Вы находитесь на странице: 1из 16

QUESTÕES DE RADIOLOGIA - CONCURSOS

1- OS RX SÃO GERADOS POR DOIS FENÔMENOS CONHECIDOS COMO EFEITOS:


(A) CARACTERÍSTICO E BREMSTRAHLUNG
(B) ELETRÔNICO E CINÉTICO
(C) PROPORCIONAL E INTERATIVO
(D) CERENKOV E ELÉTRON AUGER
(E) ANODO E TUNGSTÊNIO

2- DEVIDO A ABSORÇÃO FOTOIÔNICA DO FEIXE DE RX, OCORRIDA NO ALVO DA AMPOLA, A INTENSIDADE DO


FEIXE É MENOR NO LADO:
(A) DO COLIMADOR (D) DO FILTRO
(B) DA JANELA (E) DO CATODO
(C) DO ANODO

3-OS ELETRONS QUE VÃO PRODUZIR RADIAÇÃO X NO INTERIOR DE UM TUBO SÃO GERADOS NO:
(A) ALVO
(B) ANODO
(C) FILTRO
(D) FILAMENTO
(E) VIDRO DE REVESTIMENTO

4- A INTERAÇÃO DOS ELÉTRONS COM O ALVO, NO INTERIOR DE UM TUBO DE RAIOS-X, PRODUZ PEQUENA
QUANTIDADE DE RAIOS-X E GRANDE QUANTIDADE DE:
(A) CALOR
(B) RADIAÇÃO GAMA
(C) RADIAÇÃO ALFA
(D) RADIAÇÃO BETA
(E) RADIAÇÃO MAGNÉTICA

5- A RADIAÇÃO ESPALHADA PODE SER REDUZIDA COM A UTILIZAÇÃO DE:


(A) COLIMADORES
(B) CONES E AVENTAIS PLUMBÍFEROS
(C) LUVAS PLUMBÍFERAS E FILTRAÇÃO DE ALUMÍNIO
(D) REFRIGERAÇÃO DA SALA DE EXAMES E FRACA ILUMINAÇÃO AMBIENTE
(E) ECRANS REFORÇADORES E GONIÔMETROS

6- EM UM AMBIENTE COM UMIDADE RELATIVA MUITO ALTA, O VELAMENTO ELETROSTÁTICO DO FILME NA


CÂMARA-ESCURA PODE SER EVITADO UTILIZANDO-SE:
(A) LUVAS PARA O MANUSEIO
(B) ATERRAMENTO DA BANCADA
(C) REFRIGERAÇÃO AMBIENTAL
(D) VENTILAÇÃO FORÇADA
(E) REVESTIMENTO DO PISO COM BORRACHA

7- A ABSORÇÃO DOS RX É DIRETAMENTE PROPORCIONAL AO PESO ATÔMICO DO ELEMENTO ATRAVESSADO. POR


ESTA RAZÃO, UTILIZA-SE PARA PROTEÇÃO CONTRA RADIAÇÃO ESPALHADA UM ANTEPARO DE:
(A) ALUMÍNIO
(B) CHUMBO
(C) BORRACHA
(D) BÁRIO
(E) COBRE

8- O FATOR MODIFICADOR DO ESPECTRO DOS RAIOS-X QUE INDICA O NÚMERO DE ELÉTRONS EM COLISÃO
COM O ALVO É:
(A) A FILTRAÇÃO
(B) A DISTÂNCIA
(C) A DIFERENÇA DE POTENCIAL
(D) A CORRENTE
(E) O MATERIAL CONSTITUINTE DO ANODO.
9- PARA MONITORIZAÇÃO PESSOAL, UTILIZAM-SE:
(A) CÂMARAS-PADRÃO OU EXPOSÍMETROS
(B) INTEGRADORES OU "RATE-METERS"
(C) DOSÍMETROS TERMOLUMINESCENTES OU DE FILME
(D) CINTILÔMETROS OU CÂMARAS-DEDAL
(E) CÂMARAS DE IONIZAÇÃO OU CONTADORES GEIGER

10- "RAZÃO DA GRADE" É A RELAÇÃO ENTRE:


(A) QUOCIENTE DE FOCALIZAÇÃO E DISTÂNCIA FOCO-FILME
(B) ALTURA DAS LÂMINAS E DISTÂNCIA QUE AS SEPARA
(C) DISTÂNCIA INTERLÂMINAS E ALTURA DESTAS
(D) INCLINAÇÃO E ALTURA DE SUAS LÂMINAS
(E) DIMENSÃO E QUANTIDADE DE LÂMINAS

11- A LEI DE KEPLER DEFINE QUE:


(A) O KV VARIA NA RAZÃO INVERSA DO QUADRADO DA DISTÂNCIA
(B) O PRODUTO DO TEMPO DE EXPOSIÇÃO PELO mA RESULTA NO mAS
(C) O PODER DE PENETRAÇÃO É DIRETAMENTE PROPORCIONAL AO mAS
(D) A PENETRAÇÃO DA RADIAÇÃO VARIA NA PROPORÇÃO INVERSA DA DISTÂNCIA
(E) A INTENSIDADE DA RADIAÇÃO VARIA NA RAZÃO INVERSA DO QUADRADO DA DISTÂNCIA

12- TEORICAMENTE , O MELHOR MEIO DE PROTEÇÃO RADIOLÓGICA É:


(A) AVENTAL PLUMBÍFERO
(B) DISTÂNCIA DA FONTE
(C) FILME DOSIMÉTRICO
(D) LUVA PLUMBÍFERA
(E) GRADE ANTI-DIFUSORA

13- EM UMA RADIOGRAFIA, A FÓRMULA 2E+K DEFINE:


(A) CORRENTE DO TUBO - mA (D) DISTÂNCIA - d
(B) TEMPO DE EXPOSIÇÃO - S (E) O EFEITO ANÓDIO
(C) TENSÃO NO TUBO - kV

14-A VARIAÇÃO DA CORRENTE ELÉTRICA NO FILAMENTO DE UM TUBO DE RAIOS X INFLUENCIA:


(A) A LUMINESCÊNCIA DOS ECRANS
(B) A INTENSIDADE DOS RAIOS X
(C) A PENETRAÇÃO DOS RAIOS X
(D) A RADIAÇÃO SECUNDÁRIA
(E) OS RAIOS X DE BAIXA ENERGIA, SOMENTE NOS APARELHOS DE RESSONÂNCIA MAGNÉTICA

15- SÃO MÉTODOS DA INVESTIGAÇÃO POR IMAGEM QUE NÃO UTILIZAM RADIAÇÃO IONIZANTE:
(A) TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA E ULTRA-SOM
(B) ABREUGRAFIA E RESSONÂNCIA MAGNÉTICA
(C) RESSONÂNCIA MAGNÉTICA E ULTRA-SOM
(D) RADIOSCOPIA E CINTILOGRAFIA
(E) TOMOGRAFIA POSITRÔNICA E TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA

16- UM CILINDRO DE BORDAS RADIOPACAS, MEDINDO 20 CM DE ALTURA E 5 CM DE DIÂMETRO, FOI


RADIOGRAFADO. A RADIOGRAFIA MOSTROU DOIS CÍRCULOS CONCÊNTRICOS. AS POSIÇÕES, EM RELAÇÃO AO
FILME, EM QUE O CILÍNDRO E A FONTE SE ENCONTRAVAM ERAM:
(A) PARALELA E PARALELA (D) PERPENDICULAR E PERPENDICULAR
(B) PERPENDICULAR E PARALELA (E) PERPENDICULAR E OBLIQUA
(C) PARALELA E PERPENDICULAR

17- A FLUOROSCOPIA OU RADIOSCOPIA É UTILIZADA , PRINCIPALMENTE , PARA:


(A) REDUZIR AS FRATURAS
(B) ESTUDAR O ESTÔMAGO
(C) ATRAVESSAR CORPOS OPACOS À LUZ
(D) ANALIZAR DINÂMICAMENTE AS IMAGENS
(E) FAZER RADIOGRAFIAS SEM USO DE ECRANS
18- A IMPERMEABILIDADE NOS FILMES RADIOLÓGICOS CONVENCIONAIS, NÃO É POSSÍVEL POR QUE:
(A) NÃO HAVERIA IMAGEM NAS DUAS FACES
(B) NÃO HAVERIA FORMAÇÃO DA IMAGEM LATENTE
(C) A LUZ DOS ECRANS NÃO SENSIBILIZAM OS CRISTAIS DE PRATA
(D) OS AGENTES QUÍMICOS (REVELADOR E FIXADOR) NÃO ATINGIRIAM OS CRISTAIS DE PRATA
(E) NEUTRALIZARIA SUA SENSIBILIDADE

19- O USO DOS ECRANS É POSSÍVEL DEVIDO À SEGUINTE PROPRIEDADE DOS RAIOS X :
(A) TORNAR FLUORESCENTE CERTOS SAIS
(B) CAMINHAR EM LINHA RETA
(C) IONIZAR CERTOS GASES
(D) SER INVISÍVEL
(E) INIBIR A MITOSE CELULAR

20- A POSIÇÃO DA FONTE, EM RELAÇÃO AO FILME, QUE INVIABILIZA A OBTENÇÃO DE UMA RADIOGRAFIA É:
(A) PERPENDICULAR
(B) SEMIPARALELA
(C) PARALELA
(D) OBLÍQUA
(E) FONTE ACIMA DO FILME ANGULADA DE 10º NO SENTIDO LONGITUDINAL DESTE

21- UM CÍRCULO FOI RADIOGRAFADO, SUA IMAGEM MOSTROU UMA ELIPSE. EM RELAÇÃO AO FILME, AS
POSIÇÕES EM QUE O CÍRCULO E A FONTE SE ENCONTRAM SÃO, RESPECTIVAMENTE:
(A) PERPENDICULAR E PERPENDICULAR
(B) PERPENDICULAR E PARALELA
(C) OBLÍQUA E PERPENDICULAR
(D) PARALELA E PERPENDICULAR
(E) PARALELA E PARALELA

22- A QUANTIDADE DE mAs QUE DEVEMOS USAR EM UMA RADIOGRAFIA FEITA COM 1 M DE ALTURA, 400 mA E
0,25 s DE EXPOSIÇÃO, CASO DOBREMOS A ALTURA, É:
(A) 50
(B) 75
(C) 200
(D) 400
(E) 10

23- A POSIÇÃO EM QUE A GRADE ANTI-DIFUSORA DEVERÁ FICAR, EM RELAÇÃO AO FILME, É:


(A) PARALELA
(B) PERPENDICULAR
(C) OBLIQUADA INTERNAMENTE
(D) OBLIQUADA EXTERNAMENTE
(E) SEJA QUAL FOR A POSIÇÃO DA GRADE EM RELAÇÃO AO FILME ELA CUMPRIRÁ SEU OBJETIVO

24- O COMPONENTE QUÍMICO RESPONSÁVEL PELA CARACTERÍSTICA ALCALINA DO REVELADOR É:


(A) ÁCIDO ACÉTICO
(B) HIDROQUINONA
(C) HIPOSSULFITO DE SÓDIO
(D) CARBONATO DE SÓDIO
(E) TIOSSULFITO DE AMÔNIA

25- OS TAMPOS FLUTUANTES LOCALIZADOS DENTRO DOS RESERVATÓRIOS DOS QUÍMICOS, EMPREGADOS PARA
PROCESSAMENTO DOS FILMES, TEM A SEGUINTE FINALIDADE:
(A) EVITAR CONTATO COM O AR
(B) DIMINUIR A ENTRADA DE LUZ
(C) PERMITIR RÁPIDA REGENERAÇÃO
(D) PREVINIR TRANSBORDAMENTOS
(E) MANTER O LÍQUIDO SOB PRESSÃO
26- O TUNGSTATO DE CÁLCIO É UM ELEMENTO QUÍMICO EMPREGADO NA FABRICAÇÃO DO SEGUINTE MATERIAL
RADIOGRÁFICO:
(A) FILTRO ADICIONAL (D) CHASSIS DE CARBONO
(B) ECRAN REFORÇADOR (E) FILME MONOEMULSIONADO
(C) GRADE ANTIDIFUSORA

27- O INSTRUMENTO UTILIZADO PARA MEDIR ANGULAÇÕES NOS EXAMES RADIOGRÁFICOS É:


(A) ESPESSÔMETRO (D) DENSITÔMETRO
(B) PENETRÔMETRO (E) GONIÔMETRO
(C) SENSITÔMETRO

28- O COMPONENTE QUE TEM A FUNÇÃO DE DIMINUIR A DOSE DE RADIAÇÃO NA PELE É:


(A) FILTRO NA JANELA DO TUBO (D) ECRAN REFORÇADOR
(B) BLOCO COLIMADOR (E) GRADE ANTIDIFUSORA
(C) ESTATOR DO ÂNODO

29- O ATO DE ATRITAR O FILME, POR MANUSEIO INCORRETO, PODE ACARRETAR O SEGUINTE E DANOSO
EFEITO:
(A) CRIAR BOLHAS
(B) IMPRIMIR DIGITAIS
(C) DIMINUIR O VÉU DE BASE
(D) ALTERAR A DENSIDADE ÓPTICA
(E) PROVOCAR ELETRICIDADE ESTÁTICA

30- SÃO COMPONENTES QUÍMICOS DO FIXADOR:


(A) HIPOSSULFITO DE SÓDIO E ALÚMEN DE CROMO
(B) DIÓXIDO DE GADOLÍNEO E SULFETO DE ZINCO
(C) CARBONATO DE SÓDIO E SULFITO DE SÓDIO
(D) ÁCIDO ACÉTICO E BROMATO DE CÁLCIO
(E) METOL E HIDROQUINONA

