You are on page 1of 11

09/05/2018 Resposta ONU Lei Trabalhista NULA por Crim...

- Plinio Marcos Moreira da Rocha

Resposta ONU Lei Trabalhista NULA por


Crime de Prevaricação e Abuso de Poder

Plinio Marcos Moreira da Rocha


qua 09/05/2018 14:13

Para: Fale Conosco ONU Brasil <faleconosco@onu.org.br>;

Cc:bezerra@ilo.org <bezerra@ilo.org>; canestrelli@ilo.org <canestrelli@ilo.org>;

Será que ainda não foi possível entender ?!!!

O Responsável pela Prevaricação do Senado Federal é o Presidente da


República Federa va do Brasil, uma vez que, enviou Carta ao Senado
Federal para que não efetuasse nenhuma, tendo em vista, a Atribuição
do Senado Federal REVISAR os Projetos de Lei apresentados pela Câmara
de Deputados Federais.
Tal, teve como obje vo, evitar que uma, ou mais, alteração no Projeto
obrigariam a Câmara de deputados Federais REAVALIAREM o Prejeto
alterado pelo Senado.
Para isto, o Presidente da República Federa va do Brasil recebeu do
Senado Federal (através da maioria de Senadores) autorização para
Legislar em nome do Senado Federal, através do Instrumento Jurídico MP
- Medida Provisória, que não tem esta previsão Cons tucional, de atl
forma, que o Presidente da Câmara de Deputados Federais não permi u
sua avaliação pela Câmara de deputados Federais, razão pela qual, a
medida Provisória ficou SEM VALIDADE.
Logo, a Lei Trabalhista recentemente Homologada pela Presidência do
Brasil, apesar dos esforços de alguns Senadores(ras), não sofreu qualquer
alteração, mesmo tendo havido a ocupação da Mesa do Senado, com Luz
apagada, e almoço nela pelos seus ocupantes, de então.

https://webmail.exchangecorp.com.br/owa/#viewmodel=ReadMessageItem&ItemID=AAMkADBlNjM0MjhjLWJjNWQtNDQ3NC1hNDFkLTNlODdmY2U2NTBiNgBG
09/05/2018 Resposta ONU Lei Trabalhista NULA por Crim... - Plinio Marcos Moreira da Rocha

Me parece que NEGAR as Importâncias dos FATOS, obrigando a um


Cidadão COMUM a procurar as Ins tuições Responsáveis pela NULIDADE,
é algo, no mínimo ESTARRECEDOR.

Volto a agradecer a atenção dispensada, ressaltando que este Órgão


poderia provocar, as Autoridades Competentes, uma vez que, a OIT -
Organização Internacional do Trabalho tem como premissa garan r a
LEGALIDADE dos Direitos Trabalhistas no MUNDO.

Atenciosamente,
Plinio Marcos Morira da Rocha
Rua Gustavo Sampaio nº 112 apto. 603 - LEME - Rio de Janeiro - RJ - brasil
CEP - 22.010-010
Tel. Cel. (21) 9 8618-3350

De: Fale Conosco ONU Brasil <faleconosco@onu.org.br>


Enviado: quarta-feira, 9 de maio de 2018 13:31
Para: Plinio Marcos Moreira da Rocha
Assunto: Re: Lei Trabalhista Brasileira é NULA pelo VÍCIO da Crime de
Prevaricação e Abuso de Poder

Prezado Plínio,

O Ministério Público do Trabalho (MPT) possui um sistema de coleta de


denúncias online em seu site, acesse em h p://bit.ly/2j083LK

Além disso, o MPT também possui o aplica vo MPT Pardal, que pode ser
u lizado para a realização de denúncias: h p://bit.ly/2j0beTy

Os contatos da OIT no Brasil encontram-se


em h ps://nacoesunidas.org/agencia/oit.

Acompanhe o trabalho da ONU no Brasil e no mundo nas nossas principais redes sociais:

h ps://www.facebook.com/ONUBrasil
h ps://www.instagram.com/onubrasil
h ps://www.youtube.com/onubrasiloficial
https://webmail.exchangecorp.com.br/owa/#viewmodel=ReadMessageItem&ItemID=AAMkADBlNjM0MjhjLWJjNWQtNDQ3NC1hNDFkLTNlODdmY2U2NTBiNgBG
09/05/2018 Resposta ONU Lei Trabalhista NULA por Crim... - Plinio Marcos Moreira da Rocha

h ps://twi er.com/ONUBrasil

Att.

