Вы находитесь на странице: 1из 1

TILÁPIAS TANQUE REDE - GAIOLAS

Peso do peixe
Granulometria
Fase do peixe
Dias de gramas
Refeição
diária(% da
Qtde de ração Qtde de
por dia para tratos por
Qtde de
ração por
Consumo Consumo
/ semana na fase
Consumo
de ração
Temperatura Fator de Controle de água
(mm) cultivo da água °C correção
inicio final biomassa) 1.000 peixes (g) dia trato (g) (Kg) (Kg) total (Kg) NÍVEIS IDEAIS
7 0,5 2,0 18,0 225 23 1,6 1,58 < 18 0,0 TEMPERATURA
Pó Alevino 14 2,0 3,5 16,0 440 10 44 3,1 9,1 4,66 19 0,3 20 - 29 °C
50% 21 3,5 5,0 15,0 638 64 4,5 9,12 20 0,4 PH
28 5,0 6,0 12,0 660 83 4,6 13,74 21 0,5 6a8
2 Juvenil 35 6 7 8,0 520 8 65 3,6 13,6 17,38 22 0,6 OXIGÊNIO DISSOLVIDO
40% 42 7 12 8,0 760 95 5,3 22,70 23 0,7 4 a 10 mg/L
49 12 20 8,0 1280 213 9,0 31,66 24 0,8 N-AMONIACAL
2 Juvenil 6 21,2
40% 56 20 30 7,0 1750 292 12,3 43,91 25 0,9 MÁX 5 / >2,5 mg/L LETAL
63 30 50 6,0 2400 480 16,8 60,71 26 1,0 FÓSFORO TOTAL
Crescimento
2a4
inicial
70 50 75 5,0 3125 5 625 21,9 69,3 82,58 27 1,0 ATÉ 0,05 mg/L - RIOS
36% 77 75 100 5,0 4375 875 30,6 113,21 28 0,8 ATÉ 0,025 mg/L - LAGOS
84 100 115 4,5 4838 1209 33,9 147,07 29 0,6 CLORETO
Crescimento 91 115 140 4,5 5738 1434 40,2 187,23 30 0,3 ATÉ 250 mg/L
2a4
final
4 174,0
98 140 170 4,2 6510 1628 45,6 232,80 > 31 0,0 CLORO
36% 105 170 200 4,2 7770 1943 54,4 287,19 ATÉ 0,02 mg/L
112 200 240 4,0 8800 2200 61,6 348,79 MEDIR TEMPERATURA AMÔNIA TOTAL
119 240 280 3,7 9620 2405 67,3 416,13 NA HORA DO TRATO E ATÉ 0,6 mg/L
126 280 325 3,7 11193 2798 78,3 494,48 CORRIGIR A FERRO
QUANTIDADE DE RAÇÃO
133 325 370 3,5 12163 3041 85,1 579,62 DE 0,3 ATÉ 1,0 mg/L
4 651,9 MULTIPLICANDO PELO
140 370 420 3,1 12245 3061 85,7 665,33 INDICE ACIMA, OU CUIDADOS E AÇÕES
147 420 475 2,9 12978 3244 90,8 756,18 REDUZINDO NO TRATO Na piscicultura, o adensamento da
154 475 535 2,6 13130 3283 91,9 848,09 EM PERCENTUAL, COMO população, com processos de estratificação
ABAIXO: térmica e química, pode ocasionar um
32 ou 30% 161 535 595 2,3 12995 3249 91,0 939,05 acúmulo de produtos metabólicos tóxicos
168 595 660 2,2 13805 3451 96,6 1035,69 aos peixes (NO2, NH4 e CO2) e alteração em
175 660 725 2,0 13850 3463 97,0 1132,64 31< T°C < 18 NADA variáveis vitais aos organismos, como
oxigênio dissolvido (OD), material em
Engorda e 182 725 795 1,9 14440 3610 101,1 1233,72 19 30%
4 a 6 ou 6 a 8 suspensão (MST), pH e temperatura.
terminação 189 795 870 1,7 14153 4 3538 99,1 723,6 1332,78 20 40% TOMAR CUIDADO EM DIAS MUITO QUENTES
196 870 945 1,7 15428 3857 108,0 1440,78 21 50% E MUITO FRIOS, POIS A INVERSÃO TÉRMICA
203 945 1025 1,6 15760 3940 110,3 1551,10 22 60% PROVOCA MOVIMENTO DE ÁGUA DO
FUNDO PARA CIMA E LEVANDO PRODUTOS
32 ou 30% 210 1025 1100 1,5 15938 3984 111,6 1662,66 23 70%
TÓXICOS PARA OS TANQUE OCASIONANDO
217 1100 1220 1,4 16240 5413 113,7 1776,34 24 80% ALTA MORTALIDADE;
224 1220 1340 1,3 16640 5547 116,5 1892,82 25 90% *USUALMENTE OS CONTROLES SE BASEIAM
231 1340 1450 1,2 16740 5580 117,2 2010,00 26 100% EM MUDANÇA DE LOCAL DOS TANQUES E
USO DE AERADORES EM CASO DE BAIXA
238 1450 1550 1,1 16500 3 5500 115,5 834,9 2125,50 27 100%
OXIGENAÇÃO\O QUE NÃO É MUITO
245 1550 1700 1,0 16250 5417 113,8 2239,25 28 80% NORMAL;
252 1700 1840 1,0 17700 5900 123,9 2363,15 29 60%
30 ou 28% 259 1840 2000 1,0 19200 6400 134,4 2497,55 30 30%