Вы находитесь на странице: 1из 8

1

-TEORIA DO CURRIULO: LOPES E MACEDO

Segundo Lopes e Macedo O que é currículo?


Guias curriculares tudo que acontece em sala de aula.

Segundo Lopes e Macedo Como acontece a organização do currículo?


Previa ou não de experiências/situações de aprendizagem realizadas pelos docentes de ensino.

- 1 menção do currículo –Universidade Glasgow- Curso inteiro seguidos pelos estudantes.

Planejamento
Seleção Determinadas experiências não se faz sempre na educação
Organização

Segundo Lopes e Macedo ensinar ganha força curriculares?


Século XIX e XX com industrialização americana E.A .
No Brasil –Movimento Escola Nova

Segundo Lopes e Macedo com a industrialização a escola ganha novas responsabilidades?


Quais são elas?
Resolver problemas sociais
Mudança econômicas
Conteúdos úteis.

Segundo Lopes e Macedo quais os dois movimentos que aconteceram nos Estados Unidos da
América?
Eficientismo –BOBBIT
Progressivismo –DEWEY (ESCOLA NOVA)

BOBBIT-EFICIENTISMO SOCIAL
 Currículo cientifico

Conceito :
Eficácia
Eficiente
Economia tradicional/tecnicista

 Prepara o aluno para vida econômica ativa


 Não se refere a conteúdo ou seleção
 As tarefas ou objetivos são centrais e podem ser agrupadas dentro das disciplinas

DEWEY- PROGRESSIVISMO

 Diminui desigualdades sociais


 Atua na busca dessas demandas

 Conceito: Inteligência social e Mudança


2

 Foco do currículo: experiência direta da criança como superar hiato escola e o interesse dos alunos.
 Foco do currículo CENTRAL: resolver problemas sociais.
 Aprendizagem processo contínuo
 Sociedade democrática e cooperativa
 Influenciou reformas educacionais 1920 (em alguns estados do Brasil)
 Reformas educacionais no Brasil
 CIEPs, traz alguns elementos Progressivismo
 Diminui as desigualdades sociais

 Currículo 3 núcleos: - Ocupações sociais


- Estudos naturais
- Língua

Educadores escola novistas: Dewey, Anísio Teixeira, Fernando de Azevedo

WILLIAN KILPATRICK- CONCEPÇÃO PROGRESSIVISTA


 Foca: experiência da criança na sistematização
 METODOS DE PROJETOS (sistematização)

ABORDAGEM ECLETICA DE RALPH TYLER (1949)

 Se propõe articular abordagem técnica: - Eficientista


Impõe por mais de 20
- Pensamento –progressivista anos E.U.A e no Brasil
- Racionalidade

 Modelo de procedimento linear e administrativo 4 etapas:


-Definir objetivos
- Selecionar experiências
- Organizar experiências
- Avaliar currículo
 Racionalidade Tyleriana estabelece vinculo: - Currículo
- Avaliação – do rendimento escolar

 Teoria curricular centrada: formulação dos objetivos

RALPH TYLER

 Currículo mais utilizado no mundo ocidental

 Racionalidade : -Técnica
Abordagem preocupada com eficiência
- Sistêmica

 Currículo centrado em competências (Cesar coll/Perrenoud)

 Defende horizontal – uma área com outra


3

 Defende vertical - tempo (continuidade, sequência e integração)

 Princípios organização das experiências da aprendizagem são definidos: - Continuidade

- Sequência

- Integração

 Objetivos educacionais o cerne pensamento de Tyler: objetivos educacionais

avalição –eficácia da aprendizagem (última etapa do planejamento) determina medida dos

objetivos educacionais ensino foram atingidos .

 Avaliação e guiada pelos objetivos

 Avaliação e centrada no aluno

 Foco e o currículo

 Fontes para objetivos: analise da realidade -Contexto social do aluno

Resposta especialista

 Princípios básicos de currículo de ensino: questões centrais par o planejamento do currículo

 Que objetivos deve a escola alcançar: (Foi o que ele deu maior ênfase):

-Fontes (natureza dos alunos, vida contemporânea e opiniões de especialista)

-Filtros psicológico (capacidade das crianças) e filtro filosófico (valores sociais). Este último

sofreu várias críticas.