Centro de Informação das Nações Unidas para o Brasil | UNIC Rio de Janeiro

Em 9 de maio de 2018 09:56, Plinio Marcos Moreira da Rocha


<pliniomarcos@pliniomarcosmr.com.br> escreveu:
Prezados,

Lamentamos que um assunto da magnitude como a NULIDADE da


Lei Trabalhista sancionada recentemente, não seja assunto de
relevância, e importância, para o Escritório da OIT - Organização
Internacional do Trabalho no Brasil, integrante da ONU - Organização
das Nações Unidas, para, pelo menos, encaminhar aos Órgãos que
considera competentes, uma JUSTA Reclamação formalmente
encaminhada, por um Cidadão Brasileiro COMUM, que tem seus
pleitos sem qualquer respaldo no Sistema Jurídico Brasileiro, incluso o
Ministério Público Federal.

Agradeço a atenção dispensada,


Atenciosamente,
Plinio Marcos

De: Fale Conosco ONU Brasil <faleconosco@onu.org.br>


Enviado: quinta-feira, 3 de maio de 2018 14:21
https://webmail.exchangecorp.com.br/owa/#viewmodel=ReadMessageItem&ItemID=AAMkADBlNjM0MjhjLWJjNWQtNDQ3NC1hNDFkLTNlODdmY2U2NTBiNgBG
09/05/2018 Resposta ONU Lei Trabalhista NULA por Crim... - Plinio Marcos Moreira da Rocha

Para: Plinio Marcos Moreira da Rocha


Assunto: Re: Lei Trabalhista Brasileira é NULA pelo VÍCIO da Crime de
Prevaricação e Abuso de Poder

Prezado Plínio

A ONU não pode, por força de seu estatuto, promover qualquer tipo de
intervenção em um Estado-membro. Acesse a carta em
http://nacoesunidas.org/carta e saiba mais em http://nacoesunidas.org/conhec
a/

A ONU tem acompanhado o Brasil e seus desafios e tem, sempre que


solicitada, dado apoio para ajudar o o país a avançar em termos de
desenvolvimento sustentável, direitos humanos, e paz e segurança.
Acompanhe nas nossas redes sociais e em https://nacoesunidas.org/se
cao/noticias-do-brasil.

Adicionalmente, informamos que as Nações Unidas possuem um procedimento


para a realização de denúncias de violações de direitos humanos. No entanto, é
preciso ficar claro que estas denúncias só devem ser feitas quando
estiverem esgotados todos os recursos jurídicos no país de origem da
denúncia.

Antes de submeter sua denúncia, o autor deve procurar órgãos como conselhos
e comissões de direitos humanos locais, regionais ou nacionais, defensorias
públicas, secretarias de promoção dos direitos humanos, corregedorias ou o
Ministério Público nos níveis estadual ou federal. O Brasil possui, por exemplo,
a Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos (acesse
em http://www.humanizaredes.gov.br/ e http://www.sdh.gov.br/
disque100/disque-direitos-humanos). O Senado Federal do Brasil também
preparou um guia sobre cada órgão e tipo de denúncia, acesse
em http://bit.ly/1ZpsAXs ; Estes órgãos devem ser procurados antes de recorrer
a organismos internacionais.

https://webmail.exchangecorp.com.br/owa/#viewmodel=ReadMessageItem&ItemID=AAMkADBlNjM0MjhjLWJjNWQtNDQ3NC1hNDFkLTNlODdmY2U2NTBiNgBG
09/05/2018 Resposta ONU Lei Trabalhista NULA por Crim... - Plinio Marcos Moreira da Rocha

No âmbito da ONU, os procedimentos para denunciar violações de direitos


humanos estão disponíveis em https://nacoesunidas.org/di
reitoshumanos/denuncias

Acompanhe o trabalho da ONU no Brasil e no mundo nas nossas principais redes


sociais:

h ps://www.facebook.com/ONUBrasil
h ps://www.instagram.com/onubrasil
h ps://www.youtube.com/onubrasiloficial
h ps://twi er.com/ONUBrasil

Att.

