Вы находитесь на странице: 1из 9

3ª Filosofia Antiga (Pensadores antigos)

Questão (1) - A filosofia se constitui, a partir das concepções de Sócrates, Platão e


Aristóteles, como o pensamento que investiga:

a) A questão da dívida externa.


b) A questão dos números na matemática.
c) O mercado de trabalho.
d) As questões relacionadas ao ser humano e ao cosmo.

Questão (2) - Dos séculos VII a III a.C. ocorreu o nascimento da Filosofia na Grécia.
Os primeiros filósofos eram chamados de naturalistas por buscarem respostas as nossas
dúvidas na natureza. Alguns filósofos se destacaram por apontar uma única substância
como princípio fundamental, ou elemento fundamental para explicar o mundo. Relacione
os filósofos abaixo aos elementos que eles apontaram como princípio fundante:

I - Tales de Mileto (624-546 a.C.)


II - Anaxímenes (585-528 a.C.)
III - Heráclito (570-490 a.C.)
IV - Empédocles (492-432 a.C.)

( ) Fogo
( ) Ar
( ) Água
( ) Terra

A ORDEM SEQÜENCIAL da resposta é:

a) I, II, III e IV c) III, II, I e IV


b) I, IV, III e II d) III, I, II e VI

1
Questão (3) - O criador do método de aprendizagem chamado de maiêutica (ou parto
das idéias) dizia ser necessário assumir que o conhecer é uma constante construção de
idéias. Ele viveu por volta do ano 400 a.C. Ele foi condenado à morte por envenenamento
com cicuta. É dele a famosa frase SÓ SEI QUE NADA SEI. Qual o nome deste filósofo?

a) Platão
b) Sócrates
c) Aristóteles
d) Paulo Coelho

Questão (4) - Apesar de não acreditar que sejamos capazes de encontrar, um famoso
filósofo grego afirmava que a verdade nasce quando o pensador se dá conta, em suas
viagens investigatórias, de que todo saber que pensava possuir não tem qualquer
verdade. Assim, ele descobre a mais verdadeira verdade, o saber que nada sabe. Este
pensador criou método de aprendizagem chamado de maiêutica (ou parto das idéias). Ele
dizia ser necessário assumir que o conhecer é uma constante construção de idéias. Viveu
por volta do ano 400 a.C., e foi condenado à morte por envenenamento com cicuta. Sua
mais famosa frase, SÓ SEI QUE NADA SEI, garante-lhe um lugar na calçada dos maiores
pensadores do mundo,. Qual o nome deste filósofo?

a) Platão
b) René Descartes
c) Sócrates
d) Paulo Coelho

Questão (05) - Através do Mito da Caverna, Platão faz analogia do mundo das idéias,
considerado por ele como o mundo perfeito e de verdades absoluto, com o mundo físico
para exemplificar:

a) Que os homens vivem fundamentados sobre falsas impressões do mundo.


b)A beleza da natureza, como o sol, etc...
c)A angustia do homem diante da questões sociais
d)Que o mundo não tem problemas socioeconômicos.

2
Questão (06) - Questão 06-. A vida pode ser comparada a uma ampulheta que se esvazia
vagarosamente até findar com o conteúdo nela colocado; ou ainda com um relógio de ponteiros,
onde o ponteiro de segundos pode ser comparado com os passos da morte que se aproxima.
Julgue os itens em ( C ) ou (E):

a) ( E ) O texto refere-se ao Apeíron de Anaxágoras.


b) ( E ) O texto refere-se aos Números de Pitágoras.
c) ( C ) O texto refere-se ao vir–a-ser de Heráclito.
d) ( E) O texto refere-se ao Ser de Parmênides.

Questão (07) - Demócrito é o último filósofo da natureza. Ele imaginou a constituição das
coisas como um objeto chamado Átomo. Esta partícula constituía a base de qualquer
objeto. Das características abaixo, somente uma não se refere ao átomo. Assinale-a:

a) Era uma partícula indivisível, minúscula, eterna e imutável.


b) Era resistente e eterno.
c) Ele possuía formato esferóide e não podia ser reaproveitado, visto que não era
divisível.
d) Ele era uma partícula indivisível e minúscula, mas por não ser resistente, não era
eterna.

