You are on page 1of 52

DIS ISO 45001:2016 Comentada

DIS ISO 45001:2016 COMENTADA

Site: www.simplessolucoes.com.br | E-mail: helio@simplessolucoes.com.br | Celular / WhatsApp: (54) 9975 3310

Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 1 de 52


DIS ISO 45001:2016 Comentada

Este documento foi elaborado baseado nas informações da DIS ISO 45001:2016 e do trabalho de tradução do inglês
para o português dos seguintes profissionais em ordem alfabética:
1) Adriana Bianchi
2) Fábio Amador Machado
3) Hélio René Lopes da Rocha;
4) Ida Paula Soares;
5) Maiquel Vinícius Moretti;
6) Nicole Montes Lanzarotti;
7) Pamella Dias;
8) Sergio Farias;
9) Solange Marques, e;
10) Tatiana Regina de Jesus.
A coluna de comentários foi baseada nas contribuições de diversos profissionais que participaram da consulta pública
referente a DIS ISO 45001:2016.

DIS ISO 4501:2016 COMENTÁRIOS


0.1 Prefácio Comentário 01
Na hora de desenvolver esta Norma Internacional, a Organização Uma organização é responsável pela saúde e segurança dos seus
Internacional do Trabalho (OIT) estima que 2,3 milhões de pessoas trabalhadores e que de pessoas sob o seu controle ... deve ser tornar o
morrem anualmente de acidentes de trabalho e doenças. âmbito da organização ... significa companhia, incorporado, centro de
work..etc ..
Uma organização é responsável pela saúde e segurança dos seus
trabalhadores e de outras pessoas sob seu controle que estão realizando Seus trabalhadores ... é referido pessoas sob dependência da empresa
o trabalho em seu nome, incluindo a promoção e proteção de sua saúde .. para instâncias contratante não estão incluídos no âmbito do
física e mental. A adoção de um sistema de gestão de saúde ocupacional presente
e segurança pretende permitir que a organização melhore seu Solução 01
desempenho de segurança e saúde ocupacional (SSO) na melhoria da
saúde e segurança no trabalho e para gerenciar seus riscos de SSO. Eu mudaria organização pela empresa e em vez de dizer outras
pessoas sob seu controle eu escreveria como todas as pessoas no
NOTA 1 O termo "saúde e segurança ocupacional" (SSO) tem o mesmo centro de trabalho.
significado que "segurança e saúde ocupacional".
Comentário 02
NOTA 2 O termo "trabalhador" (ver 3.3) é definido para incluir a alta "Para permitir uma organização melhorar o seu desempenho de SSO
gestão (ver 3.12), pessoas gerenciais e não gerenciais. no aprimoramento da saúde e segurança no trabalho"
Para "melhorar" no "aprimoramento" é uma duplicação. Também pode-
se presumir que melhorou o desempenho de SSO já implica aumento
da SS no trabalho.
Solução 02
Permitir a organização melhorar o seu desempenho de SSO e
gerenciar seus riscos de SSO.
Comentário 03
"... Dos seus trabalhadores e de outras pessoas sob seu controle que
estão realizando o trabalho em seu nome ..."
A organização também é responsável pela SSO de seus visitantes
(pessoas que estarão acessando suas instalações, como as
autoridades locais inspetores etc ...)
Solução 03
"... Dos seus trabalhadores e de outras pessoas sob seu controle que
estão realizando o trabalho em seu nome ou que visitam suas
instalações ..."

Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 2 de 52


DIS ISO 45001:2016 Comentada

DIS ISO 4501:2016 COMENTÁRIOS


0.2 Objetivo de um sistema de gestão de saúde ocupacional e Comentário 01
segurança O sistema de gestão da SSO deve abordar objetivos sequenciais em
O objetivo de um sistema de gestão de saúde ocupacional e segurança dois níveis. Nível estratégico, onde os processos da organização são
é fornecer uma estrutura para a gestão de prevenção da morte, lesões tratados, tais como: política, liderança, objetivos, performances, e
relacionadas ao trabalho e problemas de saúde. O resultado pretendido Níveis Operacionais levantando processos como: como Análises dos
é prevenir a morte, lesões relacionadas ao trabalho e doenças de saúde perigos, documentos, conscientização, gestão de mudança, respostas
para os trabalhadores, melhorar e proporcionar um ambiente de à emergência. Exemplo: Três linhas de defesa: prevenção,
trabalho seguro e saudável para os seus trabalhadores e outras recuperação e mitigação.
pessoas sob o seu controle. As atividades de uma organização podem Solução 01
representar um risco de morte, lesões relacionadas ao trabalho e
doenças de saúde, por isso, é extremamente importante para a Eu mudaria toda a estrutura ISO por um sistema real, com processo
organização eliminar ou minimizar riscos de SSO, tomando medidas sequencial em dois níveis (estratégico e operacional)
preventivas eficazes. Quando estas medidas são aplicadas pela Comentário 02
organização através do sistema de gestão da SSO (apoiado pelo uso
de controles adequados, métodos e ferramentas, em todos os níveis da 1. O uso de "propósito" e "resultado pretendido" são utilizados tanto em
organização) eles melhoram o seu desempenho de SSO. Pode ser relação à "prevenção da morte, lesões relacionadas ao trabalho e
mais eficaz e eficiente agir inicialmente para abordar potenciais doenças de saúde"
oportunidades de melhoria do desempenho de SSO. 2. Esta seção deveria ter começado com "As atividades de uma
Um sistema de gestão da SSO pode permitir a uma organização organização podem representar um risco de morte, lesões relacionadas
melhorar o seu desempenho de SSO por meio de: ao trabalho e doenças de saúde", sendo esta a razão pela qual
precisamos do sistema de gestão da SSO.
a) Desenvolver e implementar uma política de sistema de gestão
da SSO e objetivos de SSO; 3. "Quando estas medidas forem aplicadas pela organização através
do seu sistema de gestão da SSO" implicaria que se as medidas forem
b) Assegurar que a alta direção demonstra liderança e aplicadas de forma diferente não melhoraria a sua performance de
compromisso de SSO no que diz respeito ao sistema de gestão SSO.
da SSO;
4. "Pode ser mais eficaz e eficiente agir no início para abordar
c) Estabelecimento de processos sistemáticos que consideram potenciais oportunidades de melhoria para o desempenho de SSO".
seu contexto (ver A.4.1) e que levem em conta os seus riscos e Isto duplica a declaração anterior de "medidas preventivas"
suas oportunidades;
5. "Estabelecer os controles operacionais para eliminar ou minimizar os
d) Determinar os perigos e riscos de SSO associados às suas riscos de SSO;" já foi coberto por "determinar os perigos e riscos de
atividades; buscando eliminá-los, ou por em ação controles SSO associados às suas atividades; buscando eliminá-los, ou
para minimizar os seus efeitos potenciais; colocando em ação controles para minimizar os seus efeitos
potenciais"
e) Estabelecer os controles operacionais para eliminar ou
minimizar os seus riscos de SSO; 6. "avaliando o seu desempenho de SSO e procurando melhorá-lo".
Por "buscando"
f) Aumentar a consciência dos perigos e riscos de SSO e os
controles operacionais associados, através da informação, 7. "j" parece já ter sido coberto por "f" "através da informação,
comunicação e treinamento; comunicação e treinamento"
g) Avaliar o desempenho de SSO procurar melhorá-lo; 8. "Um sistema de gestão da SSO pode ajudar". Possam ou devam?
h) Estabelecer e desenvolver as competências necessárias; 9. "Um sistema de gestão da SSO pode permitir a uma organização
melhorar o seu desempenho de SSO por:" É a adesão ao sistema que
i) Desenvolver e apoiar uma cultura de segurança, saúde permite. ”
ocupacional na organização;
Solução 02
j) Garantir que os trabalhadores e, quando houver, os
representantes dos trabalhadores, sejam informados, As atividades de uma organização podem representar um risco de
consultados e que participem. morte, lesões relacionadas ao trabalho e doenças de saúde, por isso, é
extremamente importante para a organização eliminar ou minimizar
k) Um sistema de gestão da SSO pode ajudar uma organização a riscos de SSO, tomando medidas preventivas eficazes. O objetivo de
cumprir os seus requisitos legais aplicáveis. um sistema de gestão da SSO é fornecer uma estrutura para a gestão
da prevenção da morte, lesões relacionadas ao trabalho e doenças de
saúde. Melhorando e proporcionando um ambiente de trabalho seguro
e saudável para os seus trabalhadores e outras pessoas sob o seu
controle. Quando o sistema de gestão da SSO (apoiado pelo uso de
controles adequados, métodos e ferramentas, em todos os níveis da
organização) é cumprido o desempenho de SSO vai melhorar.
Cumprimento a um sistema de gestão da SSO eficaz, devem assegurar
que uma organização:
a) desenvolveu e implementou uma política de SSO e objetivos de
SSO;
b) alta administração demonstra liderança e compromisso de SSO no
que diz respeito ao sistema de gestão da SSO;
c) estabeleceu processos sistemáticos que consideram seu contexto
(ver A.4.1) e que levaram em conta os seus riscos e suas
oportunidades;
d) determinou os perigos e riscos de SSO associados às suas
Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 3 de 52
DIS ISO 45001:2016 Comentada

DIS ISO 4501:2016 COMENTÁRIOS


atividades; tomando medidas para eliminá-los, ou colocando em ação
controles para minimizar os seus efeitos potenciais;
e) tem melhorado a conscientização dos seus perigos e riscos de SSO
e controles operacionais associados, através da informação,
comunicação e treinamento;
g) está avaliando o seu desempenho SSO e tomando medidas para
melhorá-lo;
h) está estabelecendo e desenvolvendo as competências necessárias;
i) está desenvolvendo e apoiando uma cultura de segurança e saúde
ocupacional e na organização;
Um sistema de gestão da SSO deve ajudar uma organização a cumprir
os seus requisitos legais aplicáveis.
Comentário 03
f) Eu gostaria de ver a palavra "educar" incluída. Informação e
comunicação são semelhantes onde educar significa esclarecer o que
é o que estamos tentando alcançar.
Se as pessoas são educadas em saúde e segurança eles terão uma
melhor compreensão do como e por que ao invés de apenas ter sido
informado ou dito.
Solução 03
f) aumentar a consciência dos seus perigos e riscos de SSO e os
controles operacionais associados, através da informação,
comunicação, educação e treinamento;
Comentário 04
A segunda frase é gramaticalmente inconsistente e não está clara por
que objetivo é usado no título e propósito no texto. No entanto, há um
ponto mais importante sobre a prevenção da morte, lesões
relacionadas ao trabalho e doenças de saúde. Porque é que lesão é o
único qualificado como relacionada com o trabalho? Tal como está
posicionado o resultado pretendido do sistema de gestão da SSO,
inclui prevenir todos os tipos de morte e todos os tipos de problemas de
saúde. Observe que, se os problemas de saúde foram cobertos por
relacionados com o trabalho a sintaxe correta seria a prevenção de
morte e lesões relacionadas ao trabalho e problemas de saúde.
Não use risco em um sentido lato como em As atividades de uma
organização podem representar um risco de morte, lesões relacionadas
ao trabalho e doenças de saúde.
As medidas preventivas não são definidas ou utilizadas em outros
lugares.
Desenvolver e apoiar uma saúde ocupacional e cultura de segurança
na organização; - Culturas de SSO pode ser bom ou ruim
Solução 04
Trocar propósito, no texto, por objetivo. Alterar segunda frase.
Os resultados pretendidos são para evitar a morte relacionada ao
trabalho, lesões e problemas de saúde para os trabalhadores, e para
fornecer um ambiente de trabalho seguro e saudável para os seus
trabalhadores e outras pessoas sob o seu controle.
Remover uso de risco em sentido lato, alterando frase para, por
exemplo “Atividades de uma organização tem o potencial para morte
relacionada com o trabalho, lesões e problemas de saúde.
Remover referência a medidas preventivas
Desenvolver e apoiar uma cultura positiva de segurança e saúde
ocupacional na organização.
Comentário 05
O objetivo de um sistema de gestão da SSO é fornecer uma estrutura
para o gerenciamento da prevenção da morte, lesões relacionadas ao
trabalho e doenças de saúde.
Pode incluir também a deficiência, o que é muito comum após lesão ou

Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 4 de 52


DIS ISO 45001:2016 Comentada

DIS ISO 4501:2016 COMENTÁRIOS


problemas de saúde.
Solução 05
O objetivo de um sistema de gestão da SSO é fornecer uma estrutura
para a gestão da prevenção de morte, invalidez, lesões relacionadas
ao trabalho e doenças de saúde.
Comentário 06
A segunda frase é uma repetição da primeira.
Solução 06
Eu mudaria a redação para remover a repetição.
Comentário 07
O título desta seção usa a palavra "Objetivo", enquanto que a primeira
frase usa a palavra "propósito". Para manter a terminologia padrão no
documento todo, mudar "objetivo " no título da seção para "propósito".
Solução 07
0.2 Propósito de um sistema de gestão da SSO
Comentário 08
O uso da palavra alta administração não é um termo conhecido ou
amplamente aceitável na América do Norte.
Solução 09
Alterar a alta administração para a alta direção em todo o documento.
Comentário 10
i) desenvolver e apoiar uma cultura de segurança e saúde ocupacional
e na organização;
Solução 10
i) promover, desenvolver e apoiar uma cultura positiva de segurança e
saúde ocupacional dentro da organização;
Comentário 11
1) A ordem dos pontos mencionados não reflete as boas práticas do
sistema de gestão e do ciclo PDCA de melhoria contínua. Isso deve
começar com o estabelecimento de uma cultura positiva na
organização que funcionará como um facilitador dos outros elementos.
2) h) A frase faz menção as competências necessárias em termos de
competências gerenciais e técnicas.
Solução 11
1) Ordem proposta.
b)
a)
c)
d)
e)
h)
f)
j)
g)
2) h) estabelecer e desenvolver as competências e habilidades
necessárias em todos os níveis para gerenciar, supervisionar e
trabalhar com segurança.

Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 5 de 52


DIS ISO 45001:2016 Comentada

DIS ISO 4501:2016 COMENTÁRIOS


0.3 Fatores de sucesso Comentário 01
A implementação de um sistema de gestão da SSO é uma decisão Objetivos de SSO não refletem os perigos e riscos de SSO, mas ele
estratégica e operacional para uma organização. O sucesso do sistema trata ou considera os perigos e riscos de SSO.
de gestão da SSO depende de liderança, comprometimento e Solução 01
participação de todos os níveis e funções da organização. A
implementação e sustentabilidade de um sistema de gestão da SSO, i) objetivos de SSO que se alinham com as políticas de SSO e
sua eficácia e sua capacidade de atingir os seus objetivos são considerar os perigos e riscos de SSO da organização;
dependentes de uma série de fatores-chave quem podem incluir: Comentário 02
a) Liderança e comprometimento da alta direção; 1. "O sucesso do sistema de gestão da SSO depende da liderança,
comprometimento e participação de todos os níveis e funções da
b) Alta direção desenvolver, liderar e promover uma cultura na organização" já implica três fatores-chave. Consequentemente, é
organização que apoie o sistema de gestão da SSO; duplicação mencionar novamente fatores-chave "a" a "k".
c) Participação dos trabalhadores e, quando houver, dos 2. "A sua eficácia e sua capacidade para atingir os seus objetivos".
representantes dos trabalhadores; Eficácia é sinônimo de "capacidade de alcançar os objetivos".
d) Processos de comunicação e consulta; 3. Se a listagem dos fatores-chave for necessária sugiro agrupa-la por:
e) Alocação dos recursos necessários para a sua liderança, comprometimento e participação.
sustentabilidade; 4. "O nível de detalhe, a complexidade, a extensão da informação
f) Políticas claras de SSO, às quais sejam compatíveis com os documentada, e os recursos necessários para garantir o sucesso do
objetivos estratégicos globais e direção da organização; sistema de gestão da SSO de uma organização". No início dos fatores-
chave já foram listados (a até k).
g) Integração do sistema de gestão da SSO nos processos de
negócio da organização; 5. "Dependerá de um número de fatores, tais como:". Esses fatores são
os componentes-chaves do sistema e não fatores.
h) Avaliação e monitoramento contínuos do sistema de gestão da
SSO para melhorar o desempenho de SSO; Solução 02
A implementação de um sistema de gestão da SSO é uma decisão
i) Objetivos de SSO os quais sejam alinhados com as políticas de estratégica e operacional de uma organização. O sucesso do sistema
SSO e reflitam os perigos e riscos de SSO da organização; de gestão da SSO depende de:
j) Conscientização de seus requisitos legais aplicáveis e outros 1- liderança e comprometimento da alta direção
requisitos;
2- alta direção desenvolver, liderar e promover uma cultura na
k) Processos eficazes para a identificação dos perigos de SSO, organização que apoia o sistema de gestão da SSO
controle dos riscos de SSO e aproveitar as oportunidades de
SSO. 3- políticas claras de SSO, que sejam compatíveis com os objetivos
estratégicos globais e direção da organização
Esta Norma Internacional, assim como outras normas internacionais,
não se destina a aumentar ou alterar os requisitos legais de uma 4. consciência dos seus requisitos legais aplicáveis e outros requisitos
organização.
2. compromisso de SSO
Demonstração de sucesso da implementação desta Norma pode ser
utilizada por uma organização para garantir aos trabalhadores e outras 1- alocação dos recursos necessários para a sua sustentabilidade
partes interessadas a eficácia do sistema de gestão da SSO quando 2- integração do SISTEMA DE GESTÃO DA SSO nos processos de
instituído. A adoção desta Norma Internacional, entretanto, não garante negócio da organização
por si só resultado ideais.
3- os processos eficazes para a identificação de perigos de SSO, o
O nível de detalhe, a complexidade, a extensão da informação controle dos riscos de SSO e aproveitar as oportunidades de SSO
documentada, e os recursos necessários para garantirem o sucesso do
sistema de gestão da SSO de uma organização dependerá de uma 4- objetivos de SSO os quais sejam alinhados com as políticas de SSO
série de fatores, tais como: e reflitam os perigos e riscos de SSO da organização
- Contexto da organização (por exemplo, número de trabalhadores, 3. A participação de todos os níveis e funções da organização.
tamanho, geografia, cultura, condições sociais, requisitos legais
aplicáveis e outros requisitos); 1- participação dos trabalhadores, e quando houver, dos
representantes dos trabalhadores
- O âmbito do sistema de gestão da SSO da organização;
2- processos de comunicação e consulta
- A natureza das atividades da organização e os riscos de SSO
relacionados. 3. avaliação e monitoramento contínuos do sistema de gestão da SSO
para melhorar o desempenho de SSO
A adoção desta Norma Internacional não garante por si só resultados
ideais. Só o cumprimento integral do sistema de gestão da SSO pode
garantir aos trabalhadores e outras partes interessadas que os perigos
de SSO foram identificados e os controles de risco adequados
implementados.
Comentário 03
O primeiro par de itens listados são redundantes com o primeiro
parágrafo.
Por exemplo:
O sucesso do sistema de gestão da SSO depende da liderança,

Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 6 de 52


DIS ISO 45001:2016 Comentada

DIS ISO 4501:2016 COMENTÁRIOS


comprometimento e participação de todos os níveis e funções da
organização
E
A implementação e sustentabilidade de um sistema de gestão da SSO,
a sua eficácia e a sua capacidade de atingir os seus objetivos
dependem de uma série de fatores-chave que podem incluir:
a) comprometimento e liderança da alta direção;
b) alta direção desenvolver, liderar e promover uma cultura na
organização que apoia o sistema de gestão da SSO;
Solução 03
Eliminar a referência à liderança no primeiro parágrafo e apenas incluir
a lista abrangendo todos os aspectos.
Comentário 04
Esses fatores não estão logicamente organizados considerando sua
importância e sequência do processo de gestão. Sugiro ajustar a
sequência das cláusulas a) a k).
Solução 04
a) compromisso de SSO e liderança da alta direção;
b) alta direção desenvolver, liderar e promover uma cultura na
organização que apoia o sistema de gestão da SSO;
c) políticas claras de SSO, as quais sejam compatíveis com os
objetivos estratégicos globais e direção da organização;
d) a integração do sistema de gestão da SSO nos processos de
negócio da organização;
e) a alocação dos recursos necessários para a sua sustentabilidade;
f) processos eficazes para a identificação de perigos de SSO, o
controle dos riscos de SSO e aproveitar as oportunidades de SSO;
g) objetivos de SSO os quais sejam alinhados com as políticas de SSO
e refletem os perigos e riscos de SSO da organização;
h participação dos trabalhadores e, quando existem, dos
representantes dos trabalhadores;
i) os processos de comunicação e consulta;
j) consciência de seus requisitos legais aplicáveis e outros requisitos;
k) avaliação e monitoramento contínuos do sistema de gestão da SSO
para melhorar o desempenho de SSO;
Comentário 05
Todos os gerentes sempre dizem que estão comprometidos com a
segurança, mas mantem-se afastados da área, eles dizem: eu
proporcionarei os recursos, mas nunca estão comprometidos com a
área da segurança....
Solução 05
a) Alta direção na liderança na área da segurança
b) Alta direção desenvolver, liderar e promover a área da segurança
acordo com os riscos, número de empregados, turnos, distância, entre
outros fatores
l) reduzir ou eliminar os fatores de risco ergonômicos
m) integrar segurança e ergonomia no processo de Produção Enxuta
0) programas de segurança comportamental
p) tratar fatores de risco psicológicos
q) prevenir erros humanos
r) fortalecer a segurança em toda a linha de frente
s) exigir prestação de contas a todos os funcionários
t) estabelecer AUDITORIAS DE SEGURANÇA EM ETAPAS e
Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 7 de 52
DIS ISO 45001:2016 Comentada

DIS ISO 4501:2016 COMENTÁRIOS


AUDITORIAS BASEADAS EM RISCO
Comentário 06
Todos os gerentes sempre dizem que estão comprometidos com a
segurança, mas mantem-se afastados da área, eles dizem: eu
proporcionarei os recursos, mas nunca estão comprometidos com a
área da segurança....
Solução 06
a) Alta direção na liderança na área da segurança
b) Alta direção desenvolver, liderar e promover a área da
segurança......
e) Alocar os recursos e adequar a equipe de segurança de acordo com
os riscos, número de empregados, turnos, distância, entre outros
fatores
l) reduzir ou eliminar os fatores de risco ergonômicos
m) integrar segurança e ergonomia no processo de Produção Enxuta
o) programas de segurança comportamental
p) tratar fatores de risco psicológicos
q) prevenir erros humanos
r) fortalecer a segurança em toda a linha de frente
s) exigir prestação de contas a todos os funcionários
t) estabelecer auditorias de segurança em etapas e auditorias
baseadas em risco
Comentário 07
f) políticas claras de SSO, às quais sejam compatíveis com os
objetivos estratégicos globais e direção da organização;
Estratégias e objetivos relacionados com a SSO não são mencionados.
j) conscientização de seus requisitos legais aplicáveis e outros
requisitos;
Conscientização por si só não é suficiente para garantir o sucesso do
sistema de SSO
Solução 07
f) políticas claras de SSO e objetivos estratégicos, os quais sejam
compatíveis com os objetivos estratégicos globais e direção da
organização;
h) a avaliação e monitorização do sistema de gestão da SSO para
desempenho de SSO contínua;
j) a consciência e o conhecimento dos seus requisitos legais aplicáveis
e outros requisitos;
0.4 Ciclo Planejar-Fazer-Checar-Agir Comentário 01
A base da abordagem de sistema de gestão da SSO aplicada nesta O elemento AGIR é demasiado restritivo.
Norma baseia-se no conceito de (PDCA) Planejar-Fazer-Checar-Agir, que Solução 01
requer liderança, comprometimento e participação dos trabalhadores e,
quando houver, dos representantes dos trabalhadores, de todos os níveis Use a versão 9001 e 14001
e funções da organização. 9001 - tomar medidas para melhorar o desempenho, conforme
O modelo PDCA é um processo interativo utilizado pelas organizações necessário.
para alcançar a melhoria contínua. Ele pode ser aplicado a um sistema de 14001 - tomar medidas para melhorar continuamente.
gestão e a cada um dos seus elementos individuais, como a seguir:
Comentário 02
• Planejar: estabelecer objetivos, programas e processos
necessários para fornecer resultados de acordo com a política O Modelo PDCA é aplicado a elementos ou processos do sistema. Se
de SSO da organização. você melhorar o processo do seu sistema, no final você está
melhorando o sistema como um todo.
• Fazer: implementar os processos como o planejado.
Solução 02
• Checar: monitorar e medir atividades e processos com relação
O Modelo PDCA deve ser abordado no processo; por exemplo; PDCA
à política e objetivos de SSO, e relatar os resultados.
aplicado à política, PDCA aplicado aos objetivos, o modelo PDCA
• Agir: tomar ações para melhorar continuamente o desempenho aplicado à Gestão de Perigos, o modelo PDCA aplicado ao processo

Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 8 de 52


DIS ISO 45001:2016 Comentada

DIS ISO 4501:2016 COMENTÁRIOS


de SSO para atingir os resultados pretendidos. de conscientização... e assim por diante.
Esta Norma Internacional incorpora o conceito PDCA em uma nova Comentário 03
estrutura, conforme mostrado na Figura 1. O Modelo PDCA é aplicado a elementos ou processos do sistema. Se
você melhorar o processo do seu sistema, ao final você melhora o
sistema como um todo.
Solução 03
O Modelo PDCA deve ser abordado ao processo; por exemplo; PDCA
aplicado à política, PDCA aplicado aos objetivos, o modelo PDCA
aplicado à Gestão de Perigos, o modelo PDCA aplicado ao processo
de conscientização ... e assim por diante.

