You are on page 1of 3

Conteúdo programático

A S P E C T O S L E G A I S E I N S T I T U C I O N AI S

O Código de Trânsito Brasileiro, principais capítulos, normas gerais de circulação e conduta, com
ênfase na redução de acidentes, educação para o trânsito, infrações de trânsito e suas consequências,
penalidades, medidas administrativas e crimes de trânsito - Resoluções do CONTRAN pertinentes aos
temas.

I – Acidentes de Trânsito. Breve histórico.


II - Lei 9.503/97 – Código de Trânsito Brasileiro:
 2.1- Disposições Preliminares.
 2.2- Do Sistema Nacional de Trânsito.
 2.3- Das Normas Gerais de Circulação e Conduta.
 2.4- Dos Pedestres e Condutores de Veículos não Motorizados.
 2.5- Do Cidadão.
 2.6- Da Educação para o Trânsito.
 2.7- Da Sinalização de Trânsito.
 2.8- Da Engenharia de Tráfego, da Operação, da Fiscalização e do Policiamento Ostensivo de
Trânsito.
 2.9- Dos Veículos.
 2.10- Dos Veículos em Circulação Internacional.
 2.11- Do Registro de Veículos.
 2.12- Do Licenciamento.
 2.13- Da Condução de Escolares.
 2.14- Da Condução de Moto frete.
 2.15- Da Habilitação.
 2.16- Das Infrações.
 2.17- Das Penalidades.
 2.18- Das Medidas Administrativas.
 2.19- Dos Crimes de Trânsito.
 2.20- Anexos I e II.
 2.21- Das Disposições Finais e Transitórias.
 2.3 - ASPECTOS LEGAIS E INSTITUCIONAIS:
 2.3.1- Medidas Administrativas - Resoluções do CONTRAN.
 2.4 - A EDUCAÇÃO PARA O TRÂNSITO.
 2.5 - PROCESSO ADMINISTRATIVO – PENALIDADES – Consequências.
III – Crimes de Trânsito - "a certeza de impunidade".
IV - MUDANÇAS DO CTB.
 Lei 12.971 – 09/05/14. Altera os artigos 173, 174, 175, 191, 202, 203, 292, 302, 303, 306 e 308
do CTB.
 Lei 12.977 – 20/05/14. Altera o artigo 126, atividades de desmontagem de veículos.
 Resolução 497/14 – MBFT.
 Lei 13.022 – 08/08/14. Estatuto da Guarda Municipal.

Obs: Alunos deverão portar o CTB.

Público Alvo
Este curso destina-se a profissionais que militam na área de fiscalização, órgãos julgadores de
infrações de Trânsito (JARI, CETRAN), estudiosos na área de trânsito, bem como os profissionais da
área de formação de condutores. :

a) Órgãos Municipais de Trânsito:

 Agentes de Trânsito,
 Engenheiros/Arquitetos da prefeitura,
 Departamentos de Trânsito.
b) Órgãos Estaduais de Trânsito:

 Policiais Militares,
 Departamentos de Trânsito,
 Servidores públicos dos Detran,
 Peritos Criminais,
 Polícia Civil,
 Engenheiros de tráfego.
c) Órgãos Federais:

 Polícia Rodoviária Federal,


 Polícia Federal,
 Departamentos de estradas.

d) Órgãos Municipais:

o Departamentos operacionais,
o Guardas Municipais,
o Engenheiros,
o Integrantes do setor de transportes.

e) Empresas com grandes frotas:

(Transportadoras, Empresas de Ônibus, Distribuidores)

 Responsáveis de frotas,
 Áreas de sinistros,
 Gestores.
f) Centro de Formação de Condutores

 Gestores
 Instrutores de treinamento
 Demais integrantes dos centros de formação de condutores
g) Ramo segurador:

 Corretores de seguros,
 Empresas de regulação, vistoria e perícia,
 Departamentos de sinistros.
h) Montadoras de veículos:

 Engenheiros de desenvolvimento, pós-venda, qualidade,


 Técnicos de Segurança no Trabalho.
i) Especialista na área de saúde:

o Fisioterapeutas,
o Médicos.
j) Outros:

o Magistrados,
o Promotores,
o Advogados,
o Acadêmicos e bacharéis em Direito,
o Profissionais liberais,
o Integrantes do setor de transportes,
o Examinador,
o Vistoriador,
o Revendedores de automóveis,
o Peritos.
o Concessionárias de rodovias privatizadas.

Informações
Telefone: (71) 3272-1081 (71) 3116-2363
E-mail: fenasdetran@fenasdetran.com.br

Reservas de Hospedagens
Telefone: (81) 3059-1200