Вы находитесь на странице: 1из 8

OS 7 MAIORES MITOS DA

ALIMENTAÇÃO ANIMAL
Se é um verdadeiro protector de cães ou gatos sabe que basta procurar e encon-
tram-se imensas informações contraditórias sobre o que realmente o seu cão ou gato
deve comer: o veterinário diz uma coisa, o vizinho outra, o criador outra, a sua experi-
ência e intuição outra, existem imensas marcas e imensa informação na internet...
mas não desespere... vamos explicar-lhe tudo.

1
Como nos deparámos com os Mitos?

Quando começámos a praticar medicina veterinária também nós recomendáva-


mos e oferecíamos aos nossos animais alimentação que não era a mais indicada. Os co-
merciais vendiam-nos sempre a mesma história - “Esta é a melhor ração do mercado
doutores, é super premium” - e nós acabávamos, como muitos colegas, por acreditar
no que nos vendiam. No entanto, a verdade é que cada vez mais víamos animais que
comiam a suposta melhor alimentação a ficar doentes.

Mas felizmente tudo mudou... A nossa consciência expandiu-se no momento em


que lemos um livro e gradualmente fomos procurando mais informação sobre como
mudar a nossa alimentação e pensámos - “se a nossa alimentação estava tão errada o
que estará na alimentação dos nossos animais?” - desde aí que não largámos mais a
Nutrição. Aprendemos muito, estudámos a fundo o que realmente o seu animal preci-
sa, seguimos especialistas e já lemos dezenas de rótulos diferentes e podemos garan-
tir-lhe: A maioria deles não está de acordo com o que o seu animal necessita para uma
saúde plena.

Assim e sem mais demoras oferecemos-lhe os 7 Maiores Mitos associados à ali-


mentação animal.
Acredite... O seu animal vai agradecer-lhe o facto de hoje estar a ler este e-book
com atenção. Vire a página para ver o 1º Mito...

2
MITO Nº1 - Os animais têm de comer ração
Eu, você e o seu animal somos seres naturais...
Até aí devemos todos estar de acordo. Como seres na-
turais que somos gostamos de comida fresca, natural e
viva. Imagine-se a comer durante toda a sua vida comi-
da seca e processada - de certeza que não é uma visão de
felicidade. Não existem árvores de ração nem animais ra-
ção pelo que a ração não é de todo o alimento mais natural e
por esse motivo os cães e gatos podem e devem comer muita coisa para além de ração.
Livre-se desta amarra mental da indústria e dê o melhor ao seu animal.

MITO Nº 2 - A comida caseira faz mal


Provavelmente todos os que lerem este livro já ouviram
esta história mas também quase todos os que lerem
este livro sabem daquela avó que cozinhava para os
cães da família e eles morriam de velhice. Será que a
comida de casa é assim tão má? Bem, primeiro temos
de separar 2 situações: restos ou comida pouco balan-
ceada e comida caseira balanceada. Os nossos restos po-
dem ser bons ou maus, depende do que lhes calha no
prato.

Restos maus e muito condimentados podem realmente ser a desgraça de muitos


animais. Também há quem dê apenas frango e arroz trinca ao seu animal e aí também
lhe garantimos que não reside a saúde. O contrário de restos ou frango com arroz é ali-
mentação caseira balanceada. A alimentação caseira balanceada é preparada especifi-
camente para o seu animal e por isso confere-lhe toda a nutrição que necessita sem a
possibilidade de lhe fazer mal. E se está a pensar que isso dá muito trabalho... bem a
maioria dos nossos clientes diz a mesma coisa no início mas depois de lhes explicar-
mos como tudo se processa acabam por perceber que é muito mais fácil do que parece.

3
MITO Nº3 - Os cães têm de comer refeições
completas e isso só se encontra na alimentação
comercial
Se pensarmos em qualquer animal na natureza
que cace e obtenha o seu alimento por uma via natural
podemos facilmente perceber que nenhum animal
come sempre uma refeição completa. A nutrição comple-
ta é obtida por uma alimentação variada, através das vári-
as refeições, por isso não se prenda a esta premissa para
dar apenas comida comercial ao seu animal - ele merece mais!

