Вы находитесь на странице: 1из 3

EXERCÍCIOS – CAPÍTULOS 1, 2 e 3

1.Conceitue sistema elétrico de potência.

2. Quais são os níveis de tensão empregados nos sistemas elétricos no


Brasil?

3. Por que cada vez mais foi se ampliando o nível de tensão de transmissão
nos sistemas elétricos em corrente alternada?

4. Por que é importante interligar os sistemas elétricos?

5. O que constitui a transmissão de energia num sistema elétrico de potência?

6. Por que não se pode gerar energia elétrica em tensões acima de 25 kV?

7. Como se define o nível de tensão de alimentação de um dado consumidor?

8. O que constitui a distribuição primária de energia num sistema elétrico de


potência?

9. O que constitui a subtransmissão de energia num sistema elétrico de


potência?

10. O que constitui a distribuição secundária de energia num sistema elétrico


de potência?

11. O que significa dizer que um sistema elétrico está em regime permanente
senoidal?

12. Conceitue potência ativa e reativa instantânea. Explique porque a potência


reativa não é consumida ou absorvida pela carga em um sistema elétrico.

13. Explique porque se diz que um capacitor “fornece” reativo e um reator


“absorve” reativo.

14. Mostre que num sistema elétrico trifásico a potência reativa instantânea é
nula.

15. Apresente os gráficos das potências reativas instantâneas em um capacitor


e em um indutor.

16. Explique como se obtém o triângulo das potências.

17. Explique porque quando uma carga tem baixo fator de potência as perdas
para transmitir energia a ela são maiores.

18. Mostre que a componente reativa da corrente que alimenta uma carga não
produz trabalho.
19. Mostre que num sistema elétrico trifásico a potência ativa instantânea é
constante.

20. Explique porque a tensão na carga aumenta quando conectamos um banco


capacitor em paralelo com ela.

21. O que é uma carga típica num sistema elétrico?

22. Mostre que o fluxo de potência ativa entre duas barras sempre se dá da
barra com tensão mais adiantada para a barra com tensão mais atrasada.

23. Mostre que o fluxo de potência reativa entre duas barras geralmente se dá
da barra com tensão mais adiantada para a barra com tensão mais atrasada.

24. Explique porque a tensão na carga cai quando conectamos um reator em


paralelo com ela.

25. Porque é importante realizar a compensação reativa local na carga para


transmitir energia entre duas barras?

26. Se num sistema elétrico a freqüência elétrica está acima da nominal, o que
se pode afirmar sobre o balanço de potência ativa neste sistema?

27. Se num sistema elétrico o perfil das tensões nas barras deste sistema está
acima da nominal, o que se pode afirmar sobre o balanço de potência reativa
neste sistema?

28. Considere o sistema elétrico mostrado na Figura 1, obtenha as expressões


da potência ativa e reativa transmitida da barra 1 para a barra 2.

29. Considere o sistema elétrico de duas barras apresentado na Figura 1, na


barra 1 está a geração que mantém o módulo da tensão nesta barra constante.
Na barra 2 está conectada uma carga Po+jQo. Mostre que variações da
potência ativa consumida pela carga afetam muito mais a defasagem entre as
tensões que as diferenças entre as magnitudes das tensões das duas barras.
30. Para o mesmo sistema elétrico da Figura 1, mostre que variações da
potência reativa consumida pela carga afetam muito mais as diferenças entre
as magnitudes das tensões das duas barras que a defasagem entre elas.

31. Para o sistema elétrico da Figura 1 explique de que depende as perdas


ativas na transmissão de energia elétrica da barra 1 para a barra 2. Explique o
que pode ser feito para reduzir estas perdas assumindo uma carga constante.

32. Para o sistema elétrico da Figura 1, assuma que a carga consome de


potência (0.8+j0.6)pu, a resistência R é 0.02 pu, XL é 0.12 pu, determine a
tensão da barra 1 para que a barra de carga opere na tensão de 1 pu.

32. Para o sistema elétrico da Figura 1, assuma que a carga consome de


potência (0.8+j0.6)pu, o módulo da tensão na barra 1 é 1 pu, a resistência R é
0.02 pu e XL é 0.12 pu, determine a tensão da barra 2.

33. Para o sistema elétrico da Figura 1, assuma que a tensão na barra 1 é 1 pu


com fase 0°, a tensão na barra 2 é 1.05 com fase -2°, a resistência R é 0.02 pu
e XL é 0.12 pu, determine o fluxo de potência ativa e reativa que vai da barra 1
para a barra 2.

34. Explique como a carga varia com a tensão e com a freqüência.

35. Porque a maioria dos sistemas elétricos é em corrente alternada e trifásico?

36. Explique o que deve estar ocorrendo num dado sistema elétrico quando a
freqüência elétrica desse sistema cai.

37. Explique qual a função de um regulador de velocidade de um gerador


síncrono.

38. Qual a influencia da inércia das máquinas síncronas numa entrada


significativa de carga num sistema elétrico?

39. Explique o mecanismo carga freqüência num sistema elétrico isolado.

40. Quais são as condições para colocarmos em paralelo com um sistema


elétrico um gerador síncrono?

41. Como se pode obter o fator de potência de um consumidor a partir do seu


consumo de potência ativa e reativa num dado período de tempo?

42. Qual a influencia da inércia das máquinas síncronas numa entrada


significativa de carga num sistema elétrico?