Figura 1 – SSO modelo de sistema de gestão para esta norma


NOTA: Os números indicados entre parênteses referem-se aos números
das cláusulas nesta Norma.
0.5 Conteúdos desta norma
Esta Norma Internacional adotou a "estrutura de alto nível" (isto é,
sequência de cláusula, texto comum e terminologia comum),
desenvolvido pela ISO para melhorar o alinhamento entre os seus
Normas Internacionais para sistemas de gestão.
Esta Norma não inclui requisitos específicos de outros sistemas de
gestão, tais como os de qualidade, ambiente, segurança ou gestão
financeira, embora seus elementos possam ser alinhados ou integrados
com os de outros sistemas de gestão.
Cláusulas de 4 a 10 contêm requisitos que podem ser usados para avaliar
a conformidade. Anexo A fornece explicações informativas para auxiliar
na interpretação desses requisitos.
Nesta Norma Internacional, as seguintes formas verbais são usadas:
• "deve" indica um requisito;
• "deve" indica uma recomendação;
• "pode" indica uma permissão;
• "pode" indica uma possibilidade ou a capacidade.
As informações identificadas como "NOTA" se destinam a orientar o
entendimento ou esclarecer o requisito associado. "Notas de entrada"
usado na cláusula 3 fornece informações adicionais que complementam
os dados terminológicos e podem conter disposições relativas ao uso de
um termo.
Os termos e definições na cláusula 3 são dispostos de modo conceptual,
com um índice alfabético fornecido no final do documento.

Sistemas de gestão de saúde ocupacional e segurança - Requisitos Comentário 01


1 Escopo 1. "especifica requisitos". Isto não deve ser requisito "mínimos".

Esta Norma especifica requisitos para a segurança e saúde ocupacional 2. "As condições de trabalho seguras e saudáveis" já implicam na
do sistema de gestão (SSO), com a orientação para a sua utilização, para prevenção de lesões relacionadas com o trabalho e problemas de

Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 9 de 52


DIS ISO 45001:2016 Comentada

DIS ISO 4501:2016 COMENTÁRIOS


permitir a organização fornecer condições de trabalho seguras e saúde.
saudáveis para a prevenção de lesões relacionadas com o trabalho e
problemas de saúde e melhorar pro ativamente o seu desempenho de 3. "estabelecer, implementar e manter um sistema de gestão da SSO
SSO. Isto inclui o desenvolvimento e implementação de uma política e para melhorar a saúde e segurança no trabalho, eliminar ou minimizar
objetivos de SSO que levem em conta requisitos legais aplicáveis e os riscos de SSO (incluindo deficiências do sistema), aproveitar as
outros requisitos aos quais a organização está vinculada. oportunidades de SSO, e tratar as não conformidades do sistema de
gestão da SSO associadas às suas atividades;" não agrega valor,
Esta Norma é aplicável a qualquer organização que deseje: como aponta b, c e d obtê-lo com mais precisão.
Estabelecer, implementar e manter um sistema de gestão da SSO para 4. As demonstrações alegando que está no escopo e o que está fora
melhorar a saúde e segurança no trabalho, eliminar ou minimizar os deve ser agrupada.
riscos de SSO (incluindo deficiências do sistema), aproveitar as
oportunidades de SSO, e tratar o sistema de gerenciamento de não 5. "nem é prescritiva sobre o projeto de um sistema de gestão da SSO.”
conformidades de SSO associado com suas atividades. Contradiz "reivindicação de conformidade com esta Norma não são
aceitáveis, a menos que todas as suas necessidades sejam
Melhorar continuamente o seu desempenho de SSO e alcance dos seus incorporadas", que é mencionado no final do texto.
objetivos de SSO;
Solução 01
Assegurar-se da conformidade com a sua política de SSO; Esta Norma especifica os requisitos mínimos para um sistema de
Demonstrar a conformidade com os requisitos desta Norma. gestão de saúde e segurança (SSO), com um guia para o seu uso,
para permitir uma organização fornecer condições de trabalho seguras
Esta Norma se destina a ser aplicável a qualquer organização, e saudáveis e melhorar pro ativamente o desempenho de SSO. Isto
independentemente do seu tamanho, tipo e atividades e se aplica aos inclui o desenvolvimento e implementação de uma política e objetivos
riscos de SSO sob controle da organização, considerando fatores como o de SSO que levem em conta os requisitos legais aplicáveis e outros
contexto em que a organização opera e as necessidades e expectativas requisitos aos quais a organização está submetida.
do seus trabalhadores e outras partes interessadas.
Esta Norma é aplicável a qualquer organização que deseje:
Esta Norma não prescreve critérios específicos para o desempenho de
SSO, nem é prescritiva sobre o projeto de um sistema de gestão dA SSO. b) melhorar continuamente o seu desempenho de SSO e o alcance dos
seus objetivos de SSO;
Esta Norma possibilita a uma organização, através do seu sistema de
gestão da SSO, integrar outros aspectos de saúde e segurança, como o c) assegurar-se da conformidade com a sua política de SSO;
bem-estar do trabalhador / bem-estar. d) demonstrar a conformidade com os requisitos desta Norma.
Esta Norma não trata questões como a segurança dos produtos, danos à Esta Norma se destina a ser aplicável a qualquer organização,
propriedade ou impactos ambientais, além dos riscos que proporciona independentemente do seu tamanho, tipo e atividades e se aplica aos
aos trabalhadores e outras partes interessadas relevantes. riscos de SSO sob controle da organização, tendo em conta fatores
Esta Norma pode ser utilizada no todo ou em parte para melhorar como o contexto em que a organização opera e as necessidades e
sistematicamente a gestão de SSO. No entanto, as reivindicações de expectativas do seus trabalhadores e outras partes interessadas.
conformidade com esta Norma não são aceitáveis, a menos que todas as Esta Norma possibilita à organização, através do seu sistema de
suas necessidades sejam incorporadas no sistema de gestão da SSO de gestão da SSO, integrar outros aspectos de saúde e segurança, tais
uma organização e cumpridas sem exclusão. como bem-estar do trabalhador.
NOTA: Para mais orientações sobre a intenção dos requisitos desta Fora do escopo
Norma, Ver Anexo A.
• A Norma não prescreve critérios específicos para o desempenho de
SSO, nem é prescritiva sobre o projeto de um sistema de gestão da
SSO.
• Esta Norma não trata de questões como a segurança dos produtos,
danos à propriedade ou impactos ambientais, além dos riscos que
proporcionam aos trabalhadores e outras partes interessadas
relevantes.
Esta Norma pode ser utilizada no todo ou em parte para melhorar
sistematicamente gestão de SSO. No entanto, as reivindicações de
conformidade com esta Norma não são aceitáveis, a menos que todas
as suas necessidades sejam incorporadas no sistema de gestão da
SSO de uma organização e cumpridas sem exclusão.
NOTA Para mais orientações sobre a intenção dos requisitos desta
Norma, ver Anexo A.
Comentário 02
Precisamos de fato 'de forma proativa' as outras Normas dispensam
esse tipo de jargão.
Solução 02
Remover pro ativamente
Comentário 03
"... A prevenção de lesões relacionadas com o trabalho e problemas de
saúde..."
A morte não deveria ser incluída acima à medida que procuramos
evita-la também?

Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 10 de 52


DIS ISO 45001:2016 Comentada

DIS ISO 4501:2016 COMENTÁRIOS


Solução 03
"... A prevenção da morte relacionada ao trabalho, lesões e problemas
de saúde..."

2 Referências normativas Comentário 01


Não existe referências normativas. Não existe uma definição de Gestão da Mudança em referências
normativas o que é importante para ajudar as organizações a
compreende-la melhor.
Solução 01
Adicionar a definição de Gestão da Mudança como abaixo:
A Gestão da Mudança (MOC) é um processo de gestão de segurança
para revisão, autorização, execução e controle das mudanças
planejadas às quais garantem mudanças para um processo não
inadvertidamente introduzir novos riscos ou inconscientemente
aumentar o risco de perigos existentes.
Comentário 02
ISO 9000: 2015 deveria ser uma referência.
Solução 02
Incluir ISO 9000:2015 nas Referências normativas.
3 Termos e definições
Para efeitos do presente documento, os seguintes termos e definições se
aplicam.
3.1 Organização
Pessoa ou grupo de pessoas que têm suas próprias funções com
responsabilidades, autoridades e relações para alcançar seus objetivos
(3.16).
Nota 1 da entrada: O conceito de organização inclui, mas não se limita a
empreendedor individual, companhia, corporação, firma, empresa,
autoridade, sociedade, caridade ou instituição, ou parte ou combinação
destas, incorporada ou não, pública ou privada.
3.2 Partes interessadas Comentário 01
Pessoa ou organização (3.1) que pode afetar, ser afetada, ou perceber-se "Afetada por uma decisão" precisa ser mais específico. A decisão
afetada por uma decisão ou atividade tomada por quem?

Nota 1 da entrada: Esta Norma estabelece os requisitos (3.8) no que diz Solução 01
respeito aos trabalhadores (3.3) que também são partes interessadas. Afetada por uma decisão tomada pela administração.
3.3 Trabalhador Comentário 01
Pessoa que executa o trabalho ou atividades relacionadas ao trabalho Nota 2 parece ser uma distorção extraordinária do uso habitual do
sob o controle da organização (3.1) termo trabalhador e isso conduz à anomalias tais como alta direção ter
que consultar a eles mesmos.
Nota 1 da entrada: Pessoas que executam o trabalho ou atividades
relacionadas ao trabalho sob várias modalidades, remunerada ou não, Solução 01
tais como, regular ou temporariamente, intermitentemente ou Definir trabalhador como pessoa que realiza o trabalho não gerencial
sazonalmente, casualmente ou em uma base em tempo parcial. sob o controle da organização
Nota 2 da entrada: Trabalhadores incluem alta administração (3.12), Em seguida, definir gerente como uma pessoa que executa o trabalho
pessoas gerenciais e não gerenciais. gerencial sob o controle da organização.
Nota 3 da entrada: O trabalho ou atividades relacionadas com o trabalho Comentário 02
realizado sob o controle da organização podem ser realizados por Levando em conta - "Nota 2 da entrada: Trabalhadores incluem alta
trabalhadores empregados pela organização, ou de outras pessoas, direção (3.12), pessoas gerenciais e não gerenciais", eu penso que
incluindo trabalhadores de provedores externos, contratados, indivíduos e seria melhor mudar o termo "trabalhador" por "empregado".
situações onde a organização tem algum grau de controle sobre os
trabalhadores, tais como trabalhadores temporários. Solução 02
Alterar termo "trabalhador" por "empregado".
Comentário 03
Sugiro adição de outra nota para deixar claro que, para trabalhadores
fora do local, 'devem ser concedido a mesma SSO como para aqueles '
no local '
Solução 03

Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 11 de 52


DIS ISO 45001:2016 Comentada

DIS ISO 4501:2016 COMENTÁRIOS


Nota: Os trabalhadores incluem aqueles que estão trabalhando
sozinhos, são móveis ou trabalham em casa. Os empregadores devem
considerar todos esses trabalhadores, bem como aqueles com base
em locais de trabalho definidas.
3.4 Participação Comentário 01
Envolvimento dos trabalhadores (3.3) no(s) processo(s) de tomada de 3.4 Participação
decisão no sistema de gestão da SSO (3.11) O envolvimento dos trabalhadores no(s) processo(s) de tomada de
decisão é apenas um aspecto da participação dos trabalhadores,
sugiro adicionar à cláusula incluindo o envolvimento dos trabalhadores
em outros aspectos do sistema de gestão da SSO.
Solução 01
3.4 Participação
Envolvimento dos trabalhadores (3.3) no(s) processo(s) de tomada de
decisão e outro processo de gestão de SSO(es) no sistema de gestão
da SSO (3.11).
3.5 Conduta Comentário 01
Processo (3.25) pelo qual a organização (3.1) procura a visão dos A palavra visão implica que as opiniões pessoais em vez de opiniões
trabalhadores (3.3) antes de tomar uma decisão. profissionais podem ser consideradas.
Solução 01
Alterar "busca as opiniões dos trabalhadores" para "busca a
participação dos trabalhadores"
Comentário 02
A consulta deve considerar outras partes interessadas - especialmente
contratados - além de trabalhadores
Solução 02
Processo (3.25) pelo qual a organização (3.1) procura as opiniões dos
trabalhadores (3.3) e outras partes interessadas (3.2)
Comentário 03
Eu apoio comentário # 1, embora visões não profissionais não sejam
problema. Eu acho que as visões não profissionais são legítimas, como
por exemplo, o interesse em manter-se saudável não precisa ser
"profissional". Mas o problema com "visões" é que isto não está muito
bem definido. "Participação" (tal como proposto no comentário #1) está
bem definido na cláusula 3.4.
Solução 03
Tal como proposto no comentário # 1: Substituir "visões" por
participação.
3.6 Local de trabalho Comentário 01
Colocar sob o controle da organização (3.1) aonde uma pessoa precisa Trabalho em locais de trabalho perigosos que não estão
estar ou ir por razões de trabalho (suficientemente), sob o controle da organização deve ser avaliado em
relação aos riscos de SSO de tais locais de trabalho, como a decisão
Nota 1 da entrada: responsabilidades da organização no âmbito do de enviar trabalhadores para esses locais de trabalho está sob o
sistema de gestão da SSO (3.11) para o local de trabalho depende do controle da organização. Os riscos e as decisões de enviar
grau de controle sobre o local de trabalho. trabalhadores para locais de trabalho perigosos precisam ser
documentadas.
Solução 01
?
Comentário 02
"Sob o controle da organização" precisa ser esclarecido. "Sob o
controle" precisa ser referenciado para o fato de que a organização
pode definir e impor as suas regras, regulações e normas.
Solução 02
Um lugar onde a organização estabelece e aplica regras, regulamentos
e normas.
Comentário 03
A implicação desta definição é que as organizações não têm qualquer
responsabilidade por pessoas que trabalhem longe do local de
trabalho, o que é uma restrição inaceitável, na minha opinião.

Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 12 de 52


DIS ISO 45001:2016 Comentada

DIS ISO 4501:2016 COMENTÁRIOS


Solução 03
Lugar
Sob o controle da organização (3.1) aonde uma pessoa precisa estar
ou ir por razões de trabalho
Aonde uma pessoa, sob o controle da organização, precisa estar ou ir
por razões de trabalho
Comentário 04
"Colocar sob o controle da organização (3.1) aonde uma pessoa
precisa estar ou ir por razões de trabalho" é um problema. Mais e mais
pessoas irão trabalhar remotamente a partir de seu escritório em casa.
A cláusula 3.6 proporciona um sentido de aliviar os empregadores por
suas responsabilidades em prover ambientes de trabalho onde não há
perigos para a saúde física e mental?
Exemplo: Na Alemanha, a Microsoft moverá seu escritório para um
local reduzido em Munique, pois, devido ao teletrabalho, o antigo
espaço do escritório está muito grande. ISSO não deve permitir-lhes
reduzir as suas obrigações de SSO.
Solução 04
?
Comentário 05
A remoção anterior de "direta e indireta" foi feita para simplificação,
mas deixando "controle" só resulta em assumir completamente o
controle direto. Na realidade, muitas jurisdições têm as suas próprias
definições sutilmente diferentes de local de trabalho.
Além disso, "aonde uma pessoa precisa", sugere aonde qualquer
trabalho desnecessário foi feito não contaria como um local de
trabalho.
Solução 05
Colocar sob o controle geral da organização (3.1), onde uma pessoa
vai em razão do trabalho.
3.7 Contratado Comentário 01
Organização externa (3.1) que preste serviços para a organização no Porque existe a Nota 1?
local de trabalho (3.6), de acordo com as especificações acordadas, Solução 01
termos e condições
Excluir Nota 1
Nota 1 da entrada: Os serviços podem incluir atividades de construção.
3.8 Requisito Comentário 01
Necessidade ou expectativa estabelecida, geralmente implícita ou "Geralmente implícito" não parece enquadrar-se na mesma categoria
obrigatória como um termo ou declaração onde algo é esperado, necessário ou
obrigatório. Enquanto uma implicação é um termo comumente usado e
Nota 1 da entrada: "Geralmente implícito" significa que é um costume ou compreendido significando algo mais ou o resultado de uma ação ('as
prática comum para a organização (3.1). É consistente com a política de implicações das ações as pessoas....'). Implicar alguma coisa não
SSO (3.15). significa necessariamente estar implícito. Este termo é, talvez para
'distorcer' para uma ação esperada, necessária ou obrigatória.
Solução 01
'Necessidade ou expectativa estabelecida como sendo obrigatória ou
necessária'
3.9 Requerimentos legais e outros requerimentos Comentário 01
Requisitos (3.8) estabelecidos pela lei que são aplicáveis à organização Sugerido alterar este termo em obrigações de conformidade, como na
(3.1), obrigações legais da organização e requisitos aos quais a ISO 14001
organização está legalmente submetida Solução 01
Nota 1 da entrada: Para os fins desta Norma Internacional, os requisitos De "requisitos legais e outros requisitos" para "obrigações de
legais e outros requisitos são aqueles relevantes para o sistema de conformidade"
gestão da SSO (3.11).
Nota 2 da entrada: Obrigações juridicamente vinculativas podem incluir as
disposições dos acordos coletivos.
Nota 3 Requisitos legais e outros requisitos incluem aqueles que
identificam as pessoas que são (3.3) os representantes dos
trabalhadores, em conformidade com as leis, regulamentos, acordos e

Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 13 de 52


DIS ISO 45001:2016 Comentada

DIS ISO 4501:2016 COMENTÁRIOS


práticas coletivas.
3.10 Sistema de gestão
Conjunto de elementos inter-relacionados ou interligados de uma
organização (3.1) para estabelecer políticas (3.14) objetivos (3.15) e
processos (3.25) para atingir esses objetivos.

Nota 1 da entrada: Um sistema de gestão pode tratar uma única disciplina


ou várias disciplinas.
Nota 2 da entrada: Os elementos do sistema incluem a estrutura, papéis e
responsabilidades, planejamento e operação, avaliação de desempenho e
melhoria.
Nota 3 entrada: O escopo de um sistema de gestão pode incluir a
totalidade da organização, funções específicas e identificadas da
organização, seções específicas e identificadas da organização, ou uma
ou mais funções através de um grupo de organizações.

3.11 Sistema de gestão de segurança e saúde ocupacional Comentário 01


Sistema de gestão (3.10) ou parte de um sistema de gestão utilizado para Não existe uma definição de SSO - este não é o caso na ISO 9000 ou
alcançar a política de SSO (3.15). ISO 14001.

Nota 1 da entrada: os resultados pretendidos do sistema de gestão da Se você substituir a definição do sistema de gestão você obterá um
SSO são para evitar lesões e problemas de saúde (3,18) aos conjunto de elementos inter-relacionados ou interativos de uma
trabalhadores (3.3) e para proporcionar um ambiente(s) de trabalho(s) organização para estabelecer políticas, objetivos e processos para
seguro e saudável (s) (3.4). alcançar esses objetivos ... utilizados para alcançar a política de SSO,
o que não faz sentido.
Nota 2 da entrada: Os termos " segurança e saúde ocupacional" (SSO) e
"saúde e segurança ocupacional" (SSO) têm o mesmo significado. Solução 01
Definir SSO
Redefinir sistema de gestão da SSO

3.12 Alta direção Comentário 01


Nota 1 da entrada: A alta administração tem o poder de delegar A alta direção não é um termo amplamente aceito.
autoridade e fornecer recursos dentro da organização providenciando a Solução 01
responsabilidade final pelo sistema de gestão da SSO (3.11) ser mantida.
Mudança "alta direção " para “Diretoria Sênior".
Nota 2 da entrada: Se o escopo do sistema de gestão (3.10) abrange
apenas parte de uma organização, então, a alta direção se refere àqueles
que dirigem e controlam esta parte da organização.
3.13 Eficácia
Medidas as quais as atividades planejadas são realizadas e os resultados
planejados alcançados.