 Define filtros: -filtro psicológico

- filtro filosófico

 Indica formulação do objetivo: mudança no comportamento do aluno.

 Visa o comportamento do aluno.

 Os testes devem ser : - objetivos (mesmo significado para qualquer pessoa)

- Fidedigno (resultado possa ser replicado)

- Valido (corresponda ao que está sendo avaliado)

 Propõe articular abordagens técnicas

 Objetivos comportamentais-respondiam a uma demanda de industrialização em ascensão.

 Politicas curriculares por competências: respondiam a uma demanda por trabalhadores

polivalentes para o mercado de trabalho em constante transição.

 Desdobramento da racionalidade técnica no currículo: taxionomia do domínio cognitivo de

Bloom em seis níveis hierárquico: Conhecimento

Compreensão

Aplicação

Análise

Síntese

Avaliação

Segundo Lopes e Macedo como se pode avaliar a eficácia de experiência de aprendizagem na


visão TYLER?
4

Avaliação guiada pelos objetivos se centrada no aluno, mas o foco e o currículo.

O Currículo fornece informações sobre amostragem que deve ser realizada em diferentes momentos.

Segundo Lopes e Macedo quais são os autores das três tradições do currículo? Caráter
prescritivo do currículo:
Bobbit, Dewey e Tayler

Dinâmica curricular Dewey e Tyler dois movimentos integrados distintos:


- Produção (especialista)
Implementação do currículo (prof. aluno /escola)

Appler – Maxista
 Ideologia de poder

 Reformula conceito currículo oculto definido por Philip Jacskon


 Acredita que há um currículo oculto a todo currículo organizado segundo os moldes sistêmicos das

perspectivas técnicas.

 Olhar para escola /cotidiano na sala de aula


 Dois conceitos: - Hegemonia conjunto organizado e dominante de sentido que são vividos pelos sujeitos
como uma espécie de senso comum.
- Ideologia espécie de falsa consciência que obriga toda a sociedade a enxergar o mundo
sob ótica de um grupo determinado ou classe dominante.

CURRICULO FORMAL –ESCOLA


CURRICULO OCULTO- SUPOSTAS ESCOLHAS
CURRICULARES

PAULO FREIRE-Estuda currículo elaborado por Tyler

Principal influência currículo focado na compreensão do mundo da vida.


Pedagogia do oprimido
Teoria curricular internacional 1975
Teoria eclética colaboraram: Fenomelogia
Existencialismo

WILLIAN PINAR- principal influência fenomelogia

€ Propõe conceito de CURRE


€ Currículo como curre - processo
- mais do que Ação
- Sentido particular
5

- Esfera pública

Althusser

 Reprodutivista
 Aparelho ideológico de estado
 Duplo caráter de atuação da escola na manutenção da estrutura social.

 Reprodutivista

 Escola dualista

 Atuação do sistema educativo na preparação dos sujeitos de cada classe social para assumir os papeis

que lhe são destinados.

 Reprodutivista

 Violência simbólica

 A reprodução – A escola opera com código de transmissão cultural familiar apenas as classes médias,

dificultando a escolarização da classe popular.

NOVA SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO

(CRITICA AO PAPEL REPRODUTUVUSTA DAS ESCOLAS)

 MICHAEL YOUNG- lança as bases do movimento da NSE.


 Os autores propõem questões sobre seleção e organização do conhecimento.

 Buscam entender os interesses envolvidos no processo.

 Surgem os questionamentos de por que esses e não outros conhecimentos, em favor de quem são

definidos, quais culturas são legitimadas.