31- DAS SITUAÇÕES ABAIXO, AQUELA QUE POSSIBILITA A AMPLIAÇÃO DA IMAGEM RADIOGRÁFICA É:
(A) MENOR DISTÂNCIA OBJETO-FILME (D) MAIOR TEMPO DE EXPOSIÇÃO
(B) MAIOR DISTÂNCIA FOCO-FILME (E) MENOR MILIAMPERAGEM
(C) MAIOR DISTÂNCIA OBJETO-FILME

32- O "ECRAN" DE GRÃOS FINÍSSIMOS APRESENTA COMO CARACTERÍSTICA FORNECER:


(A) MAIOR DETALHE (D) VELOCIDADE MÉDIA
(B) MAIOR RAPIDEZ (E) VELOCIDADE ULTRA-RÁPIDA
(C) MENOR DETALHE

33- O "ECRAN" MÉDIO OU UNIVERSAL É CONSTITUÍDO PÔR GRÃOS:


(A) FINÍSSIMOS (D) MISTOS
(B) GROSSOS (E) FINOS
(C) MÉDIOS

34- O "ECRAN" DE ALTA VELOCIDADE INTENSIFICA 40% DA EXPOSIÇÃO, PERMITINDO UM DETALHE


RADIOGRÁFICO CARACTERIZADO COMO:
(A) PÉSSIMO (D) ÓTIMO
(B) PEQUENO (E) BOM
(C) REGULAR

35- 0 SACO ALUMINIZADO EXISTENTE NA CAIXA DE FILMES DE RX, TEM POR FINALIDADE:
(A) PROTEGER O FILME DURANTE O TRANSPORTE
(B) DAR MAIOR ADERÊNCIA DO FILME AO "ECRAN"
(C) PROTEGER A GELATINA DO FILME
(D) EVITAR A UMIDADE NO FILME
(E) EVITAR ARRANHÃO NO FILME
36- É ELEMENTO CONSTITUINTE DO ECRAN REFORÇADOR:
(A) NITRATO DE PRATA
(B) SULFITO DE SÓDIO
(C) NITRATO DE AMÔNIA
(D) TUNGSTATO DE CÁLCIO
(E) TUNGSTATO DE FÓSFORO

37- O CONTROLE QUE SE DEVE TER QUANTO À EXPOSIÇÃO DE INDIVÍDUOS AO RAIOS X, PERIODICAMENTE, É
DEVIDO À SEGUINTE PROPRIEDADE:
(A) SOMAÇÃO
(B) ACELERAÇÃO
(C) DEGENERAÇÃO
(D) MULTIPLICAÇÃO
(E) INVISIBILIDADE.

38- O ELEMENTO QUE NÃO FAZ PARTE DA AMPOLA DE RAIOS X É:


(A) CAPA FOCALIZADORA
(B) FILAMENTO
(C) ANODO
(D) AR
(E) ROTOR DO ANODO.

39- NA RADIOGRAFIA DE UMA EXTREMIDADE RECENTEMENTE GESSADA DEVE-SE ADOTAR A SEGUINTE MEDIDA:
(A) DIMINUIR 4KV
(B) AUMENTAR 10KV
(C) DIVIDIR O mAS POR 2
(D) MULTIPLICAR O mAS POR 3
(E) APLICAR O REGIME USADO PARA A RADIOGRAFIA DA MESMA REGIÃO SEM GESSO.

40- O OBJETIVO DE GRADE POTTER BUCKY É:


(A) DIMINUIR O KV
(B)FILTRAR A RADIAÇÃO SECUNDÁRIA IMPEDINDO QUE ALCANCE A PELÍCULA RADIOGRÁFICA
(C) DIMINUIR A DISTÂNCIA FOCO-FILME
(D) AUMENTAR O TEMPO DE EXPOSIÇÃO
(E) REDUZIR O mAS

41- O EFEITO ANÓDIO PODE SER UTILIZADO NO EXAME:


(A) DOS OSSOS DO CARPO (D) DO JOELHO EM PERFIL
(B) DO TORNOZELO (E) DA COLUNA DORSAL
(C) DA BACIA

42- A SUBSTÂNCIA QUE É ENCONTRADA NO FIXADOR E NO REVELADOR É O:


(A) SULFITO DE SÓDIO (D) HIPOSSULFITO DE SÓDIO
(B) ÁCIDO ACÉTICO (E) CARBONATO DE SÓDIO
(C) BROMETO DE POTÁSSIO

43- A POTÊNCIA IDEAL PARA UMA LÂMPADA DE SEGURANÇA DE UMA CÂMARA ESCURA ESTÁ COMPREENDIDA
ENTRE:
(A) 1,5 WATTS A 3 WATTS (D) 20 WATTS A 40 WATTS
(B) 6,5 WATTS A 10 WATTS (E) 40 WATTS A 60 WATTS
(C) 15 WATTS A 20 WATTS

44- EM UM EXAME DE SEIOS MAXILARES UTILIZOU-SE A SEGUINTE TÉCNICA RADIOGRÁFICA: 70KV, 120 mAS E
DISTÂNCIA FOCO-FILME DE 1 METRO. FOI NECESSÁRIO COMPLEMENTAR COM UMA RADIOGRAFIA LOCALIZADA,
USANDO-SE UM CONE DE EXTENSÃO. A MODIFICAÇÃO NECESSÁRIA NA TÉCNICA ORIGINAL FOI:
(A) AUMENTAR A DISTÂNCIA
(B) DIMINUIR 7 KV
(C) AUMENTAR 10 KV
(D) DIMINUIR O mAS
(E) AUMENTAR O 7 KV
45- A TEMPERATURA AMBIENTAL IDEAL PARA UMA CÂMARA ESCURA ESTÁ COMPREENDIDA ENTRE:
(A) 10ºC E 15ºC (D) 25ºC E 27ºC
(B) 13ºC E 17ºC (E) 18ºC E 44ºC
(C) 18ºC E 24ºC

46- EM UM PACIENTE COM UMA BOTA GESSADA RECENTE (ÚMIDA), A MODIFICAÇÃO DE TÉCNICA
RADIOGRÁFICA QUE SE DEVE UTILIZAR É:
(A) AUMENTAR A DISTÂNCIA FOCO-FILME (D) AUMENTAR CERCA DE 12 KV
(B) DIMINUIR O KV E O mA (E) AUMENTAR CERCA DE 25 KV
(C) AUMENTAR O TEMPO DE EXPOSIÇÃO

47- O RESULTADO DA DIFERENÇA NA INTENSIDADE DOS RAIOS X, SEGUNDO O ÂNGULO DE EMISSÃO, DESDE O
PONTO FOCAL, É DEFINIDO COMO:
(A) EFEITO FOTO-ELÉTRICO (D) FEIXE PRIMÁRIO
(B) EFEITO COMPTON (E) EFEITO ANÓDIO
(C) RADIAÇÃO MOLE