3.14 Política Comentário 01


Intenções e direção de uma organização (3.1), como expressas Seria útil ter palavras, quer em ordem alfabética ou em ordem de
formalmente pela sua alta direção (3,12). seção.
Procedimento e Processo também devem ser definidos - e eu faço o
comentário agora, mas eu não tenho ideia se ele virá a seguir
Solução 01
Contido no comentário
3.15 Política de Segurança e Saúde Ocupacional Comentário 01
Política (3.14) para prevenir lesões relacionadas com o trabalho e "A política (3.14) para prevenir lesões relacionadas com o trabalho e
problemas de saúde (3.18) para o trabalhador(s) (3.3) e para fornecer um problemas de saúde" não está alinhado com 3.14 "intenções e direção
local de trabalho(s) seguro e saudável (3.6). de uma organização"
Solução 01
Política (3.14), detalhar as intenções e direção de uma organização
que visa a prevenção de lesões relacionadas ao trabalho e doenças de

Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 14 de 52


DIS ISO 45001:2016 Comentada

DIS ISO 4501:2016 COMENTÁRIOS


saúde
3.16 Objetivo
Resultados a serem alcançados
Nota 1 da entrada: Um objetivo pode ser estratégico, tático ou operacional
Nota 2 da entrada: Objetivos podem ser relacionados com diferentes
disciplinas (tais como financeiro, saúde e segurança, e as metas
ambientais) e podem ser aplicadas em diferentes níveis (como
estratégico, em toda a organização, projeto, produto e processo (3.25)).
Nota 3 da entrada: Um objetivo pode ser expresso de outras maneiras,
por exemplo, como um resultado pretendido, um propósito, um critério
operacional, como um objetivo de SSO (3.17), ou pelo uso de outras
palavras com significado semelhante (por exemplo, finalidade, objetivo ou
meta).
3.17 Objetivos de saúde e segurança Comentário 01
Objetivo (3.16) estabelecidos pela organização (3.1) para alcançar Objetivo é um termo definido - resultado a alcançar. Se esta definição
resultados específicos consistentes com a política de SSO (3.15). for substituída na definição de objetivos de SSO, você obtém:
Resultado a alcançar definido pela organização para alcançar
resultados específicos consistentes com a política de SSO
Que não faz sentido em tudo.
Solução 01
Redefinir como objetivo estabelecido pela organização consistente com
a política de SSO.
3.18 Lesões e problemas de saúde Comentário 01
Efeito adverso sobre a condição física, mental ou cognitiva de uma Na OHSAS 18001:2007 (cláusula 3.9) "Incidente" foi definido como
pessoa "evento (s) relacionado com o trabalho em que uma lesão ou doença
(independentemente da gravidade) ou fatalidade ocorrida ou que
Nota 1 da entrada: Estas condições podem incluir doença profissional, poderia ter ocorrido". (Cláusula 3.8 definiu "problemas de saúde" como
doença e morte. "condição adversa física ou mental identificadas, decorrente de e /ou
agravada por uma atividade de trabalho e / ou situação relacionada
com o trabalho".)
Eu sei de um caso em que um empregador removeu
"(independentemente da gravidade)" o que seria comunicado aos
funcionários sobre os requisitos de comunicação de incidentes. O
empregador usou uma cláusula reduzida 3.9 porque ele queria evitar a
documentação de incidentes que considerava ser "incidentes
menores". Isto levou os representantes dos trabalhadores a demorarem
dois anos para obterem "(independentemente da gravidade)" o
treinamento de segurança.
Eu acho que, no primeiro passo de monitorar qualquer tipo de incidente
(por exemplo, relatado por funcionários ou representantes dos
trabalhadores) deveria ser documentado sem o uso de gravidade como
critério de pré-filtragem. Numa etapa seguinte, o empregador, claro,
pode (e deve) decidir se um incidente registrado é "menor" ou não, e
quão grave as consequências de um incidente podem ou não ser. Mas
o empregador deve ter a responsabilidade (documentada) por sua
decisão. Se uma pré-filtragem por "gravidade" for permitida, o
empregador não pode ser responsável por seu julgamento.
Solução 01
Efeitos adversos (independentemente da gravidade) sobre a condição
física, mental ou cognitiva de uma pessoa
Comentário 02
Quanto ao meu comentário de 13 de janeiro: ver também meu
comentário na cláusula 10.1 "Incidente, não conformidade e ação
corretiva", onde proponho avaliar a gravidade dos efeitos adversos.
Solução 02
---
Comentário 03
A OMS define a saúde como um completo bem-estar físico, psicológico
e social da pessoa. Onde está na definição 3.18 lesão e problemas de

Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 15 de 52


DIS ISO 45001:2016 Comentada

DIS ISO 4501:2016 COMENTÁRIOS


saúde no aspecto social?
Solução 03
efeito adverso sobre (a vida relacional) física, mental, cognitiva e social
de uma pessoa
Comentário 04
Existem vários problemas com esta definição e sua Nota:
O termo efeito adverso sobre a condição física, mental ou cognitiva de
uma pessoa abrange muitas coisas que não são SSO. Por exemplo, a
ameaça de redundância, bullying no trabalho, a ação disciplinar e uma
pressão muito alta do trabalho podem ter um efeito adverso sobre a
condição física, mental ou cognitiva de uma pessoa. E a definição não
exclui causas não relacionadas ao trabalho, tais como luto e término de
relacionamentos.
Qual é a diferença entre problemas de saúde na definição e, doença na
nota? Esta parece ser uma distinção sem diferença.
Quantas pessoas pensariam que morte estaria incluída em ferimentos
e problemas de saúde? Os usuários da Norma terão constantemente
que lembrarem a si mesmos desta inclusão. É uma enfermidade do
trabalho, doença do trabalho e morte no trabalho? ISSO parece
improvável, desde que, por exemplo, o site de SSO tenha uma página
destinada a doenças profissionais, mas se não, lesões e problemas de
saúde inclui todas as doenças e morte.
Solução 04
Fazer a ligação das lesões e problemas de saúde com causas de
acidentes e manter a morte como um item separado.
Comentário 05
Eu não concordo com a afirmação: "O termo efeito adverso sobre a
condição física, mental ou cognitiva de uma pessoa abrange muitas
coisas que não são SSO." Na Europa, a carga mental de trabalho e
condições de trabalho as quais podem causar condições mentais
adversas * são * parte de SSO. Você o encontrará até em leis. A ISO
45001 não deve ficar para trás do que ja foi alcançado na SSO atual.
Concordo com "Por exemplo, que a ameaça de redundância, assédio
moral no trabalho, a ação disciplinar e uma pressão muito alta do
trabalho podem ter um efeito adverso sobre a condição física, mental
ou cognitiva de uma pessoa." Estas são exatamente as razões pelas
quais a proteção da saúde mental se tornaram sujeitos de SSO nos
países avançados. Por exemplo, ameaças ilegítimas para demitir um
empregado por causa de uma violação de contrato que o empregado
não cometeu (por exemplo, tal como decidido em tribunal), pode levar a
lesões mentais causadas pelo empregador. Em países com legislação
de SSO como na Áustria e na Alemanha, os empregadores assumem a
responsabilidade por tais incidentes.
E a definição não exclui causas não relacionadas ao trabalho, tais
como luto e término de relacionamentos." É tarefa de investigações de
incidentes e avaliação de risco separar os problemas de saúde
relacionados com o trabalho e os problemas de saúde realcionados ao
perigo no trabalho daqueles incidentes e riscos que não sejam
relacionados ao trabalho. Claro que isto não se aplica apenas às
condições mentais ou cognitivas, mas também às condições físicas,
mentais.
"Fazer a ligação entre lesão e problemas de saúde com causa do
acidente" é SSO do século 20. Na SSO contemporânea (como
implementado em países avançados) não só evitar acidentes, nós
também prevenimos que as condições de trabalho causem problemas
de saúde relacionados com os trabalhos.
Solução 05
Definir cláusula 3.18, como proposto no rascunho:
"3,18 lesões e problemas de saúde
Efeito adverso sobre a condição física, mental ou cognitiva de uma
pessoa

Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 16 de 52


DIS ISO 45001:2016 Comentada

DIS ISO 4501:2016 COMENTÁRIOS


Nota 1 da entrada: Estas condições podem incluir doença ocupacional,
doença e morte ".
Comentário 06
Questão no comentário #3. Onde está a definição 3.18 lesão e
problemas de saúde no aspecto social?
Bom ponto. Mas eu acho que os aspectos sociais do trabalho
relacionado com problemas de saúde são uma consequência possível
(além de várias consequências possíveis) de condições de trabalho
que podem causar problemas de saúde mental. Isto já está
suficientemente coberto pela inclusão da saúde mental na cláusula
3.18 e, portanto, eu penso que a cláusula proposta no projeto não
precisa ser alterada novamente. (Eu receio que a cláusula 3.18 será
atacada por representantes dos empregadores na comissão que
tentam evitar a proteção da saúde mental, como o trabalho emitido
relacionado com a saúde mental de uma forma transparente e científica
ser um desafio para alguns paradigmas de liderança.)
3.19 Perigos Comentário 01
Fonte ou situação com potencial para causar lesões ou problemas de Dano
saúde (3.18) Solução 01
Sugerimos que a definição deveria ler fonte ou situação com potencial
para causar danos (lesões e problemas de saúde)
3.20 Risco Comentário 01
Efeito da incerteza 1. O risco não é o efeito da incerteza. O risco é o potencial para ser
exposto a um certo PERIGO.
Nota 1 da entrada: Um efeito é um desvio em relação ao esperado -
positivo ou negativo. 2. Um efeito não é um desvio, mas um resultado de uma ação ou a
falta disso
Nota 2 da entrada: A incerteza é o estado, mesmo parcial, da deficiência
de informações relacionadas com a compreensão ou o conhecimento de Solução 01
um evento, sua consequência, ou probabilidade. 1. potencial para ser exposto a um certo PERIGO.
Nota 3 da entrada: Risco é muitas vezes caracterizado por referência a 2. Um efeito o resultado de uma ação ou a falta disso - positivo ou
"eventos" em potencial (como definido no Guia ISO 73:2009, 3.5.1.3) e negativo
"consequências" (conforme definido no Guia ISO 73: 2009, 3.6.1.3), ou
uma combinação destes. Comentário 02
Efeito da Incerteza
Nota 4 da entrada: riscos é frequentemente expresso em termos de uma
combinação das consequências de um evento (incluindo alterações nas Solução 02
circunstâncias) e associado a "probabilidade" (conforme definido no Guia Eu gostaria realmente que a SSO trouxesse de volta a sanidade e use
ISO 73: 2009, 3.6.1.1) de ocorrência. a nota 4 como a definição
Eu luto – com honestidade como muitos o fazem - com efeito da
incerteza sobre Objetivos. - O que é a definição completa em 31k etc
etc. Mais corretamente Efeito sobre Objetivos (impacto) de incerteza
(Probabilidade) seria um pouco melhor mas utilizando a nota 4
Risco é uma quântica/combinação do impacto (consequências) de um
evento e a probabilidade de que o evento ocorra .... vamos lá SSO
liderem o caminho de volta à sanidade !!!
Comentário 03
Eu não chamaria "efeito da incerteza" insano ou desonesto. Ele
simplesmente parece estar errado.
Solução 03
Nota 4 vai na direção certa ("Combinação das consequências de um
evento (incluindo alterações nas circunstâncias) e a associação
"probabilidade" (conforme definido no Guia ISO 73: 2009, 3.6.1.1) de
ocorrência"), embora haja um problema: Indicar riscos com números
simples ou por exemplo, cores do semáforo (vermelho, amarelo, verde)
acontece muitas vezes. Alguns riscos de alto impacto com uma baixa
probabilidade de ocorrência poderiam obter uma classificação baixa,
embora eles devam ser evitados por todos os meios. Portanto, nós
sempre devemos associar indicadores de risco calculados com
histórico de informação.
3.21 Riscos de Segurança Saúde Ocupacional Comentário 01
Combinação da probabilidade de ocorrência de um evento ou Evento perigoso não está definido
exposição(s) perigosa relacionados ao trabalho e a gravidade da lesão e

Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 17 de 52


DIS ISO 45001:2016 Comentada

DIS ISO 4501:2016 COMENTÁRIOS


problemas de saúde (3.18), que pode ser causada pelo evento ou gravidade não especificada
exposição.
Solução 01
Definir evento perigoso
inserir "gravidade mais prováveis nas circunstâncias"
Comentário 02
Duplicação
Solução 02
Um risco é um risco independentemente de ser SSO, Finanças ou
qualidade etc etc .... nós não precisamos de duas definições livrar-se
de uma delas
3.22 Oportunidades de Segurança e Saúde Ocupacional Comentário 01
Circunstância ou conjunto de circunstâncias que podem levar à melhoria O desempenho de SSO é muito restritivo
do desempenho de SSO (3.28). Solução 01
'Melhoria do sistema de gestão da SSO "
3.23 Competência
Capacidade de aplicar conhecimentos e habilidades para alcançar os
resultados pretendidos
3.24 Informação documentada Comentário 01
Informação necessária deve ser controlada e mantida por uma Isso tende a ser muito "inclusivo" e "ilimitado", o que pode levar a
organização (3.1) e o meio de comunicação no qual ela está contida conflitos com os organismos de auditoria sobre a extensão da
documentação necessária.
Nota 1 da entrada: informação documentada pode estar em quaisquer
formatos, meios de comunicação e fonte. A colocação da frase "por uma organização" não necessariamente
qualifica "necessário" na sentença.
Nota 2 da entrada: informação documentada pode referir-se a:
Pode ter considerado que isto foi entendido pela "norma" - e permitir a
a) O sistema de gestão (3.10), incluindo processos relacionados interpretação de mais seções de "aconselhamento" da norma tender na
(3.25); direção de ser mandatório. Experiência com os auditores tem mostrado
ao longo dos últimos 20 anos que eles podem tomar essa atitude!
b) Informação criada a fim de que a organização possa operar Embora a Norma tem em cláusulas específicas documentação
(documentação); "mandatória", é a interpretação de onde a documentação é "implícita"
c) Evidência dos resultados alcançados (registros). que precisa de esclarecimento.
Solução 01
informação necessária por uma organização (3.1), e por esta norma a
ser controlada e mantida e o meio de comunicação no qual ela está
contida.
3.25 Processo
Conjunto de atividades inter-relacionadas ou interativas que transforma
entradas em saídas.
3.26 Procedimento
Forma especificada de executar uma atividade ou um processo (3.25).
Nota 1 da entrada: Procedimentos podem ser documentados ou não.
3.27 Desempenho
Resultado mensurável
Nota 1 da entrada: O desempenho pode dizer respeito tanto a resultados
quantitativos ou qualitativos. Os resultados podem ser determinados e
avaliados por meio de métodos qualitativos ou quantitativos.
Nota 2 da entrada: O desempenho pode se relacionar com a gestão das
atividades, processos (3.25), produtos (incluindo serviços), sistemas ou
organizações (3.1).
3.28 Desempenho em saúde e segurança no trabalho Comentário 01
Desempenho (3.25) relacionado com a eficácia (3.13) da prevenção de Lidar apenas com os trabalhadores é muito restritivo - que tal, por
lesões e problemas de saúde (3.18) aos trabalhadores (3.3) e o exemplo, visitantes e membros do público?
fornecimento do ambiente de trabalho (s) seguro e saudável (3.6). Solução 01
Mudar para 'pessoas afetadas pelas atividades da organização.

Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 18 de 52


DIS ISO 45001:2016 Comentada

DIS ISO 4501:2016 COMENTÁRIOS


3.29 Terceirizar (verbo)
Fazer um acordo no qual uma organização externa (3.1) realiza parte da
função ou processo de uma organização (3.25)
Nota 1 da entrada: uma organização externa está fora do escopo do
sistema de gestão (3.10), embora a função terceirizada ou processo
esteja dentro do escopo.
3.30 Monitoramento
Determinar a situação de um sistema, um processo (3.25) ou de uma
atividade
Nota 1 da entrada: Para determinar a situação, pode haver uma
necessidade de verificar, supervisionar ou observar criticamente.
3.31 Medição Comentário 01
Processo (3.25) para determinar um valor. (veja Solução)
Solução 01
Processo (3.25) de atribuir um valor para uma característica de um
objeto ou evento (com referência à atribuição de valores pelo mesmo
processo para a característica conhecida de um objeto padrão ou
evento padrão)
3.32 Auditoria Comentário 01
Processo sistemático, independente e documentado (3.25) para obter as Em uma orientação interna sobre auditorias externas, uma empresa
evidências de auditoria e avaliá-la objetivamente para determinar a multinacional aconselha os gestores "evitarem" auditorias externas no
extensão na qual os critérios de auditoria são cumpridos seu sistema de gestão OHSAS 18001 certificado. Motivo: "Temos sido
auditados e certificados pelo nosso OAC auditorias externas, portanto,
Nota 1 da entrada: Uma auditoria interna é realizada pela organização adicionais não são necessários mais."
(3.1) em si, ou por uma parte externa em seu nome.
No entanto, o organismo de acreditação para o OAC (CAB) opôs a
Nota 2 da entrada: um processo independente inclui disposições para essa orientação:
garantir a objetividade e imparcialidade.
1. Um sistema de certificação de gestão de SSO é destinado não só
Nota 3 da entrada: "Evidência da auditoria" são "registros, declarações de para executar auditorias internas (1ª parte) de forma eficiente, de forma
fatos e outras informações que são relevantes para os critérios de bem estruturada, mas também se destina a apoiar auditorias externas
auditoria e verificações" e "critérios de auditoria" são "um conjunto de (segunda parte ou de terceiros).
políticas (3.16), procedimentos (3.26) ou exigências (3.8) usados como
uma referência contra a qual a evidência de auditoria é comparada ", 2. Em grandes empresas com vários locais, auditorias de certificação
conforme definido na ISO 19011, Diretrizes para sistemas de gestão de são geralmente auditorias matriz. Questões de SSO que um cliente
auditoria. específico quer auditar em um determinado local de um fornecedor não
pode ser abrangido pela auditoria matriz anterior naquele local.
Solução 01
Isso deve ser mais explicitamente esclarecido na norma ISO 45001,
que a certificação do sistema de gestão da SSO de um fornecedor de
bens ou serviços não fornece nenhuma justificação para esse
fornecedor se opor a auditorias externas exigidas por um cliente que
quer verificar o sistema de gestão da SSO desse fornecedor. Ao
contrário, um objetivo importante de uma certificação do sistema de
gestão da SSO é estar preparado para executar auditorias externas de
forma eficiente.
Comentário 02
Nota 3 da entrada: "A evidência de auditoria" são "registros,
declarações de fatos e outras informações que são relevantes para os
critérios de auditoria e verificações" e "critérios de auditoria" são "um
conjunto de políticas (3.16), procedimentos (3.26) ou exigências (3.8)
usado como uma referência contra a qual a evidência de auditoria é
comparada ", conforme definido na ISO 19011, Diretrizes para sistemas
de gestão de auditoria.
É uma técnica comumente usada pelos auditores para observar
práticas. Eu sinto que, ajustando a nota para incluir 'observações' como
uma forma aceitável das evidências, isto permitiria auditores verem a
evidência de conformidade como tal. isso contribuiria para manter os
sistemas eficientes, ao invés de implicar a necessidade de manutenção
de registros desnecessários. Por exemplo, ("A evidência de auditoria"
são "registros, declarações de fatos, observadas as práticas e outras
informações que são relevantes para os critérios de auditoria e
verificações" e "critérios de auditoria" são ....)
Solução 02

Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 19 de 52


DIS ISO 45001:2016 Comentada

DIS ISO 4501:2016 COMENTÁRIOS


("A evidência de auditoria" são "registros, declarações de fatos,
práticas observadas e outras informações que são relevantes para os
critérios de auditoria e verificações" e "critérios de auditoria" são ....)
3.33 Conformidade
Cumprimento de um requisito (3.8).
3.34 Não conformidade
Não cumprimento de um requisito (3.8).
Nota 1 da entrada: Não conformidade diz respeito a requisitos desta
Norma Internacional e adicionais do sistema de gestão da SSO (3.11). Os
requisitos que uma organização (3.1) estabelece para si mesmo.
3.35 Incidente
Ocorrência(s) decorrente(s) do ou no curso do trabalho que podem ou
não resultar em lesões e problemas de saúde (3.18)
Nota 1 da entrada: Um incidente em que lesões e problemas de saúde
ocorrem é referido por alguns como um "acidente"
Nota 2 da entrada: Um incidente em que nenhuma lesão e problemas de
saúde ocorrem, mas tem o potencial para fazê-lo pode ser referido como
um "quase acidente”.
Nota 3 da entrada: Embora possa haver uma ou mais não-conformidades
(3.34) relativas a um incidente, um incidente também pode ocorrer onde
não há nenhuma não-conformidade.
3.36 Ação corretiva Comentário 01
Ação para eliminar a causa (s) de uma não conformidade (3.34) ou de um Posicionamento
incidente (3.35) e prevenir recorrência.
Solução 01
Também deve haver um comparativo e uma contrapartida
Ação preventiva por não estar em ordem alfabética já pode haver uma,
mas também não deveria haver uma.
3.37 Melhoria contínua
Atividade recorrente para melhorar o desempenho (3.27)
Nota 1 da entrada: melhorar o desempenho diz respeito à utilização do
sistema de gestão da SSO (3.11), a fim de alcançar uma melhoria no
desempenho geral de SSO (3.26) consistente com a política de SSO
(3.15) e objetivos de SSO (3.17).
Nota 2 da entrada: Constante não significa contínua, de modo que a
atividade não precisa ocorrer em todas as áreas simultaneamente.
4 Contexto da organização Comentário 01
4.1 Compreensão da organização e seu contexto Em nenhum lugar do sistema de gestão há um requisito para as
organizações especificarem o(s) resultado(s) pretendido(s) do seu
A organização deve determinar as questões externas e internas que são sistema de gestão. No entanto, você precisa saber quais são os
relevantes para a sua finalidade e que afetam sua capacidade de resultados pretendidos do sistema de gestão da SSO antes que você
alcançar o(s) resultado(s) pretendido(s) do seu sistema de gestão da possa determinar quais questões externas e internas são relevantes.
SSO.
Solução 01
Torná-lo um requisito para especificar resultados pretendidos ou adotar
a abordagem da ISO 14001 - os resultados pretendidos em seu
escopo.
4.2 Compreensão das necessidade e expectativas dos trabalhadores Comentário 01
e outras partes interessadas. Muito bom: "As outras partes interessadas, além de seus
A organização deve determinar: trabalhadores" esclarece as prioridades melhor do que OHSAS 18001.

a) As outras partes interessadas, além de seus trabalhadores, que Solução 01


são relevantes para o sistema de gestão da SSO; por favor mantenha
b) As necessidades e expectativas relevantes (ex.requisitos) dos Comentário 02
trabalhadores e dessas outras partes interessadas; b) e c) implicam que, apenas aqueles que possam tornar os requisitos
c) Quais dessas necessidades e expectativas se tornam requisitos legais aplicáveis e outros requisitos são relevantes. Estes dois podem
legais aplicáveis e outros requisitos. ser combinados

Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 20 de 52


DIS ISO 45001:2016 Comentada

DIS ISO 4501:2016 COMENTÁRIOS


NOTA: É importante determinar as diferentes necessidades e Solução 02
expectativas dos trabalhadores gerenciais e não gerenciais. Combinar b) e c)
b) as necessidades e expectativas relevantes (ex. requisitos), que
possam tornar os requisitos legais aplicáveis e outros requisitos, dos
trabalhadores e dessas outras partes interessadas relevantes;
Comentário 03
Este é um passo importante adiante, uma vez que poderá forçar as
organizações a levarem seus vizinhos a sério e não apenas os seus
próprios empregados e clientes Muito bom.
Solução 03
Nenhuma mudança proposta
4.3 Determinação do sistema de gestão da SSO Comentário 01
A organização deve determinar os limites e aplicabilidade do sistema de A parte que falta é se levar em conta a área de controle da
gestão da SSO para estabelecer o seu escopo. organização. Em que o controle implica onde a organização pode
definir e fazer cumprir suas regras ou ser considerada legalmente
Ao determinar este escopo, a organização deve considerar: responsável;
a) Considerar as questões externas e internas referidas em 4.1; Solução 01
b) Ter em conta os requisitos referidos em 4.2; Adicionar:

c) Ter em conta as atividades relacionadas com o trabalho d) Considerar domínios e atividades sob o seu controle;
realizado. e) considerar as áreas e atividades onde a organização pode ser
Uma vez que o escopo é definido, o sistema de gestão da SSO deve legalmente responsabilizada.
incluir atividades, produtos e serviços dentro do controle ou influência da Comentário 02
organização que podem afetar o desempenho de SSO da organização.
Não está claro o que significa essa exigência. É quase como se o
O escopo deve estar disponível como informação documentada. escopo fosse pensado como uma área geográfica - por exemplo, um
local da fábrica ou um bloco de escritório - e quando tudo Isso tiver sido
especificado dentro dessa área geográfica que pode afetar, o
desempenho de SSO da organização seria incluído.
Esta interpretação é consistente com a definição muito estreita de
ambiente de trabalho:
3.6 local de trabalho
Local sob o controle da organização aonde uma pessoa precisa estar
ou ir por razões de trabalho
Isto é apesar do fato das condições de trabalho modernas serem tais,
que uma proporção elevada de mão de obra não trabalha em um lugar
sob o controle da organização.
Solução 02
Remover o terceiro parágrafo.
4.4 Sistema de gestão de SSO
A organização deve estabelecer, implementar, manter e melhorar
continuamente um sistema de gestão da SSO, incluindo os processos
necessários e suas interações, de acordo com os requisitos desta Norma.

Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 21 de 52


DIS ISO 45001:2016 Comentada

DIS ISO 4501:2016 COMENTÁRIOS


5 Liderança e participação dos trabalhadores Comentário 01
5.1 Liderança e compromisso Item i)

A alta direção deve demonstrar liderança e compromisso de SSO no que As entradas equivalentes em outro sistema de gestão estão
diz respeito ao sistema de gestão da SSO por: promovendo a melhoria contínua (Anexo 3 e ISO 14001:2015) e
promovendo a melhoria (ISO 9001: 2015).
a) Assumir a responsabilidade geral e prestação de contas para a
proteção da saúde e segurança relacionadas com o trabalho Não parece haver nenhuma boa razão para o Draft da ISO 45001
dos trabalhadores; restringir este requisito em muitos meios, e com tal confusão de
opções. Em particular, a inclusão das deficiências do sistema às quais
b) Garantir que a política de SSO e objetivos de SSO relacionados não são definidas em qualquer parte da Norma. O único outro lugar da
são estabelecidos e são compatíveis com a direção estratégica Norma onde são referidos (e apenas em parênteses) é a seção 1
da organização; Escopo:
c) Assegurar a integração dos processos do sistema de gestão da Solução 01
SSO e requisitos para os processos de negócio da i) promover a melhoria contínua;
organização;
Comentário 02
d) Assegurar que os recursos necessários para estabelecer,
implementar, manter e melhorar o sistema de gestão da SSO O item k)
estão disponíveis;
Confusão entre cultura de SSO e cultura organizacional
e) Assegurar a participação ativa dos trabalhadores e, quando
houver, dos representantes dos trabalhadores, usando a Solução 02
consulta, a identificação e remoção de obstáculos ou barreiras Remova todas as referências à cultura de SSO.
à participação;
Comentário 03
f) Comunicar a importância de uma gestão eficaz de SSO e da O item k) diz "desenvolver, liderar e promover uma cultura na
conformidade com os requisitos do sistema de gestão da SSO; organização que apoia o sistema de gestão da SSO."
g) Assegurar que o sistema de gestão da SSO atinge seu Isso não é "confusão entre cultura de SSO e da cultura organizacional",
resultado pretendido (s); como reivindicado em comentário 2. Não é nenhuma "referência à
h) Dirigir e apoiar as pessoas a contribuirem para a eficácia do cultura de SSO”.
SISTEMA DE GESTÃO DA SSO O item k) é importante, como uma "cultura na organização" que
i) Assegurar e promover a melhoria contínua do sistema de fomenta a responsabilidade, transparência e honestidade é importante
gestão da SSO para melhorar o desempenho de SSO, para SSO.
identificando sistematicamente e tomando ações para tratar Solução 03
não-conformidades, oportunidades, perigos e riscos
relacionados com o trabalho, incluindo deficiências do sistema; Mantenha o item k).

j) Apoiar outras funções de gestão relevantes para demonstrar à


liderança deles como se aplica a suas áreas de
responsabilidade;
k) Desenvolver, liderar e promover uma cultura na organização
que apoia o sistema de gestão da SSO.
NOTA A referência a "negócio" nesta Norma pode ser interpretada
amplamente para significar as atividades que são fundamentais para os
propósitos da existência da organização.

5.2 Política de SSO Comentário 01


A Alta Administração deve estabelecer, implementar e manter uma Apêndice 3 não tem consultando os trabalhadores em todos os níveis
política de SSO consultando os trabalhadores de todos os níveis da da organização. A ISO DIS 45001 não deverá tê-lo também porque sua
organização (consulte 5.3 e 5.4) que: própria definição de trabalhadores inclui alta administração, sendo
assim, a alta administração consulta a si mesmos.
a) Inclui um compromisso de SSO de fornecer condições de
trabalho seguras e saudáveis para a prevenção de lesões A propósito, melhorar o desempenho de SSO não convence. Melhorar
relacionadas ao trabalho e problemas de saúde e, que sejam não parece a palavra correta para usar quando se refere ao número de
apropriadas para a finalidade, o tamanho e contexto da lesões e casos de problema de saúde.
organização, e para a natureza especifica natureza dos riscos e f) Apóstrofo adulterado na primeira ocorrência de trabalhadores
oportunidades de sua SSO.
Solução 01
b) Fornece uma estrutura para definição dos objetivos de SSO;
Remover consultando os trabalhadores em todos os níveis da
c) Inclui um compromisso de SSO de satisfazer os requisitos organização.
legais aplicáveis e outros requisitos;
Usar melhoria do desempenho de SSO
d) Inclui um compromisso de SSO para controle de riscos de SSO
usando a hierarquia de controle (consulte 8.1.2); Remover Apóstrofo

e) Inclui um compromisso de SSO de melhoria contínua do


sistema de gestão da SSO (consulte 10.2) para melhorar o
desempenho de SSO da organização;

Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 22 de 52


DIS ISO 45001:2016 Comentada

DIS ISO 4501:2016 COMENTÁRIOS


f) Inclui um compromisso de participação, ou seja, o envolvimento
dos trabalhadores, e quando houver, representante dos
trabalhadores, nos processos de tomada de decisão no sistema
de gestão da SSO;
A Política de SSO deve:
− Estar disponível como informações documentadas;
− Ser comunicada aos trabalhadores dentro da organização;
− Estar disponível para as partes interessadas, como apropriado;
− Ser revisada periodicamente para garantir que ela permaneça
relevante e apropriada.
5.3 Funções organizacionais, responsabilidades e autoridades Comentário 01
A alta administração deve assegurar que as responsabilidades, encargos Não há exigência de acompanhamento e responsabilizar cada
e autoridades para as funções relevantes no âmbito de sistema de gestão trabalhador pelo seu desempenho de SSO, o que é importante para
da SSO são atribuídas e comunicadas à todos os níveis dentro da alcançar o desempenho geral do sistema de gestão SSO
organização e mantidas como informação documentada. Trabalhador em Solução 01
cada nível da organização devem assumir a responsabilidade por esses
aspectos do sistema de gestão da SSO, sobre os quais eles têm controle. Adicionar um requisito como abaixo:

Alta Administração deve atribuir a responsabilidade e autoridade para: Administração deve responsabilizar todos os trabalhadores pelo seu
desempenho de SSO:
a) Garantir que o sistema de gestão da SSO está em
conformidade aos requisites da Norma Internacional; • Estabelecer objetivos de desempenho formal e padrão para
todos os trabalhadores
b) Relatar o desempenho do sistema de gestão da SSO para Alta
Administração. • Fornecer recursos adequados para atender as normas

• Medir a aplicação adequada e o desempenho das


consequências.

5.4 Participação e consulta Comentário 01


A organização deve estabelecer, implementar e manter processo(s) de Não tenho certeza: A importância de proteger os trabalhadores de
SSO de participação (incluindo consulta) no desenvolvimento, serem repreendidos por queixas não foi mencionada nas minutas das
planejamento, implementação, avaliação e ações para melhoria do comissões anteriores? Trabalhadores devem poder reportar problemas
sistema de gestão da SSO pelos trabalhadores em todos os níveis de SSO para auditores internos e externos sem serem repreendidos
aplicáveis e funções, e, onde houver, pelos representantes dos por “denunciarem”.
trabalhadores. O esquema de “Sistema de Certificação para Saúde e Segurança no
A organização deve: Trabalho (OHS) de acordo com a OHSAS 18001” dos holandeses
SCCM mostra como os trabalhadores poderiam participar de auditorias
a) Fornecer mecanismos, tempo, treinamento e recursos de certificação.
necessários para a participação;
Solução 01
b) Fornecer acesso oportuno a informações relevantes Incluir cláusulas sobre não repreender os trabalhadores por relatarem
compreensíveis e claras sobre o sistema de gestão da SSO; aos auditores internos ou externos, caso os trabalhadores não sejam
c) Identificar e remover obstáculos ou barreiras à participação e bem-sucedidos no tratamento de questões de SSO dentro da sua
minimizar aqueles que não podem ser removidos; organização

NOTA 1 Obstáculos e barreiras podem incluir a incapacidade Comentário 02


de responder às entradas do trabalhador ou sugestões, Aqui a comparação da OHSAS 18001:2007 cláusula 4.4.3.2 é
barreiras de linguagens ou a alfabetização, represálias ou interessante:
ameaças a represálias e políticas ou praticas que
desencorajam ou sancionam a participação dos trabalhadores. Participação e consulta

d) Dar ênfase adicional para participação dos trabalhadores não- A organização deve estabelecer, implementar e manter procedimentos
gerenciais como a seguir: para participação dos trabalhadores pelo seu:

1) Determinar os mecanismos de participação e consulta; • envolvimento apropriado na identificação do perigo,


avaliação dos riscos e determinação dos controles;
2) Identificação de perigo e avaliação de risco (consulte 6.1,
6.1.1, e 6.1.2); • envolvimento apropriado na investigação de incidentes;
3) Ações de controle de perigos e riscos (consulte 6.1.4);
• envolvimento no desenvolvimento e revisão dos objetivos e
4) Identificação das necessidades de competências, das politicas de SSO;
treinamento e avaliação de treinamento (consulte 7.2);
• consultas onde há quaisquer alterações que afetem a SSO;
5) Determinar as informações que precisam ser comunicadas
e como deverá ser feita (consulte 7.4); • Representação sobre questões de SSO.
6) Determinar as medidas de controles e sua utilização eficaz Trabalhadores devem ser informados sobre seus acordos de
Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 23 de 52
DIS ISO 45001:2016 Comentada

DIS ISO 4501:2016 COMENTÁRIOS


(consulte 8.1, 8.2 e 8.6); participação, incluindo quem são seus representantes legais em
matéria de SSO.
7) Investigar incidentes e não-conformidades e determinar
ações corretivas (consulte 10.1); Solução 02
e) Dar ênfase adicional para inclusão de trabalhadores não- Sinto falta “ consulta onde há mudanças que afetem sua SSO”
gerenciais em consultas relacionadas a seguir: Comentário 03
1) Determinar as necessidades e expectativas das partes Em 2013, um empregado de uma grande empresa alemã queixou-se
interessadas (consulte 4.2); ao responsável pela conformidade, que não houve avaliação dos riscos
2) Estabelecer a política (consulte 5.2) da carga mental de trabalho (conforme exigência legal na Alemanha
desde 1997). O oficial respondeu que isso não podia ser verdade,
3) Atribuir funções organizacionais, reponsabilidades, porque a empresa tinha o certificado OHSAS 18001:2007. O
encargos e autoridades, conforme aplicável (consulte 5.3); trabalhador obteve a OHSAS 18002:2008 e rapidamente descobriu,
que a gestão de SSO de seu empregador ainda seguia ,em grande
4) Determinar como aplicar os requisitos legais e outros parte, a, OHSAS 18001:1999. Ele queixou-se ao empregador, que
requisites (consulte 6.1.3); prometeu resolver o problema, mas, em seguida, os gerentes de SSO
5) Estabelecer objetivos SSO (consulte 6.2.1.); apenas continuaram arrastando os pés. O desvio não foi abordado nas
auditorias internas. O empregado entendia que o OAC (CAB) não se
6) Determinar os controles aplicáveis para terceirização, preocupou em administrá-lo através de auditorias e queixou-se ao
aquisições e contratos públicos (consulte 8.3, 8.4 e 8.5); organismo de acreditação. Em dezembro de 2013, a empresa foi re-
auditada e tive que mudar para OHSAS 18001: 2007
7) Determinar o que precisa ser monitorado, medido e
avaliado (consulte 9.1.1); Solução 03
8) Planejar, estabelecer, implementar e manter um programa A propósito: no caso descrito acima o trabalhador teve que gastar 50
de auditoria (consulte 9.2.2); euros a fim de obter OHSAS 18001:2007, como o trabalhador queria
entregar a OHSAS 18001:2007 para ele em apenas duas semanas.
9) Estabelecer um processo de melhoria contínua (consulte
10.2.2) Os trabalhadores precisam ter acesso fácil à norma que se destina a
proteger “sua” saúde, porque, no final, eles são afetados pela boa e má
NOTA 2 A participação pode incluir, como aplicável, envolvendo gestão de SSO. Para muitos organismos OAC (CAB) de auditoria e
comissões de segurança e saúde e representantes de trabalhadores. certificação principalmente, é um negócio destinado a torná-los seus
clientes satisfeitos (quem quer ser certificada com o mínimo de
NOTA 3 . A ILS da OIT recomenda o fornecimento de equipamento de esforços e compromisso de SSO). A concorrência entre OACs (CABs)
proteção individual (EPI) sem nenhum custo para os trabalhadores, a fim certamente não e fomentada através das auditorias.
de remover um importante obstáculo à participação do sistema de gestão
da SSO. Quanto ao segundo DIS ISO 45001, o comitê de SSO deve torná-lo um
requisito para publicar a norma dentro da organização de forma, que os
trabalhadores tenham acesso a ela e possam lê-la sem ter que se
aplicarem ao empregador e sem ter que revelar a sua identidade.
Comentário 04
Correção do comentário anterior: “ … a empresa possui um certificado
OHSAS 18001:1999. O trabalhador comprou OHSAS 18002:2008 por
50 Euros e rapidamente descobriu, que a gestão de SSO do seu
empregador ainda é largamente seguido a OHSAS 18001:1999...”
Deve ser substituida por: “… a empresa possui um certificado OHSAS
18001:2007. O trabalhador comprou OHSAS 18002:2008 por 50 Euros
e rapidamente descobriu, que a gestão de SSO do seu empregador
ainda seguia ,em grande parte, a OHSAS 18001:1999...”
Solução 04
---
Comentário 05
Aqui a comparação para a OHSAS 18001:2007 cláusula 4.4.3.2 é
interessante:
Participação e consulta
A organização deve estabelecer, implementar e manter procedimentos
para a participação dos trabalhadores, por seu:

• envolvimento apropriado na identificação de perigo,


avaliação de riscos e determinação de controles;

• envolvimento apropriado em investigação de incidentes;

• envolvimento no desenvolvimento e revisão dos objetivos e


politicas de SSO;

• consulta onde há quaisquer mudanças que afetem a SSO;

• Representação em questões de SSO

Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 24 de 52


DIS ISO 45001:2016 Comentada

DIS ISO 4501:2016 COMENTÁRIOS


Os trabalhadores devem ser informados sobre seus acordos de
participação, incluindo quem é seu representante legal em questão de
SSO.
Solução 05
De alguma forma sinto falta do requisito obrigatório para os
representantes dos trabalhadores nas organizações sobre o certificado
SSO.
Comentário 06
e) dar ênfase adicional para a inclusão dos trabalhadores não
gerenciais na consulta relacionada ao seguinte:
Não há clareza no que se dá ênfase adicional neste contexto. O que é
a ênfase que deve ser adicionada ao texto?
Solução 06
Remover item e)
Comentário 07
Em resposta para C) identificar e remover obstáculos ou barreiras à
participação e minimizar aqueles que não podem ser removidos e a
NOTA 1, gostaria de sugerir para adicionar requisitos claros para
alcançar este objetivo.
Solução 07
Sugerir para adicionar a seguir C:
Estabelecer um ambiente aberto em que todos os trabalhadores serão
capaz de reportar problemas de segurança e sugerir oportunidades de
melhoria de segurança na gestão.
Estabelecer uma comunicação bidirecional eficaz com trabalhadores
como questões de segurança.
Reconhecer os trabalhadores pela sua contribuição para o
desempenho da segurança.

6 Planejamento Comentário 01
6.1 Ações para tratar riscos e oportunidades No processo de avaliação de oportunidades e riscos global no exterior,
não vejo muito problema em avaliar o risco a ser processado ou
6.1.1 Geral declarado culpado por causa de uma determinada situação
regulamentar.
Ao planejar o sistema de gestão da SSO, a organização deve considerar
as questões referidas no 4.1), os requisitos referidos no 4.2 (partes No entanto, auditoria OHSAS 18001, muitas vezes revelou que os
interessadas) e 4.3 (o escopo do sistema de gestão da SSO) e determinar riscos técnicos de segurança foram classificados muito elevados,
os riscos e oportunidades que precisam ser abordadas para: apenas por causa de uma não conformidade regulatória que estava
envolvido e isso qualquer que seja o risco real.
a) Garantir que o sistema de gestão da SSO pode alcançar seu
resultado pretendido(s) Este é um erro fundamental na lógica porque ser compatível ou não,
não muda a avaliação do risco acidental real. Poucos deveriam
b) Prevenir, ou reduzir, efeitos indesejáveis; manipular esta avaliação. Regulamento é uma dimensão administrativa
c) Alcançar a melhoria continua. separada, sem incidência de acidentes. É muito fácil entender,
considerando o mesmo caso factual supondo estar em dois países
A organização deve considerar a participação efetiva dos trabalhadores diferentes, um com não conformidade e um sem. Colocando ênfase na
(consulte 5.4) no processo de planejamento e, quando apropriado, o avaliação jurídica, esta versão da norma tende a promover este antigo
envolvimento de outras partes interessadas. absurdo e confusão.
Quando determinado os riscos e oportunidades que necessitam ser Solução 01
abordados, a organização deve ter em conta: Uma vez que existem parágrafos subsequentes detalhados, não seria
a) Perigos SSO e seus riscos associados de SSO (consulte melhor reunir a avaliação de risco legal com a 6.1.3 requisito legal e
6.1.2.3) e oportunidades SSO (consulte 6.1.2.4); não mencioná-la no 6.1.2.2, mas simplesmente uma instrução como
“tendo em conta sistema de disposição de aplicativo” na avaliação.
b) Aplicar requisitos legais e outros requisitos (consulte 6.1.3);
Comentário 02
c) Riscos (consulte 6.1.2.3) e oportunidades (consulte 6.1.2.4) Precisa de mais clareza sobre o(s) resultado(s) pretendido(s)
relacionados com o funcionamento do sistema de gestão da
SSO que pode afetar a realização dos resultados pretendidos. Solução 02
A organização deve avaliar os riscos e identificar as oportunidades Use algo equivalente à descrição da cláusula do escopo da ISO 14001.
que são relevantes para o resultado pretendido do sistema de gestão
da SSO associados com mudanças na organização, seus processos,
ou no sistema de gestão da SSO. No caso de mudanças planejadas,
permanentes ou temporárias, essa avaliação deve ser realizada antes

Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 25 de 52


DIS ISO 45001:2016 Comentada

DIS ISO 4501:2016 COMENTÁRIOS


que a mudança seja implementada (consulte 8.2)
A organização deve manter a informação documentada de seus:
− Riscos de SSO e oportunidades que necessitam ser abordados;
− Processos necessários para enfrentar riscos e oportunidades
(consulte 6.1.1 a 6.1.4), na medida do necessário para ter
confiança que são realizadas conforme planejado.

6.1.2 Identificação de perigos e avaliação de riscos de SSO Comentário 01


6.1.2.1 A identificação do perigo A organização deve estabelecer, implementar e manter um processo
para a contínua identificação proativa de riscos decorrentes.
A organização deve estabelecer, implementar e manter um processo para
a contínua identificação proativa de riscos decorrentes. O processo deve A contínua e proativa são jargões desnecessários e o surgimento é
ter em conta, mas não se limitar à: redundante.

a) As atividades e situações de rotina e não rotineiras, incluindo a Solução 01


consideração de: Remover.
1) Infraestruturas, equipamentos, materiais, substâncias Comentário 02
e as condições físicas do local de trabalho; Riscos não é o início de uma abordagem de gestão de SSO
2) Perigos que surgem como resultado de design de Solução 02
produto, incluindo durante a pesquisa,
desenvolvimento, teste, produção, montagem, Deve haver um novo primeiro parágrafo que comece a gestão de olhar
construção, fornecimento de serviços, manutenção para os processos e etapas
ou eliminação; E DEPOIS olhe para perigos
3) Fatores humanos; Comentário 03
4) Como o trabalho é realmente feito; Sugerir para equilibrar a Abrangência / amplitude e profundidade de
exigência. Por exemplo, é definido exigência detalhada na seção 2)
b) Situações de emergência; para os perigos que surgem como resultado de design de produto. No
c) Pessoas, incluindo a consideração de: entanto perigos também podem surgir a partir de outros processos e
atividades como a construção, produção, manutenção, armazenagem e
1) Aqueles com acesso ao local de trabalho e as suas distribuição.
atividades, incluindo os trabalhadores, contratados,
visitantes e outras pessoas; Solução 03
Sugerir para adicionar:
2) Aqueles na vizinhança do local de trabalho que
podem ser afetados pelas atividades da organização; Seção 2- perigos que surgem como resultado de design de produto,
incluindo durante a pesquisa, desenvolvimento, teste, produção,
3) Trabalhadores de uma localização que não está sob montagem, construção, fornecimento de serviços, manutenção ou
o controle direto da organização; eliminação; Riscos que surgem de construção, produção, manutenção,
d) Outras questões, incluindo a consideração de: armazenagem e distribuição.

1) Criação de áreas de trabalho, processos, instalações,


máquinas / equipamentos, procedimentos
operacionais e organização do trabalho, incluindo a
sua adaptação às capacidades humanas;
2) Situações que ocorrem nas imediações do local de
trabalho causadas por atividades relacionadas com o
trabalho sob o controle da organização;
3) Situações não controladas pela organização e que
ocorrem nas imediações do local de trabalho que
podem causar lesões relacionadas com o trabalho e
problemas de saúde às pessoas no local de trabalho;
e) Alterações efetivas ou propostas de alteração na organização,
suas operações, processos, atividades e sistema de gestão da
SSO (ver 8.2);
f) Mudanças no conhecimento e, informações, sobre perigos;

Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 26 de 52


DIS ISO 45001:2016 Comentada

DIS ISO 4501:2016 COMENTÁRIOS


g) Incidentes passados, internos ou externos à organização,
incluindo emergências, e suas causas;
h) Como o trabalho é organizado e fatores sociais, incluindo a
carga de trabalho, horas de trabalho, liderança e cultura da
organização.

6.1.2.2 Avaliação dos riscos de SSO e outros ricos para o sistema


de gestão da SSO
A organização deve estabelecer, implementar e manter um processo
para:
a) Avaliar os riscos de SSO dos perigos identificados, tendo em
conta os requisitos legais aplicáveis e outros requisitos e a
eficácia dos controles existentes;
b) Identificar e avaliar os riscos relacionados com a criação,
implantação, operação e manutenção do sistema de gestão da
SSO que podem ocorrer a partir dos problemas identificados no
requisito 4.1 e as necessidades e expectativas identificadas no
requisito 4.2.
A metodologia da organização e critérios de avaliação de riscos de SSO
devem ser definidos com respeito ao âmbito, natureza e tempo, para
garantir que é proativa e não reativa e utilizada de uma forma sistemática.
Estas metodologias e critérios devem ser mantidos e conservados como
informação documentada.
6.1.2.3 Identificação de oportunidades de SSO e outras Comentário 01
oportunidades O primeiro problema com esta cláusula é que oportunidade de SSO é
A organização deve estabelecer, implementar e manter processos para definida como circunstância ou conjunto de circunstâncias que podem
identificar: levar à melhoria do desempenho de SSO de modo que a) deve ser
"oportunidades de SSO tendo em conta”. Esta é uma mudança
a) As oportunidades para melhorar o desempenho de SSO tendo necessária, porque, neste momento, as oportunidades de SSO
em conta: referidas no título da cláusula 6.1.2.3 não são mencionadas na própria
cláusula.
1) Alterações planejadas para a organização, seus
processos ou suas atividades; O segundo problema é que a) 1), a) 2) e a) 3) são todos cobertos por
outras cláusulas a) 1) por 8.2 Gestão da mudança, a) 2) por 6.1.2.2
2) Oportunidades para eliminar ou reduzir riscos de Avaliação dos riscos de SSO e outros riscos para o sistema de SSO de
SSO; gestão (que também trata de b) acima) e a) 3) pela exigência na
3) Oportunidades para adaptar trabalho, organização do identificação 6.1.2.1Hazard
trabalho e ambiente de trabalho para os O desenho das áreas de trabalho, processos, instalações, máquinas /
trabalhadores; equipamentos, procedimentos operacionais e organização do trabalho,
b) Oportunidades para a melhoria do sistema de gestão da SSO. incluindo a sua adaptação às capacidades humanas
O terceiro e último problema é que a cláusula não lida com as
oportunidades mais gerais em tudo.
Solução 01
Alterar a) a oportunidades de SSO, tendo em conta
Substituir 1) 2) e 3) com referências cruzadas adequadas
Especifique o que tem de ser feito sobre as oportunidades

Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 27 de 52


DIS ISO 45001:2016 Comentada

DIS ISO 4501:2016 COMENTÁRIOS


6.1.3 Determinação dos requisitos legais aplicáveis e outros
requisitos
A organização deve estabelecer, implementar e manter um processo
para:
a) Determinar e ter acesso a versões atualizadas dos requisitos
legais e outros requisitos que a organização subscreva que são
aplicáveis aos seus perigos e riscos de SSO;
b) Determinar como esses requisitos legais e outros requisitos
aplicáveis à organização e o que precisa ser comunicado (ver
7.4);
c) Levar estes requisitos legais e outros requisitos em
consideração no estabelecimento, implementação, manutenção
e melhorar continuamente o seu sistema de gestão da SSO.
A organização deve manter e reter informações documentadas sobre os
seus requisitos legais aplicáveis e outros requisitos e garantir que eles
sejam atualizados para refletir quaisquer alterações.
NOTA requisitos legais e outros requisitos podem resultar em riscos e
oportunidades para a organização.
6.1.4 Planejamento para tomadas de ações
A organização deve planejar:
a) Ações para:
1) Lidar com esses riscos e oportunidades (ver 6.1.2.3 e
6.1.2.4);
2) Lidar com os requisitos legais aplicáveis e outros
requisitos (ver 6.1.3);
3) Preparar para, e responder as, situações de
emergência (ver 8.6);
b) Como:
1) Integrar e implementar as ações em seus processos
do sistema de gestão da SSO ou outros processos de
negócio;
2) Avaliar a eficácia destas ações.
A organização deve ter em conta a hierarquia de controles (ver 8.1.2) e
saídas do sistema de gestão da SSO (ver 10.2.2) ao planejar a tomar
medidas.
Ao planejar suas ações a organização deve considerar as melhores
práticas, opções tecnológicas, requisitos financeiros, operacionais e de
negócios e restrições.
6.2 Objetivos e planejamento de SSO para atingi-los
6.2.1 Objetivos de SSO
A organização deve estabelecer objetivos de SSO nas funções e níveis
para manter e melhorar o sistema de gestão da SSO e para alcançar a
melhoria contínua no desempenho de SSO na matéria (ver cláusula 10).
Os objetivos de SSO devem:
a) Ser consistente com a política de SSO;
b) Mensurável (se possível);
c) Levar em conta os requisitos legais aplicáveis e outros
requisitos;
d) Levar em conta os resultados da avaliação dos riscos de SSO e
oportunidades de SSO e outros riscos e oportunidades;
e) Ter em conta as saídas de consulta com os trabalhadores e,
quando houver, com os representantes dos trabalhadores;
f) Ser mensurável (se possível) ou capaz de avaliação;
g) Ser monitorado;

Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 28 de 52


DIS ISO 45001:2016 Comentada

DIS ISO 4501:2016 COMENTÁRIOS


h) Ser claramente comunicado (ver 7.4);
i) Ser atualizado sempre que adequado.

