2 ed.
Novatec,2010.
• MINAYO,M.C.S (Org.) Pesquisa Social: Teoria método e
criatividade, 31ªed.; Vozes, 2012.
• MORAES,A.; SANTA ROSA,J.G.; Avaliação e Projeto no
Design de Interfaces.1.ed.2AB,2008.

Métodos e Técnicas de Pesquisa e Ação


Ergonomizadora - Profª Manuela Quaresma 44
- PUC-RIO/2015