You are on page 1of 4

SERVIÇO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL DE VILA REAL

Q1 – Reações químicas e equilíbrio dinâmico (6708) Formadora: Raquel Pires

Ficha de trabalho nº 1 – Reações químicas

1. Represente simbolicamente:
(A) Três átomos de árgon (C) Cinco átomos de bromo (E) Dois átomos de fósforo
(B) Um átomo de cobre (D) Oito átomos de carbono (F) Quatro átomos de potássio

2. Indique o significado das seguintes representações simbólicas:


(A) 2 Al (B) 5 Na (C) 3 Zn (D) Ag (E) 4 S (F) 6 F

3. Represente simbolicamente:
(A) Quatro moléculas de dióxido de carbono (cada molécula é constituída por um átomo de carbono e dois
átomos de oxigénio)
(B) Três moléculas de ácido sulfúrico (cada molécula é constituída por dois átomos de hidrogénio, um
átomo de enxofre e quatro átomos de oxigénio)
(C) Cinco moléculas de enxofre (molécula octoatómica)
(D) Uma molécula de cloreto de sódio (cada molécula é constituída por um átomo de sódio e um átomo
de cloro)

4. Escreva a fórmula química de cada um dos seguintes compostos.


a) Hidróxido de ferro (III) g) Fluoreto de cálcio m) Peróxido de bário
b) Óxido de cobre (I) h) Sulfato de sódio n) Hidróxido de magnésio
c) Ácido sulfuroso i) Ácido clorídrico o) Óxido de alumínio
d) Ácido nítrico j) Amoníaco p) Tetraóxido de diaxoto
e) Fosfato de amónio k) Hidróxido de cobre (II) q) Óxido de lítio
f) Sulfureto de cobre (I) l) Trióxido de enxofre r) Carbonato de cálcio

5. Indique o nome dos seguintes compostos inorgânicos.


a) NH3 d) CaF2 g) (NH4)2SO4 j) MgF2 m) HNO3
b) N2O4 e) ZnCl2 h) Al2O3 k) H2S n) BaO2
c) H2SO4 f) Ag3PO4 i) Ca(OH)2 l) BaCO3 o) Na2O2

6. Considere a reação química traduzida pela equação de palavras:


Nitrato de prata (aq) + iodeto de sódio (aq) → iodeto de prata (s) + nitrato de sódio (aq)
6.1. Identifique os reagentes e os produtos da reação.
6.2. Escreva a equação química devidamente acertada.

1
7. Acerte as seguintes equações químicas.

(A) Al (s) + O2 (g)  Al2O3 (s) (K) CO2 (g) + H2O (g)  C6H12O6 (s) + O2 (g)

(B) P4 (s) + O2 (g)  P2O3 (s) (L) Cl2 (g) + HBr (g)  HCl (g) + Br2 (g)

(C) K (s) + O2 (g)  K2O (s) (M) KClO3 (s)  KCl (s) + O2 (g)

(D) Ca (s) + HCl (aq)  H2 (g) + CaCl2 (aq) (N) Al (s) + HCl (aq)  AlCl3 (aq) + H2 (g)

(E) Na2O (s) + H2O (l)  NaOH (aq) (O) F2 (g) + H2 (g)  HF (g)

(F) Li (s) + O (g)  Li2O (s) (P) Cu2S (s) + O2 (g)  Cu (s) + SO2 (g)

(G) N2O5 (g)  NO2 (g) + O2 (g) (Q) Mg (s) + O2 (g)  MgO (s)

(H) P4 (s) + F2 (g)  PF3 (s) (R) C2H6O (g) + O2 (g)  CO2 (g) + H2O (g)

(I) C3H8 (g) + O2 (g)  CO2 (g) + H2O (l) (S) O3 (g)  O2 (g)

(J) CO (g) + O2 (g)  CO2 (g) (T) SO2 (g) + O2 (g)  SO3 (g)

8. Uma das alternativas para diminuir a quantidade de dióxido de carbono liberada para a atmosfera consiste
em borbulhar esse gás em solução aquosa de hidróxido de sódio. A reação que ocorre pode ser
representada da seguinte forma:
dióxido de carbono + hidróxido de sódio → carbonato de sódio + água
Sabendo que 44 g de dióxido de carbono reagem com o hidróxido de sódio, formando 106 g de carbonato
de sódio e 18 g de água, qual é a massa de hidróxido de sódio necessária para que o dióxido de carbono
seja totalmente consumido?

