You are on page 1of 2

Gardnerella vaginalis, Cycoplasma hominis e

Ureaplasma urealyticum

Gardnerella vaginalis
a) Características

- Bacilo pleomórficos curtos, cocobacilos Gra-variáveis, imóveis, não capsuladas, aausência de


fímbrias e não esporuladas. Cultivável em laboratório, ágar sangue beta hemolítica, anaeróbia
facultativa, baixa tensão de oxigênio, temperatura de crescimento 35 a 37 graus, oxidase e
catalase negativas e com pH ótimo alcalino.

Para uma bactéria causar uma doença ela deve se fixar no corpo como fímbrias. A bactéria não
é muito virulenta pois não tem fatores de virulência.

b) Epidemologia

-Habitat natural vagina humana

- Patógeno oportunista de baixo grau

- Inibida pelo pH ácido da vagina

- Ocorre 100% das mulheres com vaginose bacteriana

- Causa mais comum de infecção vaginal em idade reprodutiva (não considerada DST)

- Relacionada a alterações da microbiota vaginal

Lactobacilus acidophilus na vagina, fazem seu metabolismo por fermentação e, dessa forma,
estabelecem um pH ácido na vagina protegendo-a. Além disso, por serem catalase positiva,
essas bactérias produzem peroxido de oxigênio, defendendo a proliferação de outras bactérias,
principalmente as que são catalase negativas. Alterações hormonais podem diminuir a
microbiota normal da mulher.

c) Características da Doença

- Corrimento: volumoso, com odor desagradável, amarelo acizentado com bolhas esparsas,
vulva sem hiperemia.

- Odor aminopeptidades degradam aminas que são voláteis, exalando o odor característico da
vaginose.

- Aumento da descamação das células epitelias descamativas sem resposta inflamatória (Clue
Cell) e do conteúdo vaginal.

As Clue Cells, são descamações do epitélio vaginal que se aderiram ao conteúdo bacteriano.
São exclusivos do diagnóstico de vaginose.
d) Tratamento

-Antibióticoterapia com metronidazol

Diagnóstico Clínico Diferencial


Vaginose Desequilíbrio de microrganismos da microbiota vaginal. Corrimento
bacteriana amarelo acinzentado, odor de peixe podre que aumenta intensidade após
o ato sexual. Presença de clue cells.
Candidíase Causada por fungos por alterações do meio vaginal, corrimento branco,
vaginal espesso e sem cheiro com prurido intenso.
Tricomoníase DST, corrimento amarelo esverdeado, fétido, abundante.
Gonorréia e DST, inflamação da vagina e no colo do útero, corrimento purulento
clamídia. amarelado.

Coisa das outra bactérias pra pelo menos ficar na cabeça


- Negiligenciadas.

- Causam uretrite

- Corroboram o processo infeccioso das outras bactérias estudadas

- Associadas a outras patologias causadas por bactérias no sistema reprodutor

- Não apresentam parede celular

- Pode fazer cultura, porém com demora no cultivo.