MITO Nº4 - A ração seca é melhor que a comida


húmida
Todos nós somos constituídos maioritariamente por
água. Os cães e gatos pertencentes ao grupo dos carní-
voros obteriam a sua água maioritariamente pela inges-
tão de caça ou seja comida húmida. Darmos apenas ali-
mento seco aos nossos animais só nos ajuda a nós - por-
que é cómodo (sejamos sinceros) - mas a eles não os aju-
da nada. Cada vez aparecem mais animais desidratados e
com insuficiências renais.

Os rins, e todos os outros órgãos, precisam de água para funcionar e não nos pa-
rece que alimento seco durante toda a vida vá ajudar. Não acha que faz sentido?

MITO Nº 5 - A ração mais cara é a melhor


Este é um erro que cometemos muitas vezes tanto
nesta área como em muitas outras. O mais caro é o me-
lhor - bem... até pode ser mas nem sempre. Depois de
lermos dezenas de rótulos podemos mesmo garantir-
lhe: o mais caro nem sempre é o melhor. Para fazer a
melhor escolha para si tem de começar a ler os rótulos
da alimentação que compra. Se ainda não sabe pode-
mos com todo o gosto ensinar-lhe. Faça-o pela saúde do
seu animal e quem sabe também pela sua carteira.

4
MITO Nº 6 - Muita proteína faz mal ao meu
cão/gato
Ora lá está ele... O mito da proteína. Ele anda aí
de boca em boca mas poucas vezes é desfeito. Tal
como já dissemos anteriormente tanto o cão como o
gato são carnívoros e isso vê-se na sua anatomia, na
sua fisiologia, na sua denominação taxonómica, nos
seus antepassados, na sua genética e até no seu ciclo re-
produtor... Aqui não há margem para grandes dúvidas e
porquê que um carnívoro iria ter problemas com a quantida-
de de proteína na alimentação? Bem... a verdade é que não tem. O problema não é a
quantidade de proteína mas sim a qualidade de proteína. Se a fonte proteica for fresca
fantástico mas se não o for... então podemos ter um problema. Desde já deixamos-lhe
uma dica: fuja dos sub-produtos e derivados: vá ver rapidamente se a ração do seu ani-
mal os tem e se sim prepare-se para outra escolha.

MITO Nº 7 - O meu animal tem de comer sempre a


mesma coisa senão faz-lhe mal
Quem é que gosta de comer sempre a mesma coisa?
Ninguém! Porquê que o seu animal iria gostar e mais,
porquê que necessitaria disso para que não estivesse
doente? É verdade que a nossa flora intestinal deve
adaptar-se a nova alimentação e que se um animal co-
meu toda a vida o mesmo é bem provável que uma mu-
dança repentina não lhe faça bem mas isto é contornável e
o ideal é o seu animal poder variar tal como qualquer um de
nós gosta de fazer e que a sua flora intestinal esteja saudável e preparada para isso.

5
EM RESUMO...
Parabéns por ser um(a) super protector(a)!
Agora sim... já tem a informação que necessita para, tal como nós já fizemos, ex-
pandir a sua consciência em relação à alimentação do seu animal. Ele merece mais e
melhor! Afinal é um membro da sua família! Ele não merece comer sempre a mesma
ração, não poder tocar em comida caseira, comer sempre seco, não comer proteína,
etc tal como você não merece gastar rios de dinheiro em rações supostamente comple-
tas mas que na verdade não o são.... Empodere-se desta informação e tome as melho-
res decisões para si e para o seu animal tendo em conta o seu estido de vida, o tempo
que tem e as verbas monetárias que pode dispender - utilize o guia fácil e definitivo
para escolher a melhor alimentação para o seu animal.
Prepare-se para ver a energia do seu animal disparar! Adeus Mitos! Olá verdade!

Veja no fim do ebook...


O [Guia Definitivo para a Escolha da Melhor Alimentação Animal]
para o seu Cão ou Gato que prepáramos para si - Fácil e Intuitivo!

Saiba mais sobre como implementar passo-a-passo este Guia através do site
www.dvet.pt, www.facebook.com/dvet.pt ou contacte-nos através do mail
geral@dvet.pt ou 929121054 .

6
7