Вы находитесь на странице: 1из 36

V CADERNO

CONTENDO AS

União
POR QUE AS C RIANÇAS GOSTAM
TAN TO DE DOCE?

Será apenas por gulodice?

N ão! A verdade é outra ! As crianças


gostam de doce por uma imperiosa necessidade
orgânica. Precisam de açúcar, que é o alimento
básico do sistema muscular. As crianças, sem­
pre tão peraltas, pulando de lá p’ra cá o dia
todo, dispendem grande quantidade de calo­
rias que precisam ser recuperadas. 0 açúcar
é o único alimento que fornece ao organismo
energia muscular imediata.

Não contrarie a Natureza! Nunca recuse


a seu filhin h o alimentos adoçados com o
Açúcar UNIÃO , duplamente filtra d o , açúcar
tão puro que os médicos não hesitam em reco­
mendá-lo mesmo em se tratando da alimen­
tação de recém-nascidos.
AS RECEITAS DÊSTE CADERNO...
. . . não são receitas com uns, dessas q ue você
e n c o n tra em q u a lq u e r liv ro de co zin h a . São re­
ce ita s e xcepcionais, cuid a d osa m e n te selecionadas
pela C o zin h a E xp e rim e n ta l U nião.

A D ire to ra da C o zin h a , D .a lly d ia M a g n a n i,


separa d ia ria m e n te as receitas m ais m e ritó ria s ,
que nos chegam de todos os Estados d o Brasil.
Então, os doces são fe ito s por doceiras p e rita s e
rig o ro s a m e n te de acordo os te rm o s das respec­
tiva s receitas. U m a vez p ron tos, são enviados
para a J u n ta D egustadora, com posta de dez pes­
soas h a b ilita d a s q ue se in cu m b e m de p ree n ch er
u m a fic h a para cada doce, na q ua l, após cu id a ­
dosa degustação, inscre ve m suas notas de PA­
L A D A R , O R IG IN A L ID A D E , A P A R Ê N C IA , ECO­
N O M IA e F A C IL ID A D E DE FE ITU R A .

A re ceita q ue o b té m a m e lh o r n ota m é dia na


q u in z e n a é com prada por dez m il c ru ze iro s para
ser p u b lic a d a no verso dos pacotes do A çú ca r
U N IÃ O .

Êste C aderno co n té m as trin ta p rim e ira s receitas


a d q u irid a s pela C o zin h a E xp e rim e n ta l U nião.
B re vem e n te , p u b lica re m o s o " 2 .° C a d e rn o " con­
te n d o tr in ta novas receitas.
P rim eiro caderno de um a série editada pela

COZINHA EXPERIMENTAL UNIÃO


RUA DA MOÕCA N .° 2 .0 4 4 - SAO P A U LO
PA V Ê DELICIA

Receita enviada por D a. Cecy M a ria Vasques,


residente na Rua A lves Ribeiro, 2 8 2 , Casa 1 8,

São Paulo.

IN G R E D IE N T E S : 6 0 0 gram a s de cre m e de le ite ,


2 0 0 gram as de m a n te ig a sem sal, 2 0 0 gram as
de A ç ú c a r U N IÃ O , 3 0 0 gram a s de b isco ito s tip o
M a iz e n a , 4 gem as e 150 gram a s de a m e n d o im
torrado e m o íd o b em fin o

M O D O DE FA ZER : Bata a ryíanteiga co m o açú­


car até c la re a r, a cresce n te as gem as u m a a uma,
batendo sem pre . J u n te â massa o a m e n d o im e
o c re m e de le ite , aos poucos e a lte rn a d a m e n te ,
batendo sem pre. U n te com m a n te ig a u m a fô r ­
ma m édia de v id ro p ire x e co lo q u e a lte rn a d a
m e n te um a cam ada de cre m e e u m a camada
de b is c o ito s . A p rim e ira e a ú ltim a camadas
devem ser de cre m e . Leve à g e la d e ira de véspera.
É um pavê re a lm e n te d e licio so !

RECEITA N .° 1
TORTA DE AMEIXAS E AMÊNDOAS

Receita enviada por D a. M a ria da Paz Barbosa,


residente no Largo Paissandú, 1 0 0 , 6 .° - S. Paulo

IN G R E D IE N T E S : 250 grs. de Açúcar U N IÃ O ,


3 0 0 grs. de am êndoas, 3 0 0 grs. de a m eixa s e
12 ovos.

M O D O DE FA ZER : Bata 6 gem as com o açúcar


até c la re a r b em . Em separado, m is tu re as 6
gem as resta n te s com as 3 0 0 grs. de am êndoas
passadas na m á qu in a. M is tu re tu d o e, p o r fim ,
a d ic io n e 6 clara s batid a s e m neve, co m o para
suspiro. Asse em trê s fô rm a s fo rra d a s de papel
u n ta d o co m m a n te ig a . Para o recheio, faça
u m doce com 4 co lh e re s (de sopa) de açúca r e
as a m eixas passadas na m á q u in a . C om as 6
claras re sta n te s e 18 co lh e re s de açúca r p rep a re
a massa de suspiro. A rm e a to rta em trê s ca­
madas, reche a n do u m in te rv a lo co m su sp iro e
o o u tro com doce de am eixas. C u b ra a to rta com
o su sp iro re sta n te e e n fe ite com doce de am eixas.
É um a to rta fin a e m u ito saborosa!

RECEITA N .° 2
TORTA DE CÔCO

Receita enviada por Da. Odette Scherma Schurig,


de Jacareí, Est. de São Paulo.

