Вы находитесь на странице: 1из 6
UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ RELATÓRIO DE FÍSICA EXPERIMENTAL II Densidade dos Fluídos Ariane Sacramento Guimarães

UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ

RELATÓRIO DE FÍSICA EXPERIMENTAL II

Densidade dos Fluídos

Ariane Sacramento Guimarães - 201402097549 Samantha Tibúrcio - 201201496781

Cabo Frio / RJ 29 de março de 2018

1.

OBJETIVO

O objetivo do experimento é determinar as densidades dos fluidos: água e óleo.

2.

MATERIAIS UTILIZADOS

o

80 ml de água

o

80 ml de óleo

o

02 provetas

o

02 beckers

o

01 balança

3.

INTRODUÇÃO TEÓRICA

Fluidos são líquidos e gases que podem se escoar com grande facilidade. Particularmente, ao

falarmos em fluidos líquidos, devemos falar em sua viscosidade, que é a atrito existente entre suas

moléculas durante um movimento. Quanto menor a viscosidade, mais fácil o escoamento do fluido.

Densidade é a grandeza física responsável pela medida da concentração da massa de uma

substância em um determinado volume. Define-se matematicamente como a razão entre a massa e

o volume correspondentes da substância analisada.

= m

V

Tendo sua unidade de medida no SI o kg/m³.

Onde:

= densidade da substância

m

= massa do corpo

V

= volume do corpo

A densidade é o que determina se um objeto vai boiar ou afundar em um determinado

fluido. A densidade dos sólidos normalmente é maior que nos líquidos. Mas isso não acontece na

água, o gelo estranhamente é menos denso que a água, por isso ele boia na água no estado liquido,

isso acontece com sólidos com pontes de hidrogênio, que sofrem uma reorganização molecular

que afasta as moléculas que o compõem, por isso algumas substâncias como a água e o álcool são

mais densos no estado líquido.

4.

PROCEDIMENTO EXPERIMENTAL

o

Colocar o becker vazio na balança e tarar;

o

Adicionar 80 ml de água (previamente medido na proveta) no becker;

o

Pesar e anotar;

o

Com o auxílio da outra proveta, coloque 80 ml de óleo no becker;

o

Pesar e anotar;

o

Calcular as respectivas densidades; e

o

Calcular o erro relativo.

no becker; o Pesar e anotar; o Calcular as respectivas densidades; e o Calcular o erro

5.

CÁLCULOS

o

Cálculo de densidade

o

 

Fluidos

Massa

Volume

 

Água

80,75 g

82

ml

 

Óleo

73,75 g

82

ml

 

Água

 

Óleo

 

= m

 

= m

V

V

= 80,75

= 73,75

82

82

= 0,984 g / cm³

= 0,899 g / cm³

o

Cálculo de erro relativo

teo = 1,0 g / cm³ (água)

teo = 0,80 g / cm³ (óleo)

 

Água

 

Óleo

 

δ=

teo - exp

X 100

δ=

teo - exp

 

X 100

 teo

 teo

 

δ=

1,0 - 0,984 1,0
1,0 - 0,984
1,0

X 100

δ=

0,80 - 0,899 0,80
0,80 - 0,899
0,80

X 100

δ= 1,6 g / cm³

δ= 12,375 g / cm³

6.

CONCLUSÃO

Através do experimento, pode-se verificar a densidade de determinados fluidos, e analisar com os valores de referência na literatura. Podendo observar pelos cálculos que o valor experimental da água ficou bem próximo do valor de referência da literatura, significando que foi realizado de forma correta e dentro dos padrões estabelecidos. Entretanto, observamos que o valor de densidade do óleo teve uma considerável diferença em relação ao valor teórico. Somente percebemos essa diferença no momento que foi realizado o cálculo do erro relativo.