You are on page 1of 2

Universidade Federal de Ouro Preto Estudo Dirigido de Cálculo Diferencial e Integral I - MTM 122

Instituto de Ciências Exatas e Biológicas Funções


Departamento de Matemática Prof. Regina Carla Lima Corrêa de Sousa

Uma função f é uma lei a qual para cada elemento x (variável independente) em um conjunto A (domı́nio) faz corresponder
exatamente um elemento chamado f (x) (ou y, variável dependente), em um conjunto B (imagem). O gráfico de f é o
conjunto de todos os pontos (x, f (x)) de um plano coordenado, onde x pertence ao domı́nio de f . Uma curva no plano xy é
o gráfico de uma função de x se e somente se nenhuma reta vertical corta a curva mais de uma vez.

Tipos de Funções:
Polinômios: P (x) = an xn + an−1 xn−1 + · · · + a2 x2 + a1 x + a0
y = x3 − x + 1 y = x4 − 3x2 + x y = 2x5 − 5x3 + x
y y y
1

−2 −1 1
1
1

−1

−1 1 2

−2
−1

−3
−2
−1 1

Funções Potência: f (x) = xa


a = n, onde n é um inteiro positivo. (n = 1, 2, 3, 4, 5, · · · )
y y y y y
1

2
1 1

−1 1 2 −1 1

−1

−1

−1 1

−2
−1 1

−1

1
a = , onde n é um inteiro positivo.(n = 2, 3, · · · ) a = −n onde n é um inteiro positivo.(n = 1, 2, · · · )
ny y y
4
y

2
3

−3 −2 −1 1 2

−1 1

−2

−3 −2 −1 1 2

−3

P (x) x4 − x2 + 3
Funções Racionais: f (x) = . Exemplo:f (x) =
Q(x) y
x2 − 4

−5 −4 −3 −2 −1 1 2 3 4 5

Funções Algébricas: função construı́da usando operações algébricas (tais como adição, subtração, multiplicação, divisão e

extração de raı́zes) começando com polinômios. Exemplo: f (x) = x2 + 1.

Funções Crescentes em I: f (x1 ) < f (x2 ) sempre que x1 < x2 em I.

Funções Decrescentes em I: f (x1 ) > f (x2 ) sempre que x1 < x2 em I.

Função Par: f (−x) = f (x), para todo x no domı́nio de f .

Função Ímpar: f (−x) = −f (x), para todo x no domı́nio de f .


Função sobrejetora: Dizemos que uma função é sobrejetora se, e somente se, o seu conjunto imagem for igual ao con-
tradomı́nio.

Função Injetora: A função é injetora se elementos distintos do domı́nio tiverem imagens distintas, ou seja, dois ele-
mentos não podem ter a mesma imagem.

Função Bijetora: Uma função é bijetora quando ela e sobrejetora e injetora ao mesmo tempo.

Composição de Funções:
Dadas duas funções f e g, a função composta f ◦ g é definida por (f ◦ g)(x) = f (g(x))
O domı́nio de f ◦ g é o conjunto de todos os x do domı́nio de g tal que g(x) está no domı́nio de f .

Combinações de Funções:
(f ± g)(x) = f (x) ± g(x) (f.g)(x) = f (x).g(x) (f /g)(x) = f (x)/g(x)

Funções Definidas por Partes: 


2 − x2 , se x < 1


( f (x) = | − x + 2|, se 1 ≤ x < 4
1 − x, se x < 1

−x + 5, se x ≥ 4

f (x) =
x2 , se x ≥ 1 4
y

5 3

1
2

1
−3 −2 −1 1 2 3 4 5 6

1 2
−1

−1

−2

−2

−3

Deslocamentos Verticais e Horizontais do gráfico de f (x) (c > 0):


y = f (x) + c, c unidades para cima y = f (x + c), c unidades para esquerda
y = f (x) − c, c unidades para baixo y = f (x − c), c unidades para direita

Esticamentos e Compressões do gráfico de f (x) (c > 1):


y = cf (x), esticar verticalmente por um fator c. y = f (cx), comprimir horizontalmente por um fator c.
y = 1c f (x), comprimir verticalmente por um fator c. y = f ( xc ), esticar horizontalmente por um fator c.

Reflexões do gráfico de f (x):


y = −f (x), refletir em torno do eixo x. y = f (−x), refletir em torno do eixo y.