48 – EM RADIOLOGIA, SEGUNDO O BONTRAGER, DENSIDADE É DEFINIDA COMO:


(A) GRAU DE CLAREAMENTO DA RADIOGRAFIA CONCLUÍDA
(B) GRAU DE NITIDEZ DAS ESTRUTURAS NA RADIOGRAFIA
(C) GRAU DE ENEGRECIMENTO DA RADIOGRAFIA CONCLUÍDA
(D) GRAU DE BORRAMENTO DAS ESTRUTURAS NA RADIOGRAFIA
(E) GRAU DE SENSIBILIDADE ÓPTICA DAS ESTRUTURAS NÃO RADIOGRAFADAS

49- PARA PROTEÇÃO RADIOLÓGICA DO TÉCNICO, AS PRINCIPAIS MEDIDAS QUE SEMPRE DEVEM SER TOMADAS
SÃO:
(A) FILTRAÇÃO CORRETA, COLIMAÇÃO, USO DE DOSÍMETRO, AVENTAL E LUVAS DE PROTEÇÃO, ECRANS DE ALTA
VELOCIDADE, TÉCNICAS DE MENOR KV E LIMITAR AO MÁXIMO POSSÍVEL SUA EXPOSIÇÃO E MÍNIMA REPETIÇÃO
DE EXAMES;
(B) LIMITAR AO MÍNIMO A SUA EXPOSIÇÃO, USAR DOSÍMETRO, NUNCA FICAR NA FRENTE DO FEIXE PRIMÁRIO
OU ÚTIL NO CASO DE CONTENÇÃO DO PACIENTE, SEMPRE USAR LUVAS E AVENTAIS DE CHUMBO, FILTRAÇÃO
CORRETA, TÉCNICAS DE MAIOR KV E ECRANS DE ALTA VELOCIDADE E MÍNIMA REPETIÇÃO DE EXAMES;
(C) FILTRAÇÃO CORRETA, COLIMAÇÃO, USO DE DOSÍMETRO, AVENTAL E LUVAS DE PROTEÇÃO, ECRANS DE
BAIXA VELOCIDADE, TÉCNICAS DE MAIOR KV E LIMITAR AO MÁXIMO POSSÍVEL SUA EXPOSIÇÃO E MÍNIMA
REPETIÇÃO DE EXAMES;
(D) LIMITAR AO MÍNIMO A SUA EXPOSIÇÃO, USAR DOSÍMETRO, NUNCA FICAR NA FRENTE DO FEIXE PRIMÁRIO
OU ÚTIL NO CASO DE CONTENÇÃO DO PACIENTE, SEMPRE USAR LUVAS E AVENTAIS DE CHUMBO, FILTRAÇÃO
CORRETA, TÉCNICAS DE MENOR KV E ECRANS DE ALTA VELOCIDADE E MÍNIMA REPETIÇÃO DE EXAMES;
(E) FILTRAÇÃO CORRETA, COLIMAÇÃO, USO DE DOSÍMETRO, AVENTAL E LUVAS DE PROTEÇÃO, ECRANS DE
BAIXA VELOCIDADE, TÉCNICAS DE MENOR KV, E LIMITAR AO MÁXIMO POSSÍVEL A SUA EXPOSIÇÃO E MÍNIMA
REPETIÇÃO DE EXAMES.

50- OS COMPONENTES DO FILME RADIOGRÁFICO SÃO:


(A) UMA SUSPENSÃO FIXADA NUMA BASE PLÁSTICA QUE CONTÉM, EM EMULSÃO, CRISTAIS DE PRATA EM
MATERIAL GELATINOSO;
(B) UMA SUSPENSÃO FIXADA NUMA BASE SÓLIDA QUE CONTÉM, EM EMULSÃO, CRISTAIS DE CLORETO DE PRATA
EM MATERIAL GELATINOSO;
(C) UMA EMULSÃO FIXADA NUMA BASE PLÁSTICA QUE CONTÉM, EM SUSPENSÃO, CRISTAIS DE CLORETO DE
PRATA EM MATERIAL GELATINOSO;
(D) UMA EMULSÃO FIXADA NUMA BASE DE PLÁSTICO QUE CONTÉM, EM SUSPENSÃO, CRISTAIS DE BROMETO DE
PRATA EM MATERIAL GELATINOSO;
(E) UMA EMULSÃO FIXADA NUMA BASE SÓLIDA COMPOSTA DE PEQUENOS GRÃOS DE PRATA METÁLICA QUE
CONTÉM, EM SUSPENSÃO, UM MATERIAL GELATINOSO.

RESPOSTAS

1(A) / 2(C) / 3(D) / 4(A) / 5(A) / 6(B) / 7(B) / 8(D) / 9(C) / 10(B) / 11(E) / 12(B) / 13(C) / 14(B) / 15(C) / 16(D)
/ 17(D) / 18(D) / 19(A) / 20(A) / 21(C) / 22(D) / 23(A) / 24(D) / 25(A) / 26(B) / 27(E) / 28(A) / 29(E) / 30(A) /
31(C) / 32(A) / 33(C) / 34(B) / 35(D) / 36(D) / 37(A) / 38(D) / 39(B) / 40(B) / 41(E) / 42(A) / 43(B) / 44(E) /
45(C) / 46(D) / 47(E) / 48(C) / 49(B) / 50(D).
1. Para o técnico em raios X, a dose limite de radiação semanal é de:
a) 1 roentgen d) 100 m rem
b) 5 rem e) 100 rad
c) 10 rad

2. As principais vantagens dos geradores trifásicos nos aparelhos de raios X são:


a) maior tempo de exposição e voltagem constante
b) voltagem constante e menor tempo de exposição
c) maior tempo de exposição e voltagem pulsada
d) menor calor e menor tempo de exposição
e) voltagem pulsada e menor calor

3. Os transformadores são necessários na aparelhagem de raios X para a obtenção de:


a) alta voltagem d) baixa impedância
b) corrente direta e) voltagem contínua
c) energia calórica

4. A principal vantagem do anódio giratório em um tubo de raios X consiste na possibilidade de:


a) usar menos energia d) esfriar a placa de tungstênio
b) utilizar feixes mais finos e) aumentar a capacidade calorífica
c) oferecer maior durabilidade

5. A finalidade principal da coloração de filtros adicionais de alumínio nos aparelhos de raios X é:


a) diminuir a radiação secundária d) baixar a energia do feixe de radiação
b) melhorar a qualidade da imagem e) aumentar a força de penetração dos raios
c) reduzia a dose de radiação na pele

