Вы находитесь на странице: 1из 1

CONTÁBIL VOLTAR

Envie essa notícia para um amigo.

Contabilidade - IPI incidente sobre vendas - Tratamento


Publicado em 06/10/2005 08:18

De acordo com a legislação do Imposto de Renda, na receita bruta de


vendas não deve ser incluído o valor do IPI. Desse modo, em virtude
da conveniência de adotar procedimentos contábeis que facilitem a
demonstração de valores que devam produzir efeitos fiscais, a prática
é não registrar o IPI em conta de Resultado, sendo as vendas
contabilizadas a débito de conta do Ativo Circulante (caixa/bancos ou
clientes), tendo como contrapartidas:

a) a conta de receita de vendas, pelo valor líquido da operação, ou seja, sem o IPI
incidente;

b) a conta de IPI a Recolher (no Passivo Circulante), pelo valor do imposto


debitado.

Por exemplo, uma venda de mercadorias por R$ 5.000,00 mais 10% de IPI seria
contabilizada da seguinte forma:

D - Caixa/Bancos Conta Movimento ou Clientes (AC) R$ 5.500,00


C - Receita de Vendas (CR) R$ 5.000,00
C - IPI a Recolher (PC) R$ 500,00
Sob o ponto de vista técnico, essa forma usual pode ser vista com certas restrições,
pois implica omitir na Demonstração do Resultado do Exercício, o valor do
faturamento bruto (entendido como tal o valor das vendas, inclusive o IPI).

Como forma alternativa, pode-se registrar a receita pelo valor total cobrado do
cliente numa conta sob o título de “Faturamento Bruto”, e em seguida debitar o IPI
em conta de resultado, sob o título de “IPI Faturado”.

Assim, a qualquer momento pode ser demonstrado contabilmente o valor da receita


bruta segundo o conceito fiscal, que corresponde à diferença entre o saldo credor da
conta “Faturamento Bruto” e o saldo devedor da conta “IPI Faturado”.

Utilizando-se essa alternativa a contabilização da hipotética operação mencionada


seria efetuada da seguinte forma:

D - Clientes (AC)
D - Faturamento Bruto (CR) R$ 5.500,00

D - IPI Faturado (CR)


D - IPI a Recolher (PC) R$ 500,00
Caso seja adotado este procedimento para o registro das vendas com incidência do
IPI, para fins do Imposto de Renda (na Declaração de Rendimentos), a receita bruta
deve ser considerada sem o IPI e o valor desse imposto não deve constar da conta
de Resultado.

AC = Ativo Circulante
PC = Passivo Circulante
CR = Conta de Resultado
CR = Conta de Resultado

Fonte: http://www.iob.com.br/noticiadb.asp?area=contabil&noticia=47439