You are on page 1of 29

Estruturalismo e

Sociolinguística
Aula 01
Saussure, os Conceitos Iniciais da
Linguística e as Dicotomias
Prof. Ednéia de Cássia Santos
Pinho
Doutoranda em Estudos da
Linguagem
Mestre em Estudos da Linguagem
Especialista em Língua Portuguesa
Graduada em Letras
Prof. Juliana Fogaça Sanches
Simm
Doutoranda em Estudos da
Linguagem
Mestre em Estudos da Linguagem
Especialista em Língua Portuguesa
Graduada em Letras
Objetivos

Apresentar os conceitos postulados por Saussure;


Abordar os conceitos de signo linguístico,
significado e significante;
Explicitar a dicotomia: langue/parole.
O homem sempre teve interesse pela linguagem:

Gregos: as palavras imitam as coisas ou os nomes


são dados por pura convenção? (arbitrariedade da
linguagem);
Estudos linguísticos da antiguidade clássica:
período helênico, correspondente ao apogeu da
civilização grega;
período helenístico – declínio da civilização
grega. Origem da gramática.
O homem sempre teve interesse pela linguagem:

Romanos;
Hindus – Vedas (livro sagrado);
Século XV - gramática geral de Port-Royal;
Estudos Comparatistas;
Neogramáticos.
Vídeo

Saussure: vida e obra

Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=WiURWRFcQsc
Para Saussure

A linguagem é um sistema composto


por elementos que têm sua existência
na interdependência entre eles.
A cada instante, a linguagem implica ao
mesmo tempo um sistema estabelecido e
uma evolução: a cada instante, ela é uma
instituição atual e um produto do
passado.”
(SAUSSURE, 1989, p. 16).
Exemplo

Vossa Mercê vosmecê


vancê você
ocê cê
Atividade

Qual a diferença entre língua e linguagem?


Linguagem, língua e fala em Saussure

A linguagem pode ser dividida em duas partes:


uma, essencial, a língua (social, independente do
indivíduo), e outra, secundária, parte individual da
linguagem, a fala. Portanto:
Língua (social
Linguagem e autônoma)
(sistema)
Fala (individual)
Dicotomia

Divisão lógica de um conceito em dois outros


conceitos, em geral contrários, que lhe esgotam a
extensão.
Dicotomias Saussurianas

Signo linguístico:
união de significado e significante.

Langue / Parole

Sincronia / Diacronia

Sintagmática /Paradigmática
O que é signo linguístico?

O signo linguístico não une uma coisa e uma


palavra, mas um conceito e uma imagem
acústica.”
Conceito
(signifi cado)
Imagem acústica
(signifi cante)

(SAUSSURE, 1989, p. 80).


Vejamos o exemplo
O signo linguístico

Significado e Significante;
Duas faces de uma mesma entidade psíquica.

(Referente)

Signifi cante: Signifi cado:


aliança marca de união entre duas
pessoas
A arbitrariedade do signo linguístico

Por que você tem o nome que tem?


Não existe lógica para nomear as coisas ou seres:
arbitrariedade.
Para Benveniste, a relação entre significado
e significante é também necessária.
A palavra arbitrário requer também uma
observação. Não deve dar a idéia de que o
significado dependa da livre escolha do que
se fala [...]; queremos dizer que o
significante é imotivado, isto é, arbitrário
em relação ao significado, com o qual não
tem nenhum laço natural de realidade.”
(grifo nosso).
(SAUSSURE, 1989, p. 80).
Atividade

Uma das características mais importantes e


fundamentais na linguagem é seu caráter
simbólico. Mas, então, qual é a diferença
entre signo (linguístico) e símbolo?
Signo ou símbolo?

Signo: para Saussure, apenas convencional e


arbitrário.
Símbolo: imagem, figura ou emblema que,
apresentando alguma semelhança ou
correspondência com determinado conceito,
o representa.
Ex.: A balança da justiça.
Imutabilidade do signo linguístico

Nenhuma sociedade conhece nem conheceu


jamais a língua de outro modo que não fosse
como um produto herdado de gerações
anteriores e cumpre receber como tal.”
(SAUSSURE, 1989, p. 86).
Mutabilidade do signo linguístico

O tempo, que assegura a continuidade da


língua, tem outro efeito, em aparência
contraditório com o primeiro: o de alterar
mais ou menos rapidamente os signos
lingüísticos e, em certo sentido, pode-se
falar, ao mesmo tempo, da imutabilidade e
da mutabilidade do signo.”
(SAUSSURE, 1989, p. 86).
Atividade

1) Como se chama na sua região a ave


ao lado, cinza de pintinhas
brancas?
2) E uma banana que nasce grudada a
outra?
Mutabilidade do signo linguístico: respostas

Ave Fruta
O signo

Para Saussure:
em última análise, os dois fatos são
solidários: o signo está em condições de
alterar-se porque se continua.”
(SAUSSURE, 1989, p. 89).
Para Saussure: em síntese

A língua é para nós a linguagem menos a fala. É o


conjunto dos hábitos lingüísticos que permitem a
uma pessoa compreender e fazer-se compreender.”
(SAUSSURE, 1989, p. 145).

Língua Linguagem Fala


Para Saussure
signifi cado
Signo
signifi cante
parole relações
Linguagem diacronia sintagmáticas
langue relações
sincronia paradigmáticas
Referências

COLLADO, Jesús-Antonio. Fundamentos de


lingüística geral. Povoa de Varzim, Portugal: Norte
Editora, 1980.
SAUSSURE, Ferdinand de. Curso de lingüística geral.
15. ed. São Paulo: Cultrix, 1989.
WEDWOOD, Barbara. História Concisa da
Lingüística. São Paulo: Parábola Editorial, 2003.