Вы находитесь на странице: 1из 2

FORMULÁRIO DE MACRO – CAPÍTULO 2.

1- Cálculo do PIB
1.1- Ótica da despesa
C= consumo privado
PIBpm = DI G= consumo público
= C + G + I + (X-Q) I= investimento = FBCF + ΔSt
X= exportações
X-Q = exportações líquidas Q= importações

1.2 – Ótica da produção

PIBpm= ∑VABi +”impostos líquidos de subsídios aos produtos” (s/produtos


+importação) VAB =Valor
acrescentado
bruto
VAB= VBP – CI CI = Consumo
interno

1.3 – Ótica do Rendimento

PIBpm= Remunerações + EBE+ Impostos indiretos líquidos de subsídios ( s/produção+


produtos+ importação)

EBE= excedente bruto de exploração

2- Preços de mercado, preços-base e custo dos fatores

PIBpm = PIBcf + Imposto Indireto Líquido Subsídio (sobre produção +produtos +importação)
= RIB + Imp. Ind. Líq. Sub (s/produção +produtos +importação)

PREÇOS-BASE (pb):

Pm = pb + Imp. Ind. Líq. Sub (s/produtos +importação)

CUSTO DE FATORES (cf):

Pm= cf + Imp. Ind. Líq. Sub (s/produção +produtos +importação)

3- Depreciações e amortizações

PIBpm = PIBcf + Imp. Ind. Líq. Sub (s/produção +produtos +importação)


= RIB + IILS s/p,p,i
=RI + Amortizações + IILSs/p,p,i RI= rendimento interno
=PILcf + Amortizações + IILSs/p,p,i

4- Interno e nacional

PNBpm = PIBpm + rendimentos líquidos do exterior RN= rendimento nacional


RN= RI + RLE

Daniela Rodrigues, Deptt. Pedagógico


5- Rendimento Disponível Bruto (da Nação)

RDB = C + S -> relativo a cada agente

RDBN = Cnação + Snação -> relativo à Nação


RDBN= RDBprivado + RDBgoverno
RDBN – CRIAÇÃO:

RDBN = PIBpm + RLE + Transf. Correntes líq. Recebidas do RM


= RNBpm + TCorrLRM

RDBN – UTILIZAÇÃO:

RDBN= CFN + SBN


SBN=poupança bruta da Nação
CFN = C+G
SBN = Sprivada + Sgoverno CFN=consumo final nacional
= RDBN – CFN

6- Identidade Contabilística Fundamental

S=I

PIBpm +RLE + TCorrLRM = CFN + SBN I + (X –Q) + RLE + TCorrLRM = Sprivada + Sgoverno

I + BC = Sprivada + Sgoverno RLE= Rendimentos líquidos


do exterior
BC = BBS + BR + BTC TCorrLRM= transf.
Correntes líquidas recebidas
I= Sprivada + Sgoverno + Sexterna do resto do mundo
BC= balança corrente
 Sprivada= Sfamílias + Sempresas
 Sexterna = - BC
(A balança corrente é o simétrico da poupança externa, i.e, das entradas líquidas de
poupança do RM para o País)

SBN + TCapLRM = Recursos totais disponíveis para a Nação financiar as operações de Capital

7- Operações de capital
OC= Operações de capiatal
OC= FBC + ALANFNP = I + ALANFNP ALANFNP= Aquisição líquida de
ativos não financeiros não
produzidos pelo país ao Resto do
Mundo
FBC= formação bruta de capital

8- Capacidade Líquida de Financiamento da Nação

CLFN= (SBN + TCapLRM) – OC CLFN= Capacidade líquida de


CLFN=(Sprivada + Sgoverno + TCapLRM) – ( I + ALANFNP) financiamento da Nação
TCapLRM= transferências de
capital líquido entre o país e o
resto do mundo

Daniela Rodrigues, Deptt. Pedagógico

Оценить