Centro de Informação das Nações Unidas para o Brasil | UNIC Rio de


Janeiro

Em 30 de abril de 2018 13:41, Plinio Marcos Moreira da Rocha


<pliniomarcos@pliniomarcosmr.com.br> escreveu:

Prezados,

Segue o documentos e todos os seus anexos relacionados

https://webmail.exchangecorp.com.br/owa/#viewmodel=ReadMessageItem&ItemID=AAMkADBlNjM0MjhjLWJjNWQtNDQ3NC1hNDFkLTNlODdmY2U2NTBiNgBG
09/05/2018 Resposta ONU Lei Trabalhista NULA por Crim... - Plinio Marcos Moreira da Rocha

ao fato, concreto, de que a Lei Trabalhista Brasileira, recentemente


homologada, e NULA, uma vez que, de alguma forma, corroboram o
email abaixo.

Peço a Gen leza de que tenha paciência para ler todos os e-


mails abaixo, bem como, os anexos.

Para um pobre Cidadão Brasileiro Comum, está muito di cil


conviver com o que aí está, pricipalmente quando a HIPOCRISIA
Juridiscional é uma realidade gritante.

Atenciosamente,

Plinio Marcos

________________________________
De: Plinio Marcos Moreira da Rocha
Enviado: quarta-feira, 11 de abril de 2018 14:33
Para: gleisi@senadora.leg.br
Cc: luciamon@senado.leg.br; pliniomarcosmr@gmail.com
Assunto: Re: Lei Trabalhista é NULA pelo crime de PREVARICAÇÃO

Prezados,

Volto a me corresponder com a Senadora Gleise, através de sua


Assessora, com o intuito de chamar a atenção para o fato, concreto,
de que o Judiciário Brasileiro Protege e Persegue, sendo sua mais
significa va contastação a prisão e condenação do Cidadão Ítalo-
Brasileiro, Sr. Henrique Pizzolato, envolvido em processo de
Extradição Intenacional, uma vez que, foi condenado por desvio de
dinheiro do Banco do Brasil S.A., onde o próprio Banco do Brasil,
comprovou que não exisitu qualquer desvio de dinheiro, bem como,
foi processado, julgado, e condenado, por Tribunal INCOMPETENTE.

https://webmail.exchangecorp.com.br/owa/#viewmodel=ReadMessageItem&ItemID=AAMkADBlNjM0MjhjLWJjNWQtNDQ3NC1hNDFkLTNlODdmY2U2NTBiNgBG
09/05/2018 Resposta ONU Lei Trabalhista NULA por Crim... - Plinio Marcos Moreira da Rocha

Tais, considerações estão claramente, substanciadas, no HC 131033,


o qual levou, apenas e tão somente, 639 dias, para ter seu Embargos
de Declaração avaliados, exclusivamente, pela 2ª Turma do STF,
quando deveria ter sido avaliado pelo Plenário do STF, que ficou em
situação de “Transitado em Julgado”, pelo simples fato de que seu
Requerente, que é um Cidadão Comum, em pleno execercío pleno
de Cidadania, NÃO FOI CIENTIFICADO de tal decisão, onde ressalto
que o instrumento Jurídico foi transformado em outro, com a
decisão de que HC não tem o condão de que onar postura de
Ministro, ou postura de Tribunal, ressaltando que naquela ocasião
não ocorreu unanimidade, uma vez que, o Ministro Marco Aurélio
VOTOU discordando.

Este Habeas Corpus tem como premissa a Posição do Supremo


Tribunal Federal na AP-470, de se reconhecer COMPETENTE para
Processar, e Julgar, Cidadãos Comuns por CRIMES COMUNS, em
contraposição a Posição do Supremo Tribunal Federal na AP-536, de
se reconhecer INCOMPETENTE para CONCLUIR Processo, e Julgar, um
Cidadão COMUM, por CRIMES COMUNS, uma vez que o Deputado
Federal, RENÚNCIOU ao Mandato Parlamentar, renúnica esta
ocorrida após as ALEGAÇÕES FINAIS do Procurador-Geral da
República, terem sido anexadas à AP-536.