6.2.2 Planejamento para atingir os objetivos de SSO Comentário 01


Ao planejar como alcançar seus objetivos de SSO, a organização deve Esta é a única menção de indicadores na ISO 45001 DIS e não há
determinar: nenhum equivalente no Apêndice 3 ou ISO 9000. Há uma exigência
semelhante na ISO 14001, mas na ISO 14001 indicador é um termo
a) O que será feito; definido - Representação mensurável do estado ou condição de
operações, gestão ou condições.
b) Os recursos que serão necessários;
Solução 01
c) Quem será responsável;
Remover indicadores ou definir
d) Quando será concluída;
e) Como ele será medido através de indicadores (se possível) e
monitorados, incluindo a frequência;
f) A forma como os resultados serão avaliados;
g) Como as ações para alcançar objetivos de SSO serão
integrados os processos dos negócios da organização.
A organização deve manter e reter informações documentadas sobre os
objetivos e planos para alcançá-los SSO.
7 Suporte Comentário 01
7.1 Recursos O termo "Recursos" precisa ser claramente definido, em termos de mão
de obra necessária em números, também o que irá coordenar a
A organização deve determinar e prover os recursos necessários para a criação, implementação, manutenção e melhoria contínua do SGSSO.
criação, implementação, manutenção e melhoria contínua do sistema de
gestão da SSO. Solução 01
1-O termo Recursos precisa ser claramente definido em termos de mão
de obra necessária em números, também para fazer este SGSSO em
terreno real não em nome de alguma causa e e para fins de
documentação.
2-Os Auditores (Agência de Consultoria) devem se tornar responsáveis
se a empresa auditada falhar em sua auditoria sem aviso prévio feito
pela equipe de Especialistas do BSI após a certificação.
7.2 Competência Comentário 01
A organização deve: 7.2b Experiência pode constituir uma parte importante da realização de
uma atividade corretamente. Isto pode ser devido exclusivamente à
a) Determinar as competências necessárias de pessoa(s) que faz experiência ou uma combinação de todas as características listadas.
o trabalho sob seu controle seus trabalhadores que afetam ou
podem afetar seu desempenho de SSO; Solução 01

b) Assegurar que esses trabalhadores as pessoas sejam 7b alterar final da frase para "... formação e/ou experiência."
competentes, com base em educação apropriada, indução, Comentário 02
treinamento ou experiência;
Quanto ao comentário (14 de janeiro de 2016) "7b final mudança de
c) Onde aplicável, tomar medidas para adquirir as competências frase para '... formação e / ou experiência. ” "... a educação apropriada,
necessárias, e avaliar a eficácia das medidas tomadas; a indução, treinamento ou experiência"; reconhece a importância da
experiência.
d) Reter a informação documentada apropriada como prova de
competência. No entanto, termos como "apropriado" (e "relevante" etc.) enfraquecem
várias cláusulas.
NOTA ações aplicáveis podem incluir, por exemplo: o fornecimento de
treinamento para, orientação de, ou a re-atribuição de pessoas Solução 02
empregadas atualmente; ou a admissão ou contratação de pessoas Vou propor um Solução sobre "apropriadas" etc. na cláusula 3 "Termos
competentes. e definições"
Comentário 03
Comentários 7.2 Competência B -
Solução 03
7.2 b
Certifique-se de que os trabalhadores são competentes com base em
competências relevantes, conhecimento, educação, indução e ou de
formação;

Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 29 de 52


DIS ISO 45001:2016 Comentada

DIS ISO 4501:2016 COMENTÁRIOS


7.3 Consciência Comentário 01
Trabalhadores devem estar conscientes da: Perigos e riscos de SSO que são relevantes para eles.

a) Política de SSO; Solução 01


Perigos e riscos de SSO que são relevantes para eles.
b) Sua contribuição para a eficácia do sistema de gestão da SSO,
incluindo os benefícios da melhoria do desempenho de SSO;
c) As implicações de não conformidade com os requisitos do
sistema de gestão da SSO, incluindo as consequências, reais
ou potenciais, de suas atividades de trabalho;
d) Informações e resultado da investigação de incidentes
relevantes;
e) Perigos e riscos que são relevantes para eles SSO.
NOTA ILS da OIT recomenda que, onde os trabalhadores identificarem
circunstâncias de perigo ou de um ambiente perigoso que pode causar
lesões e problemas de saúde, eles devem ser capazes de retirarem-se e
informar a organização das circunstâncias, sem risco de penalização.
7.4 Informação e comunicação Comentário 01
A organização deve determinar a necessidade de informação e A organização deve determinar a necessidade de comunicações de
comunicações relevantes para o sistema de gestão da SSO, incluindo forma auditável.
interno e externo: Solução 01
a) Sobre o que ele vai informar sobre e comunicar; "A organização deve determinar as diretrizes de informação e
comunicações relevantes para o SISTEMA DE GESTÃO DA SSO,
b) Quando informar e comunicar; incluindo interna e externa: ..."
c) Quem informar e com quem se comunicar: Comentário 02
1) Internamente entre os vários níveis e funções da 1. Esta seção define a exigência de dois componentes importantes de
organização; comunicação: plano de comunicação e canais de comunicação. No
entanto, o mecanismo de feedback também é muito importante para
2) Com empreiteiros e visitantes do local de trabalho; uma comunicação eficaz e a participação dos trabalhadores. Sugerir
3) Com outras partes externas ou interessadas; para adicionar cláusulas adicionais para tratar isso.

d) Como informar e comunicar; 2. Definir três canais de comunicação poderia ser melhor.

e) Como ele vai receber, manter informações documentadas, e Solução 02


responder a comunicações relevantes. Sugerir para adicionar:
A organização deve definir os objetivos a serem alcançados através da f) A comunicação deve ser um processo eficaz de duas vias e o
informação e comunicação, e deve avaliar se esses objetivos foram mecanismo de feedback deve ser posto em prática
atingidos.
g) Estabelecer canais efetivos de cima para baixo, de baixo para cima
A organização deve levar em conta os aspectos de diversidade (por e comunicação horizontal em matéria de segurança
exemplo, língua, cultura, alfabetização, deficiência), onde eles existirem,
ao considerar as suas necessidades de informação e comunicação.
A organização deve assegurar que, quando for o caso, os pontos de vista
das partes interessadas externas relevantes sobre assuntos pertinentes
ao sistema de gestão da SSO sejam considerados.
7.5.1 Geral
Sistema de gestão da SSO da organização deve incluir:
a) Informações documentadas exigidas por esta Norma;
b) Informações documentadas determinados pela organização
como sendo necessárias para a eficácia do sistema de gestão
SSO.
NOTA A extensão das informações documentadas para um sistema de
gestão da SSO podem diferir de uma organização para outra devido a:
− Tamanho da organização e do seu tipo de atividades,
processos, produtos e serviços;
− Complexidade dos processos e suas interações;
− Competência das pessoas.

Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 30 de 52


DIS ISO 45001:2016 Comentada

DIS ISO 4501:2016 COMENTÁRIOS


7.5.2 Elaboração e atualização
Ao criar e atualizar informações documentadas a organização deve
assegurar o caso:
a) Identificação e descrição (por exemplo, um título, data, autor ou
número de referência);
b) Formato (por exemplo, idioma, versão do software, gráficos) e
meios de comunicação (por exemplo, papel, eletrônico);
c) Análise e aprovação para adequação e adequação.
7.5.3 Controle de informação documentada
A informação documentada requerida pelo sistema de gestão da SSO e
por esta Norma deve ser controlada para garantir:
a) Estar disponível e apropriada para o uso, onde e quando for
necessário;
b) Estar adequadamente protegida (por exemplo, de perda de
confidencialidade, uso indevido, ou perda de integridade).
Para o controle de informações documentadas, a organização deve
abordar as seguintes atividades, conforme o caso:
− Distribuição, acesso, recuperação e utilização;
− Armazenamento e conservação, incluindo a preservação da
legibilidade;
− Controle de mudanças (por exemplo, controle de versão);
− Retenção e descarte;
− O acesso dos trabalhadores, e quando houver, dos
representantes dos trabalhadores, a informação documentada
relevante.
As informações documentadas de origem externa determinadas pela
organização como sendo necessárias para o planejamento e operação do
sistema de gestão da SSO devem ser identificadas como apropriado e
controladas.
NOTA O acesso pode implicar uma decisão sobre a permissão para
visualizar apenas as informações documentadas, ou a permissão e
autoridade para visualizar e alterar as informações documentadas.
8 Operação
8.1 Planejamento e controle operacional
8.1.1 Geral
A organização deve planejar, implementar e controlar os processos
necessários para atender aos requisitos do sistema de gestão da SSO e
para implementar as ações determinadas em 6.1 do requisito 6, por:
a) Estabelecer critérios para os processos;
b) Implementar o controle dos processos em conformidade com os
critérios;
c) Manter a informação documentada na medida que for
necessária para ter a confiança de que os processos foram
realizados como planejados;
d) Determinar situações em que a ausência de informação
documentada poderia levar a desvios da política de SSO e os
objetivos de SSO;
e) Adaptação do trabalho para os trabalhadores.
Em locais multi-empregador de trabalho, a organização deve implementar
um processo de coordenação das partes relevantes do sistema de gestão
da SSO com outras organizações.

Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 31 de 52


DIS ISO 45001:2016 Comentada

DIS ISO 4501:2016 COMENTÁRIOS


8.1.2 Hierarquias de controles Comentário 01
A organização deve estabelecer um processo e determinar os controles Aqui ou na seção de termos e definições, deverá haver uma explicação
para conseguir a redução dos riscos de SSO usando a seguinte de como a hierarquia deve ser aplicada, de outra forma poderia ser
hierarquia: visto como uma lista de opções.

a) Eliminar o perigo; Solução 01


A organização deve estabelecer um processo e determinar os controles
b) Substituir com materiais menos perigosos, processos, para conseguir a redução dos riscos de SSO usando a seguinte
operações ou equipamentos; hierarquia:
c) Utilizar os controles de engenharia; a) eliminar o perigo ,e só se, o perigo não puder ser eliminado:
d) Utilizar controles administrativos; b) substituir com materiais menos perigosos, processos, operações ou
e) Prover e garantir o uso de equipamento de proteção individual equipamentos, e somente se Isso não for possível, ou não reduzir o
adequado. risco para níveis aceitáveis, então:
c) utilizar os controles de engenharia, e, se isto não for possível ou se
ocorrer falhas para reduzir o risco de nível aceitável, então usar a
combinação a seguir
d) utilizar controles administrativos;
e) prover e garantir o uso de equipamento de proteção individual
adequado.
8.2 Gerenciamento de mudança Comentário 01
A organização deve estabelecer um processo para a implementação e 1. O processo para o planejamento da mudança, tais como a revisão e
controle das mudanças planejadas que afetam o desempenho de SSO, autorização de mudança planejada é fundamental para um processo de
tais como: gestão eficaz, portanto, sugiro rever se os requisitos antes da seção a)
estão em conformidade.
a) Novos produtos, processos ou serviços;
2. É necessária documentação adicional nesta seção porque a
b) Mudanças nos processos de trabalho, procedimentos, mudança do documento é muito importante e é uma parte fundamental
equipamentos ou estrutura organizacional; da gestão de processo de mudança.
c) Mudanças nos requisitos legais aplicáveis e outros requisitos; Solução 01
d) Mudanças no conhecimento ou informação sobre os perigos e Revisado:
riscos para a SSO relacionados; A organização deve estabelecer um processo para a revisão e
e) A evolução dos conhecimentos e da tecnologia. autorização, implementação e controle das mudanças planejadas que
afetam o desempenho de SSO, tais como:
A organização deve controlar alterações temporárias e permanentes para
promover oportunidades de SSO e para garantir que eles não têm um Adicionado:
impacto negativo sobre o desempenho de SSO. A organização deve manter e reter informações documentadas sobre
A organização deve e avaliar as consequências das alterações as mudanças.
involuntárias, tomar medidas para minimizar quaisquer efeitos adversos,
se necessário, incluindo identificação de oportunidades potenciais (ver
requisito 6).
8.3 Terceirização
A organização deve assegurar que os processos terceirizados que afetem
o seu sistema de gestão da SSO sejam controlados. O tipo e grau de
controle a serem aplicados a esses processos devem ser definidos dentro
do sistema de gestão da SSO.
NOTA O tipo e grau de controle de um processo terceirizado fazem parte
do sistema de gestão da SSO, aonde quer que o processo seja realizado
no local de trabalho.
8.4 Aquisição
A organização deve estabelecer controles para assegurar que a aquisição
de bens (por exemplo, produtos, materiais ou substâncias perigosas,
matérias-primas, equipamentos) e serviços em conformidade com os
seus requisitos do sistema de gestão da SSO.
8.5. Contratados
A organização deve estabelecer processos para identificar e comunicar
os perigos e avaliar e controlar os riscos para a SSO, decorrentes:
a) Das atividades e operações das empresas contratadas para os
trabalhadores da organização;
b) Das atividades da organização e operações para os
trabalhadores dos contratadas;

Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 32 de 52


DIS ISO 45001:2016 Comentada

DIS ISO 4501:2016 COMENTÁRIOS


c) Atividades e operações das empresas contratadas para outras
partes interessadas no local de trabalho;
d) As atividades e operações dos contratados para os
trabalhadores contratados.
A organização deve estabelecer e manter processos para assegurar que
os requisitos do sistema de gestão da SSO da organização são atendidos
por contratados e seus trabalhadores. Estes processos incluem os
critérios de SSO para seleção dos contratados.
8.6 Preparação e resposta a emergência
A organização deve identificar potenciais situações de emergência;
avaliar os riscos de SSO associados a estas situações de emergência
(ver 6.1.2) e manter um processo para prevenir ou minimizar os riscos de
SSO de potenciais situações de emergência, incluindo:
a) O estabelecimento de uma resposta planejada para situações
de emergência e incluindo primeiros socorros;
b) A realização de testes periódicos e exercício de capacidade de
resposta de emergência;
c) A avaliação e, quando necessário, a revisão dos processos e
procedimentos de preparação para emergências, incluindo
após o teste e, em particular, após a ocorrência de situações de
emergência;
d) A comunicação e transmissão de informações relevantes para
todos os trabalhadores e em todos os níveis da organização em
seus deveres e responsabilidades;
e) A prestação de formação para a prevenção de emergência,
primeiros socorros, preparação e resposta;
f) A comunicação de informações relevantes aos contratados,
visitantes, serviços de resposta de emergência, autoridades
governamentais e, conforme o caso, a comunidade local.
Em todas as fases do processo, a organização deve levar em conta as
necessidades e capacidades de todas as partes interessadas relevantes
e assegurar a sua participação.
A organização deve manter e reter informações documentadas sobre o
processo e sobre os planos para responder a potenciais situações de
emergência.
9 Avaliação do desempenho Comentário 01
9.1 Monitoramento, medição, análise e avaliação Pode ser útil adicionar exigência da adoção de indicadores de
desempenho mais relevantes porque estas normas revisadas
9.1.1 Geral incentivam uma abordagem proativa para a gestão de SSO.
A organização deve determinar: Solução 01
a) O que precisa ser monitorado e medido, incluindo: f) Estabelecer indicadores de desempenho principais apropriados
relevantes para os riscos da organização e áreas fracas
1) Os requisitos legais aplicáveis e outros requisitos;
Comentário 02
2) Suas atividades e operações relacionadas com perigos Mover 4) objetivos de SSO da organização a seguir de modo que que
identificados e riscos de SSO; riscos e oportunidades de seja mais lógico
SSO;
Solução 02
3) Controles operacionais;
a) o que precisa ser monitorado e medido, incluindo:
4) Objetivos de SSO da organização;
1) os requisitos legais aplicáveis e outros requisitos;
b) Os critérios segundo os quais a organização irá avaliar o seu
desempenho de SSO; 2) os objetivos de SSO da organização;

c) Os métodos de monitoramento, medição, análise e avaliação, 3) suas atividades e operações relacionadas com perigos
conforme o caso, para assegurar resultados válidos; identificados e riscos de SSO; riscos e oportunidades de SSO;

d) Quando o monitoramento e medição devem ser efetuados; 4) controles operacionais;

e) Quando os resultados de medição e monitoramento devem ser


analisados e avaliados e comunicados.
A organização deve assegurar, conforme o caso, que os equipamentos
de monitoramento e medição sejam calibrados ou verificados e são

Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 33 de 52


DIS ISO 45001:2016 Comentada

DIS ISO 4501:2016 COMENTÁRIOS


usados e mantidos conforme o caso.
NOTA Não pode haver requisitos legais ou outros requisitos (por
exemplo, normas nacionais ou internacionais), relativamente à calibração
ou verificação de monitoramento e equipamentos de medição.
A organização deve avaliar o desempenho de SSO, e determinar a
eficácia do sistema de gestão da SSO.
A organização deve reter a informação documentada apropriada como
prova dos resultados de monitoramento, medição, análise e avaliação.

9.1.2 Avaliação da conformidade com os requisitos legais e outros


requisitos
A organização deve monitorar a percepção de clientes do grau em
que A organização deve planejar, criar, aplicar e manter um processo
para avaliar a conformidade com os requisitos legais aplicáveis e outros
requisitos (ver 6.1.3).
A organização deve:
a) Determinar a frequência e o método(s) pelo qual o cumprimento
será avaliado;
b) Avaliar seu cumprimento;
c) Tomar medidas, se necessário, de acordo com 10.1;
d) Manter o conhecimento e a compreensão de seu status de
conformidade com os requisitos legais e outros requisitos;
e) Reter a informação documentada do resultado(s) de avaliação
da conformidade.
9.2 Auditoria interna Comentário 01
9.2.1 Objetivos da auditoria interna Em relação a:

A organização deve realizar auditorias internas a intervalos planejados d) assegurar que os resultados das auditorias são notificados aos
para fornecer informações se o sistema de gestão da SSO: órgãos relevantes;

a) Está de acordo com: e) assegurar que os resultados relevantes da auditoria são relatados
aos trabalhadores relevantes e, onde houver, aos representantes dos
1) As necessidades da organização para seu sistema de trabalhadores e partes interessadas;
gestão da SSO, incluindo a política de SSO e objetivos de
SSO; Não deve haver resultados irrelevantes da auditoria.

2) Os requisitos desta norma; Os trabalhadores e a gerência devem receber os mesmos relatórios de


auditoria. Isso contribui para realizar um relatório honesto. - Se Isso
b) Está mantido e implementado eficazmente. não é desejável, um anexo ao 9.2.2 deve explicar claramente e
honestamente, porque a comissão quer que trabalhadores e gerência
9.2.2 Processo de auditoria interna recebam relatórios diferentes.
A organização deve: Solução 01
a) Planejar, criar, aplicar e manter um programa de auditoria, d + e) assegurar que os resultados das auditorias sejam comunicados
incluindo a frequência, métodos, responsabilidades, consulta, à administração e aos trabalhadores envolvidos, e quando houver, aos
requisitos de planejamento e relatórios, que deverão levar em representantes eleitos pelos trabalhadores e partes interessadas;
consideração a importância dos processos envolvidos e os
resultados de auditorias anteriores, bem como: (Em alguns países europeus, a lei decide quem é relevante. E quanto
as regiões onde não existem tais leis? E quanto as regiões, onde
1) Alterações significativas com impacto na organização; existam tais leis, mas quando referir-se a elas for perigoso?)
2) Os resultados da avaliação de desempenho e de melhoria Comentário 02
(ver requisitos 9 e 10); Onde há representantes dos trabalhadores, eles podem ser treinados
3) Riscos significativos para a SSO, riscos e oportunidades como auditores internos certificados. (ISO 19011).
de SSO; Solução 02
b) Definir os critérios de auditoria e possibilidades de cada c) selecionar auditores competentes (incluindo os representantes dos
auditoria; trabalhadores treinados quando houver) e realizar auditorias para
garantir a objetividade e imparcialidade do processo de auditoria;
c) Selecionar auditores competentes e realização de auditorias
para garantir a objetividade e imparcialidade do processo de Comentário 03
auditoria; Nenhuma menção de melhorias no sistema de gestão da SSO, mas
d) Assegurar que os resultados das auditorias são notificados aos não há nenhuma menção do sistema de gestão da SSO neste
órgãos relevantes; requisito.

e) Assegurar que os resultados relevantes da auditoria são Solução 03

Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 34 de 52


DIS ISO 45001:2016 Comentada

DIS ISO 4501:2016 COMENTÁRIOS


relatados aos trabalhadores relevantes e, onde houver, aos Seria melhor se as auditorias internas também abordassem a melhoria
representantes dos trabalhadores e partes interessadas; do sistema de gestão da SSO.
f) Tomar medidas adequadas para resolver as não conformidades
(ver 10.1) e melhorar continuamente o seu desempenho de
SSO(ver 10.2);
g) Reter a informação documentada como evidência da
implementação do programa de auditoria e os resultados da
auditoria.
NOTA Para mais informações sobre auditoria, consulte a ISO 19011
Diretrizes para sistemas de gestão de auditoria.

9.3 Análise crítica pela direção Comentário 01


A alta direção deve rever o sistema de gestão da SSO da organização a "A organização deve comunicar os resultados pertinentes da análise
intervalos planejados para assegurar sua contínua pertinência, crítica para seus trabalhadores relevantes e, quando houver, para os
adequação e eficácia. representantes dos trabalhadores (ver 7.4.)."