M ASSA: M is tu re 2 xícaras de fa rin h a de trig o


(peneirada) com 2 colheres (de sopa) de m a nte i­
ga. Ju n te um pouco de leite , um a pitada de
sal e 2 colherinhas de fe rm e nto . Amasse tu d o
até fic a r na consistência de a b rir. U nte um
p ire x e \fo r r e com a massa que deverá c o b rir
bem as Tbeiras, assinalando estas com os dentes
de um garfo , para e n fe itar.

RECHEIO: 2 xícaras de A çú ca r U N IÃ O bem


amassadas com 2 colherinhas de m anteiga. Bata
6 gemas e junte-as, batendo novam ente m u ito
bem. A crescente um copo e m eio de le ite fe r­
vido , 2 xícaras de côco ralado, 2 colheres de
fa rin h a de trig o e m eia co ih e rin h a de sal. M is ­
tu re tu d o e d eite no p ire x já fo rra d o com a
massa. Leve ao fo rn o regular para co zin h a r o
recheio (e xpe rim en te com um p a lito ). Faça um
suspiro com 6 claras em neve e 4 colheres de
açúcar. C oloque o suspiro sôbre a to rta , logo
que esta e sfrie e leve novam ente ao fo rn o , só
para secar.

RECEITA N .° 3
FATIAS DA CHINA

Receita enviada por Da. Helena Fernandes de


M agalhães, residente na Rua Eng. Andrade
Júnior, 4 0 2 , São Paulo.

IN G R E D IE N T E S : 12 gem as, 8 0 0 gram as de A ç ú ­


car U N IÃ O e 3 co lh e re s de á g u a -d e -flo r-d e -
la ra n je ira .

M O D O DE FA ZER : Faça u m a ca ld a , não m u ito


grossa, co m as 8 0 0 gram as de açúcar. Separa­
d a m e n te , bata as 12 gem as, m u ito bem , com o
para pão -d e -ló , pondo-as n u m a assadeira peq u e ­
na, u n ta d a co m m a n te ig a , a q u a l vai ao fo rn o
b e m q u e n te , d e n tro de o u tra assadeira com água
em b a n h o -m a ria . D epois de e s fria r, c o rte em
re tâ n g u lo s , co locando-os na calda fria , onde p e r­
m anecerão d u ra n te a n o ite toda. Pela m anhã,
ju n te as 3 co lh e re s de á g u a -d e -flo r-d e -la ra n je ira
e leve ao fo rn o b ra n d o até fic a r b em apurado.
Sirva n u m a co m p o te ira . A s Fatias da C h in a são
o rig in a is e de pala d ar m u ito delica do .

RECEITA N.« 4
BÔLO DE AN I V E R S Á U O

Receita enviada por Da. Colinha da Cunha Bueno,


residente na Avenida Higienópolis, 3 4 9 ,
São Paulo.

IN G R E D IE N TE S : 1 côco, 3 / 4 de lit r o de crem e


de le ite , 2 Vi xícaras (de cha) de fa rin h a de trig o
peneirada, 4 ovos in te iro s , 2 xícaras (de chá)
de A ç ú c a r U N IÃ O , 1 co lh e r de sopa rasa de
fe rm e n to inglês, 1 xíca ra (de chá) de m a nte ig a e
1 V i xíca ra (de chá) de le ite fresco.

M O D O DE FA ZER : Bata m u ito bem a m a nte ig a


com o açúcar. J u n te as gem as e c o n tin u e a bater.
A d ic io n e a fa rin h a de trig o p eneirada com o
fe rm e n to , ju n ta n d o o le ite aos poucos. A d ic io n e
as claras em neve e m is tu re tu d o , sem bater.
Asse em duas fô rm a s baixas, de to rta , dq igual
ta m a n ho . D epois de assado, rale o côco e arme
o b olo em camadas: um a camada de bolo, uma
de c re m e b a tid o e adoçado a gôsto, um a camada
de côco ralado. A ssim até te rm in a r as camadas.
C ub ra o b olo com cre m e e côco, in te ira m e n te e
até fic a r com b o n ita aparência. Se q u iz e r es­
creva em c im a "F e liz A n iv e rs á rio ", com peque­
nos c o n fe ito s prateados.

RECEITA N .° 5
i
PUDIM DE NOZES

Receita enviada por D.a Marina Machado, re­


sidente na Rua Cristóvão Colombo, 5 0, apto. 6,
Pôrto Alegre, Rio Grande do Sul

INGREDIENTES: 8 ovos, 16 colheres (de sopa)


de A çúcar U N IÃ O , 250 gramas de nozes rala­
das e 200 gramas de ameixas pretas.

M OD O DE FAZER: Bata como para suspiro as


o ito claras com o ito colheres de açúcar. Junte
as 250 gramas de nozes (raladas à máquina) e
m isture bem. Coloque esta massa em fôrm a
untada com manteiga e leve ao fo rn o para corar.
Ponha num prato e cubra com a seguinte co­
bertura: Faça um doce de ovos com o ito gemas
e o ito colheres de açúcar, mexendo com uma
colher de pau até desprender da panela Cubra
o pudim com êste doce de ovos e coloque com­
pota de ameixas pretas ao redor. O Pudim de
Nozes é uma sobremesa finíssim a, de paladar
delicado, para grandes ocasiões.

RECEITA H .° 6
SOBREMESA PAULISTINHA

Receita enviada por Da. Helena Dotta Verona,


residente na Rua Gertrudes de Lima, 488 ,
Santo André - São Paulo

INGREDIENTES: 3 claras, 6 colheres (de sopa)


de A çúcar U N IÃ O , 250 gramas de creme de
leite, 500 gramas de morangos frescos.

M ODO DE FAZER: Faça um suspiro com as


claras e o açúcar e asse em duas fôrm as iguais,
forradas com papel manteiga. Deixe esfriar.
Em separado, bata o creme de leite com uma co­
lher (de chá) de açúcar. A rru m e num prato uma
camada de suspiro, uma camada de creme de
leite e uma camada de morangos. (Se não fo r
época de morangos, abacaxi natural picado tam ­
bém serve). Repita as camadas até te rm ina r e
ponha na geladeira.
É uma sobremesa deliciosa e n utritiva .