Talvez, a íntegra do HC-131033, possa ser anexada aos


ques onamentos efetuados na ONU – Organização das Nações
Unidas, ou qualquer outro foro internacional, para corroborar que o
Sr. Luis Inácio Lula da Silva é, apenas e tão somente, um PERSEGUIDO
POLÍTICO.

Durante o período de “fuga”, “prisão”, e “extradição” de Henrique


Pizzolato, encaminhei vários e-mails aos Senadores Italizanos, sendo
lido por muitos Deles, que, de alguma forma, podem, também
substanciar, a PERSEGUIÇÃO POLÍTICA efetuada pelo Judiciário
Brasileiro.

Devo chamar a atenção para a Declaração da Sra. Eliana Calmon,


https://webmail.exchangecorp.com.br/owa/#viewmodel=ReadMessageItem&ItemID=AAMkADBlNjM0MjhjLWJjNWQtNDQ3NC1hNDFkLTNlODdmY2U2NTBiNgBG
09/05/2018 Resposta ONU Lei Trabalhista NULA por Crim... - Plinio Marcos Moreira da Rocha

Ministra Aposentada do STJ – Superior Tribunal de Jus ça, Ex-


Corregedora do CNJ – Conselho Nacional de Jus ça, sobre o fato,
concreto, de que a Lava-Jato, não alcançará o Judiciário Brasileiro,
efetuada na XVI Conferência da Advocacia Mineira, em Juiz de Fora,
patrocinada pela OAB – Ordem dos Advogados do Brasil de Minas
Gerais, publicada pelo site MIGALHAS, inclusive no YouTube.

Volto a me colocar à disposição para quaisquer esclarecimentos.

Atenciosamente,

Plinio Marcos Moreira da Rocha

P.S.: A contestação da NOVA Lei Trabalhista pelo vício do crime de


prevaricação, com a perda de validade da MP que pretensamente a
alteraria, pode corroborar o "CAOS JURÍDICO" em que vive a
Sociedade Brasileira.

________________________________
De: Plinio Marcos Moreira da Rocha
Enviado: terça-feira, 3 de abril de 2018 13:27
Para: luciamon@senado.leg.br
Assunto: Enc: Lei Trabalhista é NULA pelo crime de PREVARICAÇÃO

________________________________
De: Plinio Marcos Moreira da Rocha
Enviado: terça-feira, 3 de abril de 2018 13:21
Para: gleisi@senadora.leg.br
Cc: pliniomarcosmr@gmail.com
Assunto: Lei Trabalhista é NULA pelo crime de PREVARICAÇÃO
https://webmail.exchangecorp.com.br/owa/#viewmodel=ReadMessageItem&ItemID=AAMkADBlNjM0MjhjLWJjNWQtNDQ3NC1hNDFkLTNlODdmY2U2NTBiNgBG
09/05/2018 Resposta ONU Lei Trabalhista NULA por Crim... - Plinio Marcos Moreira da Rocha

Prezada Senadora Gleisi,

Este email não tem a pretensão de estar sendo enviada à


Senadora, mas principalmente, a Presidente do Par do dos
Trabalhadores, uma vez que, é Instrumento Legí mo para
contestação de NULIDADE de qualquer Lei, ou sua
Incons tucionalidade.

Talvez, seja muito mais eficaz, a contestação Jurídica do


trâmite u lizado na criação da "NOVA Lei Trabalhista", do que
promover confronto entre o POVO e o que aí esta.

Efetuamos sugestão à Procuradoria-Geral da República em


29/08/2017, de contestar a NULIDADE da "NOVA Lei Trabalhista"
porque foi criada sob ÉGIDE da PREVARICAÇÃO do Senado Federal,
uma vez que, esta Ins tuição Democrá ca tem como atribuição
REVISAR todos os Textos de Projetos de Lei confeccionados pela
Câmara de Deputados Federais, em função de PROVOCAÇÃO da
Ins tuição Democrá ca Presidência da República, a mesma ACEITOU,
transferir a EFETIVA REVISÃO, para o atual presidente da república
federa va do Brasil, o Zé Ninguém (condenado pelo Colegiado do
TRE-SP, em Maio/2016, com situação "transitado em julgado", com
"confissão do réu", por CRIME ELEITORAL, que o coloca como
INELEGÍVEL), michel temer.