 Taxionomias de objetivos educacionais- domínios :(cognitivos /psicomotor)

 Logica hierarquizada do comportamentalismo

 Retoma os princípios do Progressivismo

 Além de explicitar a natureza do comportamento e dessa forma, guiar o ensino e avaliação, a

taxionomização dos objetivos seria útil também para facilitar o elaborador dos currículos.
6

BLOOM E MAGER – desdobramento das questões desenvolvidas por TYLER sobre objetivos
educacionais.

ROBERT MAGER -
 Desenvolveu um manual – A formulação de objetivos de ensino.
 Defende a maior precisão na definição dos objetivos educacionais em termos comportamentais, com o
argumento de que a avaliação eficiente dos currículos depende dessa definição.

 Propõe um conjunto de regras para a elaboração e redação de objetivos precisamente mensuráveis


(audiência /comportamento/condição /critérios)

PHILIPE PERRENOUD- competência transversal- ele sugere que para defini-las sejam
analisadas as diferentes práticas sociais.
 Característica gerais da ação humana (saber-fazer, saber -ser, saber-aprender, cooperar
ou até viver).

CÉSAR COLL- propõe a matriz para elaboração de currículo no livro psicologia e currículo
(1987)
# Modelo de elaboração curricular – tem por finalidade um projeto curricular para a
escolarização obrigatória a ser implementado nacionalmente ou por um poder central.
# Poder central. Envolve as seguintes decisões: - Finalidade dos sistemas educativos.
- Objetivos gerais e obrigatórios
- Projeto curricular básico de cada ciclo para o
ensino
# Decisões que levam em conta: - âmbito legal
- Diagnóstico da realidade (funcionam como fontes)
# Fontes constituídas pelos seguintes referenciais:
- Socioantropológico – aspectos da realidade social
- Psicológico –desenvolvimento cognitivo do aluno (teve atenção especial)
- Epistemológico – característica das diversas áreas do saber
- Pedagógico – conhecimento gerado na própria sala de aula.
# Conteúdo são classificados em três grandes tipos :
1. Conteúdos referentes a fatos conceitos e princípios
2. Procedimentos correspondente
3. Valores, normas e atitudes.
# Funções da avaliação:
1. Ajustar a intervenção pedagógica as necessidades individuais
2. Determinar o grau de alcance dos objetivos do projeto curricular.

HENRY GIROUX influenciado pelo pensamento de Paulo Freire (pedagogia contra hegemonia)
HENRY GIROUX defende a importância objetivos tradicionais, micro objetivos
GIROUX escola esfera pública democrática.
7

Principais respostas podem ser agrupadas em 4 importantes vertentes do campo do currículo:


Perspectiva acadêmica – defendia a existência de regras e métodos validação de saberes
Perspectiva instrumental - regras e métodos rigoroso no âmbito acadêmico .
Perspectiva progressivista
Perspectiva critica

Perspectiva acadêmica
Paul Hirst e Richard Peters – filosofia identidade entre o que se ensina na escola e o que se
desenvolve no campo das ciências e conhecimento acadêmico.
Bruner e Schwab – focalizam o conhecimento escolar como derivado da estrutura acadêmicas.
Bruner se o estudante entende a estrutura de uma disciplina. .. /avança no conhecimento.
Schwab estrutura da disciplina substantiva / cânones.

Perspectiva instrumental – escola finalidade formar cidadãos capazes de gerar benefício

mais amplo para a sociedade.


Bobit e Tyler-teóricos da eficiência social

Perspectiva progressivista –

DEWEY currículo deve ser construído tendo em vista a dimensão psicológica do conhecimento
DEWEY o conhecimento deve atender as finalidades educacionais.

Perspectiva crítica – denominação genérica para um conjunto de autores com bases

teóricas distintas
Conhecimento deixa de ser dado neutro.

Michael Young e a Nova sociologia da educação


Propósito – definir o conhecimento escolar como objetivo de pesquisa da sociologia da educação.
O conhecimento passa a ser central.
A postura de Young se contrapor a ideia de conhecimento como dado objetivo.

APPLE e a relação entre conhecimento e poder


Curriculista
8