6. A quantidade de radiação recebida pelo paciente durante a realização de uma radiografia é diretamente
proporcional ao:
a) diâmetro do foco d) perímetro do corpo
b) tamanho do campo e) quilovolt empregado
c) filtro de alumínio

7. A força de penetração dos feixes de raios X nos tecidos depende da:


a) colimação d) duração da exposição
b) miliamperagem e) temperatura do filamento
c) quilovoltagem

8. A imagem formada num filme radiográfico exposto aos raios X mas ainda não revelados chama-se:
a) real d) negativa
b) branca e) provisória
c) latente

9. O tamanho do ponto focal do anódio é determinado pela:


a) área do anódio d) espessura do filamento
b) espessura do anódio e) comprimento do
c) velocidade do anódio filamento

10. Na fabricação do filamento do catódio e da placa do anódio, das ampolas de raios X comuns, são utilizadas
respectivamente as seguintes substâncias:
a) tungstênio - tungstênio
b) molibdênio - alumínio
c) cobre - tungstênio
d) molibdênio - cobre
e) alumínio – cobre

11. A produção de radiação secundária está diretamente ligada ao:


a) tipo da grade d) tamanho do foco
b) efeito Compton e) efeito fotoelétrico
c) tipo do écran
12. A radiação secundária é intensifica quando provocamos a seguinte alteração:
a) aumento da quilovoltagem
b) diminuição da área exposta
c) diminuição da quilovoltagem
d) aumento da distância Fº - Fi
e) aumento do tempo de exposição

13. O fator que contribui para a redução do tempo de exposição radiográfica é:


a) écran intensificador d) fluoroscopia
b) grade antidifusora e) colimação
c) distância Fº - Fi

14. A maior sensibilidade de um écran intensificador depende da:


a) quantidade de mA
b) distância Fº - Fi
c) capacidade de reflexo de luz
d) detenção de fótons de raios x
e) reflexão dos fótons de raios x

15. O uso de écrans intensificadores dentro chassi tem como objetivo primordial:
a) diminuir a dose de radiação
b) melhorar o detalhe da imagem
c) aumentar o contraste do filme
d) impedir a ação da luz vermelha
e) facilitar o manuseio do filme

16. A grade “Potter-Bucky” é utilizada com a seguinte finalidade:


a) diminuir a quantidade de kV
b) aumentar o detalhe radiográfico
c) diminuir a quantidade de raios X
d) aumentar a intensidade dos raios X
e) aumentar a energia do feixe de raios X

17. Os raios X foram descobertos por:


a) CROOKS d) ROENTGEN
b) EDSON e) MARIE CURIE
c) FOREST

18. A chamada “imagem latente” é produzida no filme radiográfico sob a ação:


a) dos raios X d) da lavagem
b) do revelador e) da secagem
c) do fixador

19. De que depende a energia que fornece aceleração aos elétrons no tubo de raios X:
a)da tensão aplicada ao tubo de raios X (kilovoltagem)
b) da corrente elétrica aplicada ao catódio (miliamperagem)
c) do tipo de material que constitui o filamento
d) do tamanho do ponto focal

20. As densidades radiológicas naturais são em número de quatro. Qual é a ordem crescente de absorção pelo
corpo humano?
a) ar, gordura, partes moles e osso d) gordura, partes moles, ar, osso
b) osso, partes moles, gordura e ar e) osso, gordura, partes moles, ar
c) ar, partes moles, gordura e osso

21. O “écran” médio ou universal é constituído por grãos:


a) finíssimos
b) grossos
c) médio
d) mistos
e) finos
22. Na produção de raios X, podemos afirmar que:
a) o kV (diferença de potencial) é diretamente proporcional a energia do feixe de raios X produzidos
b) o mA é diretamente proporcional a qualidade dos raios X
c) o mA nada tem a ver com a qualidade de radiação produzida
d) o kV nada tem a ver com a energia dos raios X produzidos
e) e energia dos raios X produzidos dependem do ponto focal

23. Os principais agentes reveladores são:


a) hipossulfito de sódio e cloreto de sódio
b) hipossulfito de sódio e brometo de potássio
c) metol e hidroquinona
d) cloreto de sódio e brometo de potássio
e) sulfato de bário

24. A administração de contrastes positivos (iodado e baritados) visa tornar os órgãos a serem estudados, visíveis
nas radiografias obtidas. Isto só é possível porque:
a) o meio de contraste é radiotransparente
b) o meio de contraste é rádio-opaco, atenuando os raios X incidentes
c) os raios X incidentes são totalmente absorvidos pelo meio de contraste
d) os raios X incidentes são muito energéticos
e) os raios X incidentes são pouco energéticos

25. Imagem latente é a imagem:


a) produzida pela luz
b) produzida e processada no filme
c) produzida no filme radiográfico antes do seu processamento
d) produzida no écran
e) do objeto radiográfico

26. Ao se irradiar crianças, devemos ter sempre em vista que:


I. a dose de irradiação aplicada deve ser a mínima possível
II. o tempo de exposição deve ser o menor possível
III. a colimação do feixe primário deve ser a maior possível
IV. o écran a ser utilizado deve ser o mais veloz (grosso) possível
Assinale:
a) se somente I for correta d) se somente I, III e IV forem corretas
b) se somente II for correta e) se somente I, II e IV forem corretas
c) se somente I, II e III forem corretas

27. Mamografia consiste no exame radiográfico da mama, onde se utiliza:


a) alta quilovoltagem e baixa miliamperagem
b) baixa quilovoltagem e alta miliamperagem
c) alta quilovoltagem e miliamperagem
d) baixa quilovoltagem e miliamperagem
e) media quilovoltagem e miliamperagem

28. O espessômetro utilizado em radiologia serve para:


a) verificar o kV a ser utilizado
b) verificar o mAs a ser utilizado
c) verificar a constante do aparelho
d) verificar o écran a ser utilizado
e) conhecer o tempo a ser utilizado

29. A qualidade dos fótons X produzidos é proporcional ao:


a) mA b) kV c) mAs d) tempo

30. Os números atômicos corretos do iodo e do bário são respectivamente:


a) 46 e 53 b) 53 e 56 c) 59 e 63 d) 63 e 83
31. Para se tornar MAIS penetrante um feixe de raios X, deve-se:
a) aumentar a miliamperagem
b) aumentar a quilovoltagem
c) diminuir o tempo de exposição
d) aumentar a distância do foco/filme
e) diminuir a miliamperagem/segundo

32. A propriedade dos raios X que possibilita a utilização dos écrans é a de:
a) atravessar corpos opacos à luz
b)tornar fluorescentes certos sais
c) ser completamente invisível
d) caminhar em linha reta

33. A grade antidifusora é utilizada com o objetivo de :


a) reduzir a dose do ambiente
b) focalizar os feixes primários
c) melhorar o contraste da imagem
d) diminuir a radiação secundária sobre o filme