A análise crítica deve incluir a consideração de: Para entender uma revisão, você precisa entender as entradas dessa
revisão.
a) O status das ações de revisões anteriores pela gestão;
"A organização deve reter a informação documentada como evidência
b) Mudanças nas questões externas e internas que sejam dos resultados de avaliações de gestão."
relevantes para o sistema de gestão da SSO, incluindo:
Em alguns países europeus (por exemplo, Áustria e Alemanha), os
1) Os requisitos legais aplicáveis e outros requisitos; representantes dos trabalhadores têm o direito de ler toda a
documentação relacionada à SSO. E quanto as regiões, onde os
2) Riscos de SSO da organização, riscos e oportunidades de trabalhadores não têm esses direitos?
SSO;
Solução 01
c) A medida em que a política de SSO e os objetivos de SSO
foram cumpridos; "A organização deve comunicar as entradas, bem como as saídas da
análise crítica pela direção aos seus trabalhadores relevantes e,
d) Informações sobre o desempenho de SSO, incluindo as quando houver, aos representantes dos trabalhadores (ver 7.4.)."
tendências em:
1) Incidentes, não-conformidades, ações corretivas e de
melhoria contínua;
2) A participação dos trabalhadores e as saídas de consulta;
3) Os resultados de monitoramento e medição;
4) Os resultados da auditoria;
5) Os resultados da avaliação da conformidade;
6) Riscos de SSO, riscos e oportunidades de SSO;
e) Comunicação pertinente com as partes interessadas;
f) As oportunidades de melhoria contínua;
g) A adequação de recursos para a manutenção de um sistema de
gestão da SSO eficaz.

As saídas da análise crítica pela alta direção devem incluir decisões


relacionadas com:
− Conclusões sobre a contínua pertinência, adequação e eficácia
do sistema de gestão da SSO;
− Oportunidades de melhoria contínua e;
− A necessidade de mudanças no sistema de gestão da SSO,
incluindo os recursos necessários;
− Ações necessárias, quando os objetivos não foram atingidos.
A organização deve comunicar os resultados pertinentes da análise crítica
para seus trabalhadores relevantes e, quando houver, para os
representantes dos trabalhadores (ver 7.4.).
A organização deve reter a informação documentada como evidência dos
resultados da análise crítica.
10 Melhoria Comentário 01

Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 35 de 52


DIS ISO 45001:2016 Comentada

DIS ISO 4501:2016 COMENTÁRIOS


10.1 Incidente, não conformidade e ação corretiva Adicionalmente a cláusula 3.18 (lesões e problemas de saúde) que
propôs a definição de "efeito adverso (independentemente da
A organização deve planejar, criar, aplicar e manter um processo para gravidade) sobre a condição física, mental ou cognitiva de uma
gerenciar incidentes e não-conformidades , incluindo relatórios , investigar pessoa". (Ou seja: foi adicionado "(independentemente da gravidade)”.
e tomar medidas. Mas depois de reportar um incidente, a gravidade do curso deve ser
avaliada. Cláusula 10.1 do ISO 45001 pode ser um lugar para Isso.
Em caso de incidente ou uma não conformidade a organização deve:
Solução 01
a) Reagir em tempo hábil para o incidente ou não conformidade,
e, conforme o caso: b) ... 1): substituir " rever o incidente ou não conformidade "; por "rever
o incidente ou não conformidade e da gravidade dos efeitos adversos
1) Tomar medidas para controlar e corrigi-lo; que o incidente ou não conformidade causaram ou poderiam ter
causado.
2) Lidar com as consequências;
Comentário 02
b) Avaliar, com a participação dos trabalhadores (ver 5.4) e o
envolvimento de outras partes interessadas, a necessidade de Quanto à investigação de incidentes, observei que um empregador
medidas corretivas para eliminar a causa raiz do incidente ou combina a avaliação da carga mental de trabalho (ISO 10075) que
não conformidade, a fim de que não se repita ou ocorra em emerge de processos de negócios com uma tentativa de realizar um
outros lugares, através de: diagnóstico psicológico / psiquiátrico dos trabalhadores afetados pelos
processos dos negócios investigados. Como quem gera dados
1) Revisar o incidente ou não conformidade; confidenciais, o empregador usa a confidencialidade necessária para
restringir a participação dos empregados na investigação de incidentes.
2) Determinar as causas do incidente ou não conformidade; Este novamente reduz a abertura e a transparência da investigação de
3) Determinar se incidentes semelhantes existem ou incidentes. Além disso, a demanda para visitar um médico pode
poderiam ocorrer; impedir que empregados denunciem carga de trabalho perigosa.

c) Rever a avaliação dos riscos e riscos para a SSO, conforme O que eu descrevo aqui não é apenas uma teoria. O uso indevido das
apropriado (ver 6.1); normas de proteção de dados tem lugar na vida real da gestão de
SSO. Isso deve ser evitado.
d) Determinar e implementar todas as medidas necessárias,
incluindo uma ação corretiva, de acordo com a hierarquia dos Solução 02
controles (ver 8.1.2) e a gestão da mudança (ver 8.2); Investigações de incidentes que estão relacionados com problemas de
carga de trabalho mental devem tentar investigar e avaliar incidentes
e) Avaliar a eficácia das medidas corretivas; quanto genericamente for possível sem gerar dados confidenciais de
f) Fazer alterações no sistema de gestão da SSO, se necessário. saúde desnecessários e sem exercer pressão "bem intencionada"
sobre os trabalhadores ao tentar avaliar a saúde mental individual. (Eu
As ações corretivas devem ser apropriadas aos efeitos ou potenciais não sei como isso poderia ser escrito na ISO 45001.)
efeitos dos incidentes ou não-conformidades encontradas .
Comentário 03
A organização deve reter a informação documentada como evidência:
“...Quando um incidente ou uma não conformidade ocorre...”
− Da natureza dos incidentes ou não-conformidades e quaisquer
ações subsequentes tomadas; Solução 03

− Dos resultados de qualquer ação corretiva, incluindo a eficácia Esclarecer, quem decide se o incidente ou não conformidade ocorre.
das medidas tomadas. Proteger empregados contra serem repreendidos por relatarem
A organização deve comunicar essa informação documentada aos incidentes.
trabalhadores relevantes e, quando houver, aos representantes dos Fomentar o relato de processos que não impeçam os empregados de
trabalhadores e partes interessadas relevantes. reportarem os incidentes.
NOTA A notificação e investigação de incidentes sem Comentário 04
demora pode ajudar na remoção de riscos e na minimização de riscos de
SSO associados. Não há necessidade do jargão causa raiz
Não há necessidade de análise de tendência ou padrão de dados de
incidentes e não conformidades.
Solução 04
Remover raiz
Adicionar requisito para a análise de tendência ou padrão de dados de
incidentes e não conformidades.
Comentário 05
Esta seção não fez ênfase na aprendizagem de incidente ou não
conformidade que é importante para a aprendizagem organizacional.
Solução 05
Sugiro adicionar :
A organização deve aprender a partir do incidente ou não conformidade
com os funcionários afetados.

Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 36 de 52


DIS ISO 45001:2016 Comentada

DIS ISO 4501:2016 COMENTÁRIOS


10.2 Melhoria contínua
10.2.1 Objetivos para melhoria contínua
A organização deve continuamente melhorar a adequação e eficácia do
sistema de SSO quanto à:
a) Prevenir a ocorrência de incidentes e não-conformidades;
b) Promover uma cultura positiva de saúde e segurança no
trabalho;
c) Melhorar o desempenho de SSO.
A organização deve assegurar a participação dos trabalhadores,
conforme o caso, na implementação dos seus objetivos de melhoria
contínua .
10.2.2 Processo de melhoria contínua
A organização deve planejar, criar, aplicar e manter um processo
contínuo de melhoria, que leva em conta os resultados das atividades
descritas nesta Norma.
A organização deve comunicar os resultados da melhoria contínua aos
seus trabalhadores relevantes e, quando houver, aos representantes dos
trabalhadores .
A organização deve reter a informação documentada como evidência dos
resultados de melhoria contínua.

Anexo A

(Informativo)

Orientação sobre o Uso desta Norma

A.1 Geral
A informação explicativa dada no presente anexo destina-se a evitar erros de interpretação dos requisitos estabelecidos nesta Norma. Enquanto esta
informação aborda e é consistente com os requisitos, não se pretende adicionar, subtrair ou modificar de forma alguma os mesmos.
Os requisitos desta Norma devem ser vistos a partir de uma perspectiva de sistemas e não deve ser considerada isoladamente, ou seja, não pode
haver uma inter-relação entre as exigências em uma cláusula com os requisitos em outras cláusulas .

A.2 Referência Normativas


Não existem referências normativas desta Norma . Os usuários podem consultar os documentos listados na bibliografia para mais informações.

A.3 Termos e Definições


Além dos termos e definições citados na Cláusula 3, e, a fim de evitar mal-entendidos, o esclarecimento de conceitos selecionados são fornecidos
abaixo.
− "Contínua" indica duração que ocorre ao longo de um período de tempo, mas com intervalos de interrupção (ao contrário de "contínua", que
indica a duração sem interrupção). "Contínuo" é, por conseguinte, a palavra apropriada para utilizar no contexto da melhoria.
− A palavra "considerar" "significa que é necessário pensar, mas pode ser rejeitada, ao passo que" levar em conta "significa que é necessário
pensar, mas não pode ser rejeitada.
− As palavras "apropriado" e "aplicável" não são intercambiáveis. "Apropriado" significa adequado e implica um certo grau de liberdade,
enquanto "aplicável", sigifica relevante ou possível de aplicar e implica que, se isso pode ser feito, deve ser feito.
− Esta Norma usa o termo "parte interessada", o termo "partes interessadas" é um sinônimo, pois representa o mesmo conceito.
− A palavra "garantir", significa que a responsabilidade pode ser delegada, mas não a prestação de contas para se certificar de que ela é
realizada.
− "Informação documentada" é usado para incluir ambos os documentos e registros. Esta Norma usa a frase "reter a informação documentada
como evidência de ..." para significar registros, e "deve estar disponível como informação documentada" para significar documentos,

Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 37 de 52


DIS ISO 45001:2016 Comentada

incluindo procedimentos. A frase "para reter a informação documentada como evidência de ..." não se destina a exigir que a informação
retida atenderá aos requisitos de prova legais. Em vez disso, destina-se a definir o tipo de registros que precisam ser mantidos.
As organizações podem estar sujeitas a requisitos relacionados com o sistema de gestão da SSO que exigem o uso de termos específicos e seu
significado. Se forem utilizados estes outros termos, a conformidade com esta Norma ainda é necessária.

A.4 Contexto da Organização


A.4.1 Entendendo o contexto da organização
A intenção desta cláusula é para a organização obter uma compreensão das questões positivas e negativas, que a organização precisa considerar ao
estabelecer seu sistema de gestão da SSO.
As questões de interesse são aquelas que afetam ou possam afetar a capacidade da organização para alcançar os resultados pretendidos. Questões
podem incluir condições, características ou mudanças de circunstâncias que pom afetar o sistema de gestão da SSO, por exemplo:
a) Questões do contexto externo, tais como:
1) O ambiente cultural, social, político, legal, financeiro, tecnológico, econômico e naturais e de concorrência do mercado, quer internacional,
nacional, regional ou local;
2) Introdução de novos concorrentes, empreiteiros, fornecedores, parceiros e provedores, novas tecnologias, novas leis e o surgimento de
novas ocupações;
3) Fatores-chave e tendências relevantes para a indústria ou setor que impactem na organização;
4) Relacionamentos com, e percepções e valores de suas partes interessadas externas;
5) Mudanças em relação a qualquer um dos acima.
b) Questões contexto interno, tais como:
1) Governança, estrutura organizacional, funções e responsabilidades;
2) Políticas, objetivos e estratégias que estão implantados para alcançá-los;
3) As capacidades, entendidas em termos de recursos, conhecimentos e competência (por exemplo, o capital, tempo, recursos humanos,
processos, sistemas e tecnologias);
4) Sistemas de informação, fluxos de informação e processos (formais e informais) de tomada de decisão;
5) Introdução de novos produtos, serviços, novas ferramentas, novos softwares, novas instalações e equipamentos;
6) Relações com e percepções e valores dos trabalhadores;
7) A cultura da organização (ver A.5.1);
8) Normas, diretrizes e modelos adotados pela organização;
9) A forma e a extensão das relações contratuais, incluindo por exemplo terceirização de atividades;
10) Reorganização dos horários;
11) Mudanças em relação a qualquer um dos acima.
Uma compreensão do contexto de uma organização é usada para estabelecer, implementar, manter e melhorar continuamente seu sistema de gestão
SSO (ver 4.4), especialmente no estabelecimento de sua política de SSO (ver 5.2) e a definição de seus objetivos de SSO (ver 6.2 0,1).
As questões internas e externas que são determinadas em 4.1 podem resultar em riscos e oportunidades para a organização ou para o sistema de
gestão da SSO (ver 6.1.1 a 6.1.3). A organização determina aquelas que precisam de ser abordadas e geridas (ver 6.1.4, 6.2, Cláusula 7, Cláusula 8 e
9.1).

A.4.2 Entendendo as expectativas dos trabalhadores e outras partes interessadas


Uma organização deverá ter uma compreensão geral das necessidades e expectativas das partes interessadas internas e externas que foram
determinadas pela organização como partes relevante expressas.
A organização deve determinar as necessidades e expectativas dos trabalhadores, tanto gerenciais e não gerenciais, e quando houver, dos
representantes dos trabalhadores, que podem afetar o sistema de gestão da SSO, ou que se percebem afetados por ela.
Outras partes interessadas para um sistema de gestão da SSO podem incluir:
a) As autoridades legais e regulamentares (local, regional, estadual/ provincial, nacional ou internacional);
b) Organizações de pais;
c) Fornecedores, empreiteiros e subempreiteiros;
d) Organizações (sindicatos) de empregados e organizações dos empregadores;
e) Os proprietários, acionistas, clientes, visitantes, comunidade local e os vizinhos da organização e do público em geral;
f) Clientes, serviços médicos e outros da comunidade, mídia, universidades, associações empresariais e organizações não governamentais
(ONG);

Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 38 de 52


DIS ISO 45001:2016 Comentada

g) As organizações de saúde e segurança ocupacionais e profissionais de segurança e de saúde no trabalho (por exemplo, médicos e
enfermeiros).
Necessidades e expectativas de partes interessadas não são necessariamente exigências da organização. É importante distinguir entre:
− Requisitos obrigatórios: leis, regulamentos, requisitos corporativos, disposições das convenções coletivas da organização que se relacionam
com a saúde e segurança dos trabalhadores onde elas tem efeito legal ;
− Requisitos voluntários: compromissos voluntários para as partes interessadas aos quais a organização subscreva voluntariamente. Ele
também inclui regras, guias e referências técnicas;
− Outros requisitos que a organização subscreva voluntariamente que se relacionam com o sistema de gestão da SSO.
Necessidades e expectativas das partes interessadas se tornam requisitos obrigatórios para uma organização se essa organização optar por adotá-los.
Uma vez que a organização adota -las, então eles se tornam requisitos e devem ser considerados quando do planejamento e estabelecimento do
sistema de SSO.

A.4.3 Escopo do SISTEMA DE GESTÃO DA SSO


O escopo do sistema de gestão da SSO destina-se a esclarecer os limites a que se aplicam o sistema da organização, especialmente se a organização
é uma parte de uma organização maior em um determinado local. Uma organização tem a liberdade e flexibilidade para definir seus limites, tendo em
conta as suas atividades relacionadas com o trabalho. Pode optar por aplicar esta Norma com respeito a toda a organização, ou para (a) parte
específica (s) da organização, desde a alta administração da parte da organização suas próprias funções, responsabilidades e autoridades para o
estabelecimento de um sistema de gestão da SSO.
Ao determinar o escopo, a credibilidade do sistema de gestão da SSO da organização dependerá da escolha dos limites. Note-se que 4.3 exige que a
organização leve em conta as suas atividades, produtos ou serviços que estão dentro de seu controle ou influência que podem ter impacto sobre o
desempenho de SSO.
O escopo deve ser factual e representativo de operações da organização incluído dentro de seus limites de sistemas de gestão de SSO de modo que
não induza em erro as partes interessadas.
O escopo deve abordar os riscos e os potenciais riscos de SSO a pessoas na organização e considerará, além disso, seus impactos sobre as pessoas,
terceirizados ou subcontratados, a realização de atividades ou a produção de produtos ou prestação de serviços para a organização ou em seu nome.

A.4.4 Gerenciamento do Sistema de SSO


A organização detém a autoridade, responsabilidade e autonomia, para decidir como irá cumprir os requisitos da presente norma internacional,
incluindo o nível de detalhe e em que medida irá:
a) Integrar os requisitos do sistema de gestão da SSO nas suas diferentes operações de negócios, tais como design e desenvolvimento,
compras, recursos humanos, vendas e marketing, etc.;
b) Incorporar as questões relacionadas com o seu contexto (4.1), as suas exigências para partes interessadas (4.2) e do escopo (4.3) do seu
sistema de gestão da SSO.
Se esta Norma é implementada para uma parte específica (s) de uma organização, as políticas e processos desenvolvidos por outras partes da
organização podem ser utilizados para cumprir os requisitos da presente norma internacional, desde que sejam aplicáveis à parte específica (s) que
estará sujeita a eles e que eles cumpram com os requisitos desta Norma.
Exemplos destes processos pode ser:
− Políticas de SSO das empresas;
− Sistema de gestão documental;
− Programas de competência;
− Controles de aquisição, etc

A.5 Liderança e participação do trabalhador


A.5.1 Liderança e comprometimento
Compromisso de SSO, consciência, capacidade de resposta, apoio ativo e feedback da alta administração da organização são fundamentais para o
sucesso do sistema de gestão da SSO e, portanto, eles têm responsabilidades específicas para as quais eles precisam estar pessoalmente envolvidos
ou que eles precisam para dirigir.
Para conseguir uma melhor aceitação e implementação de processos do sistema de gestão da SSO, a liderança inclui comunicar os requisitos do
"que" precisa ser feito e "por que" isso deve ser feito. É também importante garantir que os resultados desejados sejam alcançados.
A alta administração deve desenvolver, liderar e promover uma cultura na organização que apoia o sistema de gestão da SSO e que incentive os
trabalhadores e, quando houver, os representantes dos trabalhadores, a participarem ativamente no sistema de gestão da SSO, bem como o
envolvimento dos interessados relevantes. Este é um fator chave na criação e implementação de um sistema de gestão da SSO eficaz e uma cultura
de saúde e segurança ocupacional.
A cultura de saúde e segurança no trabalho de uma organização é largamente determinada pela alta administração e é o produto de valores individuais
e de grupo, atitudes, percepções, competências e padrões de atividades que determinam o compromisso para SSO , e o estilo e proficiência de, seu
sistema de gestão da SSO.
Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 39 de 52
DIS ISO 45001:2016 Comentada

Uma cultura de saúde e segurança no trabalho que suporta o sistema de gestão da SSO de uma organização é caracterizada por comunicações
baseadas na confiança mútua, por percepções comuns da importância do sistema de gestão da SSO e pela confiança na eficácia das medidas
preventivas. Uma organização com tal cultura é, por vezes indicada como uma organização "de aprendizagem". No contexto da saúde e segurança no
trabalho, organizações de aprendizagem devem incentivar uma cultura em que as pessoas em todos os níveis da organização possam continuamente
ampliar sua capacidade de compreender como as atividades de trabalho, e a maneira pela qual eles são organizados e o impacto no desempenho de
SSO.
Cooperação entre gestores, trabalhadores e, caso existam, os representantes dos trabalhadores, é um elemento essencial das medidas de prevenção
relacionadas com o local de trabalho.
Deficiências do sistema de gestão da SSO podem incluir, mas não estão limitados a:
a) Processos de feedback e comunicação pobres;
b) Cargas de trabalho excessivas;
c) Restrições orçamentárias;
d) Coordenação de trabalho deficiente;
e) Supervisão inadequada, etc.
A organização deve identificar e tratar tais deficiências para melhorar seu sistema de gestão da SSO.
Identificação de perigos, reduzindo o risco, e um foco em conformidade, não será por si só, criar ou manter um sistema de SSO.

A.5.2 Política
A política de SSO é um conjunto de princípios estabelecidos como compromisso de SSO nos quais a Alta Direção descreve a direção de longo prazo
da organização para apoiar e melhorar continuamente o seu desempenho de SSO. A política de SSO fornece um sentido geral de direção, fornece
uma estrutura para a organização definir seus objetivos e tomar medidas para alcançar os resultados pretendidos do sistema de gestão da SSO
Cinco compromissos básicos de SSO básicos para a política de SSO são especificados nesta Norma Internacional para:
a) Fornecer condições de trabalho seguras e saudáveis para a prevenção de danos e problemas de saúde relacionados ao trabalho;
b) Atender os requisitos legais aplicáveis e outros requisitos;
c) Controlar os riscos de SSO usando a hierarquia de controles (ver 8.1.2);
d) Melhoria contínua do sistema de gestão da SSO (ver 10.2) para aumentar o desempenho de SSO da organização;
e) Participação.
Esses compromissos de SSO são, então, refletidos nos processos que a organização estabelece para atender às exigências específicas desta Norma
Internacional, para garantir um sistema de gestão da SSO robusto, acreditado e confiável.
A política de SSO deve ser estabelecida pela alta direção, depois de ter levado em consideração:
a) Oportunidades de SSO;
b) As necessidades e expectativas dos trabalhadores, e quando houver, os representantes dos trabalhadores e outras partes interessadas;
c) Os requisitos legais aplicáveis e outros requisitos que a organização subscrever.
A política de SSO da organização deve ser adequada à natureza e dimensão dos seus riscos identificados de SSO e oportunidades de SSO e devem
ser realistas. Ao desenvolver a sua política de SSO, a organização deve considerar coordena-la com outras políticas.
Enquanto os compromissos de SSO são importantes, algumas partes interessadas estão especialmente preocupadas com o compromisso de SSO da
organização para cumprir os seus requisitos legais aplicáveis.
Esta Norma Internacional especifica uma série de requisitos interligados relacionados com este compromisso de SSO. Estes incluem a necessidade
de:
− Determinar os requisitos legais aplicáveis;
− Garantir que as operações são realizadas em conformidade com estes requisitos legais;
− Avaliar o cumprimento dos requisitos legais;
− Não-conformidades corretas.

Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 40 de 52


DIS ISO 45001:2016 Comentada

A.5.3 Papéis, responsabilidades, prestação de contas e autoridades da organização


A alta direção tem a responsabilidade, a prestação de contas e a autoridade global da gestão do sistema de SSO, para a proteção da segurança e
saúde dos trabalhadores. Trabalhadores, no curso da execução de seu trabalho, devem cooperar com a alta direção, com a gerência intermediária e
com supervisores no cumprimento de tais responsabilidades. Toda pessoa no local de trabalho deve considerar não só a sua própria saúde e
segurança, mas também a saúde e a segurança dos outros.
Prestação de contas significa responsabilidade máxima e refere-se à pessoa responsável por prestar contas se algo não for feito, não for feito
corretamente, não funcionar ou não conseguir atingir o seu objetivo.
As responsabilidades do sistema de gestão da SSO devem ser designadas para as áreas apropriadas da organização, tais como, gerência operacional
(por exemplo, manutenção, fabricação) ou outras funções da equipe (por exemplo, gerência intermediária e supervisores).
As responsabilidades, prestações de contas e autoridades devem ser revisadas quando ocorrerem mudanças na estrutura da organização.
Os trabalhadores, quando assumirem responsabilidades desses aspectos do sistema de gestão da SSO sobre os quais têm o controle, devem ter o
direito de relatarem sobre situações perigosas para que sejam tomadas medidas. Eles devem ser capazes de comunicar as preocupações para as
autoridades responsáveis como exigido, sem a ameaça de demissão, ação disciplinar ou outras como represálias.
A alta direção pode designar a responsabilidade e autoridade para assegurar que o sistema de gestão da SSO esteja em conformidade com os
requisitos desta Norma Internacional e para relatar o desempenho do sistema de gestão da SSO para um indivíduo (algumas vezes referido como
'representante da direção’), para um membro da alta direção, ou para vários indivíduos.
Os trabalhadores devem ter competência e autoridade suficientes para removerem as situações perigosas, se necessário, sem medo de represálias.