9. Na reação de neutralização do ácido clorídrico pelo hidróxido de magnésio, sabe-se que 73 g do ácido
reage com 58 g do hidróxido com formação de 36 g de água. Baseado nessas informações e utilizando a
Lei de Lavoisier, determine a massa do outro produto dessa reação, o cloreto de magnésio.

10. O carbono, no estado sólido, reage com o oxigénio, no estado gasoso, dando origem a dióxido de carbono,
no estado gasoso.
10.1. Escreva a equação química que traduz a reação química anterior de acordo com a Lei da
Conservação da Massa.
10.2. Determine (apresentando os cálculos convenientes) os valores de X, Y e Z, de modo a que
se verifique a Lei de Lavoisier.

Massa inicial de C (g) Massa inicial de O2 (g) Massa inicial de CO2 (g)
24 64 X
Y 16 22
48 Z 176

11. Calcule a massa molar das seguintes substâncias:


a) Peróxido de hidrogénio (H2O2)
b) Hidróxido de cálcio (Ca(OH)2)
c) Propano (C3H8)
d) Trióxido de enxofre (SO3)

2
12. Determine a quantidade química de:
a) 3,4 g amoníaco (NH3)
b) 128 g de hidrazina (N2H4)
c) 237 g de etanol (C2H6O)

13. Calcule a massa, expressa em gramas, de:


a) 0,20 mol de CaCO3
b) 0,50 mol de MgSO4
c) 0,74 mol de 𝑁𝐻4+

14. Considere a reação entre 80 g de cobre e 50 g de oxigénio, traduzida pela equação química:
2 Cu (s) + O2 (g) → 2 CuO (s)
14.1. Qual será o reagente limitante nesta reação?
14.2. Determine a quantidade de reagente em excesso que ficou por reagir.

15. Faz-se reagir 15,00 g de sulfureto de alumínio com 10,00 g de água, segundo a seguinte equação química:
Al2S3 (s) + 6 H2O (l) → 2 Al(OH)3 (aq) + 3 H2S (g)
15.1. Qual o reagente limitante?
15.2. Determine o valor máximo de massa que se pode obter de H2S a partir das massas dos reagentes.
15.3. Calcule a massa de reagente em excesso que permanece no final da reação.

16. A equação química que traduz a combustão do octano é:


2 C8H18 (l) + 25 O2 (g) → 16 CO2 (g) + 18 H2O (g)
Sabendo que a combustão de 100 g de octano originou 92 g de dióxido de carbono, determine o
rendimento da reação.

17. Numa determinada experiência fizeram-se reagir 25,0 g de ácido acético com 25,0 g de etanol, tendo-se
obtido 34,0 g de acetato de etilo.
CH3COOH (aq) + CH3CH2OH (aq) → CH3COOCH2CH3 (aq) + H2O (ℓ)
17.1. Identifique o reagente limitante.
17.2. Determine o valor do rendimento desta reação.

18. A preparação de silício puro, usado em microchips, envolve a reação entre tetracloreto de silício e
magnésio, segundo a equação química:
SiCl4 (l) + 2 Mg (s) → Si (s) + 2 MgCl2 (s)
A reação entre 1,70 g de tetracloreto de silício com 9,72 g de magnésio produziu 0,150 g de silício.
Determine o rendimento desta reação.

19. A partir dos valores das energias de ligação, calcule a energia da reação traduzida pela seguinte equação
química e classifique a reação sob o ponto de vista energético.
C2H4 (g) + H2 (g) → C2H6 (g)

3
20. Calcule a energia da reação traduzida pela seguinte equação química:
H2 (g) + Cl2 (g) → 2 HCl (g)

21. Mostre que a reação CH4 (g) + Cl2 (g) → CH3Cl (g) + HCl (g) é uma reação exotérmica.

22. A formação de amoníaco, a partir de diazoto e de di-hidrogénio, pode ser traduzida pela seguinte equação
química:
N2 (g) + 3 H2 (g) → 2 NH3 (g)
Esta equação pode ser descrita também da seguinte maneira:

Mostre que a variação de entalpia para a reação de sínteses


do amoníaco é – 105 kJ.

23. O difluoreto de oxigénio é um composto muito instável que, ao reagir com a água, liberta oxigénio e fluoreto
de hidrogénio.
OF2 (g) + H2O (g) → O2 (g) + 2 HF (g) H = - 318 kJ
Calcule a energia da ligação O – F em OF2.

24. A combustão do metano processa-se de acordo com a seguinte equação química:


CH4 (g) + 2 O2 (g)  CO2 (g) + 2 H2O (l) H = - 688 kJ
a) Classifique a reação sob o ponto de vista energético. Justifique.
b) Determine o valor médio da energia de ligação C=O no dióxido de carbono.