Вы находитесь на странице: 1из 12

INSTALAÇÕES ELÉTRICAS EM PROJETOS

COMERCIAIS NO SHOPPING
BASEADO NO CADERNO TÉCNICO DO MANGABEIRA SHOPPING E NBR 5410 - INSTALAÇÕES ELÉTRICAS DE
BAIXA TENSÃO E NBR 5444 - SÍMBOLOS GRÁFICOS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS PREDIAIS

DISCENTES: FERNANDA AMORIM DA CRUZ; INGRID LORRANA FERREIRA SOBREIRA / DOCENTES: ANA FLÁVIA E VLADIMIR / DISCIPLINA: PROJETO DE INTERIORES 2018.1
CADERNO TÉCNICO DO MANGABEIRA SHOPPING

SOBRE A INSTALAÇÃO
Caderno Técnico do Mangabeira Shopping, Pág. 29:
b) As lojas serão alimentadas em baixa tensão (380/220V) e a medição será realizada pelo Shopping;
c) A potência instalada para cada loja deverá ficar abaixo ou igual à potência prevista no projeto elétrico e indicada
nas Tabelas de Fornecimento (solicitar ao Comitê o fornecimento da mesma);

SOBRE O PROJETO
Caderno Técnico do Mangabeira Shopping, Pág. 29:
d) Planta baixa com a distribuição de pontos, tubulações, fiação etc;
e) Relação de cargas detalhada por circuito e geral;
f) Previsão de iluminação de emergência com autonomia mínima de duas horas, sendo necessário outra próxima a
entrada, para lojas com área superior a 50m²;
g) Diagramas unifilar e trifilar do painel elétrico, com indicação de capacidade dos disjuntores, equilíbrio de fases e
seção dos barramentos;
h) Legenda das convenções adotadas, notas e observações relevantes;
i) Detalhes executivos de instalações em consonância com os detalhes arquitetônicos e de decoração,
discriminando os tipos de lâmpada e luminárias utilizadas, bem como detalhes de instalação;
INTERRUPTOR DE FUGA
(DISPOSITIVO DIFERENCIAL RESIDUAL – DR):
PROTEGE OS USUÁRIOS CONTA CHOQUES PROVOCADOS
POR CONTATO DIRETO E INDIRETOS (DESLIGA
CORRENTES DE PEQUENA INTENSIDADE)
ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA:
COM AUTONOMIA MÍNIMA DE DUAS HORAS,
SENDO NECESSÁRIO OUTRA PRÓXIMA A
ENTRADA, PARA LOJAS COM ÁREA SUPERIOR A
50M²;
NBR 5410:2004 – INSTALAÇÕES ELÉTRICAS DE BAIXA TENSÃO
A norma NBR 5410:2004 estabelece três principais categorias para definição das cargas:
• Iluminação (lâmpadas incandescentes, fluorescentes)
• Tomadas de uso geral (televisores, eletrodomésticos, etc.)
• Tomadas de uso específicos (chuveiro, ar-condicionado)

Em cômodos ou dependências com área ARANDELA -


superior a 6m² Deve ser prevista uma Admite-se que o ponto de luz fixo no
carga mínima de 100VA para os teto seja substituído por ponto na
primeiros 6m² acrescida de parede em espaços sob escada,
60VA para cada aumento de depósitos, despensas, lavabos e
4m² internos varandas, desde que de pequenas
dimensões e onde a colocação do
ponto no teto seja de difícil
execução ou não conveniente
NBR 5410:2004 – INSTALAÇÕES ELÉTRICAS DE BAIXA TENSÃO
PONTOS DE TOMADA DE USO GERAL
A potência a ser atribuída a cada ponto de tomada é função dos equipamentos que ele poderá vir a alimentar e não deve ser inferior aos seguintes
valores mínimos:
a) em banheiros, cozinhas, copas, copas-cozinhas, áreas de serviço, lavanderias e locais análogos, no mínimo 600 VA por ponto de tomada, até
três pontos, e 100 VA por ponto para os excedentes, considerando-se cada um desses ambientes separadamente. Quando o total de tomadas no
conjunto desses ambientes for superior a seis pontos, admite-se que o critério de atribuição de potências seja de no mínimo 600 VA por ponto de
tomada, até dois pontos, e 100 VA por ponto para os excedentes, sempre considerando cada um dos ambientes separadamente;
b) nos demais cômodos ou dependências, no mínimo 100 VA por ponto de tomada.

PONTOS DE TOMADA DE USO ESPECÍFICO


c) Condições para estabelecer a quantidade de tomadas de uso específico (TUEs): Tomadas de uso específico são aquelas destinadas à ligação de
equipamentos fixos ou estacionários, como, por exemplo, chuveiros elétricos, torneiras elétricas, aparelhos de ar-condicionado, secadoras e
lavadoras de roupa, etc.
d) Condições para estabelecer a potência de tomadas de uso específico (TUEs): Atribuir, para cada TUE,
a potência nominal do equipamento a ser utilizado.
NBR 5444:1989 – SÍMBOLOS GRÁFICOS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS PREDIAIS
QUADROS DE DISTRIBUIÇÃO

TOMADAS E INTERRUPTORES

PONTOS DE LUZ
LOCAÇÃO DE PONTOS ELÉTRICOS – PLANTA BAIXA TÉRREO

OBS.: DEIXAR FIAÇÃO COM


FOLGA PARA INSTALAÇÃO DOS
PONTOS NOS MÓVEIS
LOCAÇÃO DE PONTOS ELÉTRICOS – PLANTA BAIXA MEZANINO

OBS.: DEIXAR FIAÇÃO COM


FOLGA PARA INSTALAÇÃO DOS
PONTOS NOS MÓVEIS
DIAGRAMA UNIFILIAR – PLANTA BAIXA TÉRREO
DIAGRAMA UNIFILIAR – PLANTA BAIXA MEZANINO
DIAGRAMA UNIFILIAR – QUADRO DE PREVISÃO DE CARGAS
REFERÊNCIAS

• ABNT-ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 5444 - SÍMBOLOS GRÁFICOS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS PREDIAIS. Disponível
em: <http://ftp.demec.ufpr.br/disciplinas/TM249/Material%20de%20aula/NBR_5444-1989_Simbolos_Graficos_para_Instalacoes_Prediais.pdf>
Data de acesso: 07 Abr. 2018
• ABNT-ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 5410 - INSTALAÇÕES ELÉTRICAS DE BAIXA TENSÃO . Disponível em: <
https://www.iar.unicamp.br/lab/luz/ld/normas%20e%20relat%F3rios/NRs/nbr_5410.pdf > Data de acesso: 07 Abr. 2018
• CADGURU. Como fazer uma previsão de cargas usando a norma brasileira para engenharia civil. Disponível em:
<http://cad.cursosguru.com.br/normas-tecnicas/como-fazer-uma-previsao-de-cargas-usando-a-norma-brasileira-para-engenharia-civil/> Data
de acesso: 11 Abr. 2018
• MANGABEIRA SHOPPING. CADERNO TÉCNICO DO MANGABEIRA SHOPPING - 2013. Pág. 29 à 31.