Questão (08) - Platão era um dos filósofos antropologistas e discípulo de Sócrates. Suas
idéias revolucionaram o pensamento de Sócrates, pois ele defendia não mais o diálogo
como princípio gerador de conhecimento verdadeiro, mas a dialética. Para Platão, a
existência de um ser ocorre em duas dimensões. Esse tipo de consideração foi assumido
pelo Ocidente e pregado com profundo moralismo pelo Cristianismo. Quanto ao
pensamento de Platão, dos itens abaixo, somente um é verdadeiro, assinale-o:

a) Apesar de o homem possuir um corpo e uma alma imortal, Platão defendia a idéia de
que não há dualidade humana.
b) Ele dizia que a alma já existia antes de vir habitar nosso corpo (ela ficava no
mundo das idéias) e que quando passava a habitá-lo, esquecia-se das idéias
perfeitas.
c) Ele pensava que a alma não desejava se libertar do corpo e isso propiciava um
anseio, uma saudade, que chamou de Eros (amor).

3
d) Ele não acreditava na dualidade. O ser humano era indivisível, um só ser que não se
separava.

Questão (09) - Buscando autonomia para o seu conhecimento, Platão procurou outros
caminhos diferentemente de seu mestre, Sócrates. Ele era um filósofo preocupado em
afirmar categoricamente o mundo das idéias enquanto única forma evidencialmente
eterna da verdade, o que o fez um pensador Idealista. As alternativas abaixo comentam
sobre Platão. Assinale a única alternativa falsa em relação ao pensamento de Platão.

a) Apesar de nos encontrarmos numa caverna, e sabermos da possibilidade de


encontrarmos a verdade, jamais conseguiremos visto que somos humanos e,
com a morte, tanto o ser humano quanto suas idéias acabam.
b) O projeto filosófico de Platão é baseado no seu interesse pelo que é eterno e imutável
tanto no que se refere à natureza, quanto à moral e à sociedade.
c) Platão acreditava numa realidade autônoma por trás do mundo dos sentidos a qual
denominou de mundo das idéias que, a seu ver, continha as coisas primordiais e
imagens padrão referentes a tudo existente.
d) O que se percebe e o que se sentem nos dão opiniões incertas e só é possível possuir
conhecimento seguro sobre algo através da razão.

Questão (10) - Aristóteles, fundador das escolas chamadas de Liceu, era discípulo de
Platão. Voltado para idéias racionalistas, ele é considerado o Pai das Ciências, pois em
suas reflexões filosóficas considerou as leis da natureza. Considere o Pensamento de
Aristóteles para julgar os itens abaixo e assinalar a única alternativa falsa:

a) Ele não queria saber apenas o porquê das coisas, mas também a intenção, o
propósito e a finalidade que estavam por trás delas.
b) Acreditava que na natureza não havia qualquer relação de causa e efeito.
Também não acreditava na causa da finalidade, ou seja, Aristóteles não levava
em conta as leis da natureza em suas reflexões filosóficas.
c) Para ele, ao reconhecermos as coisas, as ordenamos em diferentes categorias, onde
tudo na natureza pertence a grupos e subgrupos.
d) Ele fundou a ciência da lógica.

4
Questão (11) - Tendo como fundamento as concepções de Sócrates, Platão e Aristóteles,
podemos dizer que a filosofia constitui o pensamento que investiga:

a) A questão da dívida externa.


b) As questões relacionadas ao ser humano e ao cosmo.
c) A questão dos números na matemática.
d) O mercado de trabalho.

Questão (12) – Na Grécia, as coisas funcionavam a partir da idéia de movimento. Elas se


moviam, tornavam algo e deixavam de sê-lo, eram um constante e perpétuo vir-a-ser. Por
isso, não havia problemas com relação à não-existência. As coisas aí são variáveis. O
está aí está em permanente possibilidade de existência. Dentre os vários pensadores
gregos, destacamos Sócrates. Apesar de não acreditar que sejamos capazes de
encontrá-la, Sócrates afirmava que a verdade nasce quando o pensador se dá conta, em
suas viagens investigatórias, de que todo saber que pensava possuir não tem qualquer
verdade. Assim, ele descobre a mais verdadeira verdade, o saber que nada sabe. Ele
criou ainda um método de aprendizagem chamado de maiêutica (parto das idéias), e dizia
ser necessário assumir que o conhecer é uma constante construção de idéias. Viveu por
volta do ano 400 a.C., e foi condenado à morte por envenenamento com cicuta. Sua
dedicação marcante sobre o conhecimento garante-lhe um lugar na calçada dos maiores
pensadores do mundo. As alternativas abaixo fazem vários comentários sobre Sócrates, e
somente uma é falsa. Assinale-a:

a) Sócrates foi contemporâneo dos sofistas, mas diferia dos sofistas por não se
considerar um sábio.
b) Apesar de ser um dos maiores pensadores de Atenas, não tinha ele a mínima
intenção de ensinar as pessoas a filosofar.
c) Ele se ocupava das pessoas e de suas vidas, desafiando-as a refletirem por si
mesmas sobre coisas como os costumes, o bem e o mal.
d) Ele era um racionalista convicto.

Questão (13) -. Qual a profissão do pai e da mãe de Sócrates?

a)pintor e parteira c) militar e escultora


b) escultor e parteira d)) ferreiro e parteira

5
Questão (14) – Buscando autonomia para o seu conhecimento, Platão procurou outros
caminhos diferentemente de seu mestre, Sócrates. Ele era um filósofo preocupado em
afirmar categoricamente o mundo das idéias enquanto única forma evidencialmente
eterna da verdade, o que o fez um pensador Idealista. As alternativas abaixo comentam
sobre Platão. Assinale a única alternativa falsa em relação ao pensamento de Platão.

a) Apesar de nos encontrarmos numa caverna, e sabermos da possibilidade de


encontrarmos a verdade, jamais conseguiremos visto que somos humanos e,
com a morte, tanto o ser humano quanto suas idéias acabam.
b) O projeto filosófico de Platão é baseado no seu interesse pelo que é eterno e imutável
tanto no que se refere à natureza, quanto à moral e à sociedade.
c) Platão acreditava numa realidade autônoma por trás do mundo dos sentidos a qual
denominou de mundo das idéias que, a seu ver, continha as coisas primordiais e
imagens padrão referentes a tudo existente.
d) O que se percebe e o que se sente nos dá opiniões incertas e só é possível possuir
conhecimento seguro sobre algo através da razão.

QUESTÃO (15) – Aristóteles, fundador das escolas chamadas de Liceu, era discípulo de
Platão. Voltado para idéias racionalistas, ele é considerado o Pai das Ciências, pois em
suas reflexões filosóficas considerou as leis da natureza. Considere o Pensamento de
Aristóteles para julgar os itens abaixo e assinalar a única alternativa falsa:

a) Ele não queria saber apenas o porquê das coisas, mas também a intenção, o
propósito e a finalidade que estavam por trás delas.
b) Acreditava que na natureza não havia qualquer relação de causa e efeito.
Também não acreditava na causa da finalidade, ou seja, Aristóteles não levava
em conta as leis da natureza em suas reflexões filosóficas.
c) Para ele, ao reconhecermos as coisas, as ordenamos em diferentes categorias, onde
tudo na natureza pertence a grupos e subgrupos.
d) Ele fundou a ciência da lógica.

Questão (16) - Sobre Sócrates, das alternativas abaixo somente uma não se refere a este
filósofo. Aponte-a:

6
a) Sócrates foi contemporâneo dos sofistas, mas diferia dos sofistas por não se
considerar um sábio.
b) Ele se ocupava das pessoas e de suas vidas, levando-as a refletirem por si
mesmas sobre coisas como os costumes, o bem e o mal.
c) Ele era um racionalista convicto.
d) Apesar de ser um dos maiores pensadores de Atenas, jamais quis ensinar
as pessoas a filosofar. Era um pensador que não intencionava ajudar a
juventude em seu processo de busca do conhecimento.

Questão (17) - Platão era um dos filósofos antropologistas e discípulo de Sócrates. Suas
idéias revolucionaram o pensamento de Sócrates, pois ele defendia não mais o diálogo
como princípio gerador de conhecimento verdadeiro, mas a dialética. Para Platão, a
existência de um ser ocorre em duas dimensões. Esse tipo de consideração foi assumido
pelo Ocidente e pregado com profundo moralismo pelo Cristianismo. Quanto ao
pensamento de Platão, dos itens abaixo, somente um é verdadeiro, assinale-o:

a) Apesar de o homem possuir um corpo e uma alma imortal, Platão defendia a idéia de
que não há dualidade humana.
b) Ele dizia que a alma já existia antes de vir habitar nosso corpo (ela ficava no
mundo das idéias) e que quando passava a habitá-lo, esquecia-se das idéias
perfeitas.
c) Ele pensava que a alma não desejava se libertar do corpo e isso propiciava um
anseio, uma saudade, que chamou de Eros (amor).
d) Ele não acreditava na dualidade. O ser humano era indivisível, um só ser que não se
separava.

