You are on page 1of 4

UNIC ÇÃO

COM A

ASSERTIVA
O QUE FAZER E
O QUE NÃO
FAZER

W W W . J O A N A R A N G E L . C O M
O QUE FAZER E
O QUE NÃO
FAZER
A comunicação assertiva é uma afirmação categórica, expressa com
clareza e objetividade por alguém, por alguma instituição ou entidade.
Cuidado. Há quem confunda “asserto” com “acerto”.

Estou falando de “asserto”: substantivo masculino, opinião emitida como
verdadeira ou assim considerada; asserção.
E não de “acerto”: substantivo masculino, acordo informal; ajuste, trato.
Ok?

Vamos então aos principais passos para uma comunicação
assertiva:

Mostre respeito  – Quando desrespeitamos as pessoas, temos como
retorno a mágoa e a má lembrança. Subestimar as pessoas é
desrespeitá­las. Mentir de forma deslavada é subestimar as pessoas.
Não diga que seu shampoo vai fazer com que as mulheres fiquem com
o cabelo da Gisele Bündchen. 
Vender esperança de beleza, não é vender beleza. 
Você, quando compra um shampoo Pantene, SABE que não vai ficar
com os cabelos da Gisele, mas, ainda assim, tem a esperança de estar
comprando algo que deixe seus cabelos melhores do que estão. 
Quando eu compro uma pizza de muçarela e preciso fazer uma batalha
de Waterloo para encontrar a muçarela, me sinto subestimada. O
mesmo acontece quando me vendem “a melhor coxinha da minha vida”
com pouco recheio. Ou quando as fotos da pousada não correspondem

NICAÇÃO
à realidade.
COMU

A SSERTIVA
W W W . J O A N A R A N G E L . C O M
O QUE FAZER E
O QUE NÃO
FAZER
Tenha domínio ­ Representantes de empresas que não sabem orientar
sobre algum produto, podem possuir autoridade, mas a falta de domínio
sobre o assunto impacta a comunicação com o cliente, gerando
ressentimento. Nada pior do que uma cabeleireira que "não sabe ao
certo" o que irá aplicar no seu cabelo. Ela precisa dominar o assunto
para convencer e satisfazer o cliente.

Seja breve – Frases curtas são lembradas mais facilmente. Tenha em
mente o seguinte para suas exposições (não é uma regra, apenas uma
orientação):
      ­E­mail – 6 frases. E­mail já não é mais a melhor forma de fazer
com que as pessoas se interessem por você ou pelo seu produto. O
Twitter revolucionou a comunicação com 140 caracteres. Tente se
comunicar com 140 caracteres. Ou parta para nichos de comunicação
em redes sociais. Direcione sua comunicação mais longa aos que
realmente se interessam por você e te procuram. No mais, seja breve.

      ­Vídeo – No máximo 60 segundos. As pessoas estão dispersas.
Não abuse de efeitos especiais ou de músicas do seu gosto. O video é
para o cliente, para o receptor da mensagem e não para você. Seja
breve.

      ­PowerPoint – Dez slides com frases. Nada mais que isso. Textos
não são para slides, ideias sim. Escreva suas ideias e fale. Se precisar
de complemento, entregue algum material impresso.

N IC AÇÃO
COM U
      ­Plano de negócios – No máximo 20 páginas e com os índices de

SSERTIVA
rentabilidade e retorno na primeira página. Se o investidor preferir, use
A
o Canvas. Deixe o plano apenas para os detalhes.

W W W . J O A N A R A N G E L . C O M
O QUE FAZER E
O QUE NÃO
FAZER
Utilize frases de efeito – “Veja, experimente e compre”, slogan da
Chevrolet. Você admira o carro, experimenta no test drive e compra.
O Mundial supermercados tem “o menor preço total”. E tem mesmo.
Eles não estão subestimando a sua inteligência. Foram verdadeiros,
breves e com frase de efeito.

Esteja atento ao receptor da mensagem – Para quem você está
falando, anunciando? A pessoa compreende a sua fala, os seus
gestos? Não use termos rebuscados. Não se sinta um Machado de
Assis passando informações aos seus operários. Não que eles não
conheçam literatura, não é isso. Mas será que a maioria entenderia se
você começasse mandando amplexos a todos? Mais fácil mandar
abraços, não é verdade? Amplexos = abraços.

Tenha bom humor e seja positivo em apresentações orais – Nada,
nada pior que pessoas sisudas, que se lastimam o tempo todo. O país
está ruim, a educação está ruim, os políticos não prestam. Eu sei. Mas
não precisa descarregar isso em sua comunicação.
Ter humor não é ficar fazendo piadas de mal gosto ou com duplo
sentido. Ter humor é ser leve e encarar a vida com espontaneidade. É
sorrir.

Tenha em mente um roteiro ­ Planeje sua comunicação com início,
meio e fim. Não seja prolixo e desenvolva o assunto que foi planejado.

Gostou? Minhas dicas são úteis para você


C ÇÃO
U N I ?
COMsobre quais
A
Entre em contato comigo informando
ASSER
temas você gostaria de receber um material TIVA
personalizado gratuito. Vamos trocar ideias!
W W W . J O A N A R A N G E L . C O M