34. O fator radiográfico responsável pelo espectro dos raios X é:


a) mA b) kV c) D d) T

35. Na composição do Écran, encontramos a substância:


a) tungstato de cálcio d) sulfito de sódio
b) oxalato de cálcio e) brometo de potássio
c) hidroquinona

36. A substancia contida no fixador que dissolve a prata não-precipitada em um filme, tornando transparente uma
película não-irradiada chama-se:
a) alumem de cromo d) água
b) ácido de acético glacial e) sulfito de sódio
c) hipossulfito de sódio

37. Os écrans reforçados existentes nos chassis destinam-se a:


a) permitir a redução na dose de radiação
b) melhorar a nitidez na imagem radiográfica
c) tornar visíveis estruturas de baixa densidade
d) permitir a realização de exames de extremidades
e) permitir a realização de exames contrastados

38. Para se obter uma radiografia com maior detalhe radiográfico e melhor nitidez, deve-se:
a) usar écran de grãos e foco fino
b) usar écran de grãos grossos e foco fino
c) usar écran de grãos finos e foco grosso
d) utilizar técnica de baixo kV
e) utilizar foco grosso e tempo longo de exposição

GABARITO

01) D 11) B 21) E 31) B


02) B 12) E 22) A 32) B
03) E 13) A 23) C 33) D
04) E 14) D 24) B 34) B
05) C 15) A 25) C 35) A
06) B 16) A 26) E 36) C
07) C 17) D 27) B 37) A
08) C 18) A 28) A 38) A
09) D 19) A 29) B
10) A 20) A 30) B
Questões Introdução Radiologia

1. Assinale a alternativa correta.


a. ( ) A corrente elétrica que flui pelo vácuo no sentido do anodo é conhecida como corrente do tubo e é
da ordem de Miliampére (mA);
b. ( ) A corrente elétrica que flui pelo vácuo no sentido do catodo é conhecida como corrente do tubo e é da ordem
de Miliampére (mA);
c. ( ) Partes do tubo como o anodo, catodo, filamentos e rotor ficam dentro da ampola de vidro.
d. ( ) Tungstênio e molibdênio são materiais de baixo numero atômico

2. Para controlar a energia ou a capacidade de penetração do feixe primário devemos variar ;


a. A kilovoltagem b. A miliamperagem c. O tempo d. A distancia e. nda

3. Em relação a qualidade da imagem, para a anatomia estar em tamanho real devemos controlar a distancia pois..
a. quanto maior a distancia foco-objeto, menor a distorção ou aumento do objeto.
b. quanto menor a distancia foco-objeto, menor a distorção ou aumento do objeto.
c. quanto maior a distancia foco-objeto, maior a distorção ou aumento do objeto.
d. quanto maior a distancia foco-objeto, menor a imagem ou diminuição do objeto.
e. nda

4. O kilovoltagem ( KV ), Miliamperagem ( mA ) e Tempo ( s ) são fatores de controle básico respectivamente para


a. Contraste, Densidade e Definição.
b. Densidade, Contraste e Brilho
c. Distorção, Contraste e Densidade
d. Qualidade, Brilho e Distorção
e. Nda.

5. Os raio X se originam onde:


a. na coroa do átomo
b. no interior do núcleo atômico
c. tem a mesma origem do raio gama
d. na interação do elétron com o alvo

6. Complete com a palavra correta. A condição em que as imagens se apresentam maiores do que a região anatômica
radiografada chama-se___Magnificação.

7. A quantidade de fotons X, liberada pelo tubo de raios X depende de:


a. energia cinética dos elétrons
b. do tempo
c. miliamperagem
d. quilovoltagem
e. nda

8. Assinale a alternativa correta. Permite ao operador de RX, controlar a corrente a voltagem do tubo e o tempo de
exposição de maneira a obter-se intensidade e penetrabilidade necessárias a uma radiografia de boa qualidade. Isso
depende do?
( ) Quilovoltagem ( ) Miliamperagem ( ) Painel de controle ( ) Efeito Comptom.

11. São fatores que alteram o espectro de raios-X?

a. Influência da voltagem aplicada (quanto maior o Kv, maior a energia e a quantidade de raios-x);
b.Influência da corrente do tubo (quanto maior a corrente, maior o número de elétrons);
c. Influência do material do alvo (quanto maior o número atômico, maior a energia dos raios-x característicos);
d.Influência da filtração (aumentar a energia efetiva do feixe de raios-x).

a. Todas acima
b. Nenhuma acima
c. Um , dois e quatro
d. Dois três e quatro
e. Um e quatro
13. Qual a seqüência dos reservatórios de químicos na processadora automática?

a. Revelador, Água, Fixador, água e secador


b. Água, Revelador, Fixador e secador
c. Revelador, Fixador , Água e secador
d. Revelador, Água, Fixador e secador
e. Água, Revelador, Fixador e secador

14. Qual a função do Kv?


a. Responsável pelo contraste e intensidade do feixe.
b. Responsável pelo contraste e quantidade de elétrons
c. Responsável pelos Detalhes e quantidade de elétrons
d. Responsável pelos Detalhes e intensidade do feixe.
e. NDA

15. Qual a função do Ma?


a. Responsável pelo contraste e intensidade do feixe.
b. Responsável pelo contraste e quantidade de elétrons
c. Responsável pela Densidade e quantidade de elétrons
d. Responsável pelos Detalhes e intensidade do feixe.
e. NDA

16. Cite a principal diferença entre Raios-X e TC.


a. Uso de radiação ionizante
b. Uso de bobinas de gradiente
c. Aquisição de imagens em cortes
d. Uso de contraste
e. Nda

17. O que é efeito estocástico?


a. São aqueles cuja probabilidade de ocorrência é função da dose absorvida e para os quais não há limiar.
b. Acumulo de radiação nas células por tempo determinado.
c. Ocorre sempre que é realizado um procedimento e é não cumulativo.
d. Ocorre sempre que é realizado um procedimento e é determinado.
e. São aqueles cuja gravidade é diretamente proporcional à dose de radiação ionizante recebida pelo tecido e para o
qual pode existir um limiar.

