Вы находитесь на странице: 1из 7

Módulo II

ASPECTOS QUE ENVOLVEM A


COMUNICAÇÃO
As interações sociais, ao nível das relações face a
face, estão sujeitas à influência de um conjunto de
variáveis de caráter manifesto ou latente, que lhes
determinam, ou pelo menos influenciam, a condução
dos processos comunicacionais.

Os padrões de interação resultantes das relações


entre os indivíduos são consequência, por um
lado, da aleatoriedade humana e, por outro, da
previsibilidade que a vida em sociedade
possibilita.
Comunicar torna
torna--se
se,, assim, uma arte de bem
gerir mensagens, enviadas e recebidas, nos processos
interacionais. Mas não só.

O tempo, o espaço, o meio físico envolvente, o


clima relacional, o corpo, os fatores históricos da vida
pessoal e social de cada indivíduo em presença, as
expectativas e os sistemas de conhecimento que
moldam a estrutura cognitiva de cada ator social
condicionam e determinam o jogo relacional dos seres
humanos.
Conhecer alguns dos fatores que podem constituir
barreiras à compreensão, ao sentir e ao agir dos atores
sociais que pretendem interagir é o propósito que nos
orienta.
Assim, podemos equacionar uma estrutura de
variáveis interacionais que, nos processos de
comunicação humana, tanto podem facilitar como barrar
ou constituir fontes de ruído às relações face a face.
Implicações Positivas na Comunicação

O indivíduo: Toda pessoa possui condições de


comunicar-se bem; basta que ouça com
atenção.

A aparência pessoal: A imagem que cada um


tem de si, reflete quando se comunica.

A postura corporal: Comunica e indica se o


indivíduo é ativo ou passivo; se está
receptivo ou não.
mensagem: É dar
A compreensão da mensagem:
extensão real a ela, a mantém organizada
e não gera distorções nos fatos.

O transmissor e receptor da
mensagem:: Quanto melhor, equilibrada e
mensagem
sensata for a relação entre transmissor e
receptor, melhor a recepção e a transmissão
das mensagens.
Implicações Negativas na comunicação
• Déficits pessoais e físicos:
físicos: Problemas auditivos, da
linguagem, timidez, com desequilíbrio de tom de voz ou bucais.
• Déficits comportamentais e sociais:
sociais: Pessoas com
dificuldade de se relacionar com outras; que priorizam problemas
e conflitos.
• Déficits nas relações humanas
humanas:: Pessoas não cooperativas,
colaborativas, prestativas; que se isolam e praticam a boataria.
• Distúrbios da linguagem e do pensamento:
pensamento: Pessoas que
ingerem substâncias químicas (ativas e medicamentosas).

• Déficits na comunicação organizacional:


organizacional: Instabilidade nas
relações humanas na instituição.
• Distúrbios do ambiente:
ambiente: Barulho excessivo, ambiente
agitados, muito limitado e congestionado, desorganizado e sujo.