A.5.4 Participação e consulta


A participação dos trabalhadores e, quando houver, dos representantes dos trabalhadores, é um fator chave de sucesso para um sistema de gestão da
SSO.
A alta direção da organização deve encorajar a participação dos trabalhadores e, quando houver, dos representantes dos trabalhadores, no
desenvolvimento, implementação e manutenção do sistema de gestão da SSO. Isto deve incluir o recebimento de sugestões para a melhoria do
sistema de gestão da SSO, o que pode levar a melhorias no desempenho de SSO da organização.
NOTA 1 ILS da OIT recomenda que os processos de recebimento das sugestões são mais eficazes se os trabalhadores não temem a ameaça de
demissão, ação disciplinar, ou outras represálias, quando o fizerem.
O processo de consulta pode incluir comunicações de duas vias. Por exemplo, os trabalhadores mais perto de riscos de SSO, e quando houver, os
representantes dos trabalhadores, podem ser questionados sobre as decisões a serem tomadas para controlar esses riscos de SSO, para que eles
possam dar suas opiniões sobre eles.
A participação dos trabalhadores é um processo de cooperação entre os gestores e não gestores, e quando houver, os representantes dos
trabalhadores, a fim de contribuir para os processos de tomada de decisão sobre as medidas de desempenho de SSO e as alterações propostas.
Meios de incentivar a cooperação e a participação dos trabalhadores e, quando houver, dos representantes dos trabalhadores, a fim de ajudá-los no
exercício das suas funções no sistema de gestão da SSO e evitar barreiras, podem incluir:
a) O fornecimento de informação e comunicação em relação ao escopo e os objetivos do sistema de gestão da SSO;
b) O fornecimento de informações operacionais e treinamento sobre os perigos identificados, estratégias de eliminação, controle dos perigos, e
avaliação de riscos residuais;
c) Criar conscientização dos perigos e riscos de SSO;
d) Melhorar a competência;
e) O acesso a outros trabalhadores com a finalidade de comunicar sobre questões de saúde e segurança;
f) O fornecimento de tempo e recursos adequados para cumprir os itens de a) a c);
NOTA 2 ILS da OIT recomenda que o tempo para os itens de a) a e) devem ser autorizados durante o horário de trabalho.
g) O fornecimento de mecanismos para fomentar, promover e permitir uma cooperação eficaz entre os gestores e não gestores, por exemplo,
delegados de segurança do trabalho comitês de saúde e segurança dos trabalhadores, ou articulações de saúde , bem como disposição
para a seleção de representantes (por meio dos trabalhadores ou Organizações Sindicais), em conformidade com os requisitos legais
aplicáveis e outros requisitos;
h) Proporcionar proteção contra demissão ou represálias, incluindo medidas disciplinares ou outras adversas, ao comunicar ou remover por si
mesmo, situações de perigo grave ou dano iminente;
i) Criação e manutenção de uma cultura na organização que apoia o sistema de gestão da SSO.

Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 41 de 52


DIS ISO 45001:2016 Comentada

Remover as barreiras à participação, ou reduzi-las ao mínimo quando a remoção não for possível, é essencial para que o sistema de gestão da SSO
seja eficaz.
Realimentação no sistema de gestão da SSO é dependente da participação dos trabalhadores. A organização deve assegurar que os trabalhadores
em todos os níveis sejam estimulados a denunciar situações de risco, para que medidas preventivas possam ser postas em prática e medidas
corretivas tomadas.
NOTA 3 ILS da OIT recomenda que os trabalhadores devem estar habilitados para relatarem as suas preocupações sobre situações perigosas para as
autoridades externas responsáveis.

A.6 Planejamento
A.6.1 Ações para abordar os riscos e oportunidades
A.6.1.1 Geral
O objetivo do planejamento do sistema de gestão da SSO é evitar efeitos indesejáveis (tais como a falta de aplicação dos requisitos legais, danos à
reputação, prejuízos relacionados ao trabalho e doenças ocupacionais), antecipando eventos perigosos, sua probabilidade e consequências, e
aplicação adequada dos controles de risco, a fim de alcançar os resultados pretendidos. Identificar também, as oportunidades que podem oferecer uma
vantagem potencial ou resultado benéfico, como a melhoria do desempenho de SSO.
Planejamento não é um único evento, mas um processo contínuo, antecipando mudanças circunstanciais e identificando continuamente os riscos e
oportunidades, tanto para os trabalhadores como indivíduos e para a organização. Quando planejar o sistema de gestão da SSO da organização, o
contexto (ver 4.1), no qual irá operar, as opiniões dos seus trabalhadores e outras partes interessadas (ver 4.2) e seu escopo (ver 4.3) devem ser
considerados. Uma revisão inicial ou uma análise de falhas podem ser realizadas quando planejar o sistema de gestão da SSO; a saída de tal revisão
pode ser utilizada no processo de planeamento.
Esta Norma Internacional exige que a organização identifique e avalie os seus riscos de SSO (ver 6.1.2.3) e identifique suas oportunidades de SSO
(ver 6.1.2.4), determine os seus requisitos legais aplicáveis e outros requisitos (ver 6.1.3), e avalie outros riscos (ver 6.1.2.3) e identifique outras
oportunidades (ver 6.1.2.4) para o SISTEMA DE GESTÃO DA SSO. Esta informação é então usada para determinar como os riscos e as
oportunidades devem ser gerenciados (ver 6.1.4). O planejamento também inclui determinar como incorporar as ações consideradas necessárias ou
benéficas para o sistema de gestão da SSO através da definição dos objetivos (ver 6.2), o controle operacional (ver 8.1) ou de outras partes do sistema
de gestão da SSO, por exemplo, disposições dos recursos (ver 7.1) e competência (ver 7.2). O mecanismo de avaliação da eficácia das medidas de
prevenção e proteção também deve ser planejado e deve incluir o monitoramento e técnicas de medição (ver 9.1), a auditoria interna (ver 9.2) e
revisão da gestão (ver 9.3).
As mudanças podem apresentar ambos os riscos para os trabalhadores, e as oportunidades para melhorar o desempenho do sistema de gestão da
SSO, e precisam ser cuidadosamente planejadas antes de serem implementadas (ver 8.2).
Informação documentada (tais como para a identificação de perigos no local de trabalho, a avaliação dos riscos de SSO e identificação de
oportunidades de SSO) ajuda a demonstrar e manter o processo de planejamento. Os processos estabelecidos e os resultados da aplicação dos
referidos processos (ver 6.1.2.2, 6.1.2.3 e 6.1.2.4) devem ser mantidos como informações documentadas pela organização, para facilitar a
comunicação interna e externa destes processos e seus resultados. Informação documentada como descrito acima pode ser usada no planejamento e
realização de auditorias interna e externa.

A.6.2 Identificação de perigos e avaliação de riscos de SSO


A.6.2.1 Identificação dos perigos
O processo de identificação de perigo deve começar na fase conceitual do projeto de qualquer novo local de trabalho, instalações, produto ou
organização. Ele deve continuar em como o projeto é detalhado, e, em seguida, entrar em operação e, então, ser contínuo durante todo o seu ciclo de
vida para refletir as atividades atuais, as mudanças e atividades futuras. Isso pode incluir entradas a partir da revisão e análise de dados; relatórios de
incidentes passados, prejuízos relacionados ao trabalho ou doenças; e ambas reclamações, de dentro e fora da organização.
O processo de identificação de perigos ajuda a organização a reconhecer e compreender os riscos no local de trabalho e para os trabalhadores, a fim
de avaliar, priorizar e eliminar ou reduzir os riscos de SSO em níveis tão baixos quanto razoavelmente praticáveis.
Identificação de perigos deve identificar pro ativamente qualquer fonte ou situação (ou combinação destas), decorrentes de atividades de uma
organização, com potencial para prejuízos relacionados ao trabalho e problemas de saúde.
Fontes e situações podem incluir, mas não são limitadas a:
− Fontes: substâncias perigosas, radiação, temperatura, pressão, poeira, ruído e vibração;
− Situações: trabalho em altura, trabalho em espaços confinados, trabalho sozinho, fadiga do trabalhador, comportamento agressivo ou
assédio, carga de trabalho e controle de tarefas.
Perigos podem ser classificados de várias maneiras, incluindo: físico, químico, biológico, psicossocial, fisiológico; mecânico e elétrico; ou com base no
movimento e energia.
Ao realizar a identificação de seus perigos, a organização deve considerar todas as categorias detalhadas nos requisitos; no entanto, as listas previstas
no 6.1.2.1 não são completas e é sempre da responsabilidade da organização ter um processo contínuo o qual identifica todos os perigos.
O processo de identificação dos perigos da organização deve considerar:
a) Ss atividades e situações de rotina e não-rotineiras:
1) Atividades de rotina e situações criam perigos através de operações do dia a dia e processos normais de trabalho. Atividades não
rotineiras e situações que são ocasionais ou não planejadas, a curto prazo ou a longo prazo, e podem criar perigos através de
incidentes; estas incluem situações razoavelmente previsíveis, tais como: horas extras de trabalho ou trabalho por turnos excepcionais,
Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 42 de 52
DIS ISO 45001:2016 Comentada

um incidente envolvendo um pequeno vazamento de óleo, reparo, interrupção de serviços de utilidade pública (por exemplo, água, gás,
eletricidade ou de esgoto), ou transferência temporária das instalações.
2) Condições físicas podem causar perigos no local de trabalho e incluem, por exemplo, iluminação, temperatura ambiente, umidade e
ruído no ambiente, proximidade de outros trabalhadores, ou a condição das áreas de trabalho.
3) Fatores humanos referem-se a coisas tais como, capacidades e limitações, níveis de habilidade e competências necessárias,
diferentes níveis de alfabetização ou fluência no idioma, familiaridade com a instalação ou atividade e de outras considerações, tais
como ergonomia ou comportamentos individuais reais ou potenciais. Uma organização deve olhar para as causas subjacentes ao
considerar fatores humanos que contribuem para os riscos e perigos, tais como instruções contraditórias ou falta de informação,
gerenciar a tolerância com um comportamento inseguro, comportamento relacionado com a idade, medo de comunicar incidentes ou
preocupações. Capacidades humanas, tais como estatura física, gravidez ou deficiência física ou mental, também devem ser
considerados.
b) Situações de emergência:
Estas são situações não planejadas ou imprevistas que requerem uma resposta imediata, por exemplo, uma máquina incendiando no local
de trabalho, ou um desastre natural nas imediações do local de trabalho ou em outro local onde os trabalhadores estão realizando atividades
relacionadas ao trabalho. Também são incluídas situações como conflitos civis em um local onde os trabalhadores estão realizando
atividades relacionadas ao trabalho, o que exige a sua evacuação urgente.
c) Pessoas:
A referência às pessoas pretende direcionar a organização a considerar todos aqueles que podem ser diretamente afetados pelas atividades
da organização:
1) No local de trabalho;
2) Na vizinhança do local de trabalho; por exemplo: transeuntes, contratados, ou vizinhos mais próximos, que podem ser afetados pelas
atividades da organização;
3) Os trabalhadores em um local que não esteja sob o controle direto da organização, por exemplo, trabalhadores móveis (por exemplo,
um carteiro ou um motorista de ônibus); os trabalhadores que viajam para realizar atividades relacionadas com o trabalho em outro local
(por exemplo, engenheiros viajando a serviço e trabalhando nas instalações do cliente); trabalhadores domiciliares, ou aqueles que
trabalham sozinhos.
d) Outros aspectos:
1) Os riscos podem ser criados através de um projeto pobre, por exemplo, uma máquina que não pode ser limpa ou mantida sem
trabalhar em uma altura insegura, ou exigindo trabalho em uma posição insegura ou em um espaço confinado.
2) As situações podem ocorrer nas proximidades do local de trabalho que apresentam perigos, tais como mais de uma organização dentro
do local de trabalho, onde as atividades de qualquer uma das organizações poderia causar lesões relacionadas com o trabalho e
problemas de saúde a pessoas fazendo um trabalho para outra organização no local de trabalho.
3) Situações não controladas pela organização e que ocorrem nas imediações do local de trabalho podem causar lesões e problemas de
saúde às pessoas no local de trabalho, por exemplo, um incêndio ou uma explosão em uma propriedade adjacente, ou um protesto
público nas proximidades, que se transforma em desobediência civil.
e) Mudanças na organização:
Perigos podem surgir das mudanças na organização. Estas incluem a redução do número de trabalhadores, aumento de estagiários não
qualificados, sucessão de planejamentos inadequados, equipamentos desconhecidos ou desgastados, perda temporária de instalações
devido à manutenção de rotina ou reparos de emergência. A organização também deve considerar os riscos criados pela introdução de
novos materiais, tecnologias ou processos.
f) Mudanças no conhecimento de, e informações sobre, perigos:
Fontes de conhecimento e informação sobre os perigos podem incluir literaturas publicadas, pesquisa e desenvolvimento, feedback dos
trabalhadores e revisão da experiência operacional própria da organização. Estas fontes podem fornecer novas informações sobre os
perigos e riscos, incluindo mudanças em: exposições potenciais; propriedades químicas, físicas e biológicas; toxicidade associada e
informação epidemiológica.
g) Incidentes anteriores:
Incidentes anteriores e suas causas, tanto dentro da organização e em outras organizações, locais ou situações, devem ser considerados
quando há identificação de perigos.
h) Como o trabalho é organizado ou fatores sociais:
Como o trabalho é organizado e os fatores sociais podem incluir, por exemplo, horas excessivas de trabalho, liderança e cultura fracas na
organização, comunicação pobre, pressão excessiva da produção, intimidação, assédio ou abuso de substâncias.
Esta Norma Internacional não trata da segurança dos produtos (isto é, a segurança dos usuários finais dos produtos fabricados pela
organização), no entanto os perigos que ocorrem para os trabalhadores durante a fabricação, construção, montagem ou ensaio de produtos
devem ser considerados.

A.6.2.2 Avaliação dos riscos de Saúde e Segurança Ocupacional e outros riscos para o sistema de gestão da SSO
Uma organização pode usar métodos diferentes para avaliar riscos de SSO como parte de sua estratégia global para abordar diferentes perigos ou
atividades. Em cada método os riscos de SSO devem ser considerados. A complexidade da avaliação não depende do tamanho da organização, mas
dos perigos associados às atividades da organização.
Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 43 de 52
DIS ISO 45001:2016 Comentada

A avaliação fornece um entendimento dos riscos de SSO e seus atuais controles, e habilita a organização a identificar ações de controle apropriados.
O Objetivo do sistema de gestão da SSO deve ser alcançar condições de segurança e saúde com um mínimo de risco residual de SSO, tão baixo
quanto razoavelmente praticáveis. (“Risco de SSO Residual” é o risco de SSO remanescente, após terem sido tomadas medidas de prevenção e
proteção adequadas).
A organização pode também dar condições para aqueles riscos que não são diretamente relacionados à saúde e segurança de pessoas e postos de
trabalho afetados pelo sistema de gestão da SSO, o seu desempenho e os resultados pretendidos. Estes riscos podem ser avaliados usando um
método adequado.
Fontes potenciais de risco para o sistema de gestão da SSO podem incluir:
a) Análises de contexto inadequadas, análises desatualizadas;
b) Considerar requisitos inadequados do sistema de gestão da SSO, gerenciamento de mudanças e questões de saúde e segurança no
planejamento estratégico e outros processos do negócio;
c) A falta de recursos para o sistema de gestão da SSO, de natureza financeira, humana ou outras.
d) Um programa de auditoria ineficaz;
e) Planejamento de sucessão pobre para os principais papéis do sistema de gestão da SSO;
f) Engajamento pobre da alta administração nas atividades do sistema de gestão da SSO;
g) Incapacidade de lidar com as necessidades e expectativas das partes interessadas relevantes;
h) Fraco desempenho de SSO levando a riscos de reputação.

A.6.2.3 Identificação das oportunidades do sistema de gestão da SSO e outras oportunidades


Oportunidades do sistema de gestão da SSO para aprimorar a saúde e a segurança incluem:
a) Eliminar problemas e reduzir riscos por meio da integração de segurança e saúde ocupacional na fase mais precoce do ciclo de vida das
instalações, equipamentos ou processos ou mudança na hierarquia dos controles.
b) Melhorar o desempenho do sistema de gestão da SSO durante as mudanças planejadas, tais como realocação de instalações, processos de
reconfiguração ou substituição do maquinário e planta.
c) Melhorar o desempenho do sistema de gestão da SSO por atenuar o trabalho monótono ou trabalhar em um ritmo de trabalho pré-
determinado;
d) Usar novas tecnologias para melhorar o desempenho do Sistema de Gestão do SSO;
e) Melhorar a cultura de saúde e segurança ocupacional, englobando outras competências relacionadas à saúde e segurança ocupacional além
dos requisitos, ou incentivar os trabalhadores a relatarem incidentes em tempo hábil.
Oportunidades para melhorar o sistema de gestão da SSO podem incluir:
− Melhorar a visibilidade do apoio da alta gestão para o sistema de gestão da SSO;
− Melhorar o processo de investigação de incidentes;
− Aprimorar o processo de participação do trabalhador;
− Avaliações comparativas, considerando o seu próprio desempenho passado, tanto da organização quanto de outras organizações;
− Colaborar em fóruns nos quais têm o foco em tópicos tratando de saúde e segurança

A.6.2.4 Determinação de requisitos legais aplicáveis e de outros requisitos


A aplicabilidade dos requisitos legais e outros requisitos pode ser baseada nos perigos e riscos de SSO relacionados às atividades organizacionais.
Estes podem incluir:
a) Requisitos legais tais como:
1) Legislação (nacional, regional ou internacional), incluindo estatutários, regulatórios e códigos de prática (conduta);
2) Decretos e diretrizes;
3) Ordens emitidas pelos órgãos reguladores;
4) Permissões (autorizações), licenças, ou outras formas de autorização;
5) Julgamentos de tribunais civis ou administrativos;
6) Tratados, convenções, protocolos, acordos de negociação coletiva.
b) Outros requisitos, tais como:
1) Os requisitos da organização;
2) Condições contratuais;

Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 44 de 52


DIS ISO 45001:2016 Comentada

3) Acordos com os empregados;


4) Acordos com as partes interessadas;
5) Acordos com autoridades de saúde;
6) Normas não regulamentares, normas consensuais e orientações;
7) Princípios voluntários, códigos de prática, especificações técnicas, alvarás;
8) Compromisso públicos da organização ou sua matriz.

A.6.2.5 Planejamento para agir


As ações previstas para enfrentar os riscos e oportunidades identificadas podem ser gerenciadas por meio do sistema de gestão da SSO ou por meio
de outros processos do negócio, tais como aqueles para continuidade do negócio, riscos, gerenciamento dos recursos financeiros ou humanos ou uma
combinação destes. Igualmente, a eficácia das medidas tomadas pode ser medida pelo sistema de gestão da SSO ou por outros processos.
Quando a avaliação de riscos identificou a necessidade de controles, a atividade de planejamento determina como estas são implementadas na
operação (ver Cláusula 8); por exemplo, determinando se para a incorporação destes controles será nas instruções de trabalho ou nas ações para
aprimorar competências. Outros controles podem assumir a forma de mensurar ou monitorar (ver Cláusula 9).
Ações para abordar oportunidades devem ser consideradas sob a gestão de mudança (ver 8.2), para garantir que não haja consequências não
intencionais decorrentes.

A.6.3 Objetivos de SSO e planejamento para alcançá-los


A.6.3.1 Objetivos de SSO
Os objetivos são estabelecidos para manter e aprimorar o desempenho de SSO. Isto inclui reduzir riscos, melhorar a saúde, ou aprimorar os processos
do sistema de gestão da SSO. Os objetivos podem também ser definidos para melhorar o bem-estar dos trabalhadores, se isto está no escopo do
sistema de gestão da SSO da organização.
Os objetivos devem ser relacionados com os riscos de SSO, oportunidades e critérios de desempenho que a organização tem identificado como sendo
de alta prioridade para o alcance dos resultados pretendidos do sistema de gestão da SSO. Uma vez que o nível de desempenho tiver sido alcançado
e nenhuma melhoria for realizada, um objetivo pode ser configurado para permanecer pendente de novas oportunidades.
Os objetivos de SSO podem ser integrados com outros objetivos do negócio e devem ser definidos em níveis e funções relevantes. Os objetivos devem
ser estratégicos, táticos e operacionais, e devem ser estabelecidos para aprimorar os resultados pretendidos do sistema de gestão da SSO:
a) Os objetivos estratégicos podem ser definidos para melhorar o desempenho de todo o sistema de gestão da SSO, por exemplo, reduzir a
exposição ao barulho;
b) Os objetivos táticos podem ser definidos no projeto ou nível de processo, por exemplo, redução do barulho na fonte;
c) Os objetivos operacionais podem ser definidos em um nível da atividade, por exemplo, enclausura mento individual de uma máquina para
reduzir o barulho.
A medição dos objetivos de SSO pode ser qualitativa ou quantitativa. Medições qualitativas são aproximações tais como aquelas obtidas de pesquisas,
entrevistas e observações. A organização não é obrigada a estabelecer objetivos de SSO para cada risco seu determinado ou identificado.

A.6.3.2 Planejamento para alcançar os objetivos de SSO


A organização pode planejar alcançar os objetivos individualmente ou coletivamente.
A organização pode precisar desenvolver mais os planos de projetos formais para objetivos complexos com múltiplas tarefas. Em consideração aos
meios necessários para tal planejamento, a organização deve examinar os recursos requeridos (financeiro, humano, equipamentos e infraestrutura)
para as tarefas a serem desenvolvidas. A organização deve atribuir responsabilidade e prazos para a conclusão de tarefas individuais para garantir que
o objetivo possa ser realizado dentro do prazo geral.
Quando possível, cada objetivo deve ser associado com um indicador que pode ser estratégico, tático ou operacional (ver também A6.2.1 e A.9.1.2).

A.7 Apoio
A.7.1 Recursos
Os recursos incluem recursos humanos, recursos naturais, de infraestrutura, tecnológicos e financeiros.
Os recursos humanos incluem demografia, diversidade, habilidades e conhecimento.
Considerando a necessidade de recursos a organização deve determinar a necessidade de medidas de prevenção e proteção (ver 8.1.2) e a
competência necessária com parte de uma exigência de trabalho.
Infraestrutura inclui os prédios da organização, planta, equipamento, utilitários, informações tecnológicas e sistema de comunicação, sistemas de
contenção de emergência, etc.

Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 45 de 52


DIS ISO 45001:2016 Comentada

A.7.2 Competência
A competência dos empregados deve incluir o conhecimento e habilidade necessários para enfrentar adequadamente os perigos e os riscos de SSO
associados com seu trabalho e local de trabalho.
Na determinação dos critérios de competência para cada função uma organização deve levar em conta coisas como:
a) A formação, treinamento, qualificação e experiência necessária para desempenhar a função e re-treinamento necessário para manter as
competências;
b) O ambiente de trabalho no qual eles estarão trabalhando;
c) Os perigos identificados e associados aos riscos de SSO;
d) A medidas de prevenção e controle resultantes do risco avaliado no processo;
e) Requisitos aplicáveis do sistema de gestão da SSO;
f) Os deveres e obrigações de pessoas baseadas em requisitos legais e outros requisitos;
g) A importância de colaborar com a supervisão de SSO;
h) As potenciais consequências de colaborar e não colaborar, incluindo o impacto na saúde e segurança ocupacional.
i) O valor de sua participação no sistema de gestão da SSO;
j) Os deveres e responsabilidades associados com os papéis;
k) As competências individuais, incluindo experiência, habilidades de linguagem, alfabetização e diversidade;
l) O aprimoramento de competências relevantes faz-se necessário no contexto ou mudanças de trabalho.
Trabalhadores, e, quando houver, representantes dos trabalhados, ambos podem ajudar identificando competências e desenvolvendo processos para
aprimorá-los.
NOTA A ILS da OIT recomenda que uma organização deve providenciar treinamento em assuntos relacionados à saúde e segurança ocupacional para
os trabalhadores, sem qualquer custo para si.
Os trabalhadores devem ser avaliados periodicamente para garantir que eles tenham os critérios de competência necessários para sua função e, onde
apropriado, falhas em suas competências devem ser registradas para providenciar formação adicional, treinamento ou experiência. Uma avaliação de
suas competências deve realizada sempre que houver mudanças planejadas que podem ter impacto sobre as atividades desenvolvidas em sua
função.
A alta direção, outros gestores e empregados devem ter entendimento igual sobre quais situações constituem condições que representam perigos
iminentes e graves com exemplos claros. Os empregados devem ter competência suficiente e autoridade para retirarem-se de situações de perigo
sério e iminente.
Conforme o caso, os representantes de trabalhadores devem receber o treinamento requerido para habilitá-los a retirar seus representados de suas
funções efetivamente.
Contratação e retribuição poderia ser usado, por exemplo, quanto trabalhadores precisam ter competências muito específicas, tais como para remoção
de amianto, radioproteção, etc.