18. O que é efeito determinístico?


a. São aqueles cuja gravidade é diretamente proporcional à dose de radiação ionizante recebida pelo tecido
e para o qual pode existir um limiar.
b. Acumulo de radiação nas células por tempo determinado.
c. Acumulo de radiação nas células por tempo indeterminado.
d. São aqueles cuja probabilidade de ocorrência é função da dose absorvida e para os quais não há limiar.
e. Nda

19. Qual a função do raio central?


a. Auxiliar no posicionamento específico
b. Visualizar região anatômica à ser estudada.
c. Iluminar a região anatômica a ser estudada.
d. Determinar a área de interesse

20. É certo afirmar que em Ressonância é possível adquirir cortes da região pelvica em:
a. axial b. Coronal c. Sagital d. Oblíquos e. Todos

21. Por quem foram descobertos os raios-X e em que data?


a. Pierre curie 1895 b. Wilhelm Conrad Roentgen, 1895 c. Wilhelm Conrad Roentgen 1985 d. Thomas
Edson 1895 e. nda

22. Em uma ampola de raios-X, que extremidade é negativa e de que material é composta?
a. Anodo, chumbo b. Anodo, molibdênio c. Catodo chumbo
d. Catodo, molibdênio e. Catodo, Tungstênio
23. Qual a seqüência dos reservatórios de químicos na processadora automática?
a. Revelador, Fixador , Água e secador
b. Água, Revelador, Fixador e secador
c. Revelador, Água, Fixador, água e secador
d. Revelador, Água, Fixador e secador
e. Água, Revelador, Fixador e secador

24.Qual a função do Ma?


a.Responsável pelo contraste e intensidade do feixe.
b.Responsável pelo contraste e quantidade de elétrons
c.Responsável pelos Densidade e quantidade de elétrons
d.Responsável pelos Detalhes e intensidade do feixe.
e. NDA

25.O que é efeito estocástico?


a.São aqueles cuja probabilidade de ocorrência é função da dose absorvida e para os quais não há limiar.
b.Acumulo de radiação nas células por tempo determinado.
c.Ocorre sempre que é realizado um procedimento e é não cumulativo.
d.Ocorre sempre que é realizado um procedimento e é determinado.
e.São aqueles cuja gravidade é diretamente proporcional à dose de radiação ionizante recebida pelo tecido e para o
qual pode existir um limiar.

1 CITE 5 COMPONENTES DE UMA AMPOLA DE RAIO X


filamentos, alvo de chumbo ou tungstênio, ampola de vidro, óleo, carcaça de chumbo

3 CITE OS TAMANHOS DE FILME UTILIZADOS NO RAIO X


13/18, 18/24, 24/30 30/40,35/35, 35/43

4 DESCREVA A PRODUÇÃO DE RAIO X APARTIR DO PREPARO NO DISPARADOR.


Os elétrons são exitados, uma DDP expulsa os elétrons em direção ao alvo, os elétrons se desviam no
alvo, parte da energia se transforma em calor , um por cento se transforma em fótons de X

5 O QUE É RADIAÇÃO CARACTERISTICA


surge da interação do elétron, com elétrons da camada mais interna do átomo (ex: camada K) e este é
arrancado formando uma lacuna, com o preenchimento desta lacuna por um elétron de uma camada
mais externa (de maior energia para menor energia);

6. O QUE VOCE ENTENDE POR RADIOSCOPIA.


Aquisição de raios-X dinâmica onde se pode observar por ex: o fluxo do contraste nos vasos.

7 QUAL A DATA DE DESCOBRIMENTO DO RAIO X E QUEM FOI O RESPONSÁVEL ?


Descoberto no dia 8 de novembro de 1895, por Wilhem Conrad Roentgen

8 DEFINA CONTRASTE RADIOLÓGICO


diferença de tons de cinza em uma imagem radiológica, na escala de cinza.

9 O QUE É MATRIZ E COMO É APRESENTADA ?


apresentação da imagem através de variados tons de cinza, Intersecção de colunas e linhas .

10 O QUE É NUMERO BINÁRIO E QUAL SUA UTILIDADE EM NOSSO MEIO ?


é forma de reconhecimento que o computador reconhece as informações, representa o numero da
escala de cinza.

11 O QUE É UM APARELHO TELECOMANDADO ?


Equipamento dotado de radioscopia em que o profissional não necessita estar ao lado do paciente para
movimentalo no posicionamento.

12 DEFINA O TERMO TELERADIOGRAFIA


exame radiológico pode ser enviado via internet ou intranet para outro lugar do hospital ou do planeta
onde poderá ser visualizado.
13 CITE UM EQUIPAMENTO DE RADIOLOGIA ONDE É POSSÍVEL A PESQUISA E O TRATAMENTO.
Radioscopia, Medicina nuclear.

14 DEFINA MOVIMENTO VOLUNTÁRIO E INVOLUNTÁRIO E COMO PODE SER NEUTRALIZADO PARA A AQUISIÇÃO
DE UMA IMAGEM.
voluntário é o que o paciente pode parar a qualquer momento, involuntário o paciente não consegue
controlar, pode ser atenuado com um alto MA .

15 CITE DUAS FORMAS DE MODIFICAR A DENSIDADE DE UMA IMAGEM DE RAIO X.


Aumentando o KV ou diminuindo a distancia foco filme.

16 O QUE SÃO EPI s EM RAIOLOGIA CITE 3.


Equipamento de segurança individual, avental de chumbo, protetor de tireóide, óculos publifero.

17 CITE OS MÉTODOS DE AQUISIÇÃO DE IMAGEM QUE NÃO UTILIZAZÃO RADIAÇÃO IONIZANTE.


Ultrassonografia, ressonância Magnética e densitometria óssea com 200 vezes menos radiação que um
raios-x de tórax

18 CITE DOIS FATORES DE QUALIDADE RADIOGRAFICA.


Contraste, densidade

26. São fatores que podem alterar o espectro de raios-X?

1.Influência da voltagem aplicada (quanto maior o Kv, maior a energia e a quantidade de raios-x);
2. Influência da corrente do tubo (quanto maior a corrente, maior o número de elétrons);
3.Influência do material do alvo (quanto maior o número atômico, maior a energia dos raios-x característicos);
4..Influência da filtração (aumentar a energia efetiva do feixe de raios-x).

a. Todas acima
b. Nenhuma acima
c. Um , dois e quatro
d. Dois três e quatro
e. Um e quatro

27.Qual o limite de dose anual para um profissional da radiologia?


a. A dose efetiva média anual não deve exceder 20 mSv em qualquer período de 5 anos consecutivos, não podendo
exceder 50 mSv em nenhum ano (4 mSv/mês);
b. A dose efetiva média anual não deve exceder 50 mSv em qualquer período de 5 anos consecutivos, não podendo
exceder 20 mSv em nenhum ano (4 mSv/mês);
c. A dose efetiva média anual não deve exceder 20 mSv em qualquer período de 2 anos consecutivos, não podendo
exceder 50 mSv em nenhum ano (4 mSv/mês);
d. A dose efetiva média anual não deve exceder 20 mSv em qualquer período de 5 anos consecutivos, não podendo
exceder 20 mSv em nenhum ano (4 mSv/mês);
e. A dose efetiva média anual não deve exceder 50 mSv em qualquer período de 5 anos consecutivos, não podendo
exceder 150 mSv em nenhum ano (4 mSv/mês);

28.Qual a função do raio central?


a. Visualizar região anatômica à ser estudada. d. Determinar a área de interesse
b. Iluminar a região anatômica a ser estudada. e. Nda
c. Auxiliar no posicionamento específico

29. É certo afirmar que em Tomografia é possível adquirir cortes da região abdominal em
a. Axial b. Coronal c. Sagital d. Oblíquos e. Todos

30. É certo afirmar que em Ressonância é possível adquirir cortes da região abdominal em
b. Axial b. Coronal c. Sagital d. Oblíquos e. Todos

32. Descreva o processo de revelação automática.


A película contendo uma imagem latente, passa pelo revelador fixador água e secador.