Esta PREVARICAÇÃO esta fundamentada nos fatos:

1. Carta do Presidente da República enviada ao Presidente do


Senado, lida em plenário, onde o primeiro se dispõe a EFETUAR
https://webmail.exchangecorp.com.br/owa/#viewmodel=ReadMessageItem&ItemID=AAMkADBlNjM0MjhjLWJjNWQtNDQ3NC1hNDFkLTNlODdmY2U2NTBiNgBG
09/05/2018 Resposta ONU Lei Trabalhista NULA por Crim... - Plinio Marcos Moreira da Rocha

TODAS AS ALTERAÇÕES desejada pelos Senadores, através de MP -


Medida Provisória (que nasce como Lei), para que a "NOVA Lei
Trabalhista", tenha seu RITO alterado, de forma que tais alterações
não sejam AVALIADAS pela Câmara de Deputados Federais, como
DETERMINADO pela Cons tuição da República Federa va do Brasil.
2. A manifestação de 3 (Três) Senadoras, sendo Você uma Delas, de
tomarem a Mesa do Senado Federal, objeto de possível ação de
"Quebra de Decoro", corretamente REJEITADO, que, concretamente,
demonstrou, durante o processo de Tramitação, que nem TODOS os
Senadores aderiram ao conluio, de DESCUMPRIR a Cons tuição da
República Federa va do Brasil, abjetamente proposto, pelo atual
presidente da república federa va do Brasil, o Zé Ninguém
(condenado pelo Colegiado do TRE-SP, em Maio/2016, com situação
"transitado em julgado", com "confissão do réu", por CRIME
ELEITORAL, de DOAÇÃO ILEGAL, que, segundo a "Lei Ficha Limpa", o
coloca, de IMEDIATO, como INELEGÍVEL), michel temer.
3. As Declarações do Presidente da Câmara de Deputados Federais,
ra ficam a existência do citado "acordo", pelo simples fato de que, o
citado, por não ter par cipado do "acordo", entendia que nenhuma
MP - Medida Provisória, que pretenda alterar a "Nova Lei
Trabalhista", legi mamente VOTADA pelo Congresso Nacional, será
aceita, quanto mais votada.
4. A MP que pretende alterar a "NOVA Lei Trabalhista" esta vias de
"CADUCAR", perder sua validade.

Minha proposta, é de que o PT - Par do dos Trabalhadores,


ingresse com ação de declaração de nulidade, ou ação de
incons tucionalidade, da "NOVA Lei Trabalhista", no Supremo
Tribunal Federal, pelo fato, concreto, de que esta TIPIFICADO o
CRIME de PREVARICAÇÃO pelo Sendo Federal, que deturpou o RITO
PROCESSUAL de sua criação, ao tentar TRANSFERIR, para a
Presidência da República Federa va do Brasil, efe vamente
RECUSADO pelo Presidente da Câmara de Deputados Federais, uma
sua, exclusiva, Atribuição, de REVISAR os Projetos de Lei aprovados
pela Câmara de Deputados Federais.

https://webmail.exchangecorp.com.br/owa/#viewmodel=ReadMessageItem&ItemID=AAMkADBlNjM0MjhjLWJjNWQtNDQ3NC1hNDFkLTNlODdmY2U2NTBiNgBG
09/05/2018 Resposta ONU Lei Trabalhista NULA por Crim... - Plinio Marcos Moreira da Rocha

Segue anexo os documentos que estão, em processo na


Procuradoria Geral da República.

Atenciosamente,
Plinio Marcos Moreira da Rocha
Rua Gustavo Sampaio nº 112 apto. 603 - LEME - Rio de Janeiro -
RJ
CEP 22.010-010
Tel. Cel. (21) 9 8618-3350

https://webmail.exchangecorp.com.br/owa/#viewmodel=ReadMessageItem&ItemID=AAMkADBlNjM0MjhjLWJjNWQtNDQ3NC1hNDFkLTNlODdmY2U2NTBiNgBG