Questão (18) – Buscando autonomia para o seu conhecimento, Platão procurou outros
caminhos diferentemente de seu mestre, Sócrates. Ele era um filósofo preocupado em
afirmar categoricamente o mundo das idéias enquanto única forma evidencialmente
eterna da verdade, o que o fez um pensador Idealista. As alternativas abaixo comentam
sobre Platão. Assinale a única alternativa falsa em relação ao pensamento de Platão.

e) Apesar de nos encontrarmos numa caverna, e sabermos da possibilidade de


encontrarmos a verdade, jamais conseguiremos visto que somos humanos e,
com a morte, tanto o ser humano quanto suas idéias acabam.

7
f) O projeto filosófico de Platão é baseado no seu interesse pelo que é eterno e imutável
tanto no que se refere à natureza, quanto à moral e à sociedade.
g) Platão acreditava numa realidade autônoma por trás do mundo dos sentidos a qual
denominou de mundo das idéias que, a seu ver, continha as coisas primordiais e
imagens padrão referentes a tudo existente.
h) O que se percebe e o que se sente nos dão opiniões incertas e só é possível possuir
conhecimento seguro sobre algo através da razão.

Questão (19) - Sobre Platão, assinale a alternativa que não condiz com o seu
pensamento:

a) Platão defendia a idéia da dualidade humana, pois para ele, o homem possui
um corpo e uma alma imortal.
b) Ele dizia que a alma já existia antes de vir habitar nosso corpo (ela ficava no
mundo das idéias) e que quando passava a habitá-lo, esquecia-se das idéias
perfeitas.
c) Ele pensava que a alma desejava se libertar do corpo e isso propiciava um
anseio, uma saudade, que chamou de Eros (amor).
d) Ele não acreditava na dualidade. O ser humano era indivisível, um só ser
que não se separava.

Questão (19) - Platão, discípulo de Sócrates enveredou por outros caminhos


diferentemente de seu mestre. As alternativas abaixo comentam sobre Platão. Assinale
(V) para as alternativas verdadeiras e (F) para as alternativas falsas em relação ao
pensamento de Platão.

I. ( ) O projeto filosófico de Platão é baseado no seu interesse pelo que é eterno e


imutável tanto no que se refere à natureza, quanto à moral e à sociedade.
II. ( ) Platão acreditava numa realidade autônoma por trás do mundo dos sentidos a
qual denominou de mundo das idéias que, a seu ver, continha as coisas primordiais e
imagens padrão referentes a tudo existente.
III. ( ) O que se percebe e o que se sente nos dá opiniões incertas e só é possível
possuir conhecimento seguro sobre algo através da razão.

8
Assinale abaixo a alternativa que aponta a CORRETA ordem seqüencial:

a) I, e II são verdadeiros e III é falso.


b) Todos os itens são falsos
c) a) I é falso, e II e III são verdadeiros.
d) Todos os itens são verdadeiros.

Questão (20) - O pensamento de Anaximandro segue a idéia de Tales de Mileto, pois ele
afirma haver uma substância denominada de Apeiron. Com relação ao apeiron, das
alternativas abaixo, podemos apontar como verdadeiras somente as seguintes:

I - É uma substância primária que segue a lei natural


II - É princípio gerador de um Movimento Eterno no Universo
III - A terra tem sua origem no Apeiron
IV - o Apeiron é finito e limitado pois não gera nada
V - o Apeiron originou-se da Terra.
Assinale abaixo a alternativa que aponta a correta ordem seqüencial:

a) I, II e III são verdadeiros e IV e V são falsos


b) Todos os itens são falsos
c) I, II e III são falsos e IV e V são verdadeiros
d) todos os itens são verdadeiros

Questão (21) - O homem é a medida de todas as coisas é uma frase de :

a) Melisso
b) Górgias
c) Sócrates
d) Protágoras

Похожие интересы