33. O que é écran e qual sua função?


Constituem de uma camada de micro cristais de fósforo aglutinados. Toda vez que um cristal de fósforo absorve um
foton de raios-x, ele emite um “jato” de luz. Durante a exposição ocorrem milhares de “jatos” em cada milimetro
quadrado.Quanto maior for a intensidade dos raios-x, maior a intensidade de luz emitida.
Os écrans reforçadores são compostos por uma lâmina de cartolina ou plástico cobero por uma camada de cristais.

34. Quais são os três tipos de processamento de imagem radiológica?


Processamento manual, automático e digital.

35. Durante o processo de revelação automática, o filme radiográfico realiza um percurso, praticamente constante,
passando por quais soluções químicas ordenadas:
a) sulfato de cálcio, fixador e revelador. d) revelador, fixador e sulfato de cálcio.
c) fixador revelador e água. e) revelador, fixador e água.

36ª) Assinale a frase correta:


a) a redução de temperatura acelera a fixação.
b) a elevação da temperatura pode interferir no processo de revelação.
c) a elevação da temperatura retarda a revelação.
d) a revelação e a fixação não sofrem alteração com a temperatura.

37ª) Qual das seguintes alternativas não está na etapa do processo de revelação manual:
a) banho revelador. c) limpeza dos chassis radiográficos.
b) banho fixador. d) secagem.

38ª) O écran é composto de:


a) nitrato de prata e terras raras. c) nitrato de alumínio e tungstato de cálcio.
b) tungstato de cálcio e terras raras. d) tungstato de fósforo e terras raras.

39ª) A imagem de um filme radiográfico exposto aos raios X ainda não revelado chama-se:
a) real. b) branca. c) latente. d) negativa.

40ª) O fator que contribui para a redução do tempo de exposição radiográfica é:


a) grade antidifusora. b) écran intensificador. c) distância Foco-Filme. d) fluroscópia.

41ª) Os écrans atualmente em uso, emitem luz nos seguintes aspectos:


a) Vermelho e verde. b) Amarelo e azul. c) Verde e amarelo. d) Azul e verde.

42ª) A luz de segurança da câmara escura deve ser instalada acima da bancada de manipulação do filme, a uma
distância de:
a) 70 cm. b) 1,2 m. c) 50 cm. d) 0,9 m.

43ª) Na câmara escura, a cor da lâmpada usada é:


a) Azul. b) Verde. c) Vermelha. d) Amarela.

44ª) Na câmara escura, a resistência indicada para lâmpada da luz de segurança usada é:
a) 15 Watts. b) 13 Watts. c) 16 Watts. d) 19 Watts.

6ª) Como armazenar as caixas dos filmes virgens no almoxarifado:


a) na horizontal. b) em vertical. c) angulado. d) por tamanho.

7ª) No processo de revelação manual, é primordial que a temperatura do revelador indicada referente as literaturas
seja em média de:
a) 39,5 °C. b) 38,0 ºC. c) 36,5 ºC. d) 35,0 ºC.

8ª) Assinale a alternativa incorreta referente a itens da câmara escura.


a) Exaustor à Prova de Luz, Identificador Eletrônico e Passa Chassis 02 ou 04 Portas.
b) Secador Radiográfico, Tanques de processamento manual e Iluminação de Segurança.
c) Processadora Manual Compacta, químicos reveladores e avental de chumbo.
d) Colgaduras, chassis e caixas de filmes para uso.
9ª) Partindo do princípio que o Tecnólogo em Radiologia é um profissional que avalia os fatores de qualidade em uma
imagem e um dos fatores primários é definido como a diferença de densidades nas áreas adjacentes. Qual fator
estamos falando?
a) fog. c) detalhe.
b) contraste. d) distorção.

10ª) O Tecnólogo em Radiologia utiliza-se de números e letras para indicar ou numerar as radiografias.Qual é o
material utilizado na exposição radiológica?
a) nitrato de prata. c) fósforo.
b) alumínio. d) chumbo.

11ª) Qual o dispositivo com luz fluorescente ou branca, para visualização de radiografias?
a) Radiografo. c) Negatoscópio.
b) Ampola luminosa. d) Grade fluorescente.

12ª) O écran médio ou universal é constituído por grãos:


a) finíssimos. c) médios.
b) grossos. d) finos.

13ª) O componente químico que entra na composição do écran de terras raras é:


a) Fluorocloreto de bário nítrico. c) Hipossulfito de sódio.
b) Brometo de prata inerte. d) Tungstato de cálcio.
14 ª) Referente o Sistema digital de imagem quais as vantagens no processamento:
a) Qualidade de imagem, tempo e economia.
b) Facilidade na retirada de artefato, identificação mais fácil e métodos de avaliação de imagem mais garantida.
c) O médico pode auxiliar na avaliação da imagem antes de mandar imprimir a imagem, vantagem de chamar o
paciente uma única vez para o exame.
d) Todas as anteriores estão corretas.

6ª) Durante o processo de revelação automática,o filme radiográfico realiza um percurso praticamente constante,
passando pelas seguintes soluções químicas:
a) revelador, fixador e água. d) revelador, fixador e sulfato de cálcio.
c) fixador revelador e água. e) sulfato de cálcio, fixador e revelador.

8ª) Qual das seguintes alternativas não consiste na etapa do processo de revelação manual:
a) banho revelador. c) secagem.
b) banho fixador. d) limpeza dos chassis radiográficos.

9ª) Partindo do princípio que o Tecnólogo em Radiologia é um profissional que avalia os fatores de qualidade em uma
imagem e um dos fatores primários é definido como a diferença de densidades nas áreas adjacentes, de qual
fator estamos falando?
a) contraste. c) detalhe.
b) fog. d) distorção.

10ª) A imagem de um filme radiográfico exposto aos raios X ainda não revelado chama-se:
a) real. c) negativa.
b) branca. d) latente.

11ª) Qual o dispositivo com luz fluorescente ou branca, para visualização de radiografias?
a) Negatoscópio. c) Radiografo.
b) Ampola luminosa. d) Grade fluorescente.

15ª) Referente aos tamanhos de Colgaduras, Chassis e filmes, qual a alternativa correta?
a) 13X18, 18X24, 24X30, 30X35, 35X35 e 35X40. c) 13X18, 18X24, 24X30, 30X35, 35X35 e 35X43.
b) 13X18, 18X24, 24X30, 30X35, 35X35 e 35X43. d) 13X18, 18X24, 24X30, 30X40, 35X35 e 35X43.