A.7.3 Conscientização
Para garantir seu trabalho ou ação em condições de segurança e saúde, a organização deveria ter trabalhadores suficientemente habilitados para:
a) Ações de evacuação em situações de emergência;
b) As consequências de ações individuais em perigos relacionados aos riscos de SSO;
c) Os benefícios do desempenho melhorado em SSO;
d) A necessidade de estar em conformidade com as políticas de SSO e as práticas de trabalho e as potenciais consequências relacionadas
com requisitos do sistema de gestão da SSO.
Programas de conscientização podem ser fornecidos aos empreiteiros, trabalhadores temporários e visitantes, etc., de acordo com os riscos de SSO a
que eles estão expostos.

A.7.4 Informação e Comunicação


Os processos de comunicação estabelecidos pela organização deverão prever um fluxo de informações para cima, para baixo e em toda a
organização. Eles devem prever tanto a coleta como a disseminação da informação. Eles devem garantir que as informações pertinentes sejam
fornecidas, recebidas e entendidas. Os processos de comunicação estabelecidos pela organização deverão prever um fluxo de informações para cima,
para baixo e em toda a organização para todos os trabalhadores e partes interessadas pertinentes.
Quando identificada a necessidade de comunicação com partes interessadas externas, a organização deverá considerar tanto as situações normais
como as situações potenciais de emergência; muitas vezes os processos de comunicação externa incluem a identificação de representantes para
contatos pontuais e números de contato. Isso permite que as informações apropriadas sejam comunicadas de forma consistente e podem ser
especialmente importantes em situações de emergência, onde atualizações regulares são requeridas e uma vasta gama de perguntas precisam ser
respondidas.
Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 46 de 52
DIS ISO 45001:2016 Comentada

A.7.5 Informação Documentada


É importante manter um nível de complexidade de informação documentada no nível mínimo possível para garantir eficácia, eficiência e simplicidade,
ao mesmo tempo.
Isto deve incluir informações documentadas sobre os requisitos legais aplicáveis e outros requisitos, e sobre os resultados de avaliações de
conformidade.
As ações descritas em 7.5.3 são particularmente destinadas a prevenir o risco de uso não intencional informações documentadas obsoletas.
O controle de informações documentadas não deve ter o efeito de, nem ser com o propósito de, impedir os empregados de obterem um total e
completa visão dos perigos e riscos de seu trabalho.
A confidencialidade das informações pessoais e individuais deve ser respeitada.

A.8 Operação
A.8.1 Planejamento e controle operacional
A.8.1.1 Generalidades
O planejamento e controle operacional deve ser estabelecido e implementado necessariamente para melhorar a saúde e segurança ocupacional,
eliminar perigos ou, se impossível, reduzir os riscos de SSO a níveis tão baixos, quanto razoavelmente possível para as áreas e atividades
operacionais.
Quando planejados e desenvolvidos os controles operacionais, prioritariamente devem ser consideradas opções de controle com alta confiabilidade na
prevenção de lesões relacionadas com o trabalho e problemas de saúde. Os controles operacionais podem usar uma variedade de métodos diferentes,
por exemplo:
a) A introdução de procedimento e sistemas de trabalho;
b) Garantir a competência de empregados;
c) Estabelecer manutenções preventivas / preditivas e programas de inspeção;
d) Especificações para a aquisição de bens e serviços;
e) Cumprimento com os regulamentos de prevenção e as instruções do fabricante para os equipamentos;
f) Controles de engenharia (dispositivos físicos, tais como barreiras) seguidos por controles administrativos (advertências, sinalização de
segurança, alarmes e sinais, ou procedimentos de controle de acesso e outras instruções de trabalho);
g) Adaptar o trabalho aos trabalhadores.
O trabalho pode ser adaptado aos trabalhadores por exemplo:
− Definindo, ou redefinindo, com ele é organizado;
− A introdução de novos empregados;
− Definindo, ou redefinindo, processos e ambiente de trabalho para os trabalhadores;
− Concepção um novo local de trabalho e novos equipamentos, utilizando abordagens ergonômicas, etc.
Os processos e as atividades do sistema de gestão da SSO devem ser estabelecidos para garantir que os controles operacionais sejam eficazmente
implementados (ver 9.1.1), e que tenham ações para atenuar problemas e determinar não conformidades (ver 10.1)

A.8.1.2 Hierarquia dos Controles


A hierarquia dos controles se destina a providenciar uma abordagem sistemática para melhorar a saúde e segurança ocupacional, eliminar perigos e
reduzir ou controlar os riscos de SSO. Cada etapa é considerada menos eficaz que a anterior. É comum combinar vários passos em sequência para ter
sucesso na redução dos riscos de SSO, até um nível que seja tão razoavelmente possível.
Os seguintes exemplos são dados para ilustrar as medidas que podem ser implementadas em cada etapa:
a) Eliminação de perigo: evitar riscos, adaptando o trabalho aos empregados, por exemplo: integrar saúde, segurança e ergonomia quando
planejar novos locais de trabalho, criar separações físicas de circulação entre pedestres e veículos;
b) Substituição: substituindo os perigosos de não perigosos, ou os menos perigosos; combatendo os riscos na origem; adaptando o progresso
técnico, por exemplo: substituindo tinta à base de solvente por tinta à base de água;
c) Controles de engenharia: implementar medidas de proteção coletiva, por exemplo: isolamento, proteção de máquina, sistemas de ventilação,
manuseio mecânico, redução de ruído, proteger contra as quedas de altura usando guarda-corpos;
d) Controles administrativos: dando instruções apropriadas para os trabalhadores, por exemplo: bloquear processos, inspeções periódicas de
equipamentos de segurança; coordenação de saúde e segurança com as atividades dos subcontratados; indução, licenças para condução
de empilhadeiras, rotatividade de trabalhadores;
e) Equipamento de proteção individual (EPI): providenciar EPIs adequados, e instrução para a utilização e manutenção dos EPIs, por exemplo:
calçados de segurança, óculos de segurança, protetores auriculares, luvas de proteção para químicos líquidos; luvas de proteção de
eletricidade; luvas de proteção a cortes.
Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 47 de 52
DIS ISO 45001:2016 Comentada

A.8.2 Gerenciamento da Mudança


O objetivo do processo de Gerenciamento da Mudança é melhorar a saúde e segurança ocupacional no trabalho, pela minimização da introdução de
novos perigos e riscos de SSO no ambiente de trabalho quando ocorrem as mudanças, tais como na tecnologia, equipamentos, instalações, práticas
de trabalho e procedimentos, especificações de projeto, matérias primas, mudanças de pessoal, normatizações ou regulamentações. Dependendo na
natureza das mudanças esperadas, a organização deve usar metodologias apropriadas para avaliar os riscos de SSO e as oportunidades da mudança.
A necessidade de gerenciar a mudança pode ser um resultado do processo de planejamento. (Ver 6.1.4).
A organização deve planejar como implementar uma mudança de uma maneira que não faça introduzir novos (imprevistos) perigos (ver 6.1.4) ou
aumentar os riscos de SSO. Adicionalmente, a organização deve usar estes processos para encontrar oportunidades para a SSO, tais como menos
perigos e/ou alternativas tóxicas, a fim de continuar a reduzir os riscos de SSO para os trabalhadores e/ou outros que são responsáveis por manusear
ou trabalhar com produtos, materiais, etc.
A organização deve especificar e atribuir recursos adequados para a implementação de uma mudança.
Como parte do processo de gerenciamento da mudança, a organização deve analisar mudanças potenciais para os perigos e riscos de SSO (ver 6.1).
A implementação de uma decisão de mudar deve garantir que todos os trabalhadores afetados sejam devidamente informados e sejam competentes
para lidar com a mudança.

A.8.3 Terceirização
Um processo terceirizado é aquele que cumpre tudo o que se segue:
a) Ele está dentro do âmbito do sistema de gestão da SSO;
b) Ele é essencial para o funcionamento da organização;
c) Ele é necessário para o sistema de gestão da SSO melhorar seu resultado previsto;
d) Responsabilidade pelos requisitos de conformidade é retida pela organização;
e) A organização e o fornecedor externo têm um relacionamento onde o processo é percebido pelas partes interessadas como sendo de
responsabilidade da organização.

A.8.4 Aquisição
Antes de adquirir bens e serviços, a organização deve identificar controles de aquisição adequados. Os controles de aquisição devem ser usados para
identificar e avaliar potenciais riscos de SSO associados com, por exemplo, produtos, materiais ou substancias perigosas, matérias-primas,
equipamentos, ou serviços antes de sua introdução no ambiente de trabalho. Considerações poderiam incluir requisitos para fornecimento,
equipamentos, matérias primas, e outros bens e serviços relacionados adquiridos pela organização, em conformidade com os objetivos de SSO da
Organização e sua necessidade de informação, participação e comunicação. (Ver 7.4).
A organização deve verificar que equipamento, instalação e materiais são adequados antes de serem liberados para uso pelos seus empregados, por
exemplo, estes:
a) Equipamento é entregue de acordo com as especificações e é testado para garantir que funciona como o previsto.
b) Instalações são inspecionadas para garantir que elas funcionem como projetado,
c) Materiais são entregue de acordo com suas especificações;
d) Quaisquer requisitos de uso, precauções ou outras medidas de proteção são comunicadas e disponibilizadas.

A.8.5 Empreiteiros
A organização pode delegar autoridade para aqueles mais capazes de identificar, avaliar e controlar os riscos de SSO, incluindo os empreiteiros. Estes
reconhecem que alguns empreiteiros possuem conhecimento especializado, habilidades, métodos e meios. Entretanto, esta delegação não elimina a
responsabilidade da organização pela saúde e segurança de seus trabalhadores.
Os empreiteiros podem ser especialistas em manutenção, construção, operação, segurança, paisagismo, manutenção, instalação, limpeza,
saneamento ou limpeza dos processos de produção e inúmeras outras funções. Os terceirizados podem também incluir consultorias ou especialistas
em administração, contabilidade e outras funções.
Uma organização pode conseguir a coordenação das atividades de seus empreiteiros por meio do uso de contratos que claramente definem as
responsabilidades das partes envolvidas. Uma organização pode usar uma variedade de ferramentas para gerenciar o desempenho de saúde e
segurança dos empreiteiros, incluindo mecanismos de adjudicação de contratos ou critérios de pré-qualificação, que consideram o desempenho
anterior em saúde e segurança, treinamento de segurança, ou competências de saúde e segurança, bem como requisitos de contratos diretos.
As relações entre uma organização e seus empreiteiros pode ser um tanto diverso e complexo para ambos, e envolver vários tipos diferentes e níveis
de riscos de SSO. Como uma organização gerencia estas relações pode variar, dependendo da natureza dos serviços prestados e os riscos
identificados. O grau de coordenação deve depender de fatores tais como os termos do contrato, a natureza dos perigos e riscos, o tipo e tamanho das
operações, e a duração do trabalho na empresa. Quando definido como ela irá coordenar, a organização deve dar atenção à comunicação dos perigos
entre si e os seus empreiteiros, controlando o acesso dos trabalhadores às áreas de perigo e procedimentos para emergências que possam ocorrer.
Se um empreiteiro não tem um sistema de gestão da SSO, então a organização deve especificar como o empreiteiro coordenará suas atividades com
os processos do sistema de gestão da SSO da própria organização (tais como aqueles usados para o acesso a espaços confinados, bloqueio/corte,
avaliação da exposição e processos de gerenciamento da segurança) e para a comunicação de acidentes de trabalho e problemas de saúde.

Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 48 de 52


DIS ISO 45001:2016 Comentada

A organização deve verificar que empreiteiros são capazes de desenvolver suas tarefas antes de serem autorizados a procederem com trabalho deles,
por exemplo, verificando que:
a) Os registros de desempenho em SSO são satisfatórios;
b) A qualificação, a experiência e os critérios de competência para os trabalhadores estão especificados;
c) Treinamento e outros requisitos dos trabalhadores foram realizados;
d) Os recursos, os equipamentos e procedimentos de trabalho estão adequados e prontos para a realização do trabalho.

A.8.6 Preparação e resposta a emergências


A organização deve identificar emergências previsíveis aplicáveis a suas operações e planejar sua resposta, tais emergências podem ocorrer durante e
após o horário normal de trabalho, e podem surgir devido a causas naturais e provocadas pelo homem. Na identificação de emergências deve-se
avaliar com base nos próprios riscos. A organização deve focar em medidas de controle proativas (por exemplo, a redução de fontes de ignição) não
somente em controles de riscos reativos, tais como equipamentos de combate a incêndio e evacuação.

A.9 Avaliação de Desempenho


A.9.1 Monitoramento, medição, análise e avaliação
A.9.1.1 Generalidades
O monitoramento, medição, análise e avaliação devem ser adequados ao tamanho e natureza da organização e o seu desempenho em SSO.
Os resultados do monitoramento e medição são usados por uma organização durante suas avaliações de desempenho de SSO.
a) Exemplos do que poderia ser monitorado e medido para encontrar os requisitos de tais normas internacionais podem incluir, mas não são
limitados a:
1) Progresso no atendimento dos compromissos da política de SSO, o alcance de objetivos e melhoria contínua.
2) Queixas de saúde ocupacional, acompanhamento da saúde dos trabalhadores e monitoramento do ambiente.
3) Relatos de acidentes de trabalho, lesões e problemas de saúde, e queixas, incluindo as recorrentes.
4) A ineficácia dos controles operacionais e simulações de emergência, ou para avaliar a necessidade de modificar ou introduzir novos
controles (ver 8.1);
5) Ações proativas e reativas que afetam o desempenho de SSO da organização;
6) Desempenho do sistema de gestão da SSO;
7) Competências;
b) Exemplos do que poderia ser monitorado e medido para avaliar o cumprimento dos requisitos legais podem incluir, mas não são limitados a:
1) Requisitos legais identificados (todos os requisitos legais aplicáveis têm sido determinados, e os registros da organização são mantidos
em dia)
2) A situação de falhas identificadas em conformidade.
c) Exemplos do que pode ser monitorado e medido para avaliar o cumprimento de outros requisitos podem incluir, mas não são limitados a:
1) Acordos de sindicato-empregador;
2) Normas e códigos;
3) Políticas corporativas e outras, regras e regulamentações;
4) Requisitos de seguro;
d) Os critérios são o que a organização deve comparar com seu desempenho:
1) Exemplos são comparações com:
i. Outras organizações;
ii. Normas e códigos;
iii. Os próprios códigos e objetivos da organização;
2) A organização deve usar os critérios para definir seus objetivos internos para monitoramento e medição.
3) Para medição dos critérios, indicadores são tipicamente usados, por exemplo:
i. Se o critério é uma comparação de incidentes, a organização pode escolher olhar para a frequência, tipo, severidade, ou
número de incidentes, então o indicador poderia ser a taxa determinada dentro de cada um destes critérios.
ii. Se o critério é uma comparação de conclusões de ações corretivas, então o indicador poderia ser o percentual concluído no
prazo.
Métodos incluem:
− O monitoramento pode envolver verificações contínuas, supervisões, observar criticamente ou determinando a situação de forma a identificar
mudanças do nível de desempenho requerido ou desejado. O monitoramento pode ser aplicado para o sistema de gestão da SSO, nos
processos ou nos controles. Exemplos incluem o uso de entrevistas, revisões de informações documentadas e observações do trabalho
sendo desempenhado.

Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 49 de 52


DIS ISO 45001:2016 Comentada

− Medição geralmente envolve a atribuição de números a objetos ou eventos. Isto é a base os dados quantitativos e geralmente é associado
com a evolução dos programas de segurança e vigilância em saúde. Exemplos incluem o uso de calibração ou aferição de equipamento para
medir a exposição às substancias perigosas ou a contagem da distância segura necessária a partir de um perigo.
− Análise é o processo de examinar dados para revelar as relações, padrões e tendências. Isto pode significar o uso de operações estatísticas,
incluindo informações de outras organizações similares, para ajudar a tirar conclusões dos dados. Este processo é mais frequente associado
com atividades de medições.
− A avaliação é uma atividade empreendida para determinar a sustentabilidade, adequação e eficácia daquilo que é importante para alcançar
os objetivos estabelecidos do sistema de gestão da SSO. Esta atividade é mais frequente associada com as atividades de monitoramento.
Queixas de saúde ocupacional, vigilância em saúde dos trabalhadores e monitoramento do ambiente de trabalho são elementos importantes. Onde é
apropriado, o acompanhamento médico adequado ou retorno de trabalhadores pode ser requerido. Isso pode ajudar na detecção precoce de sinais e
sintomas de danos à saúde e para avaliar a eficácia das medidas de prevenção e controle.
A frequência do monitoramento e medição deve ser apropriada ao tamanho e natureza da organização e seu desempenho em SSO, e às mudanças
nos riscos de SSO.
A organização deve garantir que as frequências de monitoramento e medição estão em alinhamento com as análises e avaliações dos seus riscos de
SSO, outros riscos, oportunidades de SSO e outras oportunidades.

A.9.1.2 Avaliação do cumprimento com os requisitos legais e outros requisitos


A organização deve priorizar suas ações com base nas lacunas de conformidade identificadas.

A.9.2 Auditoria interna


A.9.2.1 Objetivos da auditoria interna
Requisitos próprios de uma organização para auditar o seu sistema de gestão da SSO podem ser adicionais aos exigidos por esta norma internacional.
Objetivos da auditoria interna podem ser baseados em:
a) Políticas próprias de uma organização, requisitos e prioridades de SSO da alta administração;
b) Padrões;
c) Resultados tanto de riscos de SSO quanto das avaliações de riscos;
d) Resultados de auditorias anteriores, incluindo auditorias de contratantes;
e) Incidentes, ações corretivas e não conformidades;
f) Participações dos trabalhadores;
g) Necessidades e expectativas das partes interessadas;
h) Nível de maturidade do sistema de gestão;
i) Resultados de avaliações de desempenho.

A.9.2.2 Processo de auditoria interna


Quando a organização planeja sua auditoria interna deve levar em consideração a importância dos processos em questão para o sistema de gestão da
SSO. Isto pode incluir itens tais como o impacto que os processos têm sobre os resultados das avaliações de riscos.
A extensão do programa de auditoria interna deve ser baseada no tamanho e natureza da organização, assim como a complexidade e nível de
maturidade do SISTEMA DE GESTÃO DA SSO.
Pequenas e medias empresas (PMEs) podem estabelecer objetividade e imparcialidade do auditor interno, criando processos que separam o seu
papel como auditor interno de suas funções normais. PMEs podem também usar organizações externas neste papel.

A.9.3 Análise crítica pela direção


Esclarecendo os termos usados em relação análise crítica:
a) Conveniência: A medida em que o sistema de gestão se encaixa e está adequado ao propósito da organização, operações, cultura e
sistemática do negócio;
b) Adequação: à medida em que o sistema de gestão é suficiente para cumprir com os requisitos aplicáveis.
c) Eficácia: à medida em que as atividades planejadas são realizadas e os resultados planejados alcançados.
Os tópicos de análise crítica listados em 9.3 a) até g) não precisam ser abordados de uma só vez, a organização deve determinar quando e como os
tópicos de análise crítica serão abordados.
As análises críticas são uma parte crítica da melhoria contínua do sistema de gestão. O propósito destas análises é para alta administração realizar
uma avaliação estratégica e crítica no desempenho do sistema de gestão e para recomendar melhorias.

Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 50 de 52


DIS ISO 45001:2016 Comentada

Estas análises devem não ser somente uma apresentação de informações, mas devem focar na avaliação do desempenho de SSO e identificar
oportunidades para melhoria contínua. Isto é elevar a organização a determinar medidas apropriadas para a eficácia do sistema de gestão da SSO.
As análises críticas devem incluir uma avaliação de quão bem integrado está o sistema de gestão da SSO com os outros processos do negócio e a
direção estratégica para a organização. As análises críticas podem incluir informações sobre, por exemplo, suprimentos e contratantes, mudanças
internas na organização, e preocupações com a segurança.
As análises podem apresentar informações de uma maneira (por exemplo um quadro de resultado) que focalize nos elementos do sistema de gestão
com maior necessidade de atenção da alta administração.
As análises podem ser agendadas para coincidirem com outras revisões de gerenciamento, ou para satisfazer outros negócios ou necessidades do
sistema de gestão.
A adequação dos recursos no item 9.3 g) inclui o treinamento e competência dos trabalhadores.

A.10 Melhoria
A.10.1 Incidente, não conformidade e ação corretiva
Processos separados podem existir para a investigação de incidentes e não conformidades, dependendo dos critérios da organização.
Exemplos de incidentes, não conformidades e ações corretivas incluem, mas não se limitam a:
a) Incidentes: eventos próximos ou relacionados com o trabalho, lesões ou problemas de saúde, exposição a riscos para a saúde, doenças
ocupacionais, propriedade e danos ao equipamento onde ele levar a riscos de SSO, e acidentes com veículos;
b) Não conformidades: equipamentos de proteção não funcionando adequadamente, não aplicação de requisitos legais, procedimentos
prescritos que estão sendo seguidos;
c) Ações corretivas: (como indicado pela hierarquia dos controles; ver 8.1.2) eliminação de perigos, substituição de materiais de segurança,
projeto ou modificação de equipamentos ou ferramentas, estabelecimento de procedimentos, desenvolvimento de competências dos
trabalhadores envolvidos, mudança na frequência de uso, ou uso de equipamento de proteção individual.
Análise de causa raiz refere-se à prática de explorar todos os fatores possíveis associados com um incidente, pelo questionamento do que ocorreu e
porque ocorreu, para fornecer as possibilidades do que pode ser feito para prevenir isto de ocorrer novamente.
Quando determinada a causa raiz de um incidente ou não conformidade, a organização deve usar métodos apropriados para a origem do incidente ou
não conformidade seja analisado. Esta análise pode identificar falhas em múltiplos sistemas, incluindo fatores relacionados à comunicação,
competência, fadiga, equipamentos ou procedimentos.
Análise da causa raiz deve ser focada na prevenção e não sobre a culpa ou punição. Ações, incluindo ações corretivas, (ver 10.1d) devem ser
baseadas na origem do incidente ou não conformidade e devem ser implementadas de maneira atempada.
Análise crítica da eficácia das ações corretivas (ver 10.1e) refere-se a extensão em que as ações corretivas implementas controlam adequadamente as
causas raiz.

A.10.2 Melhoria Contínua


Melhoria continua é uma abordagem passo a passo para melhorar o sistema de gestão da SSO ao longo do tempo. Os objetivos in 10.2.1 são
destinados como o mínimo que uma organização precisa considerar.
A seguir está uma lista de seções e subseções desta Norma Internacional que pode gerar entradas para a melhoria contínua:
a) Seção 4 ‘Contexto da organização’;
b) 5.4 ‘Participação, consulta e representação’:
c) 6.1 ‘Ações para localizar riscos e oportunidades’;
d) 6.2 ‘Objetivos de SSO e planos para alcançá-los’;
e) 7.4 ‘Informação e comunicação’;
f) 9.1 ‘Monitoramento, medição, análise e avaliação’;
g) 9.2 ‘Auditoria Interna’;
h) 9.3 ‘Análise Crítica;
i) 10.1 Incidente, não conformidade e ação corretiva.
Exemplos adicionais de questões para identificar oportunidades incluem, mas não são limitados a:
− Nova tecnologia;
− Boas práticas, tanto internas como externas da organização;
− Sugestões e recomendações de partes interessadas;
− Novos conhecimentos e entendimentos de saúde e questões relacionadas com a segurança;
− Materiais novos ou aprimorados;

Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 51 de 52


DIS ISO 45001:2016 Comentada

− Mudanças nas habilidades ou competência no trabalho;


− Aquisições de melhoria do desempenho com poucos recursos (exemplo: simplificação, racionalização, etc.)

Simples Soluções Desenvolvimento Organizacional Página 52 de 52