RECEITA N .° 7
TORTA ARTÍSTICA

Receita enviada por Da. M aria Ignez Caninéo,


residente na Rua Caiovas N .° 161 ,
Perdizes, São Paulo

INGR ED IEN TES: 1 ovo, 1 xícara de A çú ca r


U N IÃ O , 2 xícaras de fa rin h a de trig o , 3 colheres
(de sopa) de m anteiga, 1 co lh e r (de sobremesa)
de fe rm e n to inglês, 6 fo lha s de g e la tin a branca
e um a lata de abacaxi ou q ua lq ue r o u tra fru ta
em conserva.

M O D O DE FAZER: C om as mãos faça a massa


com o ovo, o açúcar, a fa rin h a , a m a nte ig a e o
fe rm e n to . Forre uma assadeira e leve ao forn o .
E nquanto a massa e stive r no fo rn o , faça a geléia
com a calda e a g e la tin a , mas não a leve ao
fo g o e sim ao banho-m aria. R etire antes que
fe rva e leve à g eladeira para to m a r consistência
q ue baste para ser espalhada. D epois que a
massa e stiver assada, deixe-a e s fria r bem e es­
palh e sôbre ela crem e de C h a n tilly à vontade.
E n fe ite com as fru ta s das quais u tiliz o u a calda
e com m orangos frescos. C ubra com a geléia
e leve à geladeira.

RECEITA N . • 8
TORTA DE LARANJAS

Receita enviada por Da. Charlotte Stein,


residente na Rua Francisco Leitão, 124,
5.° andar, apto. 2 0 , São Paulo.

INGREDIENTES: 8 ovos, 250 gramas de A çúcar


U N IÃ O , 2 laranjas, 1 /2 lim ão, 120 gramas de
castanhas de cajú, 100 gramas de laranjas cris­
talizadas e 2 colheres de farinha de rosca.
M O D O DE FAZER: M istu re 1 ovo in te iro com
7 gemas e 250 gramas de açúcar, ju n te a
casca ralada das 2 laranjas e do 1 /2 lim ão, o
suco dos mesmos e a laranja cristalizada picada
m iúdo. A dicio n e o cajú moído fin o , uma colher
de fa rin h a de rosca, as 7 claras batidas em neve
e a outra colher de fa rin h a de rosca. Asse em
3 fôrm as do mesmo tam anho (não se pode cor­
tar), untadas com m anteiga e polvilhadas com
fa rinh a . Forno regular.
RECHEIO E COBERTURA: 4 colheres (de sopa)
de leite, 7 colheres (de sopa) de açúcar, 7 gemas,
2 laranjas, 120 gramas de manteiga e uma colher
(de chá) - de maizena. M istu re as gemas com
o açúcar, ju n te o suco das laranjas, o leite e a
maizena. Leve ao fogo em banho-maria até en­
grossar. Quando estiver m orno ju n te a manteiga.
Polvilhe a to rta , depois de coberta, com castanhas
de cajú torradas e moídas.

RECEITA N .° 9
PAVE ESPECIAL DE CHOCOLATE

Receita enviada por Da. Luiza Correia, residente


na Rua Amador Bueno da Ribeira, 9 5 ,
casa 6 , São Vicente, São Paulo.

INGREDIENTES: 2 5 0 gram as de chocolate em


tabletes, 1 /2 xícara de leite , 3 xícaras de A çúcar
U N IÃ O , 2 5 0 gramas de m anteiga fresca, 5 ge­
mas, 1 /2 q u ilo de p a lito s (biscoitos C ham panhe)
e 1 cá lice de lic o r de cacau.

M O D O DE FAZER: D erreta ao fo g o as 2 5 0 gra­


mas de chocolate em 1 / 2 xícara de le ite . Em
separado, bata as 5 gemas, com o para gemada,
com o as 3 xícaras de açúcar. A in d a em separa­
do, bata a m anteiga até fic a r esbranquiçada.
M is tu re a m anteiga com a gemada, que deve
estar m u ito bem batida, acrescente o chocolate
e co n tin u e a bater tu d o até fic a r bem liso. Po­
nha n u m p ra to uma quan tid ad e de le ite m is­
tu ra d o com lico r de cacau è embeba os p alitos
nessa m istu ra. A rru m e em u m p ire x uma camada
de palito s, o u tra de massa e assim p o r diante.
E n fe ite com fru ta s cristalizadas ou com passas,
p rèviam ente deixadas de m o lh o em conhaque
para am olecer. Conserve por algumas horas na
geladeira antes de servir.

RECEITA N .° 10
DOCE NAPOLITANO DE NATAL

(STRUFFOLI)
Receita enviada por Da. Á nnunciata A , Lo Leggio,
Caixa Postal N .° 2 .2 7 8, São Paulo (Capital)
INGREDIENTES: 6 ovos, 1 cálice de conhaque
ou rum , 1 /2 q u ilo de fa rinh a de trig o , 1 /4 de
quilo de A çúcar U N IÃ O , 1 /4 de litro de mel,
amêndoas, nozes e avelãs picadas, casca de la­
ranja ralada.
M ODO DE FAZER: Bata os ovos (gema e clara)
e, sem parar de bater, adicione o conhaque e
vá m isturando a farinha de trig o até fica r uma
massa consistente. Passe em seguida a trabalhar
m anualm ente sôbre mármore ou mesa. Da massa
resultante, faça macarrão bem fin o (talharim ),
cortando-o em pequenos pedaços, que se frita m
em recipiente com bastante óleo, até que to r­
rem suficientem ente. Em uma cassarola dissolva
ao fogo o açúcar e o m el, até ponto de bala.
T ire do fogo e m isture com as tirinh a s de ma­
carrão já frita s, polvilhando com as amêndoas,
nozes e avelãs picadas (estas ligeiram ente to r­
radas) e a casca de laranja ralada. M istu re bem.
Despeje tu d o em uma travessa e, molhando as
mãos em süco de limãó, arrume os " s tru ffo li" a
gosto, ornamentando-os com confeitinhos m ul-
ticoloridos.

RECEITA N .° 11
\
BOLO DE NATAL

Receita enviada por Da. Nereide P. Beatriz,


residente na Rua Vitorio M azzei, 91,
Parada Ingiêsa, São Paulo.

INGREDIENTES: 3 ovos, 1 xícara de Açúcar


U N IÃ O , 1 colher bem cheia de m anteiga, 100
grs. de passas sem caroço, 100 grs. de ameixas
pretas, 100 grs. de amêndoas peladas, 100 grs.
de nozes, 100 grs. de avelãs, 100 grs. de figos,
100 grs. de tâmaras, 1 colher de maizena e 70
grs. de farinha de trig o.

M ODO DE FAZER: Bata as claras em neve, jun te


as gemas uma a uma, batendo sempre. Em sepa­
rado, passe por uma peneira fin a o açúcar, a
maizena e a farinha. M istu re com a manteiga
Junte tudo e bata bem. Acrescente as passas,
as ameixas, as avelãs, as amêndoas, as nozes,
cs fig os e as tâmaras, tudo picado. Leve ao fo r­
no brando, em fôrm a untada com manteiga e
polvilhada com farinha, durante 1 hora apro­
ximadam ente.

RECEITA N .° 12
TORTA GENERAL

Receita enviada por Da. Edith Linhares Peluso,


residente na Rua General Bento Martins n.° 292,
apto. 32, Porto Alegre, Rio Grande do Sul.
INGREDIENTES: 250 gramas de biscoitos Cham­
panhe, 3 ovos, m eio litro de leite, A çúcar U N IÃ O
que baste, 4 folhas de gelatina vermelha, 4 folhas
de gelatina branca, uma colher de maizena, 8
bananas, 12 damascos da C alifornia e 3 laranjas.
M O D O DE FAZER: Coloque sôbre o prato um
arco de fôrm a de a brir. A rm e dentro dêsse arco
uma camada de biscoitos e outra de bananas bem
esmagadas com açúcar e um pouquinho de água.
Leve ao fo rn o para cozinhar ligeiram ente. A rru ­
me, sôbre a camada de bananas, outra de bis­
coitos e, sôbre esta, outra de damascos, assim
preparados: numa panela m isture os damascos
com açúcar e um pouquinho de água; leve ao
fogo até desmanchar. Sôbre a camada de damas­
cos arrume outra de biscoitos. Cubra tudo com
creme fe ito com meio litro de leite, uma colher
de maizena, açúcar a gôsto, baunilha e 3 gemas.
Depois de colocado e frio o creme, arrume nova
camada de biscoitos e cubra a torta cuidadosa­
m ente, só na parte superior, com gelatina assim
preparada: 8 folhas de gelatina numa panela com
uma xícara de água. Leve ao fogo até derreter.
Então, ju n te o caldo de três laranjas e adoce à
vontade. Leve a to rta ao refrigerador.

RECEITA N.° 13

J
PUDIM DE CÔCO À BRASILEIRA

Receita enviada por Da. Lívia Mattoso Saraiva,


residente na Rua da Glória, 747 ,
2 .° andar, apto. 2 7, São Paulo

INGREDIENTES: Um côco ralado, meio q uilo


de A çúcar U N IÃ O , seis ovos, um copo de leite,
cinco gotas de essência de baunilha e uma colher
de maizena.

M ODO DE FAZER: D eite o leite numa panela


com o açúcar e ponha ao fogo para ferver. Des­
peje o côco e quando fo rm a r m ingau tire a
panela do fogo para esfriar. Uma vez fria , adi­
cione os ovos batidos (gemas e claras), a essên­
cia de baunilha e a maizena, m isturando tudo
m u ito bem. Unte uma fôrm a de pud im com
açúcar queim ado e nela despeje a m istura, pondo
para cozinhar em banho-maria durante uma
hora aproximadamente. Só desenforme quando
estiver frio .
• A receita é fá c il e o pud im é delicioso.

RECEITA N .° 14
PUDIM DE NOZES

Receita enviada por Da. Diana S. Cox Rolim,


residente na Rua M ato Grosso, 8,
Santos, Estado de São Paulo.

INGREDIENTES: 6 ovos, 10 colheres (de sopa)


bem cheias de A çúcar U N IÃ O , 300 gramas de
nozes picadas, 1 /2 litro de leite e 1 colherinha
(de café) de essência de baunilha.

M ODO DE FAZER: Bata as claras em neve,


com o para suspiro, adicione 6 colheres de açú­
car aos poucos e to rn e a bater m u ito bem. Acres­
cente as nozes picadas, mexa bem e leve ao
fo rn o em banho-maria, em fôrm a forrada com
calda de açúcar queimado. Forno brando. À
parte, leve ao fo g o o leite , as 6 gemas e as
4 colheres de açúcar restantes. M exa até en­
grossar. Assim que re tira r do fogo, acrescente
a baunilha. V ire num prato o pudim , bem assa­
do e frio , e despeje em cima o creme de ovos
e leite, que tam bém já deve estar frio . Ponha
na geladeira e sirva gelado.

RECEITA N.o 15
TORTA DE MAÇÃS

Receita enviada por Da. Augusta Lisboa,


residente na Rua A lm iran te Lam ego, 2 2 0 ,
Florianópolis, S. C.
IN G R E D IE N TE S D A M A S S A : 2 0 0 gram as de fa ­
rin h a de trig o , 100 gram as de m a n te ig a , 1 gem a,
1 / 2 c o lh e r (de sopa) de v in h o m a de ira e 1
c o lh e r (de café) de sal.
PREPARO D A M A S S A : M is tu re b em os in g re ­
d ie n te s, de sorte a q ue a massa fiq u e hom ogênea.
C oloque-a em fô rm a rasa unta da com m a n te ig a
e leve ao fo rn o re g u la r.
IN G R E D IE N TE S D O RECHEIO: 2 co lh e re s (de
sopa) de A ç ú c a r U N IÃ O , 2 xícaras de le ite , 2
gem as, 1 c o lh e r de m aizena e 2 maçãs.
PREPARO D O R ECHEIO : Faça u m cre m e com
o açúcar, o le ite , as gem as e a m a ize n a , m e xe n ­
do sem pre, e m fo g o brando. D escasque as m a­
çãs, corte-as em fa tia s fin a s, ponha-as num a
xíca ra de a çúca r e leve-as ao fo g o para co zin h a r
(sem água). Ponha a c o z in h a r, em separado, n u m
pouco d 'ag u a , a casca e o m io lo das maçãs. Q u a n ­
d o cozidos, acrescente um a xíca ra de açúcar,
d e ix a n d o a ca lda to m a r o p o n to de geléia. D e­
pois, tir e a massa do fo rn o e ponha sôbre ela
o cre m e, e spalhando-o bem . E n fe ite a to rta com
as fa tia s de maçãs e colo q u e p o r cim a a geléia
c o n v e n ie n te m e n te coada. Leve ao re frig e ra d o r e
sirva duas horas depois.

RECEITA N.o 16
TORTA DE RICOTA ESPECIAL

Receita enviada por Da. Catoméa Guglielmi,


residente na Avenida Antônio Rodrigues, 513 ,
São Vicente, São Paulo.

RECHEIO: 1 /2 q u ilo de ricota fresca, 9 ovos,


1 /2 q u ilo de A çú ca r U N IÃ O , 1 /2 paco tin h o de
canela em pó, 1 /2 lim ã o ralado e 1 /4 de copo
de leite.

M O D O DE FAZER: Passe a ricota no espreme­


d o r de batatas e ju n te -lh e o leite. Bata, em se­
parado, as gemas com o açúcar até p on to de
gemada. A d icio n e a canela, o lim ão e as claras
em neve e m istu re m u ito bem as duas partes.

M ASSA: Uma xícara e m eia de fa rin h a de trig o ,


1 ovo, 1 /2 xícara de açúcar, 1 co lh e r (de chá)
de m anteiga, tu d o m u ito bem amassado. Unte
a fô rm a com m anteiga e p o lvilh e com fa rinh a
de trig o . Estenda a massa na assadeira e colo­
que o recheio. Com o restante da massa corte
tira s e as arrum e sôbre a to rta , em xadrez, pol-
vilh a n d o com açúcar e canela. Forno moderado
p o r u m m á xim o de 4 0 m inutos.

RECEITA N .° 17
TORTA DOS TRÊS CÔCOS

Receita enviada por Da .Marina Tanajura Amaral,


residente na Av. Jerónimo de Ornelas, 510,
apts. 3 e 4, Pôrto A legre, RGS.

INGREDIENTES: 3 côcos, 1 q uilo de Açúcar


U N IÃ O , 1 dúzia de ovos, 120 gramas de farinha
de trig o e 2 colheres de manteiga.

MASSA: Rale os três côcos, pese-os e, da me­


tade, faça uma massa com as 12 claras bem
batidas e meio q u ilo de açúcar. Bata tudo m u ito
bem e adicione as 120 gramas de farinha de
trigo. Coloque a massa em duas fôrm as forradas
de papel e leve-as ao forno.

CREME: Ponha numa panela a outra metade


dos côcos com as 12 gemas, m eio q uilo de açú­
car e 2 colheres de manteiga. Leve-a ao fogo
até aparecer o fundo. Recheie a torta com êste
creme, deixando uma parte para cobri-la. Se
quizer, enfe ite com confeitos prateados.

RECEITA N .° 18
BOLO “CHIFFON”

Receita enviada por Da. M aria Neide Alves


Monte, residente na Rua Comprida, 745 ,
V ila M azzei, São Paulo.

MASSA: 1 /2 xícara de chocolate em 3 / 4 de


xícara de água quente, 1 xícara e 3 / 4 de farinha
de trig o , 1 xícara e 3 / 4 de A çúcar U N IÃ O ,
3 colheres (de café) de ferm e nto inglês, 1 co­
lher (de café) de sal. Passe pela peneira os
ingredientes secos, faça um buraco no m eio dê-
les e aí coloque na seguinte ordem : 1 /2 xícara
de óleo de am endoim, 7 gemas, 1 colher (de
café) de baunilha e o chocolate já frio . Bata a
massa até fic a r macia. Em uma tije la grande
coloque 7 claras e 1 colher (de chá) de ferm e nto
inglês, batendo até fo rm a r picos duros. Em se­
guida, m isture as claras batidas à massa das
gemas, suavemente, apenas para ligar. Não bata.
D ivida em duas fôrm as e asse em fo rn o bran­
do. R etire do fo rn o quando a massa, sendo to ­
cada levemente, to rn e a subir. Deixe esfriar.

RECHEIO: Bata 200 gramas de manteiga fresca


com 2 gemas e 2 xícaras de açúcar. Acrescente
2 xícaras de chocolate. Com essa m istura re­
cheie o bolo, cobrindo-o também.

RECEITA N .° 19
BALAS DE OVOS DONA RAQUEL

Receita enviada por Da. M aria Thereza Speers


Hayden, residente na Avenida W ashington Luiz
N .° 2 3 4 - apartam ento 5 - Santos

IN G R E D IE N TE S : 2 xícaras (de chá) bem cheias


de A ç ú c a r U N IÃ O , 2 / 3 de xíca ra de água, 13
gem as, 1 co lh e r (de chá) de m a nte ig a salgada,
1 co lh e r (de ca fé ) de v a n ilin a .

M O D O DE FAZER: Faça um a calda em ponto de


fio, com as 2 xícaras de açúcar e os 2 / 3 de
xícara de água. Fora do fo g o , ju n te as gemas
a essa calda, m e xen d o sem pre, acrescente a m an­
te ig a e ponha ao fo g o brando, num a frig id e ira
ou m esm o n um a panela rasa. M e xa sem pre ao
c o m p rid o , nunca vo ltea n d o. Q uando a massa
d esprender do fu n d o está p ro n ta . Ponha a
v a n ilin a na massa e deixe-a descansar até o dia
s e gu in te . Faça um a segunda calda em ponto de
quebrar, com a m esma q u a n tid a d e de açúcar e
água da p rim e ira . E xp e rim e n te a calda em um a
xícara com água fria . Q uando esta la r no fu n d o
está no ponto de quebrar. Faça b olin ha s com
a massa, passe-as nessa calda, com a u x ílio de
p a lito s untados de m a nte ig a e coloque-as em
travessas ou ta b u le iro s untados, até e sfria re m .
E m brulhe-as em papel im pe rm e áve l ou de seda.

RECEITA N .° 20
ROCAMBOLE DE AMENDOIM

Receita enviada por Da. Izabel Penteado,


residente na Avenida Dr. Arnaldo N .° 1532,
São Paulo.

INGREDIENTES DA MASSA: 6 ovos, 6 colheres


(de sopa) de A çúcar U N IÃ O , 3 colheres (de sopa)
de fa rinh a de rosca e 1 pires de am endoim to r­
rado e moído.

M O D O DE FAZER: Bata os ovos com o para


pão-de-ló e adicione o açúcar, a fa rinh a de rosca
e o am endoim. Asse em assadeira untada de man­
teiga. Depois de assado vire sobre um guarda­
napo úm ido. Faça, então, o seguinte recheio:

INGREDIENTES DO RECHEIO: 125 gramas de


m anteiga fresca, 125 gramas de A çúcar U N IÃ O ,
2 gemas, 1 xícara de Café CABOCLO bem fo rte
e 1 pires de am endoim torrado e moído.

M O D O DE FAZER: Bata bem a manteiga, adi­


cione o açúcar e as gemas, tornando a bater.
Despeje o café aos poucos, gota a gota e bata
tu d o m u ito bem. Espalhe o recheio sôbre a
massa, p olvilhando com amendoim. Enrole o ro­
cambole, polvilhando-o de novo com o amendoim
restante.

RECEITA N .° 21
PUDIM ANITA

Receita enviada por Da. Ana M a ria Rolim von


H oonholtz, residente na Avenida Brasil, 7 1 3 ,
Santo  ngelo, Rio Grande do Sul.

IN G R E D IE N TE S : 1 dz. de ovos, 350 grs. de


A ç ú c a r U N IÃ O , 1 côco, 1 p ire s de q u e ijo de
M in a s ralado, 1 co lh e r (de sopa) rasa de m aizena.

M O D O DE FA ZER : Bata as doze gem as e m is-

tu re -a s aos dem ais ing re d ie n te s. Despeje em


fô rm a untada co m m a n te ig a e leve ao fo rn o .
Bata em separado seis claras em neve com seis
c o lh e re s de açúcar. R etire o p u d im do fo rn o
q ua n d o e s tiv e r quase p ro n to e sôbre êle despeje

as claras batidas. Leve o p u d im n ova m e n te ao


fo rn o , apenas para co ra r as claras. U m a vez as­
sado, espere e s fria r, d ese n fo rm e e te rá u m d e li­

cioso p u d im de duas cores.

RECEITA N .° 22
S O B R E M ESA C A M PESTRE

Receita enviada por Da. Eunice de M aria M endes,


residente na Avenida D r. Pedro Lessa, 1 5 7 —
Santos, Estado de São Pauio.

Faça um pão -d e -ló da se g u in te m aneira: bata 6


gem as m u ito bem , ju n ta n d o -lh e s as 6 claras ba­
tid a s em neve. A cre sce n te 6 colheres (de sopa)
de A ç ú c a r U N IÃ O e 5 colheres (de sopa) de
fa rin h a de trig o . M is tu re tu d o m u ito bem e asse
em assadeira co m prid a . C orte em trê s pedaços
do m esm o tam a n ho . Faça em separado o se gu in ­
te cre m e: 2 copos bem cheios de le ite , 6 co­
lheres (de sopa) de A ç ú c a r U N IÃ O , 2 colheres
td e sopa) de m aizena. Leve ao fo g o até engros­
sar. C olo q ue u m dos pedaços do pão-de-ló num a
travessa e cu b ra -o com o crem e. Salpique fr u ­
tas c rista liza da s, co brin d o-a s com um a camada
de cre m e de C h a n tilly . C oloque o u tro pedaço de
pão-de-ló, nova camada de crem e, de fru ta s e
de C h a n tilly . C oloque, fin a lm e n te o te rc e iro pe­
daço, >cobrindo-o da m esm a fo rm a . A ssim , a ú l­
tim a cam ada será de C h a n tilly , com o q ua l de­
verá a sobremesa fic a r toda coberta.
Esta sobremesa deverá ser fe ita de véspera e
guardada na g e la d eira , pois é m u ito saborosa bem
gelada.

RECEITA N .° 23
BOLO TENTAÇÃO

Receita enviada por Da. Isaitina M esquita M arins,


Faculdade de Teologia, Rudge Ramos,
E. S. Paulo.
IN G R E D IE N TES: 1 p acote de 2 0 0 grs. de fé cu la
de batata, 8 ovos, 14 co lh e re s (sopa) de A c ú c a r
U N IÃ O , 2 colheres (sopa) de caldo de lim ão, 1
c o lh e r (café) de essência de abacaxi.
M O D O DE FAZER: Bata as claras em ponto-de-
neve e m is tu re as gemas co n tin u a n d o a bater.
A d ic io n e o açúcar e bata tu d o m u ito bem . A cre s­
ce nte a fé c u la , o ca ld o de lim ã o e a essência.
Leve ao fo rn o q ue n te em assadeira unta da com
m a nte ig a e fa rin h a de trig o . D epois de assado,
tir e da assadeira ainda quente.
RECHEIO: 1 abacaxi ralado, 1 côco ralado, 6
ovos in te iro s, 5 0 0 grs .de açúcar e 1 co lh e r de
m a n te ig a . M is tu re tu d o e leve ao fo g o até apa­
recer o fu n d o da panela. R etire, bata e d eixe
e s fria r. D ivid a o b o lo em duas partes, coloque
o re che io e cubra com o se gu in te glacê: 3 x í­
caras de açúcar, 1 pacote e m e io de m ante ig a
(3 7 5 grs.) e 1 co lh e r (café) de essência de aba­
c a xi. Leve o açúcar ao fo g o até o p on to de
calda de fio brando. D eixe e sfria r. Bata bem
a m a nte ig a , a dicio ne a calda e a essência, con­
tin u a n d o a b ater até engrossar. C ub ra o bolo,
que fic a delicioso!

RECEITA N .° 24
MANJAR SUPREMO

Receita enviada por Da. Luiza Rossi, residente na


R. Henrique Schauman, 567, Pinheiros, S. Paulo.

INGREDIENTES: 1 /2 q u ilo de bolachas "M e n ­


tira ", 250 grs. de ameixas pretas, 1 /4 de litro de
crem e de C ha n tilly, 6 folhas de gelatina (2 ver­
melhas e 4 brancas), 1 cálice de V inh o do Pôrto,
suco de 3 laranjas e A çúcar U N IÃ O a gôsto.

M O D O DE FAZER: Prim ei ro, faça o seguinte cre­


me de ameixas: ferva as ameixas, passe-as pelo
liq u id ific a d o r e apure-as ao fogo. Desmanche
a gelatina em uma xícara de água fervendo, adi­
cione o V inh o do Pôrto, o suco de laranja e o
açúcar a gôsto. Em separado, faça o seguinte
creme: 1 /2 litro de leite, 2 gemas, 2 colheres
de sopa de maizena e açúcar a gôsto. A rrum e
o m anjar da seguinte maneira, em fôrm a de
pyrex: em p rim e iro lugar, o C ha n tilly; em se­
gundo, um terço das bolachas; em terceiro, o
crem e; em quarto, outro terço das bolachas; em
q u in to , o creme de ameixas e, em sexto, o res­
tante das bolachas. Cubra tu d o com a gelatina
já m eio espêssa e leve o m anjar à geladeira. É
conveniente fazer de véspera.

RECEITA N .° 25

i
TORTA DE CASTANHA DE CAJU

Receita enviada por Da. Helena Luciano, resi­


dente na Rua Honduras N .° 199, Jardim Paulista,
São Paulo.

INGREDIENTES: 8 ovos, 6 colheres (de sopa)


de Açúcar U N IÃ O , 3 colheres (de sopa) de
fa rin h a de rosca e 250 grs. de castanhas de caju
passadas na m áquina.

M O D O DE FAZER: Bata as claras em neve, ju n te


as gemas, torne a bater, acrescente o açúcar,
bata ainda e acrescente a fa rin h a e o caju.
Bata tu d o m u ito bem e leve ao fo rn o brando em
fô rm a untada e p olvilh a d a com fa rin h a de rosca.
Q uando e n fia r um p a lito e êle sair sem massa,
em bora úm ido, está p ronto.

RECHEIO E COBERTURA: Faça um crem e com


1 /4 de litr o de leite , uma co lh e r (de sopa) de
m aizena, açúcar e bau n ilh a a gôsto. D eixe es­
fria r. Bata 125 gramas de m anteiga, com o cre­
me, adicione devagar o crem e de maizena já
fr io e uma co lh e r (de sopa) de "C h e rry Brand".
Depois da to rta recheada e coberta, salpique com
caju ralado ou m oído e leve à geladeira.

RECEITA N .° 26
PUDIM CLARITA

Receita enviada por Da. M aria Judith Congro


W anderley, residente na Avenida General
Rondon, 1 .2 0 5 , Corum bá, Est. de M a to Grosso.

IN G R E D IE N TES: 8 ovos, 14 colheres (de sopa)


de A ç ú c a r U N IÃ O , 1 côco ralado, 1 co lh e r (de
sobrem esa) de fé c u la de batata, 1 /2 litr o de leite.

MODO DE FAZER: Bata em neve o ito claras,


acrescente o ito colheres (de sopa) bem cheias
de açúcar e to rn e a bater. A d ic io n e um a x í­
cara (de chá) de côco ralado e leve ao fo rn o ,
em ban h o -m aria , em fô rm a untada de calda q u e i­
m ada. U m a vez fr io , v ire n u m p ra to p ró p rio e
cubra com o se g u in te crem e:
Bata seis gemas com seis colheres (de sopa) de
açúcar e um a co lh e r (de sobremesa) de fé c u la de
batata. Em separado, fe rva m e io litro de leite ,
a d ic io n e o côco que sobrou, esprem a n u m g u a r­
danapo e ju n te o le ite que o b tiv e r às gemas,
levaqdo ao fo g o b ra n d o e m exendo sempre.

RECEITA N .° 27
SORVETE DE MORANGO

Receita enviada por Da. A delia G ennari,

residente na Rua V ictorin o C arm illo, 1 .0 8 5 ,

Barra Funda, São Paulo.

IN G R E D IE N T E S : 2 5 0 gram as de m orangos, 150

gram a s de cre m e fre sco , 1 copo de le ite , 2 c la ­

ras e 9 c o lh e re s (de sopa) de A ç ú c a r U N IÃ O .

MODO DE FA ZER : Am asse os m o ran g o s com


a m e ta d e do a çúcar. Em separado, bata as c la ­
ras em neve, a d icio n a n d o , aos poucos, o res­

ta n te d o açúcar. A s e g u ir, ju n te os m orangos


amassados, o le ite e o cre m e fre sco . M is tu re tu d o
m u ito bem , desp e je na gave ta e leve ao r e fr i­
g era d o r. Esta é um a das m e lh o re s receita s de

so rvete de m o ra n g o q u e co nhecem os. É e xce ­

le n te . Paga a pena fa z ê -la !

RECEITA N .° 28
BABÁ
\
JAMAICA
9

Receita enviada por Da. M aria Queiroz Cesco,


residente na Avenida São Carlos N .° 2 .4 8 8 ,
São Carlos, São Paulo

INGREDIENTES: 300 gramas de fa rin h a de trig o ,


5 ovos inteiro s, 1 co lh e r de A çú ca r U N IÃ O , 250
gram as de m anteiga fresca, 1 p ita d in h a de sal,
1 ta b le te de fe rm e n to Fleischm ann, 150 gramas
de passas sem sementes e 150 gramas de laranja
cristalizada.

M O D O DE FAZER: Desmanche o fe rm e n to em
m eia xícara de leite m orno. Em separado, bata
os ovos, ju n te o leite com fe rm e nto , a m anteiga,
o açúcar, a fa rin h a e o sal. Bata tu d o m u ito bem,
acrescente as passas e a laranja crista liza da e
ponha para crescer em fô rm a untada com m an­
te iga , pelo espaço de duas horas, em lugar
tép id o . Faça à parte uma calda com u m litro
de água e m e io q u ilo de A çú ca r U N IÃ O . Retire
do fo g o e acrescente dois cálices de rum e dois
cálices de lic o r de cacau. Despeje esta calda
sôbre o bolo ainda quente. Fure o bolo em vá­
rios lugares, com um p a lito , para a calda penetrar
bem.

RECEITA N .° 29
TORTA DE AVELÃS

Receita enviada por Da. M arlene Farias, residente


na Rua Graúna, 2 3 5 — Brás de Pina,
Rio de Janeiro

IN G R ED IEN TES: 4 claras, 2 5 0 grs. de A çú ca r


U N IÃ O , 150 grs. de avelãs descascadas, 3 / 4 de
litr o de crem e de C h a n tilly e um a pitada de
v a n ilin a .

M O D O DE FAZER: Bata bem as 4 claras e vá


ju n ta n d o aos poucos as 2 5 0 grs. de açúcar com
a p ita d a de va n ilin a . A cre scen te 5 0 grs. de
avelãs torradas e moídas. C oloque em um a
fô rm a de to rta fo rra d a com papel im perm eável,
em fo rn o re gu la r, até endurecer. Prepare o
re che io com 3 / 4 de litro de crem e de C h a n tilly
m is tu ra d o com 5 0 grs. de avelãs torradas e
m oídas e colo q u e-o sôbre a massa. E n fe ite com
avelãs ao caram elo, que se fa ze m da seguinte
m aneira: D erreta ao fo g o 2 colheres de açúcar até
o p o n to de caram elo. Ju n te 5 0 grs. de avelãs
torradas. D eite o caram elo sôbre o m árm ore,
esfarelando-o com um pau-de-m acarrão.

RECEITA N .° 30
O ALIMENTO DE MAIOR VALOR
ENERGÉTICO
A dietética moderna revela o impressio­
nante papel do açúcar na formação dos tecidos
de reserva do organismo infantil.

Está provado que 225 gramas de açúcar


correspondem a 100 gramas de gordura ali­
mentar.
/ is crianças nutridas com deficiência de
açúcar apresentam distúrbios característicos:
anemia, musculatura flácida, indolência e ra­
quitismo.

É indispensável, porém, que o açúcar a


ser consumido pelas crianças seja realmente
puro, isento de possíveis contaminações.

Os maiores pediatras brasileiros recomen­


dam o Açúcar UNIÃO porque estão conven­
cidos da sua pureza e do seu elevado teor de
sacarose, o princípio ativo a que Claude Ber­
nard chamou de «carvão dos músculos».

/ i s mães de família não devem se esquecer


de que, dentre todos os alimentos, o açúcar é
o que possue maior valor energético.
A Companhia União dos Refinadores, comemorando
cinqüenta anos de existência, sente-se feliz de não ter
jamais dormido sôbre os louros conquistados. Foram
cinqüenta anos de trabalho fecundo, de esforços ingentes,
no afã de produzir o mais puro açúcar refinado e o
café mais saboroso e mais brasileiro. Foram cinqüenta
anos de luta intensa para jamais desmerecer do alto
conceito em que foi sempre tida pelo público, ao qual
agradece, penhorada, a cooperação que, tão generosa­
mente, lhe dispensou no seu meio século de existência.
C O M P A N H IA U N IÃ O DOS REFINADORES
AÇ Ú C AR E CAFÉ

RUA BORGES DE FIGUEIREDO, 237 - SÀO PAULO