Вы находитесь на странице: 1из 1

f1 da po/ ;eto d o logia de referencia.

Diminuição da contagem de plaquetas para Id ade, con rma

1
Nao hâ história clinica d e plaquetopenia congênita: pensar em causas de plaquetopenias adquiridas - Há esplenomegaha· ... e, plaq etcperuas
adquindas por h1perespten,smo (Tabela
14.2 , letra c do item li

l ..
Avaliar morfologia plaquetárla (tamanho e gr,nulação), leucoclt á r la e erltrocltaria no es rega~o, P
f laquetogr ama e erl1rograma automatiz.ado'I .

Plaquetas pequenas e Provável plaquetopenia


Plaquetas gigantes s em anlso cltose _
Provável plaquetopenla adquirida por baixa
ou anlsocltose Obs.: nas SMD pode ou não ter/
adquirida por aumento do plaquetárla (VPM e produção medular de
- plaquetárla (PDW "-.. plaquetas gigantes no sanguE:;
consumo ou destruição P DW normais). plaquetas (Tabela 14.2 ) O
elevaqo). mesmo assim há plaquetopema
excessiva no sangue, com mrelograma é h1pocelu ar ern
adquirida por baixa produção
aumento da produção e salda megacanó:Jtos
(medula ineficaz). A_medula é
da medula (Tabela 14.2 ). O
normo ou hipercelular, mas a
mielograma é normo ou
série megacariocltica apresenta
hipercelular em rnegacariócios
de morfologia normal. dispJasia, sem produ~ao eficaz~

Frag. eritrócito s (e squizócitos) Provável leucemia aguda ou 3 :.e ou


PTT, SHU, CIVD, outras microangiopatias LMC crise blasttca: fazer rn1E:!log cr..:i

A HAI, DAI, esferocitose, micoplasma, EBV ,


rubéola, adenovirus, sarampo, LES, ofídios.
Policromasia, esferócito s,
aglutinação eritrócitos ou
.. . . ..
outros sinais de hemólise.
Infecções. mnamaçõ.as
HIV, hepatites A ou B , CMV, EBV, Tb, mieloma. macroglobuhner,,ra
Linfocitose relativa ou absoluta
vacinas, rubéola, varicela, dengue,
(neutropenia), ou linfócitos Linfocitose relatava (neutropenia),
hantavlrus, Haemophilus, herpes, Parvov lrus, outras viroses.
at picos, ou s plaquetopenia linfos, ou só plaque topenia
Borellia , Erlichia, bartonela. HCV
Consumo (infecções, traumas, dano Leucocitose , ou G,I , ou GT. Eritrócitos em lágrima: 2+ a 3+. m1elofibrose
tissular, cirurgias).
Eritrócitos em foi ce Pancito, displasia ou macrocitose Avaliar SMD ou Qt
Doença falciforme com iperesplenismo

Plaquetopenia auto-imune secundária a


LLC o u outras linfoproliferações.
. ,~,
. '
(drepanócitos ).

Linfocitose e m idosos ·
P ancito com m a crocitose ou
neutrófilos h ipersegmentados.
Anemia megaloblástica
carencial ou por drogas.
"'ª
PTI, inicio da HCV, ou avaliar Apenas plaquetope nia , sem P ancitope nia sem dis plasia , com T ratamentos citot6xicos ou
plaquetopenlas por drogas , outra alteração no hemograma. ou sem m acrocitose. com imunossupressores.
alimentos.

VPM : volume plaquetário médio: PDW: variação volume plaquetário; SMD: síndromes mielodisplásicas; PTT: púrpura trombocitopênico-trombótica; SHU: síndrome
hemolltico-urêmica; CIVD: coagulação intravascular disseminada; AHAI: anemia hemolltica auto-imune; DAI: doenças auto-imunes; LES: lúpus erítematoso sistêmico;
HIV: vírus da Aids, CMV: citomegalovlrus; HCV: vírus hepatite C; EBV: Epstein ªª"
Vírus - mononucleose; Tb: tuberculose; Gl : granulôcitos imaturos; GT: granulações
tóxicas; LLC: leucemia linf6ide crônica; PTI: púrpura trombocitopênico-ldiopátíca (imune); LMC: leucemia mielôide crônica; pancíto: pancítopenia